Hamilton supera dificuldades, vence em Istambul e conquista 7ºtítulo mundial

O dia de hoje vai ser o dia marcado não só por uma corrida confusa, fruto de uma organização totalmente amadora, mas como mais uma corrida histórica de Lewis Hamilton, que mesmo com as dificuldades da Mercedes no final de semana inteiro acabou vencendo e conquistando o heptacampeonato, seu 7ºtítulo na Formula 1, se igualando a Michael Schumacher.

A Largada foi super confusa, Stroll manteve a ponta, Perez pulou para sendo e Hamilton passou da 6ª para a 3ªposição. Na primeira curva, Riccardo toca em Ocon e o francês roda, Bottas roda para evitar a batida. Quem largou muito bem foi Vettel que saiu da 11ª para a 4ªposição. Os pilotos da Red Bull foram mal na largada e caíram para 5º e 6ºlugares.

Ainda na primeira volta, Hamilton acaba saindo da pista e perde 3 posições, para Vettel, Verstappen e Albon caindo para a 6ªposição. Stroll e Perez abriram muito na liderança, Já Vettel estava segurando a 3ªposição de maneira exemplar nas primeiras voltas. Após 7 voltas, os pilotos a partir do Leclerc começam a colocar pneus intermediários, eles começaram a se revelar melhores do que os pneus de chuva pesada. Bottas parou na 8ªVolta, Leclerc, Hamilton, Kvyat e Grosjean pararam na volta 9.

Na 10ªVolta, Stroll para e Perez assume a liderança, o mexicano foi para a parada na volta seguinte. Verstappen passou para a liderança e Albon foi para 2ªposição. Visto que a Red Bull não se comportava bem com os pneus intermediários, os dois decidiram ficar mais tempo na pista. Stroll e Perez voltam em 3º e 4º, Já Vettel e Hamilton brigam pela 5ªposição.

Verstappen e Albon pararam nas voltas 12 e 13. Stroll continua líder, com 10 segundos a frente de Perez, Verstappen voltou em 3º e Albon voltou em 6º, atrás de Vettel e de Hamilton. Ricciardo, Sainz jr., Leclerc e Magnussen completava os 10 primeiros colocados.

Antonio Giovinazzi acabou parando fora da pista, perto de uma saída da área de escape. O Safety Car Virtual foi acionado, sem que se precisasse juntar todo mundo. Dessa forma, Stroll pode manter a vantagem que ele tinha na liderança. Na 15ªVolta a prova recomeçou e Hamilton foi para cima do Vettel, mas ele acabou espalhando na curva 12 e permitindo que Alexander Albon superasse e ganhasse a 5ªposição.

A partir dai, Albon foi pra cima de Vettel e não perdeu tempo, superou o piloto da Ferrari na curva 7 e passou para 4ªposição. Hamilton foi para cima de Vettel. Lá na frente, Verstappen tenta passar Perez, mas acabou saindo da pista e roda, perde muito tempo e cai para a 6ªposição. Logo depois da rodada, o holandês vai para a parada e volta em 8ºlugar. Enquanto isso, Albon crescia demais, Já vinha tirando a vantagem para Perez. A Medida que a pista começava a secar, os carros da Red Bull começaram a ser mais rápidos que os pilotos da Racing Point.

Após 20 voltas, Albon e Leclerc eram os mais rápidos da pista enquanto que Bottas acabou rodando, não era o dia do piloto finlandês, mas também não era o dia para Verstappen que estava sendo investigado por ter passado a roda na linha de saída dos boxes, podendo ser punido.

O trilho estava se formando, mas longe de se colocar pneus de pista seca. Lá atrás, Norris se recuperava, Ele foi com tudo para cima de George Russell e na marra ganhou a 11ºposição com 26 voltas de corrida. Duas voltas depois, Norris superou Magnussen. A Mclaren que tinha largado lá atrás, já estava com Sainz jr. em 7º e Norris em 10º.

Albon que pressionou Perez começou a ficar para trás e o mexicano pode sossegar na 2ªposição, enquanto que Vettel e Hamilton se aproximava do Tailandês. Após 30 voltas de prova, o DRS passou a ser acionado. George Russell era o único a não parar nos boxes vinha na 12ªposição.

Leclerc parou na 31ªVolta colocando novos pneus intermediários. Enquanto que Sainz jr. foi para cima de Ricciardo e acabou superando o piloto da Renault, ganhando a 6ªposição na 32ªVolta. O piloto australiano foi para os boxes na volta seguinte. Com os pneus novos, Leclerc marcou a melhor volta da prova.

Na volta 34, Vettel fez a 2ªparada nos boxes. Alexander Albon que vinha em uma corrida muito boa acabou rodando e perdendo a 3ªposição para Lewis Hamilton, a partir dai, Lewis foi chegando em Perez que vinha chegando em Stroll. Era a disputa pela liderança da prova. Já Kevin Magnussen é vitima de um péssimo trabalho da Haas e acabou tendo de encostar seu carro metros depois dos seus boxes, A equipe teve de levar o carro de volta aos boxes.

Na volta 36, Stroll vai para os boxes. Seria um golpe de mestre, mas se revelou uma furada, o desempenho do piloto da Racing Point piorou demais. Enquanto isso, Hamilton foi para cima de Perez e sem dificuldade passa para a liderança da prova. A partir dai, Lewis começou a abrir vantagem cada vez mais sobre o mexicano.

Enquanto isso, Vettel e depois Leclerc superam Stroll que vinha 4 segundos mais lento que os pilotos mais rápidos. A troca de pneus foi fatal para a prova dele que vinha sendo brilhante. Na 41ªVolta, Leclerc supera Vettel e assume a 4ªposição.

A 15 voltas do final, Leclerc foi para cima de Verstappen e acabou passando para a 3ªposição, O piloto holandês foi para os boxes pela terceira vez, colocando novos pneus intermediários, caindo para a 7ªposição. Sainz jr. foi para cima de Albon e ganha a 5ªposição. Grande corrida do piloto espanhol da Mclaren.

Hamilton já vinha a 18 segundos de vantagem sobre Perez, tentando segurar a 2ªposição sobre os dois pilotos da Ferrari que vinham bem mais rápidos que o piloto da Racing Point. Na 49ªVolta, Norris pressiona Ricciardo e acaba vendo o australiano rodando na curva 12. Melhor para o piloto da Mclaren que estava na 9ªposição.

No final da prova, Verstappen dá mais uma rodada na curva 5. Um dia para se esquecer para o Holandês também. Na volta anterior, Leclerc perdeu tempo, mas não rodou e pode continuar a disputar a alcançar Perez.

A 3 voltas do final, Norris se aproveita da saída de pista de Stroll e ganha a 8ªposição, de quebra, faz a volta mais rápida da prova e ganha mais um ponto no campeonato.

Lewis Hamilton foi tranquilo até o final da corrida, com pneus de 40 voltas de uso para a 94ªVitória da carreira. Vitória que dava o título de campeão mundial pela 7ªVez na carreira, se tornando ao lado de Michael Schumacher como o maior campeão da história da Formula 1.

Ao mesmo tempo, Leclerc chegou em Perez, chegou a ganhar a segunda posição do piloto mexicano, mas acabou espalhando na curva 12 e permitiu não só Perez a voltar a segunda posição como Sebastian Vettel a ganhar a 3ªposição. Foi merecidíssimo o resultado do piloto da Racing Point, que fez um grande sábado e uma grande corrida hoje sob pista molhada. Vettel conquista seu primeiro pódio da temporada, numa temporada muito ruim dele, mas esse resultado pode ser a luz no fim do túnel que o tetracampeão do mundo precisava.

Charles Leclerc deixou o 3ºpódio na temporada escapar diante dos dedos no final, ficando em 4ºlugar. Perto do monegasco, ficou o espanhol Carlos Sainz jr. da Mclaren, uma excelente corrida após uma classificação tão ruim como foi à classificação de ontem. Max Verstappen teve um dia bem ruim, sua corrida foi um desastre, o 6ºlugar acabou sendo muito para o Holandês, 2 segundos depois chegou Alexander Albon que fez um belo final de semana, mas cometeu erros cruciais que o deixaram longe de ter um bom resultado.

Lando Norris fez uma bela prova de recuperação e acabou ficando em 8ºlugar e com a volta mais rápida da corrida, que deu mais um ponto no campeonato. Lance Stroll acabou fazendo uma brilhante corrida, mas a parada na 36ªvolta destruiu sua corrida e só o fez cair cada vez mais e mais para ficar na 9ªposição. Daniel Ricciardo completou a zona de pontuação com o 10ºlugar. Esteban Ocon teve um dia acidentado foi tocado por duas vezes e não conseguiu chegar na zona de pontuação.

Danill Kvyat em 12º e Pierre Gasly em 13º não puderam fazer muita coisa com a Alpha Tauri que não funcionou em nenhum momento na pista molhada. Já Valtteri Bottas deu tudo errado, 6 rodadas começando pela largada e não conseguindo se recuperar, ficando em 14ºlugar, por sorte do finlandês que o Verstappen foi mal, pois ele ainda mantem uma vantagem boa na disputa pelo vice-campeonato mundial.

Depois, pouco a se acrescentar de Kimi Raikkonen, Romain Grosjean e George Russell que ficaram nas últimas posições dos pilotos que terminaram a prova.

Daqui a 2 semanas, teremos a 1ªcorrida no Bahrein, agora com a disputa pelo vice-campeonato entre Bottas e Verstappen.

Fotos:

Resultado final:
GP da Turquia – 14ªEtapa do Mundial de Formula 1

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:42:19.313
211Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 31.633s
35Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 31.960s
416Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 33.858s
555Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 34.363s
633Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 44.873s
723Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 46.484s
84Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 61.259s
918Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 72.353s
103Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 95.460s
1131Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 1 volta
1226Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1 volta
1310Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1 volta
1477Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 1 volta
157Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 volta
1663George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 volta
1720Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 3 voltas
8Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 9 voltas
6Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 19 voltas
99Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 47 voltas

Melhor volta de cada piloto: Lando Norris ganha um ponto pela melhor volta da prova

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
14Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:36.80658
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:38.19357
333Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:38.43153
455Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:38.75456
523Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:39.09954
644Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:39.41356
710Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:39.58653
85Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:39.66253
97Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:39.74357
1018Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:39.92155
1116Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:39.96147
1211Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:40.39250
133Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:40.67754
1463George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:40.81451
1520Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:40.94845
1631Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:41.00655
1726Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:41.01953
188Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:43.28138
196Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:43.49532
2099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:51.12211

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Hamilton vence em Imola e Mercedes confirma o título de Campeã dos construtores pela 7ªvez

Em um dia de domingo, com tempo nublado aconteceu à corrida que definiu a temporada de 2020 em relação ao Mundial de Construtores. Dos 20 pilotos do grid, 8 usavam pneus macios: Gasly, Ricciardo, Albon, Leclerc, Kvyat, Norris, Sainz jr. e Giovinazzi. O Resto estava de pneus médios.

Na largada, Bottas faz boa largada, mantendo a liderança. Já Hamilton não teve o mesmo desempenho e acabou perdendo a 2ªposição para Verstappen. Ricciardo fez uma bela largada e passou Gasly subindo para a 4ªposição.  Lá atrás, houve um toque entre Vettel e Magnussen e o piloto da Haas levou a pior. Nessa mesma primeira volta, Stroll tocou com Ocon e acabou indo para os boxes, substituindo o aerofólio danificado.

Bottas parecia que teria a corrida nas suas mãos, mas logo na 2ªVolta, o finlandês acabou pegando destroços da 1ªVolta (Ou do Magnussen ou do Vettel). A partir dai, Bottas teria dificuldades na sua corrida. Os 3 primeiros colocados em poucas voltas já tinham se afastado de Ricciardo, Gasly, Leclerc e dos demais pilotos.

Na 6ªVolta, Sainz jr. supera Norris, passando para a 9ªposição. Perez se assanha e tenta se aproximar de Norris. A Mclaren não teve um dos seus melhores finais de semana no ano.

Gasly teve problemas e teve de abandonar a corrida na 9ªvolta, numa corrida que ele poderia facilmente brigar por um pódio. Lá na frente, Bottas abria pelo menos 1 segundo de frente para Verstappen e 3 segundos sobre Hamilton. Os três primeiros estavam bem a frente de Ricciardo, Leclerc, Albon e Kvyat. Os 4 estavam próximos um do outro e uma outra, um pressionava e em outro momento o mesmo era pressionado. Sainz jr. que vinha em 8º começou a se aproximar da turma.

Na volta 11, Giovinazzi foi o primeiro a parar dos pilotos que usavam os pneus macios. Na 14ªVolta, Charles Leclerc, Lando Norris e Esteban Ocon foram para a parada obrigatória. Na volta seguinte foi a vez Ricciardo, Albon e Kvyat pararam. Se aproveitando disso, Leclerc tentou passar Ricciardo, mas essa tentativa audaciosa do monegasco quase acabou em acidente, Leclerc quase bateu na traseira do piloto Australiano.

Enquanto isso, lá na frente, Bottas vinha aumentando sua vantagem sobre Verstappen (2.3 segundos) e Hamilton (3.8 segundos). Na volta 18, Sainz jr. foi para a parada e voltou atrás do Kvyat. 1 volta antes,  o Russo tentou passar Albon, quase conseguiu, mas acabou tendo de recuar. Houve um toque de leve entre os dois, felizmente nenhum deles teve prejuízos e puderam seguir na prova.

Max Verstappen parou na volta 19. Quando isso acontece, a Mercedes não perde tempo e chama Bottas para a parada na 20ªVolta. Lewis Hamilton assumiu a liderança a partir dai, com 23 segundos sobre Bottas, que começava a sentir os problemas da peça que ficou presa em seu carro. Verstappen estava perto do finlandês. Em 4º Vinha Sergio Perez da Racing Point, O mexicano não tinha feito a parada, assim como Vettel, Raikkonen, Latifi e Magnussen que vinham em 5º, 6º, 7º e 8ºlugares respectivamente.

Com o decorrer das voltas, Lewis aumentava a vantagem para Bottas e Verstappen, no que deixava Hamilton mais perto de parar e de voltar ainda na liderança. Mais atrás, Ricciardo e Leclerc chegam em Magnussen e conseguem passar pelo piloto da Haas. Porém, enquanto o piloto da Renault passou facilmente, o piloto da Ferrari teve de lutar pela posição com o dinamarquês que batalhou muito para ficar na frente. Após essa disputa, Kevin Magnussen foi para a parada na 28ªVolta, segundos depois de Perez entrar nos boxes.

Na volta 30, Esteban Ocon encosta entre a curva 13 e 14 e abandona. O Safety Car virtual é acionado e Hamilton acaba indo para a parada. Bem na hora, pois durante a parada, o Safety Car Virtual foi desligado e a corrida recomeçou com toda a velocidade. Resultado de tudo isso foi que Hamilton voltou 4 segundos a frente de Bottas. A tática de retardar a parada deu certo para o inglês, que tinha pneus novos enquanto os seus perseguidores mais próximos já vinham com pneus de 10 voltas de desgaste.

Nicholas Lafiti parou na volta 35. 5 voltas depois, Vettel foi para a parada e dai, acontece o desastre, a Ferrari trabalha mal e faz o tetracampeão do Mundo perder 10 segundos a mais de parada do que uma parada normal.

Naquela altura do campeonato, Verstappen já estava colado em Bottas a muitas voltas. Até que na 44ªVolta, Bottas erra a curva 17 e Verstappen se aproveita e supera o Finlandês para levar a 2ªposição. Bastou poucas voltas para o Holandês se distanciar de Bottas, isso mostrava o prejuízo que o companheiro de Hamilton teve com o destroço que estava lá desde da segunda volta.

Kimi Raikkonen fazia uma ótima corrida, em 4ºlugar, com pneus médios de mais de 40 voltas de uso. O Homem de gelo ao fazer a parada cederia a posição ao Mexicano Sergio Perez, que estava muito a frente de Daniel Ricciardo e Charles Leclerc (6º e 7ºcolocados respectivamente). Albon, Kvyat e Sainz jr. completavam os 10 primeiros.

Raikkonen fez sua parada na 49ªVolta e Perez subiu para 4ªposição. O piloto da Alfa Romeo voltou na 12ªposição. Magnussen foi para os boxes para abandonar a prova.

A prova estava se encaminhando para o final, parecia que mais nada acontecer… Mas um furo de pneu de Verstappen na 51ªVolta faz o holandês rodar e deixar a corrida. O Safety Car entra na pista e todos os pilotos foram para uma nova parada nos boxes. Após essas paradas, A classificação era Hamilton, Bottas, Ricciardo, Leclerc, Albon, Perez, Kvyat, Sainz jr. e Russell. A Williams estava na zona de pontuação e poderia marcar o primeiro ponto na temporada.

Poderia, mas Russell acabou batendo em pleno Safety Car, um erro bobo que faz o britânico deixar escapar diante dos dedos a provável última chance de pontuar em 2020. Lance Stroll acabou passando do ponto ao entrar nos boxes, derrubando o homem que era responsável em levantar o carro pela frente com o macaco. Ou seja, Uma enorme atrapalhada provocada pelo piloto. O mecânico atingido não sofreu ferimentos graves.

Após 7 voltas de bandeira amarela, a relargada acontece na 58ªVolta. Hamilton e Bottas fogem nas duas primeiras posições. A relargada foi muito boa para Danill Kvtay, que passou na reta Albon e Perez. Curvas depois, O piloto da Alpha Tauri faz uma brilhante ultrapassagem sobre Leclerc, pulando da 7ª para 4ªposição. Já Alexander Albon acabou superado por Sergio Perez, mas pior que isso foi ter rodado depois da curva 6, caindo para a última posição. Carlos Sainz jr. ficou a muito pouco, mas muito pouco mesmo de bater no piloto da Red Bull.

Kvyat partiu para cima de Ricciardo e Perez partiu para cima de Leclerc. Eram os dois pegas da corrida nas voltas finais, mas não ocorreram mudanças em nenhuma dessas disputas.

Lewis Hamilton acaba conquistando a 93ªVitória da carreira, aumentando a sua vantagem no campeonato e podendo definir o heptacampeonato em definitivo no GP da Turquia. Valtteri Bottas teve uma corrida difícil pela peça presa no seu carro, isso atrapalhou demais a sua corrida, mas teve sorte e acabou conquistando a segunda posição. Resultado que não só aproxima o finlandês do vice-campeonato como acabou dando a Mercedes o 7ºcampeonato Mundial de Construtores, de forma consecutiva, um recorde na história da categoria.

A Equipe chefiada por Toto Wolff mostra a incrível competência desde do começo da era turbo em 2014. Hamilton se transformou em um piloto maduro e praticamente uma maquina de vencer corridas e campeonatos, junto de uma equipe competente e carros muito bem projetados é que a Mercedes se tornou essa potência na Formula 1.

O pódio foi completado por Daniel Ricciardo da Renault, pela segunda vez na temporada na 3ªposição, com 8 décimos de frente para Danill Kvyat. O piloto russo fez um final de corrida incrível e por muito pouco não conquistou o primeiro pódio na temporada.

Charles Leclerc levou a Ferrari a mais um bom resultado, chegando na 5ªposição após suportar os ataques de Sergio Perez. A se lembrar que Ricciardo e Leclerc não fizeram a parada enquanto que outros pilotos fizeram a parada. Sergio Perez que poderia ter o pódio acabou ficando frustrado com a 6ªposição. Com os resultados de Emilia Romagna, a Renault passou a ser a terceira posição no mundial de construtores.

A Mclaren teve um fim de semana que não foi dos melhores, mas seus dois pilotos foram competentes e levaram seus carros até o final nos pontos. Carlos Sainz jr. na 7ªposição e Lando Norris na 8ªposição. Os dois pilotos da Alfa Romeo completaram a zona de pontuação, com Kimi Raikkonen em 9º, fazendo uma bela corrida, chegando a andar em 4ºlugar, com  pneus de quase 50 voltas de uso. Antonio Giovinazzi completou a zona de pontuação após largar da última posição. São 3 pontos que parecem ser decisivos para permanecer na 8ªposição no Mundial de Construtores.

Nicholas Lafiti ficou mais uma vez na porta de entrar nos pontos, mas acabou não conseguindo o primeiro ponto dele e da Williams em 2020. Foi a 3ªvez que o canadense fica na 11ªposição. Depois veio Romain Grosjean, mas acabou punido em 5 segundos por passar do limite da pista. Essa posição foi herdada por Sebastian Vettel, com sua corrida comprometida pela parada ruim nos boxes, mas mesmo se a parada nos boxes fosse boa, não acredito que o Alemão chegasse muito longe do 9ºlugar.

Na 13ªposição, Lance Stroll teve um final de semana pra esquecer, mal nos treinos e uma corrida ruim, ainda por cima quase atropelou o mecânico da sua equipe. Romain Grosjean ficou em 14º, continuando o calvário da Haas. Agora o calvário mesmo esta cavando é Alexander Albon, que fazia até uma corrida regular, mas com a rodada ele botou tudo a perder e acabou ficando com a última posição, Cada vez ficando com a sua vaga na Red Bull e até mesmo na Formula 1 ameaçada.

Dia 15 de Novembro, dia do 1ºturno das eleições, Hamilton pode confirmar o título de campeão do mundo pela 7ªvez. Basta que no GP da Turquia, Lewis fique com a vitória ou com o segundo lugar mais a volta mais rápida da prova. Bottas é o único que pode ainda deter Hamilton a 4 corridas do término da temporada de 2020.

Resultado final da 13ªEtapa do Mundial de Formula 1.
GP Emilia Romagna – 63 Voltas – Imola

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:28:32.430
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11+5.783s
33Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20+14.320s
426Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H+15.141s
516Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065+19.111s
611Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes+19.652s
755Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20+20.230s
84Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20+21.131s
97Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065+22.224s
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065+26.398s
116Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11+27.135s
125Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065+28.453s
1318Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes+29.163s
148Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065+32.935s
1523Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H+57.284s
63George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 12 Voltas – acidente
33Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 11 Voltas – furo de pneu
20Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 16 Voltas – Mecânico
31Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 36 Voltas – Mecânico
10Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 55 Voltas – Mecânico

Melhor volta de cada piloto – Lewis Hamilton ganha 1 ponto pela volta mais rápida da prova

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:15.48463
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:15.90263
323Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:16.17763
43Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:17.55262
533Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:17.63744
626Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:17.66662
75Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:17.76744
84Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:18.06963
911Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:18.08449
107Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:18.08863
1155Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:18.11862
1216Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:18.17362
1318Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:18.36046
146Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:18.71937
1599Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:18.79461
1663George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:18.81143
178Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:18.82245
1820Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:19.27345
1931Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:19.60622
2010Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:20.4035

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

De forma magistral, Marquez supera Quartararo na volta final, vence e conquista o 6ºtítulo Mundial na MotoGP

Era farpas contadas que Marquez seria o campeão dessa temporada. Porém, O Formiga atômica não se contentou em só ser campeão da temporada por antecipação. E partiu para a vitória, Após uma longa disputa com o seu novo arquirrival Fabio Quartararo. Marquez assim como em Misano passou seu adversário na volta final e conquistou sua 9ªVitória na temporada e de quebra definiu o campeonato no Circuito de Chang, Na Tailândia.

Antes da Largada, A moto de Jack Miller deu problemas e ele teve de largar dos boxes. O pole position Fabio Quartararo, Largou muito bem e seguiu na liderança, Já Marquez acabou superando Viñales e passou para o segundo lugar, O piloto da Yamaha tentou voltar a frente, Só que o Formiga Atômica se segurou na posição. Andrea Dovizioso pulou do 6º para o 4ºlugar.

Logo na segunda volta, Marquez foi para cima de Quartararo e por fora da 1 reta longa (Depois da reta dos boxes) O Espanhol supera o francês, Mas perde a curva acaba Quartararo voltando a ponta. A medida que a prova iria acontecendo, Quartararo e Marquez se distanciaram muito de Viñales e mais ainda de Andrea Dovizioso e fizeram um duelo particular pela vitória em Buninam. Marquez era mais rápido nas retas, Mas o jovem piloto da Petronas compensava nas parte de curvas.

Dovizioso estava ficando longe demais dos líderes, Pior que isso, Ele ficou mais para Morbidelli em um primeiro momento, Mas logo depois, Acabou ficando para Alex Rins da Suzuki, Que superou o Ítalo-brasileiro e partiu para cima do piloto da Ducati. Já Valentino Rossi que tinha passado as duas Suzuki no começo da prova, Foi recuado para o 8ºlugar, após ser superado pelo Rins primeiro e depois pelo estreante Joan Mir.

Naquela altura do campeonato, Já dava para perceber que o campeonato estava nas mãos de Marquez, Tanto é que o Formiga Atômica não precisava se quer atacar Quartararo. A prova acabou dando uma amenizada por algumas voltas na parte da frente.

A partir da parte final de corrida, Marquez começou a provocar um erro do piloto da Petronas, Mas esse erro não aconteceu, Quartararo estava com pilotagem bem segura e parecia que seria bem difícil tirar a primeira vitória das mãos do Francês.

O problema para Quartararo era que seu adversário era Marc Marquez, Sem Dúvida ele não se contentaria em ser campeão em 2ºlugar. Nas voltas finais, Marquez abriu fogo em cima de Quartararo. A 4ªVoltas do final o piloto da Honda tentou passar o piloto da Petronas por fora, Na mesma situação do começo da 2ªVolta… Ele passa, Mas perde a curva e o francês volta para a ponta.

Viñales tentou chegar na disputa, Mas já estava muito tarde para conseguir brigar pela vitória. Na última volta, Quartararo vinha a frente de Marquez, Até que e na 2ªReta, O Formiga Atômica faz pela terceira vez a manobra de ultrapassagem, em cima de Quartararo por fora. Dessa vez, Marquez não espalhou e manteve a liderança nas mãos dele, Nas curvas finais, Quartararo foi para o desespero e fez uma última tentativa para levar a vitória para casa, O piloto da Petronas até passa o piloto da Honda, Mas leva o X e acaba vendo a vitória escapar das suas mãos.

Marc Marquez ganha a corrida e confirma seu 6ºtítulo na categoria principal e o 8º da sua carreira. (125cc em 2010, Moto 2 em 2012, MotoGP em 2013,2014,2016,2017,2018 e agora em 2019) Marquez comemorou o seu título e o tema da festa foi a bola 8 do jogo de sinuca. Após ele simular jogar a bola 8 na caçapa, Marquez festejou o título, com uma gigante bola 8. Depois, festejou com o público, para ai voltar aos boxes e comemorar com sua equipe.

Fabio Quartararo chegou em 2ºlugar e ficou muito chateado com a vitória que ele mais uma viu-se escapar diante de seus dedos, Foi o seu 5ºpódio na temporada e o terceiro pódio nessa posição. O pódio foi completado pelo Espanhol Marevick Viñales, Com a Yamaha.

Andrea Dovizioso não teve condições de se quer ameaçar uma possibilidade de empurrar o título para Motegi. O piloto da Ducati fez uma corrida discreta, ficando com o 4ºlugar. Muito provavelmente o primeiro piloto da Ducati, que cumprimentou o campeão após a corrida deverá ficar com o vice-campeonato pela terceira vez seguida.

Alex Rins levou a Suzuki para o 5ºlugar, novamente fazendo uma boa corrida após corrida fraca em Aragón e queda em San Marino. Franco Morbidelli, perdeu terreno na parte final de corrida, Ficando em 6ºlugar. Isso ofusca demais a temporada dele, em Relação ao desempenho surpreendente do seu companheiro de equipe. Visto que Franco não tem se quer um pódio nessa temporada contra 5 de Quartararo.

Joan Mir conquistou uma boa 7ªposição, Ficando a frente de Valentino Rossi. O veterano de 40 anos de idade não conseguiu fazer uma boa corrida e ficou longe demais de uma briga por boas posições. Deixando mais uma vez a desejar ficou Danilo Petrucci, Que ainda assim chegou em 9ºlugar, A frente de Takaagi Nakagami. O nipônico levou sua moto Honda de 2018 bem a frente do primeiro piloto da LCR Honda. Seu companheiro de equipe Cal Crutchlow fez uma corrida patética, chegando em 12ºlugar, atrás de Francesco Bagnaia.

Pol Espargaró fez o que era possível com a KTM e ficou em 13º. Jack Miller teve sua corrida totalmente comprometida com a falha da moto antes da largada. Sua corrida de recuperação só acabou levando o Australiano ao 14ºlugar, Salvando apenas 2 pontos no campeonato. Andrea Iannone levou a Aprilla ao último lugar na zona de pontuação.

O Portal Sportszone parabeniza a Marc Marquez pelo Sexto título Mundial de MotoGP e o Oitavo título no Mundial de Motovelocidade. A próxima corrida acontece no Japão no dia 20 de Outubro, Em Motegi.

Fotos:

Resultado final do GP da Tailândia
Moto GP

pospilotoequipemotoTempo
193Marc MárquezRepsol Honda TeamHonda39’36.223
220Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 0.171
312Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 1.380
44Andrea DoviziosoDucati TeamDucatia 11.218
542Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 11.449
621Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 14.466
736Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 18.729
846Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 19.162
99Danilo PetrucciDucati TeamDucatia 23.425
1030Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 29.423
1163Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 30.103
1235Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 33.216
1344Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 35.667
1443Jack MillerPramac RacingDucatia 39.736
1529Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniApriliaa 40.038
1688Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 40.136
1753Tito RabatReale Avintia RacingDucatia 44.589
1899Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHondaa 54.723
1917Karel AbrahamReale Avintia RacingDucatia 56.012
2055Hafizh SyahrinRed Bull KTM Tech 3KTMa 1’01.431
x41Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 9 Voltas
x82Mika KallioRed Bull KTM Factory RacingKTMa 23 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

IndyCar 2019 – Rossi é Soberano em Road America

Fotos dos Treinos Livres:

Treino de Classificação – Sábado

Grupo 1

Desde do começo do treino, Colton Herta estava sobrando na turma. Em sua primeira volta ele colocou mais de 1 segundo de frente para o Japonês Takuma Sato. Scott Dixon não tinha começado bem a classificação, Na sua primeira volta marcou o 7ºtempo, Ele teve de buscar um tempo melhor para conquistar o 3ºlugar. Mas logo foi superado por 3 pilotos (Hunter-Reay, Patrício O’Ward e Spencer Pigot) caindo para o 6ºlugar. Herta ao final da 1ªmetade estava meio segundo a frente do Sato. (2ºlugar)

A 4 minutos do final, Todo mundo saiu da pista para a definição do Grupo. Graham Rahal que rodou na primeira parte da classificação estava disposto ase recuperar e classificar o rápido carro da Rahal. A um minuto e meio do final, Santino Ferrucci acabou parando seu carro na saída dos boxes. O piloto da Dale Coyne acabou deixando a classificação, Mas não teve nenhuma bandeira amarela.

Takuma Sato chegou a superar o tempo de Herta, Que segundos depois restabelece o primeiro lugar, Com 1:42.4555 e sacramentou seu domínio no Grupo 1 a 25 segundos do final. Scott Dixon a segundos do final acabou ficando com o terceiro tempo (que depois se transformaria em 5ºtempo) e Bourdais com uma grande volta depois do Cronometro Zerado fechou a sua participação em 4ºlugar, Eliminando Patrício O’Ward (Que parece ter feito sua última corrida na Formula Indy, Já que ele faz parte do programa de pilotos da Formula 1 e eles não querem mais bancar o Mexicano na Indy e querem ele na Super Formula do Japão)

Os outros classificados foram Spencer Pigot com um ótimo 3ºlugar e Graham Rahal conseguindo no final o 6ºlugar.

Classificação do Q1:

posPilotoEquipeChassis/MotorTempo
198Colton HertaHarding RacingDallara/Honda1:42.4555
230Takuma SatoRahal Letterman LaniganDallara/Honda1:43.1804
321Spencer PigotEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet1:43.2338
418Sebastien BourdaisDale Coyne RacingDallara/Honda1:43.3078
59Scott DixonChip Ganassi RacingDallara/Honda1:43.3634
615Graham RahalRahal Letterman LaniganDallara/Honda1:43.3877
731Patricio O’WardCarlinDallara/Chevrolet1:43.6061
828Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportDallara/Honda1:43.6980
97Marcus EricssonSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda1:43.8913
1060Jack HarveyMeyer Shank RacingDallara/Honda1:44.6179
1119Santino FerrucciDale Coyne RacingDallara/Honda1:44.8965

Grupo 2

Alexander Rossi começou o treino na frente, Sua primeira volta foi tão boa que ele acabou se empolgando na segunda volta, Quando ele passou pela areia e pela brita e mesmo assim melhorou seu tempo, Mas ele acabou perdendo a liderança do Grupo para Josef Newgarden. Os outros classificados eram James Hinchcliffe, Zach Veach, Will Power e Felix Rosenquist. Simon Pagenaud estava em um amargo 8ºlugar. Ou ele iria para a pista e melhorava o seu tempo ou seria eliminado.

A 4 minutos do final, Todo Mundo foi para a segunda e última tentativa de buscar a classificação. Pagenaud errou sua primeira chance e estava no desespero. Já que vários pilotos melhoraram suas marcas. Enquanto isso, Rossi marcou 1:42.4586 e voltou ao primeiro lugar. Will Power acabou com o segundo melhor tempo. Já Simon Pagenaud chegou a marcar o 4ºmelhor tempo, Mas acabou sendo superado por 4 pilotos e terminou seu treino na 8ªposição.

Os Classificados foram: Rossi, Power, Newgarden, Jones, Hinchcliffe e Marco Andretti. O piloto da Andretti Herta Surpreendeu e conseguiu a classificação para o Q2. Além de Simon Pagenaud, O Sueco Felix Rosenquist acabou ficando com uma decepcionante 9ªposição. No que nada ajuda na sua caminhada para uma renovação de contrato com a Ganassi.

Classificação do Grupo 2:

posPilotoEquipeChassis/MotorTempo
127Alexander RossiAndretti AutosportDallara/Honda1:42.4586
212Will PowerTeam PenskeDallara/Chevrolet1:42.9432
32Josef NewgardenTeam PenskeDallara/Chevrolet1:43.1285
420Ed JonesEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet1:43.2421
55James HinchcliffeSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda1:43.4428
698Marco AndrettiAndretti HertaDallara/Honda1:43.4452
726Zach VeachAndretti AutosportDallara/Honda1:43.4488
822Simon PagenaudTeam PenskeDallara/Chevrolet1:43.4764
910Felix RosenqvistChip Ganassi RacingDallara/Honda1:43.5038
104Matheus LeistAJ Foyt EnterprisesDallara/Chevrolet1:43.8570
1159Max ChiltonCarlinDallara/Chevrolet1:43.8745
1214Tony KanaanAJ Foyt EnterprisesDallara/Chevrolet1:44.4183

2ªFase

Antes do Q2, Scott Dixon acabou com problemas de Motor, A Classificação para o Q2 parece ter custado muito para o Neozelandês que acabou nem indo para a pista. Ele já tinha o 12º

lugar no Grid de largada garantido. Já os outros 11 pontos foram quase que todos de uma só vez para a pista.

Colton Herta de cara mostrou o mesmo domínio do Grupo 1 da primeira fase no Q2. Com 1:43.4914, Colocando quase 7 décimos a frente de Alexander Rossi. O Acerto do carro da Harding Racing parecia ser impecável para o Circuito de Road America. Bourdais e Sato que tinham feito tempos altos melhoraram e subiram para o 2º e 3ºlugares respectivamente. Hinchcliffe 15 segundos depois subiu para o segundo lugar, Mas ainda estava a quase meio segundo do primeiro colocado.

Alexandre Rossi que tinha caído para o 5ºlugar fez uma belíssima volta e passou ao 2ºlugar, Com 1:43.6677. Finalmente um piloto conseguiu chegar perto do tempo de Herta. Hinchcliffe, Rahal, Bourdais e Sato estavam se classificando após a primeira parte da Classificação. Newgarden e Power estavam em 7º e 9ºlugar precisavam reagir para evitar a eliminação dos pilotos da equipe Penske.

No final, 4 minutos do final os pilotos saíram para a última oportunidade de passar entre os 6. Todo mundo começou a melhorar suas marcas, Spencer Pigot a 1 minuto e 25 segundos passou a liderar o treino com 1:43.3083. Era um sintoma de que os tempos iriam baixar bastante. Will Power passou para a liderança e Josef Newgarden passou para o 3ºlugar, Deixou a desejar na sua volta o piloto da Penske. Sato e Rahal superaram o campeão de 2017.

A 30 segundos do final, Colton Herta acabou colocando quase 6 décimos e voltou a liderança. Alexander Rossi confirmou o 2ºlugar, Com quase 2 décimos atrás do piloto da Harding. Josef Newgarden em 8º estava fora do Q3, Mas tinha uma última volta e nessa volta ele foi muito bem, Alcançando o 3ºlugar, Outro que melhorou foi Takuma Sato que ficou em 5ºlugar.

Acabou ficando de fora do Q3: Sebastian Bourdais da Dale Coyne, Spencer Pigot da Carpenter, James Hinchcliffe da Schmidt, Marco Andretti da Herta, Ed Jones da Schmidt e Scott Dixon da Ganassi.

Colton Herta, Alexander Rossi, Josef Newgarden, Will Power, Takuma Sato e Graham Rahal foram classificados para a final.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeChassis/MotorTempo
198Colton HertaHarding RacingDallara/Honda1:42.6546
227Alexander RossiAndretti AutosportDallara/Honda1:42.8437
312Will PowerTeam PenskeDallara/Chevrolet1:43.0069
42Josef NewgardenTeam PenskeDallara/Chevrolet1:43.1357
515Graham RahalRahal Letterman LaniganDallara/Honda1:43.2292
630Takuma SatoRahal Letterman LaniganDallara/Honda1:43.2373
718Sebastien BourdaisDale Coyne RacingDallara/Honda1:43.2989
821Spencer PigotEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet1:43.3083
95James HinchcliffeSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda1:43.3814
1098Marco AndrettiAndretti HertaDallara/Honda1:43.3945
1120Ed JonesEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet1:43.5162
129Scott DixonChip Ganassi RacingDallara/HondaSem Tempo

Fase Final – Super Pole

Os primeiros a saírem para a superpole foram Will Power, Graham Rahal e Alexander Rossi. Já Colton Herta, Takuma Sato e Josef Newgarden preferiam esperar. Na primeira volta, Rossi foi o mais Rápido, com 1:43.2297, Com Power em 2º e Rahal em 3º.

Ao mesmo tempo, Herta, Sato e Newgarden saíram para a sua tentativa enquanto que outros iriam para os boxes para trocarem os pneus e irem para a última tentativa.

A 1 minuto e 15 do final, Herta fez uma brilhante volta, Mas ficou a menos de 4 centésimos do tempo de Rossi. Na última volta, Herta, Rossi e Power vinham bem rápidos para buscarem a pole. Power não foi bem e acabou não melhorando seu tempo. Rossi melhorou seu tempo para 1:43.1693 e Colton Herta foi o único a passar para a casa do 1:43. O piloto da Harding completou seu sábado perfeito com 1:42.9920. Sua primeira pole position da sua jovem carreira. Ao seu lado larga Alexandre Rossi da Andretti.

Na Segunda fila, largam os dois pilotos da Penske, Com Will Power a frente de Josef Newgarden e na terceira fila os pilotos da Rahal-Letterman, Com vantagem para o filho de Bobby Rahal sobre Takuma Sato.

Fotos:

Grid de largada
Road America

posPilotoEquipeChassis/MotorTempo
198Colton HertaHarding RacingDallara/Honda1m42.9920s
227Alexander RossiAndretti AutosportDallara/Honda1m43.1693s
312Will PowerTeam PenskeDallara/Chevrolet1m43.3749s
42Josef NewgardenTeam PenskeDallara/Chevrolet1m43.6036s
515Graham RahalRahal Letterman LaniganDallara/Honda1m43.8076s
630Takuma SatoRahal Letterman LaniganDallara/Honda1m43.8790s
718Sebastien BourdaisDale Coyne RacingDallara/Honda1m43.2989s
821Spencer PigotEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet1m43.3083s
95James HinchcliffeSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda1m43.3814s
1098Marco AndrettiAndretti HertaDallara/Honda1m43.3945s
1120Ed JonesEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet1m43.5162s
129Scott DixonChip Ganassi RacingDallara/HondaSem Tempo
1331Patricio O’WardCarlinDallara/Chevrolet1m43.6061s
1426Zach VeachAndretti AutosportDallara/Honda1m43.4488s
1528Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportDallara/Honda1m43.6980s
1622Simon PagenaudTeam PenskeDallara/Chevrolet1m43.4764s
179Marcus EricssonSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda1m43.8913s
1810Felix RosenqvistChip Ganassi RacingDallara/Honda1m43.5038s
1960Jack HarveyMeyer Shank RacingDallara/Honda1m44.6179s
204Matheus LeistAJ Foyt EnterprisesDallara/Chevrolet1m43.8570s
2119Santino FerrucciDale Coyne RacingDallara/Honda1m49.3060s
2259Max ChiltonCarlinDallara/Chevrolet1m43.8745s
2314Tony KanaanAJ Foyt EnterprisesDallara/Chevrolet1m44.4183s

Corrida do Domingo, Se no sábado tivemos um domínio de Colton Herta essa linha de domínio mudou de lado, O Norte-Americano Alexander Rossi da Andretti sobrou na turma e acabou conquistando uma importante vitória.

Na largada, Rossi foi com tudo para cima de Colton Herta, ficou por fora na primeira curva para conseguir a liderança. Na terceira curva, Sato de forma arrojada passou Newgarden e assumiu o 4ºlugar. Na mesma 3ªcurva, Ryan Hunter-Reay toca em Scott Dixon, que roda e cai para a última posição. Não teve nenhuma punição para o piloto da Andretti.

Logo Newgarden e Rahal ganharam posição de Sato. O Canadense James Hinchcliffe se aproxima de Sato, Na curva 2 da terceira volta. O piloto da Schmidt força a barra e passou o piloto da Rahal que vai para a grama perdendo 3 posições. Rossi e Herta abrem vantagem de Will Power, Josef Newgarden e Graham Rahal. Mais atrás, Simon Pagenaud vinha se recuperando e em poucas voltas o francês que largou em 16ºlugar já estava na 11ªposição.

Nas primeiras voltas, Os Caracteres da classificação da TV estavam errados, Dando classificação errada para alguns pilotos. Depois disso esses acertaram essas informações. Scott Dixon começava a sua recuperação, Ele vinha tentando passar o Sueco Marcos Ericsson na 6ªvolta. Ao final dessa volta, Santino Ferrucci foi para a primeira parada antecipada.

Na volta seguinte, Marcos Ericsson vai para a caixa de brita na curva 3, Acabou voltando na penúltima posição. Na disputa entre Zach Veach da Andretti e Ed Jones da Carpenter quem levou a pior foi o piloto dos Emirados Árabes Unidos, que perdeu 4 posições.

Na 8ªVolta, Rahal superou Newgarden passando para o 4ºlugar. Já Simon Pagenaud superou Sebastién Bourdais e assumiu o 7ºlugar, Muito boa a corrida de recuperação do piloto francês.

Scott Dixon estava também em plena recuperação. Na 9ªVolta, ele passa Patrício O’Ward (que foi também superado pelo Hunter-Reay) Na 10ªVolta, Dixon passou Zach Veach e no final da mesma volta passou Marco Andretti. Na volta seguinte foi a vez de Spencer Pigot que foi superado pelo piloto da Chip Ganassi.

Lá na frente, Rossi disparada na ponta, Com 7 segundos a frente para Colton Herta que vinha ficando cada vez mais para Power e Rahal. Os pneus do piloto da Harding acabaram. Na 13ªVolta, Power usando o vácuo da Reta oposta acabou passando na entrada da curva 3 para ganhar o 2ºlugar. No final da volta foi a vez de Graham Rahal ganhar posição sobre Herta.

Os pneus de Herta acabaram e ele foi para os boxes na 14ªvolta. A equipe acabou perdendo tempo ao não acionar a entrada de combustível. Uma vergonhosa parada acabou levando ele perder mais algumas posições. Alexander Rossi parou na volta seguinte, Pararam também Rahal, Newgarden, Dixon e Rosenquist. Nas paradas, Newgarden recuperou posição sobre o piloto da Rahal.

Rossi continuava na frente, Com 8.3 segundos a frente de Power, Líder do campeonato Josef Newgraden vinha logo atrás. Graham Rahal e James Hinchcliffe completavam os 5 primeiros colocados. O piloto da Rahal foi tentar recuperar o Quarto lugar das mãos do Canadense da Schmidt, Enquanto que Marco Andretti deixava a prova com problemas mecânicos.

Colton Herta vinha atrás de Pagenaud, O piloto da Harding tentou superar o campeão de 2016 por fora, Mas acabou sendo vitima da espalhada do piloto da Penske, No que fez ambos irem para a grama e para a brita. Isso acabou favorecendo Rosenquist e Dixon que assumirem o 6º e 7ºlugares respectivamente.

Na 25ªVolta, Herta foi para cima de Dixon e conquistou a 7ªposição. O primeiro a fazer a segunda parada foi Takuma Sato que vinha em 11ºlugar na 26ªvolta. A maioria dos pilotos foram fazer a troca de pneus e reabastecimento pela segunda vez entre as voltas 27 e 28. Rossi parrou na volta 28 e voltou tranquilo na liderança. Com 18 segundos de frente para Power, que era pressionado pelo líder do campeonato Josef Newgarden, Que tentou passar o Australiano, que se defendeu muito bem. Power esta em risco na Penske e precisava mostrar serviço para manter seu emprego. Hinchcliffe e Rahal completavam os 5 primeiros colocados.

A corrida na frente deu uma certa amenizada, Rossi continuava andando demais e aumentando sua vantagem na liderança. Chegando a 20 segundos de frente para Power. O Australiano abriu 4 segundos de Newgarden, Que vinha segurando o terceiro lugar de Hinchcliffe, Rahal e um pouco mais atrás de Colton Herta.

Na 42ªVolta, Rossi vai para sua última parada. Assim como Power, Newgarden e Hinchcliffe. Graham Rahal ficou na pista para dar mais uma volta assim como Colton Herta, Os dois assumiram as 2 primeiras posições. Na volta seguinte, Ambos foram para uma nova parada nos boxes. O piloto da Harding colocou os pneus macios na perspectiva de Ganhar posições na reta final da prova.

Rossi vinha 22 segundos a frente de Power, 25,5 segundos a frente de Newgarden, 26,9 segundos do Rahal que ganhou posição do Hinchcliffe. Ambos estavam na mira de Colton Herta, que tinha pneus mais rápidos e poderia passar os dois pilotos além de tentar uma ultrapassagem em cima de Newgarden. Dixon, Rosenquist, Pagenaud e Hunter-Reay completam os 10 primeiros colocados.

Herta passou Hinchcliffe com facilidade, Mas quando foi tentar passar Rahal, Ele acabou cometendo um erro na curva 3, 1 volta e meia depois Herta chegou a se reaproximar do Rahal, Mas os pneus começavam a perder rendimento e nas últimas voltas Hinchcliffe, Dixon e Rosenquist se aproximam do piloto da Harding. Nas últimas 3 voltas, Hinchcliffe passou Herta, Mas o norte-americano não desistiu e voltou  pra cima do Canadense, que foi para a brita e perdeu posição para os pilotos da Ganassi.

Na volta final, Dixon e Rosenquist superaram Herta. Na parte da Floresta, O Norte-americano escapa da pista e Hinchcliffe conquistou o 7ºlugar.

Alexander Rossi sobrou na turma e conquistou a vitória em Road America e se aproxima da liderança do Campeonato. Foi uma atuação fantástica e dominadora do piloto da Andretti, Que sobra não só na corrida como na Equipe, Já que seus companheiros de equipe não chegaram nem perto de um resultado minimamente digno. Will Power ficou com o segundo lugar, A mais de 28 segundos do vencedor. Foi uma exibição muito boa do piloto da Penske o que pode ajudar ele a renovar o contrato para 2020.

O Líder do campeonato Josef Newgarden acabou fazendo uma corrida correta e segurou o pódio dos ataques de Graham Rahal. Usando a replica do carro do seu pai Bobby Rahal acabou ficando em uma respeitável 4ªposição.

Scott Dixon que chegou a estar em último lugar no começo da corrida, Fez uma espetacular corrida de recuperação e acabou a prova em um 5ºlugar, Mesmo vendo Newgarden e Rossi se distanciando na liderança do campeonato ainda ele pode buscar esse campeonato. Felix Rosenquist que largou do 18ºlugar e chegou em 6ºlugar, Em outra grande corrida de recuperação.

James Hinchcliffe perdeu rendimento na parte final da prova, Ficando em 7ºlugar após ficar entre os 5 primeiros por grande parte da corrida. Colton Herta que teve um sábado impecável, teve um domingo para se lembrar e não cometer os erros que ele e também a equipe cometeu em Elhkart Lake, O pole position acabou a prova em 8ºlugar. Completando os 10 primeiros colocados: Simon Pagenaud com a Penske e Takuma Sato com o carro da Rahal.

Fotos:

Resultado final – IndyCar
10ªEtapa – Road America

posPilotoEquipeChassis/MotorVoltasTempo
127Alexander RossiAndretti AutosportDallara/Honda551h39m40.4743s
212Will PowerTeam PenskeDallara/Chevrolet55a 28.4391s
32Josef NewgardenTeam PenskeDallara/Chevrolet55a 31.8443s
415Graham RahalRahal Letterman LaniganDallara/Honda55a 33.4094s
59Scott DixonChip Ganassi RacingDallara/Honda55a 39.1173s
610Felix RosenqvistChip Ganassi RacingDallara/Honda55a 41.7825s
75James HinchcliffeSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda55a 45.5520s
888Colton HertaHarding RacingDallara/Honda55a 47.6935s
922Simon PagenaudTeam PenskeDallara/Chevrolet55a 53.8945s
1030Takuma SatoRahal Letterman LaniganDallara/Honda55a 58.9047s
1128Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportDallara/Honda55a 1m01.0878s
1218Sebastien BourdaisDale Coyne RacingDallara/Honda 55a 1m03.9724s
137Marcus EricssonSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda55a 1m17.7859s
1421Spencer PigotEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet55a 1m19.6032s
1560Jack HarveyMeyer Shank RacingDallara/Honda55a 1m42.2456s
1659Max ChiltonCarlinDallara/Chevrolet55a 1m46.5309s
1731Patricio O’WardCarlinDallara/Chevrolet54a 1 Volta
1826Zach VeachAndretti AutosportDallara/Honda54a 1 Volta
1919Santino FerrucciDale Coyne RacingDallara/Honda54a 1 Volta
204Matheus LeistAJ Foyt EnterprisesDallara/Chevrolet54a 1 Volta
2114Tony KanaanAJ Foyt EnterprisesDallara/Chevrolet54a 1 Volta
2220Ed JonesEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet54a 1 Volta
2398Marco AndrettiAndretti HertaDallara/Honda18Mecânico

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

F2 na Áustria: Matsushita e Sette Câmara reencontram a vitória em grandes corridas em Spielberg

Na Áustria, No circuito de Spielberg, tivemos 2 grandes corridas na Formula 2. Com vitórias de dois pilotos que a muito tempo não venciam na categoria de acesso a Formula 1.

Na Classificação, O tempo nem tinha começado e vários pilotos já estavam esperando na porta de espera, Prontos para começar. Assim que o cronometro foi acionado todos eles foram para a pista e ficaram por 3 voltas aquecendo os pneus. Schumacher marcou 1:15.214 e logo seria superado pelo Sergio Sette Câmara e por Deletraz a 6 minutos e 20 segundos do final. Todos eles foram engolidos pelo Holandês Nick de Vries, Que com 1:14.233 colocou 6 décimos em cima da concorrência.

Segundos depois, Lafiti subiu para o 2º e Hubert passou para a terceira posição. Seguidos de Matsushita, Gelael e Zhou. Aos 7 minutos e 10 segundos, Luca Ghiotto subiu para o segundo lugar com 1:14.499. Depois disso a maioria dos pilotos não conseguiram melhorar suas voltas, Entre eles, Sette Câmara deu uma escapada de pista e Callum Ilott da Chaoruz ao passar por uma zebra quase decora a sua frente.

Os 3 pilotos que entraram para essa prova vinham nas últimas posições. O Norte-Americano Tveter que correu na GP3 no ano passado subiu 3 posições e esta em 17ºlugar.

A 14 minutos do final, Os dois pilotos da Arden foram para a pista tentarem a segunda tentativa de volta com a pista vazia. Para a Colombiana Tatiana Calderón não funcionou, Pois ela foi logo em seguida para os boxes. Porém, Deu certo para o Francês, A 10 minutos e 20 segundos do final, Ele faz a segunda melhor parcial e acabou em 2º a 76 Milésimos da liderança.

2 Minutos depois, Praticamente todos foram para a pista em busca de tirar a pole de Nick de Vries. Após 3 voltas de aquecimento dos pneus, Todos eles partiram para a volta decisiva. Nick de Vries acabou baixando mais ainda, Com 1:41.143 ele acabou se consolidando de vez a pole position. Todos os pilotos buscaram melhorar seus tempos, Mas o tempo de 1:41.309 garantiram a Anthoine Hubert a primeira fila junto com o piloto da ART Grand Prix. O Chinês Gwanyu Zhou da Uni Virtuosi larga em 3ºlugar com Nobuharu Matsushita dividindo a 2ªFila com seu carro da Carlin.

Na terceira fila larga O Italiano Luca Ghiotto com o outro carro da Uni Virtuosi e Nicholas Latifi da DAMS. Na quarta fila largam Mick Schumacher e Louis Deletraz e completando os 10 primeiros colocados: Sergio Sette Câmara e Callum Ilott.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeTempoVoltas
14Nick de VriesART Grand Prix1:14.14312
219Anthoine HubertBWT Arden1:14.30912
37Gwanyu ZhouUNI-Virtuosi Racing1:14.37112
42Nobuharu MatsushitaCarlin1:14.39912
58Luca GhiottoUNI-Virtuosi Racing1:14.42912
66Nicholas LatifiDAMS1:14.48313
79Mick SchumacherPREMA Racing1:14.48811
81Louis DelétrazCarlin1:14.62512
95Sergio Sette CâmaraDAMS1:14.70913
1011Callum IlottSauber Junior Team by Charouz1:14.75513
1110Sean GelaelPREMA Racing1:14.80811
123Nikita MazepinART Grand Prix1:14.88212
1312Juan Manuel CorreaSauber Junior Team by Charouz1:14.88713
1415Jack AitkenCampos Racing1:14.98613
1516Jordan KingMP Motorsport1:15.13913
1620Giuliano AlesiTrident1:15.21213
1717Patrício O’WardMP Motorsport1:15.32713
1814Arjun MainiCampos Racing1:15.36314
1921Ryan TveterTrident1:15.43511
2018Tatiana CalderónBWT Arden1:16.16415

Corrida do Sábado, Com 40 voltas não começou bem para Mick Schumacher. Ele não conseguiu partir para a volta de apresentação. Quando se encaminhava para a volta de apresentação, O Norte-Americano Ryan Tveter quase perdeu o controle do seu carro para o Muro.

Na largada, De Vries continuou na liderança, Anthoine Hubert foi pressionado pelo Gwanyu Zhou, Mas conseguiu segurar o 2ºlugar, Enquanto que o chinês da Uni Virtuosi perdeu a 3ªposição para Nobuharu Matsushita da equipe Carlin. Lafiti, Ghiotto, Deletraz e Sette Câmara completavam os 8 primeiros colocados.

Matsushita da Carlin superou Hubert na segunda volta e assumiu a segunda posição. Quando Zhou foi para cima de Hubert na volta seguinte. Quando o Chinês tentou o mesmo com Hubert, acabou não conseguindo a ultrapassagem, graças a uma bela manobra do piloto Francês. Porém, Zhou conseguiu passar na 4ªVolta ganhando o 3ºlugar enquanto isso Luca Ghiotto passou para o 4ºlugar, Superando Nicholas Lafiti e logo sem seguida passou Anthoine Hubert, Que não tinha um ritmo de corrida para vencer corrida com o carro da Arden.

Sette Câmara que vinha pressionando Lafiti, Na 6ªVolta o Brasileiro acabou dando um toque no companheiro de equipe. O Canadense acabou caindo para a 16ªposição. Os Comissários acabaram por punir em 5 segundos acrescentados no tempo do piloto da DAMS.

Na entrada da 7ªVolta, O líder Nick de Vries junto de Matsushita, Hubert, Zhou, Ilott, King, Alesi e Aitken foram para a parada obrigatória. Na volta seguinte pararam Ghiotto, Deletraz, Sette Câmara, Correa, Latifi e Schumacher. Com essas paradas o líder passou a ser o Indonésio Sean Gelael da Prema, Com Nikita Mazepin da ART Grand Prix em 2º. Depois vinham Maini, Calderón, Patrício O’Ward e Tveter nas 6 primeiras posições. De Vries era o primeiro dos pilotos que pararam. Seguido de Matsushita, Ghiotto e Hubert, Sendo esses dois últimos brigavam pelo 9ºlugar.

Na 9ªVolta, Problemas eletrônicos com o carro de Zhou, em plena reta dos boxes.  Ele caiu para o 15ºlugar. Sean Gelael abriu 3.8 segundos a frente para Mazepin e 7.9 segundos sobre Maini com o carro da Campos Racing.

Na 13ªVolta, Nick de Vries supera Tveter e passou para o 6ºlugar, Começava os líderes a chegarem no último dos pilotos a não terem ido aos boxes. Deletraz acabou perdendo a posição de Callum Ilott. Além disso, o piloto da Carlin tomou 5 segundos de acréscimo do seu tempo por ter excedido a velocidade máxima nos boxes.

Os pilotos que fizeram a parada estavam virando 1 segundo mais rápido que os 6 pilotos que estavam prolongando a sua parada. Matsushita sofreu para passar Tveter enquanto que De Vries não teve sofrimento nenhum para passar Patrício O’Ward na 18ªVolta, Na volta seguinte o Holandês passou Tatiana Calderón passando para o 4ºlugar. Após voltas de sofrimento, Matsushita finalmente ultrapassou Ryan Tveter e passou ao 7ºlugar.

Com a corrida chegando em sua metade, os pneus de Sean Gelael acabaram e ele foi presa fácil para o Russo Nikita Mazepin, Que acabou passando o piloto da Prema na 22ªvolta e Pela primeira vez liderando uma corrida na Formula 2. Em uma só volta Mazepin colocava 2 segundos de frente. Enquanto que Gelael ficaria mais 3 voltas. Sendo superado por Maini e pelo De Vries, até que ele parar nos boxes na 26ªvolta. Logo com a parada dos pilotos que prolongaram a parada a verdade da prova seria restabelecida.

Nick de Vries abriu 4.5 segundos de frente para Matsushita. A vitória parecia encaminhada para as mãos do Holandês e líder do campeonato. Mais atrás, Ilott sofria pressão de Deletraz disputando o 7ºlugar. No final da segunda reta, O Suíço ganhou essa posição do piloto Inglês da Chaoruz, Logo seria também superado pelo Sette Câmara.

Mazepin vinha em primeiro, Mas muito perto dele vinha seu companheiro de equipe Nick de Vries, Com 2 segundos de frente apenas para Nobuharu Matsushita, que estava virando mais rápido. Ghiotto também de olho na vitória não estava longe do japonês.

Na 33ªVolta, De Vries passou Mazepin e assumiu de novo a liderança. O Russo foi para a parada na volta seguinte. Em uma volta, Matsushita com muito mais pneu que De Vries se aproximou e na Reta dos boxes da 35ªVolta assumiu a liderança da corrida. Enquanto o piloto da Carlin abria vantagem o Piloto da ART Grand Prix perdeu rendimento e foi presa fácil para Ghiotto realizar a ultrapassagem para assumir a segunda posição.

Sette Camara vinha com um belo desempenho no final da prova, O piloto da DAMS passou Ilott e Deletraz subindo para o 5ºlugar, Com a volta mais rápida da prova. Nas voltas finais ele partiu para cima de Anthony Hubert conseguindo a ultrapassagem na Penúltima volta. Na última volta, Sette Câmara superou de Vries e ganhou o 3ºlugar.

Nobuharu Matsushita administrou a vantagem para Luca Ghiotto e levou o carro da Carlin para a sua primeira vitória no ano. Ele volta a vencer desde da temporada de 2017 (Em 2018 ele estava na Super Formula) Depois de um começo de ano problemático finalmente parece que a equipe campeã de 2018 começa a se achar no campeonato. Após alguns desempenhos ruins Luca Ghiotto conseguiu um belíssimo segundo lugar.

Com a Punição de 5 segundos, Sette Câmara recuou para o 5ºlugar e Nick de Vries acabou herdando esse pódio na terceira posição e de Anthoine Hubert da Arden. Louis Deletraz  com os 5 segundos acabou perdendo o 6ºlugar para o Chinês Gwanyu Zhou, que fez uma bela corrida de recuperação. Jordan King que largou do 15ºlugar salvou o 8ºlugar e iria largar na pole position na corrida curta de Domingo.

Resultado da 11ªEtapa da Formula 2

posPilotoEquipeVoltasTempoMelhor Voltana Volta
12Nobuharu MatsushitaCarlin4053:32.6061:18.73530
28Luca GhiottoUNI-Virtuosi Racing402.9631:18.6029
34Nick de VriesART Grand Prix4010.4281:18.62512
419Anthony HubertBWT Arden4010.7861:18.57310
55Sergio Sette CâmaraDAMS4012.7201:18.20934
67Giuliano ZhouUNI-Virtuosi Racing4015.5141:18.46815
71Louis DelétrazCarlin4016.5411:18.83314
816Jordan KingMP Motorsport4022.3211:18.64015
96Nicholas LatifiDAMS4023.1841:18.33632
1015Jack AitkenCampos Racing4032.9191:19.08622
1112Juan Manuel CorreaSauber Junior Team by Charouz4035.8921:18.81115
123Nikita MazepinART Grand Prix4035.9881:18.93838
1320Giuliano AlesiTrident4039.8901:18.60813
1411Callum IlottSauber Junior Team by Charouz4046.1381:18.61711
1521RyanTveterTrident4070.0571:19.48320
1610Sean GelaelPREMA Racing4075.7421:19.12810
1718Tatiana CalderónBWT Arden4076.5861:19.83734
189Mick SchumacherPREMA Racing39a 1 Volta1:18.63811
1917Patrício O’WardMP Motorsport39a 1 Volta1:19.87935
DES14Arjun MainiCampos Racing4049.4541:18.68338

Grid de Largada da 12ªEtapa da Formula 2

posPilotoEquipe
116Jordan KingMP Motorsport
21Louis DelétrazCarlin
37Giuliano ZhouUNI-Virtuosi Racing
45Sergio Sette CâmaraDAMS
519Anthony HubertBWT Arden
64Nick de VriesART Grand Prix
78Luca GhiottoUNI-Virtuosi Racing
82Nobuharu MatsushitaCarlin
96Nicholas LatifiDAMS
1015Jack AitkenCampos Racing
1112Juan Manuel CorreaSauber Junior Team by Charouz
123Nikita MazepinART Grand Prix
1320Giuliano AlesiTrident
1411Callum IlottSauber Junior Team by Charouz
1521RyanTveterTrident
1610Sean GelaelPREMA Racing
1718Tatiana CalderónBWT Arden
189Mick SchumacherPREMA Racing
1917Patrício O’WardMP Motorsport
2014Arjun MainiCampos Racing

Preliminar da prova Formula 1, domingo tivemos uma corrida até mais movimentada do que a corrida de Sábado. Tatiana Calderón não conseguiu partir para a Volta de apresentação e assim como Schumacher no dia de ontem teve de largar dos boxes.

Na Largada, Deletraz tentou tomar a ponta de King, Mas o piloto Inglês segurou o primeiro lugar. Gwanyu Zhou tentou passar o piloto da Carlin, Mas acabou sem espaço na pista tendo de usar a área de escape na curva 3, Perdendo posição para Nick de Vries e Sergio Sette Câmara. O vencedor do Sábado Nobuharu Matsushita acabou passando um pouco pela brita e caiu para o 12ºlugar.

Nick de Vries partiu para cima nas primeiras voltas, Primeiro passou Deletraz na Curva 4 a segunda volta. Na mesma curva, na volta seguinte, O Holandês assumiu a liderança ultrapassando King. Parecia que iria ser uma corrida dominante para o piloto da ART Grand Prix. Porém, na volta 4, O Holandês dá bobeira e King volta a liderança, Bem pressionado pelo Deletraz.

Na 5ªVolta, Entre as curvas 3 e 4, Os pilotos Jordan King, Louis Deletraz e Sergio Sette Câmara ficaram disputando a ponta. Na entrada da curva 4, King e superado pelo Deletraz. O Suíço assumiu a liderança. Na volta seguinte, Foi a vez de Sette Câmara passar King para  assumir a segunda posição e logo depois o terceiro lugar para Zhou.

Sette Câmara partiu para cima de Deletraz e acabou na curva 3 passando para a liderança. O piloto da Carlin lutou para recuperar a ponta, Mas na curva seguinte a vantagem era do piloto Brasileiro. Mais atrás, Mick Schumacher já vinha em 9ºlugar após largar da 18ªposição.

Os 5 primeiros colocados: Sette Câmara, Deletraz, Zhou, Ghiotto e De Vries abriram 2 segundos sobre Jordan King. O piloto da MP Motorsport estava segurando o Inglês Jak Aitken da equipe Campos Racing, Mas ele foi surpreendido pelo Francês Anthoine Hubert e passou a ser ele o perseguidor de King. Nisso Aitken ficou enfurecido, Foi para cima de maneira desastrada e acabou tocando na traseira do piloto da Arden e acabou indo para a brita e quebrando o bico dianteiro. King se deu bem e se manteve em 6ºlugar, Com Hubert e Schumacher logo atrás. Na 13ªVolta, O piloto da Prema passou Hubert assumindo a 7ªposição.

Deletraz começou a ir para cima de Sette Câmara na metade da prova. A diferença entre os dois era de menos de 1 segundo. Enquanto que King segurava posição por duas voltas sobre Mick Schumacher. Deve-se dizer que o piloto inglês lutou muito para manter a posição, Mas o filho de Michael Schumacher superou King na 16ªVolta passando ao 6ºlugar. Mais a frente, Ghiotto passou Zhou e assumiu o 3ºlugar.

A 8 Voltas do final, Louis Deletraz perdeu o carro no final da reta dos boxes e acabou escapando e batendo no muro. Safety Car entrou na pista para tirar o carro do piloto que era o vice-líder da prova. Após 3 voltas sob Regime de Safety Car tivemos a relargada a 6 voltas do final. Sette Câmara vai para a frente, Enquanto que Nobuharu Matsushita foi pra cima com muito arrojo para cima de Juan Manuel Correa, Ganhando o 8ºlugar.

A voltas do final, O Desempenho de Zhou caiu e ele perdeu posições para Nick de Vries e depois superado pelo Mick Schumacher. A 3 voltas do final, Matsushita ultrapassou King assumindo o 6ºlugar e curvas depois o piloto Japonês superou O Chinês da Uni Virtuosi passando ao 5ºlugar.

Nas Voltas finais, Mick Schumacher foi com tudo para cima de Nick de Vries para buscar um pódio após largar do 18ºlugar, Mas o líder do campeonato segurou o Alemão até o final da prova.

Após um 2018 sem vencer, Sergio Sette Câmara venceu pela segunda vez na Formula 2. Segurando ao Italiano Luca Ghiotto. É uma vitória significativa para o Brasileiro no campeonato. Para o Italiano acabou sendo um final de semana redentor, Isso depois de finais de semana ruins em Mônaco e França, Com 2 segundos lugares.

Nick de Vries fechou mais uma vez na terceira posição. Dessa vez o Holandês fui muito bem segurando Mick Schumacher e garantindo seu segundo pódio no final de semana e continuando líder do campeonato. Com 152 pontos, Abrindo 37 pontos sobre Nicholas Latifi.

Mick Schumacher fez a melhor corrida na sua temporada de Estreia, Largando do 18ºlugar para chegar em uma brilhante 4ªposição. Nobuharu Matsushita é um dos grandes vencedores do final de semana, Com a Vitória no Sábado e o 5ºlugar no Domingo.

Nicholas Latifi, Jordan King e Gwanyu Zhou completaram os 8 primeiros colocados. Ilott e Correa da Charouz acabaram completando os 10 primeiros lugares. Nesse final de semana teremos a 7ªRodada Dupla em Silverstone. Nick de Vries tem a liderança do Campeonato, Mas tem os dois pilotos da DAMS e os pilotos da Uni Virtuosi tem condições de destronar o Holandês da liderança do Mundial.

Fotos:

Resultado da 12ªEtapa da Formula 2

posPilotoEquipeVoltasTempoMelhor Voltana Volta
15Sergio Sette CâmaraDAMS2838:45.6911:18.1597
28Luca GhiottoUNI-Virtuosi Racing280.5631:18.4763
34Nick de VriesART Grand Prix285.5361:18.1593
49Mick SchumacherPREMA Racing285.7811:18.7224
52Nobuharu MatsushitaCarlin286.2691:18.59728
66Nicholas LatifiDAMS2813.2301:18.7974
716Jordan KingMP Motorsport2814.0951:18.7138
87Gwanyu ZhouUNI-Virtuosi Racing2815.0861:18.1953
911Callum IlottSauber Junior Team by Charouz2815.6591:18.7034
1012Juan Manuel CorreaSauber Junior Team by Charouz2816.6071:18.7684
113Nikita MazepinART Grand Prix2818.2901:18.6656
1210Sean GelaelPREMA Racing2819.4861:18.8378
1318Tatiana CalderónBWT Arden2821.1361:19.4407
1417Patricio O’WardMP Motorsport2822.2941:18.9327
1514Arjun MainiCampos Racing2822.8561:19.0979
1621Ryan TveterTrident2825.3021:18.9747
1719Anthoine HubertBWT Arden2824.0571:18.8294
1815Jack AitkenCampos Racing2835.5371:18.8443
x1Louis DelétrazCarlin19Acidente1:18.4313
x20Giuliano AlesiTrident3Acidente1:20.9452

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formula 2