MotoGP – GP da Europa – Treino de Classificação

A 13ªEtapa pode ter sido decisiva para levar Joan Mir e a Suzuki ao título do Mundial de Motovelocidade. Uma prova que começou com uma classificação sobre chuva. Valentino Rossi acabou indo para Valencia correr, mas precisava confirmar que não estava mais com o Covid-19. Isso só foi confirmado da sexta para o sábado. O norte-americano Garrett Gerloff fez os treinos de sexta-feira no lugar do Doutor.

Iker Lecuona acabou de fora da corrida, seu irmão foi diagnosticado com o Covid-19 e tem de ficar em quarentena por 10 dias. Sua participação na semana que vem estava em dúvida. Na Aprilla, Bradley Smith deixou seu lugar para Lorenzo Salvadori nas 3 últimas provas do campeonato.

O Estreante Lorenzo Salvadori da Aprilla é o primeiro a entrar na pista, sua missão seria bem difícil. Assim como seria difícil para Valentino Rossi, que só foi liberado para disputar a corrida e a classificação da sexta para o sábado. Na sua primeira volta, aos 4 minutos da repescagem, o Doutor mostrou que estava recuperado, marcou 1:42.916, mais de 1 segundo mais rápido que o tempo de Danilo Petrucci.

Cal Crutchlow acabou indo para os boxes, iria acertar sua moto para uma volta melhor. A 9 minutos do final, Miguel Oliveira começa o seu domínio passando para a liderança, com 1:41.791. Uma surpresa, Stefan Bradl passou para segundo e Valentino Rossi caiu para 3º, superando o espanhol Alex Marquez. Quem decepcionou foi Marevick Viñales, ficando com o 5ºtempo, mas ainda tinha muito tempo de treino e a pista vinha melhorando.

Mas o Português Miguel Oliveira vinha com tudo, nas duas voltas seguintes ele baixou em 0.996 segundos e consolidou na liderança, Stefan Bradl era o dono da outra vaga a 5 minutos do final. Quem decepcionada mesmo era Viñales, com uma apagada 9ªposição, só a frente de Rabat e Zarco.

A menos de 4 minutos do final, Francesco Bagnaia aparece na sessão e passa para 2ªposição numa boa volta, superando Bradl. Johann Zarco deu um pulo da última para a 4ªposição. A 2 minutos do final, Oliveira baixou ainda mais seu tempo e Bradl voltou para segunda posição.

O piloto alemão da Repsol estava próximo da vaga ao Q2, até que Johann Zarco marcar uma grande volta, com 1:40.821 o piloto da Avintia acabou ficando com a segunda vaga para a fase final da sessão. Miguel Oliveira com sobras ficou a 1ªposição. Bradl acabou ficando de fora do Q2 por pouco. De positivo, ele se tornou um pouco competitivo na reta final de campeonato e acabou ficando a frente de Alex Marquez.

Marevick Viñales decepciona, ficou apenas na 5ªposição e teria de partir da 15ªposição. Valentino Rossi sentiu a falta de ritmo e só larga na 18ªposição.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
188Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.771
25Johann ZarcoEsponsorama RacingDucati1’40.821
36Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’41.010
473Álex MárquezRepsol Honda TeamHonda1’41.276
512Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’41.310
635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’41.311
763Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’41.395
846Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’42.039
99Danilo PetrucciDucati TeamDucati1’42.244
1032Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’42.532
1153Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’43.030

A pista estava um pouco melhor para a fase final da classificação. Jack Miller e Johann Zarco não saíram de cara, Franco Morbidelli acabou voltando aos boxes após dá uma volta na pista, os outros 9 pilotos abriram a volta rápida. Alex Rins foi o mais rápido nessa primeira tentativa. Porém, a volta foi 1.7 segundos mais lenta do que a volta mais rápida do Q1, pertencente a Miguel Oliveira.

Alex Rins melhora seu tempo para 1:41.714 a menos de 10 minutos do final, mas dessa vez, acaba superado por Joan Mir da Suzuki e depois de 40 segundos, Takaagi Nakagami passou para a ponta, o sol estava ajudando a melhorar o tempo, mas não o suficiente para algum piloto colocar pneus de pista seca.

Morbidelli acabou voltando para a pista, o acerto melhor da sua moto deu resultado e o vencedor da corrida passada passa para a ponta, com 1:41.517 a 8:15 do final da sessão, mas Rins voltou a ponta segundos depois. Ao contraio de Morbidelli, o francês Fabio Quartararo decepciona, estava apenas na 8ªposição. A 7 minutos do final, Rins, Morbidelli e Nakagami formavam a primeira fila do Grid de largada. Líder do campeonato (Mir) e o melhor piloto do Q1 (Oliveira) vinham logo a seguir.

Nakagami volta para a ponta com 1:40.530, o japonês estava em uma grande fase, apesar da queda na corrida passada. Jack Miller passa para segundo e Pol Espargaró levou sua KTM para 3ªposição. Faltavam 4 minutos para o término da sessão, Joan Mir subiu da 5ª para a 3ªposição, superando Pol Espargaró. O mesmo não se poderia dizer de Andrea Dovizioso que não conseguia sair da 12ªposição.

A 2 minutos do final, Rins foi para a ponta, enquanto que Nakagami foi para o chão. Mir e Aleix Espargaró fizeram belas marcas e subiram para 3ª e 4ªposições. A menos de 1 minuto do final, Rins e Pol disputavam a pole position, os dois faziam as melhores parciais. No fim, foi Pol Espargaró que levou a melhor por 41 milésimos e conquistou a pole position. O piloto da KTM estava em busca da primeira vitória da carreira.

Completando a primeira fila, Alex Rins da Suzuki, numa excelente fase do piloto e da equipe de fábrica e Takaagi Nakagami da LCR Honda. Johann Zarco fez uma excelente classificação, mais uma vez sendo o melhor piloto da Ducati na 4ªposição, O líder do campeonato Joan Mir vai largar em uma boa 5ªposição. Completando a segunda fila, Aleix Espargaró com sua Aprilla, outro piloto que fez um belíssimo trabalho.

Na terceira fila vão largar Jack Miller da Pramac, Miguel Oliveira da Tech 3 e Franco Morbidelli da Petronas. Foi decepcionante o desempenho das Yamaha no geral. Fabio Quartararo iria largar em 11º, atrás de Brad Binder da KTM e só a frente de Andrea Dovizioso da Ducati.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
144Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.434
242Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.475
330Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’40.530
45Johann ZarcoEsponsorama RacingDucati1’40.577
536Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.704
641Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.893
743Jack MillerPramac RacingDucati1’40.893
888Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’41.328
921Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’41.557
1033Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’41.781
1120Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’41.943
124Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’42.249
136Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’41.010
1473Álex MárquezRepsol Honda TeamHonda1’41.276
1512Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’41.310
1635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’41.311
1763Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’41.395
1846Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’42.039
199Danilo PetrucciDucati TeamDucati1’42.244
2032Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’42.532
2153Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’43.030

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta