Indy 500 – Edição 103 – Capítulo 3

O 21ºpiloto a entrar na pista era o Norte-Americano Sage Karam da Dreyer & Reinbold. O Norte-Americano ficou em 9ºlugar nas 500 milhas de 2014. A sua primeira volta foi pior que a volta do Alonso, Com 225.6 milhas. Na segunda volta o norte-americano melhorou sua volta para 226.2 Milhas, Parecia que a volta iria ser recuperada. Só que na terceira volta ele bateu no duro na entrada da reta oposta, A volta de 219.3 Milhas foi terrível e sua última volta foi de 199 milhas. Sua média acabou sendo a última entre os 21 pilotos.

O Inglês Jordan King, Vindo da Formula 2 foi para a sua tentativa. Só que alguma coisa aconteceu na pista, Com isso o piloto da Rahal voltou para os Boxes. O Treino foi paralisado por uns 15 minutos.

King teve uma nova chance e recomeçou sua tentativa de classificação. King é estreante nas 500 milhas e teve de abrir mão do GP de Mônaco da Formula 2. Na sua primeira volta não foi nada boa, Ficou com 226.1 milhas, Mas melhorou bastante na segunda volta, com 227.8 milhas por hora. Se continuasse nessa média de 227 milhas poderia até terminar a volta de maneira decente, Mas a terceira volta com 225.8 milhas e a última tentativa com 226.7 milhas colocaram ele com 226.662 milhas por hora de média, com a 19ªposição.

3 Vezes vencedor das 500 milhas de Indianapolis (2001, 2002 e 2009) Hélio Castroneves foi para a pista buscar a classificação e a 4ªVitória. O seu objetivo é se igualar a Al Unser e a A.J.Foyt. O piloto da Penske fez uma boa primeira volta de 229.5 milhas. Na Segunda volta acabou sendo 1 milha mais lenta (228.5 milhas) Teria de ser mais rápido ou constante nas voltas finais para disputar a pole position. Sua duas voltas finais foram 228 milhas e 227.9 milhas no que colocou o Brasileiro com 228.523 milhas em 9ºlugar. Se quisesse disputar a pole, Teria de voltar a pista e melhorar a marca.

Seu companheiro de equipe Josef Newgarden foi para a pista, O Norte-Americano, campeão de 2017 da Formula Indy e 3ºlugar nas 500 Milhas de 2016 estava em busca do primeiro anel de campeão da Lendária corrida. Newgarden começou muito bem, Com uma belíssima volta de 230.1 milhas e manteve um bom desempenho com 229.7 milhas na segunda volta. Se continuasse assim iria estar tranquilamente entre os 9 primeiros. A terceira volta foi igualzinha a segunda (229.7 milhas) e sua volta final foi de 229.3 milhas. A Media de 229.741 milhas por hora de Newgarden deu a ele a 4ªposição na Classificação até o momento, Com 24 pilotos tendo ido à pista em 2 horas de Classificação.

O próximo foi Oriol Servia, Ele ficou próximo de ganhar as 500 milhas em 2018, Agora corre com o 3ºcarro da Schmidt-Peterson. A sua primeira volta foi feita a 228.5 Milhas, A segunda volta acabou sendo 228.3 milhas. Muito bom, Porque Perdeu pouco em relação à primeira volta. A terceira volta o Espanhol já perdeu um pouco mais 227.8 Milhas. Na volta final foram 227.2 milhas. No final a média ficou em 227.991Milhas, Colocando o piloto na 15ªposição e com uma classificação para as 500 milhas entre os 30 primeiros bem tranquila.

Agora, Chegou ele! Scott Dixon, O que significa grandes chances de um grande treino. O ganhador das 500 milhas de 2008 vai com tudo em busca da pole, Mas piloto Neozelandês acabou decepcionando em sua primeira volta. 228.4 Milhas não é uma volta para o padrão de um piloto do calibre de Scott Dixon. A segunda volta ficou em 228.2 milhas, Por enquanto nem em sonhos iria chegar entre os 9 primeiros. E essa passagem decepcionante acabou se confirmando quando Dixon terminou suas 2 últimas voltas em 227.6 Milhas e 227.2 Milhas. A Média foi de 227.885 Milhas. Isso só dava ao piloto da Chip Ganassi o 18ºlugar. Ele teria de voltar a pista, Com essa volta ele iria lá para trás no Grid de Largada sem dúvida nenhuma. E mais, Voltar para tentar entrar entre os 9 que iriam disputar a pole position.

James Hinchcliffe, Não qualificado para as 500 Milhas no ano passado foi para a pista tentar a classificação. Ele foi pole position em 2016. A primeira volta ficou em 228.1 Milhas, Quando vinha na sua segunda volta, O Canadense bate no muro na Curva 2, Bate no Muro e acaba ficando sem tempo. Uma segunda eliminação seguida poderia destruir sua autoconfiança em Indianapolis para todo sempre. Essa possibilidade terrível poderia acontecer após a batida.

O Treino ficou interrompido. Para o reparo do muro na curva 2. Após 15 minutos a Classificação recomeçou, Com a participação do Mexicano Patrício O’Hard da Carlin. Ele era o 28ºpiloto dos 36 a fazer sua volta. Sua primeira volta foi ruim, 226.4 milhas. Era tempo no nível do tempo de Fernando Alonso. A sua segunda volta foi de 226.2 Milhas, A terceira o Mexicano caiu para a casa das 225 milhas (225.7 Milhas) Na sua volta final, foi a pior, 224.384 Milhas. Com a média de 225.727 Milhas ele só estava na frente de Fernando Alonso, Sage Karam e James Hinchcliffe.

Graham Rahal foi para a pista, O filho de Bobby Rahal ficou em 3ºlugar em 2011 e buscava repetir o feito do pai. (Bobby Rahal ganhou a prova em 1986) A primeira volta do norte-americano foi de 227.1 Milhas, bem pior do que a 1ªVolta do Sato. A Sorte é que na segunda ele equilibrou e ficou nas 227 milhas. E seguiu melhorando, foi para 227.2 milhas na 3ªvolta e na última volta ficou em 226.9 milhas. Mas as suas voltas acabaram por colocar Rahal em 22º com 227.095 Milhas. Sem dúvida ele iria voltar para buscar uma volta melhor, Ele precisaria fazer melhor do que fez, Até porque ele e a equipe podem ir melhor.

Matheus Leist é o 30ºpiloto a entrar na pista, O piloto da Foyt iria para a sua 2ªVez nas 500 milhas de Indianapolis. Sua primeira volta foi fraca, Apenas 227.5 Milhas. A segunda volta foi melhor, 227.7 Milhas o que dava alguma chance ao novato de Novo Hamburgo (RS). Sua terceira volta piora em 0.5 Milha (227.1 Milhas) e sua volta final acabou em uma ruim marca de 224.535 Milhas. Leist fechou com a média de 226.727 Milhas e estava em 24ºlugar. Com riscos de ir ao Bump Day. Certamente ele teve problemas na ultima volta, Perder 3 milhas em uma volta em relação as outras não é normal.

Classificação após 30 pilotos terem feito a Classificação

posPilotoEquipeMotorMédia
1.21Spencer PigotEd Carpenter RacingChevrolet 230.083 Milhas
2.12Will Power Team PenskeChevrolet 230.081 Milhas
3.22Simon PagenaudTeam PenskeChevrolet 229.854 Milhas
4.2Josef NewgardenTeam PenskeChevrolet 229.749 Milhas
5.63Ed JonesEd Carpenter Racing Scuderia CorsaChevrolet 229.440 Milhas
6.20Ed CarpenterEd Carpenter RacingChevrolet 229.349 Milhas
7.27Alexander Rossi Andretti AutosportHonda 228.816 Milhas
8.18Sébastien BourdaisDale Coyne Racing with Vasser-SullivanHonda 228.800 Milhas
9.98Marco AndrettiAndretti Herta Autosport w/ Marco Andretti & Curb-AgajanianHonda 228.756 Milhas
10.3Hélio Castroneves  Team PenskeChevrolet 228.523 Milhas
11.7Marcus Ericsson Arrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda 228.511 Milhas
12.30Takuma Sato Rahal Letterman Lanigan RacingHonda 228.300 Milhas
13.33James DavisonDale Coyne Racing with Byrd/Hollinger/BelardiHonda 228.273 Milhas
14.14Tony Kanaan A. J. Foyt EnterprisesChevrolet 228.120 Milhas
15.77Oriol ServiàMotoGator Team Stange Racing with Arrow Schmidt PetersonHonda 227.991 Milhas
16.25Conor DalyAndretti AutosportHonda 227.921 Milhas
17.23Charlie KimballCarlinChevrolet 227.915 Milhas
18.9Scott Dixon Chip Ganassi RacingHonda 227.806 Milhas
19.19Santino Ferrucci Dale Coyne RacingHonda 227.731 Milhas
20.60Jack HarveyMeyer Shank Racing with Arrow Schmidt PetersonHonda 227.695 Milhas
21.39Pippa MannClauson-Marshall RacingChevrolet 227.244 Milhas
22.15Graham RahalRahal Letterman Lanigan RacingHonda 227.095 Milhas
23.59Max ChiltonCarlinChevrolet 226.934 Milhas
24.42Jordan King Rahal Letterman Lanigan RacingHonda 226.862 Milhas
25.4Matheus LeistA. J. Foyt EnterprisesChevrolet 226.727 Milhas
26.81Ben Hanley DragonSpeedChevrolet 225.950 Milhas
27.31Patricio O’Ward CarlinChevrolet 225.727 Milhas
28.66Fernando AlonsoMcLaren RacingChevrolet 225.113 Milhas
29.24Sage KaramDreyer & Reinbold RacingChevrolet 215.723 Milhas
30.5James HinchcliffeArrow Schmidt Peterson MotorsportsHondaSem Tempo

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *