GP da Espanha – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto GP – 4ªetapa

O roteiro parecia esta toda escrita para mais uma vitória para Fabio Quartararo, mas não foi isso que aconteceu. Com problemas físicos o francês perdeu rendimento e permitiu que o Australiano Jack Miller conquistasse a sua segunda vitória da carreira e ara a dobradinha da Ducati. Francesco Bagnaia e Franco Morbidell completaram o pódio.

Quartararo não largou bem e Miller assumiu a liderança, seguido de Morbidelli, Bagnaia, Quartararo, Aleix Espargaró e Nakagami. A corrida acabou cedo para Alex Marquez, na 8ªcurva após uma queda. Na segunda volta, foi à vez de Brad Binder ir para o chão, nesse caso o sul-africano voltou pra corrida.

Lá na frente, Quartararo começava a sua recuperação ao passar Francesco Bagnaia tomando a terceira posição das mãos do piloto da Ducati. Enquanto isso, Takaagi Nakagami perdeu posições para Rins e Mir caindo para 8ºlugar, mas logo Rins acabaria indo para o chão só voltando na última posição.

Quartararo passou Morbidelli e em seguida foi para cima de Miller. A ultrapassagem foi inevitável e o piloto da Yamaha ao completar a 4ªvolta já estava na liderança e passa a abrir vantagem na frente. Joan Mir erra a trajetória na curva 6, mas se segurou e ficou na 7ªposição, a frente de Viñales e atrás de Nakagami da LCR. Enquanto isso, Marquez vinha em 11º, logo a frente estava Pol Espargaró, seu companheiro de equipe.

Aleix Espargaró tentou passar Franco Morbidelli, mas acabou pressionado por Francesco Bagnaia que acaba tomando a posição do piloto da Aprilla a 4ªposição. Aleix passou a ser pressionado por Nakagami. Voltas depois, Bagnaia passou a ameaçar o pódio de Morbidelli. Enquanto isso, Enea Bastianini caiu ao chão e acabou abandonando a primeira corrida na MotoGP, Já Brad Binder repete a dose e cai pela segunda vez, dessa vez acabou abandonando a prova.

Na 15ªVolta, Bagnaia finalmente superou Morbidelli e assume a terceira posição. Quartararo e Miller parecia consolidada nas duas primeiras posições. Até que na mesma volta, o piloto francês com problemas físicos em seu braço começou a perder rendimento e Miller se aproveita disso e assume a ponta na 16ªvolta. A partir dai foi só ladeira abaixo para o piloto da Yamaha.

Logo Quartararo acabou superado por Bagnaia. Depois acabou superado por Morbidelli, Nakagami e Mir. No meio dessa disputa, Aleix acabou superado por Nakagami e Mir caindo para 6ªposição. Quartararo seguiu para o buraco, na 20ªVolta, já estava na 10ªposição. A 3 voltas do final, o piloto francês acaba superado por Oliveira e Bradl caindo para 13ªposição.

Jack Miller disparou na frente e se manteve tranquilo na ponta até a bandeirada. O Australiano conquistou a sua segunda vitória na categoria rainha do Mundial de Motovelocidade, após ter as 3 primeiras corridas muito frustrantes enfim Miller conseguiu usar seu potencial e da sua moto para conquistar o primeiro lugar. Francesco Bagnaia novamente chegou na segunda posição e passou para a liderança do campeonato, com 3 pódios em 4 corridas. Franco Morbidelli da Petronas completou o pódio na 3ªposição e salvou o dia da Yamaha.

Takaagi Nakagami ficou na 4ªposição, com um desempenho muito bom o final de semana inteiro e repetindo o seu melhor resultado na MotoGP. Com sua Suzuki, Joan Mir mais uma vez fez uma corrida regular e chegou na 5ªposição. Outro que repetiu um bom resultado foi Aleix Espargaró levando a Aprilla para a 6ªposição. Os três pilotos a medida do possível fizeram boas corridas.

Marevick Viñales em outro final de semana apagado acabou fechando a prova na 7ªposição, seguido de Johann Zarco da Pramac. Marc Marquez sobreviveu a mais uma corrida, ficando na 9ªposição em um final de semana que ele sofreu um susto, um acidente no 3ºtreino livre quase coloca tudo a perder na recuperação do Formiga Atômica. Pol Espargaró completou os 10 primeiros colocados.

Fabio Quartararo acabou ficando em uma lamentável 13ªposição, devido ao problema físico em seu braço na metade da prova. Miguel Oliveira da KTM e Stefan Bradl da Honda ficaram na frente dele. Os pilotos da Tech 3 fecharam a zona de pontuação, com Danilo Petrucci em 14º e Iker Lecuona em 15º. Valentino Rossi não apareceu em nenhum momento do final de semana e acabou a prova em uma trágica 17ªposição. O piloto de 41 anos precisa repensar seriamente a sua carreira.

Daqui a duas semanas teremos a 5ªetapa do Mundial, no circuito de Le Mans Bugatti será realizada o GP da França do Mundial de Motovelocidade.

Resultado final da 4ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Espanha – Jerez de la Fronteira

posPilotoEquipeMotoTempo
143Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati41’05.602
263Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucatia 1.912
321Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 2.516
430Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 3.206
536Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 4.256
641Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 5.164
712Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 5.651
85Johann ZarcoPramac RacingDucatia 7.161
993Marc MarquezRepsol Honda TeamHondaa 10.494
1044Pol EspargaróRepsol Honda TeamHondaa 11.776
1188Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTMa 14.766
126Stefan BradlHonda HRCHondaa 17.243
1320Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 18.907
149Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTMa 20.095
1527Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTMa 20.277
1610Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucatia 20.922
1746Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamahaa 22.731
1853Tito RabatPramac RacingDucatia 30.314
1932Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniApriliaa 37.912
2042Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 38.234
33Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 14 voltas
23Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucatia 14 voltas
73Alex MarquezLCR Honda CASTROLHondaa 25 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta