Formula 2 no Azerbaijão – 2ªRodada Dupla da temporada 2019

Na classificação, Todos foram para a pista no começo da sessão de 30 minutos. Porém, um problema com o Indonésio Sean Gelael, que parou o carro perto da curva do Castelo provocando uma bandeira vermelha.

Ao retirar o carro, dois fiscais de pista que ajudaram a empurrar o carro acabaram sendo atingidos pelas rodas traseiras. Um lance cômico, Já que nenhum dos 2 atropelados teve ferimentos graves.

Depois de alguns minutos o treino recomeçou e finalmente os pilotos fizeram voltas rápidas. Jordan King acabou baixando o melhor tempo em 14 segundos sobre o tempo marcado antes da Bandeira Vermelha. Porém, o tempo de 1:57.213 estava longe de ser o tempo da possível pole position.

A 18 minutos do final, Nick de Vries tomou a pole position. O piloto da ART Grand Prix ficou com a primeira posição por 1 minuto. O Italiano Luca Ghiotto marcou 1:55.468 tomando a ponta da classificação. De Vries, Matsushita e Sette Camara estavam nas 4 primeiras posições.

Todo Mundo foi para os boxes faltando 13 minutos para o final e só foram sair para a última tentativa com 7 minutos e 15 segundos para terminar a classificação, mas apenas faltando 2 minuto e 40 segundo para o final é que os Pilotos foram para a volta mesmo.

Quem se deu melhor nessa foi o Japonês Noburaru Matsushita que fez 1:54.555 superando a Nick de Vries da ART Grand Prix e Luca Ghiotto da Uni e conquistando a pole position para a corrida de Sábado. De Vries divide a primeira fila com o piloto da Carlin. Na Segunda fila largam Luca Ghiotto e Sergio Sette Camara e na terceira fila largam o Inglês Jordan King da MP Motorsport e o Alemão Mick Schumacher da Prema.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeTempoVoltas
12Nobuharu Matsushita Carlin 1:54.55510
24Nick de Vries ART Grand Prix 1:54.99911
38Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing 1:55.03710
45Sergio Sette Câmara DAMS 1:55.67712
516Jordan King MP Motorsport 1:55.70410
69Mick Schumacher PREMA Racing 1:55.79710
76Nicholas Latifi DAMS 1:55.83512
815Jack Aitken Campos Racing 1:55.94910
919Anthoine Hubert BWT Arden 1:56.13811
1021Ralph Boschung Trident 1:56.15311
1111Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz 1:56.21510
121Louis Delétraz Carlin 1:56.32610
137Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing 1:56.45410
1420Giuliano Alesi Trident 1:56.55511
153Nikita Mazepin ART Grand Prix 1:56.56812
1614Dorian Boccolacci Campos Racing 1:56.65310
1712Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz 1:56.93610
1818Tatiana Calderón BWT Arden 1:58.16411
1917Mahaveer Raghunathan MP Motorsport 2:00.74711
2010Sean Gelael PREMA Racing Sem Tempo1

No dia de Sábado, de Manhã tivemos a corrida principal da Formula 2 em Baku. A primeira corrida teve sua largada com algumas confusões. De Vries superou Matsushita e assumiu a liderança, Schumacher foi com tudo para ganhar posições e acabou exagerando na curva e levou Luca Ghiotto a perder muito tempo e muitas posições.

Para a Trident a largada foi um desastre, Giuliano Alesi parou com problemas mecânicos na pista e Ralph Boschung acabou tendo problemas metros depois de largar do pitlane e acabou parando na saída dos boxes. Safety Car na pista. Quem largou muito bem foi Jack Aitken que subiu do 8º para o 3ºlugar, A Frente de Lafiti e de Sette Camara e atrás de de Vries e de Matsushita.

Na terceira volta a corrida recomeça, De Vries começa a disparar na frente enquanto que Latifi por muito pouco não conseguiu recuperar o 3ºlugar do piloto da Campos Racing. Ghiotto vinha em 10ºlugar, tentando recuperar posições.

Os 5 primeiros colocados estavam muito na frente, Quem seguravam o segundo pelotão no 6ºlugar era o Francês Anthonie Hubert segurando a Mick Schumacher e os demais pilotos, Incluindo a Luca Ghiotto que passou o russo Mazepin e assumindo o 9ºlugar.

No final da 5ªVolta, Matsushita ficou bem lento na pista. O Japonês foi para os boxes e acabou se atrasando demais para voltar à prova. Com isso, Aitken já estava na segunda posição, Com Latifi em 3º e Sette Camara em 4º, Mas estavam longe do de Vries que já abria uns 5 segundos de vantagem para os demais.

No Final da 6ªVolta: De Vries, Aitken, Latifi, Hubert, Schumacher e Ghiotto foram para a parada obrigatória. Nessa parada a ART Grand Prix não fez um bom trabalho com o líder da prova,  Resultado disso foi que os 5 segundos que ele tinha sobre Aitken foram para o Espaço.

O Piloto inglês foi para cima de De Vries e acabou conquistando a suposta liderança da prova. Na Volta seguinte parou o Brasileiro Sergio Sette Camara. Enquanto isso Nicholas Latifi também supera De Vries ganhando o 3ºlugar, O piloto da ART Grand Prix não parecia ter se adaptado aos pneus médios. O Líder era a Colombiana Tatiana Calderón da Arden, Ela não tinha feito a parada nos boxes.

No final da 8ªVolta, Mick Schumacher roda no começo da grande reta e abandona a prova. O Safety Car virtual foi acionado durante 1 volta e meia para a retirada do carro do piloto da Prema. Depois disso a corrida foi reiniciada, Calderón com os pneus gastos foi presa fácil para Aitken, Latifi e Nick de Vries.

Nick de Vries usou a asa móvel superando Nicholas Lafiti, voltando ao segundo lugar. Mais atrás, Anthonie Hubert e Dorian Boccolacci por pouco não se tocaram. A disputa do Grupo Intermediário estava com Ghiotto e Boccolacci liderando esse grupo com Hubert e King disputando o 8ºlugar. A Frente deles estava Tatiana Calderón em 4º e Sergio Sette Camara em 5ºlugar, bem longe dos 3 primeiros colocados.

Na 14ªVolta na curva 5, Jordan King passou Hubert e ganhou o 8ºlugar. No final da volta seguinte, Sette Câmara finalmente conseguiu superar Calderón. A Colombiana estava em outra tática, para colocar os pneus macios no final para voar na pista e ganhar posições.

King graças a um erro de Boccolatti assumiu o 7ºlugar. Na volta 17, Hubert passou o piloto Italiano da Campos e subiu para o 8ºlugar. Mais atrás, o Chinês Guanyu Zhou bateu ao tentar superar o Norte-americano Juan Manuel Correa. Com a batida o Safety Car entrou na pista.

Na 18ªVolta, Quando estava a caminho dos Boxes a Colombiana Tatiana Calderón teve problemas mecânicos e acabou deixando uma prova que ela tinha grandes chances de um bom resultado.

Se pensa que a lista de confusões acabou? Enganou-se totalmente. Quando a prova estava prestes a recomeçar na 21ªvolta, O Italiano Luca Ghiotto toca em Sergio Sette Camara e tira o piloto brasileiro da corrida. O piloto da Uni foi para os boxes para trocar o bico do seu carro e troca de pneus. Já Louis Deletraz acabou também se prejudicando nessa confusão. Ao tocar em Dorian Boccolatti ele acabou batendo no muro e acabou deixando a corrida.

Com tudo isso, A Corrida passou a contar por tempo e não por número de voltas. A Relargada aconteceu faltando 3 minutos e 30 segundos. Lá atrás, Anthoine Hubert acabou passando reto na primeira curva e perdeu várias posições. Quem surpreendeu foi Jordan King da MP Motorsport que superou Latifi assumindo o 3ºlugar.

Quem vinha em grande recuperação nos minutos finais era Luca Ghiotto que superou na reta final da prova o Norte-Americano Juan Manuel Correa da Charouz e do Indonésio Sean Gelael subindo para o 6ºlugar.

Depois de 1 hora de prova, Jack Aitken conquistou a vitória na primeira corrida do final de semana. O Piloto da Campos largou do 8ºlugar para a vitória em uma grande corrida. Nick de Vries ficou em 2ºlugar com o carro da ART Grand Prix e Jordan King levou a MP Motorsport para o pódio em 3ºlugar.

Nicholas Latifi se aproveitou dos erros dos outros candidatos ao título e acabou a corrida em 4ºlugar e aumentar a sua vantagem na liderança do campeonato. Dorian Boccolacci com o outro carro da Campos ficou em 5ºlugar.

Luca Ghiotto que chegou ao final da prova em 6ºlugar foi Punido em 5 segundos acrescentados no tempo final de corrida dele. Com isso, O piloto da Uni acabou a 1ªprova do final de semana em 9ºlugar. Sean Gelael da Prema, Juan Manuel Correa da Chaoruz e o Russo Nikita Mazepin foram beneficiados e acabaram em 6º, 7º e 8ºlugares. Hubert completou a zona de pontuação.

Resultado da corrida 1
GP do Azerbaijão

posPilotoEquipeVoltasTempoVolta mais RápidaVolta
115Jack Aitken Campos Racing 261:02:27.6281:56.96125
24Nick de Vries ART Grand Prix 26a 2.2211:57.44925
316Jordan King MP Motorsport 26a 4.1341:57.61625
46Nicholas Latifi DAMS 26a 4.6041:57.33126
514Dorian Boccolacci Campos Racing 26a 9.4991:58.87912
610Sean Gelael PREMA Racing 26a 12.3131:59.06414
712Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz 26a 13.1541:58.96426
83Nikita Mazepin ART Grand Prix 26a 13.6761:58.64726
98Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing 26a 9.6131:57.48926
1019Anthoine Hubert BWT Arden 26a 18.2001:58.28926
1117Mahaveer Raghunathan MP Motorsport 26a 29.7982:03.94612
1221Ralph Boschung Trident 26a 1:00.5071:58.82726
132Nobuharu Matsushita Carlin 25a 1 Volta1:56.77825
x5Sergio Sette Câmara DAMS 19Acidente1:58.49014
x1Louis Delétraz Carlin 19Acidente1:59.14213
x11Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz 18Mecânico1:58.27714
x18Tatiana Calderón BWT Arden 16Mecânico2:00.84315
x7Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing 16Acidente2:01.01915
x9Mick Schumacher PREMA Racing 7Rodada2:01.2804
x20Giuliano Alesi Trident 0Mecânicoxx

Etapa de Domigo antes da prova da Formula 1, Com a pole position da corrida 2 sendo do Russo Nikita Mazepin e o Norte-Americano Juan Manuel Correa ao seu lado. Depois vinham Gelael, Boccolacci, Latifi, King, De Vries e Jack Aitken. Luca Ghiotto e Anthoine completam os 10 primeiros do Grid.

Na largada, Sean Gelael levou a melhor e assume a liderança, Com Correa em 2º, Latifi em 3º e Mazepin caindo de 1º para o 4ºlugar. No final da curva 2, Tatiana Calderón, Louis Deletraz e Ralph Boschung acabaram passando reto. Isso provocou o Safety Car entrar na pista.

Na relargada, Na terceira volta. Lafiti foi para cima de Juan Manuel Correa, O Canadense sentia que poderia vencer a prova e acabou superando o piloto da Chaoruz para ganhar o 2ºlugar. Gelael abriu 2 segundos de vantagem na liderança. Porém Latifi tinha mais equipamento e braço que o piloto Indonésio para alcançar a liderança. Jack  Aitken estava em 4ºlugar, Seguido de Nick de Vries, Dorian Boccolacci, Luca Ghiotto e Jordan King.

Na Sexta Volta, Nicholas Latifi alcançou a liderança ao superar Sean Gelael. Na Volta seguinte, Gelael perdeu posições para Correa, Aitken, Ghiotto e De Vries. Latifi abria diferença para a concorrência. Na 9ªVolta, Ao tentar passar o Chinês Guanyu Zhou o Francês Giuliano Alesi bateu no muro, O Safety Car entrou na pista pela segunda vez, Durando longas 4 voltas.

Relargada na 13ªVolta, Correa joga com tudo para ganhar a liderança novamente. Apesar dele ter passado do ponto, ele manteve o segundo lugar. Na Curva seguinte, Luca Ghiotto acabou indo para o muro, Seguido de King e Mazepin. Anthoine Hubert conseguiu passar reto e ainda voltou a prova. O Safety Car teve de voltar a pista. A prova passou a ser contado pelo tempo restando 10 minutos. Antes disso, Nick de Vries superou Jack Aitken ganhando o 3ºlugar.

A Bandeira amarela demorou demais, E só deu a chance para ter mais duas voltas. A Corrida recomeçou. De Vries foi para cima de Correa, Mas foi Aitken que acabou passando o Holandês e recuperou a 3ªposição.

Nicholas Latifi conquistou a vitória na segunda prova do GP do Azerbaijão. Com 2 vitórias em 2 corridas o Canadense tem a liderança do campeonato com  62 pontos contra 43 pontos de Jack Aitken que ficou em 3ºlugar em um excelente final de Semana do piloto da Campos. Entre eles, O Norte-Americano Juan Manuel Correa acabou em 2ºlugar levando a Chaoruz ao primeiro pódio do ano.

Nick de Vries acabou em 4ºlugar. Na volta final Mick Schumacher, Sergio Sette Camara e Dorian Boccolacci ultrapassaram Sean Gelael que teve que lutar até os últimos metros para ficar com o 8ºlugar, a apenas 5 milésimos a frente do Inglês Callum Ilott.

Nos dias 11 e 12 de Maio teremos a 3ªRodada Dupla da Formula 2, No circuito de Catalunha na Espanha fazendo parte da programação da Formula 1 e da Formula 3 que faz sua abertura nessa etapa.

Resultado da corrida 2
GP do Azerbaijão

posPilotoEquipeVoltasTempoVolta mais RápidaVolta
16Nicholas Latifi DAMS 1948:43.2841:57.9495
212Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz 19a 0.9611:58.30619
315Jack Aitken Campos Racing 19a 1.5211:58.13719
44Nick de Vries ART Grand Prix 19a 2.6021:58.1145
59Mick Schumacher PREMA Racing 19a 3.2471:57.94519
65Sergio Sette Câmara DAMS 19a 4.0601:57.94119
714Dorian Boccolacci Campos Racing 19a 6.5031:58.9184
810Sean Gelael PREMA Racing 19a 7.7241:58.6455
911Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz 19a 7.7291:59.4436
107Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing 19a 9.2931:59.4316
1119Anthoine Hubert BWT Arden 19a 11.0741:58.9706
122Nobuharu Matsushita Carlin 19 a 11.2351:58.33619
1317Mahaveer Raghunathan MP Motorsport 19a 17.5842:02.4808
x3Nikita Mazepin ART Grand Prix 12Acidente1:58.9327
x8Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing 12Acidente1:57.7576
x16Jordan King MP Motorsport 12Acidente1:58.4466
x20Giuliano Alesi Trident 8Acidente1:59.4905
x18Tatiana Calderón BWT Arden 0AcidenteXX
x21Ralph Boschung Trident 0AcidenteXX
x1Louis Delétraz Carlin 0AcidenteXX

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formula 2

GP2 Series – 1ªEtapa – GP do Bahrein 2015

Grid de Largada:

1 Stoffel Vandoorne (ART Grand Prix) 1’39.237
2 Nobuharu Matsushita (ART Grand Prix) 1’39.545
3 Alex Lynn (DAMS) 1’39.599
4 Arthur Pic (Campos Racing) 1’39.630
5 Raffaele Marciello (Trident) 1’39.645
6 Jordan King (Racing Engineering) 1’39.770
7 Norman Nato (Arden International) 1’39.857
8 Alexander Rossi (Racing Engineering) 1’39.872
9 Pierre Gasly (DAMS) 1’39.877
10 Sergey Sirotkin (Rapax) 1’39.887
11 Artem Markelov (RUSSIAN TIME) 1’39.955
12 Rio Haryanto (Campos Racing) 1’39.961
13 Mitchell Evans (RUSSIAN TIME) 1’39.999
14 Robert Visoiu (Rapax) 1’40.128
15 Richie Stanaway (Status Grand Prix) 1’40.251
16 Julián Leal (Carlin) 1’40.353
17 Sergio Canamasas (MP Motorsport) 1’40.434
18 Marco Sørensen (Carlin) 1’40.444
19 André Negrão (Arden International) 1’40.634
20 Daniël de Jong (MP Motorsport) 1’40.653
21 Nathanaël Berthon (Lazarus) 1’40.654
22 Rene Binder (Trident) 1’40.773
23 Marlon Stöckinger (Status Grand Prix) 1’40.995
24 Zoel Amberg (Lazarus) 1’41.690

No Bahrein no Circuito de Sahkir foi realizada a primeira etapa da GP2 Series, Com a novidade agora da Asa Movel introduzida nos carros Dallara da categoria. A disputa pelo título deve estar entre Stoffen Vandroome, Mitch Evans, Alexander Rossi e Raffaele Marciello, Mas sempre podendo ter algum piloto que Seja a supresa desse campeonato, Nos Treinos oficiais Stoffen Vandroome conquistou a pole position com muita tranquilidade em cima dos seus outros adversários, Em 2ºlugar teria seu companheiro de equipe o Japonês Nobuharu Matsushita. Alex Lynn campeão da GP3 Series em 2014 larga em 3ºlugar com a melhor equipe do campeonato ultimamente a DAMS. O Único piloto brasileiro que esta no grid era André Negrão que correria pela Arden International e sairia de uma difícil 19ªposição.

Na Largada largou bem o Belga Vandoorne mantendo a liderança da corrida, Ao contraio do seu companheiro de equipe o Japonês Nobuharu Matsushita acabou nem largando direito e caindo lá para o meio do pelotão, Alex Lynn que estreia na GP2 na equipe DAMS assumiu a segunda posição. Quem se deu bem na largada foram Norman Nato que pulou de 7º para o 3ºlugar e de Pierre Gasly que saiu do 9º para o 5ºlugar, O piloto Francês da Arden não tinha rendimento para segurar o terceiro lugar e começou a ser pressionado por Raffaele Marciello da Trident, Como o Francês estava segurando a posição se aproveitou o Francês Arthur Pic que passou ambos e assumiu o 3ºlugar.

A Disputa entre Nato e Marciello durou até a Quinta Volta quando Marciello tentou passar Nato que acabou perdendo a freada e e tocando em Arthur Pic e Marciello também tentou passar aonde ainda não era a Hora e foi envolvido e Pierre Gasly que não tinha a ver em nada com isso acabou quebrando o bico do seu carro se chocando com Pic que também não teve culpa nessa história toda.

Com o engavetamento de 4 carros o Safety Car entrou na pista para que todos os carros nesse acidente fossem retirados, Gasly, Nato e Pic abandonaram a corrida, Marciello conseguiu ir aos boxes, mas abandonou a corrida na volta seguinte, Marco Sorensen acabou com problemas de suspensão abandonou a corrida também. A Partir dai um grupo que começou com o Inglês Alex Lynn e que entre eles tinha o brasileiro André Negrão foram para a parada obrigatória imediatamente. Stefan Vandromme, Rio Haryanto, Nobuharu Matsushita, Rosbert Visoiu, Artem Markelov e mais alguns não fizeram essa opção de ir aos boxes. Depois 4 voltas inteiras com Safety Car acabou saindo da pista após ótimo trabalho dos fiscais de pista que tiraram os carros de forma bastante rápida, Na Relargada Vandoorne continuou na ponta da corrida com Haryanto em 2º e os demais que não fizeram a parada no Safety Car.

O Norte-Americano Alexander Rossi com a Racing Engineering conseguiu fazer os pneus renderem e foi fazendo várias ultrapassagens ao contraio do Inglês Alex Lynn que não conseguiu fazer os pneus renderem e foi ficando para trás. La na Frente Vandroorne e Haryanto conseguiram abrir uma boa diferença do pelotão.

Faltando umas 14 voltas os pilotos que não foram para os boxes no Safety Car na pista começaram a parar nos boxes, A 10 voltas do final o Líder Vandoorne foi para os boxes e acabou indo para trás assim como Haryanto, Visolu e Matsushita. Mas Vandroome com muito mais pneu do que o pelotão com pneus desgastados, Restando 3 voltas para o final o piloto Belga que é protegido pela Mclaren foi para cima do Líder Alexander Rossi que não teve chances de se defender, Com pneus novos Vandroome assumiu a liderança da corrida, No final da prova os pilotos que tinham trocado os pneus na reta final da corrida estavam subindo.

Vandroome venceu a corrida com Rio Haryanto em 2ºlugar conquistado na última curva em cima de Alexander Rossi que conseguiu o 3ºlugar completando o pódio. Jordan King com o outro carro da Racing Engineering e piloto reserva da Manor por ser filho de um dos donos da equipe ficou em 4ºlugar, Robert Visoiu em bela Estreia chegou em 5ºlugar, Mitch Evans com a Russian Time ficou em 6º, Berthon, Leal e Negrão fizeram belas corridas de recuperação terminando a corrida nos pontos em 7º, 8º e 9ºlugares respectivamente com o piloto da Colômbia da equipe Carlin sendo o pole no dia seguinte e completando a zona de pontuação o Japonês Nobuharu Matsushita que conseguiu fazer uma boa corrida de recuperação em sua estreia após a desastrosa largada que ele teve.

Resultado da primeira etapa da GP2 Series – temporada 2015

1 Stoffel Vandoorne (ART Grand Prix) 1:01:23.306 em 32 Voltas
2 Rio Haryanto (Campos Racing) 5.056
3 Alexander Rossi (Racing Engineering) 5.497
4 Jordan King (Racing Engineering) 12.322
5 Robert Visoiu (Rapax) 20.048
6 Mitchell Evans (RUSSIAN TIME) 25.543
7 Nathanaël Berthon (Lazarus) 27.729
8 Julián Leal (Carlin) 28.463
9 André Negrão (Arden International) 29.502
10 Nobuharu Matsushita (ART Grand Prix) 29.664
11 Marlon Stöckinger (Status Grand Prix) 36.875
12 Sergey Sirotkin (Rapax) 38.516
13 Artem Markelov (RUSSIAN TIME) 41.021
14 Sergio Canamasas (MP Motorsport) 41.391
15 Richie Stanaway (Status Grand Prix) 43.375
16 Zoel Amberg (Lazarus) 44.062
17 Rene Binder (Trident) 44.682
18 Daniël de Jong (MP Motorsport) 48.421
19 Alex Lynn (DAMS) 1:05.572

Não Completaram a corrida:

Raffaele Marciello (Trident) a 27 Voltas
Norman Nato (Arden International) a 28 Voltas
Arthur Pic (Campos Racing) a 28 Voltas
Pierre Gasly (DAMS) a 28 Voltas
Marco Sørensen (Carlin) a 28 Voltas

Na segunda corrida realizada no domingo, a prova curva de 23 voltas teve como pole o piloto Julian Leal da Colômbia com o Nathanaël Berthon da Lazarus em segundo lugar, Evans, Visolu, King, Rossi, Haryanto e Vandroome completavam os 8 primeiros colocados, André Negrão largou em 9ºlugar.

Na largada Leal manteve a liderança da prova com Evans em segundo e Haryanto em 3º. O Colombiano da Equipe Carlin liderou as primeiras voltas da corrida, Mas perdeu desempenho e Rio Haryanto após passar Evans ele passou também a Leal e assumiu a liderança da prova e dai foi abriu diferença enquanto Leal arrastou-se pela pista e Evans tentou atacar de todo o jeito mas acabou não conseguindo passar Leal e ainda mais tomou do Visolu e acabou furando um pneu e com isso teve de ir aos boxes e com isso sua corrida ficou totalmente comprometida. Antes disso Sergio Caramasas acabou tocando em Jordan King prejudicando o desempenho do piloto Inglês, Caramasas deixou a corrida após esse incidente o que é normal para um piloto do calibre dele (de falta de talento e desastroso)

A ART Grand Prix teve seus dois pilotos andando muito bem, primeiro foi o Japonês Nobuharu Matsushita que passou Visolu que começou a também ficar lento e assumiu o segundo lugar e ficou por lá por algumas voltas, Mas na parte final da corrida Matsushita perdeu rendimento e acabou caindo para trás e perdendo posições para Vandoone, Rossi, Leal e Berthon, Enquanto isso Berthon acabou subindo o seu desempenho e conseguiu passar Matsushita, Leal e Rossi e conseguiu o 3ºlugar completando o pódio.

Vandroome foi para cima de Haryanto, Mas já não havia mais tempo e o piloto Indonésio da equipe Campos Racing conseguiu sua primeira vitória no campeonato após uma grande exibição com Stoffen Vandroome em 2ºlugar saiu do Bahrein como o Líder do campeonato.

André Negrão mesmo com um motor fraco ele conseguiu se segurar em 8ºlugar o que deixou o piloto da Arden com 3 pontos no campeonato. A próxima corrida foi em Barcelona na Espanha nos dias 9 e 10 de Maio.

Resultado da segunda etapa da GP2 Series – temporada 2015

1 Rio Haryanto (Campos Racing) 41:35.490 em 23 Voltas
2 Stoffel Vandoorne (ART Grand Prix) 3.004
3 Nathanaël Berthon (Lazarus) 5.639
4 Alexander Rossi (Racing Engineering) 6.258
5 Julián Leal (Carlin) 13.945
6 Nobuharu Matsushita (ART Grand Prix) 15.923
7 Robert Visoiu (Rapax) 19.794
8 André Negrão (Arden International) 20.159
9 Jordan King (Racing Engineering) 21.101
10 Arthur Pic (Campos Racing) 25.690
11 Richie Stanaway (Status Grand Prix) 32.040
12 Artem Markelov (RUSSIAN TIME) 33.200
13 Daniël de Jong (MP Motorsport) 34.335
14 Sergey Sirotkin (Rapax) 34.361
15 Alex Lynn (DAMS) 35.050
16 Norman Nato (Arden International) 39.501
17 Mitchell Evans (RUSSIAN TIME) 39.536
18 Zoel Amberg (Lazarus) 41.084
19 Marlon Stöckinger (Status Grand Prix) 43.390
20 Raffaele Marciello (Trident) 47.545
21 Marco Sørensen (Carlin) 49.715
22 Pierre Gasly (DAMS) 56.504

Não Completaram a corrida:

Sergio Canamasas (MP Motorsport) a 19 Voltas
Rene Binder (Trident) a 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: GP2 Series