Indy 500 – Edição 103 – Capítulo 1

Lista de Pilotos inscritos

PilotoEquipeMotor
2 Josef Newgarden Team PenskeChevrolet
3 Hélio Castroneves Team PenskeChevrolet
4 Matheus Leist A. J. Foyt EnterprisesChevrolet
5 James Hinchcliffe Arrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda
7 Marcus Ericsson Arrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda
9 Scott Dixon Chip Ganassi RacingHonda
10 Felix Rosenqvist Chip Ganassi RacingHonda
12 Will Power    Team PenskeChevrolet
14 Tony Kanaan   A. J. Foyt EnterprisesChevrolet
15 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan RacingHonda
18 Sébastien Bourdais Dale Coyne Racing with Vasser-SullivanHonda
19 Santino Ferrucci Dale Coyne RacingHonda
20 Ed Carpenter Ed Carpenter RacingChevrolet
21 Spencer Pigot Ed Carpenter RacingChevrolet
22 Simon Pagenaud Team PenskeChevrolet
23 Charlie Kimball CarlinChevrolet
24 Sage Karam Dreyer & Reinbold RacingChevrolet
25 Conor Daly Andretti AutosportHonda
26 Zach Veach Andretti AutosportHonda
27 Alexander Rossi   Andretti AutosportHonda
28 Ryan Hunter-Reay   Andretti AutosportHonda
30 Takuma Sato  Rahal Letterman Lanigan RacingHonda
31 Patricio O’Ward  CarlinChevrolet
32 Kyle Kaiser Juncos RacingChevrolet
33 James Davison Dale Coyne Racing with Byrd/Hollinger/BelardiHonda
39 Pippa Mann Clauson-Marshall RacingChevrolet
42 Jordan King   Rahal Letterman Lanigan RacingHonda
48 J.R. Hildebrand Dreyer & Reinbold RacingChevrolet
59 Max Chilton CarlinChevrolet
60 Jack Harvey Meyer Shank Racing with Arrow Schmidt PetersonHonda
63 Ed Jones Ed Carpenter Racing Scuderia CorsaChevrolet
66 Fernando Alonso McLaren RacingChevrolet
77 Oriol Servià MotoGator Team Stange Racing with Arrow Schmidt PetersonHonda
81 Ben Hanley DragonSpeedChevrolet
88 Colton Herta Harding Steinbrenner RacingHonda
98 Marco Andretti Andretti Herta Autosport w/ Marco Andretti & Curb-AgajanianHonda

Primeiro dia de Classificação para o Grid das 500 milhas de Indianápolis

O primeiro a ir para a pista foi o Norte-Americano Conor Daly da Andretti. As duas primeiras voltas dele foram as melhores passando a 228 milhas por hora, As duas últimas baixaram sua volta para a casa dos 227.9 milhas. Para ele melhorar esse tempo ele teria que jogar fora a sua volta para fazer uma nova tentativa, Com risco ou de piorar a volta ou de bater no muro.

Spencer Pigot foi para a pista, E já mostrou suas cartas, A primeira volta foi de 230.800 milhas, Nesse ritmo sem dúvida ele estaria classificado para a disputa da pole position. A Segunda volta baixou em 0.8 milhas, A terceira a velocidade caiu para a casa dos 229,7 milhas. Na sua última volta ele acabou com 229.6 milhas, O Bastante para se colocar em 1º com media de 230 milhas por Hora. Acredito que Pigot já estava classificado para a disputa da pole com essa Marca, normal para quem correr com o carro da Carpenter em Indianapolis.

Alexander Rossi foi o terceiro a entrar na pista. O segundo da Andretti a participar do Pole Day. Suas voltas mostram o quanto o carro dele estava rápido, Mas o quanto Pigot estava mais rápido. O Vencedor das 500 milhas de 2016 Fez as duas primeiras voltas com média em 229 milhas e as duas últimas em 228 Milhas. No final, Rossi marca 228.816 Milhas de média e se colocou na segunda posição.

Ed Carpenter, Pole position 3 vezes e 2ºlugar do ano passado estava na pista. Sua primeira volta ficou na casa dos 230 milhas por hora, A partir da segunda volta é que ele caiu para a casa das 229 milhas e acabou que no final ele caiu para as 228 milhas no final. Seu carro era bem mais inconsistente até agora, Apesar de ter marcado o segundo tempo com 229.349 milhas por hora.

O quinto a entrar na pista foi Sebastien Bourdais, com sua Dale Coyne. Em 2017, uma batida violenta lhe tirou da prova e deixou ele fora de ação por longos 3 meses. Agora o francês estava disposto a tentar a primeira vitória dele e da equipe. Sua voltas foram boas, A primeira com média de  229.7 milhas e a segunda foi na mesma casa de 229.7 milhas e mais rápida que a primeira volta (O primeiro a melhora sua volta), Mas acabou fazendo uma terceira volta bem mais lenta, Com 226 milhas. Sem dúvida ele cometeu algum erro de pilotagem. Pois sua última volta foi de 228.9 milhas. A Média dele nesse momento era de 228.800 milhas, Na 4ªposição.

Tony Kannan, Vencedor das 500 milhas de 2013 foi o 6ºpiloto a entrar na pista. O Carro do piloto Brasileiro chegou a ter a velocidade máxima de 236 milhas no final da reta oposta. Mas isso não ajudou muito ao veterano de 44 anos. Sua primeira volta foi de 288.6 milhas, A segunda foi de 228.2 milhas, A terceira foi 227.8 milhas e a sua última volta foi de 227.7 milhas. No total a sua volta foi em 228.120 milhas o que lhe deu o 5ºlugar até aquele momento.

Tentando tirar uma maldição que a Família Andretti tem nessa pista, Marco Andretti foi para a pista com o seu carro da Andretti-Herta. E começou com uma bela passagem de 229.6 milhas, Mas na segunda volta caiu 0.7 milhas indo para a casa das 228.9 milhas, A terceira volta foi de 228.4 milhas e sua volta final acabou conseguiu manter-se na cada das 228 milhas de média. A media final das 4 voltas foi de 228.756 milhas, no que deu a ele o 5ºlugar entre 7 pilotos.

Dos que foram para a pista, somente Daly corria algum risco de cair fora dos 30 primeiros.

Charlie Kimball, Foi terceiro colocado em 2015 foi para a pista com a Carlin. A primeira volta de 228.3 milhas mostrava que a briga de Kimball era classificar entre os 30 e não disputar a pole position. E isso meio que se confirmou nas voltas seguintes: 227.9 milhas nas 2ª e 3ªVoltas e na sua última volta foi de 227.4 milhas. No final ele fica com 227.915 milhas em 8ºlugar, Apenas 0.006 milhas mais lento que Daly.

Will Power foi o primeiro Penske a entrar na disputa, O Australiano venceu no ano passado e vinha disposto a ganhar o bicampeonato seguido. A Primeira volta de 230.4 milhas impressiona, Ele era muito rápido. A segunda volta de 230.0 milhas mostrava que Power queria a primeira posição e a pole position. Suas duas últimas voltas com 229.8 milhas de média quase deram a liderança a Power. Ficando a 0.002 milhas de Spencer Pigot (230.081 milhas de média)

Ben Hanley da Dragon Speed foi o próximo a entrar, Com o objetivo bem claro de entrar entre os 30 e disputar a corrida. Isso ficou bem claro, Sua velocidade na reta oposta chegou a 233 milhas apenas, Sua primeira volta foi de 227.2 milhas. E quanto a segunda volta foi completada a preocupação aumentou para o inglês, 226.3 milhas. As voltas vinha piorando muito, 225.3 milhas era a média da terceira e na última volta 224.8 milhas. Isso levava Hanley para o último lugar. pior que isso era as chances de ficar entre os 6 últimos que iriam para o Bump Day no domingo estava bem grandes para ele.

Classificação até 10 pilotos entrarem na pista:

posPilotoEquipeMotorMédia
1.21Spencer PigotEd Carpenter RacingChevrolet230.083 Milhas
2.12Will Power Team PenskeChevrolet230.081 Milhas
3.20Ed CarpenterEd Carpenter RacingChevrolet229.349 Milhas
4.27Alexander Rossi Andretti AutosportHonda228.816 Milhas
5.18Sébastien BourdaisDale Coyne Racing with Vasser-SullivanHonda228.800 Milhas
6.98Marco AndrettiAndretti Herta Autosport w/ Marco Andretti & Curb-AgajanianHonda228.756 Milhas
7.14Tony Kanaan A. J. Foyt EnterprisesChevrolet228.120 Milhas
8.25Conor DalyAndretti AutosportHonda227.921 Milhas
9.23Charlie KimballCarlinChevrolet227.915 Milhas
10.60Jack HarveyMeyer Shank Racing with Arrow Schmidt PetersonHonda225.920 Milhas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *