Rossi aproveita quedas de adversários e conquista vitória em Phillip Island

Rossi vence pela 108ªVez no Mundial de Motovelocidade

Numa prova em que o vento acabou complicando a vida de vários pilotos o Italiano Valentino Rossi com seus 35 anos mostrou o quanto vale a sua experiência que aliado a vontade de vencer e junto com a sorte de não ter caído para conquistar a segunda vitória nessa temporada.

A Corrida da Austrália tinha tudo para ser de Marc Marquez que começou a corrida brigando com o Lorenzo pela ponta da corrida e logo na terceira curva depois de uma largada ruim acabou voltando a liderança da prova e acabou abrindo de Lorenzo que acabou tendo de brigar com Rossi pela segunda posição no pega que para mim foi a briga da corrida e que seria a luta pela vitória de fato. Enquanto isso Andrea Iannone cai e atinge a Dani Pedrosa que acabou num fim de semana desastroso para ele abandonando a corrida.

Largada da MotoGP

Lorenzo lutou muito, Mas não resistiu a Rossi que ultrapassou o seu companheiro de equipe e assumiu a segunda posição enquanto Lorenzo ficava para trás mesmo acusando que sua moto estava começando a ter problemas com os pneus mais macios que acabou se desgastando demais.

Marquez vinha tranquilo para a ponta com mais de 4 segundos até que faltando 10 Voltas para o final da prova na curva 11 o piloto espanhol perde o controle da sua Honda HRC quando ele iria começar a fazer a freada da curva e cai deixando uma corrida em que ele merecia vencer pelo domínio que vinha tendo, Com isso Marquez agora esta a 4 corridas sem vencer na MotoGP, Com isso Rossi assumiu a ponta da corrida, Mas Lorenzo perdia terreno para Cal Crutchlow que se aproximava e conseguiu com facilidade a ultrapassagem sobre Lorenzo assumindo o segundo lugar, Enquanto isso mais acidentes aconteciam na corrida com a queda de Stefan Bradl que atingiu a traseira da moto de Aleix Espargaró que foi obrigado a deixar a corrida também.

Marquez acumula a 4ªCorrida sem vitória

No final da Corrida Pol Espargaró tentando buscar o pódio acabou também caindo na curva 4 que sofreu mais influência dos ventos que estavam forte na corrida. Com isso Lorenzo ficou mais tranquilo em 3ºlugar apesar do mal desempenho da sua moto, Só que na volta final Cal Crutchlow acabou sendo mais uma vitima da curva 4 e acabou caindo e deixando a corrida infelizmente. Para Lorenzo era até um milagre conseguir o segundo lugar depois de tudo de problemas que ele teve na corrida chegar ainda em segundo lugar, Mas com Bradley Smith colado nele praticamente e conquistando o primeiro pódio da sua Carreira e la na frente colocando 10 segundos da concorrência Valentino Rossi na sua corrida de número 250 na categoria principal do mundial de motovelocidade e indo para a vitória de número 108 em sua carreira.

Primeiro pódio de Bradley Smith na MotoGP

Depois de Rossi, Lorenzo e Smith que comemorou o primeiro pódio da carreira e o primeiro pódio da Tech 3 na temporada. Andrea Dovizioso fez uma corrida burocrática, Mas acabou em 4ºlugar e marcou mais alguns pontos para a Ducati que estava com o Coração partido por causa da queda de seu piloto Inglês.

Hector Barbera foi a melhor moto option ficando em 5ºlugar, Uma melhora incrível do piloto espanhol que deixou a defasada moto Avintia para a moto Ducati e seus resultados melhoraram muito no final dessa temporada chegando na frente de Alvaro Bautista e de Scott Redding.

Hiroshi Aoyama confirmou o fecho de um grande final de semana terminando a Corrida em 8ºlugar, Alex de Angelis finalmente com exibição entre os 10 primeiros na MotoGP em 9ºlugar e Nicky Hayden campeão de 2006 da MotoGP completando o Top 10.

Yonny Hernandez, Danilo Petrucci, Michael Laverty e Mike di Meglio completaram a corrida e marcaram pontos. Os outros 9 pilotos caíram e acabou tornando a corrida como a que mais pilotos abandonaram nesse campeonato.

Rossi vence pela segunda vez na temporada, Aos 35 anos sempre estando na frente e melhor do que nunca.

Semana que vem tem mais no Circuito malaio de Sepang.

1 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 40’46.405
2 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 10.836
3 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 12.294
4 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) a 14.893
5 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) a 30.089
6 19 Alvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini Honda) a 30.154
7 45 Scott Redding (GO&FUN Honda Gresini Honda) a 30.158
8 7 Hiroshi Aoyama (Drive M7 Aspar Honda) a 33.166
9 15 Alex de Angelis (NGM Forward Racing Forward Yamaha) a 33.577
10 69 Nicky Hayden (Drive M7 Aspar Honda) a 34.144
11 68 Yonny Hernandez (Energy T.I. Pramac Racing Ducati) a 39.468
12 9 Danilo Petrucci (Octo IodaRacing Team ART) a 56.684
13 70 Michael Laverty (Paul Bird Motorsport PBM) a 1’12.813
14 63 Mike di Meglio (Avintia Racing Avintia) a 1’28.050

Não Terminaram a corrida:

35 Cal Crutchlow (Ducati Team Ducati) 1 Volta
44 Pol Espargaro (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 3 Voltas
41 Aleix Espargaro (NGM Forward Racing Forward Yamaha) 7 Voltas
6 Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP Honda) 8 Voltas
93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 10 Voltas
23 Broc Parkes (Paul Bird Motorsport PBM) 14 Voltas
26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) 21 Voltas
29 Andrea Iannone (Pramac Racing Ducati) 22 Voltas
17 Karel Abraham (Cardion AB Motoracing Honda) 23 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Sem categoria

Deixe uma resposta