GP da Holanda – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 2 – 9ªetapa

Raúl Fernández deu a resposta, conquistou a pole no sábado e ganhou a etapa em Assen no domingo. Nada como um final de semana perfeito para recompensar a queda no GP da Alemanha.

Classificação no Sábado:

A disputa pelas 4 vagas para o Q2 começa com os pilotos da Petronas como favoritos a 2 das 4 vagas ao Q2. Outros principais candidatos são Aron Canet, Albert Arenas e Joe Roberts.

Na primeira volta, Canet que vinha de uma ótima corrida na Alemanha saiu na frente com 1:37.378, seguido de Bendsneyder da SAG, Bulega da Gresini e Baltus da NTS. Marcos Ramirez vinha na 5ªposição.

A 9 minutos do final, Simone Corsi marca 1:37.063 passando para a ponta seguido de Ramirez com a moto da American Racing, mas poucos segundos depois, Bo Bendsneyder com 1:36.775 e Aron Canet com 1:36.880 passaram as 2 primeiras posições. Jake Dixon supera Marcos Ramirez e assume a 4ªposição.

A luta continua na metade da repescagem, Alonso Lopez faz uma boa marca, mas acaba sendo superado por Bulega que ganha a 6ªposição do piloto da Speed UP. Na volta seguinte, Lopez melhorou um pouco mais seu tempo e passou a 5ªposição.

A 5:18 do final, Hector Garzó da Pons supera Jake Dixon e assume a 4ªposição ao marca 1:37.076. A classificação mudaria de novo a 2 minutos do final, com uma ótima volta de Marcos Ramirez (1:37.054). A 1:10 do final, Joe Roberts finalmente apareceu na disputa, ao fazer um tempo 13 milésimos mais rápido. O norte-americano da Italtrans passava para terceira posição.

Parecia que Roberts iria para o Q2, mas no final, Albert Arenas pula para 3º e Hector Garzó subiu para 4º, deixando Roberts fora da fase final da Classificação. Bendsneyder mais uma vez entra no Q2 e leva com ele Canet e Arenas da Aspar Martinez e Garzo da Pons.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemotostempo
164Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’36.775
244Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuro1’36.880
375Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuro1’36.919
440Hector GarzoFlexbox HP40Kalex1’37.012
516Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex1’37.041
642Marcos RamirezAmerican RacingKalex1’37.054
724Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’37.063
896Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’37.171
962Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’37.181
1097Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’37.236
116Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’37.261
1211Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’37.281
132Alonso Lópeza EGO Speed UpBoscoscuro1’37.299
1470Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’37.926
1518Manuel GonzalezMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’38.141
1655Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’38.515

Os primeiros pilotos a entrarem na pista foram Marco Bezzecchi, Celestino Vietti, Remy Gardner e Lorenzo Dalla Porta. Era esperado que os dois pilotos da equipe Ajo disputassem entre si a pole position, mas a disputa poderia ter alguns outros pilotos incomodando Remy Gardner e Raúl Fernandez.

Gardner fez 1:37.361, mas acabou sendo superado primeiro por Bezzecchi e logo depois por Raúl Fernández que marcou 1:37.044 a 11:30 do final da sessão. 30 segundos depois, Sam Lowes marca o segundo melhor tempo (1:37.118). Aron Canet chegou a fazer o terceiro tempo, mas sua volta acabou sendo anulado.

Gardner tenta passar para a ponta ao marcar 1:36.930, mas Fernández dá um passo a frente e é bem superado por Raúl Fernández, com 1:36.567. Luthi chega a fazer o 3ºtempo a 10 minutos do final. Segundos depois, Sam Lowes marca bela volta e assume a segunda posição, Canet e Garzó subiram para 3ª e 4ªposições. Jorge Navarro passou para 5º, o que fez Remy Gardner cair para 7º e Thomas Luthi da SAG para 8ªposição.

O australiano se via muito atrás na classificação, só pioraria com a boa volta de Ai Ogura, pulando para 5ªposição. Augusto Fernandez melhorou um pouco e passou a ser o 8ºcolocado.

Gardner voltou à pista, para tentar pelo menos uma melhor posição, já que Raúl Fernández dominava o Q2. Depois de muito esforço, o líder do campeonato consegue marcar 1:36.542 e vai para a ponta, mas Fernández recuperou a ponta em definitivo, ao fazer a marca de 1:36.356 a 1 minuto do final da sessão.

Jorge Navarro foi para o chão no finalzinho. Augusto Fernadez consegue o terceiro tempo, mas a volta acaba sendo cancelado, que derruba o piloto da Marc VDS para 8ºlugar. Raúl Fernández conquistou uma pole position merecida, dominando totalmente o Q2. O espanhol chegou a colocar quase 4 décimos a frente do seu mais próximo perseguidor. No final da classificação, Remy Gardner salvou seu treino e larga em 2º, completando a dobradinha da equipe Ajo. O britânico Sam Lowes da Marc VDS completa a primeira fila.

Aron Canet da Aspar Martinez vai abrir a segunda fila, em uma ótima 4ªposição e buscando o 3ºpódio na temporada. Hector Garzó surpreendeu, com uma boa pilotagem, levou a moto da Pons a 5ªposição no grid de largada. Ai Ogura fecha a segunda fila.

Jorge Navarro é o primeiro a não usar a moto Kalex, levando a Boscoscuro a uma 7ªposição. Augusto Fernandez foi derrubado da primeira fila e jogado para a 8ªposição, no meio da terceira fila. Outro que foi surpresa foi Lorenzo Dalla Porta na 9ªposição. Tony Arbolino da Dynavolt, Celestino Vietti da VR46 e Thomas Luthi da SAG fechavam a lista dos 12 primeiros colocados.

Grid de Largada:

pospilotoequipemotostempo
125Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex1’36.356
287Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex1’36.542
322Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalex1’36.686
444Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuro1’36.765
540Hector GarzoFlexbox HP40Kalex1’36.802
679Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’36.804
79Jorge NavarroEGO Speed UpBoscoscuro1’36.816
837Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalex1’36.884
919Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’36.951
1014Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex1’37.007
1113Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’37.023
1212Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’37.079
1364Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’37.118
1423Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex1’37.147
1521Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’37.230
1675Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuro1’37.235
1772Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’37.249
1835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’37.373
1916Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex1’37.041
2042Marcos RamirezAmerican RacingKalex1’37.054
2124Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’37.063
2296Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’37.171
2362Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’37.181
2497Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’37.236
256Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’37.261
2611Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’37.281
272Alonso LópezEGO Speed UpBoscoscuro1’37.299
2870Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’37.926
2918Manuel GonzalezMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’38.141
3055Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’38.515

O domingo em Assen foi de domínio das duas melhores equipes da categoria intermediária, que disputaram a vitória na maior parte do tempo, melhor para os dois pilotos da equipe Ajo sobre os dois pilotos da Marc VDS.

Na largada, uma surpresa, Aron Canet assumiu a liderança após ótima largada, seguido de Lowes, Gardner e Fernández. A corrida durou muito para o italiano Lorenzo Dalla Porta que caiu na 5ªCurva e para Tony Arbolino que caiu algumas curvas depois.

No final da primeira volta, Lowes da Marc VDS ultrapassa Canet da Aspar Martinez e assume a liderança. Porém, Canet chega a voltar a figurar na liderança, mas por pouco tempo, o líder do campeonato Remy Gardner acabou passando para a liderança, Canet, Lowes, Ogura, Augusto Fernandez, Schrotter, Vierge (que largou da 23ªposição e fez uma brilhante largada), Di Giannatonio e Raúl Fernández que saiu da pista e caiu para a 9ªposição. Bo Bendsneyder e Thomas Luthi vinham atrás do piloto espanhol. Porém, o piloto Holandês da SAG tinha que pagar 2 voltas longas por ter queimado a largada, o que deixaria bem para trás na classificação.

No 2/3 da 3ªVolta, Joe Roberts foi ao chão, era o fim da corrida para a equipe Italtrans. Gardner abre vantagem sobre Lowes. Já Augusto Fernandez, Aron Canet e Ai Ogura disputavam a 3ªposição, logo atrás já vinha Raúl Fernández em 6º após superar Marcel Schrotter.

Na 5ªVolta, Raúl Fernández vai ao ataque em cima de Ai Ogura, apesar de toda a persistência do piloto nipônico, o espanhol avançou para a 5ªposição. Enquanto isso, no final da 5ªVolta, Remy Gardner e Sam Lowes travavam um duelo pela liderança, diante da briga, Augusto Fernandez se aproveitou da briga e passou ambos para tomar a liderança na 6ªvolta. Lowes passa para segundo e Gardner para 3º.

Na volta 7, Raúl Fernández sobe para a 4ªposição após superar Aron Canet. A partir dai, os pilotos da Marc VDS e da KTM Ajo passaram a disputar a vitória.

Na metade da 8ªVolta, Lowes ganha o duelo particular com Fernández e assume de novo a liderança. Remy Gardner supera Fernandez e assume a segunda posição. Raúl Fernández vinha se aproximando da disputa. Enquanto isso, Fabio di Giannantonio e Ai Ogura superam Aron Canet passando a 5ª e 6ªposições respectivamente. Bezzecchi, Schrotter e Navarro completavam a lista dos 10 primeiros colocados.

Na metade da corrida, Raúl Fernández chegou à disputa pela liderança, enquanto isso, Simone Corsi da MV Agusta e Marcos Ramirez da American Racing foram punidos com a volta longa por furarem a chicane, algo não mudaria em nada a já complicada corrida de ambos.  

Ao começar a 14ªVolta, Augusto Fernández supera Sam Lowes e retorna a liderança, Raúl Fernández supera Remy Gardner e pula para 3ªposição. Marco Bezzecchi que largou na 16ªposição estava em 6º e colado em Fabio di Giannantonio.

Na 16ªVolta, Raúl Fernández supera Sam Lowes e sobe para segunda posição e passa a mirar Augusto Fernandez na sua mira. O piloto da Marc VDS na frente, mas com o piloto da Ajo andando mais rápido e rendendo melhor. Fabio di Giannantonio cai na mesma 16ªvolta (Curva 9) e abandona, deixando o caminho livre para Marco Bezzecchi assumir a 5ªposição.

No começo da 18ªVolta, Raúl Fernández toma a liderança das mãos de Augusto Fernandez e começa a abrir vantagem a 6 voltas do término da prova. Enquanto que o piloto espanhol erra e permite a Lowes ganhar a segunda posição.

A três voltas do final, Augusto Fernandez e Remy Gardner superam Sam Lowes e passam a brigar pela segunda posição. O Filho de Wayne Gardner não esta disposto a ficar em 3º, na penúltima volta, ele consegue superar Fernandez da Marc VDS para ficar em 2º e para seu prejuízo em Assen fosse o mínimo possível.

Raúl Fernández levou sua moto com tranquilidade nas voltas finais e conquistou sua 3ªvitória na temporada, reagindo bem depois da queda no GP da Alemanha. Também acabou tendo uma recuperação na prova, pois Raúl chegou a ficar na 9ªposição após a 2ªvolta de corrida. Uma vitória que faz a diferença entre ele e o companheiro de equipe (Gardner) cair para 31 pontos.

Por falar no Australiano, Remy conseguiu acabar a prova na segunda posição e manteve uma vantagem segura na liderança do Mundial, ainda com uma boa vantagem sobre seu companheiro de equipe. É pelo que parece, a disputa do campeonato esta restrita a os pilotos da Red Bull KTM Ajo.  Augusto Fernandez completou o pódio, em uma bela corrida, onde até poderia ter vencido, mas no fim acabou perdendo posicionamento para Raúl e Remy. Sam Lowes chegou a liderar, teve chances de vencer assim como seu companheiro de equipe, mas acabou em 4º e saiu de Assen sem o pódio.

Marco Bezzecchi não teve um dia fácil, mas conseguiu uma bela corrida de recuperação, que fez ele ganhar 11 posições para conquistar a 5ªposição. Ai Ogura chegou em 6º, em mais uma boa exibição, se mostra se o segundo melhor novato do ano (Já que certamente Raúl Fernández deverá ser o novato do ano na Moto 2). Jorge Navarro em 7º, mostrando um desempenho melhor do que tinha demonstrado no começo da temporada, Marcel Schrotter tem mais um resultado decente ao chegar em 8º com a moto da Dynavolt.

Xavi Vierge da Petronas fez uma brilhante largada, mas acabou ficando nisso, só administrou o 9ºlugar, bem melhor que seu companheiro de equipe, o ineficiente Jake Dixon que nada fez em Assen. Celestino Vietti fechou os Top 10, nada mal para um piloto estreante na Moto 2.

Somkiat Chantra fez mais alguns pontos com a 11ªposição, Albert Arenas desempenhando um bom papel com a 12ªposição (Enquanto que Canet caiu a 5 voltas do final, outro piloto que ainda tem desempenhos inconstantes na Moto 2) Stefan Manzi fica em 13ª, deixando a desejar, assim como sua equipe deixa a desejar faz um bom tempo. Thomas Luthi fez seu melhor final de semana, mas ainda tem de melhorar para alcançar resultados melhores do que a 14ªposição. Bo Bendsneyder salvou um ponto no final, ao superar Cameron Beaubier e ficar com a 15ªposição.

Resultado final do GP da Holanda
Moto 2 – 9ªEtapa – Assen – 24 Voltas

pospilotoequipemotostempo
125Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex39’01.832
287Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalexa 1.066
337Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalexa 1.265
422Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalexa 1.879
572Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 8.329
679Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 10.960
79Jorge Navarroa EGO Speed UpBoscoscuroa 13.993
897Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 16.052
923Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalexa 16.094
1013Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalexa 17.585
1135Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 18.286
1275Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuroa 18.812
1362Stefano ManziFlexbox HP40Kalexa 19.273
1412Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 19.649
1564Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 22.162
166Cameron BeaubierAmerican RacingKalexa 22.223
172Alonso Lópeza EGO Speed UpBoscoscuroa 25.569
1896Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalexa 26.245
1911Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 27.323
2042Marcos RamirezAmerican RacingKalexa 27.463
2124Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 27.638
2218Manuel GonzalezMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 35.908
2355Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTSa 38.517
2470Barry BaltusNTS RW Racing GPNTSa 46.728
44Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuroa 5 voltas
21Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 9 voltas
16Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalexa 17 voltas
19Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 24 voltas
14Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalexa 24 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Alemanha – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 2 – 8ªetapa

Remy Gardner conquistou uma importante vitória ao vencer o GP da Alemanha, melhor que isso foi ver seu maior rival, o espanhol Raúl Fernández ter ido ao chão. Com isso, o australiano abre 36 pontos de vantagem na liderança do Mundial.

No sábado de classificação, muitos pilotos fortes estavam na repescagem, entre eles, estava Marco Bezzecchi, 3ºcolocado no Mundial. Como favorito a uma das 4 vagas, o 1ºpiloto da VR46 marcou de cara o primeiro tempo. Porém, o italiano acabou superado pelo rapidíssimo, mas inconstante Aron Canet da Aspar Martinez a 11 minutos do final, com Tony Arbolino indo para a segunda posição. 40 segundos depois, Bo Bendsneyder foi para a ponta ao marcar 1:24.112, Canet tinha caído para a 3ªposição e Arbolino caiu para a 4ªposição.

A 9 minutos do final, Marco Bezzecchi que sobe para 2ªposição, com 1:24.259, a 147 milésimos do piloto da SAG. Os classificados eram Bo Bendsneyder, Marco Bezzecchi, Aron Canet e Albert Arenas. Lorenzo Dalla Porta tentou tirar Arenas da zona de classificação, mas ficou a 2 décimos do tempo do piloto da Aspar Martinez.

A situação nas 4 primeiras posições não mudou até o final dos 15 minutos de classificação. Lorenzo Dalla Porta da Italtrans tentou uma última volta, mas acabou ficando a 34 milésimos do tempo de Canet na 5ªposição.

Resultado do Q1:

pospilotoEquipeMotoTempo
164Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’24.122
272Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’24.259
344Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuro1’24.328
475Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuro1’24.344
519Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’24.378
614Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex1’24.569
713Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’24.604
82Alonso LópezFlexbox HP40Kalex1’24.619
954Fermín Aldeguera EGO Speed UpBoscoscuro1’24.667
107Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’24.694
116Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’24.738
1255Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’24.874
1362Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’24.946
1412Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’24.998
1524Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’25.407
1670Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’25.600

Raúl Fernández e Marco Bezzecchi foram os primeiros pilotos e entrarem na pista. Sendo os pilotos da equipe Ajo os favoritos a pole, Raúl precisava fazer essa pole e reverter o momento favorável de Remy Gardner, mas na primeira volta, o filho de Wayne Gardner mostrou sua força e marcou 1:23.769, enquanto que Raúl Fernández marcou o 5ºmelhor tempo, atrás de Fabio di Giannantonio da Gresini, Xavi Vierge da Petronas e Marco Bezzecchi da VR46, com 3 minutos e 30 segundos do Q2.

Sam Lowes foi ao chão, mas conseguiu voltar para a batalha. Fabio di Giannantonio chega a assumir a primeira posição, mas tem sua bela volta de 1:23.682 cancelada, na volta seguinte, o piloto da Gresini volta a marcar o melhor tempo, mas dessa vez o tempo de 1:23.744 é valido a 9 minutos do final da sessão.  Seguido dos dois pilotos da equipe Ajo: Remy Gardner e Raúl Fernández. Marco Bezzecchi, Xavi Vierge e Jorge Navarro completava os 6 primeiros colocados.

A 6 minutos do final, os pilotos começavam a voltar à pista para a última tentativa dos 18 pilotos. 2 minutos depois, todos já estavam tentando volta rápida. Dai que Raúl Fernández foi com tudo para marcar o tempo de 1:23.397, que é simplesmente o novo recorde do circuito.

Ninguém conseguiu tirar a pole position das mãos do jovem de 20 anos de idade, Raúl acabou ficando com a 1ªposição e venceu a batalha contra o Australiano Remy Gardner, que fica com a 3ªposição, atrás também de Fabio di Giannantonio que fez um grande treino com sua moto da Gresini.

Na segunda fila, largam Xavi Vierge, motivado pelo pódio na etapa da Catalunha, Jorge Navarro da Speed UP e Sam Lowes da Marc VDS. Ai Ogura marca muito bem sua presença ao pontear a 3ªfila, que é composto por Bo Bendsneyder da SAG e Aron Canet da Aspar Martinez. Completando os 12 primeiros colocados: Nicolò Bulega da Gresini, Joe Roberts da Italtrans e Somkiat Chantra da Honda Asia Team.

Grid de Largada:

pospilotoEquipeMotoTempo
125Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex1’23.397
221Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’23.744
387Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex1’23.769
472Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’24.184
597Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’24.296
69Jorge Navarroa EGO Speed UpBoscoscuro1’24.301
722Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalex1’24.416
879Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’24.439
964Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’24.474
1044Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuro1’24.500
1111Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’24.503
1216Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex1’24.521
1335Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’24.594
1437Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalex1’24.600
1596Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’24.611
1642Marcos RamirezAmerican RacingKalex1’24.616
1723Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex1’24.624
1875Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuro1’24.807
1919Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’24.378
2014Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex1’24.569
2113Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’24.604
222Alonso LópezFlexbox HP40Kalex1’24.619
2354Fermín Aldeguera EGO Speed UpBoscoscuro1’24.667
247Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’24.694
256Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’24.738
2655Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’24.874
2762Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’24.946
2812Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’24.998
2924Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’25.407
3070Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’25.600

O duelo do domingo seria mesmo entre os pilotos da Red Bull KTM Ajo, o intruso Fabio di Giannantonio poderia incomodar e ser o intruso nessa disputa.

Na largada, Raúl Fernández foi bem e manteve a liderança, Fabio di Giannantonio perdeu posições e caiu para 5º, Remy Gardner assumiu a segunda posição, seguido de Xavi Vierge da Petronas e Marco Bezzecchi da VR46. Só ai aparece o piloto da Gresini na 5ªposição. Simone Corsi cai na segunda curva, a moto capota várias e várias vezes, o piloto nada sofreu.

Em menos de 1 volta, Raúl e Remy abriram 7 décimos sobre os demais, a partir dai, começa uma disputa dos pilotos da Ajo pela vitória, No final da segunda volta, Remy Gardner assumiu a liderança. A partir da 3ªvolta, Raúl passava a perseguir Remy. No segundo pelotão, Aron Canet deu um belo pulo e passou da 8ª para a 5ªposição. O piloto da Aspar Martinez começava muito bem a etapa alemã da moto 2.

Raúl Fernández tentava recuperar a liderança, mas na 5ªVolta, o jovem piloto da Ajo acaba indo ao chão e abandona a prova. A partir dai, Gardner tinha caminho livre para vencer a prova e abrir uma imensa vantagem para Fernández. O australiano estava a mais de 5 segundos a frente de Aron Canet, que passou a ser o segundo colocado, isso após superar Bezzecchi e Vierge. Fabio di Giannantonio vinha em 5º, seguido de Jorge Navarro, Ai Ogura, Jake Dixon, Marcel Schrotter, Augusto Fernandez, Sam Lowes e Bo Bendsneyder.

Outros pilotos acabam indo para o chão, um dele é o espanhol Augusto Fernandez da Marc VDS, ele acabou também atrapalhando a Jake Dixon que foi para a brita e caiu para as últimas posições.

Canet começa a abrir vantagem para Bezzecchi, Vierge e Di Giannantonio que naquela altura do campeonato iriam disputar o pódio. No final da 11ªVolta, Di Giannantonio supera Vierge e assume a 4ªposição. Nas voltas seguintes, o piloto da Gresini partiu para cima de Bezzecchi, com mais equipamento poderia levar o lugar no pódio.

Na metade da corrida, Lorenzo Dalla Porta abandonou com problemas mecânicos. Ainda na parte de trás, Nicolò Bulega supera Bo Bendsneyder e sobe para a 14ªposição. Já Somkiat Chantra e Thomas Luthi dão uma passeada na brita, mas conseguem voltar a prova.

O pega da prova naquele momento era entre Bezzecchi e Di Giannantonio pelo lugar no pódio. No final da 18ªVolta, o piloto da Gresini chegou a passar o piloto da VR46, mas acabou perdendo a trajetória da curva e Bezzecchi acabou voltando à posição.  Após esse ataque, Bezzecchi começou a abrir um pouco de vantagem e passou a tentar se aproximar de Aron Canet, que vinha a mais de 2 segundos a diante.

A 7 voltas do final, Ai Ogura pressiona Xavi Vierge (Disputa pela 5ªposição) e Sam Lowes pressiona Marcel Schrotter (Disputa pela 7ªposição). Nas voltas finais, Ogura supera Vierge e tenta almejar a 4ªposição.

Gardner manteve uma constância na liderança, com mais de 7 segundos para Canet, que administrava a 2ªposição, mas que via Bezzecchi se aproximando dele nas últimas voltas de prova. Na última volta, Xavi Vierge, Joe Roberts e Ai Ogura foram ao chão e mudaram de forma considerável a classificação final da prova.

Remy Gardner conquista sua 3ªvitória seguida na temporada, passa a ter 36 pontos de vantagem para Raúl Fernandez e de quebra, conquista a vitória na corrida 200 da Moto 2. O piloto da Ajo tem a certeza de que vai sair de férias na liderança do Mundial, independente do resultado em Assen.

Aron Canet em brilhante corrida chegou ao seu segundo pódio em 2021, com a segunda posição ele leva a moto da Boscoscuro (antiga Speed UP) a mais um grande resultado. Marco Bezzecchi completou o pódio e continua com seu bom campeonato, com resultados bem regulares, mesmo sem chegar a uma vitória de fato.

Fabio di Giannantonio pagou caro pela largada ruim que teve, poderia até se conseguido a segunda posição, mas acabou ficando de fora do pódio, chegando em 4ºlugar. Na última volta, Sam Lowes superou Marcel Schrotter para ficar na 5ªposição, outro que pagou caro por ter largado mal, enquanto que o Piloto da Dynavolt teve um bom desempenho, mas não teve força para chegar às primeiras posições.

Jorge Navarro fez uma boa corrida e acabou obtendo uma honrosa 7ªposição. Seguido de Albert Arenas, que segurou a pressão de Marcos Ramirez e Cameron Beaubier para ficar com a 8ªposição e garantir seu melhor resultado na Moto 2. Os dois pilotos da American Racing completaram os 10 primeiros colocados.

Nicolò Bulega ficou em 11º e chegou a frente de Alonso Lopez que marcou seus primeiros pontos na Moto 2, sendo um bom substituto de Hector Garzó em Saschering. Bo Bendsneyder, Barry Baltus e Celestino Vietti completaram a zona de pontuação. O Destaque ficou para o piloto da NTS que conseguiu seus 2 primeiros pontos no Mundial de Motovelocidade.

Resultado final do GP da Alemanha
Saschering – Moto 2 – 28 Voltas

pospilotoEquipeMotoTempo
187Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex39’39.191
244Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuroa 6.158
372Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 7.030
421Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 8.145
522Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalexa 9.888
623Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalexa 10.000
79Jorge Navarroa EGO Speed UpBoscoscuroa 16.039
875Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuroa 19.394
942Marcos RamirezAmerican RacingKalexa 21.718
106Cameron BeaubierAmerican RacingKalexa 26.393
1111Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 26.732
122Alonso LópezFlexbox HP40Kalexa 26.835
1364Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 28.034
1470Barry Baltus NTS RW Racing GPNTSa 28.984
1513Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalexa 31.414
1614Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalexa 33.176
1755Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTSa 33.425
1835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 39.638
1912Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 39.682
2062Stefano ManziFlexbox HP40Kalexa 44.613
2196Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalexa 47.416
79Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 1 volta
97Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 1 volta
16Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalexa 1 volta
19Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 14 voltas
37Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalexa 22 voltas
7Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 22 voltas
25Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalexa 24 voltas
54Fermín Aldeguera EGO Speed UpBoscoscuroa 25 voltas
24Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 28 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2 – GP de Misano – Marini e Bezzecchi conquistam dobradinha para a VR46

Domínio dos pilotos da VR46 no final de semana que passou, muito beneficiado pela punição de Sam Lowes, que teve de largar dos boxes. A 1ªcorrida de Misano tria um desfalque no Grid, Jorge Martin contraiu a Covid-19 e não vai correr também a 2ªcorrida em Misano e possivelmente também não corra a etapa da Catalunha no dia 27 de Setembro.

Repescagem começa da moto 2. O italiano Fabio di Giannantonio se reencontra com a pista aonde ele teve uma “Vitória Roubada” pela direção da corrida que não puniu Augusto Fernandez, depois do piloto da Pons em 2019 violar claramente o regulamento de passar para fora da pista por duas vezes. Na primeira volta, Hector Garzo foi o mais rápido, a 11:15 do final acabou superado por Nicolò Bulega da Gresini. Canet e Roberts completavam os 4 primeiros colocados.

Na volta seguinte, Di Giannantonio com sua Speed UP passou para a liderança, a 13 milésimos a frente de Garzo. Joe Roberts e Marcos Ramirez completavam os 4 primeiros, separados por apenas 59 milésimos entre eles. Já Nicolò Bulega saiu da zona de classificação.

A 8 minutos e 20 segundos do final, Di Giannantonio não conseguiu melhorar sua volta. Segundos depois, Bulega melhora seu tempo, mas não saiu da 5ªposição. 20 segundos depois, Roberts vai ao chão. A sorte é que a partir da metade da classificação, os tempos se estabilizaram e praticamente ninguém conseguiu melhorar marca nenhuma.

Fabio di Giannantonio conseguiu melhorar um pouco seu tempo de 1:36.964 como o melhor tempo da 1ªfase de classificação. Hector Garzo, Joe Roberts e Marcos Ramirez completaram a zona dos classificados. Bulega e Baldassarri ficaram de perto, mas acabaram se despedindo da classificação. Já Aron Canet acabou decepcionando seus fans e acabou ficando com um frustrante 7ªposição.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
121Fabio Di Giannantonioa EGO Speed UpSpeed Up1’36.964
240Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalex1’37.019
316Joe RobertsTennor American RacingKalex1’37.045
442Marcos RamírezTennor American RacingKalex1’37.065
511Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’37.093
67Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalex1’37.094
762Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’37.275
844Aròn CanetOceanica Aspar Team Moto2Speed Up1’37.347
924Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’37.456
1035Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’37.473
1199Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalex1’37.726
1264Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’37.826
1327Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’38.373
1457Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’39.398
152Jesko RaffinNTS RW Racing GPNTS1’40.268

Ao começar o Q2, a maioria dos pilotos foram rapidamente para a pista, alguns outros esperaram um pouco para entrarem, um deles era um dos favoritos a vitória e ao título da Moto 2, o italiano Luca Marini da VR46. A equipe de Valentino Rossi estava jogando em casa.

Garzo começou o Q2 assim como o Q1, na frente, com Gardner e Ramirez completando os Top 3. Mas existia um outro grupo, que a maioria não fez volta rápida. Porém, Marco Bezzecchi fez uma grande volta e passou a liderança com 1:37.267.

A menos de 10 minutos do final, o tempo do segundo piloto da VR46 foi triturado por Bastianini com 1:37.167, Schrotter com 1:37.199, por Syarhin e Di Giannantonio. Segundos depois, Sam Lowes esmaga a concorrência, com 1:36.666, Bezzecchi volta para a parte de cima da tabela, com um segundo lugar, 55 milésimos atrás do piloto britânico.

A 8 minutos do final, Xavi Vierge sobe para a terceira posição, com uma boa marca de 1:36.772, Luthi sobe para 5º, mas estava mais longe no cronometro e Garzo sobe para uma boa 6ªposição, sendo o único representante da Pons na parte final da classificação.

A 7:35 do final, Lowes esmagou a concorrência, marcando 1:36.170. Bezzecchi melhora seu tempo, mas nem chega perto do tempo do piloto britânico da Marc VDS. Luca Marini marca o 4ºtempo a 6:55 do final. Na volta seguinte, o meio irmão de Valentino Rossi subiu para 2ªposição com 1:36.611. Enquanto isso, Marco Bezzecchi foi para o chão.

Alguns pilotos foram para os boxes, trocaram de pneus e ajustaram suas motos na esperança de tirar a pole das mãos de Lowes. A 1:25 do final, Augusto Fernandez da uma bela subida, passando da 12ª para a 6ªposição.

Marini não consegue nada nas suas últimas tentativas, mas acabou apenas na terceira posição, Superado por Remy Gardner, em uma volta surpreendente acabou ficando com 2ªmelhor marca da sessão, somente atrás de Sam Lowes, que foi imbatível no sábado e seria o pole position, mas devido a punição, a era do filho de Wayne Gardner passou a ser o pole position. Com os dois pilotos da VR46 completando a primeira fila.

Enea Bastianini da Italtrans, Xavi Vierge da Petronas (vivendo um bom momento após ter tido um 2019 muito complicado). e Marcel Schrotter da Intact GP formam a segunda fila. Augusto Fernandez, Tetsuta Nagashima da KTM, Fabio di Giannantonio da Speed UP e Marcos Ramirez da American Racing completam os 10 primeiros colocados.

Fotos:

Grid de largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
187Remy GardnerOnexox TKKR SAG TeamKalex1’36.424
210Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’36.496
372Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’36.541
433Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalex1’36.614
597Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’36.663
623Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalex1’36.695
737Augusto FernándezEG 0,0 Marc VDSKalex1’36.828
845Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalex1’37.018
921Fabio Di Giannantonioa EGO Speed UpSpeed Up1’37.019
1042Marcos RamírezTennor American RacingKalex1’37.083
1112Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalex1’37.085
129Jorge Navarroa EGO Speed UpSpeed Up1’37.089
1355Hafizh SyahrinOceanica Aspar Team Moto2Speed Up1’37.106
1440Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalex1’37.328
1519Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’37.425
1696Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’37.435
1716Joe RobertsTennor American RacingKalex1’37.666
1811Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’37.093
197Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalex1’37.094
2062Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’37.275
2144Aròn CanetOceanica Aspar Team Moto2Speed Up1’37.347
2224Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’37.456
2335Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’37.473
2499Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalex1’37.726
2564Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’37.826
2627Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’38.373
2757Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’39.398
282Jesko RaffinNTS RW Racing GPNTS1’40.268
2922Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalexPenalizado

Porém, Remy Gardner se machucou no pé e mão após queda feia no Warm up e acabou sendo o segundo piloto a desfalcar o grid da categoria intermediária. Luca Marini passava a largar na posição de Pole position.

Na largada, Marini manteve a liderança, Já Enea Bastianini largou melhor que Marco Bezzecchi e assumiu a segunda posição. Sam Lowes esperou o último piloto passar da 1ªcurva para finalmente largar e começar sua corrida de recuperação. Antes do término da primeira volta, Bezzecchi recupera a segunda posição após superar Bastianini que perdeu posição para Marcel Schrotter.

O piloto alemão começou muito bem a corrida, mas não tinha moto para segurar o primeiro piloto da Italtrans. Na terceira volta, Bastianini passou Schrotter. O piloto da Intact GP passou a ficar brigando por posição com Xavi Vierge e Fabio di Giannantonio, Os dois disputavam a 5ªposição. O piloto da Speed UP levou a pior e acabou superado pelo suíço Thomas Luthi na metade da 4ªVolta.

Na 5ªVolta, Vierge supera Schrotter em uma manobra audaciosa e muito bem sucedida. Enquanto isso, Marini e Bezzecchi vinham abrindo sobre Bastianini. Na 6ªVolta, Luthi e Schrotter disputam a 6ªposição em duelo particular dos pilotos da Intact GP que voltou a ser uma equipe mediana, isso após viver uma bela temporada de 2019. Schrotter chegou a perder lugar para seu companheiro de equipe, mas conseguiu recuperar e passou a segurar Luthi, Di Giannantonio e Augusto Fernandez.

No começo da 11ªVolta, Jorge Navarro da Speed UP foi para o chão e abandona a corrida. Enquanto isso, Marini abriu 1.2 segundos sobre Bezzecchi. Enquanto isso, Sam Lowes vinha em 20º, a frente de Somtiak Chantra. Na volta seguinte, Luthi e Fernandez superaram di Giannantonio e passaram para 6º e 7ºcolocados respectivamente.

Enea Bastianini vinha chegando em Marco Bezzecchi, buscando uma segunda posição. Enquanto isso, Augusto Fernandez superou Thomas Luthi passando para a 6ªposição. Nas voltas seguintes, Bezzecchi aproveitou a perda de tempo de Bastianini (que salvou sua moto de uma queda) para abrir 2.5 segundos do piloto da Italtrans. Lá atrás Andi Farid Izdihar foi para o chão e abandonou a prova.

Enquanto Vierge tenta chegar em Bastianini, Marco Bezzecchi, em busca da segunda vitória baixa a vantagem de Luca Marini para 9 décimos de segundo. Ao mesmo tempo, Sam Lowes estava em 17º, perto da zona de pontuação, colado em Nicolò Bulega e Simone Corsi.

No final da 18ªVolta, Bezzecchi se aproveita do erro de Marini na curva 13 para conseguir a ultrapassagem e assumir a ponta. A partir daquele momento, começou a luta para Marini recuperar a ponta. Na 19ªVolta, Marcel Schrotter foi ao chão e foi o sexto piloto a abandonar a corrida.

Após muita luta, Marini superou Bezzecchi na 21ªVolta e retorna a liderança. Porém, Bezzecchi voltou a liderança no começo da volta seguinte. Marini de novo foi à briga e na metade da volta 22, consegue em definitivo a ultrapassagem sobre seu companheiro de equipe, ganhando de vez a liderança. Na parte final de corrida Bastianini se aproximou de Bezzecchi tentando quebrar a dobradinha da VR46.

Ao final de 25 voltas, Luca Marini conquistou a vitória na primeira corrida de Mizano, consolidado a sua liderança do campeonato com 112 pontos, abrindo 17 pontos de frente para Enea Bastianini que ficou em uma boa 3ªposição, após pressionar no final da corrida o italiano Marco Bezzecchi, que se segurou na segunda posição e completou a dobradinha da VR46 e se colocando na terceira posição no Mundial de pilotos da Moto 2.

Xavi Vierge acabou fazendo mais uma boa corrida e levou a moto da Petronas até a 4ªposição. Seguido de Augusto Fernandez da Marc VDS e de Thomas Luthi da Intact GP com boas atuações. O italiano Fabio di Giannantonio tentou de tudo, mas dessa vez sua moto não deu condições de se quer sonhar com a vitória. A sua Speed UP só lhe permitiu levar o italiano até a 7ªposição.

Sam Lowes fez uma corridaça, partindo dos boxes (por causa da punição obtida pela acidente que o britânico provocou no GP da Styria) para terminar a prova na 8ªposição, superando A Aron Canet, o estreante da temporada e de Joe Roberts da American Racing. Eles se beneficiaram da queda de Testuta Nagashima na última volta.

Lorenzo Baldassarri fez mais uma corrida lamentável, ficando em uma fraquíssima 11ªposição, seguido dos estreantes Marcos Ramirez da American Racing e de Lorenzo Dalla Porta da Italtrans. Foram os primeiros pontos do piloto Italiano da Moto 19. O experiente Simoni Corsi e o ainda inconstante Nicolò Bulega da Gresini completando a zona de pontuação.

Fotos:

Resultado do GP de San Marino – 7ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
Misano – Moto 2 – 25 Voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
110Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex40’41.774
272Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 0.799
333Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 0.897
497Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 2.177
537Augusto FernándezEG 0,0 Marc VDSKalexa 8.307
612Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalexa 9.046
721Fabio Di Giannantonioa EGO Speed UpSpeed Upa 9.971
822Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalexa 16.485
944Aròn CanetOceanica Aspar Team Moto2Speed Upa 17.036
1016Joe RobertsTennor American RacingKalexa 17.209
117Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalexa 17.741
1242Marcos RamírezTennor American RacingKalexa 19.152
1319Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 21.946
1424Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 22.005
1511Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 24.404
1696Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalexa 24.663
1762Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 27.442
1835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 32.671
1964Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 35.844
2099Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalexa 46.463
45Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalex1 volta
55Hafizh SyahrinOceanica Aspar Team Moto2Speed Up4 voltas
23Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalex7 voltas
27Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalex9 voltas
2Jesko RaffinNTS RW Racing GPNTS10 voltas
57Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalex13 voltas
9Jorge Navarroa EGO Speed UpSpeed Up15 voltas
40Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalex19 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Augusto Fernandez vence com manobra polêmica em Mizano – Comissários erram em manter a vitória para o piloto da Pons

Em um dos finais mais polêmicos de corrida no ano. O Espanhol Augusto Fernandez, após violar pela segunda vez o limite da pista acabou jogando pesado demais em cima de Fabio di Giannantonio e acabou levando a 3ªvitória na Moto 2. A corrida foi inteira do piloto da Speed UP.

Na largada, Fabio di Giannantonio largou muito bem, mantendo a liderança, Com Augusto Fernandez em 2º e Thomas Luthi numa grande largada passou do 7º para o 3ºlugar. Marquez acabou caindo para o 5ºlugar. Mas logo o líder do campeonato começou a reagir.

Na segunda volta, Remy Gardner e depois Alex Marquez superaram Luthi, Passando para o 3º e 4ºlugares respectivamente, Curvas depois, O Piloto da SAG perdeu tração e foi engolido por Marquez e Luthi, Recuando para o 5ºlugar.

Enquanto Luthi tentava ir para cima de Marquez em busca do 3ºlugar, Fernandez vai pra cima de Di Giannantonio, em busca da liderança da etapa San Marinenha. Gardner ficou para Xavi Vierge e vinha com dificuldades para manter a 5ªposição. Seu companheiro de equipe vinha apenas em 14ºlugar, Tetsura Nakashima caiu demais.

Adam Norridin na 6ªVolta foi o primeiro a deixar a prova.  Seguiram o destino do malaio, Os pilotos Marco Bezzecchi da Tech 3 (Que vinha muito bem no final de semana) e Tetsuha Nagashima as SAG.

Em poucas voltas de prova. Di Giannantonio, Fernandez, Marquez e Luthi. Lá atrás vinham os demais. Na 10ªVolta, Fernandez chega a pegar por momentos a liderança, Mas logo Di Giannantonio deu o troco e voltou para a ponta. Na 9ªVolta, Gardner vai para o chão, Terminando dessa forma a corrida da equipe SAG de Eduardo Pelares. Di Giannotonio abre uma pequena vantagem na liderança, Com Fernandez e Marquez chegando a disputar o segundo lugar. Luthi em 4ºlugar vinha um pouco afastado. E Bem mais atrás vinha Sam Lowes, em uma boa 5ªposição. Vierge, Navarro, Binder, Bastianini e Baldassarri vinham nas 10 primeiras posições.

A 13 voltas do final, o piloto da Speed UP vinha liderando com 0.7 segundos a frente de Fernandez, Mas os pneus de Fabio di Giannantonio vinham se desgastando mais do que seus adversários..  Fernandez se anima e tenta chegar no piloto da boa Speed UP, Enquanto que seu companheiro de equipe, Lorenzo Baldassarri tomou uma advertência por passar do limite da pista. O mesmo aconteceu com  o Espanhol Jorge Navarro da Speed UP.

Augusto Fernandez chegou em Fabio di Giannantonio a 7 voltas e meia do final. O desempenho do piloto da Pons vinha sendo melhor. O piloto Italiano, acabou forçando a barra e tomando uma advertência por passar do limite da pista na entrada da reta dos boxes, A 6 voltas do final.

Apesar do desgaste maior da sua Speed UP, Di Giannantonio tinha uma boa velocidade nas retas e estava mantendo a liderança da prova. A poucas voltas do final, Fernandez é advertido e também não poderia passar pelo limite da pista de novo.

A 1 volta e meia do final, Augusto Fernandez tentou um ataque para cima de Fabio di Giannantonio, que se defende bem na liderança. Fernandez, Na curva 1 da volta final, superou Di Giannantonio e passou a liderança, Mas tomou do piloto da Speed UP de forma imediata.

A partir das últimas curvas veio a polêmica da prova. Augusto Fernandez foi com tudo para cima de Di Giannantonio nas curvas finais, Na curva 12 o piloto da Pons passa claramente pela parte de fora do traçado permitido, Que já daria uma punição de 3 segundos acrescidos ao tempo total de prova. Ainda mais que isso, Fernandez passou na Marra Di Giannantonio e assumiu a liderança a curvas do final da prova.

Fernandez cruzou na frente e conquistou sua 3ªvitória na temporada, Mas logo que terminou a corrida, o lance foi colocado sob judice. Teve investigação desse lance, Segundo o regulamento (Se ele fosse cumprido, Fernandez perderia mais do que 3 segundos, Na minha opinião. Só pela saída do traçado permitido, O piloto da Pons já deveria ter sido punido. E pela manobra que ele fez em cima de Fabio Di Giannantonio nas curvas finais, Eu acho que era também passível de punição.

Os comissários investigaram o caso, E dai eles só tomariam a decisão após os representantes da Federação Internacional de Motociclismo conversar com os 2 pilotos. E es que resolveram rasgar o regulamento e mantiveram a vitória para Fernandez. A Dorna e a FIM acabaram não cumprindo o regulamento. Claramente, Augusto Fernandez passou duas vezes para fora da pista. A punição era certa, não tinha nem como defender.

O piloto da Pons não mereceu a vitória. Seria melhor terem aplicado a punição e terem dado a vitória para Fabio Di Giannantonio. O piloto da Speed UP foi assaltado, foi roubado, foi sacaneado pelos comissários, Espero que a equipe tenha entrando com a ação para reaver a vitória para eles.

Alex Marquez completou o pódio em 3ºlugar e Thomas Luthi ficou em 4ºlugar. Se a punição de 3 segundos fosse aplicada, Fernandez ficaria em 4ºlugar. Esses pontos e essa falta do cumprimento do regulamento pode até definir o campeonato. Olha, A Dorna precisava rever esse resultado, Se não rever esse resultado e esses pontos fizessem diferença na pontuação final, Vai ser um campeonato manchado, vai ser um campeonato que terá o carimbo de “Não foi Legal”.

Sam Lowes fez sua melhor corrida do ano, Terminando em 5ºlugar. Seguido de Brad Binder com sua KTM que parece não se acertar nessa temporada. Jorge Navarro de forma nenhuma conseguiu andar perto do seu companheiro de equipe e acabou o dia em 7ºlugar. Igualmente pode se dizer de Xavi Vierge em relação ao Alex Marquez, O piloto da Marc VDS ficou em 8ºlugar.

Os italianos Enea Bastianini e Lorenzo Baldassarri completaram os 10 primeiros lugares. Seguidos de Luca Marini da Sky Racing VR46. Jorge Martin foi apenas o 12º com a 2 melhor KTM da corrida. Andrea Locatelli, Somkiat Chantra e Stefano Manzi completaram a zona de pontuação. Destacando a boa corrida do piloto Tailandês da Honda Asia Team e do pilotos da MV Agusta, Que marcou mais um ponto na temporada.

Semana que vem, Teremos a 14ªEtapa do Mundial de Motovelocidade. No circuito de Aragón na Espanha.

Fotos:

Resultado final da 13ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
Moto 2

posPilotoEquipeMotoTempo
140Augusto FernandezFLEXBOX HP 40Kalex41’12.535
221Fabio di Giannantonioa Ego Speed UpSpeed Upa 0.186
373Alex MarquezEG 0,0 Marc VDSKalexa 1.283
412Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalexa 2.733
522Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 8.764
641Brad BinderRed Bull KTM AjoKTMa 8.952
79Jorge Navarroa Ego Speed UpSpeed Upa 9.928
897Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalexa 12.844
933Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 13.916
107Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalexa 15.338
1110Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 17.881
1288Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTMa 20.511
135Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalexa 21.714
1435Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 28.673
1562Stefano ManziMV Agusta Temporary ForwardMV Agustaa 30.791
1616Joe RobertsAmerican Racing KTMKTMa 31.679
1764Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 32.104
1877Dominique AegerterMV Agusta Temporary ForwardMV Agustaa 32.324
1924Simone CorsiNTS RW Racing GPNTSa 34.048
2096Jake DixonSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 45.708
2127Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTMa 47.521
223Lukas TulovicKiefer RacingKTMa 54.782
2365Philipp OettlRed Bull KTM Tech 3KTMa 57.945
2436Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaKalexa 1’03.822
2518Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 1’07.021
NC45Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 12 voltas
NC87Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 15 voltas
NC11Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalexa 15 voltas
NC72Marco BezecchiRed Bull KTM Tech 3KTMa 19 voltas
NC47Adam NorrodinPetronas Sprinta RacingKalexa 20 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP