SBK – Chaz Davies consegue impedir campeonato de acabar em Sepang vencendo a 2ªBateria em cima de Rea

O piloto da Ducati Chaz Davies conseguiu pelo menos para o GP da Malásia impedir o título do piloto da Kawasaki Jonatham Rea no circuito de Sepang na Malásia, Mesmo tendo que tirar 144 pontos de 150 possíveis do Inglês Jonathan Rea que conquistou a 12ªVitória em 20 Baterias na Super Bike em 2015 isso na primeira bateria.

Na primeira das baterias o piloto Tom Sykes precisava vencer de forma desesperada e largando da pole faz largada perfeita e assumi a liderança da corrida com Davies e Rea logo atrás. O Italiano Max Biaggi estava disputando o 4ºlugar com os pilotos da Aprilla (Jordi Torres e Leon Haslam) e com Guintoli com sua Honda um pouco mais atrás.

Rea fazia uma corrida tímida na primeira parte de prova, Mas ele partir para o ataque em cima de C.Daviez, Chegou a passar o piloto da Ducati, Mas Davies aproveitando de erro na trajetória da curva de Rea retornou a 2ªposição a 7 voltas do final.

A 5 Voltas do final Sykes perde rendimento e começa a perder posições complicando sua vida no campeonato, Nas últimas voltas enquanto seu companheiro de equipe despencava Rea tomou a liderança de Davies e não perdeu mais ela para vencer pela 12ªVez na temporada e se encaminhar mais um degrau rumo ao título, O pódio foi completado pelos pilotos Chaz Davies e Max Biaggi que fazia seu segundo final de semana na temporada e conseguia um pódio em 3ºlugar em uma bela corrida,  Guintoli campeão de 2014 ficou em 4ºlugar deixando Tom Sykes em 5ºlugar que deveria partir com tudo para tentar vencer a qualquer custo a segunda bateria, Já Rea com a Vitória poderia definir o campeonato ainda já na segunda bateria.

Resultado da 19ªetapa da Super Bike – SBK – GP da Malásia

1 65 Jonatham Rea (Kawasaki Racing Team Kawasaki ZX-10R) 33’33.964 –  158,532 km/h
2 7 Chaz Daviez (Aruba.it Racing-Ducati SBK Team Ducati Panigale R) a 0.121
3 3 Max Biaggi (Aprilia Racing Team Aprilia RSV4 RF) a 10.695
4 1 Sylvain Guintoli (PATA Honda World Superbike Team Honda CBR1000RR SP) a 15.433
5 66 Tom Sykes (Kawasaki Racing Team Kawasaki ZX-10R) a 17.983
6 22 Alex Lowes (VOLTCOM Crescent Suzuki Suzuki GSX-R1000) a 23.758
7 91 Leon Haslam (Aprilia Racing Team – Red Devils Aprilia RSV4 RF) a 24.854
8 15 Matteo Baiocco (Althea Racing Ducati Panigale R) a 28.306
9 59 Nicola Canepa (Althea Racing Ducati Panigale R) a 31.098
10 81 Jordi Torres (Aprilia Racing Team – Red Devils Aprilia RSV4 RF) a 34.105
11 44 David Salom (Team Pedercini Kawasaki ZX-10R) a 37.107
12 14 Randy de Puniet (VOLTCOM Crescent Suzuki Suzuki GSX-R1000) a 37.378
13 2 Leon Camier (MV Agusta Reparto Corse MV Agusta F4 RR) a 39.656
14 40 Román Ramos (Team Go Eleven Kawasaki ZX-10R) a 43.451
15 36 Leandro Mercado (BARNI Racing Team Ducati Panigale R) a 48.476
16 23 Christophe Ponsson (Team Pedercini Kawasaki ZX-10R) a 1’01.166
17 75 Gabor Rizmayer (BMW Team Toth BMW S1000 RR) a 1’24.006
18 48 Alex Phillis (Grillini SBK Team Kawasaki ZX-10R) a 1’31.093
19 10 Imre Toth (BMW Team Toth BMW S1000 RR) a 2’02.124

Não terminaram a corrida:

45 Gianluca Vizziello (Grillini SBK Team Kawasaki ZX-10R) a 7 Voltas
60 Michael van der Mark (PATA Honda World Superbike Team Honda CBR1000RR SP) a 9 Voltas

Na segunda bateria Sykes era o pole position e precisava da vitória para tentar levar a decisão para Jerez. Rea precisava de mais de 11 pontos na frente do seu companheiro de equipe na Kawasaki e chegar na frente de Davies para sacramentar o campeonato.

A Largada começou boa para Sykes que manteve a liderança, Só que não esperava pelo Max Biaggi que chegou a assumir a liderança, Mas o piloto Italiano foi tocado pelo Guintoli e acabou batendo em Sykes e com isso caiu e com isso teve sua moto danificada obrigando o piloto a deixar a corrida, O piloto da Kawasaki caiu para o 16ºlugar, Jonathan Rea passou Guintoli que perdeu posição também para Torres caindo para o 4ºlugar.

Na frente Davies abria vantagem sobre Rea que estava a apenas uma ultrapassagem do título. Na Metade da corrida Sykes estava já em 7ºlugar se aproximando da disputa pelo 4ºlugar com Guintoli, Haslam e Van der Mark até que ele sofre uma nova queda e dessa forma compromete definitivamente a sua corrida.

Lá na Frente Davies se encaminhava para um final tranquilo, Mas nas 2 voltas finais Rea foi para o ataque com mais moto que Davies que tinha os pneus desgastados, Na reta oposta antes da Reta dos Boxes na volta final Rea chegou a passar Davies e com isso ele seria o campeão, Mas Davies acabou arriscando tudo e na curva final ele passou Rea que tentou ainda conquistar a 13ªVitória e o título em Sepang, Mas o piloto da Ducati conquistou a vitória e adiou a decisão para o circuito espanhol de Jerez de la Fronteira, No entanto Rea precisa apenas de um 10ºlugar para conquistar o título de 2015 da Super Bike, O pódio foi completado pelo Jordi Torres que superou de longe a Guintoli, Van der Mark ambos de Honda e ao seu companheiro de equipe Leon Haslam. Tom Sykes com o melancólico 14ºlugar e agora esta sem chances de conquistar o título.

Davies ao menos conseguiu levar a decisão para a Espanha
Davies ao menos conseguiu levar a decisão para a Espanha

Dia 20 de Setembro teremos a 11ªRodada Dupla em Jerez de la Fronteira e certamente o piloto Inglês pelo retrospecto nessa temporada aonde ele foi para o pódio em todas as baterias sacramentara esse campeonato tendo uma remotíssima possibilidade de Davies de conquistar o título.

Resultado da 20ªetapa da Super Bike – SBK – GP da Malásia

1 7 Chaz Davies (Aruba.it Racing-Ducati SBK Team Ducati Panigale R) 33’36.466 – 158,335 km/h
2 65 Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team Kawasaki ZX-10R) a 0.091
3 81 Jordi Torres (Aprilia Racing Team – Red Devils Aprilia RSV4 RF) a 5.008
4 1 Sylvain Guintoli (PATA Honda World Superbike Team Honda CBR1000RR SP) a 13.130
5 60 Michael van der Mark (PATA Honda World Superbike Team Honda CBR1000RR SP) a 15.801
6 91 Leon Haslam (Aprilia Racing Team – Red Devils Aprilia RSV4 RF) a 15.970
7 44 David Salom (Team Pedercini Kawasaki ZX-10R) a 24.561
8 22 Alex Lowes (VOLTCOM Crescent Suzuki Suzuki GSX-R1000) a 26.526
9 15 Matteo Baiocco (Althea Racing Ducati Panigale R) a 28.528
10 40 Román Ramos (Team Go Eleven Kawasaki ZX-10R) a 31.598
11 59 Nicola Canepa (Althea Racing Ducati Panigale R) a 33.568
12 2 Leon Camier (MV Agusta Reparto Corse MV Agusta F4 RR) a 34.806
13 14 Randy de Puniet (VOLTCOM Crescent Suzuki Suzuki GSX-R1000) a 46.521
14 66 Tom Sykes (Kawasaki Racing Team Kawasaki ZX-10R) a 48.964
15 36 Leandro Mercado (BARNI Racing Team Ducati Panigale R) a 49.865
16 23 Christophe Ponsson (Team Pedercini Kawasaki ZX-10R) a 1’04.171
17 45 Gianluca Vizziello (Grillini SBK Team Kawasaki ZX-10R) a 1’24.837
18 75 Gabor Rizmayer (BMW Team Toth BMW S1000 RR) a 1’25.068
19 48 Alex Phillis (Grillini SBK Team Kawasaki ZX-10R) a 1’34.051
20 10 Imre Toth (Team Toth BMW S1000 RR) a 2’00.907

Não terminaram a corrida:

3 Max Biaggi (Aprilia Racing Team Aprilia RSV4 RF) a 15 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: WorldSBK

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *