Formula V8 3.5 – Em Spa-Francorchamps vitórias de Orudzhev sob sol e de Vaxiviere sob chuva pesada em maio

Rodada dupla Realizada nos dias 21 e 22 de maio de 2016

Grid de largada da 5ªcorrida da Formula V8 3.5 – GP da Bélgica

1 Aurelien Panis (Arden) 1’58.369
2 Egor Orudzhev (Arden) 1’58.505
3 Rene Binder (Lotus) 1’58.737
4 Tom Dillmann (AVF) 1’58.799
5 Louis Deletraz (Fortec) 1’58.924
6 Yu Kanamaru (Ted Martin) 1’59.047
7 Roy Nissany (Lotus) 1’59.097
8 Johnny Cecotto Jr. (RP Motorsport) 1’59.293
9 Alfonso Celis (AVF) 1’59.601
10 Matevos Isaakyan (SMP Racing) 1’59.642
11 Pietro Fittipaldi (Fortec) 1’59.700
12 Vitor Baptista (RP Motorsport) 1’59.929
13 Beitske Visser (Ted Martin) 2’00.398
14 Giuseppe Cipriani (Durango) 2’04.691
15 Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 1’58.226

Como foi a quinta corrida da temporada

Largada com Panis que largou da pole ficando praticamente parado o que fez o Russo Egor Orudzhev assumir a liderança com Binder, Dillmann e Deletraz nas 4 primeiras posições, Panis caiu para o 12ºlugar, Uma largada horrível do piloto da Arden. Antes do final da primeira volta já veio o Dillmann que tinha ganho a posição do Binder e partia para cima do piloto Russo enquanto que Alfonso Celis jr. com problemas estava lento pela pista. Matevos Isaakyan não conseguiu se quer largar enquanto que na Segunda volta Deletraz passou Binder assumindo o 3ºlugar.

Dillmann que era o líder do campeonato estava na pressão em cima de Orudzhev que precisava de um bom resultado se quisesse pensar ainda em campeonato. Roy Nissany após 1 volta recolheu seu carro e deixou a corrida certamente por problemas em seu equipamento da Lotus checa que tinha Binder agora como o único representante na prova e sendo pressionado pelo Japonês Yu Kanamaru da Ted Martin.

Em busca de recuperação Panis faz linda ultrapassagem por fora em cima de Visser assumindo o 10ºlugar no final da terceira volta. Quem vinha chegando na disputa pela liderança era Louis Delétraz que estava já acompanhando aos dois primeiros colocados, Na 5ªVolta Orudzhev escapou um pouco, já Dillmann começava a sofrer pressão do piloto Suíço da equipe Fortec que tinha também o Brasileiro Pietro Fittipaldi que estava colocado em 7ºlugar. Aurélien Panis 2:02.777 tinha a melhor volta da prova marcada após a 4ªVolta.

Com 10 minutos de corrida e 5 Volta completadas a corrida tinha entre os 10 primeiros colocados: Orudzhev, Dillmann, Delétraz, Binder, Kanamaru, Vaxiviere, Fittipaldi, Cecotto jr., Baptista e Panis.

Dillmann voltou a se aproximar do piloto Russo da equipe Arden na 7ªVolta, Mas não estava sendo fácil para o líder do campeonato, Egor estava disposto a ficar na liderança. Pietro Fittipaldi colocava pressão em cima de Vaxiviere por uma briga pelo 6ºlugar.

Com 16 minutos de corrida e 8 Voltas completadas continuavam os ataques do piloto da AVF em cima do piloto da Arden que estavam seguindo de perto pelo Suíço Louis Delétraz. Era visível que Dillmann tinha mais carro que Orudzhev, Mas que não chegava ao ponto do francês conseguir uma oportunidade para executar essa ultrapassagem. Com toda essa briga estavam começando a chegar nessa disputa o Austriaco Rene Binder, Louis Deletraz na 10ªvolta no final da grande reta de Spa-Francorchamps acabou quase sendo surpreendido pelo Suíço Deletraz.

No que isso aconteceu acabou favorecendo Orudzhev que ganhou um pouco de vantagem para os seus perseguidores. Enquanti osso Pietro Fittipaldi e Johnny Cecotto jr. ganharam posições de Vaxiviere que tinha até aquele momento um campeonato bem decepcionante. Após 12 voltas a classificação era a seguinte: Orudzhev, Dillmann, Deletraz, Binder, Kanamaru, Fittipaldi, Cecotto, Baptista, Vaxiviere, Panis, Visser, Cipriani e Celis jr. que eram os pilotos que estavam na corrida quando tínhamos ainda 16 minutos de prova.

Dillmann voltava a caça de Orudzhev que se mantia solidamente na liderança da prova com um dos melhores carros da temporada, mesmo com o segundo lugar Dillmann estava na frente de todos os concorrentes ao título já que a pontuação do piloto Russo até a rodada dupla da Bélgica era de míseros 2 pontos contra os 76 de piloto Francês, Mas continuava a partir para a disputa da vitória o piloto da AVF sobre Egor, Mas teria de se cuidar com o perigoso Louis Delétraz, Binder vinha em 4º e Yu Kanamaru vinha com seu 5ºlugar começando a ficar ameaçado pela aproximação de Pietro Fittipaldi que vinha em boa apresentação.

Restando 9 minutos para o final no final da 16ªVolta Orudzhev freia muito forte e passa por fora da Chicane permitindo uma possibilidade para Dillmann colocar o carro por dentro no final da reta dos boxes para assumir a liderança da prova, Mas o Russo Odurzhev não desistiu e foi atrás de Dillmann conseguindo por fora uma bela ultrapassagem e com isso voltando a liderança da corrida. Dillmann acabou sofrendo pressão de Delétraz e Binder que não conseguiram se aproveitar da frustrada tentativa de Dillmann ficar na liderança.

spa_formula35_2016-2

Mas Tom Dillmann não entregou os pontos e foi a luta buscar de novo passar Orudzhev e dessa vez sem dar chances para o Russo voltar curvas depois. Já o francês Matthieu Vaxiviere acabou abandonando a prova. Louis Deletraz na Chicane antes da reta dos boxes na 17ª Volta também vazou a chicane sem nenhum prejuízo para o piloto da Fortec. A 3 minutos do final Dillmann aperta Orudzhev que se defende muito bem e toda a vez que o piloto da AVF fracassa em passar o líder ele acaba sendo pressionado pelo Delétraz que vinha em 3º e Binder que vinha em 4º, Nisso Kanamaru, Pietro Fittipaldi chegaram nessa disputa e também vinha chegando o piloto Venezuelano Johnny Cecotto jr.

Faltando 1 minuto para o final Pietro foi para cima de vez do piloto Japones e conseguiu a ultrapassagem assumindo o 5ºlugar o que já seria o melhor resultado dele na temporada. Dillmann tenta na penúltima volta passar Orudzhev que estava decidido a ganhar a prova, Já Pietro tomou o troco de Kanamaru e voltou para o 6ºlugar. Na Volta final Orudzhev, Dillmann, Delétraz e Binder disputando a vitória e Kanamaru, Fittipaldi e Cecotto jr. disputando o 5ºlugar.

Kanamaru se empolgou e foi para cima de Binder e passando o Austríaco da equipe Lotus subindo para o 4ºlugar, Fittipaldi tentava ir para cima de Binder, Mas acabou sendo pressionado por Cecotto jr. e na tentativa do piloto da RP Motorsport de passar o brasileiro eles se chocaram e ficaram na caixa de Brita. Ao final da prova o Russo Egor Orudzhev vence e se torna o 5ºvencedor na temporada em 5 corridas, Dillmann apesar dos esforços ficou apenas em 2º e Delétraz completou o pódio. Kanamaru conquistou um belíssimo 4ºlugar na frente de Rene Binder que levou a única Lotus que ficou na pista até o final em 5ºlugar.

Vitor Baptista conquistou um bom 6ºlugar em uma corrida discreta, Bietske Visser passou no final a Aurélien Panis ficando o 7ºlugar que era do piloto Francês que teve sua corrida comprometida pela largada horrível que teve. E o piloto de 51 anos Giuseppe Cipriani se aproveitou dos erros de outros pilotos e de quebras e levou o carro da Durango para o 9ºlugar marcando os 2 primeiros pontos dele e da equipe na Temporada na frente de Alfonso Celis jr. que fechou a zona de pontuação.

spa_formula35_2016

Resultado final da 5ªCorrida da Formula 3.5 – Temporada 2016
GP da Bélgica

1 Egor Orudzhev (Arden) 43:37.476 em 21 Voltas
2 Tom Dillmann (AVF) a 0.229
3 Louis Deletraz (Fortec) a 0.820
4 Yu Kanamaru (Ted Martin) a 2.029
5 Rene Binder (Lotus) a 2.683
6 Vitor Baptista (RP Motorsport) a 6.363
7 Beitske Visser (Ted Martin) a 17.168
8 Aurelien Panis (Arden) a 22.634
9 Giuseppe Cipriani (Durango) a 1:18.576
10 Alfonso Celis (AVF) a 1:36.080
11 Pietro Fittipaldi (Fortec) a 1 Volta
12 Johnny Cecotto Jr. (RP Motorsport) a 1 Volta

Não Completaram a prova:

Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) a 4 Voltas
Roy Nissany (Lotus) a 20 Voltas
Matevos Isaakyan (SMP Racing) Não largou
melhor Volta: 2:02.713 – Egor Orudzhev

Classificação do Campeonato após 5 corridas:

Tom Dillmann 94
Louis Delétraz 77
Aurélien Panis 66
René Binder 43
Johnny Cecotto jr. 43
Roy Nissany 38
Matthieu Vaxiviere 38
Yu Kanamaru 27
Vitor Baptista 13
Beitske Visser 13
Alfonso Celis jr. 13
Pietro Fittipaldi 10
Giuseppe Cipriani 2
Matevos Isaakyan 1

Grid de largada da 6ªCorrida da Formula V8 3.5 – GP da Bélgica

1 Tom Dillmann (AVF) 1’59.745
2 Roy Nissany (Lotus) 1’59.761
3 Aurelien Panis (Arden) 1’59.816
4 Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 2’00.060
5 Vitor Baptista (RP Motorsport) 2’00.100
6 Louis Deletraz (Fortec) 2’00.161
7 Alfonso Celis (AVF) 2’00.235
8 Rene Binder (Lotus) 2’00.253
9 Matevos Isaakyan (SMP Racing) 2’00.404
10 Pietro Fittipaldi (Fortec) 2’00.454
11 Yu Kanamaru (Ted Martin) 2’00.538
12 Johnny Cecotto Jr. (RP Motorsport) 2’00.614
13 Beitske Visser (Ted Martin) 2’00.904
14 Egor Orudzhev (Arden) 2’01.709
15 Giuseppe Cipriani (Durango) 2’04.917

Devido a enorme chuva que estava tendo em Spa no dia 22 de Maio a corrida foi começada com o Safety Car na pista, E acabou o Louis Delétraz não saindo para a volta de apresentação perdendo seu posicionamento que era da 6ªposição. Melhor para Tom Dillmann que era o pole position e que tinha seu mais próximo perseguidor fora da disputa pela vitória na teoria. Seguindo Dillmann vinha Nissany, Panis, Vaxiviere, Baptista, Celis jr., Binder, Isaakyan (que conseguiu largar na segunda corrida), Fittipaldi e Kanamaru nos 10 primeiros lugares.

Depois de 12 Minutos a bandeira verde foi acionada na 4ªVolta, Estava valendo pra valer a prova com muita chuva mesmo com Dillmann tendo toda a vantagem do Mundo por não ter ninguém na sua frente enquanto que Nissany e Panis disputavam o 2ºlugar, Nessa disputa chegou o Francês Vaxiviere, Bruno Baptista acabou indo para o 14ºlugar ou por erro ou acabou parando nos boxes para a troca obrigatória nessa segunda corrida da Rodada Dupla em território Bélga, com 2:33.772 O francês Dillmann fez a melhor volta da prova, Nisso dava para ver a dificuldade de se andar nesse circuito. Panis chegou a passar Nissany, Mas acabou saindo da pista o que obrigou o Francês a ceder a posição para o piloto da Lotus checa.

Louis Deletraz abandonou a prova na 4ªVolta o que significava que Dillmann tinha a possibilidade de ganhando colocar mais de 35 pontos de frente para o piloto da Fortec. Na 5ªVolta Celis jr. e outros 3 pilotos fazem a parada obrigatória nos boxes. A corrida estava sendo realizada em condições difíceis e era claro que Dillmann era o mais rápido da prova inteira, lá atrás Matevos Isaakyan roda e abandona a corrida. Exatamente na entrada da volta 6 Dillmann vai para os boxes. O Mesmo faz Nissany, Panis e Vaxiviere. Pietro Fittipaldi também faz a parada na 6ªVolta.

Na Eau Rouge o piloto Venezuelano Johnny Cecotto jr. se chocou com o Israelita Roy Nissany e acabou levando ambos para o Muro, Uma batida que se juntando a rodada de Isaakyan fez o safety car entrar na pista de novo. A classificação da prova era depois de 6 voltas com o Safety car essa: Panis, Binder, Dillmann, Kanamaru, Vaxiviere, Celis jr., Fittipaldi, Visser, Baptista, Cipriani. O Resto já abandonou a prova e o carro do Nissany ficou completamente destruído.

Pietro Fittipaldi teve problemas em seu carro e acabou parando abandonando uma corrida aonde ele poderia marcar bons pontos no final de semana em que foi o melhor final de semana até aqui na temporada dele. O Safety Car só saiu faltando menos de 5 minutos para o final da prova aonde voltamos a ter corrida valendo com Panis na dianteira seguido de Binder, Dillmann e Vaxiviere que não estavam enxergando nada com toda essa água. Na 11ªVolta Visser acaba deixando a prova parada no caminho para os boxes momentos depois de ter sido superada pelo Brasileiro Vitor Baptista que já estava em 7ºlugar. A Menos de 2 minutos do final Panis e Binder precisaram ir aos boxes já que eles não tinham feito a parada nos boxes.

Dillmann voltou a liderança com Vaxiviere em 2º, Mas isso mudou com uma rodada do piloto da AVF o que permitiu a Vaxiviere a assumir a liderança com o tempo praticamente encerrado o que faria a prova ter mais uma volta. Com tudo que tinha acontecido na prova teve o francês Tom Dillmann decidiu conservar o segundo lugar e agradecer de não ter tido uma batida. Vaxiviere levou seu carro com cuidado absoluto até o final da prova e conquistou sua primeira vitória na temporada sendo o 6ºVencedor em 6 corridas nas 3 rodadas duplas da Formula v8 3.5 em 2016, Mas tom Dillmann pode se considerar vencedor em relação ao campeonato com o 2ºlugar que conseguiu e apesar da rodada que fez o piloto da AVF perder a vitória ele disparou na liderança já que Delétraz ficou de fora da prova. E completando o pódio ficou o Mexicano Alfonso Celis jr.

Vitor Baptista obteve um belo 4ºlugar, Seu melhor resultado na Formula V8 até agora na frente de Aurelien Panis, Rene Binder, Yu Kanamaru e do tiozão do Churrasco Giuseppe Cipriani que completaram a corrida.

spa_formula35_2016-1

Resultado final da 6ªCorrida da Formula 3.5 – Temporada 2016
GP da Bélgica

1 Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 43:24.368 em 13 Voltas
2 Tom Dillmann (AVF) a 6.268
3 Alfonso Celis (AVF) a 10.277
4 Vitor Baptista (RP Motorsport) a 17.636
5 Aurelien Panis (Arden) a 20.715
6 Rene Binder (Lotus) a 36.885
7 Yu Kanamaru (Ted Martin) a 42.023
8 Giuseppe Cipriani (Durango) a 58.157

Não Terminaram a corrida:

Beitske Visser (Ted Martin) a 3 Voltas
Pietro Fittipaldi (Fortec) a 6 Voltas
Roy Nissany (Lotus) a 7 Voltas
Johnny Cecotto Jr. (RP Motorsport) a 7 Voltas
Matevos Isaakyan (SMP Racing) a 8 Voltas
Egor Orudzhev (SMP Racing) a 10 Voltas
Louis Deletraz (Fortec) a 10 Voltas
2:33.683 – Tom Dillmann – Volta mais rápida da prova

Classificação do Campeonato após 6 corridas e 3 Rodadas duplas:

1. Tom Dillmann 112
2. Louis Delétraz 77
3. Aurélien Panis 76
4. Matthieu Vaxiviere 63
5. René Binder 51
6. Johnny Cecotto jr. 43
7. Roy Nissany 38
8. Yu Kanamaru 33
9. Alfonso Celis jr. 28
10. Egor Orudzhev 27
11. Vitor Baptista 25
12. Beitske Visser 15
13. Pietro Fittipaldi 11
14. Giuseppe Cipriani 6
15. Matevos Isaakyan 1

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport.com

Sem categoria

Deixe uma resposta