Preview – GP do Canadá

Circuito Gilles Villeneuve
Localização: Montreal – Quebec, Canadá
Percurso: 4.361 metros – (2,709 milhas)
Curvas: 13
Recorde da Pole: Sebastian Vettel (Ferrari) – 1:10.764 – 2018
Recorde de Corrida: Rubens Barrichello (Ferrari) – 1:13.622 – 2004

Vencedores:

Mosport Park

AnoPilotoEquipe-MotorPaís
1967Jack BrabhamBrabham-RepcoAustrália
1969Jacky IckxBrabham-FordBélgica
1971Jackie StewartTyrrell-FordEscôcia
1972Jackie StewartTyrrell-FordEscôcia
1973Peter RevsonMclaren-FordEstados Unidos
1974Emerson FittipaldiMclaren-FordBrasil
1976James HuntMclaren-FordInglaterra
1977Jody ScheckterWolf-FordÁfrica do Sul

Mont-Tremblant

AnoPilotoEquipe-MotorPaís
1968Denny HulmeMclaren-FordNova Zelândia
1970Jacky IckxFerrariBélgica

Gilles Villeneuve

AnoPilotoEquipe-MotorPaís
1978Gilles VilleneuveFerrariCanadá
1979Alan JonesWillliams-FordAustrália
1980Alan JonesWillliams-FordAustrália
1981Jacques LaffiteLigier-MatraFrança
1982Nelson PiquetBrabham-BMWBrasil
1983René ArnouxFerrariFrança
1984Nelson PiquetBrabham-BMWBrasil
1985Michele AlboretoFerrariItália
1986Nigel MansellWilliams-HondaInglaterra
1988Ayrton SennaMclaren-HondaBrasil
1989Thierry BoutsenWilliams-RenaultBélgica
1990Ayrton SennaMclaren-HondaBrasil
1991Nelson PiquetBenetton-FordBrasil
1992Gerhard BergerMclaren-HondaÁustria
1993Alain ProstWilliams-RenaultFrança
1994Michael SchumacherBenetton-FordAlemanha
1995Jean AlesiFerrariFrança
1996Damon HillWilliams-RenaultInglaterra
1997Michael SchumacherFerrariAlemanha
1998Michael SchumacherFerrariAlemanha
1999Mika HakkinenMclaren-MercedesFinlândia
2000Michael SchumacherFerrariAlemanha
2001Ralf SchumacherWilliams-BMWAlemanha
2002Michael SchumacherFerrariAlemanha
2003Michael SchumacherFerrariAlemanha
2004Michael SchumacherFerrariAlemanha
2005Kimi RaikkonenMclaren-MercedesFinlândia
2006Fernando AlonsoRenaultEspanha
2007Lewis HamiltonMclaren-MercedesInglaterra
2008Robert KubicaBMW Sauber-BMWPolônia
2010Lewis HamiltonMclaren-MercedesInglaterra
2011Jenson ButtonMclaren-MercedesInglaterra
2012Lewis HamiltonMclaren-MercedesInglaterra
2013Sebastian VettelRed Bull-RenaultAlemanha
2014Daniel RicciardoRed Bull-RenaultAustrália
2015Lewis HamiltonMercedesInglaterra
2016Lewis HamiltonMercedesInglaterra
2017Lewis HamiltonMercedesInglaterra
2018Sebastian VettelFerrariAlemanha

Gasto de Pneus

Escolha dos Pneus

Consumo por Volta: 1.89 litros – 1,42 kg.
Tanque de Combustível (Capacidade): 77,46 Voltas
Cada volta de combustível: +0.03 segundos
Perda de tempo a cada 10 kg de Combustível: 0.210 segundos
Tempo de entrada e saída dos boxes: 16.5 Segundos

Previsão do Tempo:

Sexta:

Sábado:

Domingo:

Corridas históricas:

GP do Canadá de 1984

GP do Canadá de 1986

O que esperar de cada equipe para Montreal

Mercedes vai buscar sua 7ªVitória seguida. Hamilton tem 17 pontos de frente para Bottas, Enquanto o Inglês tenta consolidar a vantagem na liderança, O Finlandês tenta a 3ªVitória no ano para diminuir sua desvantagem para seu companheiro de equipe.

Ferrari em crise, Será que finalmente vão acertar?

Red Bull vai ter um bom final de semana? Verstappen vai tentar se aproveitar da Crise da Ferrari.

Mclaren vai marcar pontos para manter a vantagem na 4ªposição nos construtores? Lando Norris vai reagir após Carlos Sainz jr. ter feito boas corridas nas últimas 3 provas?

Racing Point terá uma boa corrida ou vai manter a triste sina da Espanha e principalmente do desempenho de Mônaco?

Após seu ótimo desempenho de Mônaco, Será que num circuito mais rápido a Toro Rosso vai ter um bom desempenho no circuito de Montreal.

Alfa Romeo vai reagir e voltar a pontuar? Giovinazzi vai deixar apenas de fazer número ou então a equipe vai continuar dependendo apenas do Raikkonen?

Qual a Haas esperamos: O Médico (Austrália e Espanha) ou o Monstro (China e Azerbaijão)?

Renault vai continuar na sua crise de desempenho? Ricciardo e Hulkenberg sofrem com a incrível falta de competitividade da equipe Francesa em 2019.

Williams ainda tenta ver aonde errou no Chassis FW42?

Horários:

EventoDiaBrasilCanadá
Practice 1Sexta-Feira11:00 as 12:3010:00 as 11:30
Practice 2Sexta-Feira15:00 as 16:3014:00 as 15:30
Practice 3Sábado12:00 as 13:0011:00 as 12:00
QualifySábado15:00 as 16:0014:00 as 15:00
Race – 70 LapsDomingo15:1014:10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Toro Rosso/Racing Point/Haas/Alfa Romeo/Renault/Williams
Informações: F1 / F1-gears / Wikipedia

Não quero mais matar a Formula Indy

Já fiz 2 colunas na minha vida matando a coitada da Formula Indy, Duas colunas depois de 2 mortes. A primeira foi com o Piloto Paul Dana na abertura da temporada de 2006 e a segunda com a Morte do Dan Wheldon na etapa final da Formula Indy de 2011 em Las Vegas. O que eu disse naquelas duas colunas, Teria coisas nas quais peguei pesado, Por motivos emocionais.

Já na morte do Justin Wilson não fiz isso, Não havia nada a se fazer, Nada a ser evitado, Foi uma infelicidade que uma peça do carro de Sage Karam (Que não teve a menor culpa dessa fatalidade) tenha acertado a cabeça do piloto Inglês. Não que os motivos emocionais tenha sumido, Mas com o tempo a razão entra em cena é mostra um quadro que não vimos anteriormente.

5-9 March, 2012, Sebring, Florida, USA Ryan Hunter-Reay leads James Jakes (c)2012, Michael L. Levitt LAT Photo USA

Desde da introdução do DW12 em 2012 e com esse novos chassis que estão categoria norte-americana desde de 2018 só ocorreu essa morte acidental, Não por culpa do carro ou de falha de segurança. A Indy de Antigamente era muito falha em quesito de segurança. Visto que o GP de Detroit em 1991 ocorreu que Mario Andretti bateu no carro de Serviço, quando estavam tentando tirar o carro de Dennis Vitolo. Era uma desorganização completa. Tinha corrida que carros que já tinham deixado à corrida ficavam na pista, encostado no canto, Isso já deu em acidente: Em 1989 no circuito de rua em Toronto, Mario Andretti ao tentar passar Teo Fabi não viu o carro de Roberto Guerreiro, Parado em um canto. Felizmente nada aconteceu com o Campeão do Mundo de 1978 da Formula 1.

 As corridas da Formula Indy já foram muito mais perigosas, Mas agora os carros estão muito seguros e não se corre mais em circuitos perigosos. Os carros são super protegidos, Os Kits aerodinâmicos primeiro e depois a aerodinâmica dos carros novos está bem mais difícil de temos uma decolagem dos carros. Outro fator que ajuda é a potência nos circuitos mistos diminuiu e a velocidade máxima também baixou. Em Austin, os carros da Indy foram 13 segundos mais lento do que os carros da Formula 1.

Premiação dos 5 primeiros colocados da Prova de Detroit do ano de 1990

O que a IndyCar precisa para mudar pra se consolidar e ter um grid cheio é melhorar seu alcance (22 carros no Grid é pouco para mim. Grid cheio pra mim é de 25 carros para cima), Aumentar um pouco o número de provas, ir para a Europa, Austrália, Asia, América do Sul e fazer um campeonato fora da Europa entre Outubro ou Novembro até Janeiro ou Fevereiro,  vender melhor os patrocinadores da categoria, Tentar atrair novas fábricas de Motores para crescer a competitividade a categoria, Dar prêmios maiores por corrida aos pilotos. No passado, Tinha corridas que o vencedor ganhava 150 mil Dólares. Havia o Marlboro Challenge, O Vencedor ganhava 300 Mil Dólares em uma corrida que tinha metade do percurso de uma prova normal. Hoje o vencedor da prova ganha uns 50 Mil Dólares, Por mais que se compense o dinheiro que os pilotos ganham de Salário, Um prêmio desses é bem abaixo do que se espera de uma categoria do Nível que esta ficando a IndyCar.

Pagenaud ganhou 2,7 milhões de Dólares com a vitória das 500 Milhas de Indianapolis. Isso seria quase o orçamento de uma equipe pequena com meia temporada

O Orçamento da Indy gira em torno de 6 até 10 milhões de Dólares para um carro. Em equipes grandes deve passar dos 30 milhões de Dólares Fácil.

Claro que a categoria ainda não corre com o Halo, Parece que os norte-americanos vão tentar uma outra forma de proteger seus pilotos pela cabeça. Espero que os próximos passos da Indy sejam para aumentar e melhorar a categoria cada vez mais próximo dos tempos aonde batiam de frente com a Formula 1.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Formula 2 – 4ªEtapa em Mônaco, Lafiti se dá mal. De Vries e Hubert vencem na rodada dupla e briga do campeonato volta a ficar aberta

Etapa da Formula 2 realizada no final de semana do GP de Mônaco de Formula 1, A Classificação foi dividida em 2 grupos com 10 pilotos, Cada grupo Teria 15 minutos para fazerem suas voltas.

Grupo 1

Pilotos: Louis Deletraz, Mazepin, Sergio Sette Câmara, Guangu Zhou, Mick Schumacher, Callum Ilott, Jack Aitken, Raghanathan, Anthoine Hubert, Ralph Boschung

O Grupo 1, Começou com Vários pilotos abortando suas voltas, Com exceção de Mick Schumacher que acabou marcando um tempo muito alto. A Classificação só começou a esquentar com todo mundo na pista. Só para se ter uma ideia de que o tempo de Schumacher foi bem lenta, A 1ªParcial de Nikita Mazepin foi 1.4 segundos abaixo de Schumacher. Certamente os tempos iriam baixar.

Deletraz baixou o tempo para 1:22.426 a 5 minutos do final passou a liderar a classificação. Sua posição durou 40 segundos. Anthoine Hubert marcou 1:22.313 e passou a liderar o treino.

A 3 minutos do final, Sergio Sette Câmara baixa o tempo do piloto da Arden em 7 décimos. Passando a liderança. Mas não foi o brasileiro que ficou com o melhor tempo do Grupo. O Inglês Callum Ilott marcou o melhor tempo, Com 1:21.462 e depois do cronometro zerado, Mick Schumacher acabou superando Sette Câmara e ficou com o 2ºlugar.

Grupo 2

Pilotos: Nobuharu Matsushita, Nick de Vries, Nicholas Latifi, Luca Ghiotto, Sean Gelael, Juan Manuel Correa, Dorian Boccolacci, Artem Markelov, Tatiana Calderón, Giuliano Alesi.

O Segundo grupo, Os pilotos teriam mais vantagem pela aderência da pista. Na primeira parte dos 15 minutos, Nobuharu Matsushita marcou o melhor tempo com 1:22.853. A 7 minutos do final, Ao tentar volta rápida o Holandês Nick de Vries acabou sendo atrapalhado pelo Giuliano Alesi da Trident. Depois disso, ele foi obrigado a ficar bem lento, Se afastar por 5 a 10 segundos para realizar uma volta ideal.

O resultado foi que o piloto da ART Grand Prix marcou 1:21.159 contra 1:21.398 de Latifi, fazendo com que De Vries estivesse na pole position a menos de 4 minutos do final. Ainda teria mais uma volta para os pilotos realizarem. De Vries acabou baixando ainda mais seu tempo, Com 1:20.676, Com 454 milésimos de frente de Nicholas Latifi. A segundos do final, Boccolacci acabou perdendo a dianteira e batendo no muro, se arrastando até a rascacci.

Luca Ghiotto ainda conseguiu fazer uma última volta e se colocar na segunda posição, Superando Nicholas Latifi. Na soma dos dois Grupos, A pole ficou com Nick de Vries com Calum Ilott na segunda posição. O melhor piloto em cada posição liderava a fila com o pior sendo o outro piloto da Fila. Com isso (Nicolas Latifi foi punido em 3 posições no Grid de largada) A segunda fila largaram Luca Ghiotto e Mick Schumacher, Na terceira fila largam Sergio Sette Câmara e Seal Gelael e na 4ªFila largam Anthoine Hubert e Nicolas Latifi, O Líder do campeonato.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeTempoVoltas
14Nick de Vries ART Grand Prix 1:20.676 11
211Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz 1:21.462 10
38Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing 1:20.924 10
49Mick Schumacher PREMA Racing 1:21.469 11
55Sergio Sette Câmara DAMS 1:21.537 10
610Sean Gelael PREMA Racing 1:21.598 10
719Anthoine Hubert BWT Arden 1:21.675 9
86Nicholas Latifi DAMS 1:21.130 9
92Nobuharu Matsushita Carlin 1:21.807 11
101Louis Delétraz Carlin 1:21.936 11
1116Artem MarkelovMP Motorsport 1:22.086 11
123Nikita Mazepin ART Grand Prix 1:22.089 11
1321Ralph Boschung Trident 1:22.233 11
1414Dorian Boccolacci Campos Racing 1:22.290 8
1512Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz 1:22.437 11
167Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing 1:22.772 10
1720Giuliano Alesi Trident 1:22.785 11
1815Jack AitkenCampos Racing 1:22.877 10
1918Tatiana Calderón BWT Arden 1:24.791 10
2017Mahaveer Raghunathan MP Motorsport 1:26.522 11

Corrida 1

Realizada na Sexta-feira, dia 23 de Maio. A primeira prova da rodada dupla da Formula 2. Na primeira tentativa de largada, Callum Illot com problemas acabou não conseguindo largar. Com isso os pilotos foram dar uma nova volta de apresentação.

Na segunda tentativa de largada não teve problemas e a corrida pode começar, Nick de Vries manteve a liderança, Seguido de Ghiotto e de Sette Camara que subiu de 5º para o 3ºlugar. Se aproveitando da largada ruim de Schumacher. O Francês Hubert também se aproveitou e passou o piloto da Prema. Matsushita, Gelael, Latifi, Deletraz e Boccolacci completa os 10 primeiros.

Schumacher foi para cima de Hubert tentando passar para o 4ºlugar e recuperar terreno para os 3 primeiros colocados. O carro da Prema tem muito mais carro do que o carro da Arden. A ultrapassagem sobre o piloto francês não demorou muito para acontecer. O próximo alvo de Schumacher era Sette Câmara. Lá na frente, De Vries marcou a melhor volta da prova, Vinha com 1 segundo a frente de Luca Ghiotto e um pouco mais atrás Sette Câmara na terceira posição.

Jack Aitken foi para os boxes, Foi o primeiro a fazer a parada obrigatória, Mas essa parada foi fora do período de paradas (Antes da 6ªVolta) e com isso teria de fazer a parada ainda. Na 7ªVolta, Hubert e Gelael foram para os boxes. OS pilotos que vazaram a chicane começaram a serem punidos: Ralph Boschung, Artem Markelov e Tatiana Calderón. Na 8ªVolta, 4 pilotos foram para a suas paradas nos boxes: Mick Schumacher, Nicholas Latifi, Louis Deletraz e Giuliano Alesi.  Os outros pilotos como o líder, Nick de Vries não queriam saber de parada, O piloto da ART Grand Prix abriu 3.2 segundos de vantagem para Ghiotto e 4.2 segundos para Sette Camara.

O piloto da Uni-Virtuosi acabou marcando a melhor volta com 1:21.944 e tentava se aproximar do líder da prova. Dos pilotos que pararam nos boxes, Na 14ªVolta, Latifi foi para cima de Schumacher em busca do 10ºlugar. Na tentativa de ultrapassagem do Canadense acabou danificando a asa dianteira. Latifi voltou para os boxes para fazer a troca da asa danificada.

No final da 18ªVolta, Schumacher chegou na Colômbia Tatiana Calderón. Duas voltas depois, Mick tentou passar a piloto na Rascasse. Essa manobra não deu certo e acabou fazendo não só que o piloto da Prema tocar na piloto da Arden como fechou a pista por completo. Um erro casso de Schumacher que acabou paralisando a corrida. Depois disso, Todos os 20 carros tiveram que ser empurrados para os boxes um a um, Foi um serviço muito demorado.

Para organizar todo o grid e limpar a pista foram necessários meia hora para a corrida recomeçar. Os pilotos que não tiveram parado nos boxes teriam de fazer uma obrigatoriamente essa parada, mesmo que eles tivessem trocado os pneus. Em compensação, Os pilotos que fizeram a parada ficaram todos com 1 volta de atraso e isso daria tranquilidade para os primeiros lugares que não tinham feito a parada. Ou seja, De Vries, Ghiotto, Sette Câmara, Matsushita, Markelov, Boccolacci, Zhou e Correa estavam na mesma volta do líder.

Após 1 volta de safety Car, A corrida recomeçou na 22ªVolta. Schumacher acabou recebendo duas punições: Primeira por ter levado vantagem em uma curva do circuito e a segunda e mais pesada, foi ter provocado a bandeira vermelha e ter tocado em Calderón. O Alemão teria de parar e ficar 10 segundos parado nos boxes.

Na 25ªVolta, Sette Camara fez a melhor volta da prova, Na Volta seguinte, Nick de Vries deu o troco e tomou a melhor volta das mãos do piloto Brasileiro. Enquanto isso, Latifi tentava sua luta inglória de salvar alguns pontos para a disputa do campeonato. Tentando passar o Francês Hubert ele quase foi parar para o muro do casino.

Nick de Vries e Luca Ghiotto acabaram fugindo de Sette Câmara, O piloto da DAMS começaria a sofrer pressão sobre Nobuharu Matsushita pela disputa do 3ºlugar. Louis Deletraz vinha em 9ºlugar tentando passar Juan Manuel Correa para recuperar a volta sobre o 7ºcolocado.

Latifi tinha passado Hubert e estava a 1 posição da zona de pontuação. Quando foi para cima de Gelael, O líder do campeonato acabou tocando no piloto indonésio. Resultado disso foi que o Indonésio precisou fazer uma parada e Lafiti acabou novamente com problemas e teve de fazer uma nova parada nos boxes.

Na Volta 36, Luca Ghiotto, Nobuharu Matsushita e Boccolacci foram para a suas paradas obrigatórias. Na Volta seguinte, Pararam Nick de Vries e Sergio Sette Camara. Na Volta aos boxes, O japonês Matsushita superou Sette Camara se aproveitando os pneus frios do Brasileiro para ganhar a 3ªposição. O Desempenho do Brasileiro estava caindo na fase final da prova, Ao contraio do piloto da Carlin que vinha melhorando na fase final da prova.

A Corrida estava nas mãos de De Vries, Até que Jack Aitken na curva da antiga estação e Juan Manuel Correa na curva de acesso para a Rascasse fez com que o Safety Car entrasse na pista a menos de 4 voltas para o final da prova. Quando se achava que a corrida terminaria a prova em regime de Safety Car, Mas o serviço de limpeza da pista foi bem rápido, Tanto é que a corrida recomeçou na volta final. O Indiano Mahaveer Raghunathan atrapalhou os 4 primeiros lugares e isso impediu alguma possibilidade de disputa de posição entre os primeiros colocados.

Nick de Vries venceu a prova de ponta a ponta após uma maratona de quase 2 horas, O piloto da ART Grand Prix conquistou a primeira vitória do ano. O Segundo lugar ficaria com Luca Ghiotto, Mas uma peça irregular no sistema de direção tirou o resultado do piloto da Uni-Virtuosi. Isso fez com que Nobuharu Matsushita da DAMS e Sergio Sette Câmara subisse na classificação e completassem o pódio.

Dorian Boccolacci teve muita sorte, Ficar em 4ºlugar com um equipamento que não estava a altura de brigar por pontos, Acabou conseguindo um belo resultado. Guanwu Zhou que largou lá atrás acabou em uma boa 5ªposição. O Russo Artem Markelov, Que substituiu jordan King que foi correr as 500 Milhas de Indianapolis acabou a prova em 6ºlugar, Já a uma volta do líder. Louis Deletraz da Carlin, Anthoine Hubert da Arden, Ralph Boschung da Trident e Nikita Mazepin da ART Grand Prix completaram a zona de pontuação.

Na prova do sábado, O pole seria de Hubert, Com Deletraz, Markelov, Zhou, Boccolacci, Sette Câmara, Matsushita e De Vries nas 8 primeiras posições.

Resultado da 7ªEtapa da Formula 2
1ªCorrida de Mônaco

posPilotoEquipeVoltasTempoVolta mais RápidaVolta
14Nick de Vries ART Grand Prix 411:30:56.153 1:22.280 28
22Nobuharu Matsushita Carlin 41a 4.0461:22.243 38
35Sergio Sette Câmara DAMS 41a 5.4701:23.142 25
414Dorian Boccolacci Campos Racing 41a 9.1201:23.032 38
57Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing 41a 62.5481:24.736 25
616Artem MarkelovMP Motorsport 40a 1 Volta1:23.394 24
71Louis Delétraz Carlin 40a 1 Volta1:24.449 23
819Anthoine Hubert BWT Arden 40a 1 Volta1:24.718 23
921Ralph Boschung Trident 40a 1 Volta1:24.715 24
103Nikita Mazepin ART Grand Prix 40a 1 Volta1:25.419 36
1120Giuliano Alesi Trident 40a 1 Volta1:25.759 27
126Nicholas Latifi DAMS 40a 1 Volta1:24.068 18
139Mick Schumacher PREMA Racing 40a 1 Volta1:24.185 25
1418Tatiana Calderón BWT Arden 39a 2 Voltas1:25.667 26
1517Mahaveer Raghunathan MP Motorsport 39a 2 Voltas1:26.690 34
1612Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz 37a 4 Voltas1:24.973 24
1715Jack AitkenCampos Racing 36a 5 Voltas1:25.771 23
x8Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing 41Desclassificado1:22.444 27
x10Sean Gelael PREMA Racing 32a 9 Voltas1:24.907 24
x11Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz 0Não largouxx

Grid de Largada da 8ªEtapa

posPilotoEquipe
119Anthoine Hubert BWT Arden 
21Louis Delétraz Carlin 
316Artem MarkelovMP Motorsport 
47Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing 
514Dorian Boccolacci Campos Racing 
65Sergio Sette Câmara DAMS 
72Nobuharu Matsushita Carlin 
84Nick de Vries ART Grand Prix 
921Ralph Boschung Trident 
103Nikita Mazepin ART Grand Prix 
1120Giuliano Alesi Trident 
126Nicholas Latifi DAMS 
139Mick Schumacher PREMA Racing 
1418Tatiana Calderón BWT Arden 
1517Mahaveer Raghunathan MP Motorsport 
1612Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz 
1715Jack AitkenCampos Racing 
1810Sean Gelael PREMA Racing 
1911Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz 
208Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing 

No Sábado tivemos a etapa curta da Formula 2, Hubert largou bem e manteve a liderança, Com Deletraz em 2º e Zhou ganhando o 3ºlugar que estava nas mãos de Markelov. No começo de prova, somente Mahaveer Raghunathan foi punido em 10 segundos por furar a chicane.

Na 3ªVolta, Tatiana Calderón acabou batendo na Mirabeau a disputar posição com Luca Ghiotto. O Safety Car entrou na pista pela primeira vez. Foi uma bandeira amarela rápida. A Relargada aconteceu na 5ªVolta, Com Hubert, Deletraz, Zhou e Markelov abrindo muito de Damian Boccolacci, O Desempenho do carro do piloto da Campos Racing não estava a altura dos outros pilotos, Tanto é que praticamente o italiano segurava o grupo inteiro.

Quando Anthoine Hubert abriu 1.5 segundos, Um acidente na curvada antiga estação envolvendo Mahaveer Raghunathan e Luga Ghiotto. Novamente o Safaty Car entrou na pista ficando por menos de 2 voltas para a retirada dos dois carros da pista.

Relargada aconteceu na 9ªVolta, Novamente os 4 primeiros se distanciaram de Boccolacci e dos demais pilotos, Na 10ªVolta Ralph Bosching que vinha em 7ºlugar com problema acaba abandonando a corrida. Dessa vez não precisou de Safety Car para tirar o carro do piloto da Trident. Hubert conseguiu abrir um segundo de diferença para Deletraz, Zhou e Markelov. Esses três disputavam pau a pau a segunda posição, Já muito afastado, A mais de 7 segundos vinha Boccolacci em 5ºlugar segurando todo mundo.

Na 16ªVolta, Matsushita acabou ficando lento e deixando a prova após um ótimo 2ºlugar na corrida longa de sexta-feira. 3 Voltas depois, Giuliano Alesi acabou sendo atropelado pelo Indonésio Sean Gelael e acabou deixando a prova. Seu carro foi retirado sem ajuda do Safety Car. Gelael foi punido com um Stop in Go por ter tirado o filho de Jean Alesi da prova.

Markelov vazou a chicane da Piscina, mas nada aconteceu com ele. Nas últimas voltas, Deletraz foi para cima de Hubert, Com Zhou e Markelov só na espera de algo na frente acontecer. Apesar dos 10 segundos de vantagem, Boccolacci abriu uns 2 segundos de Sette Câmara, O Piloto da DAMS era pressionado pelo holandês Nick de Vries.

Deletraz tentou de tudo, Mas Mônaco não deu chance para o piloto suíço passar Hubert. Na curva final os dois ficaram lado a lado, Por 59 milésimos a vitória ficou nas mãos do piloto da Arden. O Francês Anthoine Hubert mostra sempre um bom desempenho nesse começo de ano e acabou recompensado com a vitória na prova curta de Mônaco. Deletraz ficou em 2º, Zhou completou o pódio em 3º e Markelov foi um grande substituto de King em Mônaco, Com um 6ºlugar na primeira corrida e um 4º na segunda prova do final de semana.

Damian Boccolacci conseguiu mais um bom resultado, Ele não teve um bom carro o final de semana todo, Mas acabou pontuando nas duas corridas e sendo o piloto da Campos nesse final de semana. Sergio Sette Câmara se recuperou do péssimo final de semana em Barcelona e acabou a prova em 6ºlugar, Segurando os ataques de Nick de Vries que ficou em 7º. Seu companheiro de equipe na ART Nikita Mazepin repetiu o 8ºlugar da prova de Sexta-feira. Graças a volta mais rápida, Nicholas Latifi não saiu zerado de Mônaco, levou os dois pontos da volta mais rápida da prova.

No dia 22 e 23 de Junho teremos a 5ªRodada Dupla da Formula 2. No circuito francês de Paul Ricard, A disputa pelo campeonato volta a ficar aberto pelo campeonato. Latifi e Nick de Vries estão separados por apenas 1 ponto (95 a 94 a favor do piloto Canadense) Ainda temos 16 corridas até o final do ano. Até lá ainda tem muita coisa para rolar na categoria de acesso a Formula 1.

Fotos:

Resultado da 8ªEtapa da Formula 2
1ªCorrida de Mônaco

posPilotoEquipeVoltasTempoVolta mais RápidaVolta
119Anthoine Hubert BWT Arden 3044:23.388 1:24.280 6
21Louis Delétraz Carlin 30a 0.059 1:24.387 10
37Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing 30a 0.922 1:24.436 10
416Artem MarkelovMP Motorsport 30a 2.4591:24.368 10
514Dorian Boccolacci Campos Racing 30a 13.6891:25.141 18
65Sergio Sette Câmara DAMS 30a 16.3221:25.032 16
74Nick de Vries ART Grand Prix 30a 16.9521:25.223 16
83Nikita Mazepin ART Grand Prix 30a 17.3371:25.332 17
92Nobuharu Matsushita Carlin 30a 18.7701:25.361 27
106Nicholas Latifi DAMS 30a 19.3351:23.868 30
119Mick Schumacher PREMA Racing 30a 21.5591:24.708 24
1212Juan Manuel Correa Sauber Junior Team by Charouz 30a 22.6391:25.143 18
1315Jack AitkenCampos Racing 30a 23.2841:25.237 26
1411Callum Ilott Sauber Junior Team by Charouz 30a 24.8131:24.410 25
1510Sean Gelael PREMA Racing 29a 1 Volta1:23.318 27
x20Giuliano Alesi Trident 17a 13 Voltas1:25.663 11
x21Ralph Boschung Trident 9a 21 Voltas1:26.090 6
x17Mahaveer Raghunathan MP Motorsport 6a 24 Voltas1:26.522 6
x8Luca Ghiotto UNI-Virtuosi Racing 6a 24 Voltas1:26.583 6
x18Tatiana Calderón BWT Arden 2a 28 Voltas1:31.596 2

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formula 2

Tony Arbolino conquista 1ªvitória em Mugello

O Italiano Tony Arbolino sempre mostrou muita velocidade desde de 2018 na moto 3. Depois de belas corridas, nem sempre compensadas com grandes resultados finalmente conseguiu sua primeira vitória no Mundial de Motovelocidade. Foi uma corrida bem disputada, com um enorme pelotão disputando os primeiros lugares e com um final emocionante.

Na Largada, Gabriel Rodrigo foi melhor que Tony Arbolino passando a liderança. Porém, o piloto da Snipers se aproveitou da espalhada do piloto Argentino para voltar à ponta. O Italiano Lorenzo Dalla Porta se destacou desde da segunda parte da primeira volta, Passou primeiro Tatsuki Suzuki, Depois passou Gabriel Rodrigo e finalmente passou Arbolino e assumiu a liderança no final da primeira volta, começo da segunda volta. Liderando um grupo de 9 pilotos que brigavam pela ponta.

A Longa reta acabava fazendo com que até 3 pilotos assumissem a liderança em uma só reta. Na curva 10 da terceira curva, Suzuki passou para a liderança em cima de Arbolino. Na 4ªvolta, Gabriel Rodrigo cai e abandona a prova. Após 6 corridas ele estava muito longe dos primeiros lugares, com a moto campeã do Mundo de 2018 com Jorge Martin.

Lorenzo Dalla Porta chegou a liderar a corrida, com uma pequena vantagem para Darryn Binder, Tony Arbolino, Tatsuki Suzuki e John McPhee. O pequeno grupo abriu 1 segundo de diferença para Alonso Lopez, que liderava o segundo pelotão.

Na 8ªVolta, Binder chegou a passar na frente por alguns momentos, Mas Dalla Porta voltou a ponta e abriu pequena vantagem para Arbolino e Suzuki disputando o 2ºlugar que superaram Binder. Na curva 10, Suzuki passou para o segundo lugar.

Arbolino e Dalla Porta disputam na liderança na 9ªvolta, Com vantagem para o piloto da Snipers na liderança, Curvas depois, O piloto da Leopard voltou a ponta. Binder tentou a liderança, Foi com tudo para cima do Dalla Porta, Mas acabou recuando para o 3ºlugar. O piloto da Leopard fazia uma grande corrida, resistindo à maioria dos ataques dos seus adversários.

Suzuki na 12ªVolta ultrapassou o piloto Italiano, levando a moto da SIC58 a liderança da Prova, O Japonês permaneceu por 2 voltas. No começo da 14ªVolta, Lorenzo Dalla Porta passou Binder e Suzuki para voltar a liderança. O Tcheco Filip Salac foi punido e teve de cumprir a punição da Volta Longa.

A 7 Voltas do final, Dalla Porta era o líder, Com Suzuki, Binder, Arbolino, Foggia e Canet. O líder do campeonato estava em uma corrida discreta, Tentando garantir a liderança do campeonato. Na volta seguinte, Arbolino voltou a liderar a prova. Porém foi por pouco tempo, Novamente Dalla Porta voltou a liderança e Darryn Binder foi para cima do piloto da Spiners e acabou levando a melhor, Assumindo o segundo lugar. No final da 16ªVolta, Romano Fenati e Andrea Migno foram para o chão e deixaram a corrida, Na 17ªVolta, Na curva 5, Dois japoneses foram para o chão ao mesmo tempo: Toba e Sasaki.

A poucas voltas do final, Niccolò Antonelli que largou em 18ºlugar (Punido com a perda de 12 posições) passou para a liderança, Mas logo foi engolido pelo pelotão da frente. Dalla Porta volta a liderança, Com Arbolino em 2ºlugar seguido de Antonelli, McPhee, Suzuki, Foggia, Masia e Canet. Na entrada da penúltima volta, Quase tivemos 4 pilotos brigando pelo 4ºlugar lado a lado.

A 1 volta e meia do Final, Arbolino perde posições e fica longe da liderança. Parecia carta fora do baralho. Foi ai que Arbolino deu sua arrancada rumo a vitória. No final da penúltima volta, Suzuki liderava com Dalla Porta em 2º. Foi dai que Arbolino se aproveitou da reta e na curva 2, aproveitou a brecha que Masia, Dalla Porta e Antonelli deixaram para assumir a liderança.

Nas curvas seguintes, Um discreto Jaume Masia foi a liderança, Ele permaneceu na liderança até chegar a reta. Foi na reta que Tony Arbolino acabou superando Masia e acabou conquistando a primeira vitória da categoria. O piloto da Spiners superou o Também italiano Lorenzo Dalla Porta, Que fez uma corrida estupenda e acabou a prova em 2ºlugar e se aproximou da luta pelo título. Jaume Masia completou o pódio. O piloto da Bester fez uma corrida discreta e que atacou na hora certa, Por muito pouco não conquistou a vitória.

Niccolò Antonelli, Largando do 18ºlugar levou sua moto da SIC58 ao 4ºlugar. Com os resultados de Mugello: Canet que ficou em 7ºlugar esta na liderança, Com Dalla Porta a 3 pontos do líder e Antonelli na terceira posição, com 13 pontos a menos. O Espanhol da Equipe de Max Biaggi fez uma corrida para manter a sua liderança do campeonato, O que foi conseguido com a modesta 7ªposição. Atrás de Dennis Foggia da VR46 e pelo Escocês John McPhee da Petronas.

Completando os 10 primeiros colocados, O Japonês Tatsuki Suzuki da SIC58, Celestino Vietti da VR46 e Darryn Binder que chegou a brigar pela vitória, Mas acabou ficando para trás, Na 10ªposição.

Dia 17 de Junho, teremos a etapa da Catalunha do Mundial de Motovelocidade , 7ªEtapa do campeonato. Certamente teremos mais um duelo sensacional pela vitória na segunda corrida em solo espanhol na temporada.

Fotos:

Resultado final do GP da Itália – Moto 3

PosPilotoEquipeMotoTempo
114Tony ArbolinoVNE SnipersHonda39’29.874
248Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHondaa 0.029
35Jaume MasiaBester Capital DubaiKTMa 0.078
423Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 0.156
57Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 0.267
617John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 0.403
744Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 0.559
824Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 0.595
913Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 1.566
1040Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 1.597
1125Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 2.519
1275Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 2.554
1311Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 2.578
1484Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 22.830
1576Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 26.669
1631Gerry SalimHonda Team AsiaHondaa 26.745
176Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 26.777
1861Can OncuRed Bull KTM AjoKTMa 26.779
1977Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTMa 26.873
2012Filip SalacRedox PruestelGPKTMa 29.782
2154Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 51.331
OUT71Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 4 Voltas
OUT27Kaito TobaHonda Team AsiaHondaa 4 Voltas
OUT16Andrea MignoBester Capital DubaiKTMa 5 Voltas
OUT55Romano FenatiVNE SnipersHondaa 5 Voltas
OUT42Marcos RamirezLeopard RacingHondaa 9 Voltas
OUT69Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 11 Voltas
OUT21Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Hondaa 13 Voltas
OUT3Kevin ZannoniRGR TM Official TeamTMa 13 Voltas
OUT19Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 17 Voltas
OUT22Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Na Itália, Marquez supera adversários e emplaca 2ªvitória seguida

Alex Marquez voltou a se reencontrar e acabou conquistando a 2ªVitória na temporada, Entrando de vez na disputa do título. O Espanhol superou Luthi que começou a prova na liderança, Depois disso começou a abrir uma boa vantagem sobre a concorrência, que não teve mais chance pra mais ninguém mais alcançar-lo.

Em Mugeloo, Luthi na largou melhor que Schrotter e assumiu a liderança, Com o Alemão em segundo. Marquez, Marini, Navarro, Lowes vinham logo a seguir. Nas primeiras curvas Iker Lecuona foi para o chão e abandonou a prova. A Dupla da Dynavolt nas primeiras voltas abriu uma pequena vantagem para Marquez, Mas isso não dura muito, Com Schrotter fazendo pressão em Luthi, acabou que Marquez, Marini e Navarro chegaram nos dois primeiros. Sam Lowes vinha em 6ºlugar, liderando o 2ºpelotão.

Alex Marquez foi para cima de Schrotter, No final da 6ªVolta o piloto da Marc VDS realiza a ultrapassagem sobre o piloto Germânico assumindo o segundo lugar. Enquanto Little Marquez vai para cima de Luthi, Em disputa valendo a liderança. Schrotter sofria a pressão de Marini, Não demorou muito para o piloto da VR46 conquista a ultrapassagem sobre o piloto da Dynavolt. Schrotter começava a dispencar na corrida.

Marquez chegou em Luthi, que tentou segurar como pode segurar o piloto da Marc VDS. Porém, O Irmão de Marc Marquez tinha um rendimento melhor que seu rival. A ultrapassagem acontece na 10ªvolta, Marquez foi por fora na grande reta, Luthi por sua vez foi defender a posição e acabou por deixar uma Brecha, Foi nessa brecha que Alex Marquez aproveitou para conquista a liderança.

Jorge Navarro vinha em 4º, Mas com dificuldades para segurar posição para Schrotter que resistia as dores na sua perna esquerda, Enea Bastianini e Lorenzo Baldassarri em muito boa recuperação, Largando do 15ºlugar e já vinha em 7ºlugar. Completando essa turma o Espanhol Augusto Fernandez. Lowes e Pasini completavam os 10 primeiros colocados.

O Baldassarri na 13ªVolta não quis nem saber de Bastianini e Schrotter e superou ambos para assumir a 5ªposição. Um a frente, Luca Marini da VR46 passou Luthi em uma manobra ousada e subiu para a segunda posição. Mas o problema era Alex ter abrido mais de 1.5 segundos de vantagem para Marini, Com um desempenho melhor que o desempenho do piloto de Valentino Rossi.

A 8 Voltas do final, Luthi tem se pódio ameaçado pelo Jorge Navarro, Mas o piloto da Speed UP erra e dá a chance de Lorenzo Baldassarri assumir o 4ºlugar depois de ter largado da 15ªposição. Marquez abriu mais vantagem para Marini, Com 2.5 segundos a vitória estava nas mãos do piloto da Marc VDS.

Luthi buscava segurar o 3ºlugar da pressão de Baldassarri. Era um confronto importante para o Campeonato. O Suíço buscava baixar a diferença para o líder do campeonato, por sua vez o Piloto da Pons buscava passar o Luthi para aumentar vantagem no Mundial. Schrotter tentava se segurar em 6ºlugar, Mas não deu porque Bastianini ultrapassou o alemão e assumiu o 7ºlugar. Um pouco depois, Bastianini com sua Kalex da Italtrans superou o piloto da Dynavolt a 3 voltas do final.

Marquez manteve a sua liderança até a bandeirada para levar a segunda corrida seguida e entrar definitivamente na disputa do campeonato. Luca Marini teve seu melhor final de semana em 2019, Com uma ótima e audaciosa ultrapassagem sobre Luthi para chegar em 2ºlugar. Um belo resultado para o piloto da VR46. O pódio foi completado pelo suíço Thomas Luthi, que se aproxima de Baldassarri na disputa pelo título com esse resultado.

Lorenzo Baldassarri, Largou do 15ºlugar para uma grande recuperação na prova, conquistando o 4ºlugar e permanecendo na liderança do campeonato. Enea Bastianini chegou a ficar com o 5ºlugar, Mas foi Augusto Fernandez que conseguiu no último momento fazer a ultrapassagem que levou o segundo piloto da Pons ao Top 5. Já o piloto da Italtrans pela 6ªVez no ano chega entre os 10 primeiros colocados. É de longe o melhor novato da Temporada, Com muitas sobras em relação a outros novatos que estão sofrendo na adaptação as suas motos.

Após 3 pódios seguidos, Jorge Navarro acabou ficando longe de estourar a champaine em Mugello, Ficou em 7ºlugar e se afastou um pouco dos primeiros colocados na disputa pelo título. Marcel Schrotter não aguentou as dores e acabou da pole position para um modesto e frustrante 8ºlugar. Sam Lowes acabou completando a corrida em 9ºlugar e uma atuação razoável, Nada de excepcional para o piloto da Gresini . Como também não foi excepcional o resultado de Fabio di Giannantonio, chegando ao 10ºlugar.

Decepções do dia ficaram com os pilotos da SAG. Remy Gardner em 13º e Tetsura Nagashima em 14ºlugar. Pior que eles foi a dupla da KTM, Com Brad Binder e Jorge Martin disputado entre eles o último lugar na zona de pontuação. Binder acabou com esse ponto, Mas a KTM precisa melhorar para ter a mesma competitividade da Kalex e Speed UP. Hoje esteve muito perto do nível da NTS e da MV Agusta, É muito pouco para a fábrica Austríaca nesse momento.

Daqui a 2 semanas teremos a 7ªEtapa no circuito espanhol da Catalunha, Em Barcelona. Com o campeonato bem acirrado entre 4 pilotos e a certeza de bons pegas na categoria intermediária.

Fotos:

Resultado final do GP da Itália
Mundial de Motovelocidade – Moto 2

PosPilotoEquipeMotoTempo
173Alex MarquezEG 0,0 Marc VDSKalex39’31.262
210Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 1.928
312Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalexa 2.242
47Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalexa 3.653
540Augusto FernandezFLEXBOX HP 40Kalexa 3.973
633Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 3.985
79Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpSpeed Upa 4.986
823Marcel SchrotterDynavolt Intact GPKalexa 6.215
922Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 11.466
1021Fabio di GiannantonioMB Conveyors Speed UpSpeed Upa 13.050
1154Mattia PasiniPetronas Sprinta RacingKalexa 13.934
1297Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalexa 17.176
1387Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 19.894
1445Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 20.055
1541Brad BinderRed Bull KTM AjoKTMa 20.591
1688Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTMa 20.672
1777Dominique AegerterMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agustaa 24.081
185Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalexa 26.677
1964Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 36.831
203Lukas TulovicKiefer RacingKTMa 41.874
2165Philipp OettlRed Bull KTM Tech 3KTMa 44.611
224Steven OdendaalNTS RW Racing GPNTSa 45.131
2372Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTMa 45.136
2420Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 1’01.819
2518Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 1’40.942
OUT16Joe RobertsAmerican Racing KTMKTMa 6 Voltas
OUT96Jake DixonSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 11 Voltas
OUT24Simone CorsiTasca Racing Scuderia Moto2Kalexa 13 Voltas
OUT11Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalexa 14 Voltas
OUT62Stefano ManziMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agustaa 14 Voltas
OUT19Teppei NagoeIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 17 Voltas
OUT27Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTMa 22 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP