Corridas Históricas: GP da Itália de 1977

Grid de Largada

posPilotoEquipeMotorTempo
11James HuntMcLarenFord1:38.080
212Carlos ReutemannScuderia FerrariFerrari1:38.150
320Jody ScheckterWolf RacingFord1:38.290
45Mario AndrettiLotusFord1:38.370
511Niki LaudaScuderia FerrariFerrari1:38.540
616Riccardo PatreseShadowFord1:38.680
722Clay RegazzoniEnsignFord1:38.680
826Jacques LaffiteLigierMatra1:38.770
92Jochen MassMcLarenFord1:38.860
1019Vittorio BrambillaSurteesFord1:38.920
118Hans-Joachim StuckBrabhamAlfa Romeo1:39.050
123Ronnie PetersonTyrrellFord1:39.170
134Patrick DepaillerTyrrellFord1:39.180
147John WatsonBrabhamAlfa Romeo1:39.210
1514Bruno GiacomelliMcLarenFord1:39.420
1617Alan JonesShadowFord1:39.500
1710Ian ScheckterMarchFord1:39.620
1834Jean-Pierre JarierATSFord1:39.630
196Gunnar NilssonLotusFord1:39.850
2015Jean-Pierre JabouilleRenaultRenault1:40.030
2123Patrick TambayEnsignFord1:40.190
2230Brett LungerMclarenFord1:40.260
2324Rupert KeeganHesketh RacingFord1:40.280
2427Patrick NèveMarchFord1:40.510
9Alex RibeiroMarchFord1:40.790
28Emerson FittipaldiCopersucarFord1:40.970
18Lamberto LeoniSurteesFord1:41.030
38Brian HentonBoroFord1:41.130
36Emilio de VillotaMclarenFord1:41.210
25Ian AshleyHesketh RacingFord1:41.220
35Teddy PiletteBRMBRM1:41.920
33Hans BinderATSFord1:43.100
41Loris KesselApollon-WilliamsFord1:46.680
21Giorgio FranciaBrabhamAlfa Romeo1:49.670

Andretti conquista 6ªvitória da carreira e Lauda fica a 1 ponto do Bicampeonato

Monza, 11 de Setembro de 1977. Era palco da 14ªEtapa do Mundial de Formula 1, A maior temporada da história naquele momento. (No seu 28ºMundial) Uma festa muito grande no estava sendo feita pelos tifosis no circuito de Monza. No campeonato, Lauda tinha uma situação muito confortável, Com 63 pontos. 21 pontos atrás vinha o Sul-Africano Jody Scheckter da Wolf na vice-liderança do Mundial. Carlos Reutemann ainda sonhava com o título, o Argentino vinha em 3º, com 35 pontos.

No grid de largada, James Hunt com a Mclaren marcou a pole position. Ao seu lado, largava Carlos Reutemann com sua Ferrari. Na segunda fila largavam o sul-africano Jody Scheckter da Wolf e Mario Andretti da Lotus. O líder do campeonato Niki Lauda largava em 5ºlugar, abrindo a 3ªfila que teria o jovem Riccardo Patrese que corria pela equipe Shadow. Regazzoni, Laffite, Mass e Brambilla completavam as 10 primeiras posições. Um dia de sol no circuito de Monza, ideal para Lauda confirmar o título de campeão do Mundo.

Na largada, Scheckter largou muito melhor que os dois ponteiros e assumiu a ponta, com Andretti, Hunt, Regazzoni e Reutemann nas 5 primeiras posições. Já Laffite ficou na largada e caiu para o último lugar. Enquanto o sul-africano disparava, Hunt por fora na entrada da variante Ascari passou Andretti e assumiu o 2ºlugar.

Na 1ªmetade da segunda volta Andretti recuperou o 2ºposto. Reutemann e Lauda já vinham em 4º e 5ºlugares respectivamente. Na terceira volta, dois pilotos passaram do ponto e foram para fora da pista na 1ªChicane. Disputa muito acirrado na parte intermediária da prova.

Gunnar Nilson foi para os boxes e de lá não voltou mais a prova. após 3 voltas, Scheckter abriu uma boa vantagem para Mario Andretti. Hunt vinha em 3ºlugar razoavelmente seguro, já que Regazzoni e Lauda estavam juntos atrás do campeão da temporada de 1976. Andretti tentava se aproximar de Scheckter. Jochen Mass sofria a pressão do piloto Alemão Hans Joachim-Stuck. Seu companheiro de equipe, John Watson abandonou a corrida, assim como o Inglês Brett Lunger (Com sua Mclaren privada)

Reutermann segurava o 3ºlugar dos ataques de lauda. Na entrada da 6ªVolta, Mario Andretti chegava em cima de Jody Scheckter, que resistia os ataques de uma das lendas do esporte a motor. Mas sua resistência não iria durar para sempre, Andretti iria superar o Sul-Africano em logo e Andretti fez, por fora na parabólica assumindo a ponta, mas na reta usa a força do seu motor e retorna a ponta ao entrar na 10ªVolta de 52 voltas previstas.

Porém, Andretti volta a se impor, passa Scheckter e reassume a liderança da prova. Na volta 12, James Hunt roda na primeira chicane e perde um bocado de tempo e cai do 3º para o 8ºlugar

Andretti foi abrindo mais e mais vantagem para Schekter que insistia em acompanhar o líder.  Depois vinham Os dois pilotos da Ferrari com vantagem para Reutemann sobre Lauda. Em 5º, já muito longe vinha o alemão Hans Joachim-Stuck da Brabham e logo atrás Jochem Mass com sua Mclaren pressionado por Alan Jones valendo a última posição da zona de pontuação.

Só depois vem James Hunt em 8º. Na 13ªVolta, Jones supera Mass e assume o 6ºlugar na primeira chicane. Na briga das Ferraris, Reutemann e Lauda não conseguiram se livrar de Jean Pierre Jarier com sua ATS (Ou o francês estava fazendo o carro render muito bem ou então os dois pilotos da Ferrari estavam encontrando dificuldades sérias. Prefiro ficar com a primeira opção).

Andretti continuava a aumentar vantagem sobre Scheckter, que sustentava uma boa vantagem para Reutemann e Lauda. Na volta 16 para 17, Alan Jones começava a pressionar Stuck, Briga valendo o 5ºlugar entre o piloto da Brabham e o piloto da Shadow. Enquanto que Hunt ameaçava a 7ªposição do Alemão Jochem Mass, numa disputa entre os dois pilotos da Mclaren. Regazzoni e Peterson completavam os 10 primeiros colocados.

Na 18ªVolta, Hunt superou Mass e assumiu o 7ºlugar. Regazzoni começava a chegar na disputa e logo atrás, Peterson e Depailler disputavam a 10ªposição no duelo entre os dois pilotos da Tyrrell. Enquanto isso, Jean Pierre Jarier abandonou a prova.

Patrese foi superado por Andretti, que deu uma 1 volta no piloto Italiano. O piloto da Lotus e o piloto da Wolf começavam a pegar os primeiros retardatários ao chegarem na marca de 20 voltas completadas.

Scheckter quanto tentava acompanhar Andretti teve o motor quebrado, que acabou tirando o sul-africano da corrida na 24ªVolta. Praticamente o sonho do título terminou para o piloto da Wolf. Com Isso Andretti ficou mais tranquilo na frente e a dupla da Ferrari  subindo para o 2º e 3ºlugares. O piloto da Renault Jean Pierre Jabouille (que vinha em 13ºlugar com o motor Turbo) acabou indo para os boxes e deixando a prova.

Do Jones que era o 4ºcolocado até Peterson que vinha em 10º a diferença era curta, uns 10 a 15 segundos entre eles. Na 25ªVolta, Hunt começa problemas e Partick Depailler acaba deixando a prova. Na volta seguinte, o campeão do mundo de 1976 também abandonava a corrida. Em sua metade, dos 24 pilotos que largaram 14 ainda estavam na disputa.

Rupert Keegan que vinha em uma razoável 10ªposição com a decadente Hesketh acabou rodando e atolando na caixa de brita na primeira chicane. Nos de Hoje já era motivo para a entrada do Satefy Car, mas naquela época a corrida continuava numa boa, sem problemas.

Com 27 voltas completas os 10 primeiros colocados eram: Andretti (Lotus), Reutemann (Ferrari), Lauda (Ferrari), Jones (Shadow), Stuck (Brabham), Mass (Mclaren), Regazzoni (Ensign), Peterson (Tyrrell), Ian Scheckter (March) e Giacomelli (Mclaren).

A corrida em sua metade ficou mais tranquila, O que estava interessante era que Alan Jones, Hans -Joachim Stuck, Jochen Mass, Clay Regazzoni e Ronnie Peterson vinham não muito distantes do 4º ao 8ºlugar. Mais a frente, Reutemann e Lauda continuavam próximas, disputando o segundo lugar e tentando colocar volta em Ricardo Patrese. Aliás o piloto da Shadow estava dando muita dor de cabeça para os líderes até aquele momento.

Porém, Tanto Reutemann como Lauda conseguiram superar o piloto da Shadow e seguiram em frente com a disputa. Na 32ªVolta, Hans-Joachim Stuck acabou parando com problemas de motor, Deixando o 5ºlugar para Mass e o 6ºlugar para o bom e velho Clay Regazzoni.

Na 35ªVolta, Niki Lauda superou  Reutemann e assumiu a 2ªposição. Se a corrida terminasse naquele momento, o Austríaco ficaria a 1 ponto do bicampeonato. Enquanto isso, Mario Andretti colocava uma volta no jovem Bruno Giacomelli (Mclaren), que vinha em 9ºlugar dos 13 pilotos que continuavam na corrida. Hunt voltou a prova, mas acabou rodando na segunda chicane e deixou de vez a disputa.

Na 39ªVolta, Bruno Giacomelli acaba rodando pelo seu motor que quebrou, porém, ele deixa óleo na pista e isso faz com que Ricardo Patrese e Carlos Reutemann rodarem, Os dois abandonaram e os fãs da Ferrari tomaram um susto ao verem um dos dois pilotos da equipe de Manarello na brita. Por sorte, não era Lauda, as expectativas de título continuavam.

Muita coisa mudou na classificação. Andretti e Lauda permaneceram nas 2 primeiras posições, Com o Australiano Alam Jones da Shadow em 3º, Jochen Mass em 4º, Clay Regazzoni em 5º e Ronnie Peterson completando os 6 primeiros colocados. A bandeira amarela estava sendo agitada pelos fiscais de pista, Os pilotos diminuíram um pouco o ritmo de corrida naquele local da pista e jogaram produtos químicos para secar vazamento de óleo (Que provavelmente pode ter sido a causa do acidente dos 3 pilotos).

Na reta final do GP da Itália, Lauda e os torcedores da Ferrari ainda sonhavam com o título sendo comemorado em Monza. Porém, Andretti vinha bem na frente e provavelmente já administrando a prova a menos de 10 voltas do final.

Ian Scheckter abandonou a prova quando vinha em 7ºlugar, problemas de transmissão em sua March impediram do sul-africano de conquistar um bom resultado em Monza. Só tínhamos 9 carros na pista a poucas voltas do termino da prova.

A Partir dai até o final da prova, nada de importante aconteceu, Andretti, com mais de 20 segundos de vantagem administrou sua vantagem e levou seu carro até o final da prova e acabou conquistando a sua 6ªVitória na carreira. De certo modo, impediu que Niki Lauda confirmasse de vez o título no circuito de Monza. O Austríaco chegou em 2ºlugar e só precisava de 1 ponto nas três últimas provas de 1977 para confirmar o título de bicampeão da Formula 1.

O pódio foi completado pelo Australiano Alan Jones da equipe Shadow. Foi o último pódio da equipe Norte-americana que chegou a ganhar corrida na Formula 1. Jochen Mass resistiu a pressão de Clay Regazzoni e ficou com o 4ºlugar. Ronnie Peterson completou a zona de pontuação. Todos eles completaram 52 voltas.

Com 2 voltas de atraso ficaram Partick Neves com a March (Williams) e Jacques Laffite (Ligier) em 7º e 8ºlugares. Com 4 voltas de atraso ficou o inglês Rupert Keegan da Hesketh. Somente 9 pilotos chegaram ao final da etapa italiana. O público invadiu a pista, mesmo sem o título os italianos estavam em festa com o resultado de Lauda.

Nessa corrida foi a última vez que a BRM esteve em um final de semana de GP de Formula 1. Eles não conseguiram a classificação para a prova.

Resultado do GP da Itália de 1977

Fotos:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formel1mic

Corrida final da Super Formula 2019 – Nick Cassidy conquista o título e Nojiri vence em Suzuka

Corrida final da Super Formula 2019
Suzuka, Japão


Grid de Largada:

posPilotoEquipe/Motortempo
164Alex PalouTCS NAKAJIMA RACING1’35.972
HONDA/M-TEC HR-417E
216Tomoki NojiriTEAM MUGEN1’36.084
HONDA/M-TEC HR-417E
350Lucus AuerB-Max Racing with motopark1’36.236
HONDA/M-TEC HR-417E
45Nirei FukuzumiDOCOMO TEAM DANDELION RACING1’36.314
HONDA/M-TEC HR-417E
51Naoki YamamotoDOCOMO TEAM DANDELION RACING1’36.348
HONDA/M-TEC HR-417E
637Nick CassidyVANTELIN TEAM TOM’S1’36.496
TOYOTA/TRD Biz-01F
717Kodai TsukakoshiREAL RACING1’36.595
HONDA/M-TEC HR-417E
865Tadasuke MakinoTCS NAKAJIMA RACING1’36.621
HONDA/M-TEC HR-417E
951Harrison NeweyB-Max Racing with motopark1’36.860
HONDA/M-TEC HR-417E
1036Kazuki NakajimaVANTELIN TEAM TOM’S1’36.914
TOYOTA/TRD Biz-01F
113Kenta YamashitaKONDO RACING1’36.982
TOYOTA/TRD Biz-01F
1220Ryo HirakawaITOCHU ENEX TEAM IMPUL1’37.073
TOYOTA/TRD Biz-01F
1339Sho TsuboiJMS P.MU/CERUMO・INGING1’37.839
TOYOTA/TRD Biz-01F
144Yuji KunimotoKONDO RACING1’38.622
TOYOTA/TRD Biz-01F
1519Yuhi SekiguchiITOCHU ENEX TEAM IMPUL1’37.944
TOYOTA/TRD Biz-01F
1618Kamui Kobayashicarrozzeria Team KCMG1’38.934
TOYOTA/TRD Biz-01F
178Kazuya OshimaUOMO SUNOCO TEAM LEMANS1’38.098
TOYOTA/TRD Biz-01F
187Yuichi NakayamaUOMO SUNOCO TEAM LEMANS1’39.330
TOYOTA/TRD Biz-01F
1915Jüri VipsTEAM MUGEN1’38.390
HONDA/M-TEC HR-417E
2038Hiroaki IshiuraJMS P.MU/CERUMO・INGING1’42.892
TOYOTA/TRD Biz-01F

Dia ensolarado para a última etapa da Super Formula. No dia 27 de Outubro foi realizada em Suzuka a prova final do campeonato.

Ainda com chances de título, O espanhol Alex Palou foi o pole position. Com o Japonês Tomoki Nojiri da Team Mugen divide a primeira fila com o piloto da Nakajima Racing. Na segunda fila larga Lucas Auer da B-Max e Nirei Fukuzumi da Docomo. Os principais candidatos ao título largam na 3ªfila: Naoki Yamamoto na frente de Nick Cassidy. Kodai Tsukakoshi da Real Racing fez um belo treino e larga em 7º e Tadasuke Makino completa os 8 primeiros colocados.

Perto de começar a prova a Equipe KGMC faz a aposta mais doida que eu já vi, Colocar pneus de chuva no carro de Kobayashi que tinha chances remotas de título. Com os pneus Macios (Os melhores) estavam Nojiri, Auer, Cassidy, Sekiguchi, Nakayama, Vips e Ishiura. Com os pneus Médios Palou, Fukuzumi, Yamamoto, Makino, Harrison, Nakajima, Yamashita, Hirakawa, Tsuboi, Kunimoto e Oshima. E com a exótica tática estava Kobayashi.

Na largada, Palou larga bem e se mantem na primeira posição, seguido de Nojiri, Yamamoto e Fukuzumi. Lucas Auer teve problemas na largada e perdeu muitas posições. No Final da primeira volta, Nick Cassidy ultrapassou Tsukakoshi e subiu para o 5ºlugar, Já Kobayashi foi realizar a parada após a primeira volta e colocou os pneus macios para ir até o final da prova.

Na metade da segunda volta, Cassidy superou Nirei Fukuzumi e subiu para o 4ºlugar, ele iria a caça de Naoki Yamamoto. Os dois principais candidatos ao título da Super Formula em 2019 disputando a 3ªposição. Na pista, Cassidy tinha a vantagem de um pneu macio, que rendia mais que o pneu médio do piloto da Docomo. No final da terceira volta, na Chicane Casio triangle, O Neozelandês supera Yamamoto e assume a 3ªposição. Era a prova mais clara que os pneus macios eram bem melhores em desempenho que os pneus médios.

Apesar disso, Palou (Com seus pneus médios) conseguiu abrir 1 segundo e meio de vantagem para Nojiri (que estava com os pneus macios). Na 5ªVolta, Cassidy estava pressionando Nojiri, O piloto da Tom’s estava impossível. Nojiri teve de aumentar o seu ritmo e isso fez com que se aproximasse de Alex Palou (Que vai correr na Indycar em 2020 pela Dale Coyne) O piloto da Nakajima tentou dar um gás para se afastar de ambos. Porém, isso não adiantou muito, Nojiri na Chicane passou Palou e assumiu a liderança e o espanhol acabou indo para os boxes na entrada da 9ªVolta. A grande maioria dos pilotos pararam entre a 8ª e a 9ªVolta.

Com as paradas, Nojiri era o líder, com Cassidy em 2ºlugar a 1.5 segundos, Yuhi Sekiguchi da Team Impul vinha em 3º, com 9.1 segundos atrás do ponteiro. Hiroaki Ishiura que largou do último lugar estava em 4º. O Estreante Juri Vips vinha em 5º, Oshima e Auer eram os dois últimos a não terem feito a parada obrigatória. O primeiro dos pilotos que pararam era o Espanhol Alex Palou, que estava a 43 segundos do líder. Com Fukuzumi e Yamamoto vinham logo a seguir. Kamui Kobayashi vinha em 18ºlugar, a mais de 1 minuto do líder. A tática maluca dele e da KGMC não funcionou.

Aos poucos, Nojiri da Team Mugen abria vantagem para Nick Cassidy, O mais importante no entanto era abrir vantagem sobre Alex Palou. Na 15ªVolta, a vantagem de Nojiri era de 2.4 segundos sobre Cassidy. A Vantagem de Nojiri para Palou aumentava para 45 segundos. Mesmo desgastados, os pneus dos 2 primeiros colocados tinham um melhor desempenho que os pilotos que já tinham feito a parada.

Yuhi Sekiguchi vinha em 3º, a 10 segundos de Nojiri, a partir dai já estavam perdendo desempenho para Palou, mas se pensa que o Espanhol estava tranquilo na frente, se enganou. Já que Nirei Fukuzumi estava pressionando bastante, disputando o 8ºlugar. O Companheiro de Naoki Yamamoto tentou passar por fora o piloto da Nakajima, que conseguiu segurar a posição. Já Naoki Yamamoto não estava com um bom desempenho em seu carro. Na 10ªposição, mas não conseguia acompanhar o ritmo de Cassidy que estava ficando cada vez mais perto do campeonato.

Na 19ªVolta, Kazuki Nakajima em uma tentativa desastrosa de ultrapassagem acabou atingindo o Inglês Harrison Newey. Ambos acabaram voltando a corrida.

Mais a frente, Palou e Fukuzumi disputavam a 8ªposição. O Desempenho do piloto da Nakajima piorou muito e logo Yamamoto, Tsukakoshi e Hirakawa se aproximaram dos dois. Palou acabou não suportando os ataques de Fukuzumi e acabou sendo superado. depois disso o piloto da Docomo se mandou da turma.

Na 21ªvolta, Naoki Yamamoto foi para cima de Palou e não teve muita dificuldade para superar o piloto espanhol no final da volta. Tsukakoshi e Hirakawa logo depois superaram o piloto da Nakajima, que perdeu totalmente o seu rendimento e qualquer possibilidade de ser o campeão. No final da 22ªVolta, Tomoko Nojiri já abria 3.4 segundos de vantagem para Nick Cassidy, Yuhi Sekiguchi estava a 8 segundos em 3ºlugar. Hiroaki Ishiura vinha em 4º seguido de Juri Vips, Oshima e Auer. O Japonês Nirei Fukuzumi estava em 8º, Com 51 segundos atrás do líder. Naoki Yamamoto vinha em 9º, com 7 segundos atrás do companheiro de equipe e 55 segundos atrás de Cassidy. Situação bem difícil para o Japonês nessa altura do campeonato.

Na 28ªVolta, Juri Vips foi para os boxes fazer sua parada, mas acabou sendo uma parada bem problemática e perdeu muitíssimo tempo. Alex Palou acabou fazendo uma segunda parada, Impossibilitando qualquer chance de campeonato para o Espanhol.

Na 30ªVolta, Yuhi Sekiguchi foi para a parada, a 14 voltas do final começa os últimos pilotos a fazerem suas paradas obrigatórias. O piloto da Impul voltou a frente de Fukuzumi, o que era um mal sinal para Yamamoto, que já vinha atrás do companheiro de equipe. Mas logo, Fukuzumi supera Sekiguchi (Se aproveitando dos pneus frios do piloto da Impul) e ganha posição, Só que Yamamoto vinha longe demais para fazer uma tentativa de ultrapassagem.

Ishiura parou na 31ªvolta e voltou logo a frente de Yamamoto, Mas O piloto da Docomo não se entregou e lutou como pode e como não pode para superar o piloto da Cerumo. Os dois pilotos ficaram lado a lado pela posição e o campeão de 2018 acabou levando a melhor sobre o bicampeão da Super Formula. Ganhando o 7ºlugar.

O Líder Tomoko Nojiri foi para a parada obrigatória na 34ªVolta. Cassidy passou a ser o líder e precisava andar o mais rápido possível para tentar superar o piloto da Team Mugen. Porém, o virtual campeão da Super Formula foi para os boxes na volta seguinte, Voltando à frente de Fukuzumi e atrás de Nojiri. O mais importante é que Cassidy estava bem a frente de Naoki Yamamoto e praticamente com o título em suas mãos.

Lucas Auer lidera, mas precisava parar e foi o que ele fez na 37ªVolta. Com isso a liderança voltou para as mãos de Tomoki Nojiri, com 3.7 segundos a frente de Cassidy, que estava com o título nas mãos, apenas segurar a 2ªposição e a vantagem de 1.6 segundos para Nirei Fukuzumi. Naoki Yamamoto vinha em 5ºlugar após ganhar a posição de Hiroaki Ishiura (Que largou do último lugar), Mas com 14 segundos de Cassidy e longe do Neozelandês a 5 voltas do final.

No final da prova, O Japonês Tomoki Nojiri venceu a ultima etapa da temporada de 2019. O neozelandês Nick Cassidy com o segundo lugar acabou conquistando o título da temporada de 2019, Após uma tática acertada e com uma ótima atuação o Neozelandês superou o número de pontos de Naoki Yamamoto (Que ficou em 5ºlugar) e acabou levando a taça. O pódio foi completado pelo companheiro de equipe de Yamamoto (Docomo) Nirei Fukuzumi.

Yuhi Sekiguchi conseguiu uma incrível prova de recuperação, chegando em 4ºlugar após largar da 15ªposição. Naoki Yamamoto fez o que era possível, mas acabou levando a pior por causa da tática ruim do inicio de prova (Usar pneus médios não foi bom para nenhum piloto nesse ano) e ficou em 5ºlugar perdendo o título.

Hiroaki Ishiura (Que largou do último lugar para terminar em 6º), Tsukakoshi com a Real Racing e Ryo Hirakawa da Impul completou os 8 primeiros colocados. Na Classificação final do campeonato, Cassidy ficou com 36 pontos contra 33 de Naoki Yamamoto, 26 pontos de Alex Palou da Nakajima Racing. Tomoki Nojiri da Team Mugen (24 pontos) e Kenta Yamashita (21 pontos) completaram os 5 primeiros colocados do campeonato.

Parabéns a Nick Cassidy pelo título da temporada de 2019 da Super Formula.

Fotos:

Resultado final da última etapa da Super Formula
Temporada 2019 – Suzuka

posPilotoEquipe/Motortempo
116Tomoki NojiriTEAM MUGEN1:14’24.627
HONDA/M-TEC HR-417E
237Nick CassidyVANTELIN TEAM TOM’S2.532
TOYOTA/TRD Biz-01F
35Nirei FukuzumiDOCOMO TEAM DANDELION RACING3.883
HONDA/M-TEC HR-417E
419Yuhi SekiguchiITOCHU ENEX TEAM IMPUL6.254
TOYOTA/TRD Biz-01F
51Naoki YamamotoDOCOMO TEAM DANDELION RACING18.744
HONDA/M-TEC HR-417E
638Hiroaki IshiuraJMS P.MU/CERUMO・INGING22.129
TOYOTA/TRD Biz-01F
717Koudai TsukakoshiREAL RACING31.628
HONDA/M-TEC HR-417E
820Ryo HirakawaITOCHU ENEX TEAM IMPUL32.101
TOYOTA/TRD Biz-01F
93Kenta YamashitaKONDO RACING32.830
TOYOTA/TRD Biz-01F
1039Sho TsuboiJMS P.MU/CERUMO・INGING45.204
TOYOTA/TRD Biz-01F
1150Lucus AuerB-Max Racing with motopark45.357
HONDA/M-TEC HR-417E
1218Kamui Kobayashicarrozzeria Team KCMG45.584
TOYOTA/TRD Biz-01F
1365Tadasuke MakinoTCS NAKAJIMA RACING49.398
HONDA/M-TEC HR-417E
1436Kazuki NakajimaVANTELIN TEAM TOM’S50.091
TOYOTA/TRD Biz-01F
154Yuji KunimotoKONDO RACING54.610
TOYOTA/TRD Biz-01F
167Yuichi NakayamaUOMO SUNOCO TEAM LEMANS57.247
TOYOTA/TRD Biz-01F
178Kazuya OshimaUOMO SUNOCO TEAM LEMANS1:03.055
TOYOTA/TRD Biz-01F
1815Jüri VipsTEAM MUGEN1:09.868
HONDA/M-TEC HR-417E
1964Alex PalouTCS NAKAJIMA RACING1:11.817
HONDA/M-TEC HR-417E
2051Harrison NeweyB-Max Racing with motoparka 1 Volta
HONDA/M-TEC HR-417E

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Super Formula

Super Formula 2019 – Round 6 em Okayama: Yamashita vence e campeonato fica totalmente em aberto

Grid de Largada:

posPilotoEquipe/Motortempo
120Ryo HirakawaITOCHU ENEX TEAM IMPUL1’12.700
TOYOTA/TRD Biz-01F
23Kenta YamashitaKONDO RACING1’12.780
TOYOTA/TRD Biz-01F
34Yuji KunimotoKONDO RACING1’12.880
TOYOTA/TRD Biz-01F
436Kazuki NakajimaVANTELIN TEAM TOM’S1’12.884
TOYOTA/TRD Biz-01F
55Nirei FukuzumiDOCOMO TEAM DANDELION RACING1’12.890
HONDA/M-TEC HR-417E
638Hiroaki IshiuraJMS P.MU/CERUMO・INGING1’12.969
TOYOTA/TRD Biz-01F
765Tadasuke MakinoTCS NAKAJIMA RACING1’13.004
HONDA/M-TEC HR-417E
864Alex PalouTCS NAKAJIMA RACING1’13.382
HONDA/M-TEC HR-417E
918Kamui Kobayashicarrozzeria Team KCMG1’13.325
TOYOTA/TRD Biz-01F
1037Nick CassidyVANTELIN TEAM TOM’S1’13.382
TOYOTA/TRD Biz-01F
1115Patricio O’WardTEAM MUGEN1’13.519
HONDA/M-TEC HR-417E
1251Harrison NeweyB-Max Racing with motopark1’13.557
HONDA/M-TEC HR-417E
1316Tomoki NojiriTEAM MUGEN1’14.886
HONDA/M-TEC HR-417E
1419Yuhi SekiguchiITOCHU ENEX TEAM IMPUL1’15.767
TOYOTA/TRD Biz-01F
1550Lucus AuerB-Max Racing with motopark1’14.919
HONDA/M-TEC HR-417E
161Naoki YamamotoDOCOMO TEAM DANDELION RACING1’15.842
HONDA/M-TEC HR-417E
1717Koudai TsukakoshiREAL RACING1’15.118
HONDA/M-TEC HR-417E
1839Sho TsuboiJMS P.MU/CERUMO・INGING1’16.057
TOYOTA/TRD Biz-01F
197Yuichi NakayamaUOMO SUNOCO TEAM LEMANS1’15.147
TOYOTA/TRD Biz-01F
208Kazuya OshimaUOMO SUNOCO TEAM LEMANS1’16.179
TOYOTA/TRD Biz-01F

6ªEtapa da Super Formula de 2019 – Realizada nos dias 28 e 29 de Setembro

Okayama teve uma das melhores corridas dos últimos anos. Cheia de alternativas e bem imprevisível em relação ao vencedor e para a disputa do campeonato. Aproveitando o seu melhor momento na Super Formula, Ryo Hirakawa da Impul acabou conquistando a pole position. Ao seu lado, Larga o Japonês Kenta Yamashita da equipe Kondo, Que teria na segunda fila o Japonês Yuji Kunimoto. Kazuke Nakajima da Tom’S e Nirei Fukuzumi da Docomo completavam os 5 primeiros colocados.

O primeiro não nipônico do Grid, o Espanhol Alex Palou larga em 8º. Dos principais concorrentes ao título, Nick Cassidy largaria em uma posição melhor, mas o 10ºlugar não era muito bom. Ao menos era melhor que o 16º que Naoki Yamamoto conseguiu na Classificação.

Ryo Hirakawa largou bem e manteve a liderança, Yamashita vinha em 2º e Nirei Fukuzumi da Docomo, que subiu do 5º para o 3ºlugar em 2 curvas. Curvas depois, Fukuzumi foi para cima de Yamashita e levou o segundo lugar das mãos do piloto da Kondo. Seu companheiro de equipe Yuji Kunimoto deu uma escapada e caiu para o 9ºlugar. No final da 1ªVolta, Kamui Kobayashi foi para a parada, trocar os pneus médios pelos pneus macios. As táticas malucas que existiram em Motegi iriam aparecer em Okayama.

Muitas disputas nas primeiras voltas, Uma delas entre os pilotos da Tom’s. Entre Kazuki Nakajima e Nick Cassidy acabou o Japonês levando a pior, Não só perdendo posição para seu companheiro de equipe como também para Lucas Auer da B-Max caindo para o 7ºlugar. Hirakawa e Fukuzumi abriam muito da Concorrência. Yamashita com os pneus médios vinha segurando Hiroaki Ishiura e Nick Cassidy, Ambos com os pneus macios.

O piloto da Ishiura foi pelo lado de fora na curva seguinte da reta oposta e acabou levando a posição de Yamashita, que acabou perdendo posição para Nick Cassidy. Na metade da 5ªVolta, Lucas Auer superou o piloto da Kondo, que em uma volta caiu do 3º para o 6ºlugar. O desempenho dos pneus macios era muito superior ao desempenho dos pneus médios, seu dúvida nenhuma.

Hirakawa abria 4.5 segundos sobre Nirei Fukuzumi, O jovem piloto da Docomo tentou tirar essa diferença, Mas acabou se afobando e indo para a caixa de brita na 5ªCurva da 8ªVolta. Isso ocasionou a entrada do safety car. Enquanto os fiscais de pista estavam tirando o carro do piloto da Docomo, Muita gente aproveitou para fazer parada nos boxes. Na 11ªVolta, Yamamoto, Kunimoto, Nakajima e Makino foram para os boxes. Ao sair dos boxes, O piloto da Nakajima acabou passando pela grama. (Por incrível que pareça isso rendeu punição por causa disso, Vai entender os Japoneses) outros pilotos foram para os boxes na 12ªVolta.

Na 13ªVolta tivemos a relargada: Hirakawa era o ponteiro, seguido de Ishiura, Cassidy, Auer, Nojiri, Tsoboi, Kobayashi, Yamashita, Nakajima e Newey. Sendo que os 6 primeiros ainda não tinham feito a troca. Fizeram uma parada além do 7º ao 10ºlugar, Palou, O’Ward e Kunimoto. Já com suas paradas: Yamamoto (14ª), Tsukakoshi, Oshima, Makino, Sekiguchi e Nakayama.(Piloto que substituiu o Russo Artem Markelov) Kunimoto no final da 13ªVolta foi para os boxes, caindo para o último lugar.

Lá na frente, Hirakawa vinha abrindo distância sobre os rivais, Enquanto isso, Kamui Kobayashi foi para cima de Tsuboi, O primeiro piloto que já tinha trocado poderia levar Kobayashi a ser o favorito a vitória em Okayama. Na 16ªVolta, Palou e Newey faziam uma briga europeia pelo 10ºlugar. Kobayashi acabou superando Tsuboi e assumiu o 6ºlugar. Na metade da 19ªVolta, O piloto da KGMC chegou em Tomoki Nojiri da Team Mugen, Mas já seria bem mais difícil para Kamui. Hirakawa estava 2.2 segundos a frente de Ishiura, 4.5 segundos de Cassidy, 6.8 segundos de Lucas Auer. Kobayashi chegou em Nojiri na metade da 19ªVolta. Estava rendendo muito o piloto da KGMC.

Tsuboi, Yamashita, Nakajima e Harrison completam os 10 primeiros colocados. Hiroaki SIshura vinha tentando tirar vantagem a diferença que tinha Hirakawa na liderança. Nick Cassidy estava acompanhando os 2 primeiros. Tomoki Nojiri conseguiu abrir um pouco de vantagem para Kobayashi. Ao mesmo tempo,o piloto da Team Mugen foi para cima do Austríaco Lucas Auer da B-MAX na 25ªVolta.

Duas voltas depois, Kazuki Nakajima passou a pressionar Kenta Yamashita valendo o 8ºlugar. Logo atrás, O inglês Harrison Newey segurava a 10ªposição dos ataques do Espanhol Alex Palou. Na 31ªVolta, o outro piloto da Nakajima, Makino recebeu o Drive Through, comprometendo de vez sua corrida.

Na volta 33, Hiroaki Ishiura perdeu o 2ºlugar para Cassidy, parecia um erro do experiente piloto. Porém, o seu carro deu problemas e isso justificou o erro do piloto da Cerumo, que acabou indo para os boxes, com a esperança do problema ser um pneu furado. Após a troca dos seus pneus, Ishiura voltou em 15º e seu carro continuou lento. Seu carro tinha um problema bem mais sério.

Com 34 voltas, Ryo Hirakawa chegou a abrir 3.7 segundos de vantagem para Nick Cassidy. Porém a partir dai o piloto da Tom’s sentiu que poderia vencer a corrida ao restarem 32 voltas para o final. Porém, Eles dois, mais Lucas Auer, Tomoki Nojiri e Sho Tsuboi precisavam fazer a parada. Kamui Kobayashi era o primeiro piloto que já tinha parado nos boxes e com grandes chances de vencer a prova, com 27 voltas pela frente, O piloto da KCMG era de 7.7 segundos para Hirakawa e do segundo piloto que tinha feito a parada, A vantagem era de 25 segundos para Yamashita.

Na volta 45, Kobayashi voltou a pressionar Nojiri, disputa valendo o 4ºlugar, Mas a principal disputa da prova era entre Hirakawa e Cassidy, O piloto Neozelandês vinha a menos de 1 segundo atrás e tinha um carro bem mais rápido que o carro do piloto da Impul. Naoki Yamamoto não vinha bem, com 35 segundos atrás de Cassidy as chances dele pontuar eram poucas e a liderança do campeonato que parecia esta muito sólida a 3 provas atrás poderia estar perdendo a ponta do campeonato.

Kobayashi vinha com a prova na mão, mas a KCMG estava pronta para uma nova parada. Na 52ªVolta, Kamui foi para uma segunda parada e voltou em 13ºlugar, com 45.6 segundos dos líderes. Com isso, Hirakawa poderia ter esperanças de vencer a prova, Mas tinha apenas 28 segundos de frente para Yamashita e uma parada geralmente demoraria 40 segundos, Ou seja, tanto ele como Cassidy precisavam de mais 12 segundos para conquistar uma vitória.

Cassidy foi para o ataque em cima de Hirakawa, que já esta sem ritmo, tanto é que Auer e Nojiri se aproximavam os dois. Tava na cara que o piloto da Impul  não tinha mais rendimento. A corrida passou a ser por contagem regressiva ao invés do número de voltas. Ao invés das 68 voltas a prova teria que terminar em 10 minutos.

Cassidy superou Hirakawa e passou para a ponta na volta 57. Auer e Nojiri foram se aproximar do ex-líder da prova. Kobayashi foi para cima de Naoki Yamamoto e acabou no seu melhor estilo ganhando o 11ºlugar. A 8 minutos e meio do final, Hirakawa vai para a sua parada, Voltando em 11ºlugar (atrás de Yamamoto), mas acabou perdendo essa posição para Kasuya Oshima.

Na 61ªVolta, Nick Cassidy vai para os boxes e volta à frente de Kobayashi e de Yamamoto. Nojiri vai para a ponta, Mas para na volta 62.

Porém, Kobayashi chega pra cima de Cassidy e travam o duelo pelo 6ºlugar. para mim, esse foi o melhor duelo da temporada. O Desempenho de Kamui era bem melhor que o rendimento de Nick Cassidy. Na volta 63, Kobayashi tentou por fora no final da reta oposta e Cassidy se defendeu, na curva seguinte, Kamui fez por fora uma senhora ultrapassagem em cima de Cassidy que acabou rodando e caindo para o 11ºlugar.

Foi uma senhora ultrapassagem do piloto Japonês a 5 minutos do final. Cassidy caiu para o 11ºlugar e ficou sem possibilidade de pontuar. Pior ainda é que Naoki Yamamoto vinha em 8ºlugar e estava marcando um ponto.

Lucas Auer liderava a prova, mas a 2 minutos do final ele precisou fazer a parada. Kenta Yamashita passou para a liderança, com 2.3 segundos a frente de Kazuki Nakajima. O piloto da Kondo acabou com a vitória após 66 voltas (2 a menos que as 68 voltas planejadas) e entrou na briga pelo campeonato da Super Formula.

Kazuki Nakajima salvou o dia da Tom’s com 2ºlugar e o Inglês Harrison Newey acabou conquistando um merecidíssmo pódio em 3ºlugar, após se defender com muita garra dos ataques do espanhol Alex Palou da Nakajima, que ficou com o 4ºlugar.

Lucas Auer da B-Max, Patrício O’Ward da Team Mugen, Naoki Yamamoto da Docomo e Kazuma Oshima completaram os 8 primeiros colocados. Kamui Kobayashi acabou na volta final deixando a prova (Ou com problemas em seu carro ou por erro do piloto) uma pena, pois merecia até mesmo vencer a prova se não fosse pela segunda parada na parte final de prova.

Naoki Yamamoto com os dois pilotos voltou a liderança do campeonato, com 29 pontos contra os 28 pontos de Nick Cassidy, que ficou em 10ºlugar. Alex Palou com 25 pontos, Kenta Yamashita com 18 pontos e Kamui Kobayashi com 19 pontos disputavam o título na etapa final em Suzuka. Com 14 pontos em jogo, tudo poderia acontecer.

Resultado Final da 6ªEtapa da Super Formula 2019

posPilotoEquipe/Motortempo
13Kenta YamashitaKONDO RACING1h30’52.967
TOYOTA/TRD Biz-01F
236Kazuki NakajimaVANTELIN TEAM TOM’Sa 2.340
TOYOTA/TRD Biz-01F
351Harrison NeweyB-Max Racing with motoparka 4.045
HONDA/M-TEC HR-417E
464Alex PalouTCS NAKAJIMA RACINGa 5.311
HONDA/M-TEC HR-417E
550Lucus AuerB-Max Racing with motoparka 11.174
HONDA/M-TEC HR-417E
615Patricio O’WardTEAM MUGENa 12.532
HONDA/M-TEC HR-417E
71Naoki YamamotoDOCOMO TEAM DANDELION RACINGa 15.702
HONDA/M-TEC HR-417E
88Kazuya OshimaUOMO SUNOCO TEAM LEMANSa 17.763
TOYOTA/TRD Biz-01F
916Tomoki NojiriTEAM MUGENa 24.461
HONDA/M-TEC HR-417E
1037Nick CassidyVANTELIN TEAM TOM’Sa 32.896
TOYOTA/TRD Biz-01F
1139Sho TsuboiJMS P.MU/CERUMO・INGINGa 38.901
TOYOTA/TRD Biz-01F
1220Ryo HirakawaITOCHU ENEX TEAM IMPULa 41.280
TOYOTA/TRD Biz-01F
1319Yuhi SekiguchiITOCHU ENEX TEAM IMPULa 41.660
TOYOTA/TRD Biz-01F
1417Koudai TsukakoshiREAL RACINGa 42.858
HONDA/M-TEC HR-417E
157Yuichi NakayamaUOMO SUNOCO TEAM LEMANSa 43.464
TOYOTA/TRD Biz-01F
164Yuji KunimotoKONDO RACINGa 44.663
TOYOTA/TRD Biz-01F
1765Tadasuke MakinoTCS NAKAJIMA RACINGa 46.043
HONDA/M-TEC HR-417E
1818Kamui Kobayashicarrozzeria Team KCMGa 1 Volta
TOYOTA/TRD Biz-01F
1938Hiroaki IshiuraJMS P.MU/CERUMO・INGINGa 31 Voltas
TOYOTA/TRD Biz-01F
205Nirei FukuzumiDOCOMO TEAM DANDELION RACINGa 59 Voltas
HONDA/M-TEC HR-417E

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: twitter.com/Yuu_300twitter.com/motorsportm8  – twitter.com/leblogauto

Coronavirus praticamente paralisa o esporte a motor no mundo

Todo o planejamento das temporadas das principais categorias ficou completamente comprometido pela pandemia do Coronavirus se espalhando pelo mundo, principalmente na Europa (Com a situação complicada para Inglaterra e Espanha e a situação catastrófica para a Itália, que é o país mais afetado do mundo hoje. Na China, a epidemia parece estar controlada) As temporadas que se planejavam começar em Março acabaram todas comprometidas.

Na Formula 1, se cancelou em cima da hora o GP da Austrália, Além disso, as provas do Bahrein, China e Vietnã foram adiadas e a categoria deve começar no final de maio, Com a realização do GP do Azerbaijão. Se trabalha um calendário alternativo, com finais de semana de apenas dois dias, para a realização de pelo menos umas 17 ou 18 corridas para essa temporada.

Os prejuízos na MotoGP até agora parecem ser mínimos. Até agora todas as corridas não foram e não serão realizadas em sua data original foram remarcadas para a parte final de campeonato, além de ter conseguido realizar a etapa da Moto 2 e Moto 3 no Qatar. Em outras categoria como a Formula 2 e Formula 3 também deve acontecer um remanejamento de datas (Bahrein foi adiado nas duas categorias).

Agora na Formula Indy, o prejuízo será bem maior. A prova de St.Petersburg que seria realizada no domingo foi cancelada, Assim como Alabama, Long Beach e Circuito das Américas. A Organização esta fazendo todo o possível para manter as provas em Indianápolis (incluído as 500 milhas). Porém, o calendário do campeonato desse ano esta comprometido, Apenas com 13 corridas para serem disputadas se não tivemos mais cancelamentos.

As chances de temos um campeonato reduzido em todas as esferas é grande, Se a Pandemia não passar logo (Se prolongar por mais tempo) podemos considerar o ano de 2020 como um ano perdido e praticamente nulo para as competições pelo Mundo. Eu espero que a partir de Maio se possa começar as competições pelo Mundo, mesmo que não se possa ter um público, que se veja as corridas pela TV ou pela Internet.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP/IndyCar

Caso de Coronavirus em membro da Mclaren faz FIA Cancelar o GP da Austrália de Formula 1

A Formula 1 finalmente percebeu que não dava para viabilizar o GP da Austrália que iria ser realizada no domingo. Os dirigentes da categoria estava dispostos a realizar a prova. Porém, com o caso de um dos membros da Mclaren ter contraído Coronavirus, A equipe inglesa acabou se retirando da prova. A Formula 1 e a FIA convocou uma reunião com os membros entre as 9 equipes que estavam ainda dispostas a correr.

A Conclusão foi que por maioria a corrida não poderia prosseguir. Com o apoio da Australian Grand Prix Corporation (AGPC) a Formula 1 decidiu cancelar todas as atividades do GP da Austrália.

Em anuncio oficial a organização do GP disse aos milhares de fãs que ficaram decepcionados com essa decisão que vão receber de volta todo o dinheiro que eles pagaram pelo ingresso e que um novo anuncio deve acontecer em breve sobre a corrida.

“Todas as partes levaram em consideração os enormes esforços da AGPC, Motorsport Austrália, funcionários e voluntários para organizar a rodada de abertura do Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA 2020 em Melbourne, mas concluíram que a segurança de todos os membros da família Fórmula 1 e da comunidade mais ampla, bem como a imparcialidade da competição têm prioridade”.

Esperaremos provavelmente que a categoria cancele também o GP do Bahrein, Pois mesmo sem público não acho que seja possível a realização de uma corrida ou de um evento esportivo com uma Pandemia em curso. Provavelmente não teremos corridas e nem eventos esportivos em Março e em Abril. Se tiverem coerência, essas atitudes vão diminuir os estragos que o COVID-19 vai fazer pelo mundo.

Na China, o coronavirus esta quase controlado, com poucos casos tem sido registrados, Mas a maioria do planeta ainda vai passar pelo pico da pandemia e isso impede que uma aglomeração de pessoas possam estar em eventos esportivos e a outros tipos de eventos.

Aguardemos as próximas notícias sobre o esporte a motor pelo mundo.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formula 1