Palmer vence a corrida Caótica em Mônaco

Jolyon Palmer – Foto: GP2 Series

A GP2 hoje teve um dia caótico e teve uma vitória pra ninguém colocar defeito de Jolyon Palmer que dominou o final de semana, e fez um grande corrida vencendo essa prova. Na largada Palmer teve seu único momento de Falha, ele perdeu a ponta para o piloto Australiano Mitch Evans que fez grande largada e assumiu a liderança com os pneus super macios e estava abrindo um monte, Mas logo foi acionada a primeira bandeira amarela da corrida quando o piloto Facu Regalla acabou batendo, Mas essa primeira bandeira amarela foi curta, Poucas voltas depois a corrida recomeçou com Evans na frente, Mas não por muito tempo, com melhor carro e pneus mais inteiros Palmer fez uma grande ultrapassagem sobre Evans e assumiu a liderança da corrida, A corrida estava pegada era lá atrás enquanto que pilotos como o Nasr fizeram a parada para que pegassem a pista sem trafego e que poderia andar mais rápido. Na 12ªVolta um acidente provocado pelo piloto Rene Binder que tocou o Brasileiro André Negrão que volta nessa corrida após se recuperar de lesão nas costas acabou rodando e fechando a pista toda, provocando o SafetyCar na pista e com detalhe no mesmo local na curva da antiga estação Galli, Isso provocou a paralisação da corrida aonde a GP2 se mostra amadora ao extremo, Alguns pilotos como Jolyon Palmer acabaram com os carros morrendo e não puderam ser religados e acabaram sendo empurrados para voltarem a reta dos boxes para reorganizar o Grid de Largada, e a GP2 fez confusão, demorou muito para fazer isso, uma zona.

Mitch Evans – Foto: GP2 Series

 

Uma enorme zona, Depois de tudo isso acabaram por reorganizar a coisa toda, A corrida recomeçou depois de 40 minutos, e depois de poucas voltas mais uma vez uma bandeira amarela, Dessa vez provocada pelo Colombiano Julian Leal que tentou passar aonde não tinha espaço o que quase sempre acontece. Nova Bandeira amarela, Com todas as táticas quem se deu bem foi Felipe Nasr que acabou assumindo o 5ºlugar ma corrida, Já Stoffel Vandoorne acabou não indo aos boxes e dessa maneira ele depois foi bem prejudicado pois parou depois e ficou lá para trás, Já Stefano Coletti começou a passar todo mundo na corrida, passou a Cecotto, Depois a Nasr, mas dai se empolgou em tentar passar Simon Trummer na entrada da reta curva dos boxes, Resultado, Ambos foram para o muro, A corrida novamente foi para a Bandeira amarela, O Safetycar trabalhou como nunca hoje.

Mas nada tirou de Jolyon Palmer a vitória que fez ele disparar na liderança do campeonato, Mitch Evans piloto muito esperado nas brigas pelos primeiros lugares nesse ano finalmente correspondeu as expectativas e ficou em 2ºlugar, Felipe Nasr partindo da 18ªposição fez grande corrida de recuperação e com o 3ºlugar de hoje assume a vice-liderança do campeonato Johnny Cecotto jr. terminou em 4ºlugar mantendo boa fase na GP2, Sergio Canamasas em 5º uma surpresa total já que ele não é lá essas coisas, Arthur Pic em 6º, Haryanto em 7ºlugar salvando pontos para a Caterham GP2, Richelmi que larga na pole amanhã, Quaife-Hobbs e Tio Ellinas completaram a zona de pontuação. Amanhã teremos a 6ªEtapa do Campeonato da GP2 que até agora esta muito favoravel a Jolyon Palmer da equipe DAMS e que pode fazer Richelmi vencer em casa já que ele larga da pole position.

Pódio da Corrida – Foto: GP2 Series

Resultado final do GP de Mônaco – 5ªEtapa

1. Jolyon Palmer (DAMS) 1h38m31.193 em 40 Voltas
2. Mitch Evans (Russian Time) a 0.427s
3. Felipe Nasr (Carlin) a 0.653s
4. Johnny Cecotto Jr (Trident) a 2.175s
5. Sergio Canamasas (Trident) a 2.884s
6. Arthur Pic (Campos) a 6.187s
7. Rio Haryanto (Caterham) a 8.718s
8. Stephane Richelmi (DAMS) a 9.594s
9. Adrian Quaife-Hobbs (Rapax) a 9.785s
10. Tio Ellinas (MP) a 10.187s
11. Daniel de Jong (MP) a 10.689s
12. Raffaele Marciello (Racing Engineering) a 11.727s
13. Conor Daly (Lazarus) a 12.291s
14. Stoffel Vandoorne (ART) a 12.705s
15. Kimiya Sato (Campos) a 26.761s
16. Alexander Rossi (Caterham) a 29.166s
17. Nathanael Berthon (Lazarus) a 56.107s

Não terminaram a corrida:

Artem Markelov (Russian Time) 35 Voltas
Rene Binder (Arden) 35 Voltas
Simon Trummer (Rapax) 31 Voltas
Stefano Coletti (Racing Engineering) 31 Voltas
Takuya Izawa (ART) 31 Voltas
Julian Leal (Carlin) 24 Voltas
Andre Negrao (Arden) 11 Voltas
Daniel Abt (Hilmer) 9 Voltas
Facu Regalia (Hilmer) 0 Voltas

Sem categoria

Deixe uma resposta