Corridas Históricas : Jarama 1993 – Mundial de Motovelocidade

Grid de Largada:

Pos.PilotoEquipeMotoTempo
1John KocinskiCagiva Team AgostiniCagiva1’32.849
2Alex BarrosTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki1’33.254
3Kevin SchwantzTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki1’33.518
4Shinichi ItohHRC Rothmans HondaHonda1’33.630
5Luca CadaloraMarlboro Team RobertsYamaha1’33.906
6Daryl BeattieRothmans Honda TeamHonda1’34.598
7Niall MackenzieTeam Valvoline/WCMROC-Yamaha1’34.630
8Doug ChandlerCagiva Team AgostiniCagiva1’34.755
9Alex CrivilleMarlboro Honda PonsHonda1’34.775
10Juan Manuel Lopez MellaLópez Mella Racing TeamROC-Yamaha1’35.370
11John ReynoldsPadgett’s MotorcyclesHarris-Yamaha1’35.382
12Michael RudroffRallye-SportHarris-Yamaha1’35.560
13Mathew MladinCagiva Team AgostiniCagiva1’35.882
14Tsumoto UdagawaROC/YamahaROC-Yamaha1’36.230
15Lucio PederciniTeam PederciniROC-Yamaha1’36.360
16Renzo ColleoniTeam ElitROC-Yamaha1’36.418
17Andrew StroudShell Team HarrisHarris-Yamaha1’36.502
18Jose KuhnTeam ROCYamaha1’36.649
19Kevin MitchellM.B.M. Racing TeamHarris-Yamaha1’36.869
20Bernard GarciaYamaha Motor FranceYamaha1’37.040
21Jeremy McWilliamsTeam MillarYamaha1’37.137
22James HaydonROC/YamahaROC-Yamaha1’37.194
23Thierry CrineTeam Ville de ParisROC-Yamaha1’37.251
24Bruno BonhuilM.T.D. Objectif 500ROC-Yamaha1’37.464
25David JefferiesPeter Graves Racing TeamHarris-Yamaha1’37.562
26Jean-Marc DeletangArgus Racing TeamROC-Yamaha1’37.656
27Sean EmmettShell Team HarrisHarris-Yamaha1’37.800
28Cees DoorakkersTeam Doorakkers RacingHarris-Yamaha1’38.264
29Serge DavidTeam ROCROC-Yamaha1’38.854
30Andreas MeklauARC-Austrian Racing CompanyROC-Yamaha1’40.193
31Dario MarchettiTeam G.O.J. MotorHarris-Yamaha1’41.489

Jarama, Dia 26 de Setembro de 1993, Palco da última etapa do mundial de Motovelocidade de 1993. Nas 500cc o título já estava decidido a favor de Kevin Schwantz da equipe Suzuki Lucky Strike. Principalmente depois que Wayne Rainer sofreu um acidente que acabou com sua carreira no Mundial de motovelocidade no GP.

A prova em encerramento da Temporada teve o Norte-Americano John Kocinski na pole position com o Brasileiro Alex Barros que buscava sua primeira vitória na categoria na segunda posição. Kevin Schwantz larga em 3ºlugar já sem pressão nenhuma de garantir o campeonato se esperava um show do Norte-Americano. Completavam os 5 primeiros lugares o Japonês Shinichi Itoh com a Honda e Luca Caladora da Yamaha.

Daryl Beattie, Niall Mackenzie, Doug Chandler, Alex Criville e Juan Manuel Lopez completavam os 10 primeiros colocados.

Na largada Schwantz largou muito bem pulando para a ponta, Com Barros em 2º e Cadalora em 3ºlugar. Na curva 2 o piloto da Yamaha passa Alex Barros e assume o segundo lugar. Depois Kocinski tomou posição do piloto Brasileiro que começava não muito bem a corrida.

Cadalora foi para cima de Schwantz querendo já de cara a primeira posição e carimbar a faixa de campeão do norte-americano da equipe Suzuki. Ao final da primeira volta o piloto da Yamaha passou Schwantz assumindo a primeira posição. Kocinski vinha em 3ºlugar com a Cagiva, Seguido pelos pilotos da Honda Shinichi Itoh e Daryl Beattle em 4º e 5ºlugares e Alex Barros vinha na 6ªposição.

A 25 Voltas do final Schwantz voltou a liderança. Kocinski fez a melhor volta da corrida na 3ªVolta com 1:34.236 (Média de 147.08 Km/h – 91.39 Milhas por hora) Niall Mackenzie estava devagar com problemas em sua moto da Roc Yamaha Valvoline.

Cadalora seguia na pressão pra cima de Schwantz na disputa pela liderança. John Kocinski chegava a essa disputa por posição. Mais atrás Itoh, Beattle e Barros disputavam a 4[posição. Na entrada da 6ªVolta Luca Cadalora seguia tentando passar Schwantz. O piloto da Cagiva John Kocinski chegava definitivamente nessa disputa. Estava formado dois grupos na frente. O primeiro disputando a liderança formado por Schwantz, Cadalora e Kocinski e o Grupo de trás era formado por Itoh, Beattle e Barros.

Schwantz resistia aos ataques de Cadalora que atacava praticamente em todas as curvas do circuito. Enquanto que o piloto Japonês Tsumoto Udagawa acaba indo para a caixa de brita e acaba por abandonar a corrida. Na 7ªVolta, Cadalora no final da reta consegue a ultrapassagem sobre o piloto Campeão de 1993 e assume a liderança com sua Yamaha.

Schwantz ficou para Kocinski enquanto que Cadalora abria diferença. Logo atrás vinha os pilotos da Honda e um pouco mais atrás o Brasileiro Alexandre Barros. Vendo Kocinski pressionar Schwantz parecia que a sua moto não estava rendendo tanto como rendia a moto do piloto da Cagiva. Barros passou Beattle assumindo o 5ºlugar. Enquanto que no final da reta ao começar a volta 10 Kocinski passa Schwantz passando para o 2ºlugar.

Classificação após 10 voltas completas:

  1. Luca Cadalora
  2. John Kocinski
  3. Kevin Schwantz
  4. Shinichi Itoh
  5. Alexandre Barros
  6. Daryl Beattie

O piloto da Cagiva vinha para cima de Luca Cadalora em busca da liderança. Enquanto que Schwantz estava resistindo com muitíssima dificuldade os ataques de Itoh da Honda que vinha abiscoitar o 3ºlugar. O Companheiro de equipe de Kevin Schwantz o Brasileiro Alex Barros estava também nessa disputa e Beattie estava ficando um pouco mais atrás.

Kocinski fez a melhor volta da corrida na volta 10 com 1:34.090 (Média: 147.31 Km/h – 91.53 Mph)

Na 12ªVolta o Japonês Shinichi Itoh passou para o terceiro lugar levando com ele Alexandre Barros que subiu para o 4ºlugar. Quem caiu na prova foi Kevin Schwantz que perdeu posição também para Daryl Beattie caindo para o 6ºlugar. Na entrada da 13ªVolta Kocinski ultrapassa no final da reta Luca Cadalora e assumiu a liderança com sua Cagiva.

Na metade da corrida Kocinski já vinha chegando aos últimos colocados para colocar volta, Mas precisava se cuidar com Cadalora, Itoh e Barros que vinham logo atrás. Ninguém tinha mais nada a perder já que era a última etapa do campeonato e o título já tava nas mãos do Schwantz. Na 15ªVolta Itoh passou Cadalora assumindo o 2ºlugar com sua Honda que era a moto mais rápida de reta daquela época.

Na entrada da 17ªVolta, Shinichi Itoh passou na reta John Kocinski e assumiu a liderança. Era o 4ºpiloto a pontear a prova de Jarama e em menos de uma volta começou a abrir uma vantagem para o norte-americano da Equipe Cagiva. Alex Criville em uma corrida solitária vinha em uma boa 6ªposição com a Honda da Equipe Pons.

A 11 Voltas do final Luca Cadalora caiu abandonando a prova deixando Alexandre Barros em 3ºlugar com Beattle em 4º e Schwantz em 5ºlugar já longe da disputa a 10 voltas do final do campeonato.

Itoh vinha firme na liderança com Kocinski tentando se aproximar do líder e Barros buscando ir para a briga com o piloto da Cagiva. A corrida não estava ainda definido mesmo com o Japonês abrindo 1 segundo de diferença para Kocinski que não desistiu da luta e partiu para cima de Itoh.

A 8 Voltas do final, Itoh e Kocinski acabaram caindo e deixando a corrida. Situação mais delicada para o piloto Japonês da Honda sentiu mais o acidente tendo que ter mais atenções dos fiscais de pista. Kocinski voltou a pista, Mas para levar sua Cagiva para os boxes abandonar a corrida.

Alexandre Barros assumiu a liderança a 7 voltas do final da prova. Ele já tinha chegado perto da vitória em algumas tentativas. A poucas voltas do final da prova em Jarama ele tinha boa vantagem para o Australiano Daryl Beattie. Se nada desse errado tudo indicaria que era o dia da vitória do Brasil no Mundial de Motovelocidade.

Beattie tentou partir para cima de Barros na Reta final de corrida, enquanto isso Schwantz vinha em terceiro lugar com Alex Criville em 4ºlugar buscando ainda tentar o pódio. A 5 voltas do final Alexandre Barros teve uma dificuldade em dar volta no Francês Bruno Bonhuil e no Italiano Lucio Pedercini  que estavam disputando posição na zona de pontuação.

Juan Manuel Lopez Mella caiu a 4 voltas do final e deixou a prova. Barros encontrou mais retardatários até o final da corrida. Mas não se complicou com eles se livrando de todos. E Levando a moto da equipe Lucky Strike Suzuki até a vitória. A primeira vitória da sua carreira no mundial de motovelocidade aos 22 anos, Um momento único para o Brasil que depois de Adu Celso que venceu no Mundial de Motovelocidade na mesma Jarama em 1973 nas 350cc viu Barros conquistar a primeira vitória do Brasil na categoria principal do Motociclismo Mundial.

Daryl Beattie chegou em 2ºlugar com a Honda e Kevin Schwantz completou sua brilhante temporada aonde ele conquistou o título Mundial de 1993 em 3ºlugar. Criville da Honda da Equipe Pons, Doug Chandler e Mathew Mladin ambos da Cagiva Team Agostini completaram os 6 primeiros lugares.

Schwantz terminou o Mundial de 1993 com 248 pontos, Wayne Rainey que acabou tendo de encerrar a carreira devido a um acidente no GP da Itália ainda ficou com o vice-campeonato com 214 pontos e o Australiano Daryl Beattie terminou o ano em 3ºlugar com 176 pontos superando por dois pontos o também Australiano Mick Doohan.

Barros acabou a temporada em 6ºlugar com 125 pontos em sua primeira temporada na equipe oficial da Suzuki. E essa foi a primeira de suas 7 vitórias no Mundial de motovelocidade.

Fotos:

Resultado final do FIM motorcycle Grand Prix 1993

Pos.PilotoEquipeMotoTempo
1Alex BarrosTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki44:22.944
2Daryl BeattieRothmans Honda TeamHonda4.736
3Kevin SchwantzTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki17.578
4Alex CrivilleMarlboro Honda PonsHonda22.816
5Doug ChandlerCagiva Team AgostiniCagiva58.410
6Mathew MladinCagiva Team AgostiniCagiva1:10.298
7Bernard GarciaYamaha Motor FranceYamaha1:10.734
8Niall MackenzieTeam Valvoline/WCMROC-Yamaha1:16.272
9John ReynoldsPadgett’s MotorcyclesHarris-Yamaha1:20.278
10Jose KuhnTeam ROCYamaha1:23.009
11Jeremy McWilliams Team MillarYamaha1:31.922
12Andrew StroudShell Team HarrisHarris-Yamaha1:32.444
13Kevin MitchellM.B.M. Racing TeamHarris-Yamaha1 Volta
14Sean EmmettShell Team HarrisHarris-Yamaha1 Volta
15Lucio PederciniTeam PederciniROC-Yamaha1 Volta
16Jean-Marc DeletangArgus Racing TeamROC-Yamaha1 Volta
17Bruno BonhuilM.T.D. Objectif 500ROC-Yamaha1 Volta
18David JefferiesPeter Graves Racing TeamHarris-Yamaha1 Volta
19Thierry CrineTeam Ville de ParisROC-Yamaha1 Volta
20Dario MarchettiTeam G.O.J. MotorHarris-Yamaha2 Voltas
21Cees DoorakkersTeam Doorakkers RacingHarris-Yamaha2 Voltas
 Juan Manuel Lopez MellaLópez Mella Racing TeamROC-Yamaha4 Voltas
 John KocinskiCagiva Team AgostiniCagiva7 Voltas
 Shinichi ItohHRC Rothmans HondaHonda8 Voltas
 Luca CadaloraMarlboro Team RobertsYamaha11 Voltas
 Michael RudroffRallye-SportHarris-Yamaha11 Voltas
 Renzo ColleoniTeam ElitROC-Yamaha13 Voltas
 Andreas MeklauARC-Austrian Racing CompanyROC-Yamaha14 Voltas
 James HaydonTeam Great BritianROC-Yamaha21 Voltas
 Tsumoto UdagawaTeam UdagawaROC-Yamaha21 Voltas
 Serge DavidTeam ROCROC-Yamaha24 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP http://www.greatprints.co.uk
http://itsawheelthing.tumblr.com
https://notclauswitz.files.wordpress.com
http://www.daidegasforum.com


Pedido para a Liberty Media cancelar o GP do Brasil

Prezada Liberty Media

Estou escrevendo esse texto para vocês para descrever a situação patética que vive o Brasil de hoje. Esse país não pode realizar o GP do Brasil desse ano e vou dar motivos para que vocês questionem pelo menos a realização da prova.

1ºMotivo:

Vivemos uma crise política. Estamos em uma disputa política tão polarizada e tão cheio de ódio dos dois lados. A Guerra chega a resultados trágicos, Deputados sendo ameaçados de morte, Pessoas que morrem por declararem voto em outro candidato, A maioria da população querendo resolver as discursões políticas com Fake News e com o Fígado e por vezes (Muitas vezes) usando da violência que chega até a letalidade (Morte).

2ºMotivo:

Temos um país em crise Financeira, Com altas doses de corrupção em todos os setores da sociedade. Lava Jato a cada fase da operação desenterrando toda a lama desse mal, levando a cadeia Políticos corruptos, Empresários que participaram de esquemas de corrupção, Financiam ou financiavam campanhas de políticos em troca de benefícios e contratos no mandato de quem eles financiaram, Um horror.

3ºMotivo:

Crise na segurança nacional. O Crime organizado em todas as Áreas esta comandando o país! O Trafico controlando o comercio das Drogas, As Milícias, (Comandada por Ex-policiais e Agentes que eram para servir a população acabam servindo feitos Legiões de mercenários ao comandar serviços ilegais), O sistema carcerário que não funciona e não reabilita ninguém para a sociedade, As Cadeias só servem para piorar o ser humano como elas estão nos dias de hoje. Isso só para não falar das mais de 60 mil mortes que acontece no Brasil e das milhares de pessoas que são assaltadas todo o ano, as vezes a mesma pessoa é assaltada mais que 1 ou 2 vezes num período de 2 anos.

A Formula 1 já sofreu com assaltos: Em 2010 tentaram assaltar o Inglês Jenson Button, 6 homens armados tentaram assaltar o carro dele. O Motorista conseguiu fugir, Na Época o piloto da Mclaren deu graças a deus por não ter levado sua namorada ao Brasil, Ela ficaria assustada. http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/2010/11/assustado-com-tentativa-de-assalto-button-elogia-motorista-uma-lenda.html

No ano de 2017, Integrantes da Mercedes tiveram uma experiência dramática, Com o carro Roubado e com um fuzil na cabeça de um deles. Lewis Hamilton, Niki Lauda e Valtteri Bottas expressaram suas opiniões sobre esse fato lamentável e inaceitável que aconteceu antes da prova de classificação.

Alguns membros da equipe tiveram armas apontadas ontem à noite saindo do circuito aqui no Brasil. Tiros foram disparados, e armas colocadas em suas cabeças. Isso é muito triste de se ouvir. Por favor, mandem orações para meus caras que estão aqui, que estão sendo profissionais mesmo abalados. Isso acontece todo ano. A F1 e as equipes precisam fazer mais, não há mais desculpas – Falou um revoltado Lewis Hamilton.

No domingo, Dia da corrida os Assaltantes tentaram assaltar uma van pertencente a Pirelli, A ação foi neutralizada pela segurança da Borracharia. Depois disso acabaram por cancelar testes com os pneus do ano seguinte. Que iriam ser feitos na Terça e quarta-feira.  https://extra.globo.com/esporte/pirelli-cancela-teste-de-pneus-da-f1-em-sao-paulo-apos-assaltos-22063791.html

4ºMotivo

Uma Crise Moral da população, A torcida Brasileira em grande parte é a pior torcida do Mundo. Somente aqui você ver as pessoas vaiando os estrangeiros. No mundo inteiro isso não se ver isso. Todos os atletas são aplaudidos. Junte isso ao momento político que vivemos e em tempos de muito ódio. O Resultado disso é um desastre total. Irão politizar a prova, Principalmente se um piloto criticar o político de estimação da torcida, Ele sem dúvida vai ficar marcado.

5ºMotivo

O governo usar a corrida de forma política para mostrar uma falsa realidade para o Mundo inteiro, Enquanto eles escondem as mazelas do pais. Esconder a as suas atitudes para a população de um Pais esta em jogo.

É por essas e outras que eu falo, Uma corrida de Formula 1 sendo realizado no Brasil ou em qualquer país do mundo seria impudente. A Liberty Media quando chegou ao comando da Formula 1 ela já mostrou claramente de que iria quer mudar a categoria. Que tal a Categoria dar o pontapé inicial para mudar outras situações como vetar um país que tenha a crise em que o Brasil vive nesse momento.

Esse cancelamento pode acontecer Sim! Lembra do GP do Bahrein em 2011, Aonde teve uma onda de manifestos violentos o que inviabilizou a realização da prova e que essa tensão aconteceu também em 2012 e em 2013 de uma maneira mais tímida (Entre a Família Real de lá que é Sunita e a maioria da População que é Xiita e é essa parte da população que é discriminada com acesso a serviços públicos) Existia um favorecimento de uma parte da população de forma visível, A Revolta dos Xiitas foi mais forte no ano de 2011, O GP do Barhein seria a prova de abertura do Calendário daquele ano e acabou sendo cancelado. Em 2012 contra a vontade do Mundo inteiro acabou sendo realizada a corrida.

Os manifestos duraram durante 3 anos, Mas esses manifestos se intensificaram em fevereiro de 2011 e acabaram sendo violentos a tal ponto que até a organização da Formula 1 falou para o Insensível Bernie Ecclestone: “Senhor Ecclestone, será que vale sacrificar nossas vidas pelo prêmio de Fórmula 1?” Acabou que o bom senso prevaleceu e não ocorreu corrida.

Da forma que esta esse governo, eu não duvido em nada que em Novembro a situação possa chegar a ter manifestos violentos a tal ponto que possa ser questionada a realização do GP do Brasil em 2019.

Nesse momento, dia 9 de Fevereiro do ano de 2019 eu sou a favor que o GP do Brasil seja cancelado do calendário da Formula 1 desse ano. O Brasil não tem condições de realizar esse evento pelos problemas que foram citados por mim nessa coluna. E Necessário que o país se estabilize e que se tenha um mínimo de segurança Econômica (Que até acredito que tenha até Novembro), Política (Não acredito da forma que tá que esteja estável a democracia, Se é que não teremos um possível e temido Golpe Militar) e de Segurança nacional (Com perseguições Políticas e perseguições Étnicas além da possível incapacidade do governantes de resolver os problemas de criminalidade no País com suas soluções rasas e de curto prazo)

Estou enviando esse texto para a Liberty Media e também para colocando no ar no Portal Sportszone. Espero que essa carta pelo menos tenha repercussão e que possa pelo menos se questionar a realização da prova.

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Fim da esperança, Um Brasil tomado pelo ódio e pela Falta de Empatia

Será o Fim da Minha esperança pelo Brasil?

Dia 25 de Janeiro de 2019, Esse dia marca o fim de qualquer esperança que eu tinha sobre esse país. Perdi as minhas esperanças de que o Brasil mude, Perdi qualquer esperança. Não importa suas qualidades, Se você tiver um erro as pessoas são vão lembrar dos seus erros e nunca das suas qualidades. Por isso que esse país não Foi e nunca vai para frente.

Estou a mais de 2 anos e meio abatido, Sem animo, Sem criatividade, Vendo cada vez mais coisas inacreditáveis e não entendendo mais nada o quando existe tanta gente defendendo as testes mais absurdas, Menosprezando a vida ao máximo, Matando o sonho de outras pessoa com frases e justificativas idiotas, Matando minorias usando o nome de Deus, Menosprezando pessoas que estão sendo ameaçadas de morte só por causa de preconceito, Endeusando um homem que está com sua Família envolvida em corrupção e até em um possível envolvimento da Morte da Vereadora Marielle Franco. Temos que defender o Obvio e falar que é preciso ter um mínimo de empatia com as outras pessoas. A vida não é um Jogo como muita gente acha, Me recuso a usar esse Rotulo, A Vida é uma coisa que deve ser vivida, Você deve fazer o bem, Ser feliz, Ser uma pessoa que acrescente ao mundo ideias e realizações positivas. Dessa forma é que todos deveriam fazer.

Estamos vivemos um mundo aonde é mais fácil odiar as pessoas do que amar, Um mundo aonde as pessoas falam em amor próprio, Mas se esquece de ajudar outras pessoas e de ter empatia com o mundo: “Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo” (Não adianta, Sou cada vez mais contra essa mania que virou em falar: “Se Ame” Para mim isso é pra disfarçar o seu egoísmo) A Humanidade tem que parar de querer comparar tragédias. Vi uma mensagem um dia que se dizia: Se as crianças da Síria chorassem ou sangrassem petróleo… Será que o mundo inteiro não estaria lutando bravamente por elas? Acho que isso explica do porque tanta gente ignora a guerra que existem por lá.

Eu durante 2 anos e meio tento recuperar uma amizade que perdi, Eu estou fazendo de tudo que é possível, Mas o resultado é nenhuma praticamente. Essa pessoa tem um ódio mortal por mim. Me odeia profundamente. Ela me bloqueou do Facebook a muito tempo e apesar de tudo que eu fiz, Ela se quer reiniciou um dialogo minimamente digno. Me trata como eu se fosse uma praga, Como se eu fosse um criminoso, Um Político corrupto. Coisa que eu não sou!

O mais grave disso é você ter 2 Amigos (Epson Araujo e Yasmini Silva) que traíram a minha confiança, Achei que eles iriam me ajudar a recuperar essa amizade. Pelo Contraio, Eles não só deram desculpas como fizeram muito pouco caso do sofrimento de um amigo que nunca trai a confiança de nenhum dos dois. Acho até mais. Se bobear, Eles fizeram tudo ao contraio e deve ter falado meus defeitos para que piorasse a minha imagem com essa pessoa. (Tem pessoas que não só não ajudam, Como elas podem te atrapalhar caso queiram fazer isso.

Eu Gostaria que você Fabiana Freire por favor, Veja isso e reflita essas palavras.

Nenhum ser humano merece pagar para todo o sempre por um erro, Já paguei e muito por muitos e muitos erros. Eu não sou uma pessoa deslumbrada, Não tenho mídia, Não tenho seguidores praticamente, Não tenho nada mais do que a verdade, Somente a verdade e minha história de vida (Que esta ameaçada desde do começo do Governo Bolsonaro) Eu só peço uma coisa. Por favor, Volte a falar comigo, Volta a ser minha amiga. Já fiz tudo para quebrar o Gelo, Eu não sei mais o que eu posso fazer. Mas eu jamais jogaria fora essa oportunidade, Eu não cometo os mesmos erros por 2 vezes. Se as pessoas pode ter a humildade de dizer que erraram e pedem desculpas acho que as pessoas também tem a capacidade de Reatarem amizades, Que tem a capacidade de deixar tudo de ruim para trás e de voltarem a conversar e a se entenderem. Me desbloqueie das redes sociais e vamos conversar por favor, Estou pedindo uma coisa simples.

Se acham que pessoas não tem sentimentos então vejam esse episódio de Sakura Card Captors (Alias, Vejam todos os episódios. É um desenho maravilhoso!)

Caso eu não consiga isso, Eu decido que vou abandonar todas as redes sociais daqui a poucos dias. Descobri que eu fracassei , Sou um perdedor e não tenho mais lugar nesses tempos difíceis aonde a internet virou um campo minado. Vou continuar trabalhando no meu site e é só isso que vou fazer daqui por diante na internet. Não vou ter conta em nenhuma rede social (Facebook, Instagram e Twitter) Não vejo mais motivos para continuar nesse meio. Sou ainda mais ousado em dizer: O Futuro da Internet esta nos forums de Discussão da Internet. Lá não existe essa idiotice que grande parte do público diz, Lá esta a maior parte da Inteligência das Redes Sociais.

Não é no Facebook com seus memes baratos, Do instagram pela loucura de ter curtidas. (Quanto mais pelado a pessoa fica ou quanto mais doentio é a sua cabeça pelo Bolsonaro, Mais curtidas a pessoa tem.) Infelizmente um trabalho bem feito e que tem uma tese pelo menos razoável para não dizer de qualidade não tem audiência. A tragédia vende mais, A violência vende mais e eu não estou aqui para vender terror, Estou aqui para informar o que existe de melhor no Esporte a Motor. Agora apenas no Mundo, Pois a partir desse ano vou ignorar as categorias nacionais.

Eu Descobri nos últimos 2 anos que o esporte a motor no Brasil esta em grande Parte dominado pelos pensamentos fascistas e até ignorantes. Eu não vou mais apoiar o esporte a motor do meu país. Não merecem, Não ligam para a vida do povo e só querem apenas correrem em sua maioria, Sem se importar com aquele que se morre de fome e com o que vai acontecer com seus Fãs. (Acha que os pilotos só tem fãs ricos?, Acha que um piloto não tem mulheres, Negros, Índios, Gays que admiram e torcem por ele?) Alguns fizeram questão de te tornarem Garotos propagandas do candidato que venceu pelas Fakes news.

O que as pessoas ignorantes e alienadas querem é matar seus sonhos e impedirem que o mundo seja um lugar melhor para se viver.

Existe a chance de eu voltar as redes sociais? Só voltaria em duas ocasiões: Quando o Governo Bolsonaro terminar (Quando o pesadelo desse homem e da sua turma deixar o poder)ou caso a Fabiana Freire tenha a capacidade de que ela volte a ser a minha amiga. Caso contraio, Eu não volto mesmo. Quero um mundo de pessoas humanas e não de idiotas que pensam em trolar todo mundo, Que pisam nos sentimentos das pessoas e que só pensam nelas mesmas com a desculpa de que devermos amar a si mesmos. Só que esse discurso que se adotou ultimamente só vem levando o ser humano as desgraças, Crianças morrendo de fome, Desigualdade cada vez maior, Menosprezo a vida… Até onde vamos parar. Prefiro o Mundo em que o Ser humano Ame os outros como amam a sei próprio, Que o ser humano tenha mais empatia com outras pessoas, Que pare de se odiar e de se matarem por coisas tolas. (Até mesmo matam pessoas porque causa de jogo de futebol, Briga de Bar, Até mesmo por divida de 5 reais) Caso conseguimos isso podemos ainda acreditar em um mundo melhor, Criando uma nova geração, A Geração E (Geração da Empatia) Acredito que é muito melhor que a Geração “EU” que esta nos dias de hoje. Ajudar em qualquer situação uma pessoa para o bem de todos, Essa deveria ser a missão das pessoas nesse mundo!

Para as Redes Sociais: Se tudo der certo, Voltarei em Breve, Caso contraio eu volto em 2023 quando esse pesadelo tiver terminado e as pessoas se curarem dessa onda de ódio que tomou conta do Brasil.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Blog do Tarso / Instagram
Vídeo: Daniel Player

Lopez Contardo e Nikolaev confirmaram os Títulos na SxS e Caminhões após última Etapa do Dakar

Na SxS tivemos dobradinha Brasileira na etapa final do Dakar 2019. Reinaldo Varela venceu, Com Cristian Baumgart na segunda posição. Apesar disso a vitória na Geral acabou ficando com o Chileno Francisco Lopez Contardo com seu carro da CAN-AM. Foi O 3ºlugar na 10ªespecial. Essa é a primeira vez que não tivemos o carnaval do Brasil, Mas o domínio continua sendo da América do Sul.

Em sua estreia no SxS o Espanhol Gerard Farres Guell acabou conquistando o segundo lugar na classificação final. 3ºlugar nas Motos em 2017 o Espanhol ficou em 5ºlugar na prova final e acabou a 1 hora e 2 minutos do campeão e a menos de 3 minutos a frente dos Campeões de 2018. Ainda na Especial, Ricardo Porem ficou na frente dos vice-campeões de 2019. Apesar do Brasil não ter levado o campeonato dá para se der que ainda existe um domínio do país nessa categoria.

Casey Currie e Rodrigo Javier Moreno Piazzoli completaram os 5 primeiros colocados na Geral.

Resultado da 10ªEtapa do Dakar 2019 – SxS

posPiloto/CopilotoPaísEquipe/VeiculoTempo
1340Reinaldo VarelaBrasilMonster Energy CAN-AM01H 25′ 09”
1340Gustavo GugelminBrasilCAN-AM Maverick X3
2398Cristian BaumgartBrasilX Rally Team+ 00H 03′ 39”
2398Alberto AndreottiBrasilCAN-AM Maverick X3
3360Francisco Lopez ContardoChileSouth Racing CAN-AM+ 00H 06′ 10”
3360Alvaro Juan LeonChileCAN-AM Maverick
4378Ricardo PoremPortugalSouth Racing CAN-AM+ 00H 06′ 25”
4378Jorge MonteiroPortugalCAN-AM Maverick
5358Gerard Farres GuellEspanhaMonster Energy CAN-AM+ 00H 08′ 59”
5358Daniel Oliveras CarrerasEspanhaCAN-AM Maverick
6421Rodrigo Javier Moreno PiazzoliChileMamoro Rally Team+ 00H 11′ 13”
6421Jorge Gabriel Araya DiazChileCAN-AM Marevick X3RS
7343Casey CurrieEstados UnidosMonster Energy CAN-AM+ 00H 12′ 19”
7343Rafael TornabellEspanhaCAN-AM Maverick X3
8427Michelangelo BertollaChileMBD+ 00H 12′ 57”
8427Paolo BoggioniChileCAN-AM X3
9372Miguel JordãoPortugalSouth Racing CAN-AM+ 00H 14′ 15”
9372Lourival RoldanBrasilCAN-AM Maverick
10342Juan Carlos VallejoChilePro Raid Peru+ 00H 14′ 56”
10342Leonardo BaronioPeruCam-AM Maverick

Nos Caminhões, O Holandês Tom Van Genugten conquistou a vitória na última etapa do Dakar. O piloto da Iveco teve 3 minutos e 11 segundos de vantagem para o Tcheco Ales Loprais da Tatra (Foi o melhor Resultado da Marca nesse Dakar em Especial). Apesar de Dmitry Sotnikov em 3ºlugar e Gerard de Rooy que ficou em 5ºlugar, O Campeonato acabou ficando com o Russo Eduard Nikolaev, O 4ºCampeonato da sua carreira.

A Kamaz leva seu 3ºcampeonato em sequência e o 16ºtítulo na história do Dakar. A marca Russa que vem com seus trios todos do país parecem ter a receita para vencer o Dakar. Dmitry Sotnikov conquistou o vice, Fazendo a dobradinha dos Russos. Apenas a Iveco consegue competir com a Kamaz, Porém, Gerard de Rooy ficou a mais de 1 hora e meia do campeão em 3ºlugar e Federico Villagra com alguns problemas acabou com o 4ºlugar, 10 minutos a frente de Ales Lopais com a Tatra.

O vice-campeão Siarhei Viazovich acabou não repetindo o desempenho do ano passado, Terminando o Dakar em 6º com o caminhão da MAz. Apenas 14 pilotos terminaram o Dakar.

Resultado da 10ªEtapa do Dakar – Caminhões

posPiloto/Copiloto/MecanicoPaísEquipe/VeiculoTempo
1509Ton Van GenugtenHolandaPetronas Team de Rooy Iveco01H 28′ 21”
1509Peter WillemsenBélgicaIveco Powerstar
1509Bernard der KindeHolanda
2507Ales LopraisRepública TchecaInstaforex Loprais Team+ 00H 03′ 11”
2507Petr PokoraRepública TchecaTatra Jamal – Queen 69
2507Ferran Marco AlcanyaEspanha
3514Dmitry SotnikovRússiaKAMAZ-Master+ 00H 05′ 23”
3514Ilnur MustafinRússiaKamaz 43509
3514Dmitri NikitinRússia
4513Maurik Van der HeuvelHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 06′ 05”
4513Martin Van RoojiHolandaIveco Powerstar
4513Peter KuijpersHolanda
5503Gerard de RooyHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 07′ 56”
5503Moises TorrallarEspanhaIveco Powerstar
5503Darek RodewaldPolônia
6500Eduard NikolaevRússiaKAMAZ – Master+ 00H 08′ 22”
6500Evgeni IakovlevRússiaKamaz 4326
6500Vladimir RybakovRússia
7505Federico VillagraArgentinaInfinia Diesel Team de Rooy YPF+ 00H 09′ 46”
7505Adrian Arturo YacopiniArgentinaIveco Powerstar
7505Ricardo Adrian ToArgentina
8519Aleksandr VasilevBielorussiaMAz-Sportauto+ 00H 12′ 31”
8519Dzmitry VikhrenkaBielorussiaMAZ 5309RR
8519Anton ZaparoshcBielorussia
9510Teruhito SugawaraJapãoHino Team Sugawara+ 00H 18′ 29”
9510Katsumi HamuraJapãoHino 500 Series
10501Siarhei ViazovichBielorussiaMAz-Sportauto+ 00H 28′ 37”
10501Pavel HaraninBielorussiaMAZ 5309RR
10501Andrei ZhyhulinBielorussia

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Como foi a 9ªEtapa do Dakar para SxS e Caminhões

SxS: Varela ganha estágio e Chileno tem o título nas suas mãos.

No primeiro Setor, O Brasileiro Reinaldo Varela terminou na frente com 1 minuto e 17 segundos de vantagem. Sergei Kariakin em 2º. Com 4 outros pilotos na cola dele: Gerard Farres Guell (1 segundo atrás do Russo), Jose Antonio Hinojo Lopez (a 5 segundos), Cristian Baumgart (a 8 segundos) e o Líder da Categoria na Geral Francisco Lopez Contardo. (a 10 segundos do Russo em 6ºlugar)

O Chileno Lopez contardo passou ao segundo lugar, A Apenas 40 segundos atrás de Reinaldo Varela após o 2ºSetor de Cronometragem. O Chileno esta 25 segundos a frente de Gerard Farres Guell. Cristian Baumgart e Jose Antonio Hinojo Lopez completavam os 5 primeiros lugares. No terceiro setor, Varela aumenta em 13 segundos sua vantagem para Lopez Contardo. (53 segundos de diferença entre os 2 pilotos) Quem se aproximou foi o Espanhol Gerard Farres Guell que estava a 11 segundos de distância para o piloto Chileno. Cristian Baumgart e Hinojo Lopez completavam os 5 primeiros lugares.

No 4ºSetor, Gerard Farres Guell passou Francisco Lopez Contardo e passou a ameaçar a liderança de Reinaldo Varela. No 5ºSetor a diferença entre os 2 pilotos é de 8 segundos. O líder da Geral Francisco Lopez Contardo estava em 3º a 3 minutos e 15 segundos atrás do Brasileiro. Cristian Baumgart se consolida em 4ºlugar, Enquanto Hinojo Lopez ficava a quase 14 minutos atrás, Em 5ºlugar. Um pouco mais de um minuto depois vinha me 6ºlugar o Chileno Hernan Garces.

Varela no último setor acabou abrindo vantagem para Farres Guell e conquistou a vitória na Penúltima Especial do Dakar 2019. Apesar disso, O Brasileiro praticamente não tinha chances de vitória na Geral. O provável campeão deve ser o Chileno Francesco Lopez Contardo, Que vai para a última especial com quase 1 hora de vantagem para Gerard Farres Guell.

Resultado Final da 9ªEtapa do Dakar 2019 – SxS

posPiloto/CopilotoPaísEquipe/VeiculoTempo
1340Reinaldo VarelaBrasilMonster Energy CAN-AM04H 20′ 02”
1340Gustavo GugelminBrasilCAN-AM Maverick X3
2358Gerard Farres GuellEspanhaMonster Energy CAN-AM+ 00H 03′ 03”
2358Daniel Oliveras CarrerasEspanhaCAN-AM Maverick
3360Francisco Lopez ContardoChileSouth Racing CAN-AM+ 00H 11′ 26”
3360Alvaro Juan LeonChileCAN-AM Maverick
4343Casey CurrieEstados UnidosMonster Energy CAN-AM+ 00H 34′ 38”
4343Rafael TornabellEspanhaCAN-AM Maverick X3
5366Hernan GarcesChileSouth Racing CAN-AM+ 00H 38′ 04”
5366Juan Palbo LatrachChileCAN-AM Maverick
6412Marcos BaumgartBrasilX Rally Team+ 01H 10′ 09”
6412Kleber CinceaBrasilCAN-AM Maverick X3
7342Juan Carlos VallejoChilePro Raid Peru+ 01H 10′ 12”
7342Leonardo BaronioPeruCam-AM Maverick
8385Annett FischerAlemanhaGirlsfordakar+ 01H 20′ 05”
8385Andrea MayerAlemanhaCAN-AM Maverick X3
9418José Antonio Hinojo LopezEspanhaFN Speed Team+ 01H 35′ 10”
9418Xavier BlancoEspanhaCAN-AM Marevick X3
10372Miguel JordãoPortugalSouth Racing CAN-AM+ 01H 38′ 51”
10372Lourival RoldanBrasilCAN-AM Maverick

Classificação Geral

posPiloto/CopilotoPaísEquipe/VeiculoTempo
1360Francisco Lopez ContardoChileSouth Racing CAN-AM40H 47′ 46”
1360Alvaro Juan LeonChileCAN-AM Maverick
2358Gerard Farres GuellEspanhaMonster Energy CAN-AM+ 00H 59′ 46”
2358Daniel Oliveras CarrerasEspanhaCAN-AM Maverick
3340Reinaldo VarelaBrasilMonster Energy CAN-AM+ 01H 11′ 29”
3340Gustavo GugelminBrasilCAN-AM Maverick X3
4343Casey CurrieEstados UnidosMonster Energy CAN-AM+ 02H 26′ 42”
4343Rafael TornabellEspanhaCAN-AM Maverick X3
5421Rodrigo Javier Moreno PiazzoliChileMamoro Rally Team+ 03H 05′ 22”
5421Jorge Gabriel Araya DiazChileCAN-AM Marevick X3RS
6412Marcos BaumgartBrasilX Rally Team+ 03H 37′ 10”
6412Kleber CinceaBrasilCAN-AM Maverick X3
7372Miguel JordãoPortugalSouth Racing CAN-AM+ 04H 33′ 52”
7372Lourival RoldanBrasilCAN-AM Maverick
8418José Antonio Hinojo LopezEspanhaFN Speed Team+ 04H 49′ 59”
8418Xavier BlancoEspanhaCAN-AM Marevick X3
9398Cristian BaumgartBrasilX Rally Team+ 05H 24′ 59”
9398Alberto AndreottiBrasilCAN-AM Maverick X3
10344Sergei KariakinRússiaSNAG Racing Team+ 08H 05′ 21”
10344Anton VlasiukRússiaBRP Maverick X3

Nos Caminhões. Eduard Nikolaev deu um passo decisivo para o título do Dakar 2019. Vencendo a 9ªEtapa do Dakar, Colocando uma enorme vantagem para seu rival Dmitry Sotnikov e do Holandês Gerard de Rooy e praticamente garantiu o tetracampeonato do Rally.

No primeiro setor, Nikolaev saiu na frente com 12 segundos de frente para o piloto da Iveco Gerard de Rooy. Sergei Viazovich vinha em 3º a 42 segundos atrás do piloto da Kamaz. O Argentino Federico Villagra que vinha em 4ºlugar na classificação geral vinha em 4ºlugar. E o Holandês Tom Van Genugten completava os 5 primeiros colocados. 7 minutos e 52 segundos atrás de Nikolaev vinha o Vice-líder da Geral Dmitry Sotnikov.

No segundo Setor, A vantagem do líder Nikolaev aumenta para 1 minuto e 45 segundos para Gerard de Rooy, Que teria a companhia de Sergei Viazovich a 8 segundos atrás em 3ºlugar. Federico Villagra, Tom van Genugten e Dmitry Sotnikov mantiveram suas posições do 4º ao 6ºlugar Respectivamente.

Enquanto Nikolaev se consolidava a sua vantagem na liderança a briga era ferrenha entre de Rooy da Iveco e Viazovich da MAS pelo 2ºlugar. No 4ºSetor, O Bielorrusso estava empatado em segundo lugar com Gerard de Rooy, A 4 minutos e 33 segundos de Nikolaev. Federico Villagra vinha em 4º a 6 minutos e 10 segundos sobre Nikolaev. Completando os 5 primeiros colocados vinha o Vice-líder da Geral Dmitry Sotnikov com 13 minutos e 9 segundos de desvantagem para o líder.

No penúltimo Setor, Nikolaev tem praticamente a mesma vantagem agora sobre o Argentino Federico Villagra que assumiu o segundo lugar com a queda de rendimento de Gerard de Rooy que perdeu o 3ºlugar para Viazovich e agora estava em 4º com 11 minutos e 49 segundos de desvantagem. Um minuto depois vinha Dmitry Sotnikov em 5ºlugar. O Tcheco Ales Loprais vinha em 6ºlugar, Mas a 21 minutos e 59 segundos de Nikolaev. Os outros já vinham a mais de 40 minutos atrás da liderança.

Nikolaev acabou no final sobrando na turma, Vencendo a especial com 14 minutos e 3 segundos de diferença para o Bielorrusso Sergei Viazovich com seu caminhão da MAZ. O Russo Dmitry Sotnikov acabou em 3ºlugar, Mas com 27 minutos e 43 segundos de distância para Nikolaev praticamente minaram as chances de título do Dakar para eles. Porém, A Kamaz deve levar campeonato e vice-campeonato. Ales Loprais se aproveitou dos problemas de Gerard de Rooy e do imenso atraso de Federico Villagra e acabou a prova em 4ºlugar. e Gerard de Rooy com o 3ºlugar na Geral Garantido acabou a prova em 5ºlugar. Maurik van Den Heuvel, Aliaksei Vishneuski, Aleksandr Vasilevski, Federico Villagra e Teruhiro Sugawara completaram os 10 primeiros colocados.

Resultado Final da 9ªEtapa do Dakar 2019 – Caminhões

posPiloto/Copiloto/MecanicoPaísEquipe/VeiculoTempo
1500Eduard NikolaevRússiaKAMAZ – Master04H 19′ 37”
1500Evgeni IakovlevRússiaKamaz 4326
1500Vladimir RybakovRússia
2501Siarhei ViazovichBielorussiaMAz-Sportauto+ 00H 14′ 03”
2501Pavel HaraninBielorussiaMAZ 5309RR
2501Andrei ZhyhulinBielorussia
3514Dmitry SotnikovRússiaKAMAZ-Master+ 00H 27′ 43”
3514Ilnur MustafinRússiaKamaz 43509
3514Dmitri NikitinRússia
4507Ales LopraisRepública TchecaInstaforex Loprais Team+ 00H 28′ 30”
4507Petr PokoraRepública TchecaTatra Jamal – Queen 69
4507Ferran Marco AlcanyaEspanha
5503Gerard de RooyHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 31′ 07”
5503Moises TorrallarEspanhaIveco Powerstar
5503Darek RodewaldPolônia
6513Maurik Van der HeuvelHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 52′ 57”
6513Martin Van RoojiHolandaIveco Powerstar
6513Peter KuijpersHolanda
7511Aliaksei VishneuskiBielorussiaMAz-Sportauto+ 01H 01′ 46”
7511Maksim NovikauBielorussiaMAZ 5309RR
7511Andrei NeviarovichBielorussia
8519Aleksandr VasilevBielorussiaMAz-Sportauto+ 01H 14′ 25”
8519Dzmitry VikhrenkaBielorussiaMAZ 5309RR
8519Anton ZaparoshcBielorussia
9505Federico VillagraArgentinaInfinia Diesel Team de Rooy YPF+ 01H 41′ 57”
9505Adrian Arturo YacopiniArgentinaIveco Powerstar
9505Ricardo Adrian ToArgentina
10510Teruhito SugawaraJapãoHino Team Sugawara+ 02H 23′ 19”
10510Katsumi HamuraJapãoHino 500 Series

Classificação Geral

posPiloto/Copiloto/MecanicoPaísEquipe/VeiculoTempo
1500Eduard NikolaevRússiaKAMAZ – Master39H 24′ 52”
1500Evgeni IakovlevRússiaKamaz 4326
1500Vladimir RybakovRússia
2514Dmitry SotnikovRússiaKAMAZ-Master+ 00H 28′ 35”
2514Ilnur MustafinRússiaKamaz 43509
2514Dmitri NikitinRússia
3503Gerard de RooyHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 01H 35′ 10”
3503Moises TorrallarEspanhaIveco Powerstar
3503Darek RodewaldPolônia
4505Federico VillagraArgentinaInfinia Diesel Team de Rooy YPF+ 05H 47′ 44”
4505Adrian Arturo YacopiniArgentinaIveco Powerstar
4505Ricardo Adrian ToArgentina
5507Ales LopraisRepública TchecaInstaforex Loprais Team+ 06H 05′ 02”
5507Petr PokoraRepública TchecaTatra Jamal – Queen 69
5507Ferran Marco AlcanyaEspanha
6501Siarhei ViazovichBielorussiaMAz-Sportauto+ 06H 19′ 14”
6501Pavel HaraninBielorussiaMAZ 5309RR
6501Andrei ZhyhulinBielorussia
7509Ton Van GenugtenHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 09H 23′ 48”
7509Peter WillemsenBélgicaIveco Powerstar
7509Bernard der KindeHolanda
8519Aleksandr VasilevBielorussiaMAz-Sportauto+ 10H 12′ 52”
8519Dzmitry VikhrenkaBielorussiaMAZ 5309RR
8519Anton ZaparoshcBielorussia
9510Teruhito SugawaraJapãoHino Team Sugawara+ 11H 12′ 02”
9510Katsumi HamuraJapãoHino 500 Series
10513Maurik Van der HeuvelHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 11H 56′ 32”
10513Martin Van RoojiHolandaIveco Powerstar
10513Peter KuijpersHolanda

Texto: Deivison da Conceição da Silva