MotoGP – GP da Europa – Joan Mir vence pela 1ªvez e fica muito perto do título

A prova da Europa pode ter dado a Joan Mir não só a primeira vitória como pode ser sido fundamental para conquistar o título da categoria principal, uma corrida perfeita da Suzuki, que acabou fazendo a dobradinha dos seus pilotos, superando Pol Espargaró da KTM.

Pòl Espargaró manteve a ponta após a largada, Rins em 2ºlugar tentou supera-lo nessa largada. Nakagami, Mir e Oliveira nas 5 primeiras posições. Na curva 8, Aleix Espargaró que vinha muito bem e Fábio Quartararo foram para o chão. Enquanto que o piloto da Aprilla deixou a prova, o piloto da Petronas conseguiu fazer sua Yamaha continuar na corrida.

Na metade da segunda volta, Rins supera Pol Espargaró e passa para a ponta, Na parte final da volta 2, Nakagami foi superado por Mir e Oliveira e caiu para 5º. Enquanto Rins tentava abrir na ponta, Mir passava a pressionar Pol pela segunda posição.

Na 4ªVolta, Mir supera Pol Espargaró e passa a segunda posição, Já era muito boa a posição do líder do campeonato naquela altura do campeonato. Enquanto isso, Valentino Rossi abandona com problemas mecânicos em sua moto.

Os dois pilotos da Suzuki vinham colocando frente para Pol e Miguel Oliveira, Já Nakagami e Zarco vinham um pouco mais atrás. Francesco Bagnaia foi ao chão na 6ªVolta, na curva 2. Cal Crutchlow também foi para o chão na mesma volta, só que na curva 8. Com todas as quedas que estavam acontecendo, Fabio Quartararo estava em 16º, a 1 posição de entrar na zona de pontos, Marevick Viñales que largou dos boxes por usar o 6ºmotor do ano (passando do limite de motores na temporada) estava em 15º. Lorenzo Salvadori que caiu no começo da prova, vinha em 17º e última posição.

Franco Morbidelli não vinha bem na corrida, perdeu a 7ªposição para Jack Miller e passou a ficar pressionado por Alex Marquez e Andrea Dovizioso.

Joan Mir começou a buscar a vitória, passou a ficar mais perto de Alex Rins, enquanto que Pol continuava na balada dos pilotos da Suzuki. Nakagami começava a se aproximar de novo de Oliveira. Esteve Rabat (Que faz suas últimas corridas pela Avintia) deixa a prova com problemas mecânicos.

No começo da 15ªVolta, Pol Espargaró erra, perde tempo e se afasta dos dois primeiros colocados, Nessa mesma volta, Nakagami passou Oliveira ganhando a 4ªposição.

A menos de 11 voltas do final, Mir aproveita uma brecha de Rins para ir a ponta na curva 10. O piloto da Suzuki que cresceu muito a partir da metade do campeonato e estava ficando bem perto da taça, principalmente por que os seus adversários mais próximos estavam muito mal: Dovizioso em 9º, Morbidelli em 11º, Viñales em 14º e Quartararo em 15º. Rins vinha muito bem em 2º, ainda não tinha desistido da vitória, mas Mir estava em melhor momento.

Zarco começava a cair na classificação, foi superado pelo Australiano Jack Miller da Pramac que ganhou a 6ªposição em cima do piloto francês.

Dovizioso ainda queria ganhar posições para continuar com chances de título, No final da volta 24, o piloto da Ducati ganhou a 8ªposição, superando Alex Marquez que tentou retornar a posição, mas acaba caindo ao começar a 25ªVolta. Fim de corrida para o irmão de Marc Marquez.

Mir abriu 1.2 segundos sobre Rins a 3 voltas do final, A prova estava nas mãos dele. Foi só administrar sua bela vantagem para vencer pela 1ªvez na MotoGP. Uma grande e importantíssima vitória que praticamente encaminha Mir para ser o campeão da temporada de 2020. Alex Rins ficou em 2º, completando a dobradinha da Suzuki. Algo que não acontece desde de 1982. A Suzuki parece ser a dona desse campeonato. Pol Espargaró completou o pódio, com um belo trabalho da KTM em Valencia.

Takaagi Nakagami ficou perto de ganhar seu primeiro pódio da carreira, levando a Honda para o 4ºlugar, mais um belo resultado do piloto Japonês. Miguel Oliveira honrou muito bem a tech 3, que só teve ele na pista e o Português não decepcionou, conquistou uma importante 5ªposição. Jack Miller completou os 6 primeiros colocados.

Brad Binder teve de pagar uma punição da volta longa, depois disso acabou fazendo uma grande corrida e terminou a corrida em 7ºlugar, superando a Andrea Dovizioso que fica com pouquíssimas chances de ser o campeão. Johann Zarco em 9º acabou caindo na parte final da prova e em mais uma corrida apagada, Danilo Petrucci completa os 10 primeiros colocados.

Franco Morbidelli acabou ficando bem para trás, um péssimo dia dele e de todos os pilotos com a moto da Yamaha. O ítalo-brasileiro ficou na 11ªposição. Marevick Viñales ficou em 13º após largar dos boxes e Fabio Quartararo acabou em 14º, salvando 2 pontos no campeonato. Stefan Bradl ficou na 12ªposição.

Se Joan Mir chegar entre os 3 primeiros colocados, será o campeão da temporada 2020 do Mundial de Motovelocidade. Nesse domingo teremos a etapa da Comunidade Valenciana no mesmo Circuito Ricardo Torno. O jovem piloto da Suzuki pode fazer história para a fábrica, quebrando o jejum de 20 anos sem título da marca na categoria.

Fotos:

Resultado final da 13ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto GP
GP da Europa – Ricardo Torno – 28 voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
136Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki41’37.297
242Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 0.651
344Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 1.203
430Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 2.194
588Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 8.046
643Jack MillerPramac RacingDucatia 8.755
733Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 10.137
84Andrea DoviziosoDucati TeamDucatia 10.801
95Johann ZarcoEsponsorama RacingDucatia 11.550
109Danilo PetrucciDucati TeamDucatia 16.803
1121Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 17.617
126Stefan BradlRepsol Honda TeamHondaa 24.350
1312Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 25.403
1420Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 39.639
32Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniApriliaa 2 voltas
73Álex MárquezRepsol Honda TeamHondaa 4 voltas
53Tito RabatEsponsorama RacingDucatia 14 voltas
63Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 22 voltas
35Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 22 voltas
46Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 23 voltas
41Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 28 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta