Martin quase sofre queda, Mas sobra na parte final e conquista sua 5ªVitória na Temporada

O Espanhol Jorge Martin como era esperado conquistou sua 5ªvitória na temporada. Mas essa vitória não foi uma das vitórias mais tranquilas de sua carreira. Tendo de enfrentar principalmente Marco Bezzecchi e Tony Arbolino disputando a liderança e do louco companheiro de equipe Fabio di Giannantonio que queria passar o piloto Espanhol de qualquer jeito.

Martin manteve a liderança na Largada, Ramirez e Masla respresentavam bem a equipe Bester em 2º e 3ºlugares. Já Marco Bezzecchi fez uma senhora primeira volta, Vindo do 7ºlugar para o 2ºlugar no final da primeira volta. O piloto da PruestelGP foi para cima do Rei da Pole que se defendeu muito bem. Bezzecchi acabou sendo ultrapassado pelo Ramirez e pelo Italiano Tony Arbolino caindo para o 4ºlugar.

Na 4ªVolta, Bezzecchi finalmente assumiu a liderança com Arbolino na sua Cola e Martin caindo para o terceiro lugar. A disputa é intensa nas primeiras posições. Na volta 6, Bezzecchi erra e Arbolino lidera a prova. Por pouco tempo, Já que Martin voltou a liderança, Ele tentou abrir vantagem para o pelotão, Enquanto que Bezzecchi e Arbolino lutavam pelo segundo lugar.

O substituto de Darryn Binder, Raul Fernandez é jogado para fora da pista por um dos pilotos da Leopard. O Espanhol ficou evocado com o incidente que causou a Dalla Porta 3 posições na prova que ele teria de ceder nas próximas 5 Voltas.

Martin, Bezzecchi, McPhee, Di Giannatonio e Arbolino começavam a se distanciar formando um primeiro grupo que iria disputar a prova a 15 voltas do final. Fábio di Giannantonio começou a aparecer na prova, ultrapassando McPhee e Bezzecchi assumindo o 2ºlugar.

O piloto Italiano passou Martin e assumiu a liderança por 2 curvas, O piloto Espanhol recuperou a liderança. Os dois pilotos da Gresini tentaram abrir uma vantagem para o resto do pelotão. Porém, na volta seguinte. Fabio di Giannantonio acabou cometendo um erro bobo e acabou quase derrubando Martin e caindo para o Chão.

Com toda essa trapalhada, Martin caiu para o 4ºlugar. A liderança acabou indo para Marco Bezzecchi, Mas não por muito tempo. Albert Arenas assumiu a liderança do nada colocando Bezzecchi e Martin no Bolso. O jovem piloto da Angel Nieto buscava sua 2ªVitória na Moto 3.

Mas Bezzecchi e Martin passaram Arenas na volta 17. John McPhee, Phillip Oettl que começava a aparecer na prova, Marcos Ramirez, Jaume Masla, Aron Canet, Gabriel Rodrigo e Jakub Kornfeil vinham nas 10 primeiras posições.

A 8 voltas e meia do final, Martin passou Bezzecchi. Assume o primeiro lugar, voltando a liderança e começando a tentar abrir diferença para seu mais próximo Rival. A menos de 7 voltas do final, Oettl passa Arenas que acaba caindo sozinho e abandonando a prova.

A 5 Voltas do final, Bastianini que foi muito mal na prova. Andando lá atrás acabou caindo e deixando de forma melancólica a prova. John McPhee tentava chegar em Bezzecchi. Lá na frente, Martin já vinha abrindo diferença A 3 voltas do final, Al Ogura e Gabriel Rodrigo se choca e ambos caem e deixam a prova.

Jorge Martin foi tranquilo até a sua vitória de número 5 da temporada. O piloto da Gresini em uma grande exibição, Escapando até de uma queda pelo seu companheiro de equipe que deu uma de psicopata ao tentar derrubar seu companheiro de equipe. Depois disso ele voltou a briga, Passou Bezzecchi e ficou em 1ºlugar. O Espanhol termina a primeira parte do ano na liderança do campeonato.

Marco Bezzecchi que diminuiu os prejuízos com o segundo lugar, Suportando os ataques do John McPhee e saindo para as férias com 7 pontos a menos que Martin. McPhee completa o pódio, Confirmando seu momento de ascensão no campeonato.

Aron Canet passou na volta final Marcos Ramirez e terminou em 4ºlugar, Em uma corrida sem muito destaque. A Dupla da Bester que começou bem, Acabou sumindo por um tempo na prova. Mas apareceram no final e ficaram com o 5º e 6ºlugares (Ramirez na frente do Masla)

Jakub Kornfeil que chegou a fazer a melhor volta da prova ficou em 7ºlugar, Seguido pelo dono da casa Phillip Oettl que fez uma corrida decente e terminou em 8º. Completando os 10 primeiros vieram Raul Fernandes em uma grande corrida com a chance dada pela KTM ao substituir o piloto oficial da equipe Ajo. O Japonês Ayumi Sasaki do Japão completou os 10 primeiros colocados.

O Mundial de Motovelocidade parte para as Férias de 3 semanas. A volta será no dia 5 de Agosto no circuito da República Tcheca, Em Brno.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP da Alemanha
Mundial de Motovelocidade – Moto 3

pos piloto Equipe Moto Tempo
1 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 39’36.427
2 12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM a 2.515
3 17 John McPhee CIP – Green Power KTM a 2.571
4 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM a 2.936
5 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda a 3.028
6 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM a 3.341
7 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM a 3.532
8 65 Philipp Ottl Sudmetal Schedl GP Racing KTM a 4.886
9 25 Raul Fernandez Red Bull KTM Ajo KTM a 5.383
10 71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda a 5.486
11 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda a 5.610
12 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM a 9.938
13 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda a 10.027
14 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM a 10.360
15 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM a 10.467
16 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda a 11.514
17 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda a 11.712
18 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda a 20.039
19 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM a 31.237
20 43 Luca Grunwald Freudenberg Racing Team KTM a 32.768
21 81 Stefano Nepa CIP – Green Power KTM a 41.058
19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM a 3 Voltas
32 Ai Ogura Asia Talent Team Honda a 3 Voltas
33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda a 5 Voltas
72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda a 5 Voltas
75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM a 7 Voltas
77 Vicente Perez Reale Avintia Academy 77 KTM a 9 Voltas
41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda a 11 Voltas
21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda a 12 Voltas
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda a 22 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Sem categoria

Deixe uma resposta