Rossi conquista vitória em dia inspirado na pista e na tática de Paradas

Grid de Largada:

pos Piloto Chassi/Motor Equipe Tempo Fase
1 Alexander Rossi Dallara/Honda Andretti Autosport 1’04.6802 Q3
2 Will Power Dallara/Chevrolet Team Penske 1’04.8939 Q3
3 Ryan Hunter-Reay Dallara/Honda Andretti Autosport 1’04.9896 Q3
4 Josef Newgarden Dallara/Chevrolet Team Penske 1’05.1335 Q3
5 Robert Wickens Dallara/Honda Schmidt Peterson Motorsports 1’05.1747 Q3
6 Max Chilton Dallara/Chevrolet Carlin 1’06.6172 Q3
7 Graham Rahal Dallara/Honda Rahal Letterman Lanigan Racing 1’06.1804 Q2
8 Takuma Sato Dallara/Honda Rahal Letterman Lanigan Racing 1’06.3755 Q2
9 Scott Dixon Dallara/Honda Chip Ganassi Racing 1’06.4187 Q2
10 James Hinchcliffe Dallara/Honda Schmidt Peterson Motorsports 1’06.5549 Q2
11 Ed Jones Dallara/Honda Chip Ganassi Racing 1’07.0999 Q2
12 Zach Veach Dallara/Honda Andretti Autosport 1’07.2287 Q2
13 Marco Andretti Dallara/Honda Andretti Herta Autosport 1’05.6353 Q1 – G1
14 Conor Daly Dallara/Chevrolet Harding Racing 1’05.7260 Q1 – G2
15 Charlie Kimball Dallara/Chevrolet Carlin 1’05.9471 Q1 – G1
16 Jordan King Dallara/Chevrolet Ed Carpenter Racing 1’05.7699 Q1 – G2
17 Simon Pagenaud Dallara/Chevrolet Team Penske 1’05.9630 Q1 – G1
18 Spencer Pigot Dallara/Chevrolet Ed Carpenter Racing 1’05.8133 Q1 – G2
19 Tony Kanaan Dallara/Chevrolet A. J. Foyt Enterprises 1’06.0520 Q1 – G1
20 Jack Harvey Dallara/Honda Michael Shank Racing 1’05.9911 Q1 – G2
21 Matheus Leist Dallara/Chevrolet A. J. Foyt Enterprises 1’06.7354 Q1 – G1
22 Pietro Fittipaldi Dallara/Honda Dale Coyne Racing 1’06.2138 Q1 – G2
23 Rene Binder Dallara/Chevrolet Juncos Racing 1’06.9555 Q1 – G1
24 Sebastien Bourdais Dallara/Honda Dale Coyne Racing Sem Tempo Q1 – G2

Mid-Ohio, a 13ªEtapa do Mundial de Formula Indy marca o começo da fase final do campeonato. Com um grid de 24 carros e a volta do Brasileiro Pietro Fittipaldi as pistas com o carro 19 da Dale Coyne. Com 90 voltas em um dia nublado em Lexington, A Indy veria uma exibição brilhante de Alexander Rossi que saiu na pole position.

Ao seu lado larga o Australiano Will Power da Penske, Na segunda fila largaram Ryan Hunter-Reay da Andretti e Josef Newgarden da Penske. As duas equipes dominaram as 2 primeiras filas do Grid de largada. Na Terceira fila largam Robert Wickens da Schmidt e Max Chilton com o carro da Carlin, O seu melhor resultado do ano. Graham Rahal e Takuma Sato fazem a 4ªFila da Rahal Letterman. O líder do Campeonato Scott Dixon larga em 9ºlugar e James Hinchcliffe completa os 10 primeiros lugares.

Tony Kannan largam em 19ºlugar e Matheus Leist largam em 21ºlugar. Pietro Fittipaldi larga em 22ºlugar. Sebastian Bourdais que acabou errando no treino e largando no último lugar.

Rossi foi muito bem na largada e assumiu a liderança, Power manteve o segundo lugar e Josef Newgarden ganhou o terceiro lugar do Ryan Hunter-Reay. Na 2ªVolta, Dixon foi para cima de Max Chilton que vinha em 7ºlugar. (Superado pelo Takuma Sato que fez uma bela largada) Na volta seguinte, Chilton acaba tocando em Sato.

Lá atrás, Simon Pagenaud ultrapassou a Conor Daly ganhando o 13ºlugar. Tony Kannan vinha logo atrás do piloto da Harding em 15ºlugar. Chilton teve de ir para os boxes, Foi punido pelo toque no piloto da Rahal-Lettermann.

Pietro Fittipaldi que volta a Formula Indy foi para a sua primeira parada na volta 7. Enquanto isso, Pagenaud vai para cima de James Hinchcliffe já brigando pela 11ªposição. Rossi já vinha abrindo 2.2 segundos a frente de Power.

Chilton para na volta 10, A parada foi horrível, Que tirou definitivamente o inglês da prova. Borudais na volta 11 foi para a primeira parada colocar os pneus mais macios. (Largou com os pneus duros) Ninguém imaginaria que o piloto da Dale Coyne iria dar um show a partir desse momento. O Tempo em Mid-Ohio estava feio e poderia chover.

Kannan mesmo sem um grande carro segurou a tentativa de Marco Andretti para tomar o 13ºlugar do piloto Brasileiro que não se entregou e manteve-se na frente. Na Volta seguinte, O próprio piloto da Andretti-Herta e Spencer Pigot foram para a suas primeiras paradas. A tática padrão seria de 3 paradas, Era bem difícil que fosse feita a tática de duas paradas nos boxes.

Rossi manteve a vantagem de 2 segundos a frente de Power. Mais atrás, Bourdais começava seu show, ultrapassando a Takuma Sato em uma linda ultrapassagem por fora. Na 14ªVolta, Hinchcliffe faz sua primeira parada. Na volta seguinte, Bourdais ultrapassou a Pigot ganhando mais uma posição, O piloto da Dale Coyne voava baixo naquele momento da prova.

Wickens, Pagenaud e Jordan King pararam na volta 16. Lá atrás, Matheus Leist e Tony Kannan disputavam a 18ªposição.

Will Power fez a sua primeira parada na volta 24. Voltou atrás de Robert Wickens, Josef Newgarden foi para cima de Alexander Rossi. Na Volta seguinte, O Campeão de 2017 se aproveitou dos retardatários passando a liderança da prova. Newgarden e Dixon foram para a parada na volta 25. Rossi voltou a liderança da prova e arriscou ficar mais tempo na pista, Até a 30ªVolta quando ele foi fazer a primeira parada, Dando a chance dele fazer apenas 2 paradas.

Robert Wickens assumiu a liderança da prova, Com 10 segundos a frente de Will Power, Uma bela corrida do piloto da Schmidt. Hunter-Reay em 3º, Newgarden em 4º e Rossi em 5ºlugar a 16.2 segundos. Dixon vinha em 6º e depois vinham Graham Rahal, Simon Pagenaud que largou do 17ºlugar para já se posicionar em 8ºlugar, Jordan King e Zach Veach completavam os 10 primeiros colocados. Bourdais vinha em 12ºlugar após largar da última posição.

Na 35ªVolta Bourdais superou Hinchcliffe e Zeach (ultrapassando por fora o piloto da Andretti) entrando entre os 10 primeiros colocados. Wickens abriu mais ainda na liderança, Com 13.5 segundos de vantagem para Power que vinha em 2ºlugar. O Rendimento do piloto Canadense era incrível.

Hinchcliffe foi o primeiro a parar pela segunda vez na volta 37. Robert Wickens foi para a sua parada na 39ªVolta. Power assume a liderança com Hunter-Reay, Newgarden, Rossi e Dixon. Wickens volta para a prova em 7ºlugar. Todos os pilotos foram para a tática de 3 paradas: Hunter-Reay parou na volta 41, Dixon e Pagenaud parou na volta 42, Newgarden parou na volta 43 (Colocando pneus duros). Power continuava líder, Porém estava perdendo vantagem para Alexander Rossi para 4.8 segundos, em terceiro vinha Robert Wickens com 17,3 segundos.

Na Volta 50 parou Will Power, A liderança passou para Alexander Rossi. Power voltou com os pneus duros e frios, Josef Newgarden aproveitou e conseguiu meio na marra a 3ªposição. Na volta seguinte, Hunter-Reay chegou em cima de Power que fechou a porta, Nessa História o neozelandês Scott Dixon chegou na disputa.

Rossi estava 18 segundos a frente de Wickens, Se conseguisse chegar até a volta 60, Sem nenhuma dúvida ele iria para 2 paradas. Mesmo sem conseguir as 2 paradas a sua posição era bem favorável para o norte-americano que largou na pole position. Borudais estava chegando em cima de Simon Pagenaud disputando o 8ºlugar.

Na 59ªvolta, Rossi foi para a segunda e última parada. Com 31 voltas para o final e usando os pneus mais duros, Dava para o piloto da Andretti terminar a prova com essa. Wickers volta a liderança da prova. Ao final da volta 62, Robert Wickens vinha a 2.3 segundos a frente de Rossi.

Os primeiros a pararem pela terceira vez foram Sebastien Bourdais e Scott Dixon na volta 64. Na volta seguinte parou Josef Newgarden e Simon Pagenaud.

Wickens parou na volta 66, Alexander Rossi assumiu a liderança, Com Power em 2º e Wickens em 3ºlugar. Desses apenas Power não tinha feito a parada, Enquanto Dixon pressionava Newgarden que segurou o 4ºlugar.

Hunter-Reay foi pressionado pelo Simon Pagenaud com Bourdais atrás dos dois podendo tirar vantagem dessa briga. Na volta 69, Power parou para sua última parada. Rossi vinha administrando sua enorme vantagem de 21.3 segundos para Wickens, Power voltou em 3º a 24 segundos de Rossi. Newgarden, Dixon, Hunter-Reay, Pagenaud, Bourdais, Rahal e Zeach completando os 10 primeiros colocados.

Wickens tirava 1 segundo por volta, Mas era muito difícil a missão do piloto da Schmidt. A Vitória de Rossi estava praticamente Certo. A 15 Voltas do final, Bourdais passou Pagenaud ganhando o 7ºlugar e vai para cima de Hunter-Reay. A 7 Voltas do final, Bourdais fez a sua última e a melhor ultrapassagem da corrida. Passando na Raça Ryan Hunter-Reay ganhando um 6ºlugar, Depois de largar na última posição.

Alexander Rossi administrou com toda a tranquilidade até o final, Conquistando a vitória em Mid-Ohio. O piloto da Andretti assumiu com esse resultado a vice-liderança, 44 pontos atrás de Scott Dixon. Robert Wickens acabou em segundo lugar e subiu pela 4ªvez na sua temporada de estreia. Esta muito próximo do título de Rookie do ano. O pódio foi completado pelo Australiano Will Power com o carro da Penske.

Josef Newgarden acabou com o 4ºlugar, Scott Dixon minimizou os prejuízos, Largando do 9ºlugar acabou a prova em uma honrosa 5ªposição. Um dos destaques da Prova foi Sebastien Bourdais, Se tivesse largado nas primeiras posições poderia ser o grande desafiante de Alexander Rossi. Largando do último lugar para fazer uma prova fantástica chegando  em 6ºlugar.

Ryan Hunter-Reay ficou em 7ºlugar, Ficando abaixo da sua posição de largada, Já Simon Pagenaud largando do 17ºlugar ficou em uma boa 8ªposição. Completando os 10 primeiros colocados. O Norte-Americano Graham Rahal e o norte-Americano Zach Veach.

Um dia bem discreto para os Brasileiros, Muito pelo carro ruim que tiveram nesse final de semana. Tony Kannan ficou em 18º, Matheus Leist ficou em 19º e na sua volta a Formula Indy, Pietro Fittipaldi chegou em 23ºlugar.

Dia 19 de Agosto teremos as 500 milhas de Pocono, O último circuito oval longo nessa temporada de 2018.

Vídeo com a prova na integra – Vídeo: IndyCar

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final da 13ªEtapa do Mundial de Formula Indy
Mid-Ohio

pos Piloto Chassi/Motor Equipe Voltas Tempo
1 Alexander Rossi Dallara/Honda Andretti Autosport 90 1h 44:15.2137
2 Robert Wickens Dallara/Honda Schmidt Peterson Motorsports 90 a 12.8285
3 Will Power Dallara/Chevrolet Team Penske 90 a 14.7086
4 Josef Newgarden Dallara/Chevrolet Team Penske 90 a 18.0065
5 Scott Dixon Dallara/Honda Chip Ganassi Racing 90 a 18.9382
6 Sebastien Bourdais Dallara/Honda Dale Coyne Racing 90 a 19.5312
7 Ryan Hunter-Reay Dallara/Honda Andretti Autosport 90 a 21.4614
8 Simon Pagenaud Dallara/Chevrolet Team Penske 90 a 21.8246
9 Graham Rahal Dallara/Honda Rahal Letterman Lanigan Racing 90 a 23.1494
10 Zach Veach Dallara/Honda Andretti Autosport 90 a 24.3930
11 Marco Andretti Dallara/Honda Andretti Herta Autosport 90 a 36.5906
12 Jordan King Dallara/Chevrolet Ed Carpenter Racing 90 a 41.4002
13 Spencer Pigot Dallara/Chevrolet Ed Carpenter Racing 90 a 43.3340
14 James Hinchcliffe Dallara/Honda Schmidt Peterson Motorsports 90 a 1:04.0882
15 Ed Jones Dallara/Honda Chip Ganassi Racing 90 a 1:07.1156
16 Charlie Kimball Dallara/Chevrolet Carlin 89 a 1 Volta
17 Takuma Sato Dallara/Honda Rahal Letterman Lanigan Racing 89 a 1 Volta
18 Tony Kanaan Dallara/Chevrolet A. J. Foyt Enterprises 89 a 1 Volta
19 Matheus Leist Dallara/Chevrolet A. J. Foyt Enterprises 89 a 1 Volta
20 Jack Harvey Dallara/Honda Michael Shank Racing 89 a 1 Volta
21 Rene Binder Dallara/Chevrolet Juncos Racing 89 a 1 Volta
22 Conor Daly Dallara/Chevrolet Harding Racing 88 a 2 Voltas
23 Pietro Fittipaldi Dallara/Honda Dale Coyne Racing 88 a 2 Voltas
24 Max Chilton Dallara/Chevrolet Carlin 88 a 2 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos e Vídeo: IndyCar

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *