Sato dá a volta por cima em St.Louis e vence, Kannan conquista pódio improvável

O último oval da temporada 2019 da Formula Indy, St.Louis foi uma corrida cheia de alternativas e com a vitória de Takuma Sato. Uma volta por cima do piloto da Rahal, que acabou sendo o causador daquele acidente terrível em Pocono. (Provavelmente o Sato não merece tantas criticas, já que Pocono é uma pista inadequada para uma corrida da Formula Indy) Além de um pódio completamente improvável de Tony Kannan.

Grid de Largada:

posPilotoequipeMotorMédia
12Josef NewgardenTeam PenskeChevrolet186.508 Milhas
218Sebastien BourdaisDale Coyne Racing with Vasser SullivanHonda185.927 Milhas
312Will PowerTeam PenskeChevrolet185.896 Milhas
422Simon PagenaudTeam PenskeChevrolet185.143 Milhas
530Takuma SatoRahal Letterman Lanigan RacingHonda185.050 Milhas
619Santino FerrucciDale Coyne RacingHonda184.830 Milhas
75James HinchcliffeArrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda184.452 Milhas
89Scott DixonChip Ganassi RacingHonda184.293 Milhas
928Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportHonda184.206 Milhas
1010Felix RosenqvistChip Ganassi RacingHonda184.130 Milhas
1127Alexander RossiAndretti AutosportHonda184.070 Milhas
1288Colton HertaHarding Steinbrenner RacingHonda183.399 Milhas
1321Spencer PigotEd Carpenter RacingChevrolet183.211 Milhas
147Marcus EricssonArrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda183.180 Milhas
1526Zach VeachAndretti AutosportHonda182.547 Milhas
1615Graham RahalRahal Letterman Lanigan RacingHonda182.065 Milhas
1720Ed CarpenterEd Carpenter RacingChevrolet181.334 Milhas
1859Conor DalyCarlinChevrolet179.399 Milhas
1923Charlie KimballCarlinChevrolet178.982 Milhas
2014Tony KanaanA.J. Foyt EnterprisesChevrolet178.974 Milhas
214Matheus LeistA.J. Foyt EnterprisesChevrolet178.290 Milhas
2298Marco AndrettiAndretti Herta Autosport with Marco & Curb-AgajanianHonda175.192 Milhas

Josef Newgarden foi o pole position e ganhou mais um ponto no campeonato e mais um ponto a frente de Alexander Rossi, Simon Pagenaud e de Scott Dixon. Na Segunda posição larga o Francês Sebastien Bourdais. Na segunda fila, largaram Will Power, que jogava suas últimas fichas para tentar o título e Simon Pagenaud, 3ºlugar no campeonato. Takuma Sato da Rahal e Santino Ferrucci da Dale Coyne (Equipe foi muito bem no final de semana em St.Louis) compuseram a 3ªFila.

James Hinchcliffe, Scott Dixon (4ºlugar no campeonato), Ryan Hunter-Reay e Felix Rosenquist completavam os 10 primeiros colocados. O Vice-líder do campeonato, Alexander Rossi largou em 11ºlugar.

Largada, Newgarden segura a liderança, Com Bourdais, Power mantendo as 3 primeiras posições. No final da primeira volta, Marcus Ericsson acabou perdendo o controle do carro da Schmidt e teve de ir para a grama para evitar a batida. Apesar de não ter tido nenhum dano na pista, Esse incidente foi o bastante para se dada a bandeira amarela pela primeira vez na prova.

Sato que largava bem acabou sendo espremido na largada e ficou muito para trás. Alguns pilotos foram fazer uma parada para mudarem suas táticas: Ericsson e Kimball.

Na volta 7 é que a corrida começa pra valer, Por fora, Will Power acabou superando Sebastien Bourdais e ganha o segundo lugar, alguns segundos depois, Foi a vez de Ferrucci superar o tetracampeão do mundo e assumir a 3ªposição. Restou ao francês segurar os ataques de Simon Pagenaud.

Os três primeiros colocados abriram de Sebastian Bourdais após 12 voltas completadas. Power chegou a tentar um ataque em cima de Newgarden, Mas depois foi ameaçado pelo norte-americano Santino Ferrucci. Depois disso, Pouca coisa aconteceu depois disso. Na 40ªVolta, Newgarden começa a se aproximar de Charlie Kimball, que era o primeiro retardatário a ser superado. Na 42ªVolta, Conor Daly, Takuma Sato e Ed Carpenter disputaram o 14ºlugar, Lado a lado, O Japonês levou a pior e passou pela parte suja da curva 1, perdendo algumas posições.

Visto que perdeu rendimento, Sato acabou indo para os boxes na 45ªVolta, antecipando a sua parada. Newgarden tinha 0.7 segundos de frente para Power, 1.2 segundos sobre Ferrucci, 1.9 segundos sobre Bourdais e 3.9 segundos de frente para Pagenaud. Depois vinham: Dixon, Rosenquist, Hinchcliffe, Rossi e Hunter-Reay completando os 10 primeiros colocados.

O primeiro dos líderes a ir para os boxes foi Simon Pagenaud na 50ªVolta. Dixon parou na volta 51, O líder, Josef Newgarden parou na 52ªVolta. Os boxes ficaram bem movimentados entre as voltas de 51 a 54. Power parou na 53ªVolta e Ferrucci na 54ªVolta.

Will Power acabou indo para o muro, Bandeira amarela em toda a pista. Ou Power cometeu um erro por causa da temperatura dos pneus ou a situação mais provável, Que foi a equipe não apertou a porca do pneu e isso fez com que o piloto da Penske batesse. Fim de corrida e fim de qualquer possibilidade do Australiano de Brigar pelo bicampeonato.

Os pilotos que não fizeram a parada foram para os boxes, James Hinchcliffe assumiu a liderança após as paradas, seguido de Ferrucci, Bourdais, Newgarden, Rosenquist e Pagenaud. Dixon teve problemas e acabou perdendo muitas voltas.

Na volta 70 tivemos a relargada, Hinchcliffe continuou na liderança, Mas voltas depois ele começaria a receber pressão de Santino Ferrucci. O piloto da Dale Coyne vem numa crescente nessa parte final de temporada. Com mais desempenho, o norte-americano superou Hinchcliffe na 83ªVolta e assumiu a liderança. Em questão de 2 voltas, Santino abriu quase 1.5 segundos. A situação de Bourdais não era das melhores, O Francês vinha sendo pressionado pelo Newgarden. Depois, vinham logo a seguir: Rosenquist, Ericsson, Herta, Pagenaud, Rossi e Daly (O piloto da Carlin vinha fazendo uma bela corrida)

Com o decorrer das voltas, O piloto da Schmidt James Hinchcliffe perdeu rendimento e começou a ser pressionado pelo Bourdais e Newgarden.

Os pilotos da Carpenter (Pigot na volta 97 e Carpenter na volta 98) foram os primeiros a fazerem sua segunda parada. Demorou 11 voltas para Alexander Rossi, O primeiro dos postulantes ao título a fazer a segunda parada.

Os pilotos da Carpenter superaram Ferrucci, que tinha uma confortável vantagem para Hinchcliffe. Josef Newgarden parou na 110ªVolta, Hinchcliffe parou na volta seguinte. Com isso, Os pilotos da Dale Coyne estavam nas duas primeiras posições (Ferrucci na frente de Bourdais).

Pagenaud parou na volta 113, Santino Ferrucci e Sebastien Bourdais pararam na volta 116 e 117. Marcus Ericsson passou a liderança da prova. Na volta 120, Conor Daly fez sua segunda parada. Na volta 121, O Sueco Marcus Ericsson acabou raspando no muro, com a roda traseira. Bandeira amarela em toda a pista. Apesar de aparentar não ter nenhum dano, O piloto da Schmidt foi para os boxes e se identificou problemas na suspensão. Resultado disso: Ericsson perdeu 2 voltas e acabou com suas chances de uma boa corrida que ele poderia fazer.

Marco Andretti, Spencer Pigot, Takuma Sato e Ryan Hunter-Reay foram para uma mudança de tática ao fazerem à parada nos boxes. Ao mesmo tempo, Scott Dixon volta à pista, Com mais de 60 Voltas atrás do líder.

Relargada aconteceu na volta 131, Ferrucci e Bourdais ficaram nas 2 primeiras posições. Com Alexander Rossi passando Josef Newgarden. Já Conor Daly passou Simon Pagenaud, que ao se defender de Felix Rosenquist ele acabou dando uma fechada no piloto sueco, que segurou posição do Colton Herta.

Spencer Pigot encontrou o muro na 133ªVolta, Era a 4ªbandeira amarela da prova. O piloto da Carpenter levou a pior sobre o norte-americano Charlie Kimball. Alguns pilotos aproveitaram para fazer uma parada para completar o tanque.

Na volta 142 aconteceu a relargada. O norte-americano Zach Veach começou a andar muito forte, Ele foi para cima de Bourdais para recuperar a volta perdida para o 2ºlugar. Ele conseguiu fazer essa ultrapassagem e foi para cima de Santino Ferrucci. Nas voltas seguintes, O piloto da Andretti conseguiu passar o líder e voltou a mesma volta da liderança da prova.

Newgarden partiu para o ataque em cima de Rossi. A menos de 100 voltas para o final, Os pilotos da Dale Coyne estavam com a dobradinha, Com Ferrucci, 7 décimos de frente para Bourdais, Rossi vinha em 3º, a 1.1 segundos e 1.8 segundos do Newgarden.  Com o ritmo mais ameno de Santino Ferrucci, Não seria surpresa se ele estivesse diminuído um pouco o ritmo de prova para tentar fazer apenas mais uma parada nos boxes. Quem não se preocupava com isso era Zach Veach, Que vinha a 22 segundos dos lideres em 16ºlugar e a 12 segundos de Ed Carpenter.

Para se fazer apenas mais uma parada, teriam que chegar até a volta 188. Coisa que Rossi, Newgarden e Herta nem chegaram perto, Parando na volta 175. Simon Pagenaud parou duas voltas depois, Sem qualquer chance de levar o carro até o final sem uma nova troca.

Igualmente ao Sueco Felix Rosenquist, Parando na volta 178. Durante essas trocas, Alexandre Rossi executou uma  manobra muito ousada para superar Hinchcliffe.

Ferrucci, Bourdais, Daly, Hunter-Reay, Sato, Andretti, Kannan, Carpenter, Rahal e Veach não vinham feito a parade nos boxes. Newgarden era o primeiro dos que tinham feito a parada.

Na volta 186, Daly fez a parada. Ele poderia terminar a prova caso poupasse combustível. Na volta 189, Ferrucci e Bourdais foram para os boxes, Na volta, O Francês voltou na frente do Norte-Americano. Sato passou a liderar a prova, com Kannan em 2º e Carpenter em 3º.

Na Volta 192, Bourdais acabou perdendo o controle do carro na curva 4 e bateu com o pneu traseiro para o muro. E quase atinge Zach Veach. O Carro fica parado no meio da pista, provocando a bandeira amarela. Para alguns pilotos era a salvação no consumo de combustível.

Takuma Sato fez sua parada e voltou na liderança, E por incrível que parece, Tony Kannan com a A.J.Foyt estava em 2ºlugar. Numa posição de brigar até mesmo pela vitória. Ed Carpenter vinha em 3ºlugar. Pagenaud, Newgarden e outros pilotos a vistas de minimizar os prejuízos foram para os boxes, A Fim de completar a corrida.

A corrida recomeça na volta 206, Sato pula bem e vai para a ponta, Kannan, Carpenter, Newgarden, Rossi e Ferrucci são os 6 primeiros colocados. Em 7ªVinha um Marco Andretti que não tinha feito nada demais a corrida toda. O piloto da Andretti-Herta superou Conor Daly. (Outro que fazia uma bela corrida)

Santino Ferrucci foi para cima de Alexandre Rossi a menos de 40 voltas para o final. Com um grande desempenho (Talvez o melhor da sua carreira) ele supera o vice-líder do campeonato passando ao 5ºlugar. Na volta 213, Ferrucci vai para cima de Josef Newgarden, com muita ação, Mas o piloto da Penske precisava muito manter essa posição, importantíssima para a luta pelo campeonato. Rossi vinha em 6ºlugar, Isolado dos 5 primeiros e não tinha ameaças de Conor Daly, Simon Pagenaud e Ryan Hunter-Reay.

A 25 voltas do final, Graham Rahal foi para os boxes, E ficou por lá, com problemas mecânicos. A 20 voltas do final, Rossi entrega os pontos e vai para os boxes para completar o tanque. Depois da parada, o piloto da Andretti caiu para o 14ºlugar, 1 volta atrás do líder. Sato começa a ver Tony Kannan, Ed Carpenter, Josef Newgarden e Santino Ferrucci na sua cola, Disputando a vitória. Simon Pagenaud passa Conor Daly, subindo para o 6ºlugar. Duas voltas depois, Ferrucci passa Newgarden e assume o 4ºlugar.

O piloto da Dale Coyne foi para cima de Ed Carpenter, O Carro do norte-americano tinha carro até mesmo para ganhar corrida. Mas a 8 voltas do final, Ferrucci tenta por fora na curva 1 e perdeu a trajetória, Perdendo a posição para Newgarden.

A 4 voltas do final, Kannan é superado pelo Ed Carpenter. O piloto que estava fazendo sua última corrida do ano foi para cima de Sato. Enquanto que Kannan tinha a dura missão de segurar Ferrucci, que superou Newgarden.

Carpenter tentou superar o Japonês, Mas Sato resistiu e depois da desastrosa primeira volta de Pocono acabou conquistando sua segunda vitória na temporada, Dando a volta por cima do que aconteceu na semana anterior. Ed Carpenter fechou sua temporada com uma boa 2ªposição, Mas quem realmente brilhou foi Tony Kannan, Que levou um carro sem qualquer competitividade para a espetacular 3ªposição, Segurando o jovem Santino Ferrucci (Que fez sua melhor corrida na Formula Indy).

Josef Newgarden vinha em uma tranquila 5ªposição, Mas ele acabou rodando a poucos metros do final da corrida e acabou passando lentamente na linha de chegada, sendo superado pelo Francês Simon Pagenaud da Penske e pelo Norte-americano Conor Daly, Corricada do piloto da equipe Carlin. Mesmo assim, Newgarden saiu no lucro com o 7ºlugar. Ryan Hunter-Reay, Colton Herta e Marco Andretti completaram os 10 primeiros.

Alexander Rossi ficou em 13ºlugar, A 1 volta atrás do vencedor. Com isso ele perdeu terreno para Newgarden e perdeu a vice-liderança para Simon Pagenaud a 2 provas do final do campeonato.

Fotos:

IndyCar 2019 – St.louis

Resultado final da 15ªEtapa da Formula Indy
GP de St.Louis

posPilotoequipeMotorVoltasTempo/Diferença
130Takuma SatoRahal Letterman Lanigan RacingHonda2482:15:53.4687
220Ed CarpenterEd Carpenter RacingChevrolet248a  0.0399
314Tony KanaanA.J. Foyt EnterprisesChevrolet248a  2.2459
419Santino FerrucciDale Coyne RacingHonda248a  4.1935
522Simon PagenaudTeam PenskeChevrolet248a  6.2741
659Conor DalyCarlinChevrolet248a  8.020
72Josef NewgardenTeam PenskeChevrolet248a  13.805
828Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportHonda248a  14.9394
988Colton HertaHarding Steinbrenner RacingHonda248a  17.101
1098Marco AndrettiAndretti Herta Autosport with Marco & Curb-AgajanianHonda248a  18.4657
1110Felix RosenqvistChip Ganassi RacingHonda248a  19.859
125James HinchcliffeArrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda2471 Volta
1327Alexander RossiAndretti AutosportHonda2471 Volta
1426Zach VeachAndretti AutosportHonda2471 Volta
1523Charlie KimballCarlinChevrolet2471 Volta
167Marcus EricssonArrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda2471 Volta
174Matheus LeistA.J. Foyt EnterprisesChevrolet2462 Voltas
1815Graham RahalRahal Letterman Lanigan RacingHonda22622 Voltas
1918Sebastien BourdaisDale Coyne Racing with Vasser SullivanHonda18959 Voltas
209Scott DixonChip Ganassi RacingHonda136112 Voltas
2121Spencer PigotEd Carpenter RacingChevrolet131117 Voltas
2212Will PowerTeam PenskeChevrolet52196 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *