Nick de Vries é o campeão da Formula 2 – Com ótima atuação em Sochi e vitória na corrida de Sábado

Nick de Vries aproveitou a chance de matar o campeonato e conquistou a pole na Sexta-Feira e conquistou a vitória no Sábado e Garantiu o título da Formula 2. O piloto Holandês que não tem vaga na Formula 1 em 2020, Vai correr pela equipe Mercedes na Formula E. Dominou a maior parte do campeonato, De Vries foi o campeão de Maneira merecida. Já sem pressão, De Vries ficou em 2ºlugar na corrida do Domingo, Que teve a vitória de Luca Ghiotto.

Treino de Classificação

A Classificação da Penúltima etapa da Formula 2, Realizada depois dos treinos livres da Formula 1, na Sexta. O Campeonato poderia ter a sua resolução definida a favor de Nick de Vries. Muito na frente de Nicholas Latifi na classificação deveria terminar o final de semana com 49 pontos de frente para o Canadense para ser o campeão do Mundo.

Na Charouz, O Russo Matevos Isaakyan entrou no lugar de Juan Manuel Correa, Ainda acidentado desde do Trágico GP da Bélgica. Na Arden, Artem Markelov com o carro 22 vai correr as 2 últimas corridas do campeonato no Lugar do Falecido Anthonie Hubert. Na Trident, volta o Suíço Ralph Bosching, Impedido de correr por que um dos carros da equipe ficaram na Bélgica para fazer a perícia do acidente.

Após a entrada dos pilotos na pista, Com 2 voltas de aquecimento, O brasileiro Sérgio Sette Câmara foi o primeiro a marcar um tempo rápido. Sua boa volta de 1:48.535 acabou só sendo superado pelo Holandês Nick de Vries, Com 1:48.115 acabou assumindo a liderança. 20 segundos depois, Nicholas Latifi supera o Holandês, Com 1:48.060. O Inglês Callum Ilott fez um belíssimo 3ºtempo.

Dos 20 pilotos, Apenas Jack Aitken não tinha feito uma volta rápida. Os 10 primeiros colocados eram: Latifi, De Vries, Ilott, Sette Câmara, Mazepin, Ghiotto, Deletraz, Zhou, Gelael e King.

Após uma volta dos pilotos andando mais lentamente (Esfriando os pneus), Os pilotos partiram para uma nova volta. Sette Câmara não conseguiu melhorar sua volta e acabou sendo superado pelo Russo Nikita Mazepin. O Estreante vinha correndo em casa, na sua temporada de estreia, Passando para o 4ºlugar. Luca Ghiotto subiu do 6º para o 3ºlugar. Nicholas Latifi fez grande volta e foi o primeiro a fazer tempo na casa do 1 minuto e 47 segundos. Com 1:47.966, Ele aumenta sua vantagem para Nick De Vries. O último a fazer uma volta rápida, Jack Aitken acabou fazendo o 6ºtempo.

A 14 minutos do final, Nobuharu Matsushita fez uma bela volta e subiu para o 6ºlugar. A 13 minutos do final, A Classificação era: Latifi, de Vries, Ghiotto, Ilott, Mazepin, Matsushita, Aitken, Sette Câmara, Zhou e Delétraz.

A 10 minutos do final, Todo mundo vai para a pista. Para a definição do grid de largada. Após as 2 voltas de aquecimento, Os pilotos  foram para as últimas voltas rápidas da classificação. Nick de Vries queria a pole, queria decidir o campeonato de uma vez por todas, A 3 minutos e 50 segundos do final, O piloto da ART Grand Prix marcou 1:47.440 e tomou a liderança. Louis Delétraz fez uma bela volta e subiu para a terceira posição.

Latifi tentou recuperar a volta, Mas ele acabou não indo bem e se quer conseguiu melhorar seu tempo. Callum Ilott e Luca Ghiotto melhoraram seus tempos para o 3º e 4ºlugares, O Chinês Gwanyu Zhou subiu para o 5ºlugar, Os três superaram Sette Câmara. Na volta final, ninguém conseguiu melhorar a marca de Nick de Vries, que garantiu mais uma pole position, Com mais 4 pontos no campeonato, ele se aproximava do título de Campeão da Formula 2.

Nicholas Latifi larga em 2ºlugar fechando a primeira fila. Na segunda fila, largam Callum Ilott da Charouz e Luca Ghiotto da Uni Virtuosi. Na terceira fila largam: Gwanyu Zhou e Sérgio Sette Câmara. Louis Delétraz da Carlin, Nikita Mazepin da ART Grand Prix. O piloto da Casa larga em uma boa 8ªposição. Jordan King da MP Motorsport e Nobuharu Matsushita da Carlin completou os 10 primeiros colocados.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeTempo
14Nyck de VriesART Grand Prix1:47.440
26Nicholas LatifiDAMS1:47.700
311Callum IlottSauber Junior Team by Charouz1:47.737
48Luca GhiottoUNI-Virtuosi1:47.767
57Guanyu ZhouUNI-Virtuosi1:47.843
65Sérgio Sette CâmaraDAMS1:48.031
71Louis DelétrazCarlin1:48.188
83Nikita MazepinART Grand Prix1:48.226
916Jordan KingMP Motorsport1:48.320
102Nobuharu MatsushitaCarlin1:48.396
119Mick SchumacherPrema Racing1:48.444
1215Jack AitkenCampos Racing1:48.477
1310Sean GelaelPrema Racing1:48.567
1420Giuliano AlesiTrident1:48.850
1521Ralph BoschungTrident1:48.880
1622Artem MarkelovBWT Arden1:49.244
1712Matevos IsaakyanSauber Junior Team by Charouz1:49.497
1818Tatiana CalderónBWT Arden1:50.255
1914Marino SatoCampos Racing1:50.311
2017Mahaveer RaghunathanMP Motorsport1:51.949

Na primeira corrida do final de semana, De Vries tinha sua primeira chance de matar o campeonato a favor dele. Na largada, O Holandês começou muito bem e manteve a liderança, Seguido de  Latifi e Ilott nas 3 primeiras posições. Na metade da primeira volta, O Russo Artem Markelov acabou parando seu carro na parte da área de Escape. Foi o suficiente para que se desse um Safety Car virtual em toda a pista.

Após a retirada do carro do piloto da Arden, A Corrida recomeçou. Zhou foi para cima de Luca Ghiotto, Porém o Chinês seria investigado por levar vantagem na chicane, assim como o Giuliano Alesi. Ambos foram punidos em 5 segundos. Alguns pilotos como Callum Ilott e Sergio Sette Câmara sentiram muito o desgaste dos pneus macios. Quem se deu bem, foi Luca Ghiotto que assumiu a liderança após superar Nick de Vries, Latifi também sofria pressão de Schumacher e de Mazepin, que estavam com os pneus mais preservados.

Ao final da 6ªVolta, Nick de Vries foi para os boxes, Assim como Latifi, Zhou, Delétraz, Ilott, Sette Câmara, Aitken, Gelael e Isaakyan. Ghiotto fica na liderança, A 5 segundos da Briga entre Mazepin e Schumacher, que disputavam o 2ºlugar. O Alemão chegou a superar o Russo, que deu o troco pouco depois. Nick de Vries vinha a 32 segundos de Ghiotto e vinha fazendo a melhor volta da prova após a 8ªVolta. Latifi vinha a 2.7 segundos atrás do piloto Holandês. O Resto já vinha bem mais atrás.

Lá na frente, Mazepin vinha fazendo uma ótima corrida, no segundo lugar. Com Schumacher, Matsushita e um pouco mais atrás, Jordan King, em 5ºlugar. Alesi e Boschung vinha andando com os carros da Trident em 6º e 7ºlugares.

Na 11ªVolta, Nick de Vries chegou em Marino Sato e acabou conseguindo a ultrapassagem no final dessa volta, Subindo para o 8ºlugar. Na 14ªVolta, Schumacher acaba fritando os pneus e perdendo o 3ºlugar para Nobuharu Matsushita, Logo, O Filho de Michael Schumacher iria ser o alvo de Jordan King, que vinha a partir da 15ªVolta chegando no piloto da Prema.

No final da volta seguinte, O Japonês passa do ponto da Curva, Vai para a parte de fora da pista e deixa Schumacher com esperanças de reaver a posição.

Duas voltas depois, O motor de Schumacher fumou e o piloto Alemão acabou perdendo rendimento, No final da volta seguinte, Mick foi para os boxes e abandonou a prova. Na volta seguinte, Mazepin foi superado pelo Japonês Nobuharu Matsushita e assume o segundo lugar. Enquanto que Nick De Vries chegava em Ralph Boschung para superar o piloto suíço sem dificuldades e levar o 7ºlugar.

Jordan King foi para os boxes na 21ªVolta, Era o primeiro dos que não tinham parado nas primeiras voltas. Nicholas Latifi teve problemas para passar Boschung e começou a ser pressionado pelo Louis Delétraz. Se o Canadense não estava acertando na ultrapassagem sobre os pilotos mais lentos, O líder do campeonato, Nick de Vries não tinha esse problema e conseguiu passar Giuliano Alesi facilmente na 22ªVolta. Quando o piloto Francês foi para os boxes no final da mesma volta. O Filho de Jean Alesi voltou em 13ºlugar. Matsushita parou na 24ªVolta.

Ghiotto, Com 26 segundos de frente para Nick de Vries, levou a hora da parada até o final da 24ªVolta, O piloto da Uni Virtuosi acabou indo para a parada e apesar da troca rápida, Acabou fazendo com que De Vries voltasse a liderança, Com Latifi em 2º e Delétraz em 3ºlugar.

Ghiotto voltou na 4ªposição e logo partiu para cima de Delétraz. Com os pneus mais novos, O suíço não foi páreo para o piloto da Uni Virtuosi, que passou para o 3ºlugar. Parecia que o pódio estava definido. Porém, Delétraz arriscou tudo e conseguiu retornar a posição de pódio, Superando a Luca Ghiotto.

Nick de Vries levou o seu carro até a bandeirada de chegada e conquistou a vitória. Não só isso, O piloto Holandês confirmou o título de Campeão da Formula 2 em 2019. Em uma brilhante temporada do piloto da ART Grand Prix, Que não deixou dúvidas de que foi o melhor piloto da temporada de 2019.

Nicholas Latifi que via seu vice-campeonato ficar ameaçado, fez boa corrida e acabou em 2ºlugar. Porém, não conseguiu evitar a decisão do campeonato a favor de Nick de Vries. O pódio acabou ficando com Louis Delétraz, Em uma corrida brilhante do piloto da Carlin, ele superou o Italiano Luca Ghiotto, que não obteve vantagem nenhuma com a parada tardia, no final da prova.

Sérgio Sette Câmara fez uma corrida discreta, Mas ainda assim conseguiu levar o seu carro da DAMS a 5ªposição, Bem a frente do Japonês Nobuharu Matsushita da Carlin. Jack Aitken superou Nikita Mazepin na volta final e acabou a prova do Sábado em 7ºlugar. Já Mazepin teria o privilégio de ser o pole position da prova de domingo. Callum Ilott e Guanyu Zhou completaram a zona de pontuação no Sábado.

Resultado Final da 21ªcorrida da Formula 2

posPilotoEquipeVoltasTempoMelhor VoltaNa Volta
14Nyck de VriesART Grand Prix2854:12.0871:52.17425
26Nicholas LatifiDAMS28a 4.9181:52.06923
31Louis DelétrazCarlin28a 5.9951:51.84424
48Luca GhiottoUNI-Virtuosi28a 7.6071:51.10426
55Sérgio Sette CâmaraDAMS28a 11.3781:51.62026
62Nobuharu MatsushitaCarlin28a 20.3641:51.18525
715Jack AitkenCampos Racing28a 27.4031:52.54824
83Nikita MazepinART Grand Prix28a 28.5721:52.31726
911Callum IlottSauber Junior Team by Charouz28a 32.3941:53.0409
107Guanyu ZhouUNI-Virtuosi28a 33.7561:52.75028
1110Sean GelaelPrema Racing28a 43.3651:53.45011
1216Jordan KingMP Motorsport28a 47.4931:52.10722
1320Giuliano AlesiTrident28a 48.6201:51.61224
1421Ralph BoschungTrident28a 59.0211:52.38024
1518Tatiana CalderónBWT Arden28+ 1:09.8841:53.35124
1614Marino SatoCampos Racing28+ 1:46.2181:54.53122
1717Mahaveer RaghunathanMP Motorsport27a 1 Volta1:54.50024
1812Matevos IsaakyanSauber Junior Team by Charouz27a 1 Volta1:53.23612
x9Mick SchumacherPrema Racing19a 9 voltas1:53.37316
x22Artem MarkelovBWT Arden0a 28 Voltasxx

Grid de Largada da 22ªCorrida da Formula 2

posPilotoEquipe
13Nikita MazepinART Grand Prix
215Jack AitkenCampos Racing
32Nobuharu MatsushitaCarlin
45Sérgio Sette CâmaraDAMS
58Luca GhiottoUNI-Virtuosi
61Louis DelétrazCarlin
76Nicholas LatifiDAMS
84Nyck de VriesART Grand Prix
911Callum IlottSauber Junior Team by Charouz
107Guanyu ZhouUNI-Virtuosi
1110Sean GelaelPrema Racing
1216Jordan KingMP Motorsport
1320Giuliano AlesiTrident
1421Ralph BoschungTrident
1518Tatiana CalderónBWT Arden
1614Marino SatoCampos Racing
1717Mahaveer RaghunathanMP Motorsport
1812Matevos IsaakyanSauber Junior Team by Charouz
199Mick SchumacherPrema Racing
2022Artem MarkelovBWT Arden

No domingo, Já com o campeão Definido, Tivemos a corrida curta do final de semana. Essa corrida curva foi mais curta que deveria ser, devido a um acidente nas primeiras curvas do circuito. Um acidente forte, Provocado por um piloto de ponta do Grid.

Mazepin que largou da pole position, Largou bem e assumiu a liderança, Com Aitken logo atrás, Mas ambos vazaram a chicane e passaram reto. Enquanto isso, Louis Delétraz acabou em uma manobra impensada rodou e por muito pouco o suíço não bateu na traseira de um dos pilotos da DAMS.

Quando Mazepin e Aitken voltaram para a pista, O piloto da Campos se precipitou e acabou tocando na roda do Russo. Resultado dessa lambança, Nobuharu Matsushita que liderava a classificação acabou atingido pelo carro do Russo (Já danificado) e vai para o muro de maneira preocupante. Mas o piloto Japonês não sofreu graves ferimentos, Foi para o Hospital para observação e depois, foi liberado. Tanto é que a corrida foi interrompida por mais de 45 minutos e a prova foi reduzida para apenas 15 voltas.

Após esse tempo, A corrida recomeça, Com vários pilotos tomando punição de Cinco segundos. Entre eles, O Brasileiro Sérgio Sette Câmara. Sendo que muitas dessas punições achei desnecessárias e injustas. Apenas a Punição de 10 segundos de Louis Delétraz foi justa e merecida, Até porque, Rodar do jeito que ele rodou? Demos sorte de não ter um acidente mais grave do que tivemos.

Na pista, Nick de Vries passou Ilott subindo para o 2ºlugar. Sette Câmara superou Latifi ganhando o 4ºlugar. O Holandês foi para cima de Luca Ghiotto, Querendo completar seu final de semana perfeito, com 2 vitórias e o campeonato no bolso.

Porém, Ghiotto percebeu isso e começou a abrir diferença para o campeão da temporada, Chegando a abrir 1.5 segundos. Enquanto que Ilott tinha se aproximado do piloto da ART Grand Prix. Um pouco mais atrás, Sette Câmara era seguido de perto por Latifi e Zhou, Disputa aonde o Brasileiro estava a desvantagem de 5 Segundos da punição que tomou depois da relargada.

Sena Gelael estava muito longe, em 7ºlugar, Mas estava também com uma boa vantagem para Markelov, que tentava sustentar o 8ºlugar. Porém, ele acabaria sendo superado pelo Giuliano Alesi.

A 4 voltas do final, Nick de Vries abriu fogo para cima de Ghiotto, que já vinha ficando mais lento e permitindo que Ilott, Sette Câmara, Latifi e Zhou chegassem neles a poucas voltas do final. Os 6 primeiros colocados vinham juntos na reta final de prova. De Vries tentou de tudo para superar Ghiotto, Mas o Italiano resistiu e levou a vitória na corrida curta do domingo.

O piloto da Uni Virtuosi venceu pela 3ª vez na temporada. Com Nick de Vries quase fazendo uma dupla vitória, Algo bem difícil de acontecer. O Holandês ficou em 2ºlugar. O pódio acabou ficando com Callum Ilott da Charouz.

Sérgio Sette Câmara acabou perdendo posições para Nicholas Latifi e Guanyu Zhou por causa da punição de 5 segundos, Caindo de 4º para o 6ºlugar. Sean Gelael chegou nos pontos, Ficando com o 7ºlugar e salvando o final de semana da Prema. Giuliano Alesi completou a zona de pontuação. Jordan King e Artem Markelov completavam os Top 10.

Se a disputa do campeonato esta definida, O vice-campeonato ainda esta aberto. Lafiti tem 10 pontos de frente para Luca Ghiotto, 29 pontos a frente de Sette Câmara e 35 pontos a frente de Aitken. A última prova do Campeonato acontece nos dias 30 de novembro e 1º de Dezembro, Em Abu Dhabi – Emirados Árabes Unidos.

Fotos:

Resultado Final da 22ªcorrida da Formula 2

posPilotoEquipeVoltasTempoMelhor VoltaNa Volta
18Luca GhiottoUNI-Virtuosi151:18:21.3291:52.3544
24Nyck de VriesART Grand Prix15a 0.7121:52.3815
311Callum IlottSauber Junior Team by Charouz15a 1.6721:52.5324
46Nicholas LatifiDAMS15a 3.3831:52.27212
57Guanyu ZhouUNI-Virtuosi15a 3.8201:52.33410
65Sérgio Sette CâmaraDAMS15a 7.3361:52.36012
710Sean GelaelPrema Racing15a 10.3431:53.05113
820Giuliano AlesiTrident15a 13.1081:52.92312
916Jordan KingMP Motorsport15a 14.8511:52.83415
1022Artem MarkelovBWT Arden15a 16.7691:52.82215
1115Jack AitkenCampos Racing15a 23.8981:53.07711
1221Ralph BoschungTrident15a 26.5581:53.0897
1312Matevos IsaakyanSauber Junior Team by Charouz15a 27.4141:53.06112
141Louis DelétrazCarlin15a 31.9331:52.34712
1514Marino SatoCampos Racing15a 36.4721:53.84912
1618Tatiana CalderónBWT Arden15a 43.0571:54.20110
1717Mahaveer RaghunathanMP Motorsport15a 1:01.5061:55.6329
x9Mick SchumacherPrema Racing7a 8 Voltas1:53.7334
x3Nikita MazepinART Grand Prix0a 15 Voltasxx
x2Nobuharu MatsushitaCarlin0a 15 Voltasxx

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formula 2

Marini conquista vitória e Bagnaia com o 3ºlugar conquista o título na Moto 2

Como era muito provável de acontecer acabou se concretizando. A Equipe de Valentino Rossi comemorou nessa madrugada o título de Francesco Bagnaia, Em uma temporada excelente do piloto Italiano e da própria equipe. Peppo só precisou chegar na 3ªposição para confirmar o campeonato.

A festa foi maior devido a primeira vitória da carreira de Luca Marini, Que liderou praticamente de ponta a ponta, Suportando a pressão de Miguel Oliveira.

Marini contou com a péssima largada de Alex Marquez para tomar a liderança, Fabio Quartararo conseguiu superar o piloto da Vr46, Mas passou muito do traçado e acabou perdendo muitas posições. Quem largou muito bem foi Miguel Oliveira que passou ao 2ºlugar e Bagnaia que subiu para o 3ºlugar. No final da volta, Bagnaia superou Oliveira e assumiu a segunda posição.

Mas Oliveira aproveitou o recuo de Bagnaia e toma a 2ªposição. Ele agora estava a 1 ultrapassagem da vitória e precisava que Gardner chegasse junto do líder do campeonato para tentar jogar ele pra fora do pódio. Porém, a Tech 3 não tinha rendimento para lutar por posição com a Kalex de Bagnaia e começou a ser pressionado pelo veterano Mattia Pasini da Italtrans. Alex Marquez estava em 8ºlugar e Fabio Quartararo disputando posições com os pilotos da Pons.

A Corrida de Gardner não duraria muito, Ele perdeu o 4ºlugar para Pasini e no final da 5ªVolta quando perdeu a posição para Alex Marquez acabou segundos depois caindo na curva 15.

Enquanto isso, Bagnaia e Oliveira não só disputam o segundo lugar, Mas também o destino do campeonato. Na 7ªVolta, O Português assumiu a segunda posição e partiu para cima de Luca Marini. Já Bagnaia via por perto o piloto da Italtrans Mattia Pasini, que não tinha nada a perder. Alex Marquez vinha em 5º com Baldassarri, Quartararo, Fernandez, Binder e Schrotter nas 10 primeiras posições.

Marini começava a sentir o rival do seu companheiro de equipe na sua cola. Agora o meio-irmão de Valentino Rossi não corria só por ele, Mas sim para consolidar o campeonato a favor de Bagnaia. Na 10ªvolta, Augusto Fernandez acabou caindo e deixando a prova. Enquanto isso, Bagnaia segurava a pressão de Pasini e o 3ºlugar. Um pouco mais atrás Marquez, Baldassarri e Quartararo disputavam o 5ºlugar.

Marini mesmo tendo Oliveira por perto não deu a chance necessária para o Portugues passar a ponta. Só em um momento ele acabou dando uma bobeada ao errar a 6 voltas do final, Mas mesmo assim não foi suficiente para a perda da liderança para o piloto da KTM. Nas voltas finais, Marini começou a abrir vantagem para Oliveira que já não tinha mais o que fazer, Já que Bagnaia vinha em uma tranquila 3ªposição, Se livrando da pressão de Pasini.

Luca Marini, Eu uma corrida impecável conquistou sua primeira vitória no Mundial de Motovelocidade, A Festa da equipe de Valentino Rossi ficou completa com a 3ªposição de Francesco Bagnaia. Era que o piloto Italiano precisava para festejar o campeonato na categoria intermediária. Indo para a MotoGP com chave de ouro. Depois da Prova, A equipe foi para a curva 9 para trocar a carenagem do novo campeão do Mundo, A moto azul se transformou na moto preta e dourada com o nº1. Pena que depois disso a Kalex de Bagnaia deu problemas, Mas nessa hora não era algo importante, A corrida já tinha acontecido.

Miguel Oliveira fez o que foi possível, Foi um gigante concorrente para Bagnaia, O 2ºlugar de hoje e o Vice-Campeonato para o Português são requisitos para a sua entrada no Mundial de MotoGP sem nenhuma dúvida.

Mattia Pasini fez uma bela corrida, Chegando em 4ºlugar, A frente de Fabio Quartararo, com sua Speed UP mostrando um bom serviço em Sepang. Lorenzo Baldassarri teve mais um dia regular, Superando a Alex Marquez e ficando com o 6ºlugar, O Irmão de Marc Marquez não foi nada bem e acabou longe de ter um resultado satisfatório.

Brad Binder não foi bem, Mas garantiu o 3ºlugar no Mundial de Pilotos com um burocrático 8ºlugar. Marcel Schrotter da Dynavolt  e Joan Mir da Marc VDS completaram os 10 primeiros colocados. Xavi Vierge, Andrea Locatelli, Jorge Navarro, Dominique Aegerter e Sam Lowes completaram os 15 primeiros colocados. O piloto da Casa Khairul Idham Pawi ficou a 2 segundos de pontuar, Acabou a prova em 17ºlugar

O Portal Sportszone Parabeniza a Francesco Bagnaia pelo campeonato Mundial da Moto 2!

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP da Malásia
Moto 2 – Mundial de Motovelocidade

pos piloto Equipe Moto Tempo
1 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex 38’25.689
2 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM a 1.194
3 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex a 3.020
4 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex a 4.497
5 20 Fabio Quartararo MB Conveyors – Speed Up Speed Up a 5.250
6 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex a 5.305
7 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex a 7.690
8 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 8.943
9 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex a 9.687
10 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex a 18.547
11 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex a 18.816
12 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex a 19.739
13 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex a 21.177
14 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM a 21.960
15 22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM a 26.875
16 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 28.515
17 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 28.802
18 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS a 29.791
19 2 Jesko Raffin SAG Team Kalex a 30.557
20 57 Edgar Pons MB Conveyors – Speed Up Speed Up a 31.069
21 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS a 38.430
22 95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex a 42.930
23 30 Dimas Ekky Pratama Tech 3 Racing Tech 3 a 57.507
24 32 Isaac Vinales Forward Racing Team Suter a 57.910
25 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 1’03.737
26 50 Rafid Topan Sucipto Forward Racing Team Suter a 2’04.066
40 Augusto Fernandez Pons HP40 Kalex a 10 Voltas
66 Niki Tuuli Petronas Sprinta Racing Kalex a 11 Voltas
45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 11 Voltas
87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 a 13 Voltas
18 Xavier Cardelus Marinelli Snipers Team Kalex a 13 Voltas
27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM a 16 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

 

Marquez conquista vitória e o pentacampeonato em Motegi

Marc Marquez, Apesar de largar em uma situação desfavorável no Grid de largada acabou fazendo uma brilhante corrida e travando o duelo com Andrea Dovizioso, A Formiga Atômica conquistou a vitória após um grande duelo com o piloto Italiano que durou até a queda do piloto da Ducati a 1 volta e meia do final. A partir dai Marquez ficou tranquilo para cruzar a linha de chegada e confirmar o campeonato.

Uma corrida que não tinha um quadro dos mais favoráveis começou com Dovizioso na liderança e com quase um acidente entre Jack Miller e Johann Zarco, Nisso o piloto oficial da Ducati disparou na ponta com Miller e Marquez logo a seguir. Antes de Terminar a primeira volta, A Formia Atômica já tinha assumido a segunda posição em cima de Miller. Em um espaço de 1 volta, Marquez anulou a sua desvantagem e começou a partir dai a seguir Andrea Dovizioso.

Enquanto isso, Na segunda volta, Rossi e Rins trocaram ultrapassagens na 5ªposição, Acabou o piloto da Suzuki levando a melhor sobre o piloto da Yamaha. Na terceira volta Cal Crutchlow ultrapassa Miller e assume o terceiro lugar, não contente foi para cima de Marquez e de Dovizioso em busca da vitória.

Mas na 5ªVolta, Cal Crutchlow não tinha nada a ver com a briga pelo título foi pra cima da Formiga atômica e passou para o segundo lugar e foi para o ataque em cima de Dovi. Evidente que o piloto Inglês da LCR vinha em um melhor ritmo de corrida do que o piloto da Ducati que vinha segurando a turma.

Na 7ªVolta, Marquez recuperou o 2ºlugar deixando para trás Crutchlow. Já Valentino Rossi não estava em bons lençóis, Era pressionado pelos dois pilotos da Suzuki. Na 9ªVolta, Iannone passou Rossi e na volta seguinte foi a vez de Rins deixar Rossi em 6ºlugar. Nesse meio tempo, Aleix Espargaró foi para os boxes e abandonou e Jack Miller que vinha caindo na classificação acabou caindo na 10ªVolta deixando a corrida. Outro que caiu foi Karel Abraham, Mas o Checo voltou para a prova.

Marquez estudava os movimentos de Andrea Dovizioso de perto, Com Crutchlow ainda seguindo os dois postulantes ao campeonato. Na 13ªVolta, Alvaro Bautista fez uma linda manobra em cima de Dani Pedrosa ganhando a 8ªposição com sua Ducati de 2017 da Angel Nieto.

Na 14ªVolta, Marquez foi para cima de Dovizioso e na curva 8 ele passa para a liderança da prova. Nesse momento o título seria decidido em Motegi a favor do piloto da Honda. Porém na curva 11, Crutchlow tentou uma manobra ousada e chegou a impressão que o piloto da LCR tomaria a liderança, Mas foi Dovizioso que recuperou a ponta depois de passar Marquez na frenagem da curva 11. Essa Curva era disparada a mais difícil do circuito, A desaceleração de 300 km/h para 70 km/h precisaria de pelo menos de 4 a 5 segundos para fazer essa curva. Na 15ªVolta, Andrea Iannone caiu na entrada da 5ªVolta. O piloto da Suzuki já foi pra curva sem fazer a tomada e a queda foi inevitável.

A 7 voltas do final, Dovizioso e Marquez fugiram de Crutchlow que perdeu rendimento. Agora a briga era entre os dois. O piloto da Honda Repsol queria acabar com o campeonato e o piloto da Ducati queria adiar a disputa para a Austrália… Crutchlow começava a ficar para Alex Rins para brigar pelo pódio.

A 4 Voltas do final, Marquez ultrapassa Dovizioso na curva 9 para assumir a liderança, Era que a Formiga Atômica para ser campeão na casa da Honda. Dovizioso não se entregou e buscou se recuperar. Apesar da liderança, Marquez estava com a moto desequilibrada, Essa era a chance para o piloto da Ducati.

A 1 volta e meia para o final, Dovizioso acaba escapando na curva 10 e  acaba indo para o Chão. Isso era o bastante para Marquez administrar a sua bela vantagem sobre Crutchlow e Rins, O piloto da Honda que largou em 6ºlugar venceu pela 8ªVitória do ano e sacramentou pela 5ªvez na MotoGP (7ºtítulo da Carreira) o campeonato Mundial de Motovelocidade. Na festa dele, Ele foi até um fliperama para simular ter ganhado no jogo de vídeo game o seu 7ºtítulo Mundial, Coloca o Capacete dourado e a camisa do Nível 7 personalizado pela conquista .

Cal Crutchlow da LCR Honda resistiu muito bem a pressão de Alex Rins e cruzou na frente do piloto da Suzuki, Na 2ªposição. Já o piloto da Suzuki comemora mais um pódio na temporada com esse 3ºlugar. Valentino Rossi se aproximou da disputa do vice-campeonato com Andrea Dovizioso após o 4ºlugar, A Yamaha apesar do resultado teve mais um final de semana com muita dificuldade para a fábrica Japonesa que completa 25 corridas sem vitória na categoria principal.

Alvaro Bautista em uma brilhante corrida com sua Ducati 2017, Obteve uma brilhante 5ªposição e foi o melhor piloto da Ducati, Um campeonato dos melhores para o piloto Espanhol. Johann Zarco que largou em 2º não teve nem de longe desempenho para disputar posições melhores, Levou a Yamaha Tech 3 para o 6ºlugar.

Marevick Viñales largou mal e não fez uma prova de recuperação interessante e Dani Pedrosa com a Honda fizeram corridas bem apagadas ao chegarem em 7º e 8ºlugares respectivamente. O mesmo pode-se dizer de Danilo Petrucci, Só que o piloto Italiano acabou tendo uma prova um pouco melhor, massa não justifica o 9ºlugar com uma moto do ano, Visto que Alvaro Bautista tem uma moto do ano anterior. Completando as 10 primeiras posições ficou o malaio Hafizh Syarhin que teve uma boa participação.

Franco Morbidelli acabou logo atrás do Malaio em 11ºlugar, Os dois pilotos da KTM Bradley Smith e Pol Espargaró ficaram logo atrás do Ítalo-brasileiro. Completaram a zona de pontuação os dois Japoneses na disputa. Com o Japonês Katsuyuki Nakasuga chegando na frente de Takaaki Nakagami. O Japonês de 37 anos fez um final de semana muito bom para alguém que só corre em apenas na etapa Japonesa.

Andrea Dovizioso ainda voltou ao final da prova, Mas acabou nem salvando ponto, Ficando em 18ºlugar. Os dirigentes da Ducati, ao terminar a prova cumprimentou os dirigentes da Honda, Um gesto de muita grandeza para a Fabricante Italiana ao parabenizar o sucesso da fábrica japonesa. Parabéns Marc Marquez pela Conquista do 5ºtítulo Mundial da MotoGP.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP do Japão
Mundial de Motovelocidade – MotoGP

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 42’36.438
2 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 1.573
3 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 1.720
4 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 6.413
5 19 Alvaro Bautista Angel Nieto Team Ducati a 6.919
6 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 8.024
7 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 13.330
8 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda a 15.582
9 9 Danilo Petrucci Alma Pramac Racing Ducati a 20.584
10 55 Hafizh Syahrin Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 24.985
11 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Honda a 25.931
12 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM a 26.875
13 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM a 27.069
14 89 Katsuyuki Nakasuga Yamalube Yamaha Factory Racing Yamaha a 32.550
15 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 37.718
16 10 Xavier Simeon Reale Avintia Racing Ducati a 39.583
17 81 Jordi Torres Reale Avintia Racing Ducati a 39.839
18 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 42.698
19 45 Scott Redding Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 49.943
20 12 Thomas Luthi EG 0,0 Marc VDS Honda a 52.707
21 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 1’01.848
29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 10 Voltas
17 Karel Abraham Angel Nieto Team Ducati 12 Voltas
43 Jack Miller Alma Pramac Racing Ducati 14 Voltas
41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP