A Chance da vida para Leclerc levar Mônaco a glória

Charles Leclerc tem um primeiro ano na Formula 1 muito acima da Média, Com uma equipe ainda sofrendo pelos anos ruins que teve após a temporada 2014, Com um carro que nessa temporada se tornou competitivo a ponto do piloto Monegasco participar do Q3.

Campeão da Formula 2 em 2017 e protegido da Ferrari, O piloto subiu para a equipe Sauber que se tornou a principal equipe satélite da fabrica italiana. Em 14 corridas, Leclerc marcou pontos em 5 corridas. Sendo que ele emplacou 5 pontuações em 6 corridas. (A partir do GP do Azerbaijão até a prova da Áustria)

Se esse garoto de 20 anos vai ser campeão do Mundo? Não sabemos, Mas não custa apostar que ele vai incomodar muito a Sebastian Vettel. Sua habilidade como piloto não pode ser questionada. Ele ganhou a GP3 Series e depois a Formula 2, Em 2 anos seguidos. Tá mais do que na cara que ele é capaz de pilotar um carro de equipe Grande. A pergunta que fica e que ele vai poder responder em 2019 é: Será que ele esta subindo na hora certa ou então se precipitaram e Leclerc precisaria de pelos menos mais uma temporada na Sauber?

Mas eu não tenho dúvida nenhuma que a subida de Leclerc é saudável para a Formula 1. Isso vai dar uma bela mudança no grid. Pensando aqui, Gasly e Leclerc são 2 pilotos que podem ser rivais para as próximas temporadas na Formula 1. Quero ver o que vai ser o ano de 2019 desses dois jovens pilotos.

Agora, Sobre os Treinos livres de hoje, Os dois pilotos da Red Bull na frente na primeira sessão e na segunda sessão já a noite Raikkonen foi o mais rápido com Hamilton em segundo e Max Verstappen em 3º.

Essa pista é uma grande chance (Talvez a última do ano) da Red Bull vencer uma corrida, Seria a última chance de a Red Bull ganhar com os motores Renault. O Motor em Marina Bay não conta muito, apesar das 2 retas longas que esse circuito tem.

Uma prova à noite pode afetar o desempenho dos carros? Sim, A temperatura a noite é menor, O Comportamento de um carro que funciona melhor com temperaturas mais baixas ou pior pode proporcionar resultados surpreendentes como foi o 4ºlugar de Pierre Gasly no Bahrein. A Mercedes tem a chance de travar o melhor momento da Ferrari. Mesmo com o melhor carro, Vettel precisa acertar uma grande corrida se quiser ainda ter chances de título. Caso um novo fracasso como aconteceu na Itália com uma nova vitória de Hamilton e o Campeonato estará mais uma vez encaminhado para o piloto inglês da Mercedes.

Renault e Haas continuam a disputa pelo 4ºlugar no Mundial de Construtores, A briga entre essas duas equipes esta acirradíssima, A Renault parece estar mais estável e tem um melhor carro para Singapura, Mas a Haas vive um momento melhor no campeonato. Hulkenberg ficou em 5ºlugar no primeiro treino e Sainz jr ficou em 6ºlugar no Segundo treino. Grosjean marcou o 7ºtempo na segunda sessão.

Williams deve ter um desempenho pífio em um circuito que o Chassi faz diferença, Algo que a equipe de Grove não tem nesse momento. Após um bom final de semana em Monza.

Sauber pode ser uma surpresa agradável, longe dos piores tempos do dia com os dois pilotos. Force India deve andar do meio do pelotão para trás assim como a Mclaren e a Toro Rosso.

Amanhã, a partir das 7 da manhã teremos o 3ºTreino Livre e as 10 da manhã teremos a prova de classificação valendo o Grid de Largada da 15ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2018.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado dos Treinos Livres de Sexta-Feira

1ºTreino Livre

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:39.711 27
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:39.912 27
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:39.997 23
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:40.486 21
5 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:41.105 26
6 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:41.232 28
7 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:41.329 23
8 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:41.429 28
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:42.035 24
10 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:42.108 21
11 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:42.408 23
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.412 25
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:42.452 20
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:42.630 23
15 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.177 25
16 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:43.240 25
17 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:43.485 30
18 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.849 30
19 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.036 29
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:45.160 11

2ºTreino Livre

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:38.699 35
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:38.710 20
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:39.221 28
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:39.309 33
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:39.368 33
6 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:40.274 36
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:40.384 33
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:40.459 31
9 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:40.633 12
10 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:40.668 35
11 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:40.774 30
12 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:40.812 37
13 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:40.870 33
14 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:41.062 37
15 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:41.154 32
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:41.164 32
17 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:41.542 38
18 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:41.615 36
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.141 17
20 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.181 36

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Renault/Sauber

Hamilton vence Paul Ricard sem qualquer adversário e reassume a liderança do Mundial

10 anos depois do Último GP da França realizado em 2008. Tivemos a volta da Formula 1 no tradicional circuito de Paul Ricard. Uma prova totalmente dominada pelo Inglês Lewis Hamilton que liderou praticamente toda a corrida de hoje.

Na largada tivemos Hamilton mantendo a liderança e atrás tivemos Vettel tocando em Bottas na entrada da curva 1, furando o pneu do piloto Finlandês e quebrando sua  própria asa dianteira. Essa não foi a única confusão na primeira volta. Na quarta curva Pierre Gasly perde o controle do carro e acaba batendo em Esteban Ocon, Fogo amigo entre franceses provocou a entrada do safety car.

Vettel teve de fazer a parada para trocar o bico do seu carro, Bottas se arrastou com o pneu furado para os Boxes. Alonso, Sirotkin e Stroll foram para os boxes para fazerem uma parada nos boxes.

Quem se deu bem na largada foi Max Verstappen que subiu para o segundo lugar, Em terceiro vinha Carlos Sainz jr., Seguido de Daniel Ricciardo, Kevin Magnussen, Charles Leclerc e Kimi Raikkonen entre nas 7 primeiras posições.

Na volta 6, tivemos a relargada. Hamilton manteve a liderança e começou a abrir vantagem para Verstappen, Sainz e Ricciardo. Kimi Raikkonen começava a sua recuperação ultrapassando Charles Leclerc e partindo para cima de Kevin Magnussen. Já lá atrás, Fernando Alonso roda e cai para a última posição.

Raikkonen vai para cima de Magnussen com a Haas na 7ªVolta de prova, Enquanto que Sebastian Vettel vinha muito bem em sua recuperação, na 8ªvolta ultrapassou Marcus Ericsson e já vinha em 12º. Ao mesmo tempo, Raikkonen pressionava Kevin Magnussen na disputa pelo 5ºlugar e Ricciardo vinha se aproximando de Carlos Sainz jr. na disputa pelo terceiro lugar.  Na volta seguinte o Homem de gelo ultrapassou Magnussen assumindo o 5ºlugar enquanto que Daniel Ricciardo passou Carlos Sainz jr. para assumir o 3ºlugar.

Ao mesmo tempo a FIA puniu em 5 segundos de acrescimento para Vettel que foi o causador do toque em Valtteri Bottas. Na 13ªVolta passou Sergio Perez e assumiu a 9ªposição e na volta seguinte o piloto alemão passou Grosjean subindo para o 8ºlugar na Volta 19 ultrapassa Kevin Magnussen subindo para a 7ªposição.

Enquanto isso, Lewis Hamilton continuava tranquilo na liderança, Sem forçar muito já tinha quase 5 segundos a frente de Verstappen que vinha tranquilo em segundo lugar, Daniel Ricciardo vinha em 3º, Kimi Raikkonen em 4º e Carlos Sainz jr. ainda em 5ºlugar.

Na volta 21, Vettel ultrapassa Sainz assumindo a 5ªposição. Valtteri Bottas na volta seguinte entrou na zona de pontuação ao ultrapassar Romain Grosjean. Hamilton abria 5 segundos à frente de Max Verstappen. Nas 3 voltas seguintes, Hamilton fez as melhores voltas da prova.

Na volta 26, Max Verstappen vai para a sua parada. Exatamente na metade da corrida. Enquanto isso Hamilton fazia mais uma volta voadora. Na volta seguinte parou o Espanhol Carlos Sainz jr. que vinha fazendo uma grande corrida.

Bottas ultrapassou Charles Leclerc na volta 29, Assumindo a 9ªposição. Os pneus do piloto da Sauber já estavam desgastados. Na mesma volta, Ricciardo, Magnussen e Perez foram para a parada. Para Perez, a corrida acabou. Problemas de motor impediram o mexicano de continuar na prova.

Grosjean depois de metade da corrida foi punido em 5 segundos de acréscimo de tempo por ter provocado uma batida na primeira curva da primeira volta.

Na volta 33, parou Lewis Hamilton. Foi o único momento que o piloto inglês não liderou a corrida. Raikkonen assumiu a liderança com Hamilton em segundo e Verstappen em 3º. Ricciardo ultrapassou Vettel sem qualquer problema e conquistou a 4ªposição.

Na volta 35, Raikkonen vai para a sua parada, Colocando um pneu Super Macio para andar mais rápido. Acabaram dando certo, O homem de Gelo marcou a melhor volta da prova. Sainz jr. e Magnussen subindo na prova, estando em 8º e 9º ultrapassando a Stoffel Vandoorne com a Mclaren que não estava andando nada nesse final de semana.

Na Volta 38, Nico Hulkenberg fez sua parada nos boxes. Raikkonen foi para cima de Vettel, Com dois segundos por volta mais rápida, A ultrapassagem foi inevitável e Vettel caiu para o 5ºlugar. Bottas fez uma segunda parada na volta 41. Vendo que seus pneus não estavam em boas condições e tinha uma grande vantagem para Sainz jr.

Vettel fez a parada e mesmo tendo de cumprir a punição de 5 segundos parado nos boxes, Acabou voltando a frente do piloto da Renault.

Enquanto Hamilton estava tranquilo na liderança, Na parte final da prova Raikkonen foi para cima do Riccardo lutando pelo 3ºlugar. Na Volta 47, Raikkonen conseguiu a ultrapassagem na Chicane da Mistral, Que foi o palco da maior parte das ultrapassagens da corrida de hoje.

A 3 voltas do final, Carlos Sainz jr. perde 160 cavalos de potência no seu motor e perde posição para Magnussen e Bottas. Caindo para o 8º. Na Curva 10 da mesma volta, O pneu Lance Stroll acabou explodindo, Quebrou a asa dianteira dele o que vez o Canadense deixar a prova.

Safety Car Virtual acionado na pista. A corrida praticamente acaba, Com um pouco mais de meia volta para o final, A prova voltou ao normal, Mas mais nada aconteceu na prova. Hamilton venceu uma corrida fácil e retornou a liderança do Mundial de Pilotos, A Mercedes mostrou o melhor equipamento para esse circuito e Inglês foi impecável em todo o final de semana.

Max Verstappen chegou ao seu melhor resultado do ano, Os erros e os acidentes das primeiras corridas parecem que ficaram para trás. Kimi Raikkonen que chegou a cair para o 7ºlugar após a largada se recuperou muito bem e completou o pódio, Colocando Mercedes, Red Bull e Ferrari no pódio.

Daniel Ricciardo acabou perdendo seu lugar no pódio chegando em 4ºlugar, Porém reassumiu o terceiro lugar no Mundial. Sebastian Vettel após o erro da primeira curva acabou tendo uma boa recuperação, Porém o 5ºlugar deixa o piloto Alemão de novo na vice-liderança, a 14 pontos atrás de Hamilton.

Kevin Magnussen ficou a frente de Valtteri Bottas, Mais um final de semana muito bom para o Escandinavo que correspondeu com o belo desempenho da Haas. Enquanto que o piloto da Mercedes fez uma corrida bem burocrática, muito também porque o carro depois da pancada e por ter arrastado o carro para entrar aos boxes com o pneu furado. Pode ter danificado o carro a tal ponto dele não conseguir nada mais do que o 7ºlugar.

Carlos Sainz jr. conseguiu segurar o 8ºlugar, a 4 segundos a frente de Nico Hulkenberg. Consolidando ainda mais a 4ªposição da Renault no Mundial de Construtores, Nico ultrapassou Alonso na classificação de pilotos na disputa pelo 7ºlugar. Charles Leclerc fechou a zona de pontuação com um belo final de semana dele na Sauber.

Romain Grosjean foi o único piloto Francês a terminar a prova, Porém termina a 8ªetapa do mundial sem marcar um único ponto em 2018. Stoffel Vandoorne fez o que podia com uma Mclaren problemática ficando em 12ºlugar. Marcus Ericsson com a Sauber ficou longe de disputar posições entre os pontos.

Brendon Hartley sobreviveu com a Toro Rosso em mais uma corrida apagada em 14º ficando a frente de Sergey Siroktin com o horrível carro da Williams em 15º. Fernando Alonso no final acabou tendo problemas de suspensão e Stroll com seu problema acabaram classificados em 16º e 17ºlugares.

Semana que vem a Formula 1 fará a 9ªprova da temporada no Circuito de Spielberg. Hamilton tem tudo para aumentar sua vantagem na liderança do campeonato devido as características que  são favoráveis ao carro alemão.

Resultado Final do GP da França
8ªEtapa do Mundial de Formula 1

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 1:30:11.385 1
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 7.090s 4
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 25.888s 6
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 34.736s 5
5 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 1:01.935s 3
6 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 53 a 1:19.364s 9
7 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 1:20.632s 2
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 53 a 1:27.184s 7
9 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 53 a 1:31.989s 12
10 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 53 a 1:33.873s 8
11 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 10
12 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 17
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 15
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 52 a 1 Volta 20
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 Volta 18
16 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 50 Suspensão 16
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 48 Pneu 19
11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 27 Motor 13
31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 11
10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Acidente 14

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Haas /Ferrari/Mclaren/Williams/Renault

Hamilton ganha a 75ªPole da sua carreira, Na Volta de Paul Ricard a Formula 1

No Q1, Tivemos como esperado a superioridade dos carros da Mercedes, Mas deve se registrar que Kimi Raikkonen e Max Verstappen chegaram a fazer os melhores tempos. No caso da Red Bull, usando o que tem de melhor da Red Bull no primeiro e no terceiro setor. A Mercedes com maior potência conseguia se sobressair sobre os seus adversários.

A Equipe Haas chegou bem perto dos primeiros colocados, Confirmando a expectativa de que serão a quarta força dessa prova. A Force India no final da sessão ficou no sufoco, Mas tanto Perez como Ocon garantiram seus lugares para o Q2. OS eliminados foram os dois pilotos da Williams nas duas últimas posições. Lance Stroll no final da sua participação acabou indo para fora da pista, Além da parte avermelhada da Área de Escape.

Brendon Hartley ficou em 17º, Mais uma vez eliminado. E a Mclaren obteve seu pior treino de classificação. Com seus dois pilotos ficando de Fora: Alonso em 16º e Vandoorne em 18º. Foi a primeira vez no ano que os dois pilotos da Sauber conseguiram passar para o Q2.

Q2

Hamilton fez uma brilhante volta no primeiro terço de treino. Com 1:30.645, Lewis garantiu de cara o primeiro lugar nessa fase. Vettel, Raikkonen e Verstappen conseguiram se aproximar do tempo do piloto Inglês, Ainda assim ficaram a 1 décimo de Hamilton. Bottas em 5ºlugar já ficou a meio segundo atrás.

A Haas confirmou o ótimo desempenho em Paul Ricard, Colocando seus dois pilotos entre os 10 primeiros em boas posições. Grosjean em 6º e Magnussen em 7º. A frente de Daniel Ricciardo. Carlos Sainz e o supreedente Charles Leclerc levaram as 2 últimas vagas no Q3.

Ficaram de fora da fase final da Classificação. Esteban Ocon com a Force India, Nico Hulkenberg com a Renault, Sergio Perez com a Force India, Pierre Gasly com a Toro Rosso e Marcus Ericsson com a Sauber.

Q3

Na decisão da pole position, Vettel foi o primeiro a ir para a pista fez o tempo de 1:30.400, Que já era muito bom tempo. Raikkonen ficou longe do Vettel. Enquanto que Valtteri Bottas superou em 83 milésimos o tempo do piloto alemão. Dai veio Hamilton e com 1:30.222 tomando a pole naquele momento.

Os dois pilotos da Red Bull foram os próximos a fecharem a volta. Com o piloto Holandês quase 2 décimos a frente de Ricciardo. Segundos depois Romain Grosjean bate no muro provocando uma bandeira vermelha faltando 7 minutos e 49 segundos para o final do treino.

Após uns 10 minutos o treino recomeça, Mais apenas aos 6 minutos para o final do treino os pilotos foram para a última tentativa. A Ferrari acabou falhando na tentativa de melhorar o tempo com seus dois pilotos. Já Valtteri Bottas na sua última tentativa superou Hamilton, Marcando 1:30.147, Porém Hamilton segundos depois marcou 1:30.029 e marcou a pole position de número 75 da sua carreira.

Lewis Hamilton tem tudo para amanhã recuperar a liderança do campeonato. Valtteri Bottas larga em segundo, Se der tudo certo os pilotos da Mercedes devem fazer a dobradinha da equipe alemã. Na segunda fila largam Sebastian Vettel com a Ferrari e Max Verstappen com a Red Bull, Na terceira fila largam Daniel Ricciardo e Kimi Raikkonen. Nenhum dos 4 pilotos conseguiram melhorar seus tempos no final. Carlos Sainz larga em 7ºlugar, Superando a expectativa que era ver os pilotos da Haas na 4ªfila. Acabou que os dois pilotos vão dividir a quinta fila do Grid.

Charles Leclerc foi muito além do esperado e vai largar ao lado do piloto da Renault, Na 4ªFila. Amanhã as 11 horas da manhã teremos a largada para o GP da França de Formula 1, Na volta do Circuito de Paul Ricard.

Grid de largada do GP da França de Formula 1
Paul Ricard

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Pneu Voltas Pneus
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.029 19 SS
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.147 17 U
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:30.400 22 U
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:30.705 20 SS
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:30.895 20 SS
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:31.057 22 U
7 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:32.126 23 U
8 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:32.635 22 SS
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:32.930 24 U
10 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO Sem Tempo 20 U
11 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.075 14
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:32.115 15
13 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.454 15
14 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:32.460 17
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:32.820 18
16 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:32.976 10
17 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:33.162 10
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.636 9
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.729 10
20 28 Brendon Hartley* Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:33.025 10

*Brendon Hartley foi punido por trocar componentes do Motor.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Sauber/Renault/Red Bull/Mclaren

Vettel em corrida impecável conquista 50ªVitória da carreira e volta a liderar o campeonato

Sebastian Vettel em um dia perfeito para ele conquistou a sua 3ªVitória na Temporada, Que veio através de um GP do Canadá bem atípico e sem nenhuma emoção para os Padrões do Canadá.

Emoção tivemos na largada. Verstappen pressionou Bottas que acabou resistindo a pressão do piloto Holandês e manteve o segundo lugar com Vettel mantendo a liderança. Riccardo ganhou a posição de Raikkonen subindo para o 5ºlugar. No final do primeiro setor tivemos o acidente entre Lance Stroll que perdeu o controle do carro devido a um toque com o Belga Stoffel Vandoorne e Brendon Hartley que acabou tentando passar por fora o piloto Canadense.

O Safety Car foi acionado. Vandoorne foi para os boxes trocar seus pneus e seu Bico Dianteiro que foi danificado. A relargada acontece na volta 5. Vettel dispara na liderança enquanto que Bottas começava a ser pressionado pelo Max Verstappen com os pneus Ultra Macios contra os Super Macios do piloto da Mercedes. Mais atrás, Carlos Sainz jr. empurrou o Mexicano Sérgio Perez para fora da pista. O piloto da Force India perdeu posições. O Incidente foi investigado e não foi dada punição nenhuma para o piloto Espanhol, Que no meu modo de ver deveria ter levado alguma punição, Mas dessa vez os comissários da FIA marcaram bobeira.

Com o passar das voltas o rendimento dos pilotos da Red Bull acabaram perdendo rendimento, Devido ao desgaste dos pneus Ultra Macios. A tática da equipe Austríaca não tinha funcionado. Os dois pilotos da Force India foram os primeiros pilotos a pararam com os dois pilotos da Renault que também pararam cedo.

Dos primeiros colocados, Foi Verstappen e Hamilton foram os primeiros a fazerem a parada na volta 17. Hamilton teve uma dificuldade para ficar a frente de Charles Leclerc que ainda não tinha feito sua parada. Ricciardo parou na volta 18 e voltou a frente de Hamilton. Enquanto isso: Vettel, Bottas e Raikkonen continuavam na pista buscando fazer uma parada, Já os outros 3 pilotos iriam para a possível tática de 2 paradas nos boxes.

Com o decorrer da prova se via que a tática dos três primeiros colocados tendia a dar bem mais certo do que a tática de duas paradas nos boxes. Grosjean também foi para a tática de apenas uma parada nos boxes ficando em 7ºlugar até a volta 25, quando foi ultrapassado pelo Alemão Nico Hulkenberg.

Na Volta 33, Raikkonen foi o primeiro a fazer a parada nos boxes. Que voltou atrás de Hamilton em 6ºlugar. Na Volta 37, Bottas foi para os boxes. Vettel para na volta 38. Os dois voltaram nas 2 primeiras posições.

Na Volta 43, Fernando Alonso teve problemas de Exaustor e acabou abandonando a prova. Romain Grosjean foi o último a fazer a parada na volta 49 quando vinha em 9ºlugar, O piloto da Haas reclamou de maneira desnecessária o piloto da Force India.

Valtteri Bottas vinha andando rápido tentando diminuir a distância que ele tinha atrás de Vettel, Porém a 15 voltas do final, Bottas acabou erra a curva e por pouco ele não acaba rodando. O Finlandês segurou o carro e continuou na prova, Mas isso fez o piloto da Mercedes desistir da disputa pela vitória.

Lewis Hamilton chegou a tentar se aproximar de Daniel Ricciardo. Porém a briga não foi adiante.

Sebastian Vettel levou sem qualquer problema o carro da Ferrari até o final. Ganhando de ponta a ponta o GP do Canadá e voltou a liderar o mundial com apenas 1 ponto de vantagem para Lewis Hamilton.

No final da prova, A modelo e ativista canadense Winnie Harlow, que, convidada para agitar a bandeira quadriculada acabou dando a bandeira um pouco antes da Hora ao dar a bandeira para Kimi Raikkonen que vinha em 6ºlugar. Com isso tudo a direção da prova decidiu oficializar o resultado oficial seria o resultado da 68ªVolta.

Valtteri Bottas em uma boa corrida chegou em 2ºlugar com a Mercedes e Max Verstappen, Em seu primeiro final de semana sem qualquer incidente fechou o pódio em 3ºlugar com a Red Bull.

Daniel Ricciardo foi o único piloto a ganhar posições entre os 6 primeiros colocados, Largando do 6ºlugar para completar a prova em 4ºlugar. A frente de Lewis Hamilton que fez uma corrida bem apagada perdendo a liderança do campeonato. Kimi Raikkonen fechou os 6 primeiros colocados com sua Ferrari.

Nico Hulkenberg teve um excelente final de semana com o 7ºlugar tanto na classificação como na corrida, Sendo o melhor do resto e empatando na 7ªposição no Mundial de Pilotos com o Espanhol Fernando Alonso (Perde no Critério de desempate), Carlos Sainz jr. que escapou de uma punição garantiu um final de semana muito bom da Renault com o 8ºlugar.

Esteban Ocon com a Force India em 9º, Marcando pontos pela segunda vez seguida e Charles Leclerc, Com um ótimo Trabalho levando a Sauber ao 10ºlugar. (3ªpontuação dele em 2018) Vale fazer o registro da bela corrida de recuperação de Pierre Gasly que largou do último lugar para ficar em 11º e de Romain Grosjean que não treinou ontem por problemas de Motor e acabou a prova em 12ºlugar. A Frente do seu companheiro de equipe Kevin Magnussen.

Sergio Perez, Tocado depois da relargada pouco pode fazer ficando em 14ºlugar. Marcus Ericsson, Stoffel Vandoorne e Sergei Sirotkin sem muito destaque terminaram em 15º, 16º e 17º respectivamente.

Daqui a 2 semanas em plena Copa do Mundo teremos de volta o GP da França no tradicional Circuito de Paul Ricard, Fora do Calendário a 28 anos. (França fora do Calendário há 10 anos) Com os dois principais pilotos a disputar o título separados por apenas 1 ponto.

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 68 1:28:31.377 1
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 68 +7.376s 2
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 68 +8.360s 3
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 68 +20.892s 6
5 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 68 +21.559s 4
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 68 +27.184s 5
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 1 Volta 7
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 1 Volta 9
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 1 Volta 8
10 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 67 a 1 Volta 13
11 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 67 a 1 Volta 20
12 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 1 Volta 19
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 1 Volta 11
14 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 1 Volta 10
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 66 a 2 Voltas 18
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 66 a 2 Voltas 15
17 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 66 a 2 Voltas 17
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 40 Exaustor 14
28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Acidente 12
18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 16

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Williams/Red Bull/Renault/Sauber/Toro Rosso/Haas/

Hamilton domina prova e conquista vitória na Catalunha

Em sua melhor atuação na temporada 2018, O inglês Lewis Hamilton conquistou a vitória no circuito da Catalunha com muita facilidade, Não teve se quer ameaça de nenhum outro piloto durante as 66 voltas.

As emoções no circuito Espanhol não foram muitas no dia de hoje. Vettel largou bem e ganhou o segundo lugar que estava nas mãos de Valtteri Bottas. Na terceira curva tivemos o grande incidente da prova com a Rodada de Romain Grosjean com a Haas que além de rodar acabou atingido a traseira de Nico Hulkenberg e em cheio a parte dianteira de Pierre Gasly, em uma manobra totalmente irresponsável de um piloto que cai cada dia mais no mercado de pilotos.

O Safety Car entrou na pista e ficou durante 5 longas voltas para a limpeza da pista. Na volta a corrida recomeçou, tão logo recomeça a prova Alonso passou por fora o Francês Esteban Ocon ganhando o 10ºlugar.

Hamilton volta após volta abria vantagem para Vettel que conseguia sustentar o segundo lugar, Valtteri Bottas vinha 1 segundo e meio atrás do piloto da Ferrari. Raikkonen, Verstappen e Ricciardo completava os 6 primeiros lugares. Magnussen já ficava mais atrás como o melhor piloto do 2ºpelotão da Formula 1. A se destacar a ótima 9ªposição de Charles Leclerc com o carro da Sauber. Stoffel Vandoorne sofreu punição de 5 segundos a mais que ele teria de cumprir (Por não ter passado pela traçado quando ele passou reto na curva 1) Punição que me pareceu desnecessária.

Nada de relevante aconteceu até a volta 18, Quando Vettel foi para a sua primeira parada. Os mais duros (Médios). Nisso a Mercedes pede para Bottas andar o mais rápido possível para tentar tomar o segundo lugar do piloto da Ferrari. O Finlandês justificou seu nome e andou o mais rápido do que pode. Porém, a parada na 20 volta a Mercedes não foi tão rápida na hora de trocar os pneus. Com isso Bottas voltou atrás de Vettel e de Magnussen.

Hamilton continuava na liderança. Raikkonen, Verstappen e Ricciardo não tinham parado nos boxes vinham em 2º e 3ºlugares. Até que o homem de gelo teve problemas mecânicos. Raikkonen deixou a prova na 26ªVolta, Na mesma volta que Hamilton fez a sua parada nos boxes e voltou atrás de Verstappen que assumiu a liderança.

Para a Mercedes, O que pode se imaginar que a prova estava tranquilo, Não era tão bem assim. A Red Bull tentava dar um pulo do gato. Esticar a hora da parada para fazer apenas 1 troca. A Mercedes e Ferrari poderiam fazer 2 paradas nos boxes.

Na Volta 28, Carlos Sainz jr. e Marcus Ericsson disputaram roda com roda o 9ºlugar. O piloto da Sauber que não tinha feito parada manteve a posição.

Daniel Ricciardo parou na volta 34 e Max Verstappen foi para a parada na volta 35, Era certo que a Red Bull faria apenas 1 parada nos boxes. Para a equipe das Latinhas Energéticas era só esperar as supostas segundas paradas dos pilotos da Mercedes e da Ferrari de Sebastian Vettel para Verstappen e Ricciardo se beneficiarem.

Na volta 41, Esteban Ocon com problemas de motor acaba abandonando a prova, Encostando o seu carro na brita e em um ponto  que dava para tirarem o seu Force India sem muitos problemas.

O Safety Car virtual é acionado e dai Vettel e a Ferrari fazem a tremenda bobagem de fazerem uma 2ªparada durante o regime do Safety Car Virtual. O Alemão volta atrás de Max Verstappen que acabou atingido o pneu do Russo Sergei Sirotkin com o bico dianteiro do seu carro, Quebrando o bico e furando o pneu de Sirotkin.

Quando acabou o regime de Safety Car virtual, Alonso conquistou a ultrapassagem sobre Leclerc, Ganhando o 8ºlugar.

Vettel partiu para cima de Verstappen , porém o piloto da Ferrari não conseguia se aproximar de Verstappen, O que poderia na pratica recolocar o piloto da Ferrari de volta ao pódio, Na pratica foi que o piloto da Ferrari não conseguiu se quer ameaçar e fazer uma tentativa de ultrapassagem.

Os pilotos da Mercedes com grande vantagem resolveram arriscar em manter seus carros até o final da prova. Apesar do enorme número de voltas com os pneus médios. Tanto Hamilton, Tanto Bottas não sofreram muito com o desgaste dos pneus. Hamilton levou o carro com segurança para a sua segunda vitória na temporada 2018 e aumenta a sua diferença na liderança do Mundial de Pilotos.

A primeira dobradinha da Mercedes em 2018 foi completada pelo Finlandês Valtteri Bottas que começou a prova em 2ºlugar.

Max Verstappen conquistou seu primeiro pódio na temporada, Com o 3ºlugar a sua situação ameniza um pouco em relação a tudo que ele aprontou no começo da temporada. (Nas 4 primeiras corridas) Isso graças a péssima tática da Ferrari e de Vettel que poderia até terminar em 2ºlugar e completou a prova em 4ºlugar. Com 3 corridas seguidas fora do pódio, O alemão vive momento difícil na temporada que ele chegou a liderar com 50 pontos em 50 disputados (Com as vitórias na Austrália e no Bahrein) agora começa a ver Hamilton disparar na liderança do campeonato.

Daniel Ricciardo, Que fez uma prova discreta na maior parte do tempo, Acabou no final da prova fazendo melhores voltas da prova e completou em 5ºlugar, O último dos carros que completou todas as 66 voltas do GP da Espanha. A partir de Kevin Magnussen da Haas, Que fez uma belíssima corrida e completou o 6ºlugar. Ajudando a recolocar a Haas para o 6ºlugar no Mundial de Construtores.

Carlos Sainz jr. com a Renault e Fernando Alonso com a Renault, não decepcionaram o torcedor espanhol. Com uma bela corrida dos dois pilotos da casa. O príncipe das Asturias ficou a corrida toda perguntando se iria chover (Existia possibilidade grande de chuva durante a prova) Porém a chuva não veio dessa vez.

Sergio Perez superou Charles Leclerc e conquistou o 9ºlugar salvando 2 pontos para a Force India. Charles Leclerc leva a Sauber pela segunda vez seguida a Zona de pontuação com o 10ºlugar.

Lance Stroll conseguiu algo melhor do que ficar no fundo do pelotão, O 11ºlugar foi lucro para o piloto da pior equipe da Formula 1 hoje. Brendon Hartley da Toro Rosso ficou em 12ºlugar, Marcus Ericsson que chegou a andar em 7ºlugar acabou a prova em 13º e Sergei Sirotkin fechou a fila dos pilotos que terminaram a prova em 14º.

Detalhe, Somente os 5 primeiros colocados terminaram na mesma volta do líder, O 6º, 7º e 8ºlugares ficaram uma volta atrás. Do 9º até o 13ºlugar completou 2 voltas atrás e somente o pobre piloto Russo da Williams ficou a 3 voltas do líder.

Daqui a duas semanas teremos o tradicional GP de Mônaco, Nas ruas de Monte Carlo será jogado a disputa pela vitória. A Gloria de uma grande conquista ou a desgraça de parar em um muro.

Resultado final do GP da Espanha – Mundial de Formula 1
5ªEtapa – Catalunha (Barcelona)

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 66 1h 35:29.972 1
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 66 a 20.593 2
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 66 a 26.873 5
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 66 a 27.584 3
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 66 a 50.058 6
6 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 65 a 1 Volta 7
7 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 65 a 1 Volta 9
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 65 a 1 Volta 8
9 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 64 a 2 Voltas 15
10 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 64 a 2 Voltas 14
11 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 64 a 2 Voltas 18
12 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 64 a 2 Voltas 20
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 64 a 2 Voltas 17
14 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 63 a 3 Voltas 19
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 45 Mecânico 11
16 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 38 Motor 13
17 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 25 Câmbio 4
18 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 0 Acidente 16
19 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Acidente 12
20 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 0 Acidente 10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Haas/Renault/Sauber/Mclaren