Em Monza Rossi e Evans conquistam vitórias na GP2, Mas Vandoorne mantem vantagem e pode ser campeão em Sochi

Na primeira prova no sábado Pierre Gasly acabou largando na frente e disparando deixando o piloto Alex Lynn que ganhou o segundo lugar de Stoffen Vandoorne que não tinha um grande carro na mão tanto é que ele perdeu posição também para Sirotkin ficando em quarto lugar. No final da segunda volta o Holandês Louco e quebrador de carros na Renault 3.5 Meindert van Buuren acabou batendo de novo dessa vez na entrada da reta de acesso para os boxes. Isso provocou a entrada do Safety Car na pista para que o carro do Holandês que correu pela MP Motorsport.

Na Relargada Gasly continuava a liderar a Prova, Na 8ªVolta em busca de melhor desempenho Stoffen Vandoorne foi para os boxes para colocar os pneus duros, Gasly foi para os boxes na 9ªVolta para fazer a mesma tática e voltar a corrida, Mas a equipe acabou jogando o trabalho do piloto francês fora porque não apertaram uma das  porcas de um dos pneus obrigando o piloto da DAMS a andar bem lentamente o que tirou qualquer chance de vitória para ele que fazia corrida irretocável até aquele momento.

O Francês Gasly acabou sendo prejudicado pela equipe DAMS que fez um trabalho ruim para trocar os pneus.
O Francês Gasly acabou sendo prejudicado pela equipe DAMS que fez um trabalho ruim para trocar os pneus.

Alex Lynn na metade da corrida acabou cometendo um erro após uma infeliz tentativa de ultrapassagem e acabou sendo o causador de um acidente que envolveu o russo Sirotkin. Após o acidente ambos deixaram a prova, Sorte para Vandoorne que poderia vencer mais uma corrida na temporada, Mas na reta final da corrida veio muito forte o piloto da Racing Engineering Alexandre Rossi que tinha mais carro que o piloto Belga da ART Grand Prix e concretizou a ultrapassagem a poucas voltas do final para garantir a vitória e impedir que seu rival na luta pelo título se afastasse ainda mais na liderança. Mas Vandoorne tem ainda uma enorme diferença no campeonato o que pode tornar ele campeão de uma forma bem antecipada.

Norman Nato fez um belo final de corrida chegando na terceira posição, Mas uma punição de 5 segundos tirou o pódio do piloto Francês, Sorte para Mitch Evans que largou das últimas posições para ficar em 3ºlugar, Nato ficou atrás de Richie Stanaway da Status Grand Prix e de Artem Markelov que também largou das últimas posições e que conseguiu formidável recuperação, Arthur Pic e Jordan King chegaram em 7º e 8º e iriam largar na primeira fila na corrida de Domingo com King na pole position. Visoiu e Binder completaram a zona de pontuação, André Negrão ficou posicionado em 14ºlugar.

Resultado final da 15ªCorrida da GP2 Series – GP da Itália

1    Alexander Rossi        (Racing Engineering)        49m32.084s
2    Stoffel Vandoorne    (ART Grand Prix)        1.275s
3    Mitch Evans        (RUSSIAN TIME)            15.094s
4    Richie Stanaway        (Status Grand Prix) 17.784s
5    Artem Markelov        (RUSSIAN TIME)            18.198s
6    Norman Nato        (Arden International)        18.382s
7    Arthur Pic        (Campos Racing)            18.842s
8    Jordan King        (Racing Engineering)        19.862s
9    Robert Visoiu        (Rapax)                22.083s
10    Rene Binder        (MP Motorsport)            22.556s
11    Sergio Canamasas    (Daiko Team Lazarus)        30.868s
12    Julian Leal        (Carlin)            32.871s
13    Rio Haryanto        (Campos Racing)            36.041s
14    Andre Negrao        (Arden International)        36.166s
15    Raffaele Marciello    (Trident)            37.170s
16    Simon Trummer        (Hilmer Motorsport)        37.541s
17    Patric Niederhauser    (Daiko Team Lazarus)        45.741s
18    Johnny Cecotto Jr.    (Trident)            46.250s
19    Jann Mardenborough    (Carlin)            48.908s

Não Completaram a corrida:

Sergey Sirotkin            (Rapax)            a 15 Voltas
Alex Lynn            (DAMS)            a 17 Voltas
Pierre Gasly            (DAMS)            a 20 Voltas
Nobuharu Matsushita        (ART Grand Prix)    a 21 Voltas
Marlon Stockinger        (Status Grand Prix)    a 21 Voltas
Meindert van Buuren        (MP Motorsport)        a 28 Voltas

Na Segunda corrida na largada Jordan King acabou batendo em Norman Nato e ambos deixaram a corrida, deixando a liderança da prova com o Francês Arthur Pic com Stanaway em segundo, Evans em 3º e Vandoorne em 4º.

Mitch Evans passou a Stanaway que também foi superado pelo piloto Belga da ART Grand Prix e o piloto da Russian Time foi para cima de Pic que resistiu a pressão de Evans até a penúltima volta, na volta final na segunda chicane acabou perdendo a vitória na última curva para Evans que de um final de semana em que poderia ter sido desastroso pelo grid dele na primeira corrida largando das últimas posições devido a uma punição por causa da pressão dos pneus fora do regulamento. Pic ficou em 2º e Vandoorne acabou em 3ºlugar e esta cada vez mais perto do campeonato. Com 261 pontos contra 153 de Alexander Rossi que abandonou a segunda corrida na 6ª Volta o piloto da ART Grand Prix pode ser campeão na próxima Rodada Dupla no circuito de Sochi na Rússia nos dias 10 e 11 de Outubro.

Arthur Pic acabou perdendo a vitória para Mitch Evans na volta final.
Arthur Pic acabou perdendo a vitória para Mitch Evans na volta final.

Falaremos da Bela corrida de recuperação de Sergey Sirotkin que largou das últimas posições devido ao acidente que sofreu no sábado para ficar em uma brilhante 5ªposição atrás de Richie Stanaway que teve belo final de semana com a Status GP mostrando o seu valor como piloto que poderia correr na Formula 1. Canamassas, Marciello e Binder completaram a zona de pontuação, André Negrão terminou o final de semana fora dos pontos ficando em 18ºlugar.

A Próxima etapa acontece em Sochi na Rússia nos dias 10 e 11 de Outubro, Corrida essa que pode consagrar o Belga Stoffel Vandoorne como campeão da GP2 Series dessa temporada, Ele que esta praticamente certo que vai para a Formula 1 em 2016 na Mclaren no lugar ou de Fernando Alonso ou de Jenson Button.

Resultado final da 16ªCorrida da GP2 Series – GP da Itália

1 Mitch Evans (RUSSIAN TIME) 34m17.890s em 21 Voltas
2 Arthur Pic (Campos Racing) 0.707s
3 Stoffel Vandoorne (ART Grand Prix) 1.066s
4 Richie Stanaway (Status Grand Prix) 7.623s
5 Sergey Sirotkin (Rapax) 8.871s
6 Sergio Canamasas (Daiko Team Lazarus) 11.895s
7 Raffaele Marciello (Trident) 12.150s
8 Rene Binder (MP Motorsport) 13.241s
9 Julian Leal (Carlin) 14.352s
10 Alex Lynn (DAMS) 14.502s
11 Rio Haryanto (Campos Racing) 15.250s
12 Pierre Gasly (DAMS) 15.672s
13 Johnny Cecotto Jr. (Trident) 17.686s
14 Artem Markelov (RUSSIAN TIME) 18.625s
15 Nobuharu Matsushita (ART Grand Prix) 22.464s
16 Simon Trummer (Hilmer Motorsport) 23.094s
17 Patric Niederhauser (Daiko Team Lazarus) 25.186s
18 Andre Negrao (Arden International) 25.570s
19 Marlon Stockinger (Status Grand Prix) 26.228s
20 Jann Mardenborough (Carlin) 35.277s

Não Terminaram a corrida:

Robert Visoiu (Rapax) a 15 Voltas
Alexander Rossi (Racing Engineering) a 15 Voltas
Jordan King (Racing Engineering) a 20 Voltas
Norman Nato (Arden International) a 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: GP2 Series

Sem categoria

Deixe uma resposta