Jordi Torres conquista o título da Moto E em Lemans

Jordi Torres acabou conquistando o título da Moto e em 2020. Em Le Mans como cenário, Torres obteve a pole position e a uma grande vitória na corrida de sábado, que praticamente definiu o campeonato a favor do piloto da Pons. No domingo, Torres só precisou ficar em 6ºlugar para confirmar o campeonato.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
140Jordi TorresPons Racing 40Energica1’43.843
211Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’44.172
363Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergica1’44.480
416Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergica1’44.487
577Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergica1’44.503
67Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergica1’44.575
755Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergica1’44.656
810Xavier SimeonLCR E-TeamEnergica1’44.721
951Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica1’44.888
1066Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergica1’45.053
1170Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergica1’45.236
126María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergica1’45.558
1318Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergica1’46.051
1461Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’46.457
1535Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergica1’46.497
1684Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergica1’47.356
1715Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaSem Tempo
1827Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaSem Tempo

A prova de Sábado começou com Ferrari na liderança do campeonato, podendo ser o campeão da temporada caso Aegerter, Torres e Casarei ficassem mais de 25 pontos atrás do piloto da Gresini. A pole position foi de Jordi Torres da Pons, com Matteo Ferrari da Gresini na segunda posição e Mike di Meglio da Marc VDS completa a primeira fila. A segunda fila estava composta por Josh Hook da Pramac, Dominique Aegerter da Intact GP e Nicolo Canepa da LCR.

Na primeira largada, Torres não larga bem e Ferrari assume a liderança. Na chicane, Matteo Casadei acabou caindo feio e sua moto ficou destruída. Como as motos são elétricas acabou por provocar uma bandeira vermelha. Os pilotos voltaram para os boxes e esperaram por uns 15 minutos para a liberação da pista, A corrida seria retomada com 5 voltas apenas, com as posições originais do grid de largada. Casarei estava fora da corrida e fora da briga pelo título.

Na segunda largada, Ferrari de novo supera Torres, mas o que definiu a sorte da corrida e do campeonato foi na chicane. 2 acidente aconteceram ao mesmo tempo. Primeiro foi com Xavier Simeon que acabou caindo e derrubando Dominique Aegerter e Nicolo Canepa e metros depois, na saída da chicane, Matteo Ferrari caiu sozinho. Desses 4, somente Aegerter conseguiu voltar, mas mesmo o suíço já estava de fora da briga pelo título.

Jordi Torres era o líder e o único postulante ao título brigando pela vitória, com uma boa vantagem para Mike di Meglio que acabou passando Niki Tuuli na 2ªparte da segunda volta. O piloto Finlandês que venceu a primeira corrida da história da Moto e não desistiu da briga e continuou perto do piloto francês. Josh Hook em 4º chegou a se aproximar dos dois, mas logo acabou ficando para trás.

Torres teve tranquilidade até a entrada da volta final, foi quando Di Meglio e Tuuli acabaram chegando no piloto espanhol. Di Meglio tentou se aproveitar de alguma brecha para superar Torres.

Essa brecha não acontece e Jordi Torres cruzou na frente, vencendo a corrida do sábado e praticamente colocando uma mão na taça de campeão da Moto e. Mike di Meglio fica com a segunda posição e Niki Tuuli completa o pódio com uma exibição bem competente. Josh Hook fez uma boa corrida, terminando na 4ªposição. Tommaso Macron da Tech 3 e Eric Granado da Avintia acabaram completando os 6 primeiros colocados. Dominique Aegeter levou sua moto até o final na 14ªposição.

Com esses resultados, Torres passou a ter 104 pontos contra 86 pontos de Ferrari, 84 pontos de Aegerter e 71 Pontos de Casadei que acabou ficando de fora da luta pelo título.

Resultado final da 7ªcorrida da Moto e
GP da França

posPilotoEquipeMotoTempo
140Jordi TorresPons Racing 40Energica8:43.391
263Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 0.116
366Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergicaa 0.557
416Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 1.925
570Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaa 4.296
651Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 4.590
76María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaa 6.514
855Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergicaa 6.201
961Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 11.875
1035Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 12.419
1118Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 13.262
1215Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 14.087
1384Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergicaa 23.207
1477Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergicaa 59.643
11Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 5 Voltas
7Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergicaa 5 Voltas
10Xavier SimeonLCR E-TeamEnergicaa 5 Voltas
27Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaNão largou

2ªcorrida no domingo teve o grid formado pela classificação da corrida do sábado. Torres estava com a mão no título, se ficasse em 8ºlugar o título era dele, independente de quem vencesse a prova.

Torres largou na pole positon, mas quem largou bem foi Mike de Meglio e Niki Tuuli que passaram as primeiras posições. Mais atrás, na chicane, Eric Granado e Alejandro Medina foram para o chão e abandonaram a prova. Na curva 7, foi a vez de Tommaso Macron ir para o chão.

A briga pela vitória ficou entre Mike di Meglio e Niki Tuuli, ao final das 7 voltas a vitória ficou com o piloto Finlandês. Foi a segunda vitória de Tuuli na Moto e. Mike di Meglio fechou o seu melhor final de semana do ano na segunda posição, pela segunda vez no final de semana. O inglês Josh Hook completou o pódio com sua moto elétrica da Pramac.

Jordi Torres fez uma corrida segura e sem riscos para ficar com a 6ªposição e conquistar o título do 2ºMundial da Moto e, Aos 33 anos de idade o piloto espanhol disputou corridas na Moto 2 de 2010 a 2014, Correu de 2015 a 2018 na Superbike, fazendo bons campeonatos com motos da Aprilla, BMW e MV Agusta. Participou de 5 etapas do Mundial de motovelocidade em 2018 pela Avintia e marcou 1 ponto no GP de Valência.

Torres conquistou 1 vitória, 4 pódios na temporada e completou todas as 8 corridas entre os 6 primeiros colocados. Essa regularidade premiou o piloto espanhol com o título da Moto e em 2020. Parabéns a Jordi Torres pela conquista do Mundial de Motovelocidade – Categoria Moto e

Fotos:

Resultado final da 8ªcorrida da Moto e
GP da França

posPilotoEquipeMotoTempo
166Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergica12’09.631
263Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 0.166
316Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 1.294
477Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergicaa 2.353
511Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 6.017
640Jordi TorresPons Racing 40Energicaa 6.490
77Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergicaa 10.066
810Xavier SimeonLCR E-TeamEnergicaa 10.472
96María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaa 10.663
1018Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 11.101
1135Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 11.298
1261Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 12.327
1327Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 20.842
1415Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 20.954
1584Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergicaa 24.376
70Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaa 7 Voltas
51Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 7 Voltas
55Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergicaa 7 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP