Em Abu Dhabi Nico Rosberg arrasa Hamilton e conquista 6ªPole em Sequência

Nico Rosberg tentando sua terceira vitória seguida marca a 6ªpole seguida na temporada de 2015, Com um impressionante tempo colocando quase 4 décimos em Lewis Hamilton que fecha 2015 sem conseguir a 50ªpole em sua carreira.

O treino foi dominado pelas Mercedes, Mas acabou revelando algumas surpresas, Algumas muito positivas com a Force India lutando de igual para igual com a Ferrari e superando a Williams e a Red Bull principalmente com o Mexicano Sergio Perez. A Outra é a Mclaren que pareceu superar algumas deficiências com um belíssimo desempenho na parte das curvas do Circuito. O que mostra que o problema da Mclaren é realmente motor e não o Chassi MP4-30 que é um dos melhores Chassis do ano.

Porém, um Furo de Pneu acabou fazendo Alonso não ter a chance de ir ao Q2, Mas a grande surpresa negativa do Treino foi Sebastian Vettel que acabou junto com a Ferrari cometendo um Erro de avaliação no Treino e acabou com o 16ºTempo o que tirou Vettel do Q2. Ericsson, Stevens e Merhi acabaram sendo os outros três Eliminados.

Vettel_fail_EAU15

Classificação do Q1:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:40.974
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:41.111
3 11 Sergio Perez (Force India) 1:41.983
4 27 Nico Hulkenberg (Force India) 1:41.996
5 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing) 1:42.275
6 19 Felipe Massa (Williams) 1:42.303
7 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:42.500
8 26 Daniil Kvyat (Red Bull Racing) 1:42.540
9 22 Jenson Button (McLaren) 1:42.570
10 8 Romain Grosjean (Lotus) 1:42.585
11 77 Valtteri Bottas (Williams) 1:42.608
12 33 Max Verstappen (Toro Rosso) 1:42.889
13 12 Felipe Nasr (Sauber) 1:42.896
14 55 Carlos Sainz (Toro Rosso) 1:42.911
15  13 Pastor Maldonado (Lotus) 1:42.929
16 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:42.941
17 14 Fernando Alonso (McLaren) 1:43.187
18 9 Marcus Ericsson (Sauber) 1:43.838
19 28 Will Stevens (Manor) 1:46.297
20 98 Roberto Merhi (Manor) 1:47.434

No Q2, houve o mesmo domínio da Mercedes com Hamilton mostrando que queria acabar com a festa de Rosberg, Foram eliminados os pilotos da Lotus com Romain Grosjean que teve problemas com seu motor e nem fez volta, Pastor Maldonado também caiu junto de Felipe Nasr, Jenson Button e Max Verstappen que vinha nas últimas corridas passando para a parte final do Treino. Com isso seu companheiro de equipe Carlos Sainz Jr. acabou passando para o Q3 junto dos pilotos da Mercedes, Kimi Raikkonen com a Ferrari, Williams, Force India e Red Bull. Essas equipes com exceção de Sainz fazem parte das 5 melhores equipes da Formula 1 de hoje.

Button_abu_dhabi

Classificação do Q2:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:40.758
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:40.979
3 11 Sergio Perez (Force India) 1:41.560
4 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:41.612
5 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing) 1:41.830
6 77 Valtteri Bottas (Williams) 1:41.868
7 27 Nico Hulkenberg (Force India) 1:41.925
8 26 Daniil Kvyat (Red Bull Racing) 1:42.328
9 19 Felipe Massa (Williams) 1:42.349
10 55 Carlos Sainz (Toro Rosso) 1:42.482
11 33 Max Verstappen (Toro Rosso) 1:42.521
12 22 Jenson Button (McLaren) 1:42.668
13 13 Pastor Maldonado (Lotus) 1:42.807
14 12 Felipe Nasr (Sauber) 1:43.614
15 8 Romain Grosjean (Lotus) Sem Tempo

No Q3 mais uma vez tivemos a disputa entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton pela pole position em Abu Dhabi. Dessa vez Hamilton conseguiu combater Rosberg, Na Volta final ele tomou a primeira posição de Nico Rosberg, Mas dai o piloto Alemão veio e com o tempo de 1:40.237 acabou detonando o tempo de Hamilton que ficou com 1:40.617 e com isso Rosberg levou a 7ªpole na temporada sendo a 6ªVez seguida.

Na Segunda Fila Vão largar o piloto Finlandês Kimi Raikkonen e o Mexicano Sergio Perez com a Force India que tem a expectativa de lutar pelo pódio nessa última corrida da temporada. Na Terceira Fila largam Daniel Ricciardo com a Red Bull e Valtteri Bottas com a Williams. Com o que esta se mostrando nesse grid A Ferrari, Force India, Red Bull e Williams tem possibilidades de lutarem pelo pódio.

Nico Hulkenberg com a Force India, Felipe Massa com a Williams, Danill Kvyat com a Red Bull e Carlos Sainz Jr. com a Toro Rosso completaram os 10 primeiros colocados.

Grid de Largada
Piloto Número Equipe-Motor Chassi Tempo Etapa
1. Nico Rosberg 6 Mercedes F1 W06 Hybrid 1:40.237 Q3
2. Lewis Hamilton 44 Mercedes F1 W06 Hybrid 1:40.617 Q3
3. Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF15-T 1:41.051 Q3
4. Sergio Perez 11 Force India-Mercedes VJM08 1:41.184 Q3
5. Daniel Ricciardo 3 Red Bull-Renault RB11 1:41.444 Q3
6. Valtteri Bottas 77 Williams-Mercedes FW37 1:41.656 Q3
7. Nico Hulkenberg 27 Force India-Mercedes VJM08 1:41.686 Q3
8. Felipe Massa 19 Williams-Mercedes FW37 1:41.759 Q3
9. Danill Kvyat 26 Red Bull-Renault RB11 1:41.933 Q3
10. Carlos Sainz 55 Toro Rosso-Ferrari STR10 1:42.708 Q3
11. Max Verstappen 33 Toro Rosso-Ferrari STR10 1:42.521 Q2
12. Jenson Button 22 Mclaren-Honda MP4-30 1:42.668 Q2
13. Pastor Maldonado 13 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 1:42.807 Q2
14. Felipe Nasr 12 Sauber-Ferrari C34 1:43.617 Q2
15. Romain Grosjean 8 Lotus-Mercedes E23 Hybrid Sem Tempo Q2
16. Sebastian Vettel 5 Ferrari SF15-T 1:42.941 Q1
17. Fernando Alonso 14 Mclaren-Honda MP4-30 1:43.187 Q1
18. Marcus Ericsson 9 Sauber-Ferrari C34 1:43.838 Q1
19. Will Stevens 28 Manor-Ferrari MR03 1:46.297 Q1
20. Roberto Merhi 98 Manor-Ferrari MR03 1:47.434 Q1

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mclaren/Mercedes/Ferrari

Rosberg conquista a 4ªpole em Seqüência na reestréia do México no cenário da Formula 1

Pela Quarta vez seguida Nico Rosberg conquistou a pole position, Na volta do México no Cenário da Formula 1 o piloto Alemão conseguiu superar o tricampeão do mundo seu companheiro de equipe Nico Rosberg na primeira volta do Q3 e contou com o erro de Hamilton para assegurar a pole.

No Q1 logo todos os pilotos foram para a pista devido a possibilidade da chuva vim logo no Q1, Mas ela não veio e dai os pilotos todos tiveram que usar logo os pneus macios com exceção de Lewis Hamilton que com os pneus duros conseguiu passar para o Q2 com facilidade. Jenson Button não treinou e vai largar em último lugar mesmo, Então ficaram 4 vagas para a eliminação no Q1, A Manor era certa que ficaria com essas duas vagas, Alonso mesmo com todo o seu esforço acabou também de fora do Q1, Restava uma vaga para a eliminação. Sobrou para Felipe Nasr que ficou de fora da segunda parte do treinamento.

MEX_sabado_15 (1)

Classificação no Q1:

1 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:20.436
2 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:20.503
3 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:20.808
4 77 Valtteri Bottas (Williams) 1:20.817
5 26 Daniil Kvyat (Red Bull Racing) 1:20.826
6 55 Carlos Sainz (Toro Rosso) 1:20.960
7 11 Sergio Perez (Force India) 1:20.966
8 33 Max Verstappen (Toro Rosso) 1:20.995
9 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing) 1:21.166
10 9 Marcus Ericsson (Sauber) 1:21.299
11 27 Nico Hulkenberg (Force India) 1:21.315
12 19 Felipe Massa (Williams) 1:21.379
13 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:21.422
14 13 Pastor Maldonado (Lotus) 1:21.520
15 8 Romain Grosjean (Lotus) 1:21.577
16 14 Fernando Alonso (McLaren) 1:21.779
17 12 Felipe Nasr (Sauber) 1:21.788
18 53 Alexander Rossi (Marussia) 1:24.136
19 28 Will Stevens (Marussia) 1:24.386

No Q2 Vettel colocou sua Ferrari entre os dois carros da Mercedes com Hamilton em primeiro e Rosberg em 3º, O Melhor de tudo para o Campeão de 2015 é que ele tinha um jogo de pneus a mais novinho se tornando naquela altura o mais forte candidato a pole position. Kimi Raikkonen que já tinha que pagar a punição de 5 posições nos boxes e acabou tendo de encerrar o treino mais cedo ficando de fora do Q3, sendo o último dos 15 que participaram do Q2. Eliminados também foram Maldonado e Grosjean da Lotus, Ericsson com a Sauber e Carlos Sainz jr. que acabou tendo a classificação do seu companheiro Max Verstappen que colocou a Toro Rosso no Q3. Para a alegria da Torcida Mexicana Sergio Perez colocou seu carro no Q3. Felipe Massa arranjou sua vaga na última hora no Q3 conseguindo o 6ºtempo.

MEX_sabado_15 (2)Classificação no Q2:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:19.829
2 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:20.045
3 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:20.053
4 77 Valtteri Bottas (Williams) 1:20.458
5 26 Daniil Kvyat (Red Bull Racing) 1:20.490
6 19 Felipe Massa (Williams) 1:20.642
7 11 Sergio Perez (Force India) 1:20.669
8 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing) 1:20.783
9 33 Max Verstappen (Toro Rosso) 1:20.894
10 27 Nico Hulkenberg (Force India) 1:20.935
11 55 Carlos Sainz (Toro Rosso) 1:20.942
12 8 Romain Grosjean (Lotus) 1:21.038
13 13 Pastor Maldonado (Lotus) 1:21.261
14 9 Marcus Ericsson (Sauber) 1:21.544
15 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:22.494

No Q3 a briga foi mesmo entre Hamilton e Rosberg sendo que o Inglês tinha a vantagem deter um pneu a mais, Mas Rosberg estava disposto a lutar pela pole position e travou um duelo com Hamilton pelo primeiro lugar, Rosberg na primeira volta se saiu melhor com 1:19.480 contra 1:19.668 de Hamilton. Vettel e Kvyat não conseguiram chegar ao ponto de ameaçar as Mercedes.

Na Tentativa final a pista ficou pior para todo mundo e Hamilton acabou cometendo um erro e isso possibilitou a pole position de número 20 para Nico Rosberg em sua carreira, Para Hamilton o segundo lugar não o deixa feliz, Mas não preocupa para a corrida já que nas 4 últimas provas ele não saiu da pole mas conquistou a vitória. Esse é o menor dos problemas para o piloto Inglês que corre sossegado nessas 4 últimas provas do ano, A Segunda fila vão largar Sebastian Vettel com a Ferrari e Daniil Kvyat com a Red Bull, Apesar do Fraco motor a Red Bull mostra que no final dessa temporada o seu carro consegue cobrir deficiências do motor Renault, Tanto é que tanto Daniil como Daniel Ricciardo acabaram superando os dois carros da Williams. Ricciardo ficou em 5º, Bottas em 6º e Felipe Massa aparece em 7ºlugar.

Completam os 10 primeiros o piloto da Toro Rosso Max Verstappen em mais um grande treino, Sergio Perez piloto da casa e Nico Hulkenberg ambos com a Force India.

MEX_sabado_15 (3)

 

Grid de Largada
Piloto Número Equipe-Motor Chassi Tempo Etapa
1. Nico Rosberg 6 Mercedes F1 W06 Hybrid 1:19.480 Q3
2. Lewis Hamilton 44 Mercedes F1 W06 Hybrid 1:19.668 Q3
3. Sebastian Vettel 5 Ferrari SF15-T 1:19.850 Q3
4. Daniil Kvyat 26 Red Bull-Renault RB11 1:20.398 Q3
5. Daniel Ricciardo 3 Red Bull-Renault RB11 1:20.399 Q3
6. Valtteri Bottas 77 Williams-Mercedes FW37 1:20.448 Q3
7. Felipe Massa 19 Williams-Mercedes FW37 1:20.567 Q3
8. Max Verstappen 33 Toro Rosso-Renault STR10 1:20.710 Q3
9. Sergio Perez 11 Force India-Mercedes VJM08 1:20.716 Q3
10. Nico Hulkenberg 27 Force India-Mercedes VJM08 1:20.788 Q3
11. Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso-Renault STR10 1:20.942 Q2
12. Romain Grosjean 8 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 1:21.038 Q2
13. Pastor Maldonado 13 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 1:21.261 Q2
14. Marcus Ericsson 9 Sauber-Ferrari C34 1:21.544 Q2
15. Felipe Nasr 12 Sauber-Ferrari C34 1:21.788 Q3
16. Alexander Rossi 53 Manor-Ferrari MR03 1:24.136 Q3
17. Will Stevens 28 Manor-Ferrari MR03 1:24.386 Q3
18. Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF15-T 1:22.494 Q2
19. Fernando Alonso 14 Mclaren-Honda MP4-30 1:21.779 Q3
20. Jenson Button 22 Mclaren-Honda MP4-30 Sem Tempo Q3

* Raikkonen foi punido por trocar o câmbio com 5 posições no Grid de largada
* Alonso foi punido com 15 posições por trocar componentes do motor
* Button perdeu 50 posições por trocar os componentes do motor

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Manor/Lotus/Mercedes

Rosberg vence em Mônaco por erro de estratégia da Mercedes de Hamilton

Nessa corrida o que um piloto construiu em 64 voltas acabou destruído por uma tática desastrosa, Foi o resumo do GP de Mônaco que acabou vencido pelo alemão Nico Rosberg com a Mercedes em uma sonolenta prova talvez a pior da temporada junto do australia que foi também um porre.

Na Largada Hamilton manteve a primeira posição seguido de Rosberg, Vettel e Kvyat que tomou o 4ºlugar de Ricciardo. Dois incidentes aconteceram no começo da prova, Felipe Massa se chocando com Pastor Maldonado na saída da Saint Devoit e Nico Hulkenberg indo parar no muro perdendo o seu bico  e tendo de ir aos boxes igual ao Brasileiro Felipe Massa, Já Maldonado acabou deixando a prova no começo por causa de problemas de Freios na 6ªVolta.

A Partir dai a corrida começou a ser uma procissão daquelas bem sofridas com praticamente nenhuma emoção, As únicas mudanças aconteciam quando Massa passou os dois pilotos da Manor e brigas entre Rosberg e Vettel, Ricciardo e Raikkonen, Mas ultrapassagem praticamente era quase impossível de se concretizar.

Final de semana para esquecer para Massa, Bottas e a Williams.
Final de semana para esquecer para Massa, Bottas e a Williams.

Os pilotos fizeram a sua parada única nos boxes já que os pneus tinham pouco desgaste em Mônaco, O que aconteceu na prova foi apenas Hamilton abrindo diferença para Rosberg que tinha por perto Sebastian Vettel, Com Nasr e Sainz fazendo belas corridas de recuperação, Perez resistindo em 7ºlugar com o carro da Force India. Nesse meio tempo tivemos o abandono de Fernando Alonso que vinha em 9ºlugar e continua na seca na zona de pontuação.

A Corrida depois continuou na sua monotonia até que na Volta 64 Max Verstappen tentou a ultrapassagem em cima de Romain Grosjean valendo o 10ºlugar, Mas acabou sendo uma manobra infeliz, Verstappen atingiu Grosjean e bateu forte no muro na curva Saint Devoit, Foi dada a entrada do safety car virtual, Mas logo a o real Safety car foi para a pista e vários pilotos aproveitaram para fazerem suas paradas. Hamilton foi para os Boxes, Mas Rosberg e Vettel não foram para os boxes…

…E ai a Mercedes matou Hamilton com essa parada tanto é que ele voltou atrás de Rosberg e de Vettel, Na Largada Hamilton por mais que tentasse não conseguiu passar Vettel e Rosberg deve ter agradecido a Mercedes pelo belíssimo trabalho que fizeram ao seu companheiro de equipe dai foi só levar o carro até o final e vencer pela terceira vez seguida em Mônaco e igualando o Feito de Graham Hill, Alain Prost e Ayrton Senna que venceram em 3 anos seguidos.

Vettel segurou de forma soberba a Hamilton e levou a Ferrari a segunda posição e Hamilton que dominou a corrida acabou lesado pela tática da Mercedes acabou com cara de poucos amigos em 3ºlugar e vendo sua vantagem diminuir de 20 para 10 pontos quando poderia sair de Mônaco com 27 pontos na frente.

O Russo Danill Kvyat conseguiu seu melhor resultado na Formula 1 ficando em 4ºlugar após começo de ano muito abaixo do que se esperava dele fazendo uma corrida melhor do que Daniel Ricciardo que fez a parada nos boxes quando estávamos em Safetycar e depois da relargada passou Kimi Raikkonen e Passou Danill Kvyat por pedido da equipe e foi para cima de Hamilton e Vettel para tentar até chegar em 2ºlugar, Mas acabou ficando para trás e devolvendo posição para Kvyat ficando em 5ºlugar, Raikkonen em 6º teve uma corrida bem apagada em relação ao Sebastian Vettel.

Sergio Perez levou mais 6 pontos com a Force India em final de semana que ele apagou totalmente a Nico Hulkenberg com belo desempenho no Treino oficial e na corrida foi manter o seu carro até o final na 7ªposição.

Nasr conseguiu levar a Sauber a 9ªposição num final de semana difícil.
Nasr conseguiu levar a Sauber a 9ªposição num final de semana difícil.

Jenson Button quebra um jejum de quase 7 anos sem a Honda marcar pontos na Formula 1, Pelo menos o motor Honda (Última Vez foi Rubens Barrichello em 2008 no GP da Inglaterra) e faz a Mclaren marcar pontos pela primeira vez no ano com o 8ºlugar mostrando que o Chassi da equipe de Woking é o que tem de melhor na Mclaren e que falta é a potência do motor Honda. Felipe Nasr com um carro bem abaixo do que ele tinha no começo da temporada largou em 15º e numa corrida muito forte levou a Sauber a mais dois pontos o que leva o time suíço a manter o 5ºlugar no mundial de construtores e deu uma surra em seu companheiro de equipe o Regular Marcus Ericsson que ficou em 13º e na 10ªposição completando a zona de pontuação largando do último lugar ficou com Carlos Sainz jr. com a Toro Rosso fazendo excelente corrida de recuperação.

Nico Hulkenberg numa corrida apagada ficou de fora da Zona de pontuação em 11º, Romain Grosjean que por pouco não abandonou a corrida pela manobra de Max Verstappen que acabou dando errado na entrada da Saint devoit levou a Lotus que sobrou da corrida (Ou melhor a Única Lotus na pista) em 12º Ericsson em 13º com a Sauber engolido pelo Nasr.

Para as Williams uma corrida para esquecer, viveram um dia de Mclaren-Honda ou de Minardi, Bottas ficou em 14ºlugar e Massa em 15ºlugar sem qualquer possibilidade de bom resultado e a frente apenas dos dois pilotos da Manor dessa vez com o Espanhol Roberto Merhi na frente de Will Stevens.

Daqui a duas semanas teremos a primeira corrida das Américas em Montreal no Canadá e Hamilton terá que dar a virada ou Rosberg continuar sua luta para tomar a liderança do campeonato, Vettel vai voltar a incomodar e as Williams voltam ao pelotão de frente? Veremos daqui a 2 semanas na 7ªEtapa do Mundial de Formula 1.

Piloto Número Equipe-Motor Chassis Voltas Tempo Grid de Largada Pontos
1. Nico Rosberg
6
Mercedes F1 W06 Hybrid 78
1:49:18.420
2 25
2. Sebastian Vettel
5
Ferrari SF15-T 78
a 4.486
3 18
3. Lewis Hamilton
44
Mercedes F1 W06 Hybrid 78
a 6.053
1 15
4. Danill Kvyat
26
Red Bull-Renault RB11 78
a 11.965
5 12
5. Daniel Ricciardo
3
Red Bull-Renault RB11 78
a 13.608
4 10
6. Kimi Raikkonen
7
Ferrari SF15-T 78
a 14.345
6 8
7. Sergio Perez
11
Force India-Mercedes VJM08 78
a 15.013
7 6
8. Jenson Button
22
Mclaren-Honda MP4-30 78
a 16.063
10 4
9. Felipe Nasr
12
Sauber-Ferrari C34 78
a 23.626
14 2
10. Carlos Sainz jr.
55
Toro Rosso-Renault STR10 78
a 25.026
20 1
11. Nico Hulkenberg
27
Force India-Mercedes VJM08 78
a 26.232
11
12. Romain Grosjean
8
Lotus-Mercedes E23 Hybrid 78
a 28.415
15
13. Marcus Ericsson
9
Sauber-Ferrari C34 78
a 31.159
17
14. Valtteri Bottas
77
Williams-Mercedes FW37 78
a 45.789
16
15. Felipe Massa
19
Williams-Mercedes FW37 77
a 1 Volta
12
16. Roberto Merhi
98
Manor-Ferrari MR03 76
a 2 Voltas
20
17. Will Stevens
28
Manor-Ferrari MR03 76
a 2 Voltas
19
Max Verstappen
33
Toro Rosso-Renault STR10 62
Acidente
9
Fernando Alonso
14
Mclaren-Honda MP4-30 41
Câmbio
13
Pastor Maldonado
13
Lotus-Mercedes E23 Hybrid 5
Freios
8

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes / Williams / Sauber

Hamilton conquista o título com vitória em Abu Dhabi, Rosberg afunda com problemas fica em 14º

O domingo não poderia ter sido melhor para Lewis Hamilton, Após fracassar na tentativa da pole position o piloto da Mercedes superou o trauma das decisões do título na última corrida e com uma corrida Correta e sem riscos conquistou o título além da Vitória de hoje que acabou sendo a 11ª da Temporada.

Tudo começou a dar certo para Hamilton na largada aonde Rosberg largou mal e perdeu posição para o seu companheiro de equipe, Mas Rosberg pode se dizer que teve uma largada normal perto da patética largada do Finlandês Valtteri Bottas que caiu de 3º para a 8ºposição, A Partir dai Rosberg precisava buscar Hamilton e levando com ele Felipe Massa que ganhou posição na largada saindo de 4ª para o 3ªlugar, Lá Atrás já vinham os pilotos da Red Bull indo para cima dos carros mais lentos na pista.

Logo na 6ªVolta Alonso acabou sendo o primeiro a parar nos boxes, Mostrando que os pneus macios tinham tempo útil de vida muito curto na pista, Logo depois Button, Kvyat e outros pilotos que largaram de pneus macios foram para os boxes, Quem largou de pneu duros estava se beneficiando principalmente os pilotos da Force India que pretendiam uma tática diferente em busca de um melhor resultado na corrida, Além disso Kevin Magnussen e os dois pilotos da Red Bull que largaram lá de trás também estavam nessa tática para conseguirem melhores posições.

Dos líderes quem parou primeiro foi Hamilton na 11ªVolta com Rosberg largando na volta seguinte permitindo que Felipe Massa assumisse a liderança até a sua parada na volta 14, Depois disso a Classificação da corrida era essa: Hamilton, Rosberg, Massa e Ricciardo que não tinha feito a parada nos boxes. A prova acabou mais cedo para Kvyat que rodou com a sua Toro Rosso e acabou deixando a corrida.

A Batalha entre Hamilton e Rosberg continuava na primeira posição, Mas ela começaria a ter um ponto final a partir da 24ª quando Rosberg acabou passando do ponto em uma das curvas do terceiro setor da Corrida e a partir dai seus problemas começaram, O ERS do carro número 6 não funcionava mais como deveria e como isso ele foi começando a perder rendimento para Hamilton e acabaria sendo um alvo fácil para o Brasileiro Felipe Massa que passou como quis a Rosberg e assumiu a segunda posição.

A Partir dai Rosberg começou o seu calvário para o Restante da prova, vendo isso para não tomar nenhum risco mesmo de perder o campeonato o Inglês Lewis Hamilton diminuiu seu ritmo de prova e Felipe Massa partiu para cima de Hamilton que acabou indo para a sua segunda parada na 32ªVolta, Com isso o piloto Brasileiro assumia a liderança da corrida, Enquanto isso os dois pilotos da Force India estavam se destacando na corrida com um bom desempenho de seus dois pilotos, Inclusive um X que o Perez deu em cima de Sebastian Vettel que acabou nessa corrida resumindo como foi o seu ano que foi muito difícil enquanto isso Daniel Ricciardo consegue fazer seu pneu durar 28 Voltas até fazer sua primeira e única parada nos boxes voltando muito bem colocado.

Button mostrou que merece ficar na Formula 1 em 2015

Alonso fazia um melancólico final de trajetória na Ferrari muito atrás Nesse meio tempo o Motor de Pastor Maldonado estourou na 26ªVolta.

Rosberg perdia mais e mais posições e na medida de que a corrida chegava ao seu final o Inglês Lewis Hamilton vendo que não iria perder mais o título ele decidiu andar mais rápido e começar a tirar a diferença para Felipe Massa que tinha em volta de 14 segundos, Mas o Brasileiro precisaria de uma parada nos boxes e dai na 44ªVolta o piloto brasileiro foi para os Boxes colocar os pneus macios para tentar tirar os 11 segundos que o piloto da Mercedes tinha naquele momento da prova.

Enquanto isso Bottas e Ricciardo lutavam pelo terceiro lugar, O piloto da Williams levou a melhor, Mas deve-se fazer menção para a grande corrida do Ricciardo que saiu dos boxes para chegar perto de um pódio fazendo uma parada apenas, Massa foi para cima na parte final de corrida e conseguiu tirar 8 dos 11 segundos que ele teria que tirar para vencer o piloto da Mercedes, Só que os pneus do piloto Brasileiro acabaram e dessa forma Hamilton conseguiu levar o seu carro até o final da corrida na frente e conquistando a 11ªVitória e fechando com Chave de Ouro a temporada, Um título incontestável.

Felipe Massa fez a melhor corrida do ano com muita competência e tendo a possibilidade até de vencer a corrida o piloto da Williams chegou ao melhor resultado da temporada com a segunda posição, O Pódio foi completado pelo Finlandês Valtteri Bottas com o outro carro da Williams em 3ºlugar fechando o ano da equipe Inglês com Chave de ouro apesar de não ter conseguido uma vitória na temporada (Foram 16 da Mercedes e 3 da Red Bull).

Daniel Ricciardo fecha o ano com grande desempenho completando a corrida em 4ºlugar com a Red Bull. Em 5ºlugar chegou Jenson Button numa corrida sólida com a Mclaren, no que pode ser sua última corrida na Formula 1 (Na minha opinião eu não gostaria que isso aconteça, Prefiro ele do que Alonso) logo depois vieram os dois pilotos da Force India que mandaram muito bem no dia de hoje, Hulkenberg fechando o ano com uma respeitável 6ªposição e Perez com a 7ªPosição.

Red Bull fez homenagem a Vettel no final de semana em Abu Dhabi

Sebastian Vettel encerrou seu circulo na Red Bull após 7 anos de trajetória com as equipes de Dick Mateschitz (Toro Rosso em 2007 e 2008 e Red Bull de 2009 até o dia de hoje) com a 8ªposição recebendo a homenagem da equipe Red Bull com suas 45 poles, 39 vitórias e 4 títulos mundiais. Uma marca história da Equipe e da Formula 1, Os pilotos da Ferrari fecharam a zona de pontuação após uma prova melancólica da Ferrari que terminou muito mal a temporada. Alonso se despede da Ferrari e até mesmo da Formula 1 com o 9ºlugar e Kimi Raikkonen fechou seu péssimo ano em 10ºlugar.

Kevin Magnussen decepcionou ficando em 11ºlugar com a Mclaren com Vergne com a Toro Rosso chegando perto do piloto da Mclaren em 12ºlugar, O Francês que ainda tenta se manter na equipe filial da Red Bull em 2015.

Romain Grosjean em 13ºlugar pouco acrescentou a corrida. Para a Sauber acabou uma vexatória temporada com seus pilotos e a equipe que foram incapazes de marcar ponto nessa temporada, ficando atrás até da Marussia que não disputou as 3 últimas corridas, E convenhamos a Sauber tinha a dupla mais fraca da temporada desse ano com pilotos abaixo da média. O Burocrático Sutil em 15º e o fraquíssimo Esteban Gutierrez em 16º, Fechando a classificação ficou o Estreante Will Stevens que fez uma corrida dentro do que era possível com a Caterham que ainda é incerteza para 2015 esta no grid da Formula 1, Kamui Kobayashi acabou deixando a corrida na 42ªVolta com problemas em seu carro.

E Nico Rosberg, Acabou sua Via Cruzes apenas na 14ªposição. No final da corrida a equipe pediu desculpas para o piloto Alemão, que acaba tendo seu melhor resultado da sua carreira com o Vice-campeonato de 2014 que até na metade da temporada. O título parecia bem encaminhado para o piloto Alemão. que igualaria o feito do Pai Keke, campeão em 1982.

Rosberg depois do final da corrida acabou indo para a sala de espera do pódio onde Hamilton, Massa e Bottas estavam esperando o ir ao pódio e abraçou Hamilton. O Alemão provou ser um grande adversário e um perdedor com honra e com dignidade, algo que falta a muitos pilotos que reclamam do vice-campeonato como de um certo espanhol que depois de perder o título bateu boca com um piloto que fez apenas o seu trabalho na pista, Isso em 2010.

O Portalsportszone parabeniza o piloto Inglês Lewis Hamilton pelo campeonato mundial de 2014 do 65ºmundial de pilotos de Formula 1, E que em 2015 tenhamos uma Formula 1 melhor para todos!

Resultado final do GP de Abu Dhabi

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton  Mercedes AMG Petronas F1 Team F1 W05 Hybrid Mercedes PU106A Hybrid 1:39:02.619 em 55 Voltas 2
2 19 Felipe Massa  Williams Martini Racing FW36 Mercedes PU106A Hybrid a 2.576 4
3 77 Valtteri Bottas  Williams Martini Racing FW36 Mercedes PU106A Hybrid a 28.880 3
4 3 Daniel Ricciardo  Infiniti Red Bull Racing RB10 Renault Energy F1-2014 a 37.237 19
5 22 Jenson Button  McLaren Mercedes MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid a 1:00.334 6
6 27 Nico Hulkenberg  Sahara Force India F1 Team VJM07 Mercedes PU106A Hybrid a 1:02.148 12
7 11 Sergio Perez  Sahara Force India F1 Team VJM07 Mercedes PU106A Hybrid a 1:11.060 11
8 1 Sebastian Vettel  Infiniti Red Bull Racing RB10 Renault Energy F1-2014 a 1:12.045 20
9 14 Fernando Alonso  Scuderia Ferrari F14 T Ferrari 059/3 a 1:25.813 8
10 7 Kimi Räikkönen  Scuderia Ferrari F14 T Ferrari 059/3 a 1:27.820 7
11 20 Kevin Magnussen  McLaren Mercedes MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid a 1:30.376 9
12 25 Jean-Eric Vergne  Scuderia Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 a 1:31.947 10
13 8 Romain Grosjean  Lotus F1 Team E22 Renault Energy F1-2014 a 1 Volta 18
14 6 Nico Rosberg  Mercedes AMG Petronas F1 Team F1 W05 Hybrid Mercedes PU106A Hybrid a 1 Volta 1
15 21 Esteban Gutierrez  Sauber F1 Team C33 Ferrari 059/3 a 1 Volta 14
16 99 Adrian Sutil  Sauber F1 Team C33 Ferrari 059/3 a 1 Volta 13
17 46 Will Stevens  Caterham F1 Team CT05 Renault Energy F1-2014 a 1 Volta 17
x 10 Kamui Kobayashi  Caterham F1 Team CT05 Renault Energy F1-2014 a 13 Voltas – Vibração 16
x 13 Pastor Maldonado  Lotus F1 Team E22 Renault Energy F1-2014 a 29 Voltas – Motor 15
x 26 Daniil Kvyat  Scuderia Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 a 41 Voltas – Vela de transmissão 5

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: Mercedes/Williams/Mclaren/Red Bull

Sorte de Rosberg termina com quebra de câmbio e Hamilton vence em casa

Jenson Button com o capacete Rosa em Homenagem a John Button que faleceu em Janeiro desse ano Foto: Mclaren

Quando tudo indicava que Rosberg iria emplacar uma vitória para desestabilizar de vez Hamilton no campeonato ai veio um problema de Câmbio no meio da corrida e dai Hamilton aproveitou isso para ele vencer a 9ªEtapa do mundial de Formula 1 realizado em Silverstone.

Uma corrida que teve uma largada confusa, bem complicada. Na parte da frente, nada demais a não ser á largada ruim de Vettel que perdeu posições para Button, Magnussen e Hamilton com o Rosberg na liderança da prova. Curvas depois no primeiro setor o piloto Finlandês Kimi Raikkonen escapa da pista e acaba traído pelo degrau entre o limite da pista e da área de escape e acabou rodando e batendo muito forte e acabou levando Felipe Massa a também bater. Resultado disso uma bandeira vermelha que durou quase 1 hora de duração e Felipe massa saindo da corrida com problemas na suspensão, se for só isso era para tentarem arrumar isso, pois com 1 hora de retardo da largada valia pelo menos fazer uma tentativa, mesmo que tivesse sido inútil pois o Regulamento permitia.

Mas pelo que o Massa fez para evitar o acidente o Brasileiro evitou que o pior acontece o que seria uma batida de frente, Seria catastrófico e além do Massa o Kobayashi também evitou o acidente, O Japonês teve danos em seu carro, mas pode voltar a corrida.

Max Chilton que foi para os boxes sem autorização por causa de danos em seu carro, O pneu que se soltou da roda do Raikkonen acabou batendo no carro do Chilton, por sorte, nada aconteceu com o piloto inglês que acabou sendo punido pela infração de ter ido aos boxes de forma ilegal, Mas pelo que ele quase sofreu o inglês acabou no lucro.

Depois de 1 hora de paralisação depois dos comissários terem limpado a pista e consertado um guard-rail a corrida recomeçou após os pilotos darem uma volta de apresentação por Safety Car, A partir dai se viu o que a Mercedes pode fazer. Em 3 voltas Hamilton já tinha passado tanto Magnussen que estava em 3º como o Button que estava em 2º e com isso as Mercedes começavam a sua corrida e os outros começavam uma outra corrida atrás das Mercedes. Quem se deu bem nesse Safety Car foi Alonso que começou com os pneus Médios e passou para os Macios e com isso não precisaria mais andar com os pneus duros e por isso seu desempenho seria o melhor possível.

Assim como estava sendo o desempenho de Valtteri Bottas que também subia muito na Classificação da Corrida mesmo largando do 14ºlugar. Enquanto isso Gutierrez acabou dando sua vingança a Maldonado, Só que com resultado foi desastroso para o Mexicano que não sei como ainda continua na Formula 1 pois acabou deixando a corrida duas curvas depois parando seu carro na caixa de brita.

Caterham vivendo um inferno no fundo do pelotão Foto: Caterham

Outro que deixou a corrida foi Marcus Ericsson com problemas de Suspensão na sua Lamentável Caterham que definitivamente deixou de ser competitiva na Formula 1 e cada dia ver a Marussia que chegou a estar em 10ºlugar na corrida com Jules Bianchi, Mas que em poucas voltas acabou indo para mais atrás por que a equipe Russa ainda não tem carro para disputar posições como essas.

As primeiras paradas aconteceram a partir da volta 15, Os pneus dessa vez não tinham um desgaste crítico e, portanto deu para fazer um gerenciamento bom o bastante para boa parte dos pilotos fazerem uma parada apenas, Já para Vettel e Rosberg eles foram para 2 Paradas. Outros como Bottas e Hamilton foram para uma única parada nos boxes. Dai Rosberg avisa que ele tinha um problema de câmbio na diminuição de marchas, A corrida se mantia disputada lá atrás com Vettel, Alonso e Bottas se destacando, mas com Jenson Button se superando com sua Mclaren e cm seu capacete rosa em homenagem ao seu pai.

Até que na 29ªVolta Nico Rosberg tem seu problema de Câmbio consolidado e acabou abandonando a corrida e com isso Hamilton assumiu a liderança da prova, E por incrível que pareça o Vice-Líder era Valtteri Bottas e Sebastian Vettel era o terceiro lugar. Enquanto Hamilton administrava sua vantagem, Bottas fazia sua parada única nos boxes e voltou atrás de Vettel ainda na terceira posição. Só que Bottas com melhores pneus que Vettel conseguiu a ultrapassagem assumindo o 2ºlugar na corrida, Já Vettel foi para os boxes para uma segunda parada nos boxes assim como Hamilton, Mas A Mercedes preferiu ser cautelosa e acabou por realizar essa troca.

Na Parte final de corrida a briga da prova estava entre Alonso sobre Vettel pelo 5ºlugar, Uma briga dura, uma briga entre 2 campeões mundiais, Alonso lutou como nunca, Só que Vettel conseguiu passar Alonso após o Espanhol após voltas e voltas de uma intensa Briga, Vettel reclamou demais de Alonso por que ele acabou passando do limite da pista o que eu já tinha falado ontem que achava isso uma tremenda de uma besteira e depois Alonso também reclamou da manobra do Vettel para ultrapassar ele. Foi uma briga que valeu um 5ºlugar, Mas que foi para todos os campos, Desde nas pistas até pelos mimimi de ambos.

De Resto Button tentou tirar tudo de uma limitada Mclaren para conseguir o pódio para fazer a Homenagem devida ao seu pai, Só que acabou Ricciardo segurando o 3ºlugar. Hamilton ao cruzar a linha de chegada conseguiu eliminar 25 dos 29 pontos de vantagem que Rosberg tinha e passa a pressão para o piloto Alemão que corre no dia 20 em Casa. Valtteri Bottas numa espetacular segunda posição com a Williams numa corrida fantástica de recuperação e da mostra de que o carro da Williams melhorou muito e que já é a segunda força do Grid, Daniel Ricciardo em 3ºlugar mais uma vez andando melhor que Vettel e fazendo uma bela corrida e segurando a Jenson Button que fez um final de semana brilhante, Até acho uma judiação ele ter ficado fora desse pódio, Até por que o trabalho de Button foi para chegar ao pódio, Mas faltou foi um carro melhor para ele fazer isso.

Sebastian Vettel com uma belíssima ultrapassagem conseguiu o 5ºlugar e apesar disso mais uma vez ficou atrás de Ricciardo, Dessa vez o Alemão realmente não casou com esse carro de forma nenhuma, Ele já deve estar pensando em 2015, pois nesse ano já não pode mais fazer nada pelo que vem caminhando esse campeonato.

Se para Vettel esta difícil, Para Alonso esta pior, só não esta tão pior por que ele é que carrega a Ferrari nas costas mesmo com um carro difícil nas mãos, O 6ºlugar até não chega a ser ruim, Mas esse carro se mostra um carro ruim para ser um carro campeão e que mais uma vez Alonso não vai ver a cor do título, ou melhor, nem chega perto disso.

Kevin Magnussen diria que fez uma corrida dentro da normalidade da Mclaren atual ficando em 7ºlugar, Logo depois Nico Hulkenberg numa Force India que nunca andou em Silverstone  em 8ºlugar salvando pontos no campeonato e nada, nada, nada veio a Toro Rosso com uma corrida correta colocando seus pilotos em 9º e 10ºlugar, lugar exato aonde eles largaram com Danill Kvyat em 9º e Jean-Eric Vergne em 10º.

Sergio Perez que acabou indo para fora da pista na primeira volta e depois fez uma recuperação que foi inútil para chegar aos pontos ficando em 11ºlugar. E dai veio Grosjean se arrastando com a Lotus, Sutil com o lixo chamado Sauber que não mostra a menor condição para ser competitivo, Bianchi que foi limitado pela Marussia que melhora, mas ainda pouco para quem quer virar time médio. Kobayashi carregando a Caterham que se mostra cada dia mais decepcionante em 15º e depois Chilton em 16º e para completar com problemas no final da prova Pastor Maldonado que continua muito mal nesse ano, Mas que dessa vez fique claro que o incidente com o Gutierrez que ele não foi o culpado.

Daqui a 2 semanas teremos o GP da Alemanha de Formula 1 com a disputa pelo título pegando fogo entre Rosberg que agora tem de novo Hamilton na sua cola a 4 pontos dele, a Vitória de hoje faz o campeonato ficar mais emocionante.

Hamilton volta a vence com Bottas e Ricciardo junto do Inglês para fazer a Festa. Foto: Mercedes

Resultado Final do GP da Inglaterra de Formula 1

Pos Pilotos Equipe Chassis Motor Voltas Tempo grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W05 Mercedes PU106A Hybrid 52 2:26:52.094 6
2 77 Valtteri Bottas Williams FW36 Mercedes PU106A Hybrid 52 a 30.135s 14
3 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB10 Renault Energy F1-2014 52 a 46.495s 8
4 22 Jenson Button McLaren MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid 52 a 47.390s 3
5 1 Sebastian Vettel Red Bull RB10 Renault Energy F1-2014 52 a 53.864s 2
6 14 Fernando Alonso Ferrari F14 T Ferrari 059/3 52 a 59.946s 16
7 20 Kevin Magnussen McLaren MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid 52 a 62.563s 5
8 27 Nico Hulkenberg Force India VJM07 Mercedes PU106A Hybrid 52 a 88.692s 4
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 52 a 89.340s 9
10 25 Jean-Eric Vergne Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 51 a 1 Volta 10
11 11 Sergio Perez Force India VJM07 Mercedes PU106A Hybrid 51 a 1 Volta 7
12 8 Romain Grosjean Lotus E22 Renault Energy F1-2014 51 a 1 Volta 11
13 99 Adrian Sutil Sauber C33 Ferrari 059/3 51 a 1 Volta 13
14 17 Jules Bianchi Marussia MR03 Ferrari 059/3 51 a 1 Volta 12
15 10 Kamui Kobayashi Caterham CT05 Renault Energy F1-2014 50 a 2 Voltas 22
16 4 Max Chilton Marussia MR03 Ferrari 059/3 50 a 2 Voltas 17
17 13 Pastor Maldonado Lotus E22 Renault Energy F1-2014 49 a 3 Voltas – Exaustor 20
6 Nico Rosberg Mercedes F1 W05 Mercedes PU106A Hybrid 28 a 24 Voltas – Câmbio 1
9 Marcus Ericsson Caterham CT05 Renault Energy F1-2014 11 a 41 Voltas – Suspensão 21
21 Esteban Gutierrez Sauber C33 Ferrari 059/3 9 a 43 Voltas – Acidente 19
19 Felipe Massa Williams FW36 Mercedes PU106A Hybrid 0 a 52 Voltas – Acidente 15
7 Kimi Räikkönen Ferrari F14 T Ferrari 059/3 0 a 52 Voltas – Acidente 18

Melhor volta de Cada piloto na Corrida:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 26ªVolta – 1:37.176
2 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 52ªVolta – 1:37.481
3 6 Nico Rosberg (Mercedes) 26ªVolta – 1:38.091
4 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 34ªVolta – 1:38.264
5 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 52ªVolta – 1:38.284
6 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 45ªVolta – 1:38.407
7 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 34ªVolta – 1:38.459
8 14 Fernando Alonso (Ferrari) 52ªVolta – 1:38.587
9 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 52ªVolta – 1:38.625
10 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 32ªVolta – 1:38.677
11 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 41ªVolta – 1:38.716
12 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) 48ªVolta – 1:38.919
13 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 44ªVolta – 1:39.261
14 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 51ªVolta – 1:39.961
15 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 34ªVolta – 1:40.041
16 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) 48ªVolta – 1:40.314
17 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) 50ªVolta – 1:40.399
18 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) 31ªVolta – 1:41.462
19 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 7ªVolta – 1:42.566
20 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) 7ªVolta – 1:44.319

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mclaren/Caterham/Mercedes