GP do Pacífico de 1994

Grid de Largada:

1. Ayrton Senna (Williams-Renault) 1’10.218
2. Michael Schumacher (Benetton-Ford)1’10″440
3. Damon Hill (Williams-Renault)1’10″771
4. Mika Hakkinen (Mclaren-Pegueot)1’11″683
5. Gerhard Berger (Ferrari)1’11″744
6. Martin Brundle (Mclaren-Pegueot)1’12″351
7. Nicola Larini (Ferrari)1’12″372
8. Rubens Barrichello (Jordan-Hart)1’12″409
9. Christian Fittipaldi (Footwork-Ford)1’12″444
10. Jos Verstappen (Benetton-Ford)1’12″554
11. Heinz-Harald Frentzen (Sauber-Mercedes)1’12″686
12. Mark Blundell (Tyrrell-Yamaha)1’12″751
13. Gianni Morbidelli (Footwork-Ford)1’12″866
14. Ukyo Katayama (Tyrrell-Yamaha)1’13″013
15. Michele Alboreto (Minardi-Ford)1’13″016
16. Erik Comas (Larrousse-Ford)1’13″111
17. Pierluigi Martini (Minardi-Ford)1’13″529
18. Eric Bernard (Ligier-Renault)1’13″613
19. Karl Wendlinger (Sauber-Mercedes)1’13″855
20. Aguri Suzuki (Jordan-Hart)1’13″932
21. Olivier Beretta (Larrousse-Ford)1’14″101
22. Olivier Panis (Ligier-Renault)1’14″106
23. Johnny Herbert (Lotus-Mugen Honda)1’14″424
24. Pedro Lamy (Lotus-Mugen Honda)1’14″657
25. David Brabham (Simtek-Ford)1’14″748
26. Roland Ratzenberger (Simtek-Ford)1’16″356

Não Classificaram:

27. Bertrand Gachot (Pacific-Ilmor)1’16″927
28. Jean Paul Belmondo (Pacific-Ilmor)1’17″450

Vitória de Schumacher em Aida deixa alemão com 20 a 0 sobre Senna, e Rubinho conquista primeiro pódio.

O Segundo Desafio da Temporada iria ser numa pista nova, jamais corrida na formula 1, a pista de Aida teria a honra de realizar o Gp do Pacífico e seria o palco para mais uma batalha entre Ayrton Senna e Michael Schumacher.

Mais uma vez Ayrton Senna conquista a pole com Schumacher em Segundo, a expectativa é que Senna finalmente pudesse mostrar todo o potencial da Williams-Renault que não tinha sido mostrado no Brasil.
Mas na Largada Schumacher toma a ponta e Hakkinen acaba dando um toque em Senna que fez o Brasileiro ir para a Brita e lá foi atingido por Nicola Larini que estava substituindo Alesi naquela corrida. e Schumacher Disparou na ponta nessa confusão , alguns carros ficaram para atrás. e uma das Tyrrell acabou rodando. Schumacher com isso iria para uma vitória sem dificuldades já que seu rival pela vitória e pelo titulo estava Fora, Hakkinen vinha em Segundo, mas já vinha pressionado por Hill, depois Berger, Barrichello e Brundle completavam os seis primeiros colocados. Agora que seja claro uma coisa, Larini apesar de se chocar com Senna não teve nada a Ver com a História. Na 3ªVolta Hill caiu muito provavelmente por causa de um erro e com isso foi para as posições intermediarias.

Após a volta 4 a Classificação era: Schumacher, Hakkinen 6.005, Berger 11.362, Barrichello 13.185, Brundle 14.318 e Christian Fittipaldi 15.337. Na Volta 5 Hill faz ultrapassagem em Jos Verstappen que o permitiu a tentativa de ataque em cima de Heinz-Harald Frentzen, na Volta seguinte Hill passou Frentzen e já estava em cima das Arrows para tomar as posições delas e voltar a zona de pontuação.

Schumacher vinha tranquilo na ponta da corrida, com uma estupenda vantagem para Hakkinen que em Segundo, com a marca do toque com o Senna no seu bico também não era incomodado por ninguém, Mas longe de ameaçar a liderança de Schumacher, isso na volta 11, Hill já vinha em 6º brigando com Brundle pelo 5ºlugar, na potência do Motor na Reta oposta Hill passou Brundle e assumiu a 5º posição e já vinha pra cima de Barrichello para lutar pelo 4ºlugar. Algo que acontece em uma Volta como acontece a ultrapassagem em uma volta, tamanha a Superioridade Técnica da Williams em cima da Jordan e da Mclaren-Pegueot. Hill já partia para a 4ªPosição e iria pra caça de Berger pelo 3ºLugar.

Na Volta 16 Barrichello tem toda a pressão de Brundle com a Mclaren-Pegueot nas suas costas. Hill pressionava Berger na luta pelo 3ºLugar.
Hakkinen foi para os boxes, o que parecia ser uma simples troca de pneus e combustível, virou um câmbio que quebrou fim de corrida para Hakkinen. A Classificação em 21: Ficaria aqui Schumacher, Gerhard Berber, Rubens Barrichello, de jordan em 3º, Brundle em 4º e Depois Fittipaldi e Frentzen, os 6 primeiros. Schumacher já tinha uma vantagem incrível para Berger e os demais pilotos na Volta 22 para 23 Schumacher iria para os box fazer reabastecimento e trocar os pneus, a vantagem era cômoda e fez Schumacher voltar na pinta com muita folga para o 2º. Brundle apertava Barrichello fortemente pelo 3ºLugar na corrida.
Brundle parou para a sua primeira parada e voltou atrás de Christian Fittipaldi, e Hill estava pressionando Barrichello e passou assumindo de novo a 2ªposição. Hill e Brundle tinham feito suas paradas, enquanto Barrichello e Fittipaldi ainda não tinham feito suas paradas. Na Volta seguinte Barrichello para nos boxes para o primeiro reabastecimento e Troca de pneus e Voltava na Frente de Fittipaldi, Brundle e Verstappen, isso tudo depois da volta de número 35. 6 Carros tinham abandonado a Corrida.

Schumacher já estava perto de dar uma volta em cima de Barrichello, Fittipaldi, Brundle e Verstappen, um impressionante ritmo de corrida de Schumacher com a Benetton-Ford V8 Zetec. A Classificação após 36 voltas era essa: Schumacher, Hill, Berger, Barrichello, Fittipaldi, Brundle e Verstappen que eram os Sete primeiros da corrida naquele momento.
Schumacher estava cheio de Trafego pela Frente, mas tinha uma imensa vantagem para Hill e portanto tinha tranquilidade para passar todos eles, mas Christian Fittipaldi não permitiu a ultrapassagem de Schumacher, o Brasileiro ficou durante duas voltas na frente do Alemão dificultando a ultrapassagem, e além disso Brundle aproveitou muito bem dessa situação para passar o Brasileiro da Footwork e assumir a 5ªPosição. Isso na volta 40.
Hill em segundo e Berger em Terceiro estavam distanciados um do outro, Mas a Williams estava pronta para uma parada de Damon Hill, que acontece na volta 42, um trabalho rápido da Williams que permitiu o Inglês voltar na segunda posição. Schumacher tinha Depois da Volta 42, 52 segundos na Frente de Hill, Berger vinha 55 Segundos, Depois Barrichello a 1:09, Brundle e Fittipaldi já estavam com uma volta de atraso na 5º e 6º posições respectivamente. Depois vinha 7.Verstappen, 8. Frentzen, 9.Morbidelli, 10. Wendlinger, 11. Alboreto, 12. Martini, todos esses também tinham uma volta de desvantagem para Schumacher.
Na volta 42 Katayama abandonaria a corrida, por quebra no motor. Verstappen agora estava pressionando Fittipaldi pelo 6ºlugar, com mais Carro Verstappen iria para o Ataque, mas como Fittipaldi era mais piloto o Brasileiro segurava muito bem o Holandês, Aguri Suzuki que substituía o Suspenso Eddie Irvine abandonaria a corrida. Ambos os japoneses não vinham entre os doze primeiros.

Após 45 Voltas Schumacher tinha um ritmo tão forte que estava a pronto de dar uma volta em cima de Berger e Hill que eram seus três maiores perseguidores na corrida.

Com 49 Voltas a Classificação era essa: Schumacher, Hill 55.316, Berger 1:08.027, Barrichello 1 Volta, Brundle 1 Volta, Verstappen 1 Volta, Christian Fittipaldi foi ultrapassado por Verstappen e perdia assim a 6ªposição. Mas ao termino da Volta 49 Hill tinha quebrado, era o final da Corrida para a Williams, que vinha o Domínio da Benetton Verde de Schumacher na liderança que fazia mais uma parada de Reabastecimento e troca de pneus, com isso Berger era o Segundo e Barrichello já era o 3ºLugar.

Brundle faria também sua segunda parada, que iria ser sua última, pois a Mclaren colocou combustível o bastante para ele terminar a corrida. Após 53 Voltas: Frentzen era o 6ºColocado, devido a parada de Christian, Verstappen também fazia sua parada, e depois rodada, em um erro estupido demais, tanto é que um mecânico da Ferrari riu da desgraça alheia, fim de corrida para o Holandês que tinha certeza de pontuação se não tivesse cometido um erro tão besta como esse. Todos estavam fazendo a segunda parada de pits para troca de pneus e reabastecimento. e as posições eram modificadas do 4º para atrás já que Schumacher, Berger e Barrichello tinham suas posições meia que consolidadas.

Barrichello sem ter feito sua parada ainda era o 2ºColocado. A Classificação era essa: Schumacher, Barrichello, Berger, Brundle, Fittipaldi e Morbidelli isso após 62 voltas, isso faltando a parada de Barrichello que não demoraria a acontecer. Ainda tinha 16 carros na corrida, numa corrida duríssima.

Barrichello fazia sua parada de Pits, mas a equipe se enrolou e acabou jogando Rubinho no 4ºlugar na corrida, e longe de tentar um ataque pra cima de Brundle, isso restando 18 Voltas para o Final da Corrida: Schumacher tinha 1:15.412 de vantagem para Berger que era o 2ºColocado, Brundle em Terceiro, Barrichello em 4º, Fittipaldi em 5º e Morbidelli em 6º estavam já com uma volta atrás de Schumacher.
Brundle estava perto de Berger e poderia brigar pelo segundo lugar com o Austríaco Gerhard Berger, Mas Brundle vai de novo para os Boxes, mas ele abandona a corrida e deixa a Disputa, o seu Mclaren-Pegueot estava com superaquecimento, e com isso Barrichello subia para a 3ªPosição e Christian Fittipaldi a 4ªPosição e Morbidelli em 5º e Frentzen em 6º. Isso depois da volta 71, numa terrível e cansativa corrida para o equipamento de todas as equipes, e Morbidelli que rinha numa boa 5ªPosição também abandonava com problemas no seu carro, seu carro vinha fumando fazia meia volta praticamente. Frentzen subia para o 5ºlugar e Comas com a Larrousse assumia a 6ªposição e Wendlinger e Alboreto se envolviam em um acidente, isso quase ao mesmo tempo que Morbidelli abandonava a corrida. em uma ultrapassagem diga-se de passagem equivocada de Alboreto que tentou aonde não devia.
Nesse momento da corrida apenas os dois primeiros eram de times Grandes, Barrichello de Jordan, Fittipaldi de Footwork e Frentzen de Sauber de equipes Médias e Comas de Larrousse, como time pequeno na zona de pontuação.

No Final da corrida a Ferrari preparava uma parada para Berger. só haviam 11 carros nas últimas voltas da corrida. Schumacher completava as últimas voltas com cuidado e já se poupando para vencer e abrir 20 pontos em cima de Senna e deixar o Brasileiro com obrigação de Vencer as próximas corridas para se aproximar de Schumacher. O pódio Seria completado por Gerhard Berger com sua limitada Ferrari e Rubens Barrichello que andou sempre entre os primeiros e conquistou seu primeiro pódio na sua Carreira, logo em sua 18ªCorrida na Formula 1, Fittipaldi numa ótima corrida terminou em 4º com a modesta Footwork, Frentzen com a Sauber fazia 2 pontos ao time suíço e Comas também numa excelente corrida terminava em 6º dando o primeiro pontinho para a Larrousse no ano. Ao Termino de Duas corridas Schumacher tinha 20 pontos e Rubens Barrichello já era o vice-líder do Campeonato com 7 pontos, Berger e Hill estavam com 6 pontos. e como fruto de uma corrida desgastante, apenas 11 terminaram a corrida.

Resultado Final do GP do Pacífico de 1994

Fotos:

Download do Vídeo do GP do Pacífico de 1994

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Bestlap / Formel1mic

Sem categoria

Deixe uma resposta