MotoGP – GP da Catalunha

Na Catalunha, um gigante domínio da Yamaha e principalmente da Petronas, com a pole de Franco Morbidelli e vitória de Fabio Quartararo, que volta a liderança do Mundial.

Classificação do Sábado, Líder do campeonato, Andrea Dovizioso foi um dos primeiros a entrar na pista, seguido de Alex Rins e Estebe Rabat. Dovi não acerta a primeira volta e decide abortar ela. Já Alex Rins não abortou sua volta e acabou marcando 1:40.469 a 11:30 do final, muito na frente de Rabat. Iker Lecuona passou a ser o segundo colocado, superando Francesco Bagnaia a 11 minutos do final da sessão.

A 9:45 do final da sessão de repescagem, Dovizioso em sua primeira volta rápida passou para a ponta com 1:40.467. Porém, um recuperado Cal Crutchlow subiu para a ponta com 1:40.124. Miller que vinha em volta rápida perdeu tempo e só marcou o 8ºtempo.

Os dois pilotos da Pramac foram para uma terceira tentativa seguida. Nessa volta é que Miller andou rápido e passou para a ponta, baixando da casa do 1 minuto e 40 segundos (1:39.705). Francesco Bagnaia não repetiu o mesmo bom desempenho de Miller e ficou com o 4ºtempo. Quem surpreendeu foi Aleix Espargaró marcando o segundo tempo, tomando a vaga de Crutchlow e empurrando Dovizioso para a 5ªposição.

A 6 minutos e 30 segundos do final, Dovizioso volta a pista. Nos dois minutos seguintes, todos os 12 pilotos estavam na pista em sua segunda e última tentativa de voltas. Não tivemos melhoras na classificação, até que a 2 minutos e 20 segundos do final, Takaagi Nakagami passou para a 5ªposição.

Miller em busca de garantir a classificação acabou marcando o tempo de 1:39.399 a 1 minuto e 15 segundos do final. Alex Rins passou a ser o segundo após uma volta muito boa. Nakagami superou Crutchlow e ficou perto do tempo de Rins a 40 segundos do final.

Porém o Japonês não se contentou com seu tempo e foi para uma última tentativa, dessa vez, o piloto da LCR Honda acabou superando Rins e levou a 2ªvaga de classificação, salvando a Honra da Honda. Andrea Dovizioso acabou não arranjando nada no final e acabou ficando na 7ªposição, tendo que largar na 17ªposição na corrida de domingo.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
143Jack MillerPramac RacingDucati1’39.399
230Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’39.547
342Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.751
463Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’39.777
541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.973
635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’39.988
74Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’40.109
873Álex MárquezRepsol Honda TeamHonda1’40.164
927Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.490
106Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’40.721
1138Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.838
1253Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’41.013

Com sua moto Yamaha da Petronas, Franco Morbidelli foi o primeiro a entrar na pista na fase final de classificação. Sem aglomerações, os 12 pilotos entraram na pista aos poucos sendo Quartararo o último a entrar na pista. Quase todos os pilotos estavam usando pneus macios nas duas rodas, com alguns usando pneus médios em uma das rodas.

Morbidelli acabou fazendo um tempo alto demais, O outro piloto da Petronas acabou perdendo a volta, Quartararo passou reto na curva 10. Enquanto que Rossi a 10:50 do final, passou para a pole com 1:39.851 e 10 segundos depois, foi a vez de Viñales marcar o melhor tempo com 1:39.655. Morbidelli, Mir e Nakagami completavam os 5 primeiros colocados.

Franco Morbidelli baixou muito seu tempo anterior na segunda volta, passando para a ponta a 9:50 do final com 1:39.110. Enquanto que Miguel Oliveira acabou indo para o chão na curva 10. A menos de 8 minutos do final da sessão, Jack Miller passou para segunda posição ao marcar 1:39.225. Johann Zarco marcou o 3ºTempo e Pol Espargaró o 5ºtempo, ficando atrás de Marevick Viñales.

Fabio Quartararo ainda não tinha feito sua volta rápida, acabou tendo problemas nas duas voltas. O Francês voltou a pista a 6:30 do final da Classificação, assim como outros pilotos que saíram aos poucos dos seus boxes para a pista.

A 3:23 do final, Quartararo marca o segundo melhor tempo com 1:39.193, Viñales não consegue acompanhar o piloto da Petronas e marca o 4ºtempo. A 2 minutos do final, os 4 pilotos da Yamaha brigavam pela pole position.

A 1 minuto e 40 segundos do final, Quartararo tomou a ponta com 1:39.008. 10 segundos depois, Rossi marcou o 2ºtempo 121 milésimos mais lento que o piloto francês. Mas ainda teríamos uma última volta para todo mundo. Foi nessa volta final que Morbidelli brilhou e acabou marcando o tempo de 1:38.798 e marcou a pole position no GP da Catalunha. Liderando o pleno domínio dos pilotos da Yamaha. Seu companheiro de equipe Fabio Quartararo larga em 2º, Valentino Rossi da equipe oficial da Yamaha em 3º e deixando um pouco a desejar, Marevick Viñales larga em 5ºlugar, atrás de Jack Miller da Pramac, que ficou em uma honrosa 4ªposição.

Johann Zarco levou a Avintia a um belo resultado de classificação, colocando a Ducati de 2019 na 6ªposição, fechando a 2ªfila. Na 3ªfila vão largar: Pol Espargaró da KTM, Joan Mir da Suzuki e Danilo Petrucci da equipe oficial da Ducati. Completando os 12 primeiros colocados: Brad Binder da KTM, Takaaki Nakagami da LCR Honda e Miguel Oliveira da Tech 3.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
121Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’38.798
220Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.008
346Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.129
443Jack MillerPramac RacingDucati1’39.225
512Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.371
65Johann ZarcoEsponsorama RacingDucati1’39.378
744Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.495
836Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.628
99Danilo PetrucciDucati TeamDucati1’39.641
1033Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.659
1130Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’39.713
1288Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.188
1342Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.751
1463Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’39.777
1541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.973
1635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’39.988
174Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’40.109
1873Álex MárquezRepsol Honda TeamHonda1’40.164
1927Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.490
206Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’40.721
2138Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.838
2253Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’41.013

No domingo, tivemos o domínio dos pilotos da Yamaha numa tarde de tempo nublado na Catalunha. Franco Morbidelli, o pole position largou bem e manteve a ponta, quem largou muito bem foi Jack Miller que pulou para segunda posição, com Rossi e Quartararo em 3º e 4ºlugares. Na segunda curva da prova, Zarco acabou caindo e Dovizioso não pode se quer desviar, ambos acabaram deixando a corrida. Para o piloto da Ducati foi um fim de semana para esquecer.

Antes do termino da primeira volta, Rossi e Quartararo reagiram e superaram o piloto da Pramac. Já Marevick Viñales largou muito mal e caiu para a 16ªposição. Morbidelli, Rossi, Quartararo, Miller e Mir são os 5 primeiros colocados. Alex Rins ganhou 7 posições, subindo da 13ª para a 6ªposição. Outro piloto que subiu bastante foi Aleix Espargaró, pulando da 16ª para a 10ªposição, resistindo aos ataques de Miguel Oliveira e Takaaki Nakagami.

Valentino Rossi tentou se aproximar de Quartararo trazendo com ele Fabio Quartararo. Na 6ªVolta, o piloto francês superou Rossi e assumiu a segunda posição. Mais atrás, Alex Rins briga com Pol Espargaró em busca da 6ªposição. O piloto da Suzuki superou Pol na 7ªVolta ganhando a 6ªposição. Danilo Petrucci, Francesco Bagnaia e Miguel Oliveira se aproximaram do piloto da KTM, formando um grupo entre a 7ª a 10ªposição.

Quartararo chegou em Morbidelli e sem perder muito tempo, na 9ªVolta, o francês supera seu companheiro de equipe passando para a liderança. O ítalo-brasileiro vinha disposto a recuperar a liderança das mãos de Quartararo para a suas mãos. Juntamente de Rossi que vinha em 3º, os 3 pilotos com a Moto Yamaha vinham com boa vantagem para Miller e Mir. Ao contraio de Viñales, na 15ªposição, bem mal na corrida, sofrendo para marcar ponto.

Danilo Petrucci passou Pol Espargaró, que ao buscar superar o piloto oficial da Ducati acabou indo para o chão e deixando a corrida na 13ª volta.

A 11 voltas do final, Franco Morbidelli erra a curva 1 e perde a 2ªposição para Valentino Rossi. Duas voltas depois, Rossi que tentava alcançar Quartararo vai para o chão e abandona, perdendo a chance de conquistar o primeiro pódio na temporada. Ao mesmo tempo, Joan Mir superou Jack Miller passando para 3ªposição. A moto da Suzuki tinha desempenho melhor na parte final de prova.

Quartararo vinha com a corrida nas mãos, com 3 segundos de frente para Morbidelli, o ítalo-brasileiro começava a ser Joan Mir se aproximar. Enquanto isso, Francesco Bagnaia passou Danilo Petrucci e ganhou a 6ªposição, Logo atrás vinha Nakagami em uma digna 8ªposição.

A 5 voltas do final, Rins vai para cima de Miller, não demora muito para o piloto da Suzuki supera o australiano e sobe para a 4ªposição. Ao mesmo tempo, Mir já vinha chegando em Morbidelli que estava sem pneus. Na penúltima volta, Mir leva a segunda posição de Morbidelli que fica na alça de mira de Rins. Na curva 10 da penúltima volta, Rins assume a 2ªposição.

Fabio Quartararo levou tranquilo sua moto até a bandeira, para a terceira vitória do francês na carreira e na temporada, voltando a liderar o campeonato com 108 pontos. O pódio foi completado pelos dois pilotos da Suzuki. Grande corrida de Joan Mir e de Alex Rins, mostrando a qualidade da Ciclística da Suzuki. Franco Morbidelli acabou ficando com a 4ªposição, perdendo no final a chance de subir ao pódio pela terceira vez no ano.

Jack Miller acabou ficando com a 5ªposição, mas muito pressionado pelo companheiro de equipe Francesco Bagnaia e pelo Japonês Takaagi Nakagami, o melhor piloto da Honda nessa temporada. Danilo Petrucci em mais uma exibição abaixo da média fica em 8ºlugar, numa Ducati sem direção, sem rota nessa temporada.

Porém, nada foi pior que a desastrosa prova de Marevick Viñales que não conseguiu fazer uma recuperação minimamente decente, ficando em uma lamentável 9ªposição. Cal Crutchlow completou os 10 primeiros colocados, seu melhor resultado do ano, numa temporada bem ruim do piloto britânico.

Brad Binder (KTM), Aleix Espargaró (Aprilla), Alex Marquez (Respol Honda), Iker Lecuona (tech 3) e Estebe Rabat (Avintia) sem muito destaque completaram a zona de pontuação.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha – Moto GP
Mundial de Motovelocidade

posPilotoEquipeMotoTempo
120Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha40’33.176
236Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 0.928
342Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 1.898
421Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 2.846
543Jack MillerPramac RacingDucatia 3.391
663Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 3.518
730Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 3.671
89Danilo PetrucciDucati TeamDucatia 6.117
912Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 13.607
1035Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 14.483
1133Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 14.927
1241Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 15.647
1373Álex MárquezRepsol Honda TeamHondaa 17.327
1427Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTMa 27.066
1553Tito RabatEsponsorama RacingDucatia 27.282
1638Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniApriliaa 28.736
176Stefan BradlRepsol Honda TeamHondaa 32.643
88Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 6 voltas
46Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 9 voltas
44Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 12 voltas
5Johann ZarcoEsponsorama RacingDucatia 24 voltas
4Andrea DoviziosoDucati TeamDucatia 24 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta