Marquez conquista vitória na Catalunha e dispara na liderança do Mundial

Classificação:

No Q1, Jack Miller um dos favoritos as vagas da repescagem já começou com tudo e marcou 1:40.567. Muito na frente de Karel Abraham e de todos os outros pilotos, Com exceção de Franco Morbidelli que ficou a 0.002 segundos do Australiano.

Se na primeira volta o piloto da Pramac mostrou sua genialidade na volta seguinte mostrou seu lado louco, A 10 minutos do final, Miller acabou caindo e a liderança não iria durar muito tempo. Bastou o piloto da Aprilla Aleix Espargaró passando para a liderança com 1:40.510 e logo atrás Francesco Bagnaia empurrou Miller para fora da zona de classificação. Joan Mir fazer as 3 melhores parciais do treino naquele momento, Mas acabou errando no último setor e acabou fazendo apenas o 7ºlugar.

Takaagi Nakagami passou a liderança, Com Bagnaia na segunda posição e Aleix Espargaró na 3ªposição. A 6 minutos do final, Todo mundo foi para a pista buscar o melhor tempo, Menos O italiano Andrea Iannone que teve sua moto falhando 2 vezes que não permitiu a ele para melhorar.

Jack Miller foi tentar melhorar sua posição no Q1, Mas apesar da melhora do seu tempo acaba ficando na mesma 4ªposição. A 2 minutos e 50 segundos, Franco Morbidelli detonou o tempo de Tagaaki Nakagami, com 1:39.727 assumiu a liderança, Com muita vantagem do 2ºlugar. Que passou a ser Frances Bagnaia que colocou 22 milésimos a frente de Jack Miller, Com uma moto Ducati da temporada de 2018.

Na parte Final, Joan Mir fez uma brilhante volta e marcou 1:40.013 e subiu para o 2ºlugar, Tirando Bagnaia da Classificação. Miller e Mir não conseguiram melhorar suas voltas e Karel Abraham que tinha uma boa volta acabou sendo atrapalhado na sua última volta acabou perdendo a chance de incomodar Mir e Morbidelli, Que acabaram classificando para o Q2. A Pramac acabou ficando de fora, Muito mais decepcionante para Jack Miller que ficou em 4ºlugar, Atrás mesmo de Francesco Bagnaia. Karel Abraham e Tagaaki Nakagami vieram logo a seguir.

Resultado do Q1:

PosPilotoEquipeMotoTempo
121Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.727
236Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.012
363Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’40.167
443Jack MillerPramac RacingDucati1’40.271
517Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’40.349
630Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’40.362
741Aleix EapargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.400
85Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.427
953Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’40.682
1088Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.752
1155Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.839
1238Bradley SmithAprilia Racing TeamAprilia1’41.232
1350Sylvain GuintoliTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’41.270
1429Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’41.748

No Q2, Viñales e Marquez foram os dois primeiros pilotos a entrarem na pista e buscarem a pole position. Depois vinha Joan Mir. Nessa batalha entre o piloto da Yamaha com o piloto da Honda se deu melhor Viñales com 1:40.001 contra 1:40.271 do Marquez. Depois de 20 segundos, Rins, Quartararo e Morbidelli jogaram o Formiga Atômica para o 5ºlugar.

Isso motivou Marquez a buscar uma nova volta. Com o sangue dos olhos ele tratou de baixar para a Marca de 1 minuto e 39 segundos, Com 1:39.758 foi o bastante para o piloto da Honda assumir a liderança a 9 minutos e 40 segundos do final. Pena que durou pouco para o Espanhol. Já que Quartararo com 1:39.758 e Morbidelli com 1:39.711 superaram Marquez e colocaram as duas motos da Yamaha Petronas nas 2 primeiras posições. Além disso, Marquez foi superado pelo Petrucci (Vencedor da prova da Itália) e Rins, caindo de novo para o 5ºlugar.

Andrea Dovizioso que vinha em 12ºlugar subiu 4 posições na segunda volta rápida passando para o 8ºlugar na metade da Classificação.

A menos de 6 minutos do final, Viñales, Quartararo foram para a pista em busca da Pole, 1 minuto depois, Marquez em 5ºlugar foi para a segunda tentativa. O piloto da Yamaha a 3 minutos e 40 segundos do final fracassou na tentativa de melhorar seu tempo e se manteve na 7ªposição.

A 2 minutos e 30 segundos, Alex Rins vinha junto de Marevick Viñales com parciais vermelhas, Mas o Espanhol não pode completar sua volta, Ele caiu na curva 10 e acabou deixando a disputa pela pole. A 2 minutos do final, Viñales subiu para a liderança com 1:39.710. Segundos depois, O Francês Fabio Quartararo passou a liderança com 1:39.484 e tomou a ponta de Viñales.

Marquez foi para a volta final a fim de ganhar mais uma pole position. Porém, ficou a 15 milésimos atrás do piloto da Petronas e acabou ficando com o segundo lugar a 1 minuto e 10 segundos do final. Na última volta, Quartararo e Marquez tentaram uma volta final, Mas nenhum deles melhorou seus tempos. Com isso a pole ficou com o piloto da Yamaha Petronas, Pela segunda vez na carreira na MotoGP.

A primeira fila será completada pelos Espanhóis Marc Marquez da Honda e de Marevick Viñales da Yamaha. A Segunda fila largam Franco Morbidelli da Petronas Yamaha, O Ítalo-brasileiro que sofreu um acidente forte no 3ºtreino livre, partindo do Q1 vai largar em uma ótima posição. Valentino Rossi com a Yamaha e Andrea Dovizioso com a Ducati tiveram desempenhos discretos e largam em 5º e 6ºlugares.

Na terceira fila largam Danilo Petrucci com a outra Ducati oficial, O Vencedor da prova passada tentaria emplacar uma segunda vitória seguida. Alex Rins mesmo com a queda ficou classificado em 8ºlugar. Se ele tivesse terminado a volta poderia até mesmo disputar a primeira fila do Grid. Cal Crutchlow larga em 9ºlugar, completando a 3ªfila.

Completando a 4ªFila largam o Espanhol Jorge Lorenzo com a Honda, Joan Mir com a outra Suzuki e de Pol Espargaró da KTM.

Viñales por causa de uma manobra perigosa acabou perdendo 3 posições no Grid de largada, Caindo para o 6ºlugar e deixando Morbidelli na primeira fila.

Fotos:

Grid de Largada:

PosPilotoEquipeMotoTempo
120Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.484
293Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’39.499
321Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.711
446Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.753
54Andrea DoviziosoMission Winnow DucatiDucati1’39.777
612Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.710
79Danilo PetrucciMission Winnow DucatiDucati1’39.844
842Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.870
935Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’40.151
1099Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHonda1’40.199
1136Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.240
1244Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.425
1363Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’40.167
1443Jack MillerPramac RacingDucati1’40.271
1517Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’40.349
1630Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’40.362
1741Aleix EapargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.400
185Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.427
1953Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’40.682
2088Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.752
2155Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.839
2238Bradley SmithAprilia Racing TeamAprilia1’41.232
2350Sylvain GuintoliTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’41.270
2429Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’41.748

No Domingo, Marc Marquez mostrou sua competência, Mas acima de tudo muita sorte…

… Na largada, Andrea Dovizioso que veio do Quinto lugar fez uma linda largada e assumiu a liderança, Com Marquez mantendo o segundo lugar, Mas perdeu essa posição para Viñales, que partiu do 6ºlugar para ficar logo atrás do Vice-líder do campeonato. Lorenzo, Petrucci, Rossi e Quartararo completando os 7 primeiros lugares.

Na primeira volta ocorreram dois incidentes, O primeiro foi a queda de Karel Abraham na curva 7 e Bradley Smith na curva 10 acertando o espanhol Aleix Espargaró. O piloto de testes da Aprilla ao invés de ajudar a equipe acabou por se tirar da prova e por tirar o piloto principal da prova.

Marquez recuperou o segundo lugar e partiu para cima de Dovizioso, Na curva 10 da 2ªVolta é que se decidiu a corrida a favor da Formiga Atômica. Ele passa o piloto da Ducati, Lorenzo em 4º tenta ganhar posições, Mas ele caiu e leva com ele, Dovizioso, Viñales e depois Rossi para o Chão. Os 4 pilotos acabaram por deixar a prova e Marquez abriu uma bela vantagem para Petrucci que herdou a segunda posição, Rins em 3º, Quartararo em 4º. Miller, Mir, Pol Espargaró, Nakagami, Morbidelli e Crutchlow.

A partir dai começou o passeio da Formiga Atômica, Enquanto que Petrucci segurava Rins. Era a disputa entre a potência da maquina Italiana e a Ciclística da maquina japonesa, Mas isso não ocorreu de cara, Quartararo na 5ªVolta superou Rins e assumiu o terceiro lugar.

A partir dai o piloto Francês foi para cima de Petrucci. Enquanto que Shayrin pela Tech 3-KTM e Bagnaia da Pramac deixavam a prova. Em poucas voltas só tínhamos 15 pilotos na prova, Uma verdadeira carnificina mecânica na Catalunha. Na entrada da 7ªVolta, Rins deu um passadão em cima de Quartararo e voltou a 3ªposição. Miller e Mir estavam um pouco mais atrás em 5º e 6ºlugares.

Marc Marquez já vinha 3 segundos a frente de Petrucci. O piloto da Ducari ainda resistia aos ataques de Rins. Na 10ªVolta, O espanhol conseguiu passar o piloto da Ducati, Mas na curva 1, Petrucci recuperou a posição em uma bela manobra. Quartararo só estava esperando o momento certo para atacar os dois.

Duas voltas depois, Rins passa de novo Petrucci que acaba dando o X no piloto da Suzuki, Os pneus do italiano eram macios, Já Rins tinha os médios e Quartararo usava macios na frente e Médios atrás. Mais atrás, Cal Crutchlow vinha crescendo na prova, já estava na cola de Joan Mir disputando o 6ºlugar, um pouco mais atrás vinha Pol Espargaró que sofria pressão de Franco Morbidelli e Takaaki Nakagami.

Petrucci resistiu até a 11 voltas do final, Quando o piloto da Ducati perdeu um pouco a curva, Com isso, Rins teve mais velocidade e por fora na curva 5 acabou passando o vencedor da prova passada assumindo o segundo lugar. Na 15ªVolta, Jack Miller passou Quartararo, Mas só segurou a posição por alguns segundos, O Australiano acabou errando a curva e deixou o piloto da Petronas recuperar a 4ªposição.

Enquanto Marquez começou a administrar a sua enorme vantagem de 5.3 segundos, Franco Morbidelli acabou indo ao chão. O Ítalo-brasileiro fez uma corrida ruim e vinha muito longe do Quartararo que vinha em 4ºlugar.

Rins foi com tudo para cima de Petrucci, Mas acabou tocando na curva 1 no piloto da Ducati, passa reto, quase perdeu o controle da Moto. Resultado disso é que Rins acabou caindo para o 7ºlugar. Quartararo nessa história passou Petrucci e assumiu a 2ªposição, Miller em 4º e Crutchlow em 5º. O piloto inglês que crescia na prova sentiu a chance de ir ao pódio. Ele foi para cima de Miller com muito apetite… Mas acabou sendo apetite demais, O Inglês foi com tudo na curva 4 e acabou passando reto na curva e segundos depois acabou caindo segundos depois, Deixando a prova.

A 4 Voltas do final, Rins recupera o 5ºlugar após uma boa briga com seu companheiro de equipe Joan Mir. E partiu para cima de Jack Miller, A Briga durou até a última volta, Quando o piloto da Suzuki superasse Miller e ficar com o 4ºlugar.

Marc Marquez administrou muito bem na liderança até a linha de chegada, Foi a sua 4ªVitória na temporada o que fez disparar na liderança do Mundial, Com 37 pontos a frente de Andrea Dovizioso. A Formiga atômica pode estar dando um passo muito importante para a conquista do seu sexto campeonato na categoria principal.

Fabio Quartararo conquista seu primeiro pódio na MotoGP, Na mesma que ele conquistou sua primeira vitória na moto 2 em 2018. O Francês chega na segunda posição e salvou o dia da Yamaha. Completando o pódio, O Italiano Danilo Petrucci que fez uma boa corrida com sua Ducati também salvando o dia para a equipe oficial Italiana. Alex Rins acabou fazendo uma grande corrida, Mas a saída da pista no terço final de prova tirou as chances dele ir ao pódio e só deu para ele recuperar até a 4ªposição. A Frente de Jack Miller com a Pramac e com Joan Mir com a outra Suzuki. Um bom resultado para o Australiano e para o segundo piloto da Suzuki.

Pol Espargaró levou a KTM a outro bom resultado, Com o 7ºlugar segurando e se distanciando de Takaagi Nakagami da LCR. É sem dúvida o melhor ano do piloto Espanhol desde de quando ele entrou no Mundial de motovelocidade. O Japonês ficou em 8ºlugar em uma exibição regular.

Esteve Rabat teve o seu melhor final de semana do ano, Levando a Avintia Ducati para o 9ºlugar. Chegando na frente de Johann Zarco que chegou em uma decente 10ªposição. Depois deles completaram a prova: Andrea Iannone com a Aprilla, Miguel Oliveira com a Tech 3-KTM e o piloto de testes da Suzuki Sylvain Guintoli em 13ºlugar.

Daqui a duas semanas teremos a prova em Assen na Holanda. A pergunta que vai ser feita até lá será “Como parar a Formiga Atômica?” ou estávamos a ver mais uma conquista de campeonato para o piloto da Honda.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha
Mundial de motovelocidade – Moto GP

PosPilotoEquipeMotoTempo
193Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda40’31.175
220Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 2.660
39Danilo PetrucciMission Winnow DucatiDucatia 4.537
442Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 6.602
543Jack MillerPramac RacingDucatia 6.870
636Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 7.040
744Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 16.144
830Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 17.969
953Tito RabatReale Avintia RacingDucatia 22.661
105Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTMa 26.228
1129Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniApriliaa 32.036
1288Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 44.666
1350Sylvain GuintoliTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 51.363
NC35Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 6 Voltas
NC21Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 8 Voltas
NC63Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 19 Voltas
NC55Hafizh SyahrinRed Bull KTM Tech 3KTMa 21 Voltas
NC46Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 22 Voltas
NC4Andrea DoviziosoMission Winnow DucatiDucatia 22 Voltas
NC12Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 23 Voltas
NC99Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHondaa 23 Voltas
NC41Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 23 Voltas
NC17Karel AbrahamReale Avintia RacingDucatia 24 Voltas
NC38Bradley SmithAprilia Racing TeamApriliaa 24 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2: Marquez vence 3ªCorrida em sequência e passa a liderar o campeonato

Classificação

Mais uma vez a KTM acabou ficando na repescagem com seus dois pilotos principais. Brad Binder e Jorge Martin eram 2 dos favoritos a vaga no Q2, Juntamente com Xavi Vierge da Marc VDS, Nicolo Bulega da VR46 e de Jonas Folger que voltava a moto 2 no Lugar de Mattia Pasini que sofreu um acidente e ficou impedido de correr na Catalunha.

Brad Binder começou o treino na frente, com Lucas Tulovic na segunda posição com sua moto da KTM de 2017 da Kiefer Racing. Na volta seguinte, O Gueopado sul-africano acabou indo para o Chão na curva 5. Seus adversários agradeceram. Principalmente seu companheiro de equipe Jorge Martin, Ele acabou superando Binder  com 1:44.668 e assumindo a liderança a 9 minutos do final. Seguido de Stefano Manzi da MV Agusta e de Somtak Chantra da Honda Asia Team em 3º. Segundos depois vieram Bendsneyder e Bulega tomarem o segundo e terceiro lugares respectivamente.

Na Volta seguinte, Bo Bendsneyder levou sua NTS até a liderança do Q1. Deixando Jorge Martin na segunda posição, Nicolo Bulega em grande volta marcando o terceiro tempo e Dominique Aegerter levando a MV Agusta a classificação em 4ºlugar a 5 minutos do final.

Na parte final apareceu o Espanhol Iker Lecuona, subindo para o 3ºlugar com 1:44.785, Deixando Bulega na bolha e Aegerter de fora dos 4 primeiros e da Classificação. Brad Binder e Xavi Vierge tentavam melhorar suas marcas a fim de não terminarem a classificação deles no Q1, Mas seus tempos não pareciam melhorar a ponto de modificar a ordem final da classificação. Ao zerar o tempo, Lecuona e Chantra conseguiram uma melhora, Mas não modificaram suas posições. Bendseyder levou a vaga ao Q2, juntamente com Martin, Lecuona e Bulega. Binder e Vierge decepcionaram de novo, Um por causa do Chassis em boa parte, Já o Espanhol não tem uma justificativa plausível pela eliminação.

Jonas Folger em sua volta não foi muito bem, Ficou apenas em 9ºlugar no Q1. Atrás dos dois pilotos da MV Agusta (Aegerter e Manzi) e a frente dos pilotos da Honda Asia Team.

Resultado do Q1:

PosPilotoEquipeMotoTempo
164Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’44.662
288Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTM1’44.668
327Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTM1’44.771
411Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalex1’44.849
541Brad BinderRed Bull KTM AjoKTM1’44.913
697Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalex1’44.917
777Dominique AegerterMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agusta1’45.048
862Stefano ManziMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agusta1’45.133
994Jonas FolgerPetronas Sprinta RacingKalex1’45.265
1020Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.302
1135Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.341
1296Jake DixonSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’45.505
134Steven OdendallNTS RW Racing GPNTS1’45.545
143Lukas TulovicKiefer RacingKTM1’45.605
1516Joe RobertsAmerican Racing KTMKTM1’45.665
1618Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’46.972
1772Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.061
1865Philipp OettlRed Bull KTM Tech 3KTMSem Tempo

No Q2, A Classificação no primeiros minutos foi devagar, Com Tetsura Nagashima marcando o tempo na casa de 1:45. A classificação só pegando a partir do 5ºminuto quando Luthi e Gardner assumiram as duas primeiras posições, passando para a casa de 1 minuto e 44 segundos. Logo depois, O Espanhol Augusto Fernandez da Pons acabou assumindo o terceiro lugar e Marcel Schrotter veio logo a seguir.

Jorge Navarro a 9 minutos e 45 segundos do final acabou superando todos eles e passando a liderança que durou 20 segundos. Primeiro pelo Australiano Remy Gardner que ganhou a ponta com 18 milésimos à frente. Luthi fez uma excelente volta acabou fazendo 1:44.290 passando para a ponta. Com Locatelli em uma ótima segunda posição e Gardner recuando para o 3ºlugar.

A 8 minutos do final, Navarro pegando o vácuo de Fabio di Giannantonio passou para a liderança superando Luthi. O suíço foi com tudo para uma volta voadora, Com 3 melhores parciais, mas na última acabou perdendo tempo e ficou com o 2ºlugar.

A 6 minutos e 35 segundos do final, Augusto Fernandez usou o Vacuo a referência de Lorenzo Baldassarri para passar para a liderança da classificação com 1:44.170. Já Fabio Di Giannantonio se beneficiou do Vácuo de Navarro para se colocar em uma boa quarta posição.

Luthi ficou tentando superar Fernandez, O piloto da Dynavolt fazia as melhores parciais até que no último setor ele perdia a mão e o tempo não vinha de jeito nenhum. A 3 minutos e 30 segundos do final, O suíço consegue 1:44.191 e sobe para o segundo lugar, Mas ainda não conseguiu resolver o problema do último Setor.

A 2 minutos e meio do final, Lorenzo Baldassarri usando do vácuo e da referência de Fernandez fez uma bela volta, passando do 14ª para a 6ªposição. Na curva 9, Remy Gardner foi ao chão. Para o Australiano o treino acabava por ai mesmo.

Marquez e Luthi tentaram uma melhora na última volta, Mas foi Lowes que deu as emoções finais da Classificação. Com 2 das 4 melhores Parciais parecia que o Inglês iria para a pole position, Mas acabou dando uma pequena derrapada na entrada da Reta e acabou certamente acabou por prejudicar sua possibilidade de pole, Ainda assim conseguiu passar para o 3ºlugar e ficar na primeira fila.

Augusto Fernandez conquistou a pole position para a prova da Catalunha. O piloto da Pons acabou segurando o primeiro lugar do Suíço Thomas Luthi e do Inglês Sam Lowes que iriam compor com o Espanhol a primeira fila. Na segunda fila vinham os dois pilotos da Speed UP. Navarro em 4º não era mais uma surpresa, Mas Fabio di Giannantonio em 5º é uma agradável surpresa ver que o vice-campeão da Moto 3 estava se adaptando rápido a categoria intermediária. Alex Marquez, Vencedor das 2 últimas corridas completa a 2ªfila com a Marc VDS.

O líder do Campeonato Lorenzo Baldassarri larga em uma respeitável 7ªposição, Com Nicolo Bulega em 8ºlugar. E a dupla da Italtrans completava os 10 primeiros colocados, Com Andrea Locatelli a frente de Enea Bastianini.

Fotos:

Grid de Largada:

PosPilotoEquipeMotoTempo
140Augusto FernandezFLEXBOX HP 40Kalex1’44.170
212Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalex1’44.191
322Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’44.199
49Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’44.211
521Fabio di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’44.259
673Alex MarquezEG 0,0 Marc VDSKalex1’44.270
77Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalex1’44.437
811Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalex1’44.489
95Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalex1’44.505
1033Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalex1’44.558
1187Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalex1’44.569
1223Marcel SchorotterDynavolt Intact GPKalex1’44.600
1310Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’44.640
1464Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’44.808
1527Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTM1’44.874
1645Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalex1’45.131
1788Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTM1’45.244
1824Simone CorsiTasca Racing Scuderia Moto2Kalex1’46.962
1941Brad BinderRed Bull KTM AjoKTM1’44.913
2097Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalex1’44.917
2177Dominique AegerterMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agusta1’45.048
2262Stefano ManziMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agusta1’45.133
2394Jonas FolgerPetronas Sprinta RacingKalex1’45.265
2420Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.302
2535Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.341
2696Jake DixonSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’45.505
274Steven OdendallNTS RW Racing GPNTS1’45.545
283Lukas TulovicKiefer RacingKTM1’45.605
2916Joe RobertsAmerican Racing KTMKTM1’45.665
3018Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’46.972
3172Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.061
3265Philipp OettlRed Bull KTM Tech 3KTMSem Tempo

Corrida:

Na largada da categoria intermediária, Luthi largou melhor que Fernandez e assumiu a liderança, Sam Lowes continuava na terceira posição seguido de Fabio di Giannantonio, Enea Bastianini e Alex Marquez. Gardner bateu na roda do Baldassarri e acabou indo ao chão na curva 4 e abandona a prova. Quem largou muito bem foi Xavi Vierge, Ganhou 12 posições subindo da 20ª para a 8ªposição.

Fernandez começa a prova pressionando Luthi, A moto da Pons estava se comportando melhor no começo da prova, Lowes vinha segurando o 3ºlugar dos ataques de Di Giannantonio, Bastianini, Marquez e Navarro. Lorenzo Baldassarri partia para a recuperação, Passando Simone Corsi e depois a Brad Binder subindo do 11º para o 9ºlugar.

Augusto Fernandez pressionava Thomas Luthi, Na curva 10 da 4ªVolta, O espanhol tentou atacar o Suíço que se defendeu bem e manteve o primeiro lugar. Na volta seguinte, Fernandez tentou no mesmo ponto e dessa vez conseguiu a ultrapassagem para assumir a liderança. Luthi tentou um contra ataque, Mas Fernandez se defendeu bem e segurou a liderança.

Luthi não desistiu da liderança, Se manteve colado em Fernandez. Duas voltas dois, usando do vácuo o piloto da Dynavolt retomou a liderança da prova. Mas atrás, Alex Marquez já vinha na terceira posição e logo encostou em Luthi e em Fernandez na 7ªVolta. Na curva 10, Marquez passou o Piloto da Pons chegando à segunda posição. Na mesma curva, Lorenzo Baldassarri caiu e abandonou pela terceira vez em 2019. Com os resultados do momento, O Italiano perderia a liderança do campeonato para Luthi e Marquez, com o Suíço assumindo a liderança.

Na entrada da 9ªVolta, Navarro passou Bastianini e assumiu a 5ªposição, Estava muito bem os pilotos da Speed UP, Fabio di Giannatonio vinha em 4º chegou em Fernandez para disputar o terceiro lugar. Na entrada da primeira curva da 10ªVolta ocorreu a ultrapassagem e tomou a terceira posição.

Luthi abriu meio segundo sobre Marquez lá na frente. Os dois pilotos se afastavam dos demais: Di Giannantonio, Fernandez, Navarro, Bastianini, Schrotter, Vierge, Lowes e Marini.

Na curva 10 da 10ªVolta, Di Giannantonio foi ao chão e perdeu a chance de ir para o pódio. Fernandez voltou a 3ªposição, Mas já estava sendo pressionado por Jorge Navarro. Em grande momento buscava o seu 4ºpódio nas últimas 5 corridas. Na frente, Marquez pressionava a Luthi na disputa pela liderança e pela vitória. O Little Marquez tentou o vácuo na volta 13, Mas ainda não dava para tomar a frente do Suíço. Na Volta seguinte a tentativa de Alex Marquez foi um sucesso e o piloto da Marc VDS passou a liderança ao superar Thomas Luthi, que tentou voltar pra cima do Espanhol, Que segurou a 1ªposição. Na mesma reta, Navarro passou Fernandez assumindo a terceira posição. Á 2.6 segundos atrás de Luthi. Depois vinham Bastianini em 5º. Schrotter em 6º era pressionado pelo Vierge. Marini, Lowes e Nagashima completa os 10 primeiros lugares.

Luthi não deixou Marquez se afastar muito na liderança, A disputa pela vitória não tinha ainda acabado a 6 voltas do final, Mas a partir dai o suíço perde rendimento e começa a se contentar com o segundo lugar e Marquez abria mais diferença. Mais atrás, Marini tenta passar Xavi Vierge. O piloto da Marc VDS se defende muito bem. Ao invés disso Marini passou Schrotter e foi para cima de Vierge no final da prova passando para o 6ºlugar.

Marquez levou sua moto para a sua 3ªVitória seguida e para a liderança do campeonato. Finalmente o irmão de Marc Marquez esta tendo um desempenho compatível de postulante ao título da Moto 2. Thomas Luthi acabou tendo que segurar o 2ºlugar devido ao desgaste dos seus pneus e Jorge Navarro chegou perto do piloto da Dynavolt e completou o pódio, O 4º pódio em 5 corridas.

Augusto Fernandez acabou mesmo com uma boa corrida ficando de fora do Pódio, O 4ºlugar após a pole position deu a sensação de que o Espanhol poderia ter ido um pouco melhor na Catalunha. Enea Bastianini, vem crescendo muito na moto 2. Conseguiu o 5ºlugar, Seu melhor resultado na temporada e vem entre os primeiros lugares no campeonato. Luca Marini veio mais de trás e numa corrida de recuperação acabou a prova em 6ºlugar. Schrotter levou a melhor sobre Xavi Vierge e acabou ficando na frente no confronto dos 2ºpilotos de equipe da Marc VDS e da Dynavolt.

Completando os 10 primeiros colocados os pilotos Sam Lowes (Que parece ter uma boa moto de treino, Mas na corrida já não tem o mesmo desempenho e ele perdeu posições) e pelo Japonês Tetsura Nagashima da SAG.

Muito triste a situação da KTM, Brad Binder ficou em 11ºlugar e Jorge Martin ficou com o 15ºlugar salvando um ponto. Uma pena ver que o chassi da KTM acabou dando um passo atrás em relação aos 2 últimos anos, Quando o chassi era o único chassi a verdadeiramente disputar corrida a corrida com a poderosa Kalex. Daqui a 2 semanas teremos a etapa na Cadetral da Motovelocidade, Em Assen na Holanda a pergunta que fica no ar: Como vamos para o Little Marquez na Moto 2?

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha
Mundial de Motovelocidade – Moto 2

PosPilotoEquipeMotoTempo
173Alex MarquezEG 0,0 Marc VDSKalex38’25.678
212Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalexa 1.989
39Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Upa 2.532
440Augusto FernandezFLEXBOX HP 40Kalexa 3.802
533Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 7.472
610Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 13.996
723Marcel SchrotterDynavolt Intact GPKalexa 14.565
897Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalexa 14.953
922Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 15.898
1045Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 17.947
1141Brad BinderRed Bull KTM AjoKTMa 20.891
125Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalexa 20.930
1311Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalexa 22.352
1424Simone CorsiTasca Racing Scuderia Moto2Kalexa 25.192
1588Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTMa 27.132
1677Dominique AegerterMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agustaa 30.395
1735Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 32.230
1864Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 33.315
1994Jonas FolgerPetronas Sprinta RacingKalexa 39.441
2016Joe RobertsAmerican Racing KTMKTMa 42.600
2120Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 44.461
224Steven OdendallNTS RW Racing GPNTSa 47.623
2372Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTMa 54.911
243Lukas TulovicKiefer RacingKTMa 59.776
2518Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 1’22.064
NC96Jake DixonSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1 Volta
NC62Stefano ManziMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agusta6 Voltas
NC21Fabio di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Up9 Voltas
NC7Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalex16 Voltas
NC27Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTM20 Voltas
NC87Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalex22 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3 na Catalunha – Várias Quedas e vitória de Marcos Ramirez

No começo do Q1, Muitos pilotos entraram na pista, fizeram uma volta e voltaram para boxes. Quem marcou a melhor volta no começo foi o Japonês Ryusei Yamanaka da Estrella Galícia, Com Suzuki, Oncu e Falac nas 4 primeiras posições, Mas ainda tinha muito piloto que não tinha feito tempo. Essa marca de Yamanaka duraria pouco. Ogura marcou o segundo tempo, O Japonês volta depois de se ausentar do GP da Itália em Mugello.

A 9 minutos do final, Kazuki Masaki tomou a ponta do Q1, Seguido por Ayumu Sasaki, Ai Ogura, Ryusei Yamanaka e Tatsuki Suzuki colocando praticamente todos os japoneses nas primeiras posições.

Um minuto depois, Dennis Foggia e Romano Fenati marcaram o 4º e 5ºlugares e quebraram a sequência Nipônica. Isso durou segundos, Tatsuki Suzuki deu uma volta voadora e restabeleceu a hierarquia Japonesa no Q1.

Romano Fenati foi para uma nova volta e como um caçador implacável acabou fazendo 1:49.735 e tomou a ponta com a sua Moto da Spiners. Albert Arenas aproveitou o vácuo do piloto Italiano subindo para o 3ºlugar a 5 minutos do final.

Meio Minuto depois, Ai Ogura tomou a ponta com 1:49.407, Mazaki que estava 2º acabou superando Fenati, mas superado pelo piloto da Honda Asia Team. Jakub Kornfeil e tentou melhorar sua marca, Mas acabou recuando uma posição, Já que Fenati melhorou seu tempo para o 6ºlugar deixando o tcheco logo atrás.

No final do Q1: Acidente envolvendo Celestino Vietti e Jabku Kornfeil. O Italiano acabou indo para o Chão, mas o piloto da PruestelGP também sofreu com o acidente e não conseguiu mais treinar. Tatsuki Suzuki acabou fazendo uma grande volta final e acabou o Q1 com 1:48.970 e com o primeiro lugar, Superando a Andrea Migno da Bester com 1:49.063 e Albert Arenas da Aspar Martinez com 1:49.090. Ai Ogura acabou fechando a lista de classificados.

Kazuki Masaki apesar do bom desempenho acabou de fora do Q2. Can Oncu, Ryusei Yamanaka e Romano Fenati completaram os 8 primeiros colocados. Mais um desempenho desapontador para Fenati enquanto que Ryusei Yamanaka se destacou com o bom treino que ele fez na sua 3ªprova na Moto 3.

Resultado final do Q1:

PosPilotoEquipeMotoTempo
124Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’48.970
216Andrea MignoBester Capital DubaiKTM1’49.063
375Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’49.090
479Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’49.407
522Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’49.625
661Can OncuRed Bull KTM AjoKTM1’49.660
76Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.675
855Romano FenatiVNE SnipersHonda1’49.735
971Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHonda1’49.782
107Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTM1’49.783
1113Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’49.878
1284Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM1’49.971
1327Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1’50.197
1454Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda1’50.600
1577Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTM1’51.032
1612Filip SalacRedox PruestelGPKTM1’51.578
1769Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM1’51.758

Ao começar o Q2, Os dois pilotos da equipe SIC 58 saíram dos boxes para começaram a classificação na decisão da pole position. Na primeira volta, Os pilotos da Estrella Galícia (Lopez e Garcia) ficaram juntos pegando vácuo um do outro para se puxarem para a frente na Classificação. Garcia na primeira volta foi meio segundo melhor que Alonso Lopez. Enquanto isso, Antonelli foi para o Chão.

Na metade da classificação, Apesar de ter sido atrapalhado em sua volta rápida, O Argentino Gabriel Rodrigo passa a liderar a classificação com 1:48.450. Aron Canet caiu para o segundo lugar. Tony Arbolino da Snipers, Albert Arenas da Aspar Martinez, Lorenzo Dalla Porta da Leopard Racing, Masia da Bester, McPhee da Petronas e Suzuki da SIC58.

A 4 minutos e 30 segundos do final do Treino, Lopez e Garcia da Estrella galícia foram para a suas última tentativas, mas os outros pilotos estavam esperando qual o primeiro que iria para a pista a fim de segui-lo para pegar o vácuo do piloto da Frente. “Isso é sem dúvida a coisa mais chata que a Moto 3 vive hoje em dia, Na minha opinião.”

A 2 minutos e 20 segundos é que todo mundo foi para a pista, Menos o primeiro colocado Gabriel Rodrigo. O piloto da Gresini acabou perdendo tempo demais e acabou não conseguindo abrir sua volta. Sua pole estava ameaçada, Ele teria de torcer para que ninguém baixasse seu tempo.

Apesar das melhoras de tempo de Ogura, Arbolino e Suzuki, A torcida contra deu resultado. Rodrigo conquistou a pole position. O Sábado foi perfeito para o piloto da Gresini, Mas essa pole não era o objetivo do Argentino, mas sim o dia seguinte. O Objetivo era a tão sonhada primeira vitória no Mundial de Motovelocidade. Ai Ogura vindo do Q1 larga em 2º e Tony Arbolino que ganhou a prova passada completa a primeira fila.

Na segunda fila, largam Tatsuki Suzuki da SIC58, Aron Canet, Líder do campeonato e que buscava manter a posição e quem sabe a segunda vitória no Ano e Albert Arenas que acabou sendo uma certa surpresa o seu 6ºlugar e sua ida ao Q2.

Alonso Lopez teve uma boa participação e conseguiu uma boa marca que o leva a abrir a 3ªFila, Que terá o Espanhol Jaume Masia e o Italiano Lorenzo Dalla Porta que caiu no final da classificação. John McPhee fecha os 10 primeiros colocados. Niccolò Antonelli caiu de novo no final e ficou sem tempo, Assim como o Espanhol Carlos Tatay, Que corre como convidado na Catalunha,

Fotos:

Grid de Largada:

PosPilotoEquipeMotoTempo
119Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’48.450
279Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’48.471
314Tony ArbolinoVNE SnipersHonda1’48.764
424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’48.782
544Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTM1’48.796
675Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’48.809
721Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Honda1’49.072
85Jaume MasiaBester Capital DubaiKTM1’49.079
948Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda1’49.300
1017John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’49.454
1116Andrea MignoBester Capital DubaiKTM1’49.561
1242Marcos RamirezLeopard RacingHonda1’49.588
1311Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.700
1476Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’49.769
1525Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’49.830
1640Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’51.429
1723Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaSem Tempo
1899Carlos TatayFundacion Andreas Perez 77KTMSem Tempo
1922Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’49.625
2061Can OncuRed Bull KTM AjoKTM1’49.660
216Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.675
2255Romano FenatiVNE SnipersHonda1’49.735
2371Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHonda1’49.782
247Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTM1’49.783
2513Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’49.878
2684Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM1’49.971
2727Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1’50.197
2854Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda1’50.600
2977Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTM1’51.032
3012Filip SalacRedox PruestelGPKTM1’51.578
3169Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM1’51.758

Dia de Sol na Catalunha para mais uma corrida movimentada e imprevisível da Moto 3.

Rodrigo largou bem na largada, Mas Arbolino foi buscar a liderança da prova e conseguiu a ultrapassagem, Enquanto que Rodrigo e Ogura foram engolidos na largada. Canet assumiu o segundo lugar com Suzuki, Dalla Porta, Arenas e Ramirez nas 6 primeiras posições. Na curva 5, Canet passa a liderar a prova. Ainda na primeira volta, Na curva 10, Suzuki acaba caindo e deixando a prova.

Ao final da primeira volta, Dalla Porta que largou em 8ºlugar assumiu a liderança, Arbolino estava em 2º a frente de Aron Canet. Quem mais perdeu em relação a largada foi Ogura que caiu do 2º para o 12ºlugar, Por outro lado o tcheco Filip Salac ganhou 14 posições, Largando do último lugar para a 17ªposição.

Dalla Porta resistiu na liderança até ao final da 3ªVolta, Quando a moto do piloto italiano falha obrigando a abandonar a prova. A liderança foi para seu companheiro da Leopard, Marcos Ramirez, Com Darryn Binder em 2º seguido de Rodrigo, McPhee, Lopez, Arbolino e Canet que recuou do 2º para o 7ºlugar. Na volta 5, Na grande reta, Alonso Lopez assumiu a liderança para festa da torcida da Catalunha, Curvas depois: Um grande acidente envolvendo Filip Salac, Vicente Perez, Can Oncu, Raul Fernandez, Albert Arenas e Sergio Garcia. O Causador do acidente foi o piloto Turco.

O Argentino Gabriel Rodrigo passou Lopez e assumiu a liderança e conseguiu manter a liderança na reta dos boxes na 6ªvolta. Na mesma volta na mesma curva, Andrea Migno foi para o Chão. Na volta seguinte, Darryn Binder passou Rodrigo e passou a liderança.

Na volta seguinte tudo mudou e Lopez reassumiu a liderança, Com John Mcphee passando a segunda posição. Binder que entrou na 8ªVolta líder acabou caindo para o 10ºlugar. Quem vinha muito bem era Jaume Masia, Que largou do 20ºlugar estava já em 4ºlugar.

O piloto da Bester não parou por ai, Depois ele passou McPhee, Ramirez e depois partiu para cima do Lopez passando em poucos segundos assumiu a liderança. Naquele momento ele seria o líder do campeonato. Tony Arbolino chegou a passar Masia no final da reta usando o vácuo, Mas acabou errando a curva 3 e perdeu muitas posições, Na Volta seguinte ele tem o mesmo problema e acaba por deixar a prova.

A 10 voltas do final, Rodrigo volta a ponta, Mas logo é despejado da 1ªposição pelo Alonso Lopez, Darryn Binder e John McPhee caindo para o 4ºlugar na segunda metade da 11ªVolta.

Na volta seguinte, McPhee assume pela primeira vez a liderança superando Binder, Rodrigo, Lopez e Masia.

Na 14ªVolta, Darryn Binder toca em Masia que vai para o Chão. Fim de prova para o piloto da Bester e Binder continuava na prova. No final da volta, Lopez era o líder, Mas bastou entrarem na reta dos boxes na entrada da 15ªVolta para Rodrigo usar o vácuo e voltar à liderança, Lopez foi engolido e caiu para o 6ºlugar. McPhee, Toba, Ogura e Ramirez estavam à frente do piloto da Estrella Galícia.

Na reta final, Mais pilotos começaram a cair. O primeiro deles foi o Japonês Kazuki Masaki da RBA quando vinha no melhor momento dele na prova. Toba assumiu a liderança seguido de Niccolò Antonelli em 2º após largar do 27ºlugar.

A 4 voltas do final, Alonso Lopez e Gabriel Rodrigo ultrapassaram Toba e assumiram as 2 primeiras posições na curva 4. O Japonês que venceu a prova de Losail não desistiu, tentou voltar a ponta, mas foi superado pelo escocês John McPhee. Com essa briga toda, Alonso Lopez abriu uma boa vantagem e parecia que ele tinha assegurado à liderança na volta 18. Porém, Na reta dos boxes, Toba e Rodrigo passaram Lopez usando o vácuo e tomaram a liderança para eles. Na mesma 1ªCurva, Antonelli passou da reta e caiu para o 14ºlugar.

Na penúltima volta, Gabriel Rodrigo e Darryn Binder caíram na curva 10 e tentaram voltar a prova para salvarem pelo menos um ponto. Toba segurou a liderança com Canet em 2º tentando a vitória.

O Japonês tinha a vitória nas mãos, Até que na curva 10, Toba caiu e se aproveitando dessa confusão, O Espanhol Marcos Ramirez passou Canet e assumiu a liderança a 3 curvas do final. Canet foi com tudo na curva final, Mas o piloto da Leopard segurou a ponta e conquistou a primeira vitória no Mundial de Motovelocidade.

O Espanhol vindo da Andalusia vinha de resultados frustrantes e agora conquista sua primeira vitória segurando a Aron Canet, que continua líder na segunda posição em uma corrida segura, Só arriscando na última curta uma possibilidade de vitória. O pódio foi completado pelo Italiano Celestino Vietti da VR46, Superando no final a Alonso Lopez da Estrella Galícia que ficou a apenas 89 milésimos do pódio.

Dennis Foggia acabou conquistando a 5ªposição com a outra moto da VR46, Nenhum dos pilotos de Valentino Rossi apareceram na corrida, Mas acabaram se aproveitando das quedas de outros pilotos para obter um bom resultado. O Japonês Al Ogura acabou a prova em 6ºlugar.

Romano Fenati ficou o tempo todo atrás, Mas acabou se recuperando no final e ficou em uma razoável 7ªposição. Completando os 10 primeiros colocados os pilotos Ayumi Sasaki da Petronas, Ryusei Yamanaka (Convidado pela Estrella Galícia) e Jakub Kornfeil da PruestelGP.

Daqui a duas semanas teremos a 8ªEtapa do Campeonato, Em Assen na Holanda. E agora para terminar. A Dorna tem que fazer alguma coisa para impedir que essas corridas sejam disputadas através do Vácuo. É impossível que mais de 20 pilotos disputam a vitória, é impossível que uma categoria tenha 20 pilotos do mesmo Nível. As provas da moto 3 estão ficando horríveis e perigosas.

A Sugestão seria que a Categoria faça alguma coisa, Diminuía a influência do Vácuo para que as corridas sejam mais qualificadas e que as melhores equipes possam se sobressair, Se a categoria tiver corridas com uns 10 pilotos no máximo disputando a vitória em um mesmo Grupo já esta bom, que o piloto que largou lá atrás e que fica a segundos atrás do primeiro grupo possa recuperar o tempo perdido se tiver moto para isso.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha
Mundial de motovelocidade – Moto 3

PosPilotoEquipeMotoTempo
142Marcos RamirezLeopard RacingHonda38’36.156
244Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 0.119
313Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 0.146
421Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Hondaa 0.235
57Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 0.947
679Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 1.008
755Romano FenatiVNE SnipersHondaa 1.068
871Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 1.358
96Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 1.984
1084Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 2.472
1123Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 2.729
1299Carlos TatayFundacion Andreas Perez 77KTMa 2.980
1317John McpheePetronas Sprinta RacingHondaa 3.264
1469Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 11.120
1540Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 18.467
1622Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 21.845
1754Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 39.997
1877Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTMa 54.306
1924Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 1’00.726
NC27Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1 Volta
NC19Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda2 Voltas
NC76Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM3 Voltas
NC5Jaume MasiaBester Capital DubaiKTM8 Voltas
NC14Tony ArbolinoVNE SnipersHonda9 Voltas
NC12Filip SalacRedox PruestelGPKTM12 Voltas
NC16Andrea MignoBester Capital DubaiKTM16 Voltas
NC61Can OncuRed Bull KTM AjoKTM16 Voltas
NC25Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTM17 Voltas
NC11Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda17 Voltas
NC75Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM17 Voltas
NC48Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

O que rolou na 3ªRodada Dupla da Formula 2 em Barcelona

Classificação depois dos treinos livres de Sexta-Feira da Formula 1

Logo que o treino começou, todos praticamente foram para a pista de imediato. Com exceção de Jack Aitken que acabou indo 1 minuto depois do bando e de Luca Ghiotto que tinha problemas no aerofólio Dianteiro. De Cara Nick de Vries marcou o melhor tempo, Com 1:28,907.

O piloto da ART Grand Prix liderou até o momento que Nicholas Latifi com 1:28.522 e depois Jack Aitken da Campos Racing com 1:28.406 foram para as 2 primeiras posições a 23 minutos do final da sessão. O Chinês Guanyu Zhou subiu para o 3ºlugar, Schumacher, Sette Camara, Gelael, Ilott, Matsushita e Deletraz nas 9 primeiras posições.

A 22 minutos do final, Luca Ghiotto foi para a pista e fez uma boa volta subindo para o 3ºlugar. 3 minutos depois, Mick Schumacher subiu 3 posições passando para o 4ºlugar. Enquanto todos os pilotos foram para os boxes trocarem os compostos, Ghiotto fez mais uma volta e sobe para o 2ºlugar, Com 86 milésimos atrás de Latifi.

A maior parte dos pilotos iriam para a pista nos 10 minutos finais. Visto isso, Dorian Boccolacci e Jack Aitken foram para a pista melhorarem seus tempos. O inglês melhorou sua volta e ampliou a liderança no Treino com 1:28.355.

A 8 minutos do final, todo mundo vai para a pista a fim de buscar o tempo de Aitken. Nick de Vries foi para a sua volta rápida, Porém acabou atrapalhado pelo Sean Gelael que tentou passar o Holandês por fora e acabou comprometendo a volta de ambos, Sem qualquer razão para o Indonésio.

Quem si deu bem foi Lafiti da DAMS, que acabou tomando a pole com 1:28.212 a 5 minutos do final. Seu companheiro de equipe Sergio Sette Câmara subiu para o 4ºlugar. Em uma nova volta, Nick de Vries da ART Grand Prix sobe para o segundo lugar a 54 milésimos do piloto Canadense. Logo ele foi superado por Zhou, O Chinês voou baixo para esta na segunda posição, Com 1:28.249.

A pole de Latifi poderia estar garantido, Mas ainda faltava Luca Ghiotto, que foi a pista na sua última Tentativa e arrebentou, O tempo de 1:28.031 acabou dando ao piloto da UNI-Virtuosi para a sua segunda pole position da temporada. O líder do Campeonato Nicholas Latifi larga em 2ºlugar com o carro da DAMS. A Segunda fila era formada pelo Chinês Guanyu Zhou da UNI-Virtuosi e de Nick de Vries da ART Grand Prix.

Na Terceira fila largam Jack Aitken da Campos Racing (Foi punido e perdeu sua melhor volta e por isso larga em 9º) e Callum Llott da Charouz, Sergio Sette Camara da DAMS, Ralph Boschung da Trident, Dorian Boccolacci da Campos Racing e Mick Schumacher completam os 10 primeiros colocados.

Grid de Largada – GP da Espanha
Formula 2

posPilotoEquipeTempoVoltas
18Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing 1:28.03111
26Nicholas Latifi DAMS 1:28.21210
37Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing 1:28.24910
44Nick de Vries ART Grand Prix 1:28.2669
515Jack Aitken Campos Racing 1:28.35510
611Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz 1:28.47011
75Sergio Sette Câmara DAMS 1:28.55010
821Ralph Boschung Trident 1:28.58011
914Dorian Boccolacci Campos Racing 1:28.58110
109Mick Schumacher PREMA Racing 1:28.60511
112Nobuharu Matsushita Carlin 1:28.68310
123Nikita Mazepin ART Grand Prix 1:28.75810
1310Sean Gelael PREMA Racing 1:28.76111
141Louis Delétraz Carlin 1:28.86910
1519Anthoine Hubert BWT Arden 1:28.98011
1616Jordan King MP Motorsport 1:29.02311
1720Giuliano Alesi Trident 1:29.34611
1818Tatiana Calderón BWT Arden 1:29.59011
1912Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz 1:30.17110
2017Mahaveer Raghunathan MP Motorsport 1:30.69111

Após a Classificação da Formula 1, Ocorreu a primeira prova do final de semana da Formula 2.

Largada da primeira corrida de Barcelona, Ghiotto larga muito mal e permite que seu companheiro de equipe Guanyu Zhou assuma a liderança, Com Nicolas Lafiti mantendo o segundo lugar. Logo na quarta curva, Mick Schumacher e Giuliano Alesi acabam passando pela Grama. O piloto da Prema ainda conseguiu voltar a prova com o pneu furado, Já o piloto da Trident ficou na brita mesmo.

No final da reta oposta, ainda na primeira volta, Dorian Boccolacci fez uma manobra completamente desastrosa e acabou tocando em Luca Ghiotto. Com esses dois incidentes o Safety Car foi acionado.

Ghiotto foi trocar os pneus e o Bico Dianteiro, Pelo acidente com a Roda não girando parecia que a prova iria acabar para o piloto Italiano, Mas acabou voltando a corrida. Schumacher parou para trocar os pneus, Enquanto que Alesi abandonou a prova.

A Relargada aconteceu na volta 4 e Zhou seguiu na liderança com Latifi, De Vries, Aitken, Ilott vinham logo a seguir. Boccolacci foi punido pela manobra na primeira volta e teve de dar uma passada pelos boxes.

Na 7ªVolta, Zhou, Latifi que vinham se distanciando do resto do pelotão e Matsushita foram para os boxes, Ao mesmo tempo que Jack Aitken passou por Nick de Vries e assumiu a liderança. Sette Camara ficou mais de 30 segundos nos boxes, Primeiro por ter ficado esperando seu companheiro de equipe fazer a parada e depois por ter deixado o motor morrer, Além disso ele acabaria por sofrer uma punição por ultrapassar o limite de velocidade dos boxes.

Na 8ªVolta pararam Nick de Vries, Callum Ilott e Louis Deletraz fizeram suas paradas. Nikita Mazepin da ART Grand Prix ficou lento pela pista e teve de ir aos boxes, comprometendo sua prova. Na 9ªVolta pararam o líder Jack Aitken e o Indonésio Sean Gelael.

O líder naquele momento era Ralph Boschung da Trident, Com Anthoine Hubert da Arden na segunda posição. O primeiro piloto dos que fizeram à parada obrigatória, Com Latifi e Matsushita logo atrás. Nick de Vries passou Aitken e ganhou o 11ºlugar.

O Holandês não parou por aqui, Ele passou Matsushita ganhando o 9ºlugar, Enquanto isso o Japonês acabou tomando ultrapassagem por fora de Aitken na curva 5 ganhando o 10ºlugar.

Boschung tinha 4.2 segundos de vantagem para Anthoine Hubert na liderança, Mas começou a perder a vantagem para o piloto francês. Em 2 voltas a diferença caiu para 2.6 segundos.  Sette Camara estava parado nos boxes com problemas eletrônicos.

Hubert chega mais e mais em Boschung, Até que na 19ªVolta o piloto da Arden assumiu a liderança no final da reta dos boxes. Na volta seguinte, Mick Schumacher passou Juan Manuel Correa e assumiu a 4ªposição. (Na tentativa anterior o Alemão teve de ir para fora da pista ao tentar passar o Norte-Americano/Equatoriano por fora na curva 1) Correa foi para os boxes e acabou com problemas em seu carro e perdeu muito tempo.

Zhou vinha 22.8 segundos atrás de Hubert, Com as paradas dos pilotos que estavam na sua frente, Nicholas Lafiti vinha a 1.5 segundos do Chinês em 6ºlugar. Bosching foi ultrapassado por Jordan King caindo para o 3ºlugar, Dos pilotos que estavam na frente era o que sentia mais o desgaste dos pneus, Também pela equipe que ele corria (A Trident não é uma das maiores equipes da Categoria) ele não pode esperar muito do carro.

Ghiotto vinha com a melhor volta da prova, Mas ele estava em 13ºlugar e precisava estar entre os 10 primeiros para obter os 2 pontos de Melhor Volta da prova. Entre os pilotos que já tinham feito a parada, O Inglês Jack Aitken da Campos Racing dá o troco em Nick de Vries da ART Grand Prix e na volta 25 toma o 7ºlugar do Holandês.

Boschung parou na 26ªVolta, O piloto da Trident voltou em 13ºlugar. Na Volta 27, Callum Ilott passou Nobuharu Matsushita assumindo o 8ºlugar, O Japonês da equipe Carlin sofria com o carro que mal trata muito os pneus.

Nicholas Latifi vai para cima de Guanyu Zhou, O Canadense quer a vitória . Enquanto que Mick Schumacher depois de ter parado na 29ªVolta acabou quebrando o bico do seu carro após se enroscar com Juan Manuel Correa, Sua corrida em termos de resultado terminou por ai. Na 31ªVolta, Lafiti foi para cima de Zhou e por fora no final da reta dos boxes e assumiu o 3ºlugar. Hubert e King ainda estavam na pista. Depois das paradas dos dois o líder seria o piloto da DAMS.

Isso aconteceu quando faltavam 5 voltas do final. Hubert e King voltaram em 8º e 9ºlugares respectivamente. Quem se recuperava de maneira brilhante era Luca Ghiotto, que estava lá atrás no começo da prova e vinha em 5ºlugar, Com um ritmo de corrida impressionante de prova na reta final. Seu companheiro de equipe estava sendo pressionado pelo Jack Aitken, Os pneus do Chinês Zhou estavam mais desgastados. Na penúltima volta, O piloto da Campos ultrapassou o piloto da UNI e ganhou a 2ªposição.

Ghiotto passou fácil em cima de Nick de Vries e assumiu o 4ºlugar sem dificuldade nenhuma. Hubert em bom final de corrida passou Ilott ganhando o 6ºlugar.

Nicholas Latifi conquista a sua 3ªVitória em 5 corridas na Temporada, Em uma grande atuação pela DAMS e se consolida como o principal favorito ao Título. Jack Aitken conquistou a 2ªposição, Uma bela prova do Inglês mostrando que o desempenho em Baju não foi por acaso. Assim como o grande trabalho de Guanyu Zhou, Que liderou no começo e chegou a sonhar com a vitória.

Acabou conquistando seu primeiro pódio. Não menos Brilhante, Mas até mais brilhante que o Chinês, Luca Ghiotto fez uma bela corrida de recuperação. Dos últimos lugares para os primeiros lugares após quebrar o aerofólio e ficar muito tempo atrás dos lideres. Não é só um grande carro ou um grande piloto, Mas sim um grande conjunto entre os 2. Nick de Vries ficou em 5ºlugar.

Bom trabalho de Anthoine Hubert e de Jordan King que usaram a tática de postegar sua tática até o final e acabaram em 6º e 7ºlugares respectivamente, Ambos superaram a Callum Ilott que ficou em 8º na primeira volta e é pole da segunda corrida do dia. Sean Gelael e Ralph Boschung completaram a zona de pontuação.

Resultado da 5ªEtapa da Formula 2
GP da Espanha

posPilotoEquipe0VoltasTempoVolta mais RápidaVolta
16Nicholas Latifi DAMS 371:01:10.6881:34.03126
215Jack Aitken Campos Racing 37a 1.9351:34.07633
37Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing 37a 3.3251:34.40125
48Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing 37a 4.3611:32.99933
54Nick de Vries ART Grand Prix 37a 9.4681:34.43029
619Anthoine Hubert BWT Arden 37a 12.4891:32.94235
716Jordan King MP Motorsport 37a 14.2771:32.26635
811Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz 37a 17.3851:34.48727
910Sean Gelael PREMA Racing 37a 19.0721:34.19629
1021Ralph Boschung Trident 37a 25.7221:33.98532
112Nobuharu Matsushita Carlin 37a 33.6021:34.93926
121Louis Delétraz Carlin 37a 38.5461:35.06011
1318Tatiana Calderón BWT Arden 37a 45.7891:34.73627
1414Dorian Boccolacci Campos Racing 37a 47.6491:34.32610
159Mick Schumacher PREMA Racing 37a 71.9941:32.81636
1617Mahaveer Raghunathan MP Motorsport 37a 93.7731:34.45931
173Nikita Mazepin ART Grand Prix 33a 4 Voltas1:34.64132
x5Sergio Sette Câmara DAMS 28a 9 Voltas1:33.13323
x12Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz 24Acidente1:34.07224
x20Giuliano Alesi Trident 0Acidentexx

Grid da Segunda corrida:

posPilotoEquipe
111Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz 
216Jordan King MP Motorsport 
319Anthoine Hubert BWT Arden 
44Nick de Vries ART Grand Prix 
58Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing 
67Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing 
715Jack Aitken Campos Racing 
86Nicholas Latifi DAMS 
910Sean Gelael PREMA Racing 
1021Ralph Boschung Trident 
112Nobuharu Matsushita Carlin 
121Louis Delétraz Carlin 
1318Tatiana Calderón BWT Arden 
1414Dorian Boccolacci Campos Racing 
159Mick Schumacher PREMA Racing 
1617Mahaveer Raghunathan MP Motorsport 
173Nikita Mazepin ART Grand Prix 
185Sergio Sette Câmara DAMS 
1912Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz 
2020Giuliano Alesi Trident 

Na Segunda corrida disputada antes do GP da Espanha de Formula 1, Tivemos na largada uma sensacional partida do piloto Francês Anthonie Hubert que deu um salto do 3º para a liderança da corrida, Nick de Vries pulou do 4º para o segundo lugar, Ilott, King, Zhou, Aitken, Ghiotto e Gelael vinham logo a seguir.

Nas primeiras curvas, Zhou e Aitken dividiram curva na disputa pelo 5ºlugar, A Vantagem ficou com o piloto da UNI-Virtuosi. O Japonês Nobuharu Matsushita teve problemas em seu motor e acabou deixando a prova, Seu carro acabou pegando fogo na parte de trás. O Safety Car entrou na pista para que o fogo fosse apagado e o carro fosse retirado.

A relargada aconteceu na volta de número 5, O Holandês Nick de Vries foi para cima de Anthoine Hubert da equipe Arden, Que segurou a liderança até a entrada da 8ªVolta, Foi quando se pode usar a Asa móvel. Dai, o piloto da ART Grand Prix assumiu a liderança da prova. Curvas depois (Na Curva 5), Ghiotto passou Aitken assumindo a 6ªcolocação. Na volta seguinte, O Chinês Guanyu Zhou passou Jordan King tomando o 4ºlugar para as mãos dele.

Enquanto na 11ªVolta o Inglês Callum Ilott foi para cima de Hubert e passou para o segundo lugar, Nick de Vries abria distância na liderança. Ghiotto superou Zhou passando para o 4ºlugar, O Carro do piloto Italiano estava com o carro mais rápido do final de semana, Mas teria de tirar 7 segundos de diferença para buscar a liderança.

Nicholas Latifi na 12ªVolta e Mick Schumacher na volta seguinte passaram pelo Sean Gelael que caiu para o 10ºlugar.

Jack Aikten pressiona Jordan King e tentou a ultrapassagem por fora em cima do piloto da MP, Mas sem espaço, acabou indo para a área de escape das Curva 1 e 2 e perdeu posição para Nicholas Latifi que acabou ultrapassando King na entrada da 16ªVolta.

Na Volta 17, Hubert acabou sendo superado por Luca Ghiotto passando ao 3ºlugar. O Italiano com o melhor carro teria 10 voltas para tirar 6 segundos de De Vries ou pelo menos os 2.8 segundos do inglês Callum Ilott.

Sette Camara que vinha em corrida bem ruim acabou de arruinar de vez sua situação quando vazou a curva 1 de forma indevida e tomou 5 segundos de punição no tempo final da corrida.

A 3 Voltas do final, Ghiotto chegou em cima de Callum Ilott para buscar o 2ºlugar. Na Volta final, três ultrapassagens no começo: Ghiotto tomou o segundo lugar de Ilott, Guanyu Zhou passou Hubert passando ao 4ºlugar e Mick Schumacher tentou passar por fora em cima de Jack Aitken, Mas foi para a Área de Escape voltando de maneira indevida. (Essa manobra custaria 5 segundos de Acréscimo no tempo final de corrida)

Nick de Vries vence a corrida do Domingo, Com uma bela largada e passando a liderança desde da 8ªVolta o piloto da ART Grand Prix acabou obtendo o primeiro triunfo da temporada. Luca Ghiotto termina a prova em 2ºlugar e fecha de maneira muito positiva o final de semana na Catalunha. O Inglês Callum Ilott completou o pódio com o carro da Charouz, Que esta melhor do que a expectativa criada nesse começo de ano.

Guanyu Zhou acabou em 4ºlugar e esta fazendo um campeonato bem melhor do que alguns pilotos que foram considerados favoritos ao título. Anthoine Hubert fez uma bela largada, Mas não teve carro para terminar a prova além do 5ºlugar.

Nicholas Latifi acabou salvando o 6ºlugar e sai da Espanha na liderança do campeonato, Com 26 pontos de vantagem sobre Luca Ghiotto. Jordan King e Jack Aitken completaram a zona de pontuação. Semana que vem teremos a 4ªRodada dupla da Formula 2, Nas ruas de Monte Carlo com a prova de Mônaco.

Fotos:

Resultado da 6ªEtapa da Formula 2
GP da Espanha

posPilotoEquipeVoltasTempoVolta mais RápidaVolta
14Nick de Vries ART Grand Prix2642:25.9161:32.6738
28Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing26a 2.3991:32.54617
311Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz26a 4.3821:32.91111
47Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing26a 11.1831:33.15015
519Anthoine Hubert BWT Arden26a 12.5671:33.32015
66Nicholas Latifi DAMS26a 13.0881:32.44417
716Jordan King MP Motorsport26a 21.4191:33.69823
815Jack Aitken Campos Racing26a 26.6441:33.60814
910Sean Gelael PREMA Racing26a 27.4451:33.84220
1021Ralph Boschung Trident26a 28.1691:33.77225
111Louis Delétraz Carlin26a 28.5351:33.22723
129M. SchumacherPREMA Racing26a 30.9081:33.63221
1318Tatiana Calderón BWT Arden26a 32.2691:33.98616
143Nikita Mazepin ART Grand Prix26a 35.0611:33.97614
1512Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz26a 37.8521:34.06814
1620Giuliano Alesi Trident26a 40.3941:33.99021
175S. Sette CâmaraDAMS26a 40.5381:33.61217
1814Dorian Boccolacci Campos Racing26a 44.2101:33.89923
1917Mahaveer Raghunathan MP Motorsport26a 68.7011:34.97119
x2Nobuharu Matsushita Carlin0Motorxx

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formula 2

Corridas Históricas : Jarama 1993 – Mundial de Motovelocidade

Grid de Largada:

Pos.PilotoEquipeMotoTempo
1John KocinskiCagiva Team AgostiniCagiva1’32.849
2Alex BarrosTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki1’33.254
3Kevin SchwantzTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki1’33.518
4Shinichi ItohHRC Rothmans HondaHonda1’33.630
5Luca CadaloraMarlboro Team RobertsYamaha1’33.906
6Daryl BeattieRothmans Honda TeamHonda1’34.598
7Niall MackenzieTeam Valvoline/WCMROC-Yamaha1’34.630
8Doug ChandlerCagiva Team AgostiniCagiva1’34.755
9Alex CrivilleMarlboro Honda PonsHonda1’34.775
10Juan Manuel Lopez MellaLópez Mella Racing TeamROC-Yamaha1’35.370
11John ReynoldsPadgett’s MotorcyclesHarris-Yamaha1’35.382
12Michael RudroffRallye-SportHarris-Yamaha1’35.560
13Mathew MladinCagiva Team AgostiniCagiva1’35.882
14Tsumoto UdagawaROC/YamahaROC-Yamaha1’36.230
15Lucio PederciniTeam PederciniROC-Yamaha1’36.360
16Renzo ColleoniTeam ElitROC-Yamaha1’36.418
17Andrew StroudShell Team HarrisHarris-Yamaha1’36.502
18Jose KuhnTeam ROCYamaha1’36.649
19Kevin MitchellM.B.M. Racing TeamHarris-Yamaha1’36.869
20Bernard GarciaYamaha Motor FranceYamaha1’37.040
21Jeremy McWilliamsTeam MillarYamaha1’37.137
22James HaydonROC/YamahaROC-Yamaha1’37.194
23Thierry CrineTeam Ville de ParisROC-Yamaha1’37.251
24Bruno BonhuilM.T.D. Objectif 500ROC-Yamaha1’37.464
25David JefferiesPeter Graves Racing TeamHarris-Yamaha1’37.562
26Jean-Marc DeletangArgus Racing TeamROC-Yamaha1’37.656
27Sean EmmettShell Team HarrisHarris-Yamaha1’37.800
28Cees DoorakkersTeam Doorakkers RacingHarris-Yamaha1’38.264
29Serge DavidTeam ROCROC-Yamaha1’38.854
30Andreas MeklauARC-Austrian Racing CompanyROC-Yamaha1’40.193
31Dario MarchettiTeam G.O.J. MotorHarris-Yamaha1’41.489

Jarama, Dia 26 de Setembro de 1993, Palco da última etapa do mundial de Motovelocidade de 1993. Nas 500cc o título já estava decidido a favor de Kevin Schwantz da equipe Suzuki Lucky Strike. Principalmente depois que Wayne Rainer sofreu um acidente que acabou com sua carreira no Mundial de motovelocidade no GP.

A prova em encerramento da Temporada teve o Norte-Americano John Kocinski na pole position com o Brasileiro Alex Barros que buscava sua primeira vitória na categoria na segunda posição. Kevin Schwantz larga em 3ºlugar já sem pressão nenhuma de garantir o campeonato se esperava um show do Norte-Americano. Completavam os 5 primeiros lugares o Japonês Shinichi Itoh com a Honda e Luca Caladora da Yamaha.

Daryl Beattie, Niall Mackenzie, Doug Chandler, Alex Criville e Juan Manuel Lopez completavam os 10 primeiros colocados.

Na largada Schwantz largou muito bem pulando para a ponta, Com Barros em 2º e Cadalora em 3ºlugar. Na curva 2 o piloto da Yamaha passa Alex Barros e assume o segundo lugar. Depois Kocinski tomou posição do piloto Brasileiro que começava não muito bem a corrida.

Cadalora foi para cima de Schwantz querendo já de cara a primeira posição e carimbar a faixa de campeão do norte-americano da equipe Suzuki. Ao final da primeira volta o piloto da Yamaha passou Schwantz assumindo a primeira posição. Kocinski vinha em 3ºlugar com a Cagiva, Seguido pelos pilotos da Honda Shinichi Itoh e Daryl Beattle em 4º e 5ºlugares e Alex Barros vinha na 6ªposição.

A 25 Voltas do final Schwantz voltou a liderança. Kocinski fez a melhor volta da corrida na 3ªVolta com 1:34.236 (Média de 147.08 Km/h – 91.39 Milhas por hora) Niall Mackenzie estava devagar com problemas em sua moto da Roc Yamaha Valvoline.

Cadalora seguia na pressão pra cima de Schwantz na disputa pela liderança. John Kocinski chegava a essa disputa por posição. Mais atrás Itoh, Beattle e Barros disputavam a 4[posição. Na entrada da 6ªVolta Luca Cadalora seguia tentando passar Schwantz. O piloto da Cagiva John Kocinski chegava definitivamente nessa disputa. Estava formado dois grupos na frente. O primeiro disputando a liderança formado por Schwantz, Cadalora e Kocinski e o Grupo de trás era formado por Itoh, Beattle e Barros.

Schwantz resistia aos ataques de Cadalora que atacava praticamente em todas as curvas do circuito. Enquanto que o piloto Japonês Tsumoto Udagawa acaba indo para a caixa de brita e acaba por abandonar a corrida. Na 7ªVolta, Cadalora no final da reta consegue a ultrapassagem sobre o piloto Campeão de 1993 e assume a liderança com sua Yamaha.

Schwantz ficou para Kocinski enquanto que Cadalora abria diferença. Logo atrás vinha os pilotos da Honda e um pouco mais atrás o Brasileiro Alexandre Barros. Vendo Kocinski pressionar Schwantz parecia que a sua moto não estava rendendo tanto como rendia a moto do piloto da Cagiva. Barros passou Beattle assumindo o 5ºlugar. Enquanto que no final da reta ao começar a volta 10 Kocinski passa Schwantz passando para o 2ºlugar.

Classificação após 10 voltas completas:

  1. Luca Cadalora
  2. John Kocinski
  3. Kevin Schwantz
  4. Shinichi Itoh
  5. Alexandre Barros
  6. Daryl Beattie

O piloto da Cagiva vinha para cima de Luca Cadalora em busca da liderança. Enquanto que Schwantz estava resistindo com muitíssima dificuldade os ataques de Itoh da Honda que vinha abiscoitar o 3ºlugar. O Companheiro de equipe de Kevin Schwantz o Brasileiro Alex Barros estava também nessa disputa e Beattie estava ficando um pouco mais atrás.

Kocinski fez a melhor volta da corrida na volta 10 com 1:34.090 (Média: 147.31 Km/h – 91.53 Mph)

Na 12ªVolta o Japonês Shinichi Itoh passou para o terceiro lugar levando com ele Alexandre Barros que subiu para o 4ºlugar. Quem caiu na prova foi Kevin Schwantz que perdeu posição também para Daryl Beattie caindo para o 6ºlugar. Na entrada da 13ªVolta Kocinski ultrapassa no final da reta Luca Cadalora e assumiu a liderança com sua Cagiva.

Na metade da corrida Kocinski já vinha chegando aos últimos colocados para colocar volta, Mas precisava se cuidar com Cadalora, Itoh e Barros que vinham logo atrás. Ninguém tinha mais nada a perder já que era a última etapa do campeonato e o título já tava nas mãos do Schwantz. Na 15ªVolta Itoh passou Cadalora assumindo o 2ºlugar com sua Honda que era a moto mais rápida de reta daquela época.

Na entrada da 17ªVolta, Shinichi Itoh passou na reta John Kocinski e assumiu a liderança. Era o 4ºpiloto a pontear a prova de Jarama e em menos de uma volta começou a abrir uma vantagem para o norte-americano da Equipe Cagiva. Alex Criville em uma corrida solitária vinha em uma boa 6ªposição com a Honda da Equipe Pons.

A 11 Voltas do final Luca Cadalora caiu abandonando a prova deixando Alexandre Barros em 3ºlugar com Beattle em 4º e Schwantz em 5ºlugar já longe da disputa a 10 voltas do final do campeonato.

Itoh vinha firme na liderança com Kocinski tentando se aproximar do líder e Barros buscando ir para a briga com o piloto da Cagiva. A corrida não estava ainda definido mesmo com o Japonês abrindo 1 segundo de diferença para Kocinski que não desistiu da luta e partiu para cima de Itoh.

A 8 Voltas do final, Itoh e Kocinski acabaram caindo e deixando a corrida. Situação mais delicada para o piloto Japonês da Honda sentiu mais o acidente tendo que ter mais atenções dos fiscais de pista. Kocinski voltou a pista, Mas para levar sua Cagiva para os boxes abandonar a corrida.

Alexandre Barros assumiu a liderança a 7 voltas do final da prova. Ele já tinha chegado perto da vitória em algumas tentativas. A poucas voltas do final da prova em Jarama ele tinha boa vantagem para o Australiano Daryl Beattie. Se nada desse errado tudo indicaria que era o dia da vitória do Brasil no Mundial de Motovelocidade.

Beattie tentou partir para cima de Barros na Reta final de corrida, enquanto isso Schwantz vinha em terceiro lugar com Alex Criville em 4ºlugar buscando ainda tentar o pódio. A 5 voltas do final Alexandre Barros teve uma dificuldade em dar volta no Francês Bruno Bonhuil e no Italiano Lucio Pedercini  que estavam disputando posição na zona de pontuação.

Juan Manuel Lopez Mella caiu a 4 voltas do final e deixou a prova. Barros encontrou mais retardatários até o final da corrida. Mas não se complicou com eles se livrando de todos. E Levando a moto da equipe Lucky Strike Suzuki até a vitória. A primeira vitória da sua carreira no mundial de motovelocidade aos 22 anos, Um momento único para o Brasil que depois de Adu Celso que venceu no Mundial de Motovelocidade na mesma Jarama em 1973 nas 350cc viu Barros conquistar a primeira vitória do Brasil na categoria principal do Motociclismo Mundial.

Daryl Beattie chegou em 2ºlugar com a Honda e Kevin Schwantz completou sua brilhante temporada aonde ele conquistou o título Mundial de 1993 em 3ºlugar. Criville da Honda da Equipe Pons, Doug Chandler e Mathew Mladin ambos da Cagiva Team Agostini completaram os 6 primeiros lugares.

Schwantz terminou o Mundial de 1993 com 248 pontos, Wayne Rainey que acabou tendo de encerrar a carreira devido a um acidente no GP da Itália ainda ficou com o vice-campeonato com 214 pontos e o Australiano Daryl Beattie terminou o ano em 3ºlugar com 176 pontos superando por dois pontos o também Australiano Mick Doohan.

Barros acabou a temporada em 6ºlugar com 125 pontos em sua primeira temporada na equipe oficial da Suzuki. E essa foi a primeira de suas 7 vitórias no Mundial de motovelocidade.

Fotos:

Resultado final do FIM motorcycle Grand Prix 1993

Pos.PilotoEquipeMotoTempo
1Alex BarrosTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki44:22.944
2Daryl BeattieRothmans Honda TeamHonda4.736
3Kevin SchwantzTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki17.578
4Alex CrivilleMarlboro Honda PonsHonda22.816
5Doug ChandlerCagiva Team AgostiniCagiva58.410
6Mathew MladinCagiva Team AgostiniCagiva1:10.298
7Bernard GarciaYamaha Motor FranceYamaha1:10.734
8Niall MackenzieTeam Valvoline/WCMROC-Yamaha1:16.272
9John ReynoldsPadgett’s MotorcyclesHarris-Yamaha1:20.278
10Jose KuhnTeam ROCYamaha1:23.009
11Jeremy McWilliams Team MillarYamaha1:31.922
12Andrew StroudShell Team HarrisHarris-Yamaha1:32.444
13Kevin MitchellM.B.M. Racing TeamHarris-Yamaha1 Volta
14Sean EmmettShell Team HarrisHarris-Yamaha1 Volta
15Lucio PederciniTeam PederciniROC-Yamaha1 Volta
16Jean-Marc DeletangArgus Racing TeamROC-Yamaha1 Volta
17Bruno BonhuilM.T.D. Objectif 500ROC-Yamaha1 Volta
18David JefferiesPeter Graves Racing TeamHarris-Yamaha1 Volta
19Thierry CrineTeam Ville de ParisROC-Yamaha1 Volta
20Dario MarchettiTeam G.O.J. MotorHarris-Yamaha2 Voltas
21Cees DoorakkersTeam Doorakkers RacingHarris-Yamaha2 Voltas
 Juan Manuel Lopez MellaLópez Mella Racing TeamROC-Yamaha4 Voltas
 John KocinskiCagiva Team AgostiniCagiva7 Voltas
 Shinichi ItohHRC Rothmans HondaHonda8 Voltas
 Luca CadaloraMarlboro Team RobertsYamaha11 Voltas
 Michael RudroffRallye-SportHarris-Yamaha11 Voltas
 Renzo ColleoniTeam ElitROC-Yamaha13 Voltas
 Andreas MeklauARC-Austrian Racing CompanyROC-Yamaha14 Voltas
 James HaydonTeam Great BritianROC-Yamaha21 Voltas
 Tsumoto UdagawaTeam UdagawaROC-Yamaha21 Voltas
 Serge DavidTeam ROCROC-Yamaha24 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP http://www.greatprints.co.uk
http://itsawheelthing.tumblr.com
https://notclauswitz.files.wordpress.com
http://www.daidegasforum.com