GP de Teruel – Moto GP – Morbidelli vence e Mir consolida liderança do Mundial

A MotoGP foi a 2ªprova do dia no Aragón Motorland. Uma corrida que apesar da vitória de Franco Morbidelli, mostrou também a ótima fase da Suzuki nesse momento decisivo do Mundial.

Takaagi Nakagami largou bem e manteve a liderança sobre Morbidelli e Rins, mas essa liderança durou poucas curvas, o piloto da LCR Honda acabou indo ao chão e abandonou a prova. Na curva 2, Jack Miller e Brad Binder foram para o chão. 3 pilotos saíram da corrida antes mesmo do final da 1ªVolta.

Morbidelli, Rins e Zarco eram os 3 primeiros colocados, O piloto da Avintia era disparado o melhor piloto da Ducati no final de semana. Viñales em 4º já estava sendo pressionado por Joan Mir da Suzuki. Quartararo, Crutchlow, Pol Espargaró, Alex Marquez e Oliveira completavam os 10 primeiros colocados. Em poucas voltas, o irmão de Marc Marquez ganha 3 posições, subindo para a 6ªposição.

Mir supera Viñales na metade da 6ªvolta, ganhando a 4ªposição. Marquez aproveitou e também superou o único piloto equipe oficial da Yamaha em Aragón. Mais uma vez a Yamaha sofria com os problemas de ritmo de corrida das suas 3 motos, Com exceção de Morbidelli, que vinha bem na liderança, mas com Rins na sua cola. Já Quartararo acabou sendo superado primeiro por Pol Espargaró, logo começou a ser pressionado por Miguel Oliveira.

Na 11ªVolta, Mir supera Zarco e assume a 3ªposição. O líder do campeonato estava muito bem colocado, 1.6 segundos atrás de Morbidelli e Rins, mas Mir não poderia bobear, já que Alex Marquez passou Zarco, apesar do piloto da Avintia ter recuperado por uma vez a posição, o piloto da Honda se impôs ao francês levando a 4ªposição. Viñales e Quartararo continuava caindo. O piloto da Yamaha oficial foi superado pelo Pol Espargaró perdendo a 6ªposição e Quartararo tinha enormes dificuldades para manter a 8ªposição dos ataques de Miguel Oliveira.

Alex Marquez vai ao chão no começo da 14ªvolta, dando fim a boa sequência de resultados recentes no pódio. Enquanto Morbidelli e Rins vinham se distanciando de Mir. Zarco vinha em 4º, Pol Espargaró passou para 5º, superando Viñales. A briga entre Quartararo e Oliveira pela 7ªposição continuou por mais algumas voltas, até que o piloto Português levou vantagem e ganhou a posição de Quartararo.

Andrea Dovizioso que vinha em uma corrida recuperação, em 9ºlugar acabou perdendo posições na reta final de corrida para Aleix Espargaró (Que abandonaria no final com problema mecânico), Iker Lecuona e Cal Crutchlow, caindo para 12ªposição.

A menos de 6 voltas do final, Miguel Oliveira superou Marevick Viñales e levava a sua KTM Tech 3 para a 6ªposição. Lá na frente, Morbidelli começou a abrir diferença para Rins, o piloto da Petronas estava mais perto da vitória. Mir já estava satisfeito com a 3ªposição. Pol Espargaró superou Zarco e ganhou a 4ªposição. O piloto da Avintia teria que suportar a pressão de Oliveira nas últimas voltas, isso sem pneus.

Morbidelli leva a moto com muita tranquilidade até a bandeirada, se tornando o segundo piloto a vencer mais de uma corrida nessa temporada. Essa vitória coloca o Ítalo-brasileiro com chances de disputar o título. O pódio foi completado pelos 2 pilotos da Suzuki. Alex Rins reviveu na disputa pelo título, com 1 vitória na semana anterior e um 2ºlugar no último domingo. Joan Mir chega na 3ªposição e continua na liderança do Mundial, com 14 pontos de frente para Fabio Quartararo a 3 etapas do final do campeonato.

Pol Espargaró leva a KTM á mais uma belíssima classificação para a marca Austríaca, chegando ao 4ºlugar. Johann Zarco por sua vez, resiste aos ataques de Miguel Oliveira e acabou o final de semana na 5ªposição, sendo disparado o melhor piloto da Ducati do final de semana. Miguel Oliveira acabou ficando com a boa sexta posição.

Marevick Viñales em 7º e Fabio Quartararo em 8º acabaram tendo um desempenho bem abaixo do desempenho de Morbidelli e abaixo do desempenho da sessão de classificação. Iker Lecuona da Tech 3, Danilo Petrucci da Ducati completam os 10 primeiros lugares.

Cal Crutchlow e Stefan Bradl tiveram desempenho bem abaixo de Nakagami e Marquez no final de semana, mas acabaram completando a corrida ao contraio dos dois, chegando em 11ª e 12ªposições. Andrea Dovizioso teve um final de semana terrível, com uma classificação ruim e com uma corrida ruim, ficou com a 13ªposição, Apenas a frente de Esteve Rabat da Avintia e Bradley Smith da Aprilla.

Faltam 3 corridas do final da temporada, Joan Mir é o piloto mais regular da disputa pelo título. Apesar de não ganhar corrida ainda, o piloto da Suzuki é o principal favorito ao título da categoria principal.

Fotos:

Resultado final do GP de Teruel
11ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto GP – 23 Voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
121Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha41’47.652
242Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 2.205
336Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 5.376
444Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 10.299
55Johann ZarcoEsponsorama RacingDucatia 12.915
688Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 12.953
712Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 14.262
820Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 14.720
927Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTMa 17.177
109Danilo PetrucciDucati TeamDucatia 19.519
1135Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 19.708
126Stefan BradlRepsol Honda TeamHondaa 20.591
134Andrea DoviziosoDucati TeamDucatia 22.222
1453Tito RabatEsponsorama RacingDucatia 26.496
1538Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniApriliaa 31.816
41Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 3 Voltas
73Álex MárquezRepsol Honda TeamHondaa 10 Voltas
63Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 18 Voltas
30Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 23 Voltas
43Jack MillerPramac RacingDucatia 23 Voltas
33Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 23 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta