Moto 3 em Le Mans – Queda múltipla marca prova vencida por Joan Mir

Na largada da primeira corrida Jorge Martin manteve a liderança até a chicane aonde o italiano da Rivacold Romano Fenati em uma manobra bem sucedida alcançou a liderança da prova. Joan Mir estava em terceiro lugar. No final da Chicane Tatsuki Suzuki provocou um acidente envolvendo Adan Norrodin, Jakub Kornfeil e Lorenzo Dalla Porta.

Mas foi na segunda volta que aconteceu a imagem da corrida foi quando passavam pela curva 5 e dai Fenati caiu e dai todos os outros pilotos em sua maioria caíram. Poucos eram os pilotos que se mantiveram em pé naquela situação. Com tudo isso acontecendo a direção da prova decidiu dar uma bandeira vermelha em toda a pista para fazer uma nova corrida que teria apenas 16 voltas.

O motivo de tudo isso é que a pista estava com escorregadia por causa de óleo na pista. Uma tremenda de uma mancada da direção de prova que se não teve a ver com alguma moto que se acidentou na primeira volta da corrida que poderia ter soltado algum liquido o que justificaria esse Strike total dos pilotos.

Na segunda largada com 16 voltas Martin manteve a liderança, Dessa vez ele não perdeu a liderança na chicane. Mas sim perdeu ainda na primeira volta para Romano Fenati. Guevara, Antonelli, Ramirez, Arenas, Bastianini eram os 7 primeiros. Já Joan Mir estava um pouco mais atrás.

Se destaque a grande largada de Andrea Migno que ganhou 10 posições na primeira volta. Na final da primeira volta Niccoló Antonelli caiu e deixou a prova. Um ano muito duro até agora para o piloto Italiano que já tem grande experiência na categoria Escola do Mundial de Motovelocidade.

Joan Mir começou a sua meteórica ascensão na corrida. Em uma só volta ele passou Marcos Ramirez, Juanfran Guevara e Enea Bastianini para assumir o 3ºlugar. Ainda de quebra na 4ªVolta ver Jorge Martin que foi mais uma vez o pole position cair deixando o Espanhol na segunda posição apenas atrás de Fenati que abria um segundo de diferença.

Enquanto isso Darryn Binder e Marcus Ramirez faziam um duelo particular da equipe Platinum Bay pelo 3ºlugar até que Aron Canet que venceu em Jerez veio para a disputa. Guevara e Bastianini estavam um pouco mais atrás.

Na 8ªVolta Mir assumiu a liderança depois da queda de Romano Fenati. Canet disputava o segundo lugar com D.Binder, Ramirez, Guevara, Bastianini e Di Giannantonio que chegava na disputa. Era a disputa da corrida naquele momento já que Mir disparava na liderança.

Canet acabou perdendo algumas posições ficando em 6º a 7ºlugar. Parecia que ele sairia dessa disputa pelo pódio. Quem ascendia era Di Giannantonio que passou os dois pilotos da Platinum Bay e assumiu o 2ºlugar. Destaque para dois pilotos. Jakub Kornfeil que levava a Pegueot a esta na zona de pontuação pela primeira vez na temporada e fechando ao primeiro bloco o Escocês John Mcphee que estava em 13ºlugar após largar da 25ªposição.

A poucas voltas do final a decisão do 2ºlugar estava indefinida com pelo menos 5 pilotos na disputa. Na volta Marcos Ramirez tentou tomar o segundo lugar, Mas passou reto na chicane e perdeu posições para Di Giannantonio, Aron Canet e Darryn Binder que vinha no segundo lugar.

Infelizmente para o Sul-Africano isso durou uma curva já que na curva 7 o piloto da Platinum caiu deixando Canet no final assumir o segundo lugar. Joan Mir com tranquilidade levou sua moto para a vitória em Le Mans com Canet em 2º e Di Giannantonio da Gresini completando o pódio no terceiro lugar deixando Marcos Ramirez bater na trave de novo ao tentar levar o pódio chegando em 4ºlugar.

Juanfran Guevara ficou em 5ºlugar. Bastianini que chegou a disputar o 2ºlugar, Jules Danilo da Rivacord, Andrea Migno que largou do 23ºlugar para chegar em respeitável 8ªposição, Bo Bendneyser da KTM e Danny Kent que voltou a Moto 3 fecharam as 10 primeiras posições. Na Classificação do Campeonato Mir abre uma grande vantagem para os demais pilotos na disputa pelo campeonato da Moto 3.

Resultado final da 5ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da França – Le Mans Bugatti – 16 Voltas

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo Grid
1 36 Joan Mir Leopard Racing Honda NSF250RW 27’37.830 8
2 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW a 4.252 12
3 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW a 4.365 15
4 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP a 4.469 7
5 58 Juanfran Guevara RBA BOE Racing Team KTM RC250GP a 4.845 3
6 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW a 5.463 11
7 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW a 5.652 16
8 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP a 5.821 23
9 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP a 6.049 9
10 52 Danny Kent Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP a 6.193 10
11 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O a 7.504 18
12 17 John Maphee British Talent Team Honda NSF250RW a 8.741 25
13 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda NSF250RW a 16.006 30
14 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O a 16.405 20
15 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra MGP3O a 16.514 21
16 11 Livio Loi Leopard Racing Honda NSF250RW a 16.639 13
17 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP a 16.752 2
18 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra MGP3O a 16.996 14
19 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda NSF250RW a 17.046 22
20 6 Maria Herrera AGR Team KTM RC250GP a 17.206 29
21 65 Philipp Oettl Südmetall Schedl GP Racing KTM RC250GP a 28.501 28
22 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW a 33.398 24
23 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O a 42.059 31
40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 1 Volta 17
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW 2 Voltas 22
27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda NSF250RW 2 Voltas 26
23 Niccolò Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 5 Voltas 6
88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW 6 Voltas 1
5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 9 Voltas 4
75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O 13 Voltas 5
7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda NSF250RW Não largou 19

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Fotos: MotoGP

Sem categoria

Deixe uma resposta