Nikolaev conquista segunda vitória no Dakar 2019

Nos Caminhões, O Russo Eduard Nikolaev venceu de novo no Estágio que foi de Pisco até San Juan de Marcona. Apesar da vitória, Foi uma disputa interessante com seu arquirrival Gerard de Rooy da Iveco.

No primeiro setor, A liderança começou com o Holandês Gerard de Rooy da Iveco, Colocando 33 segundos a frente do Russo Dmitry Sotnikov da Kamaz. 5 segundos depois estava o líder do Geral Eduard Nikolaev também da Kamaz. Em 4ºlugar vem o segundo holandês Maurik Van der Heuvel com o segundo caminhão da Iveco.

O Argentino Federico Villagra estava em 5º a 59 segundos da liderança. Estava bem a frente do Tcheco Martin Macik com o caminhão da LIAZ. Tom van Genugten com Iveco, Sergei Viazovich da MAS, Martin Soltys com o Caminhão da Tatra e Aliaksei Vishneuski completavam os 10 primeiros lugares.

No WP2 tivemos surpresa, Não pela Liderança passar as mãos do Russo Nikolaev com a Kamaz, Mas pelo segundo lugar do espanhol Rafael Tibau Maynou, Com seu caminhão da MAN e a 20 segundos de distância atrás do líder. 4 segundos depois vinha Dmirty Sotnikov com o Kamaz. A Iveco perdeu terreno, Mas tinha Gerard de Rooy (31 segundos atrás) e Federico Villagra em 4º e 5ºlugares.

Macik da Liaz continuava em 6ºlugar, Seguido de Maurik Van der Heuvel que caiu do 4º para o 7ºlugar, 3 minutos e 51 segundos atrás de Nikolaev. Ton Van Genungten, Sergei Viazovich e Martin Kolomy completavam os 10 primeiros, Que estavam separados por apenas 6 minutos e 13 segundos.

Eduard Nikolaev manteve a liderança no 3ºsetor de Cronometragem, A surpresa acabou não tendo seu tempo marcado. (Rafael Tibau Maynou) O segundo lugar vinha a 34 segundos atrás, Era o Arquirrival Gerard de Rooy com seu Iveco. Em 3º, Um outro Russo, Dmitry Sotnikov com o segundo carro da Kamaz e em 4º Federico Villagra com o segundo Caminhão da Iveco.

Martin Macik vinha subindo com seu modesto LIAZ, subindo para o 5ºlugar a 3 minutos e 44 segundos da liderança. Superando os Holandeses Van der Heuvel e Tom van Genugten, Ambos com a Iveco. Viazovich com MAZ, Karginov com Kamaz e Kolomy com o caminhão da Tatra.

No 4ºSetor, os 5 primeiros mantiveram suas posições: Nikolaev, De Rooy, Sotnikov, Villagra e Macik. Quem subiu e muito foi Andrey Karginov com seu Kamaz ganhando 3 posições indo para o 6ºlugar, Superando a Tom Van Genugten, Sergei Viazovich e Van den Heuvel. Airat Mardeev com o Kamaz fechava os 10 primeiros. Tirando Martin Kolomy por 11 segundos dos Top 10.

No 5ºSetor, Nikolaev com seu Kamaz abriam 59 segundos de frente para Gerard de Rooy da Iveco. Os dois já tinham uma boa vantagem para Dmitry Sotnikov da Kamaz, 3ºlugar a 2 minutos e 34 segundos atrás. Quem completava os 5 primeiros era Federico Villagra em uma constante 4ªposição e um Crescente Andrey Karginov com Kamaz na 5ªposição. Em 6º completando o Sexteto da Kamaz/Iveco. O Holandês Tom Van Genugten com 6 minutos e 19 segundos de desvantagem.

Macik com LIAZ e Viazovich com o caminhão da MAZ eram os melhores caminhões fora dos dois caminhões favoritos à vitória. Van den Heuvel com Iveco e Kolomy com Tarta completavam os 10 primeiros colocados. 28 caminhões marcaram seus tempos na metade da prova.

No 6ªControle de cronometragem, Nikolaev aumenta um pouco mais sua vantagem na liderança. Com 1 minuto e 12 segundos de frente para Gerard de Rooy. Sotnikov, Villagra e Karginov continuavam completando as 5 primeiras posições. Van Genugten e Macik vinham separados por apenas 1 segundo. Essa é a disputa pelo 6ºlugar entre o Caminhão da Iveco e da LIAZ. Sergei Viazovich manteve o 8ºlugar. Kolomy e Mardeev passaram por cima do Van den Heuvel e completavam os 10 primeiros colocados.

No 7ºSetor, a diferença entre Nikolaev e Gerard de Rooy caiu em 7 segundos, Mas ainda o russo do caminhão da Kamaz ainda tinha certa folga sobre o piloto Holandês da Iveco. Ainda estava indefinido a vitória do Estágio. Sotnikov, Villagra e Karginov firmes e fortes em 3º, 4º e 5ºlugares. Quem deu um pulo enorme foi o Bielorrusso Sergei Viazovich que acabou ganhando duas posições. 7 minutos e 14 segundos de Nikolaev, Ele vinha 2 segundos a frente de Tom Van Genugten e 13 segundos a frente de Martin Macik. Martin Kolomy e Maurik van den Heuvel completavam os 10 primeiros colocados.

Nikolaev abriu 1 minuto e 44 segundos a frente de Gerard de Rooy no penúltimo Setor da prova. O piloto da Kamaz tinha a vitória nas mãos. Dmitry Sotnikov estava em uma tranquila 3ªposição, com alguma chance ainda do segundo lugar. Já longe do Russo vinham brigando pelo 4ºlugar: Andrev Karginov que ganhou o 4ºlugar de Federico Villagra por 19 segundos.

Sergei Viazovich com o Caminhão da MAZ mantem o 6ºlugar, Com 3 segundos a frente de Tom van Genugten da Iveco. Os Tchecos Martin Macik da LIAZ e Martin Kolomy com a Tatra vinham em 8º e 9ºlugares. Maurik Van den Heuvel com Iveco fechava os 10 primeiros, 12 segundos a frente de Mardeev com Kamaz.

Nikolaev acabou ficando com a vitória, Desde da segunda cronometragem assumiu a liderança e se manteve com segurança a ponta até o final. O Segundo lugar ficou com o Holandês Gerard de Rooy com 2 minutos e 39 segundos atrás do vencedor. Dmitry Sotnikov levou a Kamaz ao terceiro lugar a mais de 5 minutos atrás do seu companheiro de equipe.

Federico Villagra recuperou o quarto lugar no último setor. O 5ºlugar ficou com o Russo Airat Mardeev, Que tava em 11ºlugar. Ele ganhou 6 posições em 1 setor apenas. Claro que os outros também marcaram bobeira. Enquanto que o Russo ficou 17 minutos e 23 segundos atrás do vencedor. Macik acabou subindo do 8º para o 6ºlugar, Enquanto que Karginov caiu foi do 4ºlugar para o 7ºlugar. Maurik van del Heuvel, Martin Kolomy e Tom Van Genugten completaram os 10 primeiros colocados. A turma que estava mais junta acabou que o 10ºlugar ficou a 30 minutos atrás dos vencedores. Sergei Viazovich acabou caindo demais, Do 6º para o 11ºlugar o Bielorrusso deu uma invertida de posição para trás. Ao contraio de Mardeev.

Viazovich e Vishneuski completaram o Trio da MAZ em 11º, 12º e 13ºlugares respectivamente. O Espanhol Rafael Tibau Maynou que chegou a ficar em 2ºlugar no WP2 ficou em 22ºlugar, Com 3 horas, 27 minutos e 2 segundos de atraso para Nikolaev.

Resultado final da 2ªEtapa do Dakar

pospilotoPaísEquipe/VeiculoTempo
1500Eduard NikolaevRússiaKAMAZ – Master03H 47′ 51”
1500Evgeni IakovlevRússiaKamaz 4326
1500Vladimir RybakovRússia
2503Gerard de RooyHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 02′ 39”
2503Moises TorrallarEspanhaIveco Powerstar
2503Darek RodewaldPolônia
3514Dmitry SotnikovRússiaKAMAZ-Master+ 00H 05′ 28”
3514Ilnur MustafinRússiaKamaz 43509
3514Dmitri NikitinRússia
4505Federico VillagraArgentinaInfinia Diesel Team de Rooy YPF+ 00H 06′ 30”
4505Adrian Arturo YacopiniArgentinaIveco Powerstar
4505Ricardo Adrian ToArgentina
5502Airat MardeevRússiaKAMAZ-Master+ 00H 17′ 23”
5502Akhmet GaliautdiRússiaKamaz 43509
5502Dmitriy SvistunovRússia
6504Martin MacikRepública TchecaBig Shock Racing+ 00H 19′ 19”
6504Frantisek TomasekRepública TchecaLIAZ 111.154
6504Lucas KalankaEslovência
7518Andrey KarginovRússiaKAMAZ-Master+ 00H 19′ 39”
7518Igor LeonovRússiaKamaz 43509
7518Andrey MokeevRússia
8513Maurik Van der HeuvelHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 20′ 07”
8513Martin Van RoojiHolandaIveco Powerstar
8513Peter KuijpersHolanda
9508Martin KolomyRepública TchecaTatra Buggyra Racing+ 00H 21′ 04”
9508Rostislav PlnyRepública TchecaTatra Phoenix
9508Jiri StrossRepública Tcheca
10509Ton Van GenugtenHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 30′ 17”
10509Peter WillemsenBélgicaIveco Powerstar
10509Bernard der KindeHolanda

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Nasser Al-Attiyah vence primeiro estágio nos Carros

O piloto do Qatar Nasser Al Attiyah levou o primeiro estágio do Dakar 2019 no Peru, A prova dos carros acabou começando com pelo menos 1 hora de atraso, As 1 da Tarde (4 da Tarde do Horário de Brasília) Com o campeão do ano passado Carlos Sainz largando primeiro, Nasser Al-Attiyah e Giniel de Villiers foram logo a seguir.

A primeira parcial foi totalmente confusa, O Norte-Americano Robby Gordon com o carro da Textron Wildcat XX saiu na frente, 39 segundos depois veio o espanhol Dani Sola com um CAM-AM. A surpresa não parou por ai, Todos os 10 primeiros eram surpresas: B. Hildebrand, Juan Silva, Camelia Liparoti, C.Potts, Adrian Santos, Adrien Goguet, Vincent Guindani e Byambatsogt Udiikhuu. Nasser Al-Attiyah vinha em 26ºlugar a 12 minutos e 52 segundos de Gordon. Carlos Sainz, Bernhard Tem Brinke, Yassed Al Rajhi vinham logo atrás.

No WP2, A Brincadeira acabou. O Piloto do Qatar, Com o seu Toyota assumiu a liderança com 45 segundos de Carlos Sainz (Campeão de 2018) correndo com o carro da Mini. O Piloto Russo Vladimir Vasilyev com seu Toyota vinha em 3º a 12 segundos de Jakub Przygonski com o carro da Mini. A batalha parece se posicionar entre Mini e Toyota pelo Dakar desse ano. Al Rajhi de Mini, Ten Brinke e De Villiers com Toyota completavam os 7 primeiros. Harry Hunt vinha levando o Pegueot privado para o 8ºlugar. Peterhansel e Despres de Mini fechavam os 10 primeiros. Robby Gordon foi do primeiro para o 19ºlugar.

Nasser Al-Attiyah levou o primeiro estágio com seu Toyota. Com a Pegueot sem uma participação oficial as chances do piloto levar o primeiro título (3º na Carreira) para a marca japonesa aumentam. Porém, O Campeão do ano passado Carlos Sainz ficou em 2ºlugar a 1 minuto e 59 segundos pretende levar o título desse ano. 1 segundo depois ficou o polonês Jakub Przygonski com o Mini. Vladimir Vasilyev foi uma surpresa ao levar seu Toyota ao 4ºlugar, 10 segundos a frente do Saudita Yaseed Al Rajhi. Giniel de Villiers (Vice-Campeão em 2015) ficou em 6ºlugar. 3 pilotos da Mini e outros 3 da Toyota nas 6 primeiras posições. Mostrando equilíbrio entre as duas marcas.

Stephan Peterhansel acabou em 7º a 2 minutos e 57 segundos atrás, Bernhard Ten Brinke, Harry Hunt e Cyril Despres fecharam os 10 primeiros colocados. O Campeão de 2014, Nani Roma acabou 20 segundos atrás de Despres em 11º. Seguido de Orlando Terranova, Sebastien Loeb, Pierre Lachaume e do Peruano Nicolas Fuchs. Robby Gordon ficou em 21ºlugar.

Os três pilotos vindos da Lituania. Vaidolas Zala em 17º, Benediktas Vanagas em 20º e Antanas Juknevicius em 24º mostram que vão dar trabalho em 2019. Martin Prokop é que deixou muito a desejar, Ficou em 46ºlugar a 20 minutos e 52 segundos dos vencedores. Os tchecos da Ford precisam melhorar muito para entrarem na disputa.

Resultado provisório da Primeira etapa:

posPilotoPaísEquipe/VeiculoTempo
1301Nasser Al-AttiyahQatarToyota Gazoo Racing AS01:01:41
1301Matthieu BaumelFrançaToyota Hilux
2300Carlos SainzEspanhaX-Raid Mini JCW Teama 1:59
2300Lucas CruzEspanhaMini John Cooper Works Buggy
3303Jakub PrzygonskiPolôniaOrlen X-Raid Teama 2:00
3303Tom ColsoulBélgicaMini All4 Racing
4311Vladimir VasilyevRússiaG-Energy Teama 2:18
4311Konstantin ZhiltsRússiaToyota Hilux
5314Yazeed Al RaihiArábia SauditaX-Raid Teama 2:28
5314Timo GottschalkAlemanhaMini John Cooper Works Rally
6302Giniel de VilliersÁfrica do SulToyota Gazoo Racing ASa 2:40
6302Dirk von ZitzewitzAlemanhaToyota Hilux
7304Stephane PeterhanselFrançaX-Raid Mini JCW Teama 2:57
7304David CasteraFrançaMini John Cooper Works Buggy
8309Bernhard Tem BrinkeHolandaToyota Gazoo Racing ASa 3:19
8309Xavier PanseriFrançaToyota Hilux
9312Harry HuntInglaterraPH-Sporta 3:25
9312Wouter RosegaarHolandaPeugeot 3008 DKR MAXI
10308Cyril DespresFrançaX-Raid Mini JCW Teama 4:25
10308Jean Paul CottretFrançaMini John Cooper Works Buggy
11307Nani RomaEspanhaX-Raid Mini JCW Teama 4:45
11307Alex Haro BravoEspanhaMini John Cooper Works Buggy
12310Orlando TerranovaArgentinaX-Raid Mini JCW Teama 5:10
12310Bernardo GraueArgentinaMini John Cooper Works Buggy
13306Sebastien LoebFrançaPH-Sporta 6:07
13306Daniel ElenaMônacoPeugeot 3008 DKR
14325Pierre LachaumeFrançaPH-Sporta 6:10
14325Jean Michel PolatoFrançaPeugeot 2008 DKR
15322Nicolas FuchsPeruNicolas Fuchsa 6:34
15322Fernado AdrianArgentinaFord Ranger
16321Boris GarafulicChileX-Raid Teama 6:47
16321Filipe PalmeiroPortugalMini All4 Racing
17337Vaidotas ZalaLituâniaAgrorodeoa 7:01
17337Saulius JurgelenasLituâniaToyota Hilux
18320Matthieu SerradoriFrançaSRT Racinga 7:04
18320Fabian LurquinBélgicaBuggy LCR30
19317Erik van LoonHolandaOverdrive Toyotaa 7:19
19317Harmen ScholtalHolandaToyota Hilux
20330Benediktas VanagasLituâniaGeneral Financing Team Pitlanea 7:43
20330Sebastian RozwadPolôniaToyota Hilux
21316Robby GordonEstados UnidosTeam Speeda 8:28
21316Kellon WalchEstados UnidosTextron Wildcat XX
22328Yasir SeaidanArábia SauditaSaudi Arabiaa 9:08
22328Alexey KuzmichRússiaToyota Hilux Overdrive
23327Aron DomzalaPolôniaOverdrive Toyotaa 9:32
23327Maciej MartonPolôniaToyota Hilux
24315Antanas JukneviciusLituâniaCraft Bearingsa 9:42
24315Darius VaiciulisLituâniaToyota Overdrive Hilux 2016 IRS Model
25332Tomas OurednicekRepública TchecaMP-Sportsa 10:00
25332David KripalRepública TchecaFord Raptor RS Cross Country
26318Wei HanChinaGeely Auto Shell Lubricant Cooper Tire Ta 10:16
26318Min LiaoChinaBuggy SMG
27326Philippe GacheFrançaGeely Auto Shell Lubricant Cooper Tire Ta 10:48
27326Stephane PrevotBélgicaBuggy SMG
28374Denis KrotovRússiaMsk Rally Teama 12:12
28374Dmytro TsyroUcrâniaMini John Copper Works Rally
29363Remy VauthierSuíçaMD RallyE Sporta 13:01
29363Pascal LarroqueFrançaOptimus MD
30356Michael PisanoFrançaSRT Racinga 13:14
30356Valentin SarreaudFrançaBuggy LCR30

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Sebastian Vettel conquista vitória na Bélgica e diferença de Hamilton cai para 17 pontos

Treino de Classificação: Hamilton conquista a pole position, Nova Force India se classifica de maneira triunfal!

No Q1, Sob tempo seco e com sol, Mas com expectativas de chuva se iniciou a classificação. Logo se notou o melhor desempenho dos carros da Mercedes e da Ferrari. Kimi Raikkonen fez 1:42.585 OS carros  da Red Bull estavam 6 décimos atrás dos carros da Ferrari no mínimo. Na metade do treinamento, Os pilotos da Mclaren estavam muito mal, Alonso e Vandoorne vinham em 16º e 17ºlugares. Junto com os pilotos da Williams e Valtteri Bottas que não tinha marcado tempo.

A 5 minutos do final, O piloto da Mercedes foi para a pista marcar sua volta. Classificando na segunda posição. 220 milésimos atrás de Raikkonen.

Os pilotos da Haas foram muito bem no Q1 se colocando em boas colocações. Alonso tentou melhorar seu tempo, Mas não foi o suficiente para evitar a eliminação vexatória. Os pilotos da Mclaren e Williams acabaram de fora do Q2. Triste a situação das duas equipes que nos anos 90 chegaram a disputarem campeonatos estarem nas últimas 4 posições no Q1. Carlos Sainz jr. acabou sendo o 5ºeliminado. A Renault não se adaptou bem ao circuito de Spa, Muito se deve ao fraco motor da equipe. Nico Hulkenberg ficou em 13ºlugar.

Isso acaba chamando a atenção que os dois pilotos da Toro Rosso com os motores Honda conseguiram a classificação. O que pode começar a indicar que o motor Japonês começa a render melhor. Além do ótimo trabalho dos dois pilotos da Sauber.

Resultado do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:42.585
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.805
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.977
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:43.035
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:43.199
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.597
7 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:43.604
8 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:43.654
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.834
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:43.846
11 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.003
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.004
13 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:44.145
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:44.153
15 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:44.221
16 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:44.489
17 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:44.917
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.998
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:45.134
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:45.307

No Q2, Com a chuva ameaçando. Todos foram para a pista de imediato, Ninguém marcando bobeira. Raikkonen continuava sendo o que dava as cartas. 1:41.627. Com Hamilton a 104 milésimos atrás e Vettel já a meio segundo do tempo do Homem de Gelo. Bottas e Hulkenberg não marcaram tempos. Além de Hartley, Leclerc e Ericsson que estavam de fora da fase final da classificação. Gasly estava no Risco de perder sua vaga caso Bottas marcasse um tempo. Porém, Não se sabia se o Finlandês iria para a pista, Já que ele sofreria por trocar componentes da unidade de potência assim como Hulkenberg.

Bottas resolveu partir para uma tentativa a 4 minutos do termino do Q2. Leclerc também estava disposto a entrar no Q3. Bottas conseguiu sem problemas passar para o Q3 em 4ºlugar. Vettel ficou com o tempo mais rápido com Raikkonen, Hamilton e Bottas completando os 4 primeiros colocados. Verstappen, Perez, Grosjean, Ricciardo, Ocon e Magnussen foram os outros 6 classificados. A Force India sob nova direção colocou seus dois carros Na fase final da classificação para o Grid de largada.

Sobrou para Gasly, Hartley da Toro Rosso. Leclerc e Ericsson da Sauber e Hulkenberg da Renault (que não saiu dos boxes no Q2) a eliminação.

Resultado do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:41.501
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:41.533
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:41.553
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.191
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:42.554
6 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.014
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.042
8 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:43.126
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.302
10 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.320
11 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:43.844
12 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:43.865
13 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:44.062
14 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:44.301
15 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 Sem Tempo

No Q3, A Chuva deu as caras logo desde do primeiro segundo. Os pilotos foram para a pista com os pneus de pista seca. A partir do momento que perceberam que a pista estava começando a ficar molhada. A Primeira tentativa dos pilotos foi jogada no lixo. Max Verstappen arrisca de cara a fazer tempo com os pneus intermediários. Aos poucos, Os outros pilotos também estavam saindo da pista.

Verstappen marcou 2:02.849, Seu companheiro de equipe ficou 2 segundos atrás do piloto Holandês. Raikkonen assumiu a liderança com 2:02.671 a 4 minutos e 35 do final da classificação.

Vettel faz 2:02.446 a 2 minutos e 50 do final, A Ferrari tinha nesse momento a dobradinha. Hamilton a tentar melhorar o tempo acaba saindo da pista a 2 minutos do final. Parecia que a pole iria ficar mesmo com o piloto da Ferrari. Porém, Hamilton ainda teria mais uma chance.

Só que Vettel destruiu o cronometro com o tempo de 2:01.188 a 50 segundos do final. A pole estava nas mãos do piloto Alemão, Mas Hamilton estava melhorando o tempo, Colocando pra baixo todas as parciais. O Tempo de 1:58.179 no final do treino foi uma porrada na concorrência. A pole era de Hamilton.

A grande surpresa do treino foi o desempenho de Esteban Ocon que ficou com o 3ºlugar e de Sergio Perez com o 4ºLugar. Os pilotos da Racing Point largariam na segunda fila. Vettel melhorou seu tempo, Só que insuficiente para tirar a 78ª da Carreira de Hamilton.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de Largada do GP da Bélgica
12ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas Fase
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1’58.179 19 Q3
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1’58.905 18 Q3
3 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 2’01.851 16 Q3
4 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 2’01.894 14 Q3
5 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 2’02.122 20 Q3
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 2’02.671 13 Q3
7 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 2’02.769 11 Q3
8 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 2’02.939 16 Q3
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 2’04.933 19 Q3
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1’43.844 7 Q2
11 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1’43.865 14 Q2
12 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1’44.062 13 Q2
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1’44.301 14 Q2
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1’44.917 11 Q1
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1’44.998 3 Q1
16 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1’45.134 6 Q1
17 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ Sem Tempo 6 Q3
18 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 Sem Tempo 6 Q2
19 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1’44.489 6 Q1
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1’45.307 8 Q1

Sebastian Vettel confirma favoritismo e conquista vitória na Bélgica

Confirmando o favoritismo da Ferrari, O Alemão Sebastian Vettel não se intimidou com a pole position de Lewis Hamilton e conquistou a vitória praticamente de ponta a ponta.

Na largada tivemos um acidente impressionante. Nico Hulkenberg acabou atropelando o espanhol Fernando Alonso que acabou saltando e passando por cima do Monegasco Charles Leclerc que se salvou graças ao halo. Esse acidente acabou envolvendo Daniel Ricciardo e Kimi Raikkonen. O Australiano acabou sendo atingido por trás e acabou batendo no pneu e na traseira do homem de Gelo.

Antes da bandeira amarela, Na reta oposta, Sebastian Vettel com mais velocidade de reta passou Hamilton. Mas por muito pouco os dois pilotos da nova Force India não pegaram Vettel e Hamilton com as calça nas mãos e assumirem a liderança da prova. Safety Car depois disso foi acionado.

Raikkonen foi as boxes para trocar os pneus, Daniel Ricciardo foi para a parada para consertar o seu aerofólio traseiro e dessa perdendo 2 voltas em relação aos lideres.

A corrida recomeça na volta 5, Vettel e Hamilton disparam na frente, Com Perez muito bem em 3ºlugar. Verstappen começou a partir para cima de Ocon querendo a 4ªposição. Na Reta o motor da nova Force India era difícil de bater, Mas o jovem piloto Holandês passou no final da reta oposta e faturou a posição.  Enquanto que Valtteri Bottas passou Brendon Hartley em plena Eau Rouge. Uma grande manobra que levou o finlandês a subir para o 13ºlugar.

Raikkonen voltou aos boxes pela segunda vez com problemas na sua asa. Ele acabaria por deixar a prova na volta 10.

Na volta 10, Verstappen supera Sergio Perez e assume a terceira posição. Enquanto isso, Com mais de 340 km/h na reta oposta, Bottas passava seus adversários. Primeiro foi o Sueco Marcos Ericsson da Sauber e na volta seguinte ele passou o Francês Pierre Gasly. Com isso o piloto da Mercedes estava já em 8ºlugar.

Hamilton começava a esforçar uma possível aproximação em Sebastian Vettel, Porém tanto ele como Valtteri Bottas estavam com bolhas nos seus pneus.

Na metade da corrida, O líder do campeonato e segundo lugar na prova Lewis Hamilton acabou indo para os boxes para trocar os pneus, não querendo arriscar um pneu estourado a toa. Isso fez a Ferrari chamar Vettel para ele parar na volta seguinte. Isso evitou que o Alemão perdesse a primeira posição para Hamilton que fez uma volta bem rápida. Na volta 23 Hamilton se livra de Max Verstappen e agora tinha um pouco mais de 1 segundo atrás de Sebastian Vettel.

A partir dai os pilotos partiram para a parada obrigatória nos boxes. Valtteri Bottas que larga em 17ºlugar estava na 4ºlugar, Em uma bela prova de recuperação. Na volta 28. Marcus Ericsson e Brendon Hartley travaram um duelo interessante pelo 10ºlugar. O Sueco passou o piloto Neozelandês que deu o troco na reta oposta. (Que mostra o crescimento da Honda em termos de potência em seus motores) Na volta seguinte o piloto da Sauber deu o troco e passou Hartley de maneira definitiva assumindo o 10ºlugar.

Na 30ªVolta, Valtteri Bottas que vinha em 4ºlugar foi para a sua parada nos boxes, Voltou em 6ºlugar. Perto de Ocon e a 8 segundos de Perez. Vettel abriu 5 segundos de Lewis Hamilton. A vitória do piloto Alemão estava mais do que certa. Daniel Ricciardo depois de mais de 30 voltas na pista com 2 voltas de atraso finalmente deixou a prova.

Bottas foi para cima de Esteban Ocon e acabou ganhando a 5ªposição sem qualquer problema, Agora o finlandês foi a caça de Sergio Perez.

O piloto da Mercedes era evidentemente mais rápido que o mexicano da Racing Point. Mesmo com todo o esforço de Perez. Bottas ultrapassou Perez na 40ªvolta para tomar o 4ºlugar. Era o máximo que ele poderia almejar na prova.

Vettel com os seus 10 segundos de frente para Hamilton levou sua Ferrari até o final e confirmou o favoritismo da equipe italiana, Vencendo pela 52ªVez  em sua carreira. O Alemão se torna isolado o 3ºpiloto com mais vitórias na Formula 1. 1 Vitória a mais que Alain Prost. Mais importante disso foi a sua desvantagem para Hamilton cair de 24 para 17 pontos.

Lewis Hamilton mesmo com a pole position não conseguiu reverter o favoritismo da Ferrari na corrida. O segundo lugar minimizou os prejuízos do líder do campeonato que agora tem 17 pontos de frente para Vettel. O pódio foi completado pelo Holandês Max Verstappen, Que pode se dar por satisfeito pelo 3ºlugar. A torcida Holandesa comemorou o Resultado.

Valtteri Bottas também teve um belo dia, Acabou tocando a parte de trás do carro do Stroll na largada, Mas sem maiores prejuízos para a sua corrida. Largando do 17ºlugar o segundo piloto da Mercedes ganhou um belíssimo 4ºlugar em uma de suas melhores atuações do ano.

O Final de semana da Bélgica teve como vencedores morais a nova Force India. Em uma grande corrida de Sergio Perez e de Esteban Ocon em 5º e 6ºlugares respectivamente. Mesmo com os pontos anulados como Force India, A Racing Point já marca 18 pontos superando a Williams.

Romain Grosjean em 7º fez uma prova discreta assim como Kevin Magnussen que chegou em 8ºlugar, Levaram os dois carros da Haas para a zona de pontuação e se aproximaram da Renault na classificação do Mundial de construtores.

Pierre Gasly que vai correr na Red Bull para a temporada de 2019 chega em 9ºlugar, O que mostra que o motor da Honda não esta tão fraco assim como se imagina. E Marcus Ericsson salvou o final de semana da Sauber, Com uma bela corrida e ganhando a briga contra Brendon Hartley acabou fechando a zona de pontuação em 10ºlugar.

Carlos Sainz jr. se esforçou, Mas não conseguiu nada mais que o 11ºlugar. A Renault não tinha um bom carro para o circuito de Spa-Francorchamps. Siroktin que chegou a sonhar com o primeiro ponto dele no ano, Mas acabou em 12º e Lance Stroll que tem futuro certo na Racing Point em 2019 em 13ºlugar. A Williams parece que deu uma melhorada em seu carro, Mas longe de ser algo que anime a equipe de Frank Williams para melhores resultados.

Brendon Hartley mais uma vez ficou muito longe de Pierre Gasly, Um 14ºlugar que não ajuda em nada o Neozelandês a permanecer no Mundial de Formula 1. E Stoffel Vandoorne que parece estar com os dias contados na Mclaren ficando com o 15ºlugar.

Semana que vem teremos a corrida mais rápida do Mundial de Formula 1. No Tradicional Circuito da Itália para a 13ªEtapa do Campeonato que esta ficando cada vez mais disputado entre Lewis Hamilton e Sebastian Vettel.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado Final do GP da Bélgica
12ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 44 1h 23:34.476 2
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 44 a 11. 061 1
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 44 a 31.372 7
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 44 a 1:08.605 17
5 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 44 a 1:11.023 4
6 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 44 a 1:19.520 3
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 44 a 1:25.953 5
8 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 44 a 1:27.639 9
9 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 44 a 1:45.892 10
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 43 a 1 Volta 13
11 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 43 a 1 Volta 19
12 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 43 a 1 Volta 15
13 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 43 a 1 Volta 16
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 43 a 1 Volta 11
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 43 a 1 Volta 20
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 28 Abandono 8
7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 8 Abandono 6
16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 0 Acidente 12
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 0 Acidente 14
27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 0 Acidente 18

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Red Bull/Force India/Toro Rosso/Haas/Sauber/Williams/Mclaren

Stephane Peterhansel buscando recuperar o tempo conquista vitória no Estágio

Stephan Peterhansel junto com Jean-Paul Cottrer em busca da recuperação conquistou a vitória no 8ºestágio do Dakar, A etapa que foi de Uyuni até Tupiza foi marcada pela tentativa da dupla francesa buscando recuperar o prejuízo. Enquanto que a dupla que lidera no Geral Carlos Sainz e Lucas Cruz adotou a estratégia da cautela. Com 1 hora de vantagem para os mais próximos seguidores a Dupla espanhola da Pegueot acabou por não arriscar.

No primeiro Setor, Vice-líder da Geral Nasser Al-Attiyah com seu copiloto Matthieu Baumel assumiu a liderança, Com 8 segundos de vantagem para Peterhansel/Cottrer. Cyril Despres vinha em 3ºlugar, 39 segundos da liderança. Bernhard Tem Brinke e Orlando Terranova disputavam o 4ºlugar, Separados por apenas 3 segundos.

Giniel de Villiers vinha em 6ºlugar a 1 minuto e 10 segundos com seu Toyota. 14 segundos depois os Tchecos Martin Prokop e Jan Tomanek colocavam a Ford em 7ºlugar. Carlos Sainz e Lucas Cruz vinham apenas em 8ºlugar e já dava bem na cara do que seria a prova comedida dos pilotos da Pegueot, Dada a vantagem que eles teriam na liderança. Al Qassimi e Jakub Przygonski completavam os 10 primeiros colocados. Seguidos do Chileno Boris Garafulic e do Argentino Lucio Alvarez que vinham logo atrás em 11º e 12ºlugar.

Al-Attiyah com a Toyota Hilux, Na segunda parte liderava com apenas 1 segundo atrás de Peterhansel com seu Pegueot. Cyril Despres com a Pegueot vinha em 3ºlugar com 47 segundos atrás do piloto do Qatar. Bernhard tem Brinke com seu navegador Michen Perin, vinha a 16 segundos de Despres. Orlando Terranova dignificava a Mini com o 5ºlugar, 22 segundos a frente de Giniel de Villiers, Que fechava os 6 primeiros colocados.

Martin Prokop vinha em 7ºlugar com seu Ford, 19 segundos a frente de Carlos Sainz e Lucas Cruz. Que vinha a 2 minutos e 38 segundos do líder e por consequência a 2 minutos e 37 segundos do Peterhansel. Al Qassimi e Przygonski seguiam em 9º e 10ºlugares. Garafulic e Lucio Alvarez Mantiveram suas colocações. Vaidotas Zala vinha em 13ºlugar a 4 minutos e 49 segundos como o melhor Lituânio da especial.

No terceiro Setor, Stephan Peterhansel (Pegueot) assumiu a liderança da especial abrindo 56 segundos do Nasser Al-Attiyah com seu Toyota. 11 perigosos segundos depois vinha o Francês Cyril Despres com o copiloto David Castera.  Bernhard Tem Brinke manteve o 4ºlugar, Com 10 segundos a frente dos Argentinos Terranova/Graue com seu carro da Mini. Carlos Sainz vinha 3 minutos e 57 segundos, Na 6ªposição.

Giniel de Villiers caiu para fora dos 20 primeiros colocados. Sheik Al Qassimi com seu Pegueot privado superou em 11 segundos o piloto da Ford Martin Prokop em 7ºlugar. Boris Garafulic ganhou 2 posições. Além da posição do Sul-Africano ele passa o Polonês Jakub Przygonski assumindo o 9ºlugar. (6 minutos e 19 segundos de desvantagem para Peterhansel)

Vaidolas Zala também subiu duas posições, Levando seu Toyota ao 11ºlugar. 2 minutos e 29 segundos atrás de Pryzgonski/Colsoul. Nicolas Fuchs a 1 minuto e 42 segundos do Zala vinha colocando o Bordward em 12ºlugar. OS Argentinos Sebastian Halpern e Alejandro Yacopini vinham logo a seguir em 13º e 14ºlugares respectivamente.

4ªSetor, Peterhansel ampliou a diferença na liderança para 1 minuto e 37 segundos. Sobre o novo vice-líder, O também Francês Cyril Despres ganhou do Nasser Al-Attiyah, 26 segundos de frente para o piloto da Toyota. E 8 segundos a frente de Bernhard tem Brinke também de Toyota. Orlando Terranova com o Mini e o líder da Especial Carlos Sainz, A 4 minutos e 14 segundos de Peterhansel, Na 6ªposição.

Sheik Al Qassimi e Martin Prokop mantiveram o 7º e 8ºlugares. Já o Polônes Jakub Pryzgonski recuperou a posição de Garafulic, Levando seu Mini (O melhor da categoria geral) para o 9ºlugar. O piloto Chileno completava o Top 10 a 8 minutos e 2 segundos. 11 seg. atrás do Polonês.

Em Zala mantem o 11ºlugar, Mas o peruano Nicolas Fuchs vinha á 23 segundos o lituânio em 12ºlugar. Yacopini ganhou posição de Halpern, conquistando o 13ºlugar.

No 5ºSetor a liderança continuava com Stephane Peterhansel e Jean-Paul Cottrer com 1 minuto e 40 segundos na primeira posição. Nasser Al-Attiyah recuperou a segunda posição, 37 segundos a frente de Cyril Despres que voltava ao 3ºlugar. Enquanto Orlando Terranova manteve o 4ºlugar. 1 minuto e 12 segundos atrás de Despres. O Espanhol Carlos Sainz junto de Lucas Cruz passou para o 5ºlugar. A 4 minutos e 59 segundos de Peterhansel.

Bernhard Tem Brinke vinha em 6ºlugar. 1 minuto e 31 segundos atrás de Sainz, Mas de forma tranquila vinha em 6ºlugar, 2 minutos e meio a frente de Sheik Al Qassimi em 7ºlugar. 48 segundos atrás vinha Jakub Pryzgonski que subiu para o 8ºlugar. Boris Garafulic a 12 minutos e 31 segundos do líder subiu para o 9ºlugar. Martin Prokop e Jan Tomanek é que se deram mal nesse setor, Caindo do 8º para o 10ºlugar. Nicolas Fuchs ganhou o 11ºlugar de Vaidolas Zala nesse Setor. Giniel de Villiers estava se recuperando, Já vinha em 14ºlugar. (20 minutos e 1 segundos atrás do 1ºcolocado)

Cyril Despres fez um grande setor e passou de forma impressionante a Peterhansel e por 29 segundos de diferença, Ele junto de David Castera assumiu a primeira posição. Até aqui os dois faziam dobradinha para a Pegueot. Nasser Al-Attiyah vinha em 3ºlugar, 1 minuto e 4 segundos atrás de Despres. Quem vinha também perto era o Argentino Orlando Terranova com seu Mini, 22 segundos atrás do 5 vezes campeão do Dakar nas motos.

Carlos Sainz vinha em 5ºlugar. 4 minutos e 10 segundos atrás de Despres, 3 minutos e 41 segundos do Peterhansel e 3 minutos,6 segundos atrás de Al Attiyah. O Espanhol vinha administrando bem sua posição na liderança. Bernhard Tem Brinke veio bem tranquilo em 6ºlugar, A mais de 4 minutos de vantagem para o Sheik Al Qassimi. O 7ºcolocado do piloto da Pegueot privada estava bem ameaçado. Apenas 2 segundos separa ele de Jakub Pryzgonski da Mini. Nicolas Fuchs superou Garafulic e Prokop e assumiu o 9ºlugar. Com o Chileno em 10ºlugar e o Tcheco se deu mal caindo para o 11º. 20 segundos depois em 12º vinha o Argentino Sebastian Halpern.

Giniel de Villiers vem em 13º, 21 minutos e 1 segundo atrás de Despres.

No 7ºSetor o líder passou a ser o piloto da Toyota Nasser Al-Attiyah, que tirou a diferença em cima dos dois pilotos da Pegueot e assumiu a liderança. 2 segundos a frente de Peterhansel e 16 segundos a frente de Despres. A briga pela liderança estava bem acirrada. Orlando Terranova vinha 1 minuto e 40 segundos em 4ºlugar com o carro da Mini. Logo depois disso vinham Carlos Sainz em 5º (4 minutos e 9 segundos atrás de Peterhansel), Bernhard tem Brinke vinha em 6º 17 segundos depois do piloto Espanhol.

Jakub Pryzgonski e Al Qassimi disputam o 7ºlugar, estavam longe dos primeiros colocados e disputando a posição. Separados por 51 segundos entre o pilotos da Mini e o piloto da Pegueot. Ambos viam a mais de 8 minutos (8 minutos e 41 segundos) do Peruano Nicolas Fuchs com o Bordward em 9º, 1 segundo a frente do Sul-Africano Giniel de Villiers. Que esta tendo uma brilhante recuperação no estágio. Perto dos dois (43 segundos atrás) vinha Martin Prokop em 11º.

Stephan Peterhansel voltou a liderança no Setor seguinte. Abriu 59 segundos a frente de Despres que vinha em 2ºlugar fazendo dobradinha da Pegueot. O piloto Qatari Al Attiyah vinha em 3ºlugar, A 2 minutos e 41 segundos do Líder. O Argentino Orlando Terranova se aproximou muito de Al-Attiyah, 43 segundos atrás do piloto da Toyota em 4ºlugar.

Bernhard Tem Brinke e Michel Perin ficaram mais para trás. Em 6ºlugar a 6 minutos e 43 segundos do líder. Carlos Sainz e Lucas Cruz vinham 28 segundos atrás (e preocupantes 7 minutos e 11 de Peterhansel). Al Qassimi ganhou o 7ºlugar de Pryzgonski mais atrás, Na disputa do 7ºlugar. 8 minutos atrás do Sainz, Mas tranquilos 6 minutos do Giniel de Villiers. O piloto da Toyota passou Fuchs (que perdeu 13 minutos e acabou caindo para o 14ºLugar) e levou o 9ºlugar. Prokop com a Ford, Voltou aos 10 primeiros colocados.

Boris Garafulic com o Mini, Sebastian Halpern com a Toyota e Mikko Hirvonen com a Mini superaram o piloto peruano da Bordward nesse setor.

No 9ºSetor, Continuava Peterhansel/Cottred com seu Pegueot na liderança. Com 1 minuto e 12 segundos de Despres Também de Pegueot. Al Attiyah/Baumel com a Toyota ainda não desistiram da especial. Estavam a 2 minutos e 18 segundos (Diminuíram a diferença em 23 segundos do líder) Em 3ºlugar. O Argentino Terranova perdeu tempo no setor e permitiu a ultrapassagem de Tem Brinke/Perin. Os pilotos da Toyota passaram os Argentinos da mini e assumiram o 4ºlugar.

Carlos Sainz vinha em 6ºlugar, 7 minutos e 20 segundos do seu principal arquirrival na disputa do Dakar (Stephan Peterhansel) Longe do líder na classificação geral vinha a Briga entre a Mini de Jakub Pryzgonski e a Pegueot de Al Qassimi. Nesse estágio o piloto Polonês levou a melhor e ficou a frente, 18 segundos a frente do Sheik e do seu copiloto Xavier Panseri.

Giniel de Villiers com a Toyota e Martin Prokop continuavam em 9º e 10ºlugares. O Chileno Boris Garafulic vinha em 11º, Já a 30 minutos e 53 segundos atrás do líder do Setor.  Atrás do piloto da Mini vinham: O argentino Halpern e o Finlandês Hirvonen em 13ºlugar.

No penúltimo Setor, A liderança continuava nas mãos de Peterhansel. A diferença entre os primeiros colocados mudou pouca coisa. Despres estava a 1 minuto e 3 segundos atrás do Peterhansel e Al Attiyah continuava em 3ºlugar, 2 minutos e 33 segundos. Bernhard ten Brinke ,com seu Toyota parecia que estava com o 4ºlugar assegurado 1 minuto e 45 segundos de frente para Carlos Sainz que continuava na sua especial de cautela máxima. 7 minutos e 7 segundos atrás do líder. Orlando Terranova vinha em 6ºlugar com seu Mini, 55 segundos atrás dos espanhóis.

Pryzgonski despachou Al Qassimi, Abrindo 3 minutos e 41 segundos e praticamente garantiu o 7ºlugar na especial. Giniel de Villiers e Martin Prokop seguravam o 9º e 10ºlugares. Assim como Garafulic e Halpern permaneciam em 11º e 12ºlugares. O Peruano Fuchs ganhou o 13ºlugar do Mikko Hirvonen.

Ao final da Especial, Stephan Peterhansel conquista a vitória. Diminuiu sua desvantagem para  Carlos Sainz e para Nasser Al-Attiyah. Ganhou a posição do Holandês Tem Brinke e foi para o Terceiro lugar. Peterhansel chegou 59 segundos a frente de Cyril Despres fazendo a dobradinha da Pegueot. Nasser Al-Attiyah com 2 minutos e 12 segundos atrás do vencedores.

Bernhard tem Brinke terminou com seu Toyota a frente de Carlos Sainz, Com 2 minutos e 4 segundos de diferença.

O piloto Espanhol e o copiloto Lucas Cruz ficou em 5ºlugar ficando 7 minutos e 4 segundos atrás do Peterhansel. Orlando Terranova ficou com a primazia de ter sido como o melhor carro da Mini, O Argentino junto do Navegador Bernardo Graue acabou 10 minutos atrás. em 6ºlugar. Jakub Pryzgonski como o melhor piloto da Mini na classificação geral confirmou o 7ºlugar. Sheik Al Qassimi conseguiu ficar em 8ºlugar. 1 minuto e 59 segundos do Sul-Africano Giniel de Villiers que acabou fazendo uma boa recuperação. Mas o 23 minutos e 19 segundos que ele tomou do Peterhansel acabou fazendo ele junto do seu copiloto Dirk Von Zitzewitz perdesse o terceiro lugar para o 13 vezes campeão do Dakar.

 

Martin Prokop fecha os 10 primeiros colocados. Boris Garafulic com o Mini,  Sebastian Halpern com a Toyota e Nicolas Fuchs com o Bordward. três sul-americanos que ficaram na porta dos 10 primeiros lugares. (11º, 12º e 13ºlugares respectivamente) Mikko Hirvonen que continua tendo um Dakar difícil. 17ºlugar com esse Mini que é parecido com o Formato do Pegueot. O Caminho da Mini pode sim ser o caminho certo, Mas ainda carece de resistência.

Resultado Final da 8ªEtapa do Dakar 2018
Categorias Carros – Uyuni a Tupiza

POS. Piloto Carro Tempo
1 300 Stephane Peterhansel (França) 3008 DKR PEUGEOT 05h 15′ 18”
Jean Paul Cottrer (França)
2 308 Cyril Despres (França) HILUX TOYOTA + 00h 00′ 49”
David Castera (França)
3 301 Nasser Al-Attiyah (Qatar) HILUX TOYOTA + 00h 02′ 12”
Matthieu Baumel (França)
4 309 Bernhard Ten Brinke (Holanda) HILUX TOYOTA + 00h 05′ 00”
Michel Perin (França)
5 303 Carlos Sainz (Espanha) 3008 DKR PEUGEOT + 00h 07′ 04”
Lucas Cruz (Espanha)
6 307 Orlando Terranova (Argentina) JOHN COOPER WORKS RALLY MINI + 00h 10′ 00”
Bernardo Graue (Argentina)
7 312 Jakub Przygonski (Polônia) JOHN COOPER WORKS RALLY MINI + 00h 16′ 38”
Tom Colsoul (Bélgica)
8 319 Sheikh Khalid Al Qassimi (EAU) PEUGEOT 3008 DKR MAXI + 00h 21′ 20”
Xavier Panseri (França)
9 304 Giniel de Villiers (África do Sul) HILUX TOYOTA + 00h 23′ 19”
Dirk Von Zitzewitz (Alemanha)
10 311 Martin Prokop (República Tcheca) F150 EVO FORD + 00h 27′ 55”
Jan Tomanek (República Tcheca)
11 317 Boris Garafulic (Chile) ALL4 RACING MINI + 00h 36′ 29”
Filipe Palmeiro (Portugal)
12 331 Sebastian Halpern (Argentina) TOYOTA Hilux + 00h 39′ 42”
Edu Pulenta (Argentina)
13 313 Nicolas Fuchs (Peru) BX7 BORGWARD + 00h 41′ 20”
Fernando Adrian Mussano (Argentina)
14 323 Benediktas Vanagas (Lituania) TOYOTA Hilux + 00h 41′ 36”
Rozwadowski Sebastian (Polônia)
15 334 Peter Van Merksteijn (Holanda) HILUX TOYOTA + 00h 43′ 10”
Maciel Marton (Polônia)
16 349 Vaidotas Zala (Lituânia) TOYOTA Hilux + 00h 49′ 09”
Saulius Jurgelenas (Lituania)
17 305 Mikko Hirvonen (Finlândia) JOHN COOPER WORKS RALLY MINI + 00h 51′ 20”
Andreas Schulz (Alemanha)
18 321 Antanas Juknevicius (Lituania) HILUX TOYOTA + 01h 03′ 00”
Darius Vaiciulis (Lituania)
19 365 Erik Wevers (Holanda) BX7 BORGWARD + 01h 04′ 00”
Antono Van Limpt (Holanda)
20 320 Eric Bernard (França) BUGGY BV2 + 01h 04′ 27”
Alexandre Vigneau (França)
21 326 Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) TOYOTA Hilux + 01h 04′ 36”
Marco Scopinaro (Argentina)
22 329 Patrick Sireyjol (França) BUGGY LCR30 + 01h 06′ 49”
Francois-Xavier Beguin (Bélgica)
23 343 Jurgen Schroeder (Alemanha) Toyota + 01h 11′ 29”
Maximilian Schroeder (Alemanha)
24 327 Marco Bulacia (Bolívia) MARCO BULACIA + 01h 14′ 21”
Engenio Arrieta (Argentina)
25 342 Philippe Boutron (França) BUGGY + 01h 27′ 26”
Mayeul Barbet (França)
26 330 Jerome Pelichet (França) TOYOTA OVERDRIVE + 01h 45′ 45”
Eugenie Decre (Suíça)
27 347 Tim Coronel (Holanda) JEFFERIES DAKAR RALLY + 01h 46′ 17”
Tom Coronel (Holanda)
28 336 Isidre Esteve (Espanha) SPRINGBOK MD SODICARS + 01h 50′ 26”
Txema Villalobos (Espanha)
29 355 Oscar Fuerter Aldanondo (Espanha) SSANGYONG Tivoli + 02h 08′ 18”
Diego Vallejo (Espanha)
30 366 Martin Maldonado (Argentina) MERCEDES PROTOTIPO COLCAR + 02h 10′ 23”
Sebastian Scholz Vergnolle (Argentina)

Classificação Geral

POS. Piloto Carro Tempo
1 303 Carlos Sainz (Espanha) 3008 DKR PEUGEOT 27h 04′ 00”
Lucas Cruz (Espanha)
2 301 Nasser Al-Attiyah (Qatar) HILUX TOYOTA + 01h 06′ 37”
Matthieu Baumel (França)
3 300 Stephane Peterhansel (França) 3008 DKR PEUGEOT + 01h 13′ 42”
Jean Paul Cottrer (França)
4 309 Bernhard Ten Brinke (Holanda) HILUX TOYOTA + 01h 23′ 00”
Michel Perin (França)
5 304 Giniel de Villiers (África do Sul) HILUX TOYOTA + 01h 37′ 09”
Dirk Von Zitzewitz (Alemanha)
6 312 Jakub Przygonski (Polônia) JOHN COOPER WORKS RALLY MINI + 02h 28′ 36”
Tom Colsoul (Bélgica)
7 311 Martin Prokop (República Tcheca) F150 EVO FORD + 02h 43′ 30”
Jan Tomanek (República Tcheca)
8 319 Sheikh Khalid Al Qassimi (EAU) PEUGEOT 3008 DKR MAXI + 02h 55′ 42”
Xavier Panseri (França)
9 334 Peter Van Merksteijn (Holanda) HILUX TOYOTA + 04h 59′ 41”
Maciel Marton (Polônia)
10 313 Nicolas Fuchs (Peru) BX7 BORGWARD + 06h 34′ 09”
Fernando Adrian Mussano (Argentina)
11 331 Sebastian Halpern (Argentina) TOYOTA Hilux + 06h 56′ 35”
Edu Pulenta (Argentina)
12 327 Marco Bulacia (Bolívia) MARCO BULACIA + 08h 08′ 39”
Engenio Arrieta (Argentina)
13 349 Vaidotas Zala (Lituânia) TOYOTA Hilux + 08h 12′ 01”
Saulius Jurgelenas (Lituania)
14 326 Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) TOYOTA Hilux + 08h 14′ 09”
Marco Scopinaro (Argentina)
15 318 Lucio Alvarez (Argentina) HILUX TOYOTA + 08h 24′ 25”
Robert Howie (África do Sul)
16 329 Patrick Sireyjol (França) BUGGY LCR30 + 08h 52′ 08”
Francois-Xavier Beguin (Bélgica)
17 321 Antanas Juknevicius (Lituania) HILUX TOYOTA + 08h 57′ 02”
Darius Vaiciulis (Lituania)
18 330 Jerome Pelichet (França) TOYOTA OVERDRIVE + 09h 17′ 30”
Eugenie Decre (Suíça)
19 305 Mikko Hirvonen (Finlândia) JOHN COOPER WORKS RALLY MINI + 09h 22′ 52”
Andreas Schulz (Alemanha)
20 320 Eric Bernard (França) BUGGY BV2 + 09h 31′ 57”
Alexandre Vigneau (França)
21 317 Boris Garafulic (Chile) ALL4 RACING MINI + 11h 12′ 33”
Filipe Palmeiro (Portugal)
22 366 Martin Maldonado (Argentina) MERCEDES PROTOTIPO COLCAR + 12h 44′ 22”
Sebastian Scholz Vergnolle (Argentina)
23 336 Isidre Esteve (Espanha) SPRINGBOK MD SODICARS + 14h 02′ 02”
Txema Villalobos (Espanha)
24 342 Philippe Boutron (França) BUGGY + 14h 22′ 01”
Mayeul Barbet (França)
25 343 Jurgen Schroeder (Alemanha) Toyota + 15h 41′ 15”
Maximilian Schroeder (Alemanha)
26 358 Fernando Ferrand Malatesta (Peru) VOLKSWAGEN Amarok + 16h 50′ 20”
Fernando Ferrand del Busto (Peru)
27 344 Jose Antonio Blangino (Argentina) RAPIDO RASTROJERO + 17h 03′ 57”
Fernando Matias Acosta (Argentina)
28 307 Orlando Terranova (Argentina) JOHN COOPER WORKS RALLY MINI + 17h 50′ 43”
Bernardo Graue (Argentina)
29 337 Akira Miura (Japão) TOYOTA VDJ200 + 18h 59′ 05”
Laurent Lichtleuchter (França)
30 355 Oscar Fuerter Aldanondo (Espanha) SSANGYONG Tivoli + 19h 15′ 56”
Diego Vallejo (Espanha)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar

Caminhões no Dakar: Kamaz domina 5ºdia e Nikolaev dispara na ponta do Dakar 2018

O Trio Russo formado por Airat Mardeev/Aybar Belyaev/Dmitry Svistunov conquistou a vitória no estágio de San Juan de Marcona até Arequipa. Em um dia aonde a Kamaz dominou o estágio, Com 3 dos 4 trios Russos nas 3 primeiras posições.

Dmitry Sotnikov ficou em 2ºlugar e Eduard Nikolaev ficou com o 3ºlugar a 4 minutos e 33 segundos dos vencedores, Mas em relação a sua luta pelo título com o Argentino Federico Villagra dai a vantagem do piloto da Kamaz e sua turma foi de 21 minutos e 10 segundos. Os Argentinos ficaram apenas em 9ºlugar com o Caminhão da Iveco. Na Classificação Geral a diferença entre os dois esta em 58 minutos e 5 segundos a favor de Nikolaev/Yakovlev/Rybanov.

Ton von Genugten ficou com o 4ºlugar na especial com o primeiro caminhão da Iveco. Em 5ºlugar ficou com o Cazaque Artur Ardavichus também com o caminhão da Iveco.

Apesar da monopólio da Kamaz dos 3 primeiros lugares. As 5 primeiras posições na classificação geral estão entregues a 5 marcas de caminhões diferentes: Kamaz em 1º com Nikolaev, Iveco em 2º com Villagra, MAZ em 3º com Siarhei Viazovich, Liaz com Martin Macik em 4º e em 5ºlugar o caminhão Japonês da Hino com Terohito Sugawara.

Resultado Final – 5ªEtapa do Dakar 2018

POS. Piloto Caminhão Tempo
1 507 Airat Mardeev (Rússia) 4326 KAMAZ 03H 32′ 39”
Aydar Belyaev (Rússia)
Dmitriy Svistunov (Rússia)
2 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) 4326 KAMAZ + 00H 03′ 56”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)
3 500 Eduard Nikolaev (Rússia) 4326 KAMAZ + 00H 04′ 33”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
4 509 Ton Von Genugten (Holanda) POWERSTAR IVECO + 00H 05′ 30”
Bernard Der Kinderen (Holanda)
Peter Willemsen (Bélgica)
5 508 Artur Ardavichus (Cazaquistão) POWERSTAR IVECO + 00H 13′ 24”
Michel Huisman (Holanda)
Serge Bruynkens (Bélgica)
6 505 Martin Kolomy (República Tcheca) Tatra Phoenix + 00H 20′ 47”
Jiri Stross (República Tcheca)
Rostislav Plny (República Tcheca)
7 503 Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) 5309RR MAZ + 00H 21′ 39”
Dzmitry Vikhrenko (Bielorussia)
Anton Zaparoshchanka (Bielorussia)
8 518 Aliaksei Vishneuski (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00H 24′ 34”
Maksim Novikau (Bielorussia)
Andrei Neviarovich (Bielorussia)
9 501 Federico Villagra (Argentina) POWERSTAR IVECO + 00H 25′ 43”
Ricardo Adrian Torlaschi (Argentina)
Adrian Arturo Yacopini (Argentina)
10 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00H 25′ 56”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
11 511 Terohito Sugawara (Japão) HINO 500 Series + 00H 32′ 07”
Mitsugu Takahashi (Japão)
12 517 Gert Huzink (Holanda) Renault K520 + 00H 35′ 10”
Rob Buursen (Holanda)
Martin Roesink (Holanda)
13 510 Martin Macik (República Tcheca) LIAZ 111.154 + 00H 57′ 16”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)  

 

Classificação Geral:

POS. Piloto Caminhão Tempo
1 500 Eduard Nikolaev (Rússia) 4326 KAMAZ 15H 59′ 39”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
2 501 Federico Villagra (Argentina) POWERSTAR IVECO + 00H 58′ 05”
Ricardo Adrian Torlaschi (Argentina)
Adrian Arturo Yacopini (Argentina)
3 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) 5309RR MAZ + 02H 43′ 46”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
4 510 Martin Macik (República Tcheca) LIAZ 111.154 + 03H 15′ 40”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)
5 511 Terohito Sugawara (Japão) HINO 500 Series + 03H 24′ 08”
Mitsugu Takahashi (Japão)
6 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) 4326 KAMAZ + 03H 57′ 00”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)
7 507 Airat Mardeev (Rússia) 4326 KAMAZ + 04H 03′ 15”
Aydar Belyaev (Rússia)
Dmitriy Svistunov (Rússia)
8 508 Artur Ardavichus (Cazaquistão) POWERSTAR IVECO + 04H 21′ 22”
Michel Huisman (Holanda)
Serge Bruynkens (Bélgica)
9 509 Ton Von Genugten (Holanda) POWERSTAR IVECO + 04H 31′ 26”
Bernard Der Kinderen (Holanda)
Peter Willemsen (Bélgica)
10 516 Maurik Van Der Heuvel (Holanda) SCANIA Torpedo + 05H 14′ 52”
Wilko Van Oort (Holanda)
Martijn Van Rooij (Holanda)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar