Largando de trás Pawi sobra na chuva e conquista 2ªVitória na sua carreira

Sob chuva o piloto Malaio Khairul Idham Pawi que largou do 20ºlugar se sentiu a vontade no circuito de Sachsering e fez uma prova irretocável para a sua segunda vitória no campeonato e da sua carreira na Moto 3. Na Largada o piloto Enea Bastianini continuou na liderança, Mas logo o piloto Holandês Bo Bendsneyder veio disputar o primeiro lugar com o piloto da Gresini nas primeiras voltas, Nessas primeiras voltas pela primeira vez na sua história a Pegueot liderou uma corrida do Mundial de motovelocidade com o piloto Escocês John McPhee que andou muito bem a corrida inteira.

A Honda chegou a fazer uma Dobradinha em Sachsering
A Honda chegou a fazer uma Dobradinha em Sachsering

Mas logo Pawi e seu companheiro de equipe Hiroki Ono foram para cima dos líderes e assumiram as duas primeiras posições com o piloto Malaio no comando e com Ono na cola dele até a 9ªVolta quando o piloto Japonês acabou salvando uma queda praticamente certa e acabou indo para a brita perdendo muitas posições, 3 Voltas depois a queda do piloto da Honda Team Asia que o fez ele deixar a corrida.

Sachsering_alemanha_moto3_2016 (3)

Pawi no decorrer da prova teve mais de 10 segundos de diferença, Já disputando o pódio Andrea Locatelli acabou subindo para o 2ºlugar, Bastianini em 3ºlugar conseguia segurar a pilotos como John McPhee que estava querendo um grande resultado para a estreante Pegueot e para o Kornfeil e Fabio di Giannantonio que estavam em uma crescente na prova.

A Disputa que chamou a atenção da corrida foi a briga entre os 2 primeiros colocados do campeonato Brad Binder e Jorge Navarro disputando uma posição intermediária na zona de pontuação (7ºLugar). Com uma moto Melhor O Espanhol ganhou essa posição e chegou a ganhar mais duas posições subindo para o 5ºlugar, Mas acabou cometendo um erro caindo para o 7ºlugar e com isso conseguindo marcar um ponto a mais que o Brad Binder.

Pawi foi até o final da prova e acabou levando a vitória no molhado pela 2ªVez (A Primeira foi na Argentina nesse ano) mostrando uma impressionante habilidade de correr em uma situação de tempo (Com Chuva) Critica colocando 11 segundos sobre o segundo colocado o Italiano Andrea Locatelli que conquistou o primeiro pódio na carreira e o primeiro da Leopard na temporada e Enea Bastianini completou o pódio com a Moto da Gresini.

A Melhor corrida da Pegueot na Moto 3 até agora
A Melhor corrida da Pegueot na Moto 3 até agora

uma bela corrida de Jakub Kornfeil que cresceu muito na corrida e chegando na 4ªposição, O jovem Fabio di Giannantonio que continua impressionando muito na sua temporada de estreia chegando em 5ºlugar e uma belíssima corrida de John McPhee que ainda tem uma moto em começo de desenvolvimento e acabou aproveitando a chuva para colocar a Pegueot na 6ªposição. Jorge Navarro conseguiu tirar 1 ponto da distância ainda confortável de Binder na luta pelo título do Mundial de Motovelocidade na categoria inicial ficando em 7ºlugar, Completaram os 10 primeiros colocados o piloto da Ongetta-Rivacold Jules Danilo que teve de ser o único piloto do time na linha de combate que acabou tendo a ausência de Niccolò Antonelli que sofreu um acidente no Warm Up e não pode correr devido a gravidade do acidente (O mesmo aconteceu com a Maria Herrera) e o Vencedor da corrida em Assen Francesco Bagnaia ficou em 10ºlugar.

No dia 14 de Agosto teremos a 10ªetapa do Mundial da Moto 3 em Red Bull Ring na Áustria que volta ao Mundial de Motovelocidade nesse ano.

Sachsering_alemanha_moto3_2016 (1)

Mundial de Motovelocidade – Moto 3
Resultado final – GP da Alemanha

1 89 Khairul Idham Pawi (Honda Team Asia Honda) 47’07.763 – 27 Voltas
2 55 Andrea Locatelli (Leopard Racing KTM) a 11.131
3 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Moto3 Honda) a 13.359
4 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 18.541
5 4 Fabio di Giannantonio (Gresini Racing Moto3 Honda) a 20.620
6 17 John McPhee (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 20.698
7 9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 20.910
8 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 23.333
9 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) a 30.318
10 21 Francesco Bagnaia (Pull & Bear ASPAR Mahindra Team Mahindra) a 31.095
11 24 Tatsuki Suzuki (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 37.688
12 64 Bo Bendsneyder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 45.005
13 19 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) a 47.793
14 11 Livio Loi (RW Racing GP BV Honda) a 48.073
15 44 Aron Canet (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 56.921
16 10 Alexis Masbou (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 1’10.787
17 65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing KTM) a 1’13.873
18 5 Romano Fenati (SKY Racing Team VR46 KTM) a 1’14.813
19 97 Maximillian Kappler (KRM-RZT KTM) a 1’15.203
20 43 Stefano Valtulini (3570 Team Italia Mahindra) a 1’15.434
21 27 Tim Georgi (Freudenberg Racing Team KTM) a 1’23.906
22 22 Danny Webb (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 1’38.548
23 20 Fabio Quartararo (Leopard Racing KTM) a 1 Volta

Não Completaram a corrida:

8 Nicolo Bulega (SKY Racing Team VR46 KTM) a 13 Voltas
7 Adam Norrodin (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 15 Voltas
76 Hiroki Ono (Honda Team Asia Honda) a 16 Voltas
88 Jorge Martin (Pull & Bear ASPAR Mahindra Team Mahindra) a 17 Voltas
16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) a 17 Voltas
40 Darryn Binder (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 19 Voltas
58 Juanfran Guevara (RBA Racing Team KTM) a 19 Voltas
77 Lorenzo Petrarca (3570 Team Italia Mahindra) a 20 Voltas
36 Joan Mir (Leopard Racing KTM) a 27 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *