GP de Abu Dhabi – Domínio de Verstappen na prova final da temporada 2020

Max Verstappen dominou a última etapa do Mundial de Formula 1, no circuito de Yas Marina, nos Emirados Árabes Unidos. Foii a segunda vitória do piloto Holandês em 2020 e a 10ªvitória da carreira. Valtteri Bottas confirmou o vice-campeonato e a Mclaren conquistou a terceira posição no Mundial de Construtores.

A prova de encerramento da temporada marcou a despedida de alguns pilotos de suas equipes e a saída de outros pilotos da Formula 1. Lewis Hamilton, estava de volta após se recuperar da Covid-19. Ele foi o terceiro e último piloto que foi contaminado pelo Covid-19. Com isso, ele voltou ao Cockpit da Mercedes, Russell que se destacou no GP do Sakhir voltou ao cockpit da Williams e Aitken teve de deixar o cockpit da Williams para a arquibancada para ver a corrida.

Classificação do Sábado.

Os primeiros pilotos a entrarem na pista foram Pietro Fittipaldi e Kevin Magnussen da Haas, seria praticamente impossível que a equipe Norte-Americana levasse um dos dois carros para o Q2. Quando os pilotos da frente vieram para a pista, os tempos começaram a baixar, com destaque inicial a Alexander Albon colocando 7 décimos sobre Verstappen.

Bottas vinha na frente, seguido de Perez e Albon. Hamilton (Que fez uma volta que daria o segundo tempo) teve sua volta cancelada por passar do limite da pista na curva 20. Lewis precisou dar mais uma volta para entrar entre os 15, mesmo com um tempo que não era condizente com um carro da Mercedes. A 6 minutos do final, Verstappen foi para sua 2ªtentativa e passou da 11ª para a 2ªposição. Os eliminados naquela altura eram Magnussen, Fittipaldi, Russell, Latifi e Giovinazzi.

A 3 minutos do final, 14 dos 20 pilotos foram para a pista em busca da classificação. Lando Norris e Danill Kvyat fizeram boas marcas no final. Lewis Hamilton fez o melhor tempo do Q1, superando Bottas e Verstappen. Os eliminados do Q1 foram Kimi Raikkonen da Alfa Romeo, Kevin Magnussen da Haas, George Russell da Williams, Pietro Fittipaldi da Haas e Nicholas Latifi da Williams. Antonio Giovinazzi fez o 15ºtempo na sua única tentativa e classificou para a segunda parte da sessão.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:35.528
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:35.699
316Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:35.881
433Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:35.993
54Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:36.016
611Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:36.034
723Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:36.106
826Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:36.459
918Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:36.502
1055Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:36.517
1110Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:36.545
125Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:36.655
133Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:36.704
1431Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:36.783
1599Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:37.075
167Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:37.555
1720Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:37.863
1863George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:38.045
1951Pietro Fittipaldi Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:38.173
206Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:38.443

Hamilton e Bottas foram os primeiros a entrarem na pista no Q2. Ambos fizeram muito bem seu trabalho. Hamilton faz 1:35.466, seguido de Bottas e de Sainz jr., (esse com 7 décimos de atraso sobre Lewis) e Lando Norris na 4ªposição. Albon chegou a fazer o 4ºtempo, mas acabou com sua volta cancelada. A mesma coisa aconteceu com Daniel Ricciardo.

Hamilton, Bottas, Sainz jr., Norris, Verstappen, Gasly, Leclerc, Kvyat, Stroll e Vettel vinham se classificando para o Q3. Ocon, Giovinazzi precisavam melhorar seus tempos, enquanto que Albon, Ricciardo e Perez precisavam marcar um tempo.

Sergio Perez da Racing Point chega a entrar na pista, mas logo depois acaba voltando aos boxes. Seu carro não tinha condições de fazer uma volta. O mexicano iria largar mesmo na parte de trás do grid. Nos minutos finais, Kyvat faz um bom tempo e consegue entrar no Q3 juntamente de Gasly. Albon conseguiu marcar uma bela volta e se classificou na 4ªposição,a frente de Charles Leclerc da Ferrari, o monegasco fez um tempo sensacional, que garantiu seu lugar na fase final da sessão.

Os eliminados foram Esteban Ocon e Daniel Ricciardo da Renault, Sebastian Vettel da Ferrari que se despede da equipe italiana sem conseguir entrar no Q3.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:35.466
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:35.527
333Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:35.641
423Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:35.654
54Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:35.849
616Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:35.932
718Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:36.143
855Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:36.192
926Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:36.214
1010Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:36.282
1131Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:36.359
123Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:36.406
135Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:36.631
1499Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:38.248
1511Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT MercedesSem Tempo

Após alguns minutos de intervalo, o Q3 começa para a definição da pole position. Os dois pilotos da Mclaren lideraram a sessão, até Hamilton marca 1:35.550, segundos depois, Bottas supera o campeão do Mundo e marca 1:35.419 e assume a liderança. Max Verstappen faz uma ótima volta e fica a 1 décimo de Bottas, não muito longe, Albon marcou o 4ºtempo, a 156 milésimos da pole position. Além dos 4, os dois pilotos da Mclaren não vinham muito longe dos primeiros colocados.

A 4 minutos do final, os pilotos voltaram para a pista pela última vez. Nessa última tentativa, Lando Norris fez uma excelente volta e conseguiu um lugar na segunda fila, na 4ªposição, a menos de 3 décimos do pole position.

Hamilton melhorou sua marca, mas Bottas superou em 25 milésimos o tempo do heptacampeão do Mundo. Porém, o finlandês não ficou com a pole. Em uma volta impecável de 1:35.246, Max Verstappen acabou levando a pole position, a única pole da Red Bull na temporada de 2020, superando o domínio dos pilotos da Mercedes que tiveram 15 das 17 poles da temporada.

Com Verstappen e Bottas na primeira fila e Hamilton e Norris na segunda fila. As outras posições foram definidas no final da sessão. Azar de Alexander Albon, superado pelo ótimo trabalho de Lando Norris larga na 5ªposição. Ao seu lado, na terceira fila, larga o espanhol Carlos Sainz jr. na sua última apresentação pela equipe Mclaren.

Na 4ªFila, vão largar Danill Kvyat da Alpha Tauri, numa ótima volta do piloto russo. Lance Stroll fez trabalho decente com sua Racing Point e larga ao lado de Kyvat na 4ªFila. Completando os 10 primeiros colocados, Pierre Gasly da Alpha Tauri e Esteban Ocon da Renault. O Monegasco Charles Leclerc foi punido em 3 posições, por provocar a rodada de Sergio Perez na 1ªVolta do GP de Sakhir.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeChassiMotorTemponºvoltas
133Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:35.24619
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:35.27118
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:35.33220
44Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:35.49717
523Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:35.57115
655Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:35.81514
726Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:35.96320
818Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:36.04615
910Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:36.24220
1031Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:36.35912
113Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:36.4069
1216Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:36.06520
135Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:36.63112
1499Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:38.24812
157Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:37.5556
1663George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:38.0458
1751Pietro Fittipaldi Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:38.1739
186Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:38.4437
1911Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT MercedesSem Tempo4
2020Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:37.8639

No domingo, tivemos uma das corridas mais chatas do ano, Max Verstappen garantiu que  não tivéssemos briga, foi uma corrida absolutamente dominada pelo piloto da Red Bull que venceu a segunda vez na temporada. Por outro lado, Valtteri Bottas em 2º garantiu o vice-campeonato e Lewis Hamilton completou o pódio.

Na largada, os 9 primeiros colocados mantiveram suas posições. Apenas Esteban Ocon e Sebastian Vettel ganharam 1 posição na largada. Lá atrás, Kevin Magnussen ganhou 3 posições e subiu para a 17ªposição, logo na frente de Sergio Perez. Lembrando que ambos tiveram de largar nas últimas posições. Na segunda volta, Gasly recuperou a posição em cima de Ocon. O francês tentou contra-atacar, mas o piloto da Alpha Tauri não permitiu a ultrapassagem.

Verstappen em 2 voltas colocou mais de 2 segundos a frente de Bottas e 4 segundos de frente de Hamilton. Enquanto isso, Albon passou a pressionar Norris, o tailandês precisava fazer uma boa corrida para tentar salvar seu emprego na Formula 1. A disputa pela 4ªposição durou até a 6ªvolta, foi quando o piloto da Red Bull superou o piloto da Mclaren, ganhando a posição. Na mesma volta, Ricciardo passou Ocon, recuperando a 10ªposição.

Na 8ªvolta, Stroll superou Kvyat, o piloto Russo perderia posição também para Gasly e passou a ser pressionado por Ricciardo. Os pneus macios dele terminaram.

Na 10ªVolta, Sergio Perez, já bastante atrás acabou deixando a corrida e parando o carro fosse retirado. Isso fez com que o Safety Car virtual entrasse na pista. Todo mundo foi para os boxes, com exceção de Daniel Ricciard, Sebastian Vettel, Charles Leclerc, Antonio Giovinazzi e Kevin Magnussen que ficaram na pista em estratégia diferente. Depois, o Safety Car entrou na pista e todo mundo se juntou. Verstappen, Bottas, Hamilton, Albon, Ricciardo, Norris, Leclerc, Sainz jr., Stroll, Gasly, Giovinazzi, Ocon, Kvyat, Magnussen, Raikkonen, Latifi, Russell e Fittipaldi.

Na volta 14, tivemos a relargada, com Vertappen, Bottas, Hamilton e os demais pilotos mantendo suas posições. Curvas depois, Sainz passou Leclerc ganhando a 8ªposição. Na volta seguinte, Ocon superou Giovinazzi, passando para a 11ªposição. Lance Stroll tentou superar Leclerc, mas o piloto da Ferrari conseguiu recuperar a posição, era o primeiro a dar o troco pós ser superado na reta oposta.

Enquanto isso, Sainz jr. passou Vettel e subiu para 7ªposição. Na 19ªvolta, Stroll acabou com a brincadeira e mandou para trás Leclerc, subindo para a 9ªposição. Na volta posterior, Leclerc é superado por Gasly e tira o piloto da zona de pontuação. Ao contraio do desempenho da Ferrari, o australiano Daniel Ricciardo rendia muito bem na 5ªposição, na frente de Norris. Apesar de pneus duros de 10 voltas a mais, o piloto da Renault não sentia problemas de desgaste de pneus.

Leclerc parou na 23ªVolta e voltou na última posição. Verstappen abriu 5 segundos sobre Bottas. Hamilton tentava se aproximar do piloto finlandês, que vinha mais rápido que britânico. Seria natural, já que Hamilton não estava recuperado totalmente da Covid-19, talvez Lewis tenha se precipitado em voltar a correr. Albon vinha 4º, muito na frente de Ricciardo, Norris e Sainz jr.

Vettel em 8º segurava a turma inteira, Stroll tentava de todo o jeito passar o piloto da Ferrari. Na volta 26, o filho de Lawrence Stroll passa reto da chicane, depois da 2ªreta oposta e acaba ficando vulnerável para a aproximação de Gasly. Mais atrás, Leclerc começava a ganhar posições, saindo da última posição. O Inglês George Russell fazia uma corrida bem honesta, na 14ªposição, logo a frente de Leclerc, que tinha superado Lafiti e Magnussen.

Na 29ªVolta, Gasly passou Stroll e levou a 9ªposição, Algumas voltas depois, o piloto da Alpha Tauri passou por Vettel, subindo para a 8ªposição. Enquanto isso, Verstappen abre 7.5 segundos sobre Bottas e quase 11 segundos a frente de Hamilton.

A 20 voltas do final, Vettel foi para os boxes para a parada obrigatória, voltando na 15ªposição. Leclerc passou Russell e logo passou a ir para cima de Kimi Raikkonen, disputando a 12ªposição. Ricciardo parou na 40ªVolta, o piloto da Renault abriu o bastante para voltar na 7ªposição, a frente de Gasly.

Leclerc brigando com Raikkonen pela 13ªposição e Vettel brigando pela 14ªposição com Russell, essa era uma imagem clara e que resume a imagem triste da temporada que a tradicional equipe teve nesse ano.

Nas voltas finais, pouca coisa aconteceu. Ocon passou a pressionar Stroll, disputa valendo a 9ªposição. Albon tentou uma aproximação na parte final em cima de Hamilton, mas faltava pouco tempo para o final da corrida e do campeonato.

Max Verstappen vence de ponta a ponta e termina o ano em alta, um ano em que o holandês teve muitos problemas mecânicos e de acidentes. A 10ªVitória da sua carreira, com uma atuação irretocável.  Que não foi o suficiente para tirar o vice-campeonato de pilotos das mãos de Valtteri Bottas, 2ºcolocado, com uma atuação sólida e sem problemas após as últimas corridas que foram muito complicadas para o piloto finlandês e de um ano também cheio de problemas mecânicos.

Lewis Hamilton segurou a 3ªposição, mesmo sem estar no melhor da sua forma assegurou mais um pódio no ano e na carreira, fechando o ano com uma incrível marca de 347 pontos nas 16 corridas que disputou, uma média de 21,68 pontos e com 124 pontos a frente de Bottas e 133 pontos a frente de Verstappen. Provavelmente esse foi o melhor ano  da carreira de Lewis Hamilton.

Alexander Albon chegou em 4ºlugar, na esperança de que seja o suficiente para provar que merece a permanência na Red Bull. Lando Norris e Carlos Sainz jr. chegaram em 5º e 6ºlugares, graças a regularidade, a Mclaren conquistou a 3ªposição no Mundial de construtores, seu melhor resultado desde da temporada de 2012. Uma incrível recuperação para a equipe tradicional de Woking, superando a Racing Point e a Renault.

Daniel Ricciardo fecha bem seu circulo na Renault com uma bela corrida de recuperação e a melhor volta da prova, mas que não foi nem de longe suficiente para levar a Renault além do 5ºlugar no Mundial de Construtores. Pierre Gasly fecha sua belíssima temporada com a 8ªposição, terminando o ano na 10ªposição e com mais prestígio do que na temporada passada.

Esteban Ocon disputou a 9ªposição nas  voltas finais com Lance Stroll e acabou conseguindo superar o piloto canadense, foi a última ultrapassagem da temporada, que rendeu ao piloto francês a 9ªposição. A Racing Point só conseguiu o único e solitário ponto em Abu Dhabi com o 10ºlugar de Stroll.

Danill Kvyat não levou sorte na questão do Safety Car, isso foi fatal para ele não conseguir chegar na zona de pontos na sua despedida da Alpha Tauri, ficando na 11ªposição. Kimi Raikkonen fez uma bela corrida dentro das condições da Alfa Romeo, o homem de gelo segurou Charles Leclerc e acabou ficando com a 12ªposição.

Charles Leclerc e Sebastian Vettel fecharam a temporada em 13º e 14ºlugares, um triste final de ano da Ferrari, 6ªcolocada no Mundial de Construtores. Vettel se despede em baixa da equipe italiana, mas pela porta da frente e sem perder a sua simpatia.

George Russell voltou a sua triste realidade de piloto da Williams, mas fez sua prova dignamente e terminou na 15ªposição, superando o italiano Antonio Giovinazzi da Alfa Romeo. Nicholas Latifi teve alguns momentos interessantes na corrida e acabou ficando na frente dos pilotos da Haas. Kevin Magnussen e Pietro Fittipaldi terminaram a corrida e o ano como os últimos colocados da corrida.

A Formula 1 só volta daqui a 3 meses com o GP da Austrália. Até lá, se espera que o Mundo tenha voltado razoavelmente ao normal e que tenhamos já saído do pesadelo da covid19.

Fotos:

Resultado final da última etapa do Mundial de Formula 1
17ª Etapa – GP de Abu Dhabi

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
133Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:36:28.645
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 15.976s
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 18.415s
423Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 19.987s
54Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 1:00.729s
655Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 1:05.662s
73Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 1:13.748s
810Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:29.718s
931Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 1:41.069s
1018Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 1:42.738s
1126Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1 volta
127Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 volta
1316Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 1 volta
145Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 1 volta
1563George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 volta
1699Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 volta
176Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 volta
1820Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 volta
1951Pietro Fittipaldi Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 2 voltas
11Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 47 voltas

Melhor volta de Cada piloto – Daniel Ricciardo ganhou 1 ponto pela melhor volta da prova

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
13Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:40.92655
233Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:40.95814
377Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:41.13140
423Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:41.22742
544Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:41.42037
65Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:41.47537
799Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:41.67529
851Pietro Fittipaldi Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:41.70750
918Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:41.86641
1016Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:41.90824
1155Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:41.94748
124Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:41.96453
1320Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:41.99950
147Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:42.14853
1510Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:42.47453
166Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:42.49749
1726Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:42.70447
1831Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:42.89447
1911Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:43.2636
2063George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:43.32854

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Sim, Stroll supera Verstappen e conquista 1ªpole position da carreira, O treino em Istambul foi um caos.

O sábado no circuito de Istambul, junto com as péssimas condições da pista proporcionaram uma classificação totalmente imprevisível e que teve o Canadense Lance Stroll, ainda debilitado por causa da Covid-19 tomando a pole position de Max Verstappen, num dia que o holandês da Red Bull sobrava e a Mercedes não conseguiu se adaptar as condições da pista.

Logo nos primeiros momentos, Verstappen rodou com os pneus intermediários, mas a pista estava com muita água, muita mesma, Acertou quem usou os pneus de chuva pesada. Bottas chegou a fazer uma boa volta, mas acabou tendo sua volta anulada. Ocon passou a ser o líder, com uma boa feita em 2 minutos e 6 segundos, Bottas vinha em 2º, proveniente de uma volta na primeira passagem. Visto que a pista estava piorando, os pilotos com pneus intermediários foram colocando os pneus de chuva pesada, mas isso não foi o bastante para que se evitasse a bandeira vermelha a 6:56 do final. Ocon era o líder, com Bottas, Stroll, Hamilton e Perez nas 5 primeiras posições. Verstappen estava em 15ºlugar, numa situação bem complicada, mais complicada estava Leclerc em 16º e Gasly em 18º que estavam naquele momento eliminados.

Foram mais de 40 minutos de atraso, até que o treino recomeça, Verstappen e Albon foram os primeiros a entraram na pista para tentarem se garantir, mas eis que quando estavam na metade da volta, que por sinal era boa, Romain Grosjean roda na curva 1 e vai para a brita. Nova bandeira vermelha a 3:30 do final. Sem mudanças, Verstappen, Leclerc e Gasly estavam numa roubada, só teria uma chance de sair da situação incomoda.

Minutos depois, o treino recomeçou e Verstappen foi o primeiro a sair da pista para uma última tentativa. Nessa tentativa foi certeira, Max fez o melhor tempo do Q1 e Albon o segundo melhor tempo. Os dois pilotos da Mercedes não conseguiram melhorar seus tempos. Bottas ficou em 9º e Hamilton ficou em 14ºlugar e quase ficou de fora do Q2. Os pilotos que saíram do treino foram Kevin Magnussen, Danill Kvyat que rodou várias vezes no final de semana, George Russell que vai largar da última posição por trocar componentes do seu motor, Romain Grosjean e Nicholas Latifi.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
133Max Verstappen  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:57.485 
223Alexander Albon  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:59.431 
37Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0652:01.249 
45Sebastian Vettel  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0652:03.356 
516Charles Leclerc  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0652:04.464 
610Pierre Gasly  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H2:05.579 
73Daniel Ricciardo  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 202:05.598 
831Esteban Ocon  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 202:06.115 
977Valtteri Bottas  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M112:07.001 
104Lando Norris  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 202:07.167 
1199Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0652:07.341 
1218Lance Stroll  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes2:07.467 
1355Carlos Sainz  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 202:07.489 
1444Lewis Hamilton  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M112:07.599 
1511Sergio Perez  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes2:07.614 
1620Kevin Magnussen  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0652:08.007 
1726Daniil Kvyat  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H2:09.070 
1863George Russell  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M112:10.017 
198Romain Grosjean  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0652:12.909 
206Nicholas Latifi  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M112:21.611 

Com a pista melhor, o Q2 aconteceu e o que se viu foi um passeio de Max Verstappen em todos os momentos. Mas a se falar, começaram o Q2 ainda com o guindaste levando o carro de Nicholas Latifi para fora da pista. A Organização do GP da Turquia nesse ano foi primorosa em termos de amadorismo e de falta de competência levada ao extremo.

Verstappen e Albon vinham muito bem com os carros da Red Bull, que se adaptou muito melhor a pista, mas durante o Q2, A Racing Point se revelou que poderia ser a grande adversária da equipe austríaca. Perez e Stroll estiveram por muito tempo na frente.

Ao final da sessão, Os dois primeiros colocados ficaram com Verstappen e Albon. Lewis Hamilton conseguiu o milagre de se colocar em 3º, mas muito distante do tempo dos piloto da Red Bull. Stroll ficou com uma boa 4ªposição.

A surpresa foi Antonio Giovinazzi marcando o 5ºtempo e juntamente do homem de gelo com o 8ºtempo levaram a Alfa Romeo pela primeira vez ao Q3. Entre os dois ficaram Esteban Ocon da Renault e Valtteri Bottas da Mercedes. Sergio Perez e Daniel Ricciardo completaram os piloto que iriam para a fase final.

Leclerc e Vettel com a Ferrari, Norris e Sainz jr. com a Mclaren sucubiram devido aos seus equipamentos e acabaram eliminados do Q2. Pierre Gasly por mais que tenha tentado, as deficiências da Alpha Tauri na chuva se mostraram maiores e o francês ficou em 15º e último da 2ªfase da classificação.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
133Max Verstappen  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:50.293 
223Alexander Albon  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:52.282 
344Lewis Hamilton  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:52.709 
418Lance Stroll  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:53.372 
599Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:53.431 
631Esteban Ocon  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:53.657 
777Valtteri Bottas  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:53.767 
87Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:53.793 
911Sergio Perez  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:54.097 
103Daniel Ricciardo  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:54.278 
114Lando Norris  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:54.945 
125Sebastian Vettel  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:55.169 
1355Carlos Sainz  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:55.410 
1416Charles Leclerc  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:56.696 
1510Pierre Gasly  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:58.556 

A Red Bull nunca foi tão favorita a pole position como era nesse Q3, a Mercedes não estava bem de forma nenhuma. Verstappen em sua primeira volta marcou 1:52.326, conforme os outros pilotos foram fazer suas voltas, parecia que a pole position seria mesmo do Verstappen, mas ele teria os pilotos da Racing Point como adversários e adversários bem improváveis.

Stroll chegou perto com 1:53.832, mas ainda Verstappen tinha grande vantagem, mas a menos de 7 minutos do final, Perez marcou 1:52.037 e acabou tomando a pole position do piloto Holandês. O pesadelo da Mercedes era visível, Bottas era apenas o 6º e Hamilton vinha em 8º.

Verstappen decidiu jogar tudo ou nada e colocou os pneus intermediários, enquanto outros pilotos tentavam entrar nessa disputa, apesar das boas voltas de Daniel Ricciardo e Lewis Hamilton.

A 1 minuto e 15 segundos do final, Perez aumenta sua vantagem na liderança com 1:49.321, Enquanto que Verstappen não conseguia achar uma boa volta. O Mexicano estava com a pole nas mãos, até que nos últimos momentos, Lance Stroll acabou marcando uma brilhante volta de 1:47.765. O suspense ficou no circuito até a volta final de Verstappen, que acabou indo bem, mas só marcou 1:48.055, insuficiente para evitar a primeira pole do canadense em sua carreira.

A Racing Point levou a pole e quebrou a sequência de 14 GPs seguidos com um carro da Mercedes na pole position. Um inconformado Max Verstappen vai largar em 2º, Ele era o favorito a pole position pelo desempenho que mostrou no final de semana inteiro.

A Segunda fila repete o duelo entre Racing Point e Red Bull. Sergio Perez larga em 3º e Alexander Albon que foi tão bem no final de semana larga em 4º. Se o tempo for de chuva amanhã, as duas equipes devem duelar pela vitória.

Daniel Ricciardo da Renault larga em 5º e vai dividir a terceira fila com o inglês Lewis Hamilton que por incrível que pareça, esta bem perto do título, já que Valtteri Bottas não foi além do 9ºlugar e pela tendência de amanhã, vai ser difícil Bottas tirar 8 pontos de vantagem sobre Lewis, principalmente se tivemos pista molhada.

Esteban Ocon da Renault e Kimi Raikkonen da Alfa Romeo largam na 4ªfila e Valtteri Bottas e Antonio Giovinazzi largam na 5ªfila. Amanhã as 7 da manhã, será dada a largada para o GP da Turquia, a prova que pode dar o 7ºTítulo Mundial de Formula 1 para Lewis Hamilton.

Fotos:

Grid de Largada:
GP da Turquia – 14ªEtapa do Mundial de Formula 1

posPilotoEquipeChassiMotorTemponºvoltas
118Lance Stroll Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:47.76522
233Max Verstappen BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:48.05526
311Sergio Perez Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:49.32121
423Alexander Albon BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:50.44826
53Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:51.59526
644Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:52.56023
731Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:52.62226
87Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:52.74527
977Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:53.25823
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:57.22626
115Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:55.16918
1216Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:56.69618
1310Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:58.55617
1420Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0652:08.00710
154Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:54.94518
1655Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:55.41018
1726Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H2:09.0708
188Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0652:12.9099
196Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M112:21.6117
2063George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M112:10.0179

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Hamilton vence em Imola e Mercedes confirma o título de Campeã dos construtores pela 7ªvez

Em um dia de domingo, com tempo nublado aconteceu à corrida que definiu a temporada de 2020 em relação ao Mundial de Construtores. Dos 20 pilotos do grid, 8 usavam pneus macios: Gasly, Ricciardo, Albon, Leclerc, Kvyat, Norris, Sainz jr. e Giovinazzi. O Resto estava de pneus médios.

Na largada, Bottas faz boa largada, mantendo a liderança. Já Hamilton não teve o mesmo desempenho e acabou perdendo a 2ªposição para Verstappen. Ricciardo fez uma bela largada e passou Gasly subindo para a 4ªposição.  Lá atrás, houve um toque entre Vettel e Magnussen e o piloto da Haas levou a pior. Nessa mesma primeira volta, Stroll tocou com Ocon e acabou indo para os boxes, substituindo o aerofólio danificado.

Bottas parecia que teria a corrida nas suas mãos, mas logo na 2ªVolta, o finlandês acabou pegando destroços da 1ªVolta (Ou do Magnussen ou do Vettel). A partir dai, Bottas teria dificuldades na sua corrida. Os 3 primeiros colocados em poucas voltas já tinham se afastado de Ricciardo, Gasly, Leclerc e dos demais pilotos.

Na 6ªVolta, Sainz jr. supera Norris, passando para a 9ªposição. Perez se assanha e tenta se aproximar de Norris. A Mclaren não teve um dos seus melhores finais de semana no ano.

Gasly teve problemas e teve de abandonar a corrida na 9ªvolta, numa corrida que ele poderia facilmente brigar por um pódio. Lá na frente, Bottas abria pelo menos 1 segundo de frente para Verstappen e 3 segundos sobre Hamilton. Os três primeiros estavam bem a frente de Ricciardo, Leclerc, Albon e Kvyat. Os 4 estavam próximos um do outro e uma outra, um pressionava e em outro momento o mesmo era pressionado. Sainz jr. que vinha em 8º começou a se aproximar da turma.

Na volta 11, Giovinazzi foi o primeiro a parar dos pilotos que usavam os pneus macios. Na 14ªVolta, Charles Leclerc, Lando Norris e Esteban Ocon foram para a parada obrigatória. Na volta seguinte foi a vez Ricciardo, Albon e Kvyat pararam. Se aproveitando disso, Leclerc tentou passar Ricciardo, mas essa tentativa audaciosa do monegasco quase acabou em acidente, Leclerc quase bateu na traseira do piloto Australiano.

Enquanto isso, lá na frente, Bottas vinha aumentando sua vantagem sobre Verstappen (2.3 segundos) e Hamilton (3.8 segundos). Na volta 18, Sainz jr. foi para a parada e voltou atrás do Kvyat. 1 volta antes,  o Russo tentou passar Albon, quase conseguiu, mas acabou tendo de recuar. Houve um toque de leve entre os dois, felizmente nenhum deles teve prejuízos e puderam seguir na prova.

Max Verstappen parou na volta 19. Quando isso acontece, a Mercedes não perde tempo e chama Bottas para a parada na 20ªVolta. Lewis Hamilton assumiu a liderança a partir dai, com 23 segundos sobre Bottas, que começava a sentir os problemas da peça que ficou presa em seu carro. Verstappen estava perto do finlandês. Em 4º Vinha Sergio Perez da Racing Point, O mexicano não tinha feito a parada, assim como Vettel, Raikkonen, Latifi e Magnussen que vinham em 5º, 6º, 7º e 8ºlugares respectivamente.

Com o decorrer das voltas, Lewis aumentava a vantagem para Bottas e Verstappen, no que deixava Hamilton mais perto de parar e de voltar ainda na liderança. Mais atrás, Ricciardo e Leclerc chegam em Magnussen e conseguem passar pelo piloto da Haas. Porém, enquanto o piloto da Renault passou facilmente, o piloto da Ferrari teve de lutar pela posição com o dinamarquês que batalhou muito para ficar na frente. Após essa disputa, Kevin Magnussen foi para a parada na 28ªVolta, segundos depois de Perez entrar nos boxes.

Na volta 30, Esteban Ocon encosta entre a curva 13 e 14 e abandona. O Safety Car virtual é acionado e Hamilton acaba indo para a parada. Bem na hora, pois durante a parada, o Safety Car Virtual foi desligado e a corrida recomeçou com toda a velocidade. Resultado de tudo isso foi que Hamilton voltou 4 segundos a frente de Bottas. A tática de retardar a parada deu certo para o inglês, que tinha pneus novos enquanto os seus perseguidores mais próximos já vinham com pneus de 10 voltas de desgaste.

Nicholas Lafiti parou na volta 35. 5 voltas depois, Vettel foi para a parada e dai, acontece o desastre, a Ferrari trabalha mal e faz o tetracampeão do Mundo perder 10 segundos a mais de parada do que uma parada normal.

Naquela altura do campeonato, Verstappen já estava colado em Bottas a muitas voltas. Até que na 44ªVolta, Bottas erra a curva 17 e Verstappen se aproveita e supera o Finlandês para levar a 2ªposição. Bastou poucas voltas para o Holandês se distanciar de Bottas, isso mostrava o prejuízo que o companheiro de Hamilton teve com o destroço que estava lá desde da segunda volta.

Kimi Raikkonen fazia uma ótima corrida, em 4ºlugar, com pneus médios de mais de 40 voltas de uso. O Homem de gelo ao fazer a parada cederia a posição ao Mexicano Sergio Perez, que estava muito a frente de Daniel Ricciardo e Charles Leclerc (6º e 7ºcolocados respectivamente). Albon, Kvyat e Sainz jr. completavam os 10 primeiros.

Raikkonen fez sua parada na 49ªVolta e Perez subiu para 4ªposição. O piloto da Alfa Romeo voltou na 12ªposição. Magnussen foi para os boxes para abandonar a prova.

A prova estava se encaminhando para o final, parecia que mais nada acontecer… Mas um furo de pneu de Verstappen na 51ªVolta faz o holandês rodar e deixar a corrida. O Safety Car entra na pista e todos os pilotos foram para uma nova parada nos boxes. Após essas paradas, A classificação era Hamilton, Bottas, Ricciardo, Leclerc, Albon, Perez, Kvyat, Sainz jr. e Russell. A Williams estava na zona de pontuação e poderia marcar o primeiro ponto na temporada.

Poderia, mas Russell acabou batendo em pleno Safety Car, um erro bobo que faz o britânico deixar escapar diante dos dedos a provável última chance de pontuar em 2020. Lance Stroll acabou passando do ponto ao entrar nos boxes, derrubando o homem que era responsável em levantar o carro pela frente com o macaco. Ou seja, Uma enorme atrapalhada provocada pelo piloto. O mecânico atingido não sofreu ferimentos graves.

Após 7 voltas de bandeira amarela, a relargada acontece na 58ªVolta. Hamilton e Bottas fogem nas duas primeiras posições. A relargada foi muito boa para Danill Kvtay, que passou na reta Albon e Perez. Curvas depois, O piloto da Alpha Tauri faz uma brilhante ultrapassagem sobre Leclerc, pulando da 7ª para 4ªposição. Já Alexander Albon acabou superado por Sergio Perez, mas pior que isso foi ter rodado depois da curva 6, caindo para a última posição. Carlos Sainz jr. ficou a muito pouco, mas muito pouco mesmo de bater no piloto da Red Bull.

Kvyat partiu para cima de Ricciardo e Perez partiu para cima de Leclerc. Eram os dois pegas da corrida nas voltas finais, mas não ocorreram mudanças em nenhuma dessas disputas.

Lewis Hamilton acaba conquistando a 93ªVitória da carreira, aumentando a sua vantagem no campeonato e podendo definir o heptacampeonato em definitivo no GP da Turquia. Valtteri Bottas teve uma corrida difícil pela peça presa no seu carro, isso atrapalhou demais a sua corrida, mas teve sorte e acabou conquistando a segunda posição. Resultado que não só aproxima o finlandês do vice-campeonato como acabou dando a Mercedes o 7ºcampeonato Mundial de Construtores, de forma consecutiva, um recorde na história da categoria.

A Equipe chefiada por Toto Wolff mostra a incrível competência desde do começo da era turbo em 2014. Hamilton se transformou em um piloto maduro e praticamente uma maquina de vencer corridas e campeonatos, junto de uma equipe competente e carros muito bem projetados é que a Mercedes se tornou essa potência na Formula 1.

O pódio foi completado por Daniel Ricciardo da Renault, pela segunda vez na temporada na 3ªposição, com 8 décimos de frente para Danill Kvyat. O piloto russo fez um final de corrida incrível e por muito pouco não conquistou o primeiro pódio na temporada.

Charles Leclerc levou a Ferrari a mais um bom resultado, chegando na 5ªposição após suportar os ataques de Sergio Perez. A se lembrar que Ricciardo e Leclerc não fizeram a parada enquanto que outros pilotos fizeram a parada. Sergio Perez que poderia ter o pódio acabou ficando frustrado com a 6ªposição. Com os resultados de Emilia Romagna, a Renault passou a ser a terceira posição no mundial de construtores.

A Mclaren teve um fim de semana que não foi dos melhores, mas seus dois pilotos foram competentes e levaram seus carros até o final nos pontos. Carlos Sainz jr. na 7ªposição e Lando Norris na 8ªposição. Os dois pilotos da Alfa Romeo completaram a zona de pontuação, com Kimi Raikkonen em 9º, fazendo uma bela corrida, chegando a andar em 4ºlugar, com  pneus de quase 50 voltas de uso. Antonio Giovinazzi completou a zona de pontuação após largar da última posição. São 3 pontos que parecem ser decisivos para permanecer na 8ªposição no Mundial de Construtores.

Nicholas Lafiti ficou mais uma vez na porta de entrar nos pontos, mas acabou não conseguindo o primeiro ponto dele e da Williams em 2020. Foi a 3ªvez que o canadense fica na 11ªposição. Depois veio Romain Grosjean, mas acabou punido em 5 segundos por passar do limite da pista. Essa posição foi herdada por Sebastian Vettel, com sua corrida comprometida pela parada ruim nos boxes, mas mesmo se a parada nos boxes fosse boa, não acredito que o Alemão chegasse muito longe do 9ºlugar.

Na 13ªposição, Lance Stroll teve um final de semana pra esquecer, mal nos treinos e uma corrida ruim, ainda por cima quase atropelou o mecânico da sua equipe. Romain Grosjean ficou em 14º, continuando o calvário da Haas. Agora o calvário mesmo esta cavando é Alexander Albon, que fazia até uma corrida regular, mas com a rodada ele botou tudo a perder e acabou ficando com a última posição, Cada vez ficando com a sua vaga na Red Bull e até mesmo na Formula 1 ameaçada.

Dia 15 de Novembro, dia do 1ºturno das eleições, Hamilton pode confirmar o título de campeão do mundo pela 7ªvez. Basta que no GP da Turquia, Lewis fique com a vitória ou com o segundo lugar mais a volta mais rápida da prova. Bottas é o único que pode ainda deter Hamilton a 4 corridas do término da temporada de 2020.

Resultado final da 13ªEtapa do Mundial de Formula 1.
GP Emilia Romagna – 63 Voltas – Imola

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:28:32.430
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11+5.783s
33Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20+14.320s
426Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H+15.141s
516Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065+19.111s
611Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes+19.652s
755Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20+20.230s
84Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20+21.131s
97Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065+22.224s
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065+26.398s
116Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11+27.135s
125Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065+28.453s
1318Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes+29.163s
148Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065+32.935s
1523Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H+57.284s
63George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 12 Voltas – acidente
33Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 11 Voltas – furo de pneu
20Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 16 Voltas – Mecânico
31Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 36 Voltas – Mecânico
10Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 55 Voltas – Mecânico

Melhor volta de cada piloto – Lewis Hamilton ganha 1 ponto pela volta mais rápida da prova

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:15.48463
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:15.90263
323Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:16.17763
43Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:17.55262
533Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:17.63744
626Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:17.66662
75Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:17.76744
84Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:18.06963
911Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:18.08449
107Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:18.08863
1155Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:18.11862
1216Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:18.17362
1318Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:18.36046
146Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:18.71937
1599Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:18.79461
1663George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:18.81143
178Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:18.82245
1820Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:19.27345
1931Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:19.60622
2010Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:20.4035

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Hamilton conquista 91ªVitória da carreira, se iguala a Schumacher em Nurburgring

Em Nurburgring, Lewis Hamilton reverteu o dia de sábado onde Valtteri Bottas conquistou a pole position. O finlandês fez uma boa largada e segurou a ponta, mas acabou errando na curva 14 ao passar do ponto da curva 1 e permitiu ao Hamilton a ultrapassagem sobre o pole position. A partir dai, Lewis passou a controlar a corrida para vencer o GP de Eifel, A histórica 91ªvitória da carreira, igualando ao recorde de vitórias de Michael Schumacher.

Na largada, um dos grandes momentos da corrida, Hamilton foi para cima de Bottas, chegou a se colocar na frente, mas lá foi Bottas por fora segurar a ponta, uma belíssima manobra do finlandês que manteve a primeira posição. Verstappen, Leclerc, Ricciardo e Albon completavam os 6 primeiros lugares. Kimi Raikkonen por muito pouco não bateu nas primeiras curvas da corrida.

Nas primeiras voltas, as atenções estavam voltados para a briga entre Leclerc e Ricciardo pela 4ªposição. O piloto da Ferrari estava visivelmente segurando o piloto da Renault, enquanto que os 3 primeiros colocados iram se distanciando e muito dos demais. Por mais que o carro da Ferrari fosse um carro ruim, abaixo da média, a ultrapassagem não foi fácil. Nem mesmo na 5ªvolta, quando Leclerc cometeu um erro ocorreu a ultrapassagem.

Albon, que vinha perto de Ricciardo acabou indo para a sua parada na 8ªvolta, tentando ganhar as 2 posições na base da tática. Na volta seguinte, Ricciardo finalmente conseguiu a ultrapassagem sobre Leclerc e passou a ser o 4ºcolocado. Uma ultrapassagem que o piloto Australiano desenhou a ultrapassagem na curva e 1 e depois a executou na curva seguinte.

Enquanto isso, Bottas vinha na frente com Hamilton em 2º a 2 segundos a frente e Verstappen conseguindo acompanhar em 3º.

Leclerc acabou indo para os boxes na 10ªvolta. Os seus pneus acabaram. Enquanto isso, Vettel ao tentar passar Giovinazzi (que vinha muito bem na 10ªposição) acabou quase batendo na traseira do piloto italiano e acabou rodando para quase ir para a brita, Vettel volta e acaba indo para os boxes na volta seguinte (Colocando pneus duros). Naquela altura da prova, começava a chover em partes do circuito.

Bottas liderava a prova, sendo bem rápido e respondendo aos ataques, mas isso mudou na volta 14. O piloto finlandês no fim da vida útil dos seus pneus acabou fritando os pneus e perdendo a curva 1, permitindo a Hamilton a supera-lo e assumir a primeira posição. Bottas teve de antecipar sua primeira parada para colocar pneus médios e voltar em 4º, logo atrás de Daniel Ricciardo. Hamilton era o líder com Verstappen perto do piloto da Mercedes.

Na volta seguinte, Kimi Raikkonen ao tentar passar Vettel acaba tocando em George Russell e acabou levantando o carro da equipe Williams, Russell tentou levar o carro para os boxes. Porém não deu. Seu carro parou na brita e isso fez com que o Safety Car Virtual fosse acionado. Nesse meio tempo, Hamilton e Verstappen foram para os boxes e voltaram bem a frente de Bottas.

Ricciardo parou também na volta 17. Segundos depois, o Safety Car Virtual foi desativado e a corrida recomeça. Hamilton vinha 2 segundos a frente do Verstappen e a 13 segundos a frente de Bottas, que acabou sendo o mais prejudicado vinha em 3º.

A partir dai, Bottas começou a perder potência do seu motor Mercedes, Na 18ªvolta, o piloto da Mercedes acaba abandonando a corrida. Isso deixa Hamilton somente com Verstappen como adversário na corrida. Antes, tivemos a disputa entre Kvyat e Albon pela 10ªposição. Na chicane, o piloto russo acabou passando reto e voltando a pista, Albon pegou a posição dele, mas de forma totalmente inadequada. Resultado foi que ele passa a roda sobre a asa dianteira do piloto da Alpha Tauri. Kvyat teve de dar uma volta inteira sem a asa dianteira, comprometendo completamente sua corrida.

Voltas depois, Albon foi para cima de Gasly, na tentativa do piloto Tailandês, o piloto da Alpha Tauri em bela manobra acabou ficando na frente. Enquanto isso, Charles Leclerc superou Nico Hulkenberg passando para a 10ªposição. Hamilton tinha 2.4 segundos a frente de Verstappen, Norris em 3º, já estava a 24.5 segundos atrás do líder.

Raikkonen foi punido em 10 segundos por ter feito aquele estrago em cima de George Russell, Albon foi punido em 5 segundos pelo incidente vitimando Kvyat na prova. Ocon na volta 23 e Albon na volta 24 acabaram indo aos boxes e abandonaram. 4 pilotos já estavam de fora da corrida.

Lando Norris começa a perder potência, ele faz de tudo para ficar na frente, mas Sergio Perez vinha chegando volta após volta. Sainz jr. e Ricciardo vinham em 5º e 6ºlugares, mas somente Ricciardo já tinha feito a parada nos boxes.

Na volta 28, Leclerc superou Gasly, passando a ser o 7ºcolocado. Na volta seguinte, Perez e Sainz jr. vão para a parada nos boxes. Norris parou na  volta seguinte e voltou a corrida a frente de Perez e de Sainz jr. na 5ªposição. Ricciardo assumiu a 3ªposição, bem a frente de Leclerc e com real chance de conquistar o primeiro pódio da temporada.

Sergio Perez foi para cima de Lando Norris, se aproveitando da perda de potência do piloto da Mclaren para ganhar a 5ªposição. Gasly parou na 32ªVolta. Hamilton vinha 5.3 segundos a frente de Verstappen. Ricciardo já vinha 1 minuto atrás do líder, Leclerc a 1 minuto e 14 segundos, com Perez muito perto do piloto da Ferrari. Norris, Sainz jr., Giovinazzi fazendo uma boa corrida com sua Alfa Romeo em 8º, Vettel, Raikkonen, Magnussen, Gasly, Hulkenberg, Latifi, Grosjean e Kvyat.

Perez foi para cima de Leclerc, depois da chicane no final da 33ªvolta, o Mexicano retorna a velocidade melhor e passa o piloto Monegasco. Porém, Leclerc aproveita o relaxamento de Perez e retorna a posição na reta. Uma super bobeada do piloto da Racing Point. Na volta seguinte, acontece a mesma coisa, Perez passa Leclerc depois da Chicane, mas dessa vez, o piloto mexicano não deu bobeira e ficou em definitivo com a 4ªposição. Ao mesmo tempo, Sainz jr. supera Norris (Que estava querendo levar o carro até o final da prova), ganhando a 6ªposição.

Leclerc foi para a segunda parada, seus pneus desgastaram muito e ele acabou indo para essa parada, voltando na 10ªposição na frente de Pierre Gasly. Giovinazzi parou na 38ªvolta. Enquanto isso, Hamilton estava colocando 1 volta nos dois pilotos da Mclaren. Enquanto que Leclerc e Gasly superaram Raikkonen e passaram para 8ª e 9ªposições. Na volta seguinte, Leclerc passou Vettel e subiu para a 7ªposição.

Vettel perderia posições para Gasly na 41ªvolta e Hulkenberg na volta 42. Aliás, um ótimo trabalho do substituto de Lance Stroll, da última posição no grid para entrar na zona de pontuação na 9ªposição. Vettel teve de ir para a segunda parada na volta seguinte.

Lando Norris acabou abandonando na 44ªvolta, mesmo encostando seu carro bem perto do guindaste na curva 5, a direção acionou a entrada do safety car (Eu teria colocado mais uma vez o Safety Car Virtual). A partir dai, quase todos os pilotos foram para uma nova parada nos boxes, com exceção de Charles Leclerc e Romain Grosjean que ficaram com os mesmos pneus.

Foram 5 voltas para retirar o carro do piloto da Mclaren da pista e para os pilotos se organizarem, passarem pelos líderes e se colocarem logo atrás dos líderes. É como se a corrida recomeçasse do zero.

Relargada na 50ªVolta, Hamilton foi muito bem no processo de relargada e disparou na frente. Já Verstappen teve se segurar a 2ªposição do ataque de Daniel Ricciardo. Sergio Perez é que foi para cima do piloto Australiano. Essa é a briga pelo pódio. Na 51ªVolta, Gasly passou Leclerc e assumiu a 6ªposição (Na volta anterior passou Grosjean). Hulkenberg passou a pressionar Leclerc.

Enquanto isso, Vettel e Raikkonen tentam entrar na zona de pontuação. O piloto da Ferrari se aproveita de um erro de Magnussen na chicane para levar a 11ªposição, com Raikkonen passando o piloto dinamarquês curvas depois.

Hamilton levou com tranquilidade seu carro até o final para levar a 7ªvitória da temporada e a 91ªvitória da carreira. Lewis Hamilton se igualou ao recorde de vitórias pertencentes a Michael Schumacher. Num domingo que começou desfavorável e terminou com a vitória em uma tarde bem fria em Nurburgring.

Max Verstappen chega na segunda posição e acabou ganhando o ponto da melhor volta da corrida. Com o abandono de Bottas, o piloto Holandês volta a ter chances de brigar pelo vice-campeonato. Já Hamilton abriu 69 pontos sobre Bottas e 83 pontos sobre Verstappen.

Daniel Ricciardo quebrou o jejum de pódios e terminou a corrida em 3ºlugar. Desde do GP de Mônaco de 2018 que o piloto australiano não subia ao pódio. A Renault não conquistava um pódio desde da temporada de 2011 com Nick Heidfeld no GP da Malásia. Sergio Perez que tentou superar o piloto da Renault terminou a prova em 4ºlugar. Carlos Sainz jr. acabou levando a Mclaren para a 5ªposição. Porém, perdeu a 3ªposição do Mundial de Construtores para a Racing Point.

Pierre Gasly fez uma bela corrida levando a Alpha Tauri na 6ªposição, na frente de Charles Leclerc. No caso do piloto da Ferrari ficou provado que em 1 volta ele neutralizou as deficiências da Ferrari, mas na corrida, ficou evidente que o SF1000 e o motor Ferrari não permitem o monegasco a lutar por resultados decentes na parte da Frente. O esforço do Leclerc foi ter ficado em 7ºlugar, logo a frente de Nico Hulkenberg…

… Substituto de Lance Stroll fez uma excelente corrida, sem adaptação ao carro, largando na última posição, pegando um carro para fazer a classificação e a corrida para ganhar 12 posições e chegar ao final em 8ºlugar, ajudando a Racing Point a passar para a terceira posição no Mundial de Construtores.

Romain Grosjean conseguiu pontuar, fechou a corrida em 9ºlugar e levou a Haas pela segunda vez no ano na zona de pontuação na temporada. Completando a zona de pontuação o italiano Antonio Giovinazzi. Foi a da sua carreira, andando de maneira constante nos 10 primeiros colocados após uma boa classificação no sábado, o piloto da Alfa Romeo merecia bem mais do que apenas 1 pontinho.

Sebastian Vettel lutou muito, mas não conseguiu chegar aos pontos ao ficar na 11ªposição, logo a frente de Kimi Raikkonen, novo recordista de corridas na Formula 1. O homem de gelo tem 323 largadas contra 322 largada de Rubens Barrichello.

Kevin Magnussen acabou ficando de fora dos pontos na 13ªposição. Nicholas Latifi chegou a sonhar com os pontos, mas tudo que conseguiu foi ficar a frente de Daniil Kvyat. O piloto russo teve sua corrida comprometida pelo toque que Albon deu na sua asa dianteira.

Daqui a 2 semanas, em Portugal, Hamilton pode chegar a sua 92ªvitória da carreira no novo circuito de Portimão, que pela primeira vez vai receber uma corrida de Formula 1. Portugal vai receber a categoria desde de 1996, foi quando aconteceu a última corrida em Estoril e pode ser o palco de um evento histórico. De uma coisa é certa, Hamilton esta muito perto do 7ºtítulo da carreira.

Fotos:

Resultado final do GP de Eifel
11ªEtapa do Mundial de Formula 1

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:35:49.641
233Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 4.470s
33Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 14.613s
411Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 16.070s
555Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 21.905s
610Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 22.766s
716Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 30.814s
827Nico Hulkenberg BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 32.596s
98Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 39.081s
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 40.035s
115Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 40.810s
127Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 41.476s
1320Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 49.585s
146Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 54.449s
1526Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 55.588s
4Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 18 Voltas
23Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 37 Voltas
31Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 38 Voltas
77Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 42 Voltas
63George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 48 Voltas

Melhor Volta de cada piloto: Max Verstappen ganha 1 ponto pela melhor volta da prova

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
133Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:28.13960
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:28.14558
33Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:29.58453
411Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:29.70058
510Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:30.11053
655Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:30.12953
75Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:30.40843
820Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:30.45637
97Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:30.51254
1016Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:30.71254
1127Nico Hulkenberg BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:30.73358
1299Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:30.90938
136Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:31.37739
148Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:31.56254
1577Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:31.8848
1626Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:32.21441
174Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:32.32840
1823Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:32.3309
1931Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:33.18921
2063George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:34.5266

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Bottas conquista vitória de ponta a ponta na abertura confusa de temporada na Áustria

Após 71 voltas e com mais quebras do que disputas a primeira prova do campeonato de Formula 1 aconteceu em Spielberg.  Diferente do que se imaginava do favoritismo de Lewis Hamilton, Valtteri Bottas acabou de ponta a ponta, conquistando a vitória na abertura do campeonato. Uma corrida com muitos pilotos sofrendo de falhas técnicas dos seus carros.

Bottas largou bem e manteve a liderança, Norris tentou passar Verstappen que segurou o segundo lugar, Igualmente com Albon que segurou Hamilton. Ainda nos primeiros momentos, Perez superou Leclerc ganhando o 6ºlugar.

Alexander Albon na terceira volta passou Norris e assumiu o terceiro lugar, na volta seguinte foi à vez de Hamilton superar o piloto da Mclaren. O Campeão do Mundo vai para a 4ªposição. Bottas estava a 2.3 segundos a frente de Verstappen. (Com a tática de pneus diferente dos primeiros colocados)

Hamilton chegou pra cima de Albon enquanto que Perez chega em cima de Norris, brigas pelo 3º e 5ºlugares nas primeiras voltas. O Tailandês resistiu a pressão de Lewis até a 9ªVolta, O Britânico passou para o terceiro lugar.

Hamilton teria Verstappen pela frente para chegar em Bottas, mas tudo foi facilitado a sua vida, Pois na volta 11, o carro de Holandês fica lento e se arrasta para os boxes e deixa a corrida. Seria o primeiro a sofrer com falhas de equipamento.

Vettel tentava passar Stroll (Que começava a ter problemas de motor) mas sofria pressão de Daniel Ricciardo da Renault. A sorte do piloto da Ferrari foi que o principal piloto da Renault acabou tendo problemas e acabou deixando a corrida na 18ªvolta.

Ao mesmo tempo que Vettel supera Stroll ganhando o 8ºlugar. Foi nesse momento que os problemas de motor de Stroll se intensificaram, Na volta seguinte, Gasly e Kvyat superaram o piloto da Racing Point, que logo iria para os boxes para abandonar na 21ªVolta. Na mesma volta, Grosjean rodou e acabou tendo de ir para os boxes. Seria a primeira parada da temporada.

Bottas continuava na frente, mas começava a ver sua vantagem cair volta após volta. Hamilton vinha tirando o prejuízo de ter sido punido em 3 posições, após não diminuído a velocidade no final do treino quando Bottas saiu da pista e a bandeira amarela foi acionado em um setores do circuito.

Na 26ªVolta, Ocon estava tentando passar Magnussen e acaba conseguindo na curva 3, ao mesmo tempo que os freios de Kevin Magnussen falha e acaba com a corrida do piloto da Haas, que estava indo numa prova bastante razoável. Apesar de ficar em um local seguro, a direção de prova acionou o safety car pela primeira vez. Todos os pilotos todos se aproveitaram para fazerem a parada e colocarem pneus mais duros, com exceção de Sergio Perez que arriscou colocar pneus médio com 27 voltas completadas. Um pneu duro aguentar 44 voltas era possível, mas um médio aguentar 44 voltas iria ser mais difícil.

Após a retirada do carro do dinamarquês a relargada acontece na 32ªVolta, Bottas continua na frente de Hamilton. Já mais atrás, Leclerc lutou e conseguiu manter a frente de Sainz, Já Vettel tentou passar o piloto da Mclaren, mas foi uma manobra afobada e mal sucedida, Vettel acabou rodando para não bater em Sainz e acabou caindo para o último lugar.

Na volta seguinte, Bottas marcou a melhor volta da prova e ganhou folego sobre Hamilton. Enquanto isso, Perez superou Norris e ganhou o 4ºlugar. Voltas depois, Leclerc chegou a se aproximar de Norris abrindo disputa pela 5ªposição. A Mercedes tinha corrida na mão e Hamilton iria para cima de Bottas. Porém, A equipe por rádio avisou dos problemas no sensor dos dois carros e que ambos não poderiam usar as zebras. Hamilton pediu para usar a potência extra, mas a equipe negou o pedido.

Segundo a Mercedes, o carro do Bottas estava pior do que o carro de Lewis Hamilton, mas o piloto Finlandês não estava se importando com a informação, estava usando a zebra para fugir do companheiro de equipe. Já na parte intermediária, Esteban Ocon vinha tentando passar Danill Kvyat, uma boa briga valendo o 9ºlugar entre a Alpha Tauri e a Renault.

Na 47ªVolta, Bottas estava 1.7 segundos a frente de Hamilton. Já Albon em 3º estava longe dos pilotos da Mercedes e com uma vantagem de 2 segundos sobe Perez, que estava tentando chegar em cima do Tailandês. Norris abriu 3 segundos de Leclerc e se consolidava o 5ºlugar. A prova parecia que vinha tranquila para o final, até que Grosjean erra pela segunda vez, com problemas de câmbio, o francês deixaria a prova. Mas não foi esse abandono que provocou a entrada do safety car, que foi acionado devido ao abandono de George Russell, com problemas no motor, o piloto da Williams encosta o carro na área de escape entre as curvas 5 e 6, na 51ªVolta.

Essa nova bandeira amarela fez com que Albon, Leclerc, Norris, Kvyat, Raikkonen, Vettel e Latifi fosse para os boxes fazerem uma nova parada. Sainz fez isso na 53ªvolta. Bottas, Hamilton e Perez estavam nas 3 primeiras posições com os pneus de 25 voltas de desgaste, enquanto que Albon com os pneus macios novos estava com a chance até mesmo de vencer sua primeira prova na vida.

Na volta 55, tivemos nova relargada, com Bottas e Hamilton mantiveram suas posições, Perez escorrega e Albon se aproveita e passa para o 3ºlugar. Eis que o pneu dianteiro de Raikkonen se solta ainda antes da relargada e o finlandês acaba por encostar na reta dos boxes. Novamente o Safety Car entrava na pista.

A Tensão aumentava muito, restaria poucas voltas para reiniciar a prova. A 11 voltas do final a relargada é dada, Albon vai para cima de Hamilton, vai por fora na curva 4 e quando parecia que iria conseguir a ultrapassagem, acaba tocado pelo campeão do mundo e vai para a caixa de brita. Isso fez com que os comissários investigarem o caso. Enquanto isso, Bottas abria 1.5 segundos na liderança.

Mais atrás, Sainz jr. passou Gasly e assumiu o 6ºlugar na 63ªVolta. Na volta seguinte, Leclerc supera Norris e ganha o 4ªposição, Passando a mirar Perez e o pódio. Enquanto que Vettel foi superado pelo Giovinazzi correndo risco de se quer pontuar, na 11ªposição a poucas voltas do final. Perez acabou sendo superado por Leclerc, o 3ºlugar do Monegasco já estava sendo lucro para a Ferrari.

A Direção de prova decidiu pela punição de 5 segundos a Hamilton, consideraram Lewis culpado pelo incidente que vitimou Albon. Outra punição de 5 segundos foi dada a Sergio Perez por exceder limite de velocidade nos boxes. Com isso, Leclerc que tinha uma missão muito difícil estava com o segundo lugar nas mãos e Perez tinha o pódio na mão, eu falei tinha. Já que Norris que resistiu a um feroz ataque de Sainz jr. e foi para o ataque em cima de Perez, superando o piloto da Racing Point subindo para o 4ºlugar.

Albon com problemas e Kvyat com quebra na sua suspensão abandonaram nas voltas finais. Com apenas 11 pilotos ao final da prova. A vitória ficou com Valtteri Bottas, que de ponta a ponta acabou vencendo pela segunda vez na Áustria e pela 8ªVez na carreira. Repetindo ano passado onde venceu o GP da Austrália.

A se destacar Charles Leclerc, com um carro sem condições acabar a prova em 2ºlugar, uma corrida sem erros do monegasco. Lewis Hamilton cruzou em segundo, mas foi insuficiente para o inglês manter seu lugar no pódio. Numa última volta sensacional, Lando Norris acabou fazendo a melhor volta da prova e de quebra acabou ficando com o pódio herdado pela punição a Lewis Hamilton. Foi o primeiro pódio do piloto inglês e o segundo pódio da Mclaren nas últimas 3 corridas. Uma mostra de ressurgimento da equipe de Woking.

Lewis Hamilton acabou sem o pódio, com o 4ºlugar. Se não tivesse as ocorrências dos Safety Car teria sido no mínimo 2º, até mesmo ter conseguido a vitória, mas imponderáveis da corrida acabaram por comprometer o final de semana de Lewis. Carlos Sainz jr. também foi beneficiado por punição e acabou com o 5ºlugar, superando Sergio Perez que perdeu a chance de marcar o 8ºpódio da carreira. O Mexicano ficou com o 6ºlugar.

Pierre Gasly acabou em 7ºlugar, uma corrida correta do piloto da Alpha Tauri que mostrou ter um equipamento competitivo para o campeonato. Esteban Ocon teve uma prova muito da discreta, mas acabou salvando o final de semana da Renault, que pode fazer um bom campeonato. O Francês ficou em 8º.

Antonio Giovinazzi acabou levando a Alfa Romeo ao 9ºlugar, as expectativas não eram nada boas, mas os 2 pontos do piloto italiano aliviam, ou melhor, mascaram o trabalho ruim da equipe italiana. Pior mesmo ficou Sebastian Vettel, Chegando em 10ºlugar por causa das ocorrências no final, pior foi o erro cometido por ele na metade da prova. O ano de 2020 parece ser mais um capitulo do inferno astral que vive o tetracampeão do Mundo.

Nicholas Latifi fez o que era possível com o Williams e por muito pouco esse possível levou o canadense a marcar pontos na sua estreia na Formula 1. Kvyat e Albon foram classificados em 12º e 13ºlugares por completarem 90% da corrida.

Semana que vem teremos no mesmo Red Bull Ring, a prova de Estíria. 2ªEtapa da Formula 1 em 2020.

Fotos:

Resultado final do GP da Áustria

posPilotoEquipeChassiMotorTempoGrid
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:30:55.7391
216Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 2.700s7
34Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 5.491s3
444Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 5.689s5
555Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 8.903s8
611Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 15.092s6
710Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620Ha 16.682s12
831Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 17.456s14
999Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 21.146s18
105Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 24.545s11
116Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 31.650s20
1226Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620Ha 4 voltas13
1323Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 4 voltas4
147Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 18 Voltas19
1563George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 22 Voltas17
168Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 22 Voltas15
1720Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 47 Voltas16
1818Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 51 voltas9
193Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 54 voltas10
2033Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 60 Voltas2

Melhor volta de cada piloto – A volta mais rápida rendeu 1 ponto para Lando Norris

posPilotoEquipeChassiMotorTempoVolta
14Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:07.47571ªVolta
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:07.65768ªVolta
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:07.71267ªVolta
416Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:07.90164ªVolta
555Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:07.97463ªVolta
611Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:08.30563ªVolta
723Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:08.43250ªVolta
85Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:08.62371ªVolta
999Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:08.79670ªVolta
1031Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:08.93264ªVolta
1110Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620H1:09.02564ªVolta
127Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:09.03148ªVolta
1326Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620H1:09.13550ªVolta
1463George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:09.31749ªVolta
1533Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:09.3515ªVolta
166Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:09.66263ªVolta
178Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:10.22846ªVolta
1818Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:10.3264ªVolta
193Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:10.6108ªVolta
2020Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:10.72023ªVolta

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Racing Point/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Haas/Alfa Romeo/Williams