MotoGP – GP da Catalunha

Na Catalunha, um gigante domínio da Yamaha e principalmente da Petronas, com a pole de Franco Morbidelli e vitória de Fabio Quartararo, que volta a liderança do Mundial.

Classificação do Sábado, Líder do campeonato, Andrea Dovizioso foi um dos primeiros a entrar na pista, seguido de Alex Rins e Estebe Rabat. Dovi não acerta a primeira volta e decide abortar ela. Já Alex Rins não abortou sua volta e acabou marcando 1:40.469 a 11:30 do final, muito na frente de Rabat. Iker Lecuona passou a ser o segundo colocado, superando Francesco Bagnaia a 11 minutos do final da sessão.

A 9:45 do final da sessão de repescagem, Dovizioso em sua primeira volta rápida passou para a ponta com 1:40.467. Porém, um recuperado Cal Crutchlow subiu para a ponta com 1:40.124. Miller que vinha em volta rápida perdeu tempo e só marcou o 8ºtempo.

Os dois pilotos da Pramac foram para uma terceira tentativa seguida. Nessa volta é que Miller andou rápido e passou para a ponta, baixando da casa do 1 minuto e 40 segundos (1:39.705). Francesco Bagnaia não repetiu o mesmo bom desempenho de Miller e ficou com o 4ºtempo. Quem surpreendeu foi Aleix Espargaró marcando o segundo tempo, tomando a vaga de Crutchlow e empurrando Dovizioso para a 5ªposição.

A 6 minutos e 30 segundos do final, Dovizioso volta a pista. Nos dois minutos seguintes, todos os 12 pilotos estavam na pista em sua segunda e última tentativa de voltas. Não tivemos melhoras na classificação, até que a 2 minutos e 20 segundos do final, Takaagi Nakagami passou para a 5ªposição.

Miller em busca de garantir a classificação acabou marcando o tempo de 1:39.399 a 1 minuto e 15 segundos do final. Alex Rins passou a ser o segundo após uma volta muito boa. Nakagami superou Crutchlow e ficou perto do tempo de Rins a 40 segundos do final.

Porém o Japonês não se contentou com seu tempo e foi para uma última tentativa, dessa vez, o piloto da LCR Honda acabou superando Rins e levou a 2ªvaga de classificação, salvando a Honra da Honda. Andrea Dovizioso acabou não arranjando nada no final e acabou ficando na 7ªposição, tendo que largar na 17ªposição na corrida de domingo.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
143Jack MillerPramac RacingDucati1’39.399
230Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’39.547
342Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.751
463Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’39.777
541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.973
635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’39.988
74Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’40.109
873Álex MárquezRepsol Honda TeamHonda1’40.164
927Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.490
106Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’40.721
1138Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.838
1253Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’41.013

Com sua moto Yamaha da Petronas, Franco Morbidelli foi o primeiro a entrar na pista na fase final de classificação. Sem aglomerações, os 12 pilotos entraram na pista aos poucos sendo Quartararo o último a entrar na pista. Quase todos os pilotos estavam usando pneus macios nas duas rodas, com alguns usando pneus médios em uma das rodas.

Morbidelli acabou fazendo um tempo alto demais, O outro piloto da Petronas acabou perdendo a volta, Quartararo passou reto na curva 10. Enquanto que Rossi a 10:50 do final, passou para a pole com 1:39.851 e 10 segundos depois, foi a vez de Viñales marcar o melhor tempo com 1:39.655. Morbidelli, Mir e Nakagami completavam os 5 primeiros colocados.

Franco Morbidelli baixou muito seu tempo anterior na segunda volta, passando para a ponta a 9:50 do final com 1:39.110. Enquanto que Miguel Oliveira acabou indo para o chão na curva 10. A menos de 8 minutos do final da sessão, Jack Miller passou para segunda posição ao marcar 1:39.225. Johann Zarco marcou o 3ºTempo e Pol Espargaró o 5ºtempo, ficando atrás de Marevick Viñales.

Fabio Quartararo ainda não tinha feito sua volta rápida, acabou tendo problemas nas duas voltas. O Francês voltou a pista a 6:30 do final da Classificação, assim como outros pilotos que saíram aos poucos dos seus boxes para a pista.

A 3:23 do final, Quartararo marca o segundo melhor tempo com 1:39.193, Viñales não consegue acompanhar o piloto da Petronas e marca o 4ºtempo. A 2 minutos do final, os 4 pilotos da Yamaha brigavam pela pole position.

A 1 minuto e 40 segundos do final, Quartararo tomou a ponta com 1:39.008. 10 segundos depois, Rossi marcou o 2ºtempo 121 milésimos mais lento que o piloto francês. Mas ainda teríamos uma última volta para todo mundo. Foi nessa volta final que Morbidelli brilhou e acabou marcando o tempo de 1:38.798 e marcou a pole position no GP da Catalunha. Liderando o pleno domínio dos pilotos da Yamaha. Seu companheiro de equipe Fabio Quartararo larga em 2º, Valentino Rossi da equipe oficial da Yamaha em 3º e deixando um pouco a desejar, Marevick Viñales larga em 5ºlugar, atrás de Jack Miller da Pramac, que ficou em uma honrosa 4ªposição.

Johann Zarco levou a Avintia a um belo resultado de classificação, colocando a Ducati de 2019 na 6ªposição, fechando a 2ªfila. Na 3ªfila vão largar: Pol Espargaró da KTM, Joan Mir da Suzuki e Danilo Petrucci da equipe oficial da Ducati. Completando os 12 primeiros colocados: Brad Binder da KTM, Takaaki Nakagami da LCR Honda e Miguel Oliveira da Tech 3.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
121Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’38.798
220Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.008
346Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.129
443Jack MillerPramac RacingDucati1’39.225
512Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.371
65Johann ZarcoEsponsorama RacingDucati1’39.378
744Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.495
836Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.628
99Danilo PetrucciDucati TeamDucati1’39.641
1033Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.659
1130Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’39.713
1288Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.188
1342Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.751
1463Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’39.777
1541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.973
1635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’39.988
174Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’40.109
1873Álex MárquezRepsol Honda TeamHonda1’40.164
1927Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.490
206Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’40.721
2138Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.838
2253Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’41.013

No domingo, tivemos o domínio dos pilotos da Yamaha numa tarde de tempo nublado na Catalunha. Franco Morbidelli, o pole position largou bem e manteve a ponta, quem largou muito bem foi Jack Miller que pulou para segunda posição, com Rossi e Quartararo em 3º e 4ºlugares. Na segunda curva da prova, Zarco acabou caindo e Dovizioso não pode se quer desviar, ambos acabaram deixando a corrida. Para o piloto da Ducati foi um fim de semana para esquecer.

Antes do termino da primeira volta, Rossi e Quartararo reagiram e superaram o piloto da Pramac. Já Marevick Viñales largou muito mal e caiu para a 16ªposição. Morbidelli, Rossi, Quartararo, Miller e Mir são os 5 primeiros colocados. Alex Rins ganhou 7 posições, subindo da 13ª para a 6ªposição. Outro piloto que subiu bastante foi Aleix Espargaró, pulando da 16ª para a 10ªposição, resistindo aos ataques de Miguel Oliveira e Takaaki Nakagami.

Valentino Rossi tentou se aproximar de Quartararo trazendo com ele Fabio Quartararo. Na 6ªVolta, o piloto francês superou Rossi e assumiu a segunda posição. Mais atrás, Alex Rins briga com Pol Espargaró em busca da 6ªposição. O piloto da Suzuki superou Pol na 7ªVolta ganhando a 6ªposição. Danilo Petrucci, Francesco Bagnaia e Miguel Oliveira se aproximaram do piloto da KTM, formando um grupo entre a 7ª a 10ªposição.

Quartararo chegou em Morbidelli e sem perder muito tempo, na 9ªVolta, o francês supera seu companheiro de equipe passando para a liderança. O ítalo-brasileiro vinha disposto a recuperar a liderança das mãos de Quartararo para a suas mãos. Juntamente de Rossi que vinha em 3º, os 3 pilotos com a Moto Yamaha vinham com boa vantagem para Miller e Mir. Ao contraio de Viñales, na 15ªposição, bem mal na corrida, sofrendo para marcar ponto.

Danilo Petrucci passou Pol Espargaró, que ao buscar superar o piloto oficial da Ducati acabou indo para o chão e deixando a corrida na 13ª volta.

A 11 voltas do final, Franco Morbidelli erra a curva 1 e perde a 2ªposição para Valentino Rossi. Duas voltas depois, Rossi que tentava alcançar Quartararo vai para o chão e abandona, perdendo a chance de conquistar o primeiro pódio na temporada. Ao mesmo tempo, Joan Mir superou Jack Miller passando para 3ªposição. A moto da Suzuki tinha desempenho melhor na parte final de prova.

Quartararo vinha com a corrida nas mãos, com 3 segundos de frente para Morbidelli, o ítalo-brasileiro começava a ser Joan Mir se aproximar. Enquanto isso, Francesco Bagnaia passou Danilo Petrucci e ganhou a 6ªposição, Logo atrás vinha Nakagami em uma digna 8ªposição.

A 5 voltas do final, Rins vai para cima de Miller, não demora muito para o piloto da Suzuki supera o australiano e sobe para a 4ªposição. Ao mesmo tempo, Mir já vinha chegando em Morbidelli que estava sem pneus. Na penúltima volta, Mir leva a segunda posição de Morbidelli que fica na alça de mira de Rins. Na curva 10 da penúltima volta, Rins assume a 2ªposição.

Fabio Quartararo levou tranquilo sua moto até a bandeira, para a terceira vitória do francês na carreira e na temporada, voltando a liderar o campeonato com 108 pontos. O pódio foi completado pelos dois pilotos da Suzuki. Grande corrida de Joan Mir e de Alex Rins, mostrando a qualidade da Ciclística da Suzuki. Franco Morbidelli acabou ficando com a 4ªposição, perdendo no final a chance de subir ao pódio pela terceira vez no ano.

Jack Miller acabou ficando com a 5ªposição, mas muito pressionado pelo companheiro de equipe Francesco Bagnaia e pelo Japonês Takaagi Nakagami, o melhor piloto da Honda nessa temporada. Danilo Petrucci em mais uma exibição abaixo da média fica em 8ºlugar, numa Ducati sem direção, sem rota nessa temporada.

Porém, nada foi pior que a desastrosa prova de Marevick Viñales que não conseguiu fazer uma recuperação minimamente decente, ficando em uma lamentável 9ªposição. Cal Crutchlow completou os 10 primeiros colocados, seu melhor resultado do ano, numa temporada bem ruim do piloto britânico.

Brad Binder (KTM), Aleix Espargaró (Aprilla), Alex Marquez (Respol Honda), Iker Lecuona (tech 3) e Estebe Rabat (Avintia) sem muito destaque completaram a zona de pontuação.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha – Moto GP
Mundial de Motovelocidade

posPilotoEquipeMotoTempo
120Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha40’33.176
236Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 0.928
342Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 1.898
421Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 2.846
543Jack MillerPramac RacingDucatia 3.391
663Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 3.518
730Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 3.671
89Danilo PetrucciDucati TeamDucatia 6.117
912Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 13.607
1035Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 14.483
1133Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 14.927
1241Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 15.647
1373Álex MárquezRepsol Honda TeamHondaa 17.327
1427Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTMa 27.066
1553Tito RabatEsponsorama RacingDucatia 27.282
1638Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniApriliaa 28.736
176Stefan BradlRepsol Honda TeamHondaa 32.643
88Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 6 voltas
46Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 9 voltas
44Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 12 voltas
5Johann ZarcoEsponsorama RacingDucatia 24 voltas
4Andrea DoviziosoDucati TeamDucatia 24 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2 – GP da Catalunha

Na prova realizada no dia 27 de Setembro. Domínio total de Luca Marini, com a pole position no sábado e a vitória no domingo. Grande vitória do piloto da VR46 que aumenta sua vantagem sobre Enea Bastianini. Fabio di Giannantonio conquistou o primeiro pódio dele e da Speed UP em 2020.

No sábado, Muitos dos pilotos de forma ansiosa esperavam entrar na pista, quando dispara o tempo da repescagem, os pilotos vão para a pista. O primeiro a marcar a volta foi Joe Roberts, que marcou uma bela volta de 1:44.459. Tempo esse que nenhum piloto conseguiu alcançar. Enquanto Jorge Navarro acabou tendo sua primeira volta cancelada. Hafish Sharyin era o 2º, seguido de Baldassarri e Garzo da equipe Pons.

Na segunda volta, Roberts Baixou seu tempo para 1:43.993 a 9:40 do final. Dessa vez, o piloto da American Racing seria superado 20 segundos depois pelo espanhol Jorge Navarro da Speed UP, com 1:43.943. Jake Dixon da Petronas e Aron Canet da Aspar Martinez vinham em 3º e 4ºlugares. Sharyin recuou para 5º, Chantra em 6º e Baldassarri caiu para 7º.

Joe Roberts não deixou barato, marcou a melhor volta do Q1 e voltou a primeira posição. O Tempo de 1:43.595 seria difícil de tirar o piloto norte-americano da zona de classificação ao Q2. Canet chegou por momentos ficar de fora do Q2, Manzi chegou a fazer o 4ºtempo, mas Canet tratou de recuperar a posição de classificado.

A menos de 6 minutos do final, Jake Dixon passa para 2ªposição. Não satisfeito em superar Navarro, o britânico da equipe Petronas tentou a liderança da repescagem, porém, não conseguiu melhorar o seu tempo. Lá atrás, Bo Bendsneyder sofrendo com a NTS que não dá a menor chance dele sonhar com alguma coisa decente.

Quando parecia que não teríamos mudanças significativas, Nicolò Bulega da Gresini supera Canet e toma a última vaga das mãos do piloto espanhol. Ao final da 1ªparte da classificação, Roberts sobrou e acabou na frente. Jake Dixon, Jorge Navarro e Nicolò Bulega. Aron Canet acabou eliminado com a 5ªposição. Hector Garzo e Lorenzo Baldassarri não conseguiram se quer levar a Pons para o Q2, uma decepção, principalmente para Balda que demonstra falta de desempenho nessa temporada.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
116Joe RobertsTennor American RacingKalex1’43.595
296Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’43.893
39Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’43.942
411Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’44.093
544Aròn CanetInde Aspar Team Moto2Speed Up1’44.113
662Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’44.207
724Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’44.364
840Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalex1’44.426
919Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’44.455
107Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalex1’44.494
1155Hafizh SyahrinInde Aspar Team Moto2Speed Up1’44.643
1235Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’44.659
1399Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalex1’45.038
1464Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’45.114
1527Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.323
1674Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTS1’45.679

Todo Mundo entrou na pista assim que começou o Q2. Um piloto que já estava com sua situação comprometida era Remy Gardner, ele seria punido em 6 posições no Grid de largada, por ter sido o causador de um acidente na 2ªSessão de treinos livres no dia anterior.

Na primeira volta pra valer, Marini sobrou na turma e marcou 1:43.959, quase meio segundo a frente de Marco Bezzecchi. No começo do 5ºminuto de Q2, Vierge usa o vácuo de Enea Bastianini para marcar o 2ºtempo. Logo depois, Sam Lowes da Marc VDS, Joe Roberts da American Racing e Augusto Fernandez da Marc VDS marcaram 3º, 4º e 5ºTempos respectivamente.

Na volta seguinte, Marini e Bezzecchi voaram baixo e marcaram os dois melhores tempos a menos de 10 minutos do final da sessão. Marini fez 1:43.603 e Bezzecchi fez 1:43.714. Jake Dixon que tinha vindo do Q2 marcou o 3ºtempo. Os três primeiros eram os únicos a virarem abaixo de 1 minuto e 44 segundos.  Marcos Ramirez, Jorge Navarro e Remy Gardner completavam as 6 primeiras posições.

A 8 minutos do final, Fabio di Giannantonio marcou o ótimo tempo de 1:43.727, levando a sua Speed UP ao 3ºlugar. Vierge que chegou a estar em 2º, nessas horas, estava em 8ºlugar. Em 13ºlugar, Bastianini em 13º quase foi ao chão. A mesma coisa aconteceu com Marco Bezzecchi na curva 10. Nesse meio tempo, Jorge Navarro passou para segundo e Jake Dixon passa para a 3ªposição. Marini vinha na pole position, com Navarro, Dixon, Lowes, Bezzecchi, Di Giannantonio, Roberts, Ramirez, Vierge e Fernandez nas 10 primeiras posições a 5 minutos do final.

A partir dai, poucos pilotos melhoraram seus tempos. Um deles foi Fabio di Giannantonio que passou a ser 3ªcolocado a 3:50 do final. Sam Lowes respondeu 20 segundos depois e tomou a terceira posição do piloto italiano. A 1 minuto do final, Gardner desesperado conseguiu ganhar 5 posições, pulando da 14ª para a 9ªposição. Foi à última coisa a mudar no Q2.

Luca Marini conquistou a pole position pela 2ªvez na temporada de 2020, O piloto da VR46 tenta a 3ªVitória na temporada e consolidar a liderança do Mundial. Jorge Navarro com a Speed UP larga em segundo lugar em uma moto que não conseguia até agora andar bem nesse ano. Sam Lowes completa a primeira fila com sua Marc VDS.

Na segunda fila se inicia com Fabio di Giannantonio da Speed UP, seguido de Jake Dixon da Petronas, seu melhor grid de largada na temporada e na carreira. Completa a 2ªfila o Italiano Marco Bezzecchi da VR46. Joe Roberts e Marcos Ramirez da American Racing largam muito bem em 7º e 8ºlugares. Completando os 10 primeiros: Xavi Vierge e Enea Bastianini. Remy Gardner vai largar na 16ªposição devido a punição que ele sofreu.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
110Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’43.355
29Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’43.536
322Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalex1’43.637
421Fabio Di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’43.652
596Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’43.704
672Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’43.714
716Joe RobertsTennor American RacingKalex1’43.741
842Marcos RamírezTennor American RacingKalex1’43.863
997Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’43.871
1033Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalex1’43.908
1112Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalex1’43.916
1237Augusto FernándezEG 0,0 Marc VDSKalex1’43.956
1388Jorge MartínRed Bull KTM AjoKalex1’44.046
1423Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalex1’44.243
1511Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’44.349
1687Remy GardnerOnexox TKKR SAG TeamKalex1’43.874
1757Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’44.410
1845Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalex1’44.434
1944Aròn CanetInde Aspar Team Moto2Speed Up1’44.113
2062Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’44.207
2124Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’44.364
2240Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalex1’44.426
2319Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’44.455
247Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalex1’44.494
2555Hafizh SyahrinInde Aspar Team Moto2Speed Up1’44.643
2635Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’44.659
2799Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalex1’45.038
2864Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’45.114
2927Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.323
3074Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTS1’45.679

Corrida realizada sobre tempo nublado na Catalunha e confirmou mais uma vez o grande momento que vive o italiano Luca Marini da VR46, foi a terceira vitória da temporada.

A começar pela largada, Marini largou bem e manteve a liderança. Quem pula bem é Fabio di Giannantonio que subiu da 4ª para a 2ªposição. Jorge Navarro, Marco Bezzecchi, Enea Bastianini e Sam Lowes completavam os 6 primeiros colocados. Destaque para o ótimo começo de prova de Aron Canet, que pulou da 19ª para a 11ªposição.

Nas primeiras 3 voltas, os dois pilotos da Speed UP acompanhavam Marini. Enquanto isso, Bastianini foi escalado por Lowes e Roberts, depois pelo inglês Jake Dixon e quase escalado pelo Xavi Vierge e se mantendo entre os dois pilotos da Petronas na volta seguinte, o piloto ta Italtrans é superado por Vierge e cai para a 8ªposição. Na 2ªVolta, Dalla Porta e Manzi acabaram caindo na curva 10.

Na volta 4, Vierge perdeu a curva e Enea Bastianini acabou recuperando a 7ªposição. Sam Lowes superou Marco Bezzecchi (Que perde posição para Joe Roberts na 5ªVolta) e começa a se aproximar de Marini, Di Giannantonio e Navarro. No começo da 6ªVolta, Lowes supera Navarro e sobe para 3ªposição. Jake Dixon com problemas mecânicos acabou abandonando a prova.

Lowes passou a acatar Di Giannantonio pelo 2ºlugar, o piloto britânico chegou a passar o piloto da Speed UP, mas perde a trajetória certa da curva 10 e permite que o italiano volte a segunda posição. No começo da 8ªVolta, não teve jeito, Lowes supera di Giannotonio e foi para a segunda posição em definitivo. Já Navarro era pressionado pelo Norte-americano Joe Roberts. Praticamente ao mesmo tempo que Xavi Vierge vai para o chão com sua moto da Petronas, Roberts supera Navarro e passa para a 4ªposição. Marco Bezzecchi cometeu um erro feio e acabou caindo para a 12ªposição.

Marini vinha tranquilo na frente. Porém, Lowes vinha tirando aos poucos a vantagem para o piloto da VR46. Di Giannantonio vinha em 3º. Roberts, Navarro, Canet que largou da 19ªposição para estar na 6ªposição, numa grande corrida do piloto da Aspar Martinez. Bastianini, Fernandez, Bezzecchi e Luthi completavam os 10 primeiros colocados após 11 voltas.

Enquanto Lowes se aproximava cada vez mais de Marini, Enea Bastianini e Augusto Fernandez disputavam a 6ªposição a 10 voltas do final. Aron Canet acabou perdendo posições para os dois, caindo para a 8ªposição. A 9 voltas do final, Navarro que tinha recuado um pouco por algumas voltas acaba se aproximando de Roberts querendo a revanche na reta final da prova. Mais atrás, Marcos Ramirez vai para cima de Thomas Luthi, pega valendo a 10ªposição.

Somtiak Chantra acabou indo para a brita na curva 6, voltas depois ele iria para o chão.  Jorge Martin recuperado da Covid-19 acabou recolhendo para os boxes a 8 voltas do final.

A 7 voltas do final, Lowes usa o vácuo de Marini, colocou por dentro e passou para a liderança no inicio da volta, parecia que o britânico iria para a primeira vitória na temporada, mas Marini não desistiu da briga. Enquanto isso, Jorge Navarro após 3 tentativas finalmente conseguiu passar Joe Roberts reconquistando a 4ªposição para as mãos dele. A Corrida de Remy Gardner que já não é muito boa passou a ficar pior com a punição da volta longa (Nas curvas 1 e 2) e caiu da 13ª para a 19ªposição.

Após longas voltas de disputa, a 5 voltas do final, Enea Bastianini finalmente levou a melhor sobre Augusto Fernandez, subindo para a 6ªposição. Canet vinha em 8º e Bezzecchi em uma desastrosa 9ªposição.

Marini foi para cima de Lowes, finalmente a 2 voltas do final o piloto da VR46 superou o piloto Britânico que já estava sem pneus. A partir dai, Luca Marini ficou tranquilo nas 2 voltas para conquistar a sua 3ªvitória na temporada. Uma bela vitória, só ameaçada de fato por Sam Lowes, o 2ºcolocado, o piloto da Marc VDS fez uma grande corrida e valorizou a vitória de Marini.  

Fabio di Giannantonio teve a sua melhor atuação do ano e conquistou seu primeiro pódio da temporada, a Speed UP teve seu melhor momento nessa temporada. O companheiro de equipe Jorge Navarro acabou na 4ªposição, seguido de perto de Joe Roberts da American Racing e Enea Bastianini da Italtrans. A diferença entre Marini e Bastianini aumentou para 20 pontos, com 6 provas pela frente no campeonato.

Augusto Fernandez caiu na penúltima volta, Marco Bezzecchi recuperou a posição de Aron Canet e chegou na 7ªposição, deixando o piloto da Aspar Martinez na 8ªposição. Marcos Ramirez marcou seu melhor resultado na Moto 2 alcançando a 9ªposição. Marcel Schrotter completou os 10 primeiros colocados, superando Thomas Luthi.

Tetsuta Nakashima em uma lamentável 12ªposição, seguida de Hector Garzo, salvando 3 pontos com a 13ªposição. Edgar Pons marca seus primeiros pontos com a 14ªposição e Simoni Corsi leva a MV Agusta a 15ªposição. Lorenzo Baldassarri para completar o seu péssimo final de semana acaba caindo na última curva da corrida. O piloto da Pons cada vez pior nessa temporada.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha – Moto 3
Mundial de Motovelocidade

posPilotoEquipeMotoTempo
110Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex38’11.103
222Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalexa 0.981
321Fabio Di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Upa 4.399
49Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Upa 5.608
516Joe RobertsTennor American RacingKalexa 5.797
633Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 6.080
772Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 8.552
844Aròn CanetInde Aspar Team Moto2Speed Upa 9.928
942Marcos RamírezTennor American RacingKalexa 14.874
1023Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalexa 15.058
1112Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalexa 17.687
1245Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalexa 18.910
1340Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalexa 19.017
1457Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 19.315
1524Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 20.404
1687Remy GardnerOnexox TKKR SAG TeamKalexa 24.358
1764Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 27.561
1855Hafizh SyahrinInde Aspar Team Moto2Speed Upa 36.014
1927Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 36.101
2099Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalexa 37.659
2174Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTSa 1’00.256
7Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalexa 1 volta
37Augusto FernándezEG 0,0 Marc VDSKalexa 2 voltas
35Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 2 voltas
88Jorge MartínRed Bull KTM AjoKalexa 8 voltas
97Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 15 voltas
96Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalexa 17 voltas
11Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 19 voltas
19Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 20 voltas
62Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 20 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3 – GP da Catalunha

Finalmente a Moto 3 viu Darryn Binder conquistar uma vitória, após 93 tentativas o piloto da CIP Green, irmão de Brad Binder finalmente subiu no ponto mais alto do pódio no Final de semana do GP da Catalunha, prova realizada no dia 27 de Setembro.

A Repescagem do sábado teve o líder do campeonato Albert Arenas e o vice-líder do campeonato Ai Ogura e um dos mais bem colocados no campeonato, o escocês John McPhee. Os 3 tinham obrigação de entrarem na parte final da classificação.

Arenas, Rossi foram um dos primeiros pilotos a entrarem na pista, durante a primeira volta, Barry Baltus acabou caindo no chão na curva 5. Na primeira volta, Rossi fez 1:50.102 e passou para a ponta, com Arenas 1:50.416 na segunda posição a 11:10 do final da sessão. Segundos depois, todos os outros pilotos foram para a pista.

A 10 minutos do final, Carlos Tatay eleva o nível da classificação, marcando o melhor tempo naquele momento. 45 segundos depois, Rossi recupera a ponta com 1:49.346, Albert Arenas que estava logo atrás melhorou a volta e consolidou a terceira posição. Já os outros pilotos voltaram para os boxes.

Enquanto os pilotos voltaram para a pista a 7 minutos do final, Albert Arenas acabou voltando para os boxes, assim como Ai Ogura também voltou. A 5 minutos do final, o líder e vice-líder do Mundial voltaram para a pista. Muitos pilotos não tinham se quer feito marca alguma. Rossi, Tatay, Arenas e Yamanaka eram os classificados.

A 3 minutos e 15 segundos do final, Niccolò Antonelli passou para a frente ao marcar 1:49.164. Deniz Oncü vai para a 4ªposição. Naquele momento, Arenas estava fora da zona de classificação, assim como Ogura e McPhee. A 1:30 do final, Arenas sobe para segundo e Rossi vai para o chão. Isso poderia acabar com suas chances de classificação para o Q2.

Ogura teve sua volta anulada e partiu para a última volta, mas acabou sendo muito fraca e ficou em 10ºlugar. Ou seja, bem longe da classificação. O melhor tempo ficou Alonso Lopez da Husqvarna com 1:48.894, bem a frente de Niccolò Antonelli, John McPhee e Albert Arenas. O líder do campeonato passou para o Q2 raspando. Na frente de José Julián García que substituiu Tatsuki Suzuki (que ainda esta se recuperando de uma lesão na sua mão).

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
121Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’48.894
223Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’49.164
317John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’49.210
475Albert ArenasGaviota Aspar Team Moto3KTM1’49.242
520José GarcíaSIC58 Squadra CorseHonda1’49.330
654Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’49.346
799Carlos TatayReale Avintia Moto3KTM1’49.420
853Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’49.622
950Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’49.723
1079Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’49.782
1182Stefano NepaGaviota Aspar Team Moto3KTM1’49.819
126Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.960
1389Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda1’50.212
149Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’50.288
1592Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’50.437
1673Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’50.998
 70Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTMSem Tempo

Ao Contraio do Q1, onde os pilotos demoraram para sair para a pista, No Q2, todo mundo vai para a pista de imediato. O primeiro Grupo vinham os dois pilotos da Red Bull Ajo KTM (Toba e Fernández) e o piloto da Tech 3 que estava na parte final, que era Ayumi Sasaki. No segundo Grupo era liderado pelos dois pilotos da VR46.

A 11 minutos do final, Raul Fernandez foi o mais rápido na primeira volta, com 1:48.611, seguido de Darryn Binder que acaba superado por Albert Arenas 30 segundos depois. John McPhee acabou indo para os boxes após ter sua volta anulada.

A 8 minutos e 45 segundos do final, Tony Arbolino superou Fernandez e passou para a ponta com 1:48.566. Raul, o piloto da KTM caiu para 2º, seguido de Arenas, Binder, Alcoba que marcou um bom 5ºtempo e Toba completando os 6 primeiros.

Na metade da classificação, os pilotos todos foram para os boxes, com exceção dos dois pilotos da Husqvarna. Alonso Lopez e Romano Fenati fizeram o 7º e 8ºtempos respectivamente. A 4 minutos e 35 segundos do final, o vencedor da etapa passada (Fenati) supera o companheiro de equipe subindo para 7º. Ao mesmo tempo, todo mundo volta para a pista.

Na reta final da classificação, Raul Fernandez com 1:48,380 volta para a liderança a 1:10 do final, mas ainda tinha uma última volta, nessa volta final, Tony Arbolino supera Fernandez e conquista a pole position para a etapa da Catalunha. Um belo duelo pela pole position entre esses dois pilotos. Gabriel Rodrigo completa a primeira fila, passando para 3ªposição na sua última volta.

Albert Arenas abre a segunda fila. O líder do campeonato, que quase fica de fora do Q2 acaba largando muito na frente de Ai Ogura (o Japonês larga na 24ªposição). Jaume Masia da Leopard Racing e Niccolò Antonelli da SIC58 completam a 2ªfila. Na terceira fila, Filip Salac da Snipers e Kaito Toba da Red Bull KTM Ajo buscando um grande resultado e Darryn Binder da CIP Green buscando a primeira vitória. Completando os 12 primeiros: Sergio Garcia da Estrella Galícia, Andrea Migno da VR46 e John McPhee da Petronas.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
114Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHonda1’47.762
225Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKTM1’48.380
32Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’48.380
475Albert ArenasGaviota Aspar Team Moto3KTM1’48.390
55Jaume MasiáLeopard RacingHonda1’48.490
623Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’48.594
712Filip SalacRivacold Snipers TeamHonda1’48.704
827Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTM1’48.729
940Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’48.788
1011Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda1’48.824
1116Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTM1’48.873
1217John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’48.875
137Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’48.938
1452Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Honda1’48.969
1555Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’49.085
1621Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’49.226
1713Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’49.256
1871Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’49.378
1920José GarcíaSIC58 Squadra CorseHonda1’49.330
2054Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’49.346
2199Carlos TatayReale Avintia Moto3KTM1’49.420
2253Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’49.622
2350Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’49.723
2479Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’49.782
2582Stefano NepaGaviota Aspar Team Moto3KTM1’49.819
266Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.960
2789Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda1’50.212
289Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’50.288
2992Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’50.437
3073Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’50.998
3170Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTMSem Tempo

Se o sábado foi de tempo mais ensolarado, o domingo foi de pista nublada. Arbolino largou bem e manteve a ponta, seguido de Gabriel Rodrigo e Albert Arenas. Raul Fernandez não largou bem e caiu para a 6ªposição. Darryn Binder e Filip Salac estava em 4º e 5ºcolocados.

Apesar das tentativas de superar o piloto da Snipers, a liderança continua nas mãos de Arbolino na segunda volta. Na 3ªVolta, Arenas e Binder passaram para as duas primeiras posições. Rodrigo também supera Arbolino e passa a ser o terceiro colocado. Sergio Garcia da Estrella Galicia passou para a 5ªposição ao superar Salac.

Na curva 5, Binder supera Arenas e assume a ponta, mas essa liderança só dura até a reta dos boxes, quando o irmão de Brad Binder e engolido pelo pelotão. Na curva 1 da 4ªVolta, Rodrigo passou a ser o líder, com John McPhee passando a ser o vice-líder na curva 4 após ultrapassagem sobre Tony Arbolino. Curvas depois, o principal piloto da Snipers recuperou a posição.

No começo da 6ªVolta, Andrea Migno vai para a pista e cai para a última posição. Na curva 4, McPhee acabou caindo quando fazia ultrapassagem sobre Arenas que foi levado ao chão pelo piloto da Petronas. O líder do campeonato reclamou muito da manobra e com toda a razão de reclamar, o piloto da Aspar Martinez tinha grandes chances de perder a ponta do campeonato. Ai Ogura estava na 15ªposição naquela altura da prova.

Arbolino e Salac chegaram a fazer dobradinha na frente. Porém, o piloto tcheco acabou caindo para 7ªposição. Já Darryn Binder foi pra cima de Arbolino. Na 8ªVolta, Binder passou Arbolino na reta e liderou até a curva 4, quando Arbolino deu o troco em cima do piloto da CIP. Os dois trocaram de posição nessa volta, Se aproveitando disso, Sergio Garcia, Gabriel Rodrigo e Jaume Masia. O piloto Argentino chegou a passar para a segunda posição e acabou brigando pela posição com Tony Arbolino que acabou levando a melhor sobre o piloto da Gresini. Deniz  Oncü e José Julian Garcia foram ao chão e abandonaram a corrida.

Arbolino volta a ponta na 10ªVolta após a reta dos boxes. Gabriel Rodrigo era o segundo e Masia o terceiro. Na volta seguinte, Masia passou a liderar a corrida, superando Rodrigo, Binder e Arbolino. Ai Ogura vinha em 14ºlugar, na metade da prova, Arenas e Ogura empataria a competição. A 10 voltas do final, Darryn Binder assumiu novamente a liderança. Rodrigo chega a pegar a ponta na 13ªVolta, mas logo o sul-africano volta a pontuar a prova. Raul Fernandez e Tony Arbolino disputavam a terceira posição nesse momento.

Na 14ªVolta, Binder leva a melhor sobre Rodrigo e passa para a liderança. Quem aparece na corrida era Dennis Foggia que pulou da 7ª para a segunda posição e Sergio Garcia subiu para 3ªposição. Tony Arbolino acabou caindo para 6ªposição, ficando atrás de Masia e Rodrigo. Raul Fernandez caiu para 8º.

Binder resistiu na liderança até a 10ªcurva da 15ªVolta, foi quando Foggia superou o piloto da CIP e colocou o piloto da Leopard Racing a liderança da corrida. Garcia chegou a ficar em segundo, mas foi superado por Rodrigo e Binder, sedentos pela primeira vitória na carreira.

Na 17ªVolta, Foggia e Masia colocaram a Leopard na frente, com Binder passando a terceira posição, mas acabou superado por Arbolino na curva 5. O Sul-africano iria se recuperar ainda na volta 18.

A 3 voltas do final, Binder supera Masia na marra e ganha a segunda posição, já o piloto da Leopard acabou caindo na classificação. Kaito Toba e Jeremy Alcoba foram punidos com a volta longa na corrida, mas o piloto da Gresini não cumpriu a punição no prazo e acabou tendo de cumprir duas voltas longas na reta final de corrida. Masia erra a trajetória na curva 5 da penúltima volta e acaba caindo para a 10ªposição.

Foggia abriu a última volta na frente, com Binder e Arbolino na sua cola. Na curva 5, o sul-africano vai para a ultrapassagem sobre Foggia e passou para a liderança. Arbolino também supera o piloto da Leopard.

Darryn Binder finalmente conseguiu a sua primeira vitória, após 93 Grandes Prêmios na Moto3, uma grande vitória do irmão de Brad Binder. Essa vitória pode realmente dar segurança para a sua carreira em diante. Tony Arbolino fica na segunda posição, seu melhor resultado da temporada. Completando o pódio, Dennis Foggia da Leopard Racing, o segundo pódio dele na temporada.

Sergio Garcia com a Estrella Galicia e Alonso Lopez com a sua Husqvarna da equipe Max Biaggi alcançaram seus melhores resultados do ano com a 4ª e 5ªposições respectivamente. Romano Fenati se beneficiou de punições de Jaume Masia e Celestino Vietti para ganhar a 6ªposição. O piloto da Leopard foi recuado para a 7ªposição e o piloto da VR46 para o 8ºlugar. Niccolò Antonelli da SIC58 e Gabriel Rodrigo da Gresini completou os Top 10.

Ai Ogura teve uma corrida difícil, mas o 11ºlugar foi o suficiente para o japonês assumir a liderança do campeonato com 122 pontos contra 119 pontos de Arenas. Se o piloto espanhol não tivesse caído, provavelmente terminaria na frente de Ogura e aumentaria sua vantagem na liderança no Mundial de Pilotos.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha – Moto 3
Mundial de Motovelocidade

posPilotoEquipeMotoTempo
140Darryn BinderCIP Green PowerKTM38’32.507
214Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHondaa 0.103
37Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 0.157
411Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 0.232
521Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 0.386
655Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 1.436
75Jaume MasiáLeopard RacingHondaa 1.218
813Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 1.293
923Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 1.928
102Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 1.932
1179Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 2.012
1212Filip SalacRivacold Snipers TeamHondaa 2.536
1325Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKTMa 3.572
1482Stefano NepaGaviota Aspar Team Moto3KTMa 4.800
156Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 5.042
1670Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTMa 5.656
1771Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 6.729
1827Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTMa 13.556
1952Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Hondaa 14.205
2054Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 14.437
2192Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 23.202
2250Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTMa 25.032
2373Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 35.469
2489Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHondaa 35.496
 16Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTMa 3 voltas
 99Carlos TatayReale Avintia Moto3KTMa 4 voltas
 9Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 10 voltas
 53Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 13 voltas
 20José GarcíaSIC58 Squadra CorseHondaa 13 voltas
 17John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 16 voltas
 75Albert ArenasGaviota Aspar Team Moto3KTMa 16 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Formula 3 – Round 6 – GP da Espanha

6ªEtapa do campeonato de Formula 3, teve como pole de Logan Sargeant e vitórias de Jake Hughes da HWA e de Oscar Piastri da Prema. A disputa pelo campeonato continua acirrada entre Sargeant e Piastri.

Sessão de Classificação começou com quase todos os pilotos indo para a pista assim que o cronometro começou a rodar. Após 2 voltas aquecendo os pneus, todo mundo foi dar volta pra valer. Os primeiros tempos foram de Zendeli e Beckmann, mas foram tempos bem ruins e logo foram superados pelo belo tempo de Liam Lawson da Hitech.

A 23:35 do final da Sessão, Oscar Piastri marcou o melhor tempo, seu companheiro de equipe e líder do campeonato Logan Sargeant marcou o 3ºtempo, ficando entre eles Liam Lawson. Clemente Novalak e Alex Peroni completava os Top 5 nessa primeira volta.

Por incrível que pareça. Não tivemos melhoras lá na frente, Apenas Lirim Zendeli melhorou sua volta, passando da 21ª para a 12ªposição. Com 10 minutos de treino, a maioria acabou indo para os boxes, se quer tentaram melhorar suas voltas.

Alguns pilotos fizeram voltas interessantes, um deles foi o Tcheco Stamek, que acabou subindo para uma razoável 13ªposição. A 14 minutos e 10 segundos do final, David Beckmann melhora seu tempo e passa para a 4ªposição.

A 13 minutos do final, Lirim Zendeli marca 1:33.623 e foi das últimas posições para a liderança. Novalak e Richard Verschoor melhoram e passaram para 5ª e 6ªposições. A 12 minutos do final, Zendeli vinha na frente, com Piastri a 26 milésimos atrás, Lawson a 48 milésimos atrás, Sargeant a 60 milésimos atrás, Novalak a 83 milésimos e Verschoor a 92 milésimos. Os 6 primeiros colocados separados por menos de 1 décimo de diferença.

A 11 minutos do final, Alex Peroni detona o tempo de Zendeli e coloca 2 décimos de frente sobre a concorrência. A se destacar a belas voltas de Matteo Nannini e de Calum Williams, os dois pilotos da Jenzer marcaram o 11º e 14ºlugares respectivamente.

A 8 minutos do final, todos os outros favoritos foram para a pista. O tempo do piloto Australiano da Campos Racing era o objetivo dos favoritos. A 4 minutos e meio, David Beckmann e os outros pilotos abriram as últimas voltas rápidas.

Em sua nova volta rápida, Lirim Zendeli ficou a 5 milésimos do tempo de Peroni. Já Beckmann a 3 minutos do final passa a ser o pole com 1:33.319. Esse tempo do piloto alemão (Que vive ótima temporada) foi superado facilmente por Logan Sargeant 20 segundos depois, marcando 1:32.978 e Jake Hughes um pouco antes marcando 1:33.085. Liam Lawson subiu para a terceira posição com 1:33.117.

Mas ainda teríamos uma última volta para cada piloto. Destaque para Clement Novalak acabou subindo para a 6ªposição. Os momentos finais foram estragados pela batida de Alessio Deledda. Com isso a classificação acabou e Sargeant marcou a pole position para a primeira prova da Formula 3 em Barcelona, marcando mais 4 pontos e consolidando a sua liderança no campeonato. Ao seu lado, vai largar Jake Hughes da HWA Racelab. O melhor momento na temporada para o inglês.

Na segunda fila vai largar Liam Lawson da Hitech e Oscar Piastri da Prema, o vice-líder do campeonato. Na terceira fila, larga o Venezuelano Sebastian Fernandez da ART Grand Prix e Clement Novalak da Carlin, um das sensações da temporada. Completavam os 10 primeiros colocados: David Beckmann (Trident), Théo Pourchaire (ART Grand Prix), Alex Peroni (Campos) e Lirim Zendeli (Trident).

Grid de Largada:

pospilotoequipeTemponºVoltas
13Logan SargeantPrema Racing1:32.97411
215Jake HughesHWA Racelab1:33.08511
35Liam LawsonHitech Grand Prix1:33.11712
41Oscar PiastriPrema Racing1:33.17111
59Sebastian FernandezART Grand Prix1:33.22213
626Clément NovalakCarlin Buzz Racing1:33.23911
711David BeckmannTrident1:33.31911
87Théo PourchaireART Grand Prix1:33.38613
929Alex PeroniCampos Racing1:33.40711
1010Lirim ZendeliTrident1:33.41212
1117Richard VerschoorMP Motorsport1:33.53113
1227Leonardo PulciniCarlin Buzz Racing1:33.58811
1322Matteo NanniniJenzer Motorsport1:33.60211
148Alexander SmolyarART Grand Prix1:33.68213
152Frederik VestiPrema Racing1:33.68511
1614Enzo FittipaldiHWA Racelab1:33.76211
1716Jack DoohanHWA Racelab1:33.78211
1828Cameron DasCarlin Buzz Racing1:33.82611
1923Roman StanekCharouz Racing System1:33.87412
2019Lukas DunnerMP Motorsport1:33.89213
2112Olli CaldwellTrident1:33.91112
224Max FewtrellHitech Grand Prix1:33.93412
2318Bent ViscaalMP Motorsport1:33.93711
246Dennis HaugerHitech Grand Prix1:33.97612
2520Calan WilliamsJenzer Motorsport1:34.0049
2625David SchumacherCharouz Racing System1:34.0257
2721Federico MalvestitiJenzer Motorsport1:34.18811
2824Igor FragaCharouz Racing System1:34.27312
2931Sophia FlörschCampos Racing1:34.51713
3030Alessio DeleddaCampos Racing1:35.18110

Corrida de sábado foi com sol para a realização das 22 voltas. Porém, essas duas provas tivemos muitas vezes o Safety Car entrando na pista, tanto no sábado como no domingo.

Logan Sargeant largou bem e manteve a liderança, com Jake Hughes em 2º, Liam Lawson em 3º. Clement Novalak largou muito bem e pulou do 6º para 4ºlugar, superando Piastri (Prema) e Fernandez que largou muito mal e perdeu muitas posições. Pior ficou para Bent Viscaal, que foi para a brita e provocou o primeiro Safety Car da prova.

Na 4ªVolta a corrida recomeça, Logan Sargeant manteve a liderança, mesmo com o ataque de Jake Hughes. Clemente Novalak tentou chegar em Liam Lawson, mas acabou superado por Oscar Piastri da Prema que voltou para a 4ªposição. Depois disso, não tivemos brigas nas próximas voltas. Alessio Deledda roda, mas volta à corrida sem problemas, ele estava já em último lugar.

BARCELONA (ESP) Aug 14-16 2020 – Spanish Grand Prix at circuit de Barcelona – Cataluyna. Liam Lawson #5 Hitech GP. © 2020 Diederik van der Laan / Dutch Photo Agency

No final da 6ªVolta, o russo Aleksandr Smolyar erra na última curva e é superado por Matteo Nannini e Sebastian Fernandez, caindo para a 12ªposição. No começo da 7ªvolta, Hughes passa Sargeant por fora e passa a liderar o GP da Espanha. O inglês abriu mais de 1 segundo do piloto Norte-Americano.

Na 9ªVolta, Frederik Vesti para na pista. Safety Car entrou de novo na pista. Os dez primeiros colocados eram: Hughes (HWA), Sargeant (Prema), Lawson (Hitech), Piastri (Prema), Novalak (Carlin), Beckmann (Trident), Pourchaire (ART), Peroni (Campos), Verschoor (MP) e Matteo Nannini (Jenzer). O Sobrinho de Alessandro Nannini vinha em seu melhor momento na temporada.

Nova relargada na 12ªVolta, Oscar Piastri errou a última curva e foi superado por Novalak e Beckmann e caiu para a 6ªposição. Enquanto que Nannini sofria pressão de dois pilotos da ART Grand Prix, Sebastian Fernandez e Aleksandr Smoylar. Nas voltas seguinte, Jake Hughes abriu 1.5 segundos de Logan Sargeant. Liam Lawson, Clement Novalak e David Beckmann completavam os 5 primeiros lugares.

A 7 voltas do final, Sargeant começava a ser pressionado pelo Neozelandês Liam Lawson. Enquanto que Piastri tentava recuperar posição sobre Beckmann, mas ao mesmo tempo, é pressionado pelo francês Théo Pourchaire. A 3 voltas do final, Liam Lawson supera Logan Sargeant e ganha a 2ªposição.

Jake Hughes leva o carro da HWA para a primeira vitória no ano, também foi a primeira vitória do britânico na categoria, numa belíssima corrida desse piloto, que se recupera bem na classificação do campeonato. Liam Lawson fez belíssima corrida e acabou ficando com a segunda posição. O pódio foi completado pelo Norte-Americano Logan Sargeant e abriu mais 7 pontos da sua vantagem para Oscar Piastri. O Australiano ficou na 6ªposição, ficando atrás de Clement Novalak, que diga-se de passagem, fez uma bela corrida, e do alemão David Beckmann consegue mais um bom resultado com a 5ªposição.

Oscar Piastri não foi bem na corrida, pelo menos minimizou os prejuízos e segurou a 6ªposição. Théo Pourchaire levou a ART Grand Prix entre os 10 primeiros colocados. Completando a zona de pontuação: Alex Peroni da Campos, Richard Verschoor da MP motorsport e Matteo Nannini da Jenzer. Além de marcar seu primeiro ponto na temporada, Nannini larga na pole position da corrida de Domingo.

Barcelona (ESP), AUG 14 – 16 2020 – Spanish Grand Prix at Circuit de Barcelona – Catalunya. Podium race 1 F3: Jack Hughes #15 HWA, Logan Sargeant #3 Prema Racing and Liam Lawson #5 Hitech GP. © 2020 Sebastiaan Rozendaal / Dutch Photo Agency

Resultado final da 11ªcorrida da Formula 3
GP da Espanha

pospilotoequipeTempomelhor voltanº da Volta
115Jake HughesHWA Racelab38:53.1461:35.86213
25Liam LawsonHitech Grand Prixa 2.3881:35.94217
33Logan SargeantPrema Racinga 3.9481:36.05116
426Clément NovalakCarlin Buzz Racinga 8.9531:36.2767
511David BeckmannTridenta 9.8261:36.36015
61Oscar PiastriPrema Racinga 10.2221:36.3237
77Théo PourchaireART Grand Prixa 10.7511:36.36416
829Alex PeroniCampos Racinga 12.1721:36.4388
917Richard VerschoorMP Motorsporta 12.3511:36.48016
1022Matteo NanniniJenzer Motorsporta 12.5731:35.9437
118Alexander SmolyarART Grand Prixa 14.8321:36.4468
1210Lirim ZendeliTridenta 15.2661:36.6088
1314Enzo FittipaldiHWA Racelaba 15.6651:36.6598
1416Jack DoohanHWA Racelaba 16.4451:36.64517
159Sebastian FernandezART Grand Prixa 17.2821:36.3107
1627Leonardo PulciniCarlin Buzz Racinga 17.8921:36.61817
174Max FewtrellHitech Grand Prixa 18.9251:36.80517
186Dennis HaugerHitech Grand Prixa 20.1661:36.5108
1928Cameron DasCarlin Buzz Racinga 21.5631:36.6248
2012Olli CaldwellTridenta 22.4891:36.92616
2119Lukas DunnerMP Motorsporta 23.1051:36.99319
2223Roman StanekCharouz Racing Systema 24.1591:36.6747
2325David SchumacherCharouz Racing Systema 24.4961:37.16815
2424Igor FragaCharouz Racing Systema 25.7761:36.93015
2520Calan WilliamsJenzer Motorsporta 26.2621:37.10818
2621Federico MalvestitiJenzer Motorsporta 32.2031:37.50515
2731Sophia FlörschCampos Racinga 33.1741:37.2578
2830Alessio DeleddaCampos Racinga 33.7111:37.21915
2Frederik VestiPrema Racinga 14 Voltas1:36.6548
18Bent ViscaalMP Motorsporta 22 Voltas

Grid de Largada da 12ªcorrida da Formula 3

pospilotoequipe
122Matteo NanniniJenzer Motorsport
217Richard VerschoorMP Motorsport
329Alex PeroniCampos Racing
47Théo PourchaireART Grand Prix
51Oscar PiastriPrema Racing
611David BeckmannTrident
726Clément NovalakCarlin Buzz Racing
83Logan SargeantPrema Racing
95Liam LawsonHitech Grand Prix
1015Jake HughesHWA Racelab
118Alexander SmolyarART Grand Prix
1210Lirim ZendeliTrident
1314Enzo FittipaldiHWA Racelab
1416Jack DoohanHWA Racelab
159Sebastian FernandezART Grand Prix
1627Leonardo PulciniCarlin Buzz Racing
174Max FewtrellHitech Grand Prix
186Dennis HaugerHitech Grand Prix
1928Cameron DasCarlin Buzz Racing
2012Olli CaldwellTrident
2119Lukas DunnerMP Motorsport
2223Roman StanekCharouz Racing System
2325David SchumacherCharouz Racing System
2424Igor FragaCharouz Racing System
2520Calan WilliamsJenzer Motorsport
2621Federico MalvestitiJenzer Motorsport
2731Sophia FlörschCampos Racing
2830Alessio DeleddaCampos Racing
292Frederik VestiPrema Racing
3018Bent ViscaalMP Motorsport

No domingo, Matteo Nannini tinha uma grande responsabilidade ao largar na pole position. Ele até tentou manter a ponta na largada, mas Peroni superou o piloto da Jenzer e passou para a 1ªposição, mas não foi o fim da história da 1ªVolta, faltava muito ainda. O Australiano Oscar Piastri em 4 curvas passou da 5ª para a primeira posição, A ultrapassagem sobre Peroni aconteceu na curva 4. Matteo Nannini se aproveitou da baixada de guarda de Peroni e passou para a 2ªposição.

Praticamente ao mesmo tempo, um acidente aconteceu entre os pilotos Max Fewtrell e Olli Caldwell. O Safety Car entrou na pista na metade da 1ªvolta. Uma bandeira amarela longa e que demorou 4 voltas. Nesse meio tempo, o norueguês Dennis Hauger teve problemas e se imaginaria que ele não voltaria a prova, mas acabou voltando a disputa. O italiano Leonardo Pulcini foi para os boxes para emendar seu carro.

Relargada na 6ªVolta, com Piastri, Nannini, Peroni, Verschoor, Sargeant, Pourchaire, Lawson, Fittipaldi, Novalak e Beckmann. Tudo inalterado nas primeiras posições. Alessio Deledda foi para os boxes e ficou por lá mesmo. David Schumacher parou nos boxes, foi trocar o aerofólio dianteiro e voltou exatamente a frente de Oscar Piastri.

Matteo Nannini tinha que prova o seu valor sobre pressão de Alex Peroni. Por mais que tenha tentado, o sobrinho de Alessandro Nannini não conseguiu e acabou superado pelo piloto da Campos, que passou novamente o italiano, passando para a 2ªposição na 11ªVolta. Oscar Piastri já tinha aberto 2.5 segundos sobre Peroni. Já Nannini tria que segurar Richard Verschoor e Logan Sargeant para segurar o pódio.

Na 15ªVolta, o italiano Federico Malvestiti foi para a brita e apesar de se encontrar longe da pista, novamente foi chamado o Safety Car a entrar na pista.  Piastri teve sua vantagem de 3 segundos para Peroni reduzido a pó.

O Safety Ficou pouco tempo, tivemos a relargada na volta 17, mesmo com a tentativa de Peroni, Oscar Piastri ficou firme e forte na ponta. Nannini continuava levemente pressionado pelo Verschoor e Sargeant. Lá atrás, a briga por posições continuava intensa. Valia mais pela diversão do que por alguma posição relevante.

Lá na frente, Oscar Piastri acabou levando a vitória no domingo, com uma brilhante largada e depois dominando a corrida durante todas as 22 voltas, não deixando chance para ninguém e não deixando Logan Sargeant disparar na ponta do Mundial.

Alex Peroni conquistou seu 3ºpódio na temporada, ficando com a 2ªposição e completando o pódio com muito brilho, o piloto da Jenzer, Matteo Nannini. O Sobrinho de Alessandro Nannini mostrou muito valor e se mostrou muito bem no final de semana, marcando os primeiros pontos dele e da equipe na temporada.

Richard Verschoor fez um bom final de semana e terminou o domingo em 4ºlugar, a frente de Logan Sargeant, O Norte-Americano com o 5ºlugar, continua na liderança, com 1 ponto de vantagem para Oscar Piastri. Cada vez mais a disputa do campeonato parece ficar mais definida entre os dois pilotos da Prema.

Théo Pourchaire ficou em 6ºlugar. O único piloto da ART que fica nas primeiras posições de forma constante. Liam Lawson chegou logo atrás em 7º e toma a 3ªposição do Campeonato, com 4.5 pontos a frente de David Beckmann da Trident, que fez um final de semana apenas correto, terminando o domingo em 9ºlugar.

Enzo Fittipaldi fez uma excelente largada e depois administrou muito bem a 8ªposição. Completou a zona de pontuação o inglês Jake Hughes da HWA.

Fotos:

Resultado final da 12ªcorrida da Formula 3
GP da Espanha

pospilotoequipeTempomelhor voltanº da Volta
11Oscar PiastriPrema Racing39:52.9281:36.0818
229Alex PeroniCampos Racinga 1.1761:36.16118
322Matteo NanniniJenzer Motorsporta 2.0281:36.3288
417Richard VerschoorMP Motorsporta 2.5681:36.3278
53Logan SargeantPrema Racinga 3.0021:36.4529
67Théo PourchaireART Grand Prixa 3.9101:36.48820
75Liam LawsonHitech Grand Prixa 4.8231:36.55811
814Enzo FittipaldiHWA Racelaba 5.3651:36.51811
911David BeckmannTridenta 5.8781:36.44420
1015Jake HughesHWA Racelaba 6.6131:36.40820
1126Clément NovalakCarlin Buzz Racinga 7.2161:36.53120
128Alexander SmolyarART Grand Prixa 7.7521:36.41420
139Sebastian FernandezART Grand Prixa 11.1071:36.78412
1420Calan WilliamsJenzer Motorsporta 12.3681:36.92722
1516Jack DoohanHWA Racelaba 13.1391:36.56212
1610Lirim ZendeliTridenta 13.6301:36.91514
1728Cameron DasCarlin Buzz Racinga 14.4111:36.9908
1824Igor FragaCharouz Racing Systema 15.1271:36.96411
1923Roman StanekCharouz Racing Systema 15.6771:36.98611
2018Bent ViscaalMP Motorsporta 16.1091:36.60221
212Frederik VestiPrema Racinga 18.9501:36.99711
2219Lukas DunnerMP Motorsporta 20.8391:36.99911
2331Sophia FlörschCampos Racinga 23.0921:36.97222
2427Leonardo PulciniCarlin Buzz Racinga 33.1081:37.6018
2525David SchumacherCharouz Racing Systema 1:24.9051:36.12910
266Dennis HaugerHitech Grand Prixa 3 Voltas1:35.7065
21Federico MalvestitiJenzer Motorsporta 8 Voltas1:37.40514
30Alessio DeleddaCampos Racinga 16 Voltas2:15.0755
4Max FewtrellHitech Grand Prixa 22 Voltas
12Olli CaldwellTridenta 22 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Prema/HWA/Campos/HiTech

Formula 2 – GP da Espanha – Round 6

Tudo sobre as duas vitórias dos pilotos da MP Motorsport na semana do GP da Espanha de Formula 2, que fazia parte da programação da Formula 1. Essa prova marcou a metade do campeonato.

A Sessão de classificação na Sexta-feira foi uma das mais disputadas que já se viu na categoria. Quase todos foram para a pista assim que o tempo de 30 minutos começou a ser contado. Com exceção dos pilotos da DAMS e da Uni-Virtuosi que foram depois para a pista.

O primeiro a marcar volta foi Nikita Mazepin, mas essa volta foi facilmente superada por vários pilotos. Depois de alguns minutos, Robert Shwartzman era o mais rápido com 1:28.862, O líder do campeonato Callum Ilott vinha em segundo a apenas 0.025 milésimos atrás. Jack Aitken, Yuji Tsunoda e Sean Gelael completavam os 5 primeiros colocados.

Gwanyu Zhou foi o último a entrar na pista aos 8 minutos e meio de treinamento. Christian Lundgaard subiu do 12º para a 6ºposição. Melhor ainda foi Tsunoda da Carlin, pulando para a 3ªposição, a 41 milésimos atrás do pole provisório, Superado pelo Mick Schumacher, que foi para 3º a 27 milésimos do líder. Os 4 primeiros separados por apenas 0.041 segundos. Ainda estávamos com 10 minutos de classificação.

Ainda tinha mais, Guanyu Zhou passou a segunda posição, por causa de 14 milésimos. Os cinco primeiros estavam separados por apenas 41 milésimos. Ainda tinha Jack Aitken em 6º a 117 milésimos do ponteiro e Daniel Ticktum a 153 milésimos (do Pole) atrás em 7ºlugar. Drugovich, Deletraz e Daruvala completava os 10 primeiros.

Na metade do treino, alguns pilotos saíram para melhorarem seus tempos, enquanto que a maioria estava de volta aos boxes, onde só saíram aos 11 minutos do término da classificação. 1 minuto depois, Callum Ilott isso destruiu o cronometro e marcou 1:28.381 que o levou para a liderança. Artem Markelov melhorou sua marca passando para a 9ªposição e logo depois Deletraz passou da 10ª para a 8ªposição (Superando Drugovich e Markelov).

O piloto Brasileiro da MP Motorsport entrou na pista e aos 6 minutos do final acabou marcando 1:28.767 passando para a segunda posição. Em busca da pole perdida, Shwartzman faz uma volta rápida, mas o tempo de 1:28.564 não foi nem de longe suficiente para tomar a ponta do piloto inglês que já tinha tirado as luvas, convencido de que não teria ninguém a superar sua marca.

Na reta final, não tivemos muitas mudanças na frente. Apenas Gwanyu Zhou ameaçou tirar a pole de Ilott, chegou perto, mas ficou apenas em 3ºlugar e acaba mesmo a pole ficando com Ilott. O Inglês marca mais 4 pontos e se consolida na liderança do campeonato. Ao seu lado, vai largar o vice-líder do campeonato Robert Shwartzman da Prema.

Na segunda fila, largam o chinês Guanyu Zhou da Uni-Virtuosi e a revelação da temporada, Felipe Drugovich da MP Motorsport. Na terceira fila largam Mick Schumacher da Prema e Yuki Tsunoda da Carlin. Completando os 10 primeiros colocados: Jack Aitken da Campos Racing, Daniel Ticktum da DAMS, Nikita Mazepin da HiTech e Louis Deletraz da Charouz.

Grid de largada:

PospilotoEquipeTemponºVoltas
14Callum IlottUNI-Virtuosi1:28.38111
221Robert ShwartzmanPrema Racing1:28.56411
33Guanyu ZhouUNI-Virtuosi1:28.6017
415Felipe DrugovichMP Motorsport1:28.76712
520Mick SchumacherPrema Racing1:28.88912
67Yuki TsunodaCarlin1:28.90311
79Jack AitkenCampos Racing1:28.97912
82Dan TicktumDAMS1:28.98612
924Nikita MazepinHitech Grand Prix1:29.03311
1011Louis DelétrazCharouz Racing System1:29.19911
1116Artem MarkelovBWT HWA RACELAB1:29.29710
128Jehan DaruvalaCarlin1:29.30811
131Sean GelaelDAMS1:29.31611
146Christian LundgaardART Grand Prix1:29.33312
1522Roy NissanyTrident1:29.46913
1623Marino SatoTrident1:29.49311
1712Pedro PiquetCharouz Racing System1:29.52412
1814Nobuharu MatsushitaMP Motorsport1:29.64111
195Marcus ArmstrongART Grand Prix1:29.68611
2025Luca GhiottoHitech Grand Prix1:29.69010
2117Giuliano AlesiBWT HWA RACELAB1:29.74812
2210Guilherme SamaiaCampos Racing1:30.09311

Se a classificação de sexta foi incrível a corrida do sábado na Catalunha foi melhor ainda, cheio de alternativas e um resultado totalmente imprevisível.

Na largada, o russo Robert Shwartzman foi melhor que Ilott na largada e assumiu a liderança, Ilott conseguiu segurar Schumacher e manter a segunda posição. Zhou e Drugovich completava os 5 primeiros. Nas primeiras curvas, Marcus Armstrong acabou rodando e indo para a brita. Safety car na pista, não foi muito demorada a bandeira amarela, foram 2 voltas até ser dada a relargada na 3ªVolta. Shwartzman, Ilott, Schumacher, Zhou e Drugovich mantiveram as 5 primeiras posições.

Jack Aitken era o primeiro a sentir o desgaste dos pneus, em pouco tempo foi pressionado e superado por Yuki Tsunoda, por fora no começo da 6ªVolta. No final da volta, Tsunoda, Aitken e Deletraz pararam para a troca obrigatória.

Outro que sentiu o desgaste foi Shwartzman que começava a sofrer com os pneus e começava a ser atacado por Ilott. Na 7ªVolta, o piloto da Prema acaba cedendo a ultrapassagem e o líder do campeonato passou para a liderança. Na entrada da 8ªVolta, Piquet, Gelael, Ghiotto e Daruvala foram para os boxes. Na 9ªVolta, Shwartzman, Zhou e Samaia vai para os boxes.

Na volta 10, Ilott ainda tinha bons pneus e poderia ficar mais tempo na pista, mas acabou indo aos boxes ao começar essa volta e voltou na 11ªposição. Mick Schumacher passou a liderar a prova com Drugovich em 2º. Mazepin, Ticktum, Markelov, Nissany, Matsushita, Alesi, Lundgaard e Sato são os 10 primeiros e os pilotos que não fizeram a parada obrigatória.

Na 13ªVolta, Drugovich faz sua parada e volta em 11º. Schumacher vinha 6.5 segundos à frente de Mazepin, mas a vantagem que importava era a vantagem sobre Ilott, que estava em 29.1 segundos. A cada volta, o inglês baixava em 1 segundo a vantagem do piloto alemão. Na 15ªVolta, Felipe Drugovich marca a melhor volta da prova naquela parte da prova que vinha chegando na sua metade.

No decorrer das voltas, Ilott começava a tirar 2 segundos sobre Schumacher, estava na cara que os pneus do piloto alemão já tinham acabado, tanto é que ele passou pouco pela brita na curva 7. Ilott, Shwartzman, Drugovich e Zhou eram os primeiros pilotos dos que pararam.

Com 21 voltas de corrida, Ilott já estava virando mais de 3 segundos mais rápido que Schumacher. Na 22ªVolta, Matsushita passou Markelov. Curvas depois foi a vez de Shwartzman passou o piloto russo da HWA Racelab. A 15 voltas do final, Ilott supera Ticktum e passa a ser o terceiro colocado, No final da volta, Schumacher foi para os boxes, ele vinha a apenas 3 segundos a frente de Ilott que foi para cima de Mazepin e assumiu a liderança da corrida, Matsushita passou Shwartzman e passou a ser o terceiro colocado. O mais espantoso é que o japonês não tinha feito parada ainda e rendia muito bem. Drugovich passou Ticktum e depois passou Shwartzman passando para a 4ªposição.

Na volta 25, Alesi acabou sendo tocado por Gelael e fica parado na curva 10, Safety Car entra pela segunda vez na pista. Nisso, Ilott, Mazepin, Shwartzman, Matsushita e Zhou foram para os boxes colocarem pneus novos. Drugovich passou a liderar a prova, mas o Brasileiro foi chamado para fazer uma segunda parada, o que derrubou para a 9ªposição. Yuki Tsunoda passou a ser o líder, com a parada na volta 6. Ilott estava na cola, em segundo e Matsushita em 3º entrou na disputa da vitória, algo que jamais iria acontecer caso ele tivesse parado nos boxes na normalidade dos fatos.

Na volta 29 tivemos a relargada, O Japonês da equipe Carlin larga bem e manteve a ponta, Schumacher na reta passou Aitken e assumiu a 6ªposição.

Tsunoda era pressionado por Ilott, conseguindo segurar o inglês. Com isso, Matsushita chega nos dois. Na 30ªVolta, Ilott tentou passar Tsunoda, mas é surpreendido por um ataque por fora de Matsushita, os dois ficam lado a lado nas curvas 5 e 6. Acabou Ilott levando a pior e perdendo não só posição para o piloto da MP Motorsport como para Robert Shwartzman e caiu para o 4ºlugar. Shou supera Schumacher passando para a 6ªposição, Ao começar a 31ªVolta, Drugovich que já tinha passado Aitken acabou passando Schumacher e assume a 8ªposição.

Na 32ªVolta, Matsushita passou Tsunoda e assumiu a 1ªposição após ter largado da 18ªposição. Shwartzman também superou o japonês. Isso antes de Roy Nissany ter ido para o muro na depois da curva 3, Ele foi fazer uma parada extra para trocar a asa dianteira e a Trident trabalhou muito mal, péssima parada e pode ter sido dessa parada que originou o acidente.

Como tivemos 3 vezes o safety car entrando na pista, a prova passou a ser por tempo. Assim que foi dada a relargada só deu tempo para fazer uma volta final. Essa volta foi complicadíssima. Lá na frente a vitória ficou mesmo com Nobuharu Matsushita, a segunda posição ficou para Robert Shwartzman. O pódio na pista ficou com Nikita Mazepin, seguido de Guanyu Zhou e Yuki Tsunoda.

Porém, Mazepin e Pedro Piquet foram punidos e acabaram caindo para a 13ª e 14ªposições respectivamente. Guanyu Zhou acabou ficando com o 3ºlugar, Seguido de Yuki Tsunoda, Callum Ilott, Mick Schumacher, Felipe Drugovich, Luca Ghiotto, Daniel Ticktum e Louis Deletráz.

Resultado da 11ªCorrida da Formula 2
GP da Espanha

PospilotoEquipeTempoMelhor Voltanº da Volta
114Nobuharu MatsushitaMP Motorsport1:02:14.7831:32.90235
221Robert ShwartzmanPrema Racinga 1.5991:33.75235
33Guanyu ZhouUNI-Virtuosia 6.1661:34.5736
47Yuki TsunodaCarlina 7.7961:35.35716
54Callum IlottUNI-Virtuosia 7.9541:34.12114
620Mick SchumacherPrema Racinga 8.4711:34.6496
715Felipe DrugovichMP Motorsporta 8.8311:34.05714
825Luca GhiottoHitech Grand Prixa 8.9921:34.64231
92Dan TicktumDAMSa 9.4381:35.3147
1011Louis DelétrazCharouz Racing Systema 9.4941:35.3928
116Christian LundgaardART Grand Prixa 9.6581:35.31717
1216Artem MarkelovBWT HWA RACELABa 10.5521:35.2028
1324Nikita MazepinHitech Grand Prixa 10.6611:35.11331
1412Pedro PiquetCharouz Racing Systema 14.3891:35.24131
1523Marino SatoTridenta 15.1571:36.59611
1610Guilherme SamaiaCampos Racinga 15.3271:35.14610
178Jehan DaruvalaCarlina 18.4371:35.41311
189Jack AitkenCampos Racinga 1 Volta1:35.4519
191Sean GelaelDAMSa 1 Volta1:35.12929
22Roy NissanyTridenta 5 Voltas1:34.7758
17Giuliano AlesiBWT HWA RACELABa 12 Voltas1:36.2525
5Marcus ArmstrongART Grand Prixa 35 Voltas

Grid de Largada da 12ªCorrida da Formula 2

PospilotoEquipe
125Luca GhiottoHitech Grand Prix
215Felipe DrugovichMP Motorsport
320Mick SchumacherPrema Racing
44Callum IlottUNI-Virtuosi
57Yuki TsunodaCarlin
63Guanyu ZhouUNI-Virtuosi
721Robert ShwartzmanPrema Racing
814Nobuharu MatsushitaMP Motorsport
92Dan TicktumDAMS
1011Louis DelétrazCharouz Racing System
116Christian LundgaardART Grand Prix
1216Artem MarkelovBWT HWA RACELAB
1324Nikita MazepinHitech Grand Prix
1412Pedro PiquetCharouz Racing System
1523Marino SatoTrident
1610Guilherme SamaiaCampos Racing
178Jehan DaruvalaCarlin
189Jack AitkenCampos Racing
1922Roy NissanyTrident
2017Giuliano AlesiBWT HWA RACELAB
215Marcus ArmstrongART Grand Prix

A segunda corrida do final de semana foi no domingo, O desgaste dos pneus foi um fator fundamental para a corrida de 26 voltas. Giuliano Alesi teve problemas na volta de apresentação e teve de largar nos boxes.

Ghiotto não largou bem e Drugovich passou para a liderança, apesar da largada ruim, Ghiotto ainda conseguiu manter a segunda posição. Schumacher, Zhou que passou por fora na primeira Yuki Tsunoda. Depois Matsushita, Shwartzman e Deletraz são os 8 primeiros.

Nas primeiras voltas o que se viu foi Drugovich abrir muito para Ghiotto que segurava a 2ªposição da pressão de Callum Ilott. Até a 7ªvolta, apenas 2 disputas estavam rolando de fato: A briga pelo 9ºlugar entre Louis Deletraz e Nikita Mazepin e a briga pelo 13ºlugar entre Artem Markelov e Daniel Ticktum.

Na 9ªVolta, Mazepin superou Deletraz e assumiu a 9ªposição. O piloto da Charouz passou a ser pressionado pelo Dinamarquês Christian Lundgaard da ART.

Enquanto isso, Drugovich começava a abrir mais e mais a diferença para Luca Ghiotto, passando dos 5 segundos a favor do Brasileiro da MP Motorsport. Já o veterano piloto da Hitech sofria pressão de Ilott. E era uma fortíssima pressão do piloto da UNI-Virtuosi, tanto é que na volta 14, Ilott foi por fora pra cima de Ghiotto, tinha tudo para que a ultrapassagem ocorresse, mas Ghiotto resistiu e manteve-se na frente, Schumacher, Zhou e Tsunoda encostaram nos dois. Nobuharu Matsushita também encostou nesse grupo. Se Ilott passasse naquele momento ele iria embora e seguiria na perseguição a Drugovich.

Porém, aconteceu exatamente ao contraio, Ghiotto abriu 1.5 segundos de Ilott, que começou a ser pressionado por Mick Schumacher. A partir da 15 volta o perseguidor passa a ser Schumacher e o perseguido passou a ser o líder do campeonato.

Na volta seguinte, Nikita Mazepin passou pelo seu compatriota Robert Shwartzman e ganhou a 8ªposição nessa briga entre russos. Lá atrás, Aitken tinha serias dificuldades para manter posição sobre Armstrong, Nissany, Sato e Daruvala.

Na 18ªVolta, Yuki Tsunoda superou Guanyu Zhou passando para a 5ªposição, Lá atrás, Roy Nissany ganhou 2 posições superando Aitken que foi para os boxes após ser superado também por Armstrong e o próprio Marcus Armstrong, passando para a 15ªposição. Mais a frente, Daniel Ticktum também foi para a parada.

Outros pilotos também pararam, Robert Shwartzman e Guanyu Zhou fizeram isso. Enquanto que outros pouparam muito bem os pneus. Na volta 21, Mick Schumacher superou Callum Ilott passando para a 3ªposição. Matsushita e Mazepin superaram Zhou que acabou indo para os boxes.

A poucas voltas do final, Drugovich vinha com a corrida ganha, Ghiotto e Schumacher também vinha tranquilos nas suas posições. Na reta final, Yuki Tsunoda, Nobuharu Matsushita e Nikita Mazepin superaram Ilott. Pedro Piquet superou Christian Lundgaard e entrou na zona de pontos a 3 voltas do final e depois passou por Ilott no começo da volta final.

Felipe Drugovich conquista sua segunda vitória na temporada 2020 da Formula 2. Um grande resultado para o piloto brasileiro e para a MP Motorsport, que venceu com seus dois pilotos no final de semana.

O pódio foi completado por Luca Ghiotto, que teve uma corrida impecável, tirando a largada ruim, Resistindo aos ataque de Ilott e depois, se consolidando no segundo lugar. O pódio foi completado pelo alemão Mick Schumacher da equipe Prema.

Yuki Tsunoda completou o final de semana novamente com a 4ªposição na prova do domingo, vive um belo momento o piloto japonês da equipe Carlin. Nobuharu Matsushita teve seu melhor final de semana na temporada, com 1 vitória inesperada e um belo 5ºlugar na segunda corrida. Nikita Mazepin fica em uma boa 6ªposição depois de ter sido penalizado na corrida do sábado.

Pedro Piquet gerenciou muito bem os pneus e acabou conquistando seus dois primeiros pontos da temporada, na 7ªposição. Christian Lundgaard superou Callum Ilott na pista. Só que acabou sendo penalizado com o acréscimo de 5 segundos, que jogou para a 11ªposição. O piloto da Uni-Virtuosi salvou esse pontinho com o 8ºlugar. Louis Deletraz e Daniel Ticktum completaram os 10 primeiros colocados.

Fotos:

Resultado da 12ªCorrida da Formula 2
GP da Espanha

PospilotoEquipeTempoMelhor Voltanº da Volta
115Felipe DrugovichMP Motorsport41:55.6691:33.8706
225Luca GhiottoHitech Grand Prixa 9.5361:33.9506
320Mick SchumacherPrema Racinga 10.9561:34.3034
47Yuki TsunodaCarlina 14.9241:34.6865
514Nobuharu MatsushitaMP Motorsporta 19.9211:34.7546
624Nikita MazepinHitech Grand Prixa 23.2311:34.8274
712Pedro PiquetCharouz Racing Systema 24.5281:34.9805
84Callum IlottUNI-Virtuosia 29.7181:34.1895
911Louis DelétrazCharouz Racing Systema 31.9731:34.7614
102Dan TicktumDAMSa 32.1551:33.59521
116Christian LundgaardART Grand Prixa 34.1961:34.8674
1222Roy NissanyTridenta 34.8221:35.3446
1321Robert ShwartzmanPrema Racinga 41.2541:33.73622
143Guanyu ZhouUNI-Virtuosia 41.9961:33.45024
155Marcus ArmstrongART Grand Prixa 43.4131:35.2834
1616Artem MarkelovBWT HWA RACELABa 45.6181:35.0374
178Jehan DaruvalaCarlina 46.2191:35.3334
189Jack AitkenCampos Racinga 48.4311:34.44121
1917Giuliano AlesiBWT HWA RACELABa 54.7361:33.41321
2010Guilherme SamaiaCampos Racinga 1:09.0821:35.4254
2123Marino SatoTridenta 1:14.6671:35.3504

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MP Motorsport/Uni-Virtuosi/Prema/Hitech GP/Charouz