Indy 500 – Edição 103 – Capítulo 2

O 11ºPiloto a entrar na pista era Max Chilton da Carlin. Em 2017, ficou em 4ºlugar numa exibição belíssima. Agora tentava a classificação com a equipe inglesa. Nada parecia que iria ser uma volta tão ruim como a do Hanley, Mas a primeira volta do inglês foi bem ruim, 227.6 milhas e a segunda foi de 227.0 milhas. Essas voltas não davam garantia nenhuma para o piloto entrar entre os 30º. As duas últimas voltas foram piores: 226.4 Milhas na terceira e 226.6 Milhas (Conseguiu melhorar no final), Mais a média de 226.934 jogava ele para o 10ºlugar entre os 11 que Classificaram até agora.

Jack Harvey, 3ºlugar na prova passada foi para a pista. Teoricamente para a Meyer Shank seria mais fácil entrar entre os 30 primeiros colocados. Sua primeira volta de 228.5 milhas não impressionou, Mas parecia suficiente para atingir o seu objetivo. A segunda volta foi de 227.9 milhas, A terceira volta o inglês arriscou tudo e marcou 227.6 milhas e na sua última volta a passagem foi de 226.6 milhas. Sua volta ficou foi ruim e sua média ficou em 227.695 milhas, Ficando na frente de Chilton e de Hanley apenas. Com mais 24 pilotos pela frente, Sua classificação não estava garantida ainda.

O Jovem Santino Ferrucci vai para a pista, piloto da Dale Coyne é estreante nas 500 milhas de Indianapolis. Com 228.2 milhas sua primeira passagem não parece ser boa. As suas outras voltas ficaram em 228.0 Milhas na 2ª, 227.5 Milhas na 3ª e 227.1 Milhas na volta final. A Média ficou em 227.731 milhas e com isso ele ficou na frente de Jack Harvey, na 10ªposição.

Indianapolis Motor Speedway Wednesday, May 15, 2019 ©2018 Walt Kuhn

O sueco Marcus Ericsson, também estreante foi para a pista. O Carro da Schmidt-Peterson deve dar tranquilidade para a Classificação entre os 30 primeiros. Para quem nunca tinha se classificado em Indianapolis, A média de 229 milhas em sua primeira volta não era nada ruim, Pelo contraio, Era muito boa para a classificação. Porém a segunda ele perdeu 0.8 milhas (Esse tipo de queda é grande nos dias de hoje), Na 3ªVolta ele melhora para 228.4 milhas e na sua volta final foi de 228.3 milhas. A sua média ficou em 228.511 milhas por hora e se colocou em 7ºlugar, A frente de Tony Kannan e atrás de Marco Andretti. (Teoricamente sua classificação estava totalmente segura)

James Davison foi para a pista, Piloto Australiano que corre pela Dale Coyne nessa edição das 500 milhas. Sua primeira volta foi rápida: 229.2 milhas por hora, A segunda ele fez bem mais lento (228.1 milhas) essa queda de 1.1 milha de uma volta para outra era preocupante em relação a uma classificação entre os 30. As suas 2 últimas voltas foram em 227.8 milhas, O que acabou colocando Davison em 8ºlugar, Com a média de 228.273 Milhas.

Ed Jones da Carpenter foi para a pista, Ele foi 3ºlugar nas 500 milhas de 2017 e vinha com um dos melhores carros para o Oval de Indianapolis. Sua primeira volta foi sensacional: 231.015 milhas por hora, Era desempenho para brigar pela liderança com Pigot e Power. Sua segunda volta piorou em praticamente 1 milha a média de velocidade. Na terceira volta foi de 229.1 milhas, A tendência era ele ficar atrás de Pigot e Power. Sua volta final foi terrível, Apenas 227.5 milhas. Mesmo assim, Com toda a inconstância ele conseguiu ficar com 229.440 milhas de média na sua passagem e se colocou em 3ºlugar.

Takuma Sato Na pista, Vencedor das 500 Milhas em 2017 ele era o primeiro dos pilotos da Rahal a marcar volta. Sua primeira volta não animou ninguém, Com Apenas 228.7 milhas. A segunda passou para 228.2 milhas. As outras voltas não ajudaram muito(227.8 e 228.2) Foram o bastante para colocar o japonês em 9º, com 228.300 milhas. Teoricamente esse tempo levava uma classificação sossegada para a corrida.

Simon Pagenaud, Vencedor da prova passada foi para a pista. Para um piloto da Penske a meta não é só classificar, Mas também entrar entre os 9 pilotos que iriam disputar a pole no domingo. O Francês fez uma bela primeira volta de 230.5 milhas por hora. Sua segunda volta foi mais lenta, 229.8 milhas. A terceira volta a queda de velocidade acabou sendo apenas de 0.1 milhas de média, Muito boa essa passagem. Sua volta final ficou em 229.3 milhas e com isso o Francês ficou em 3º, com a média de 229.854 milhas por hora.

A Próxima a entra era a inglesa Pippa Mann, Eliminada da prova de 2019. Ela tinha um acerto de contas para fazer com Indianapolis em 2019. Sua primeira volta foi de 228.3 milhas, O que era preocupante para ela que buscava pelo menos um lugar entre os 30 primeiros, sem precisar de Bump Day, Mas a segunda volta foi de 227.3 milhas. Por ter caído 1 milha de uma volta para a outra preocupava esse desempenho. A terceira volta foi de 226.4 milhas e acabou melhorando para 226.7 milhas. Graças a isso Mann ficou com 227.244 Milhas e estava na 17ªposição. Porém, ainda sua situação era delicada para se classificar direto.

Fernando Alonso, Com a Mclaren entrava na pista para buscar classificação. Sua 2ªVez em Indianapolis buscando a vitória para completar a Tríplice Coroa.  Mas a sua primeira volta foi horrível: 226.971 milhas. Foi a pior primeira volta de todas até agora! Sua segunda volta foi pior ainda, 225.0 milhas, O Carro estava ruim, definitivamente não rendia nada. A Terceira volta foi em 224.6 milhas e a volta final ficou em 223.8 milhas. A média de 225.123 milhas por hora dava a ele o 20ºlugar, Longe de Hanley e muito mais de qualquer possibilidade de classificação para as 500 milhas. Certamente o Espanhol iria voltar a pista.

Classificação após 20 pilotos terem feito suas classificações:

posPilotoEquipeMotorMédia
1.21Spencer PigotEd Carpenter RacingChevrolet 230.083 Milhas
2.12Will Power Team PenskeChevrolet 230.081 Milhas
3.22Simon PagenaudTeam PenskeChevrolet 229.854 Milhas
4.63Ed JonesEd Carpenter Racing Scuderia CorsaChevrolet229.440 Milhas
5.20Ed CarpenterEd Carpenter RacingChevrolet 229.349 Milhas
6.27Alexander Rossi Andretti AutosportHonda 228.816 Milhas
7.18Sébastien BourdaisDale Coyne Racing with Vasser-SullivanHonda228.800 Milhas
8.98Marco AndrettiAndretti Herta Autosport w/ Marco Andretti & Curb-AgajanianHonda228.756 Milhas
9.7Marcus Ericsson Arrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda228.511 Milhas
10.30Takuma Sato Rahal Letterman Lanigan RacingHonda228.300 Milhas
11.33James DavisonDale Coyne Racing with Byrd/Hollinger/BelardiHonda228.273 Milhas
12.14Tony Kanaan A. J. Foyt EnterprisesChevrolet228.120 Milhas
13.25Conor DalyAndretti AutosportHonda227.921 Milhas
14.23Charlie KimballCarlinChevrolet227.915 Milhas
15.19Santino Ferrucci Dale Coyne RacingHonda227.731 Milhas
16.60Jack HarveyMeyer Shank Racing with Arrow Schmidt PetersonHonda227.695 Milhas
17.39Pippa MannClauson-Marshall RacingChevrolet227.244 Milhas
18.59Max ChiltonCarlinChevrolet226.934 Milhas
19.81Ben Hanley DragonSpeedChevrolet225.950 Milhas
20.66Fernando AlonsoMcLaren RacingChevrolet225.113 Milhas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *