Formula 2 – Temporada 2020 – GP da Áustria – Round 1

Com um grid um pouco maior, com 22 pilotos disputando o título da Formula 2 e a chance de disputar a Formula 1 na temporada de 2021. Tivemos a abertura do campeonato no Red Bull Ring, em Spielberg.

De cara, todos os pilotos foram para a pista de imediato. É uma Formula 2 modificada em relação ao ano passado, com 7 pilotos vindos da Formula 3 (Armstrong, Lundgaard, Tsunoda, Daruvara, Piquet, Drugovich e o Campeão Shwartzman) com outros pilotos vindo de outras categorias (Ticktum, Samaia e Nissany) e os outros 12 pilotos que já estavam na categoria (Seja em temporada completa ou parte da temporada)

Após as voltas de aquecimento o treino começou pra valer. O russo Nikita Mazepin da estreante equipe Hi-Tech fez o primeiro tempo da sessão, mas logo foi superado pelo Australiano Marcus Armstrong da ART Grand Prix aos 6 minutos e 33 segundos de classificação, com o belo tempo de 1:15.386. Tsunoda, Japonês Rápido vinha em 2º. Na volta seguinte, o piloto da Carlin e da Red Bull subiu para a ponta, por pouco tempo, Já que o Chinês Guanyu Zhou marcou 1:15.115.

O Indiano Jehan Daruvara da mesma Carlin deu um salto do 6º para o 1ºlugar com 1:15.028, após 2 primeiras parciais excelentes. A 19 minutos do final, Zhou da Uni-Virtuosi acabou pulverizando a concorrência, foi o primeiro piloto a baixar da casa do 1 minuto e 15 segundos (marcando 1:14.780).

Na metade da classificação, A primeira fila seria formada por um Chinês e por um Indiano (Zhou e Daruvara). O pouco comentado Louis Deletraz da Charouz, o Japonês Yuki Tsunoda, o Inglês Dan Ticktum (Chutado do programa de pilotos da Red Bull) da Carlin e o Australiano Marcus Armstrong da ART formavam as 6 primeiras posições.

A 15 minutos de treino, o experiente Nobuharu Matsushita tenta melhorar sua volta e sair do desesperador 18ºlugar, mas acaba não melhorando em nada sua marca.

A 11 minutos do termino da classificação, os pilotos começam a sair para a pista, aos poucos, eles partiam para as últimas tentativas de volta rápida. A 6 minutos do final, depois de 3 voltas de apresentação, os pilotos começavam a realizar suas voltas rápidas. Porém, de nada adiantou porque Marino Sato acabou rodando na entrada da curva 5 e provocou a bandeira vermelha a 5 minutos e 27 segundos do final.

Isso matou a volta de todo mundo, com Exceção do brasileiro Felipe Drugovich, que dos últimos lugares apenas para o 3ºlugar, Achava que esse tempo seria anulado, mas não, a volta foi validada e o piloto da MP Motorsport se deu muito bem.

Após a retirada do carro do piloto da Trident o treino recomeça. Todos foram para a pista e teriam de partir para a volta de imediato, faltava pouco tempo para o termino da classificação. Foi ai que Guanyu Zhou destruiu a concorrência e marcou o tempo de 1:14.416 a 1 minuto do final da classificação, o que ficava bem claro era que a pole já tinha dono.

A segundos do final, o já surpreendente Felipe Drugovich acabou alcançando o 2ºlugar, sendo o melhor estreante do Grid, iria dividir a primeira fila com um dos favoritos do Título de 2021. O brasileiro da mediana MP Motorsport deixa para trás pilotos como Callum Ilott da mesma UNI-Virtuosi de Zhou, Christian Lundgaard da ART Grand Prix (4ºno grid), Mick Schumacher da Prema, Jevan Daruvara da Carlin. Todos eles e mais alguns pilotos tem mais carro e até mais experiência que Drugovich. Um desempenho fantástico para o Brasileiro sem dúvida.

Completando os 10 primeiros lugares vinham Luca Ghiotto da Hitech, Robert Shwartzman da Prema, Ticktum da Carlin e Louis Deletraz da Charouz.

Grid de Largada:

posn ºPilotoEquipeTempo
13 Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing1:14.416
215 Felipe Drugovich MP Motorsport1:14.880
34 Callum Ilott UNI-Virtuosi Racing1:14.884
46 Christian Lundgaard ART Grand Prix1:14.922
520 Mick Schumacher Prema Racing1:14.952
68 Jehan Daruvala Carlin1:15.028
725 Luca Ghiotto Hitech Grand Prix1:15.044
821 Robert Shwartzman Prema Racing1:15.051
92 Dan Ticktum DAMS1:15.128
1011 Louis Delétraz Charouz Racing System1:15.151
1124 Nikita Mazepin Hitech Grand Prix1:15.152
127 Yuki Tsunoda Carlin1:15.157
135 Marcus Armstrong ART Grand Prix1:15.208
149 Jack Aitken Campos Racing1:15.264
1512 Pedro Piquet Charouz Racing System1:15.376
1622 Roy Nissany Trident1:15.457
171 Sean Gelael DAMS1:15.604
1817 Giuliano Alesi BWT HWA Racelab1:15.688
1910 Guilherme Samaia Campos Racing1:15.703
2016 Artem Markelov BWT HWA Racelab1:15.746
2114 Nobuharu Matsushita MP Motorsport1:15.897
2223 Marino Sato Trident1:16.011

Corrida realizada no Sábado, depois da classificação da Formula 1, num tempo ensolarado iria ser feita a prova longa do final de semana. Para Luca Ghiotto a prova terminava na volta de ida ao Grid de largada, uma enorme frustração para o experiente piloto Italiano.

A corrida teria 21 pilotos no grid. Na largadam, Zhou e Drugovich acabaram surpreendidos com a bela largada de Callum Ilott que superou os dois e assumiu a liderança, Drugovich perderia a 3ªposição para Mick Schumacher. Lá na frente, Zhou não desistiu e nas curvas seguintes ficou lado a lado com seu companheiro de equipe, Após algumas curvas disputando a ponta o chinês conseguiu voltar a liderança ao começar o terço final de pista. Ainda na primeira volta, Daruvara foi atingido pelo companheiro de equipe Yuki Tsunoda. O Indiano caiu para o último lugar e o Japonês foi para os boxes trocar o bico dianteiro, prejuízo total para a Carlin e ainda por cima, ele foi punido em 5 segundos pelo incidente.

Zhou em 1º, Ilott em 2º e Schumacher em 3º começavam a fugir do restante do pelotão, Felipe Drugovich estava em 4º com Shwartzman segundo o piloto brasileiro, Lundgaard, Ticktum e Mazepin completavam os 8 primeiros colocados.

Na 7ªVolta, Sean Gelael da DAMS abandonou a corrida. Na volta seguinte, Shwartzman supera Drugovich e assume o 4ºlugar, logo ficava evidente o grande desgaste de pneus do piloto da MP motorsport, no final da 9ªVolta, Drugovich vai para a parada obrigatória e sua equipe não trabalha muito bem e perde tempo. O brasileiro acabou sendo o primeiro piloto a fazer a parada, a partir dai, os pilotos foram para as suas paradas.

Zhou estava 1 segundo a frente de Ilott, Schumacher estava colado no inglês. Um pouco mais atrás, Christian Lundgaard é superado por Ticktum e Mazepin, era outro piloto que sofria com o desgaste dos pneus macios. Aitken para na 11ªvolta, na volta seguinte pararam Mazepin, Lundgaard e Deletráz. O piloto da Chaoruz perdeu tempo, mas não se comparou do absurdo que a HiTech fez com o piloto Russo, perderam tempo demais e jogaram o coitado do Mazepin lá para trás, lamentável para um piloto que tinha uma boa situação na corrida.

Já os 3 primeiros colocados não queriam parar naquele momento. Zhou, Ilott e Schumacher estavam ainda rendendo bem. Na volta 14, pararam Shwartzman e Ticktum. Guilherme Samaia foi para os boxes na volta 15.

Após 15 voltas: Zhou, Ilott, Schumacher,  Nissany, Alesi, Markelov e Matsushita são os 7 pilotos não tinham feito paradas. O primeiro que já tinham feito a parada, O Australiano Marcus Armstrong estava andando rápido, a diferença entre o piloto da ART para Zhou era de 38.5 segundos. Jake Aitken foi punido em 10 segundos por ter violado uma regra em relação à largada.

Na volta 18, Zhou foi para a parada obrigatória e acabou voltando à frente de Armstrong. Na volta 19, foi a vez de Ilott ir para a sua parada e voltou a frente do seu companheiro de equipe. Schumacher liderou por uma volta, na 20ªvolta, o piloto Alemão foi para os boxes, com um trabalho muito bem feito da Prema, o filho de Michael Schumacher voltou a frente de Ilott e Zhou.

Guanyu Zhou foi para cima de Callum Ilott e na mesma volta superou o inglês passando para o 2ºlugar dos pilotos que pararam nos boxes. O líder naquele momento era Giuliano Alesi com Artem Markelov e Nobuharu Matsushita logo a seguir.

Na volta 21, Zhou foi para cima de Schumacher e acabou numa linda ultrapassagem voltando para a ponta, com seu carro da Uni-Virtuosi que esta em grande forma assim como a temporada de 2019. Mick Schumacher ficou para Ilott disputando o segundo lugar, Apesar de resistir na 22ªvolta, na volta segunte, o segundo piloto da Uni-Virtuosi acabou superando o piloto da Prema fazendo de novo a dobradinha da equipe vice-campeã de 2019. Parecia que Zhou e Ilott fariam a festa da sua equipe. Isso após as paradas de Alesi, Markelov e Matsushita.

Porém, Zhou teve problemas no equipamento ao entrar na 26ªvolta. Uma pena para o chinês, que dominava o final de semana. A liderança passou para as mãos do companheiro de equipe Callum Ilott, com Mick Schumacher em 2º, perto do piloto da Uni-Virtuosi. Mais atrás, Armstrong segura a 3ªposição dos ataques do Russo Robert Shwartzman, os dois primeiros colocados da Formula 3 em 2019 vinham fazendo belas estreias. Lundgaard, Ticktum, Deletraz, Drugovich, Daruvara e Nissany completava os 10 primeiros colocados.

Na 29ªVolta, Markelov tem problemas e para dentro da pista. Safety car entrou na pista para a retirada do carro da HWA. Assim que o carro foi retirado, a largada aconteceu na 31ªVolta. Com 10 voltas para o termino da prova, Ticktum foi para cima de Lundgaard, mas foi Deletraz q eu se aproveitou e conquistou a ultrapassagem ganhando o 6ºlugar. Já na parte final de prova, na curva 8, Mick Schumacher erra e vai para a caixa de brita e cai para o 14ºlugar, jogando fora todo o bom trabalho que vinha fazendo no final de semana.

Armstrong passava a ser o segundo com Shwartzman em 3º pressionando o piloto Australiano. Mazepin foi punido em 5 segundos por infringir a regra do Safety Car.
Na 34ªVolta, Ticktum supera Deletraz após bela ultrapassagem por fora ganhando o 5ºlugar. Ao mesmo tempo, Alesi superou Drugovich e subiu para o 7ºlugar.

Na reta final de prova, Ilott tinha a vitória na mão. A disputa estava no 2ºlugar entre Armstrong, Shwartzman, Lundgaard e Ticktum. Alesi superou Deletraz e passou a ser o 6ºcolocado. Drugovich vinha se mantendo em 8º, segurando a posição da pressão do Japonês Nobuharu Matsushita.

Callum Ilott venceu pela primeira vez na Formula 2, Um belo trabalho do piloto da Uni-Virtuosi e uma grande largada e a sorte de Guanyu Zhou ter problemas no seu carro. Se não fosse por isso Zhou comandaria a dobradinha da equipe com Ilott em Segundo.

Marcus Armstrong que largou do 13ºlugar acabou chegando na 2ªposição. Que prova de recuperação do Vice-campeão da Formula 3 de 2019, o piloto da ART Grand Prix segurou posição sobre o campeão da Formula 3, Robert Shwartzman  da Prema que completou o pódio e também fez uma grande corrida. Christian Lundgaard da ART Grand Prix em seu 2ºfinal de semana de Formula 2 levou o seu carro para um bela 4ªposição, resistindo aos ataques do inglês Ticktum da DAMS, 5ºcolocado da prova. Os quatro pilotos desse grupo chegaram juntos.

Giuliano Alesi em grande prova de recuperação chegou em 6ºlugar para estreante equipe HWA Racelab, chegando a frente de Louis Deletraz da Charouz (Que chegou a sonhar com o 5ºlugar).

O Estreante Felipe Drugovich conseguiu chegar no 8ºlugar e iria começar a prova de domingo largando na pole position, além de chegar na frente do companheiro de equipe Nobuharu Matsushita. O Israelita Roy Nissany da Trident completou a zona de pontuação, ficando na frente de Mick Schumacher, que tinha tudo para ficar em posição de pódio no mínimo se não errasse nas voltas finais.

Resultado da primeira corrida da Formula 2 – Temporada 2020

posn ºPilotoEquipeTempoMelhor Voltanº da Volta
14 Callum Ilott UNI-Virtuosi Racing54:21.0501:17.01627
25 Marcus Armstrong ART Grand Prixa 8.8561:17.62434
321 Robert Shwartzman Prema Racinga 9.2911:17.43734
46 Christian Lundgaard ART Grand Prixa 10.8781:17.45515
52 Dan Ticktum DAMSa 11.2771:17.35525
617 Giuliano Alesi BWT HWA Racelaba 12.8281:17.43136
711 Louis Delétraz Charouz Racing Systema 16.2671:17.65432
815 Felipe Drugovich MP Motorsporta 17.0331:18.02639
914 Nobuharu Matsushita MP Motorsporta 17.4351:17.85939
1022 Roy Nissany Tridenta 19.5431:17.95227
1120 Mick Schumacher Prema Racinga 20.0491:17.23927
128 Jehan Daruvala Carlina 22.0081:17.98525
1312 Pedro Piquet Charouz Racing Systema 24.9961:17.95133
1424 Nikita Mazepin Hitech Grand Prixa 25.8851:17.71526
159 Jack Aitken Campos Racinga 30.1381:17.71320
1610 Guilherme Samaia Campos Racinga 53.9341:18.29239
173 Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racinga 1 Volta1:16.98338
187 Yuki Tsunoda Carlina 1 Volta1:17.24037
1916 Artem Markelov BWT HWA Racelaba 14 Voltas1:18.58416
201 Sean Gelael DAMSa 24 Voltas1:19.1719
2123 Marino Sato Tridenta 38 Voltas
2225 Luca Ghiotto Hitech Grand PrixNão Largou

Grid de largada da segunda corrida da Formula 2 – Temporada 2020

posn ºPilotoEquipe
115 Felipe Drugovich MP Motorsport
211 Louis Delétraz Charouz Racing System
317 Giuliano Alesi BWT HWA Racelab
42 Dan Ticktum DAMS
56 Christian Lundgaard ART Grand Prix
621 Robert Shwartzman Prema Racing
75 Marcus Armstrong ART Grand Prix
84 Callum Ilott UNI-Virtuosi Racing
914 Nobuharu Matsushita MP Motorsport
1022 Roy Nissany Trident
1120 Mick Schumacher Prema Racing
128 Jehan Daruvala Carlin
1312 Pedro Piquet Charouz Racing System
1424 Nikita Mazepin Hitech Grand Prix
159 Jack Aitken Campos Racing
1610 Guilherme Samaia Campos Racing
173 Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racing
187 Yuki Tsunoda Carlin
1916 Artem Markelov BWT HWA Racelab
201 Sean Gelael DAMS
2123 Marino Sato Trident
2225 Luca Ghiotto Hitech Grand Prix

Após uma boa corrida no sábado, a prova do domingo foi também boa. Foram 28 voltas que consagraram um grande final de semana de estreia de Felipe Drugovich. O piloto Brasileiro da MP Motorsport largou na pole position e pulou bem e manteve a ponta, Deletraz e Ticktum logo a seguir, Curvas depois, Ticktum acabou sendo superado por dois pilotos e caiu para a 5ªposição.

Quanto o piloto inglês da DAMS foi para cima de Shwartzman da Prema em busca do 4ºlugar, O francês Giuliano Alesi acabou deixando a corrida com problemas de motor , com o carro em posição não segura o safety car entrou na pista para a retirada do carro do filho do Ex-Formula 1, Jean Alesi.

Após isso, a corrida iria recomeçar, eu disse “Iria” se não fosse pela parada de Sean Gelael, O que fez a relargada ficar adiada da volta 5 para a volta 6. Quando relegaram, Drugovich manteve a liderança e livra frente para Deletraz e companhia, Lá atrás estávamos tendo boas disputas. Schumacher passou Ilott e subiu para o 8ºlugar, Nissany e Aitken vinham disputando entre o 10ºlugar.

Na 7ªVolta, Marcus Armstrong foi para o ataque para cima de Louis Deletraz, por duas vezes o piloto da ART quase passou o piloto suíço que se defende muito bem a sua segunda posição. Em 7ºlugar, Matsushita vinha sendo pressionado pelo Schumacher, mas eis que essa disputa era interrompida porque Luca Ghiotto acaba tocado pelo Indiano Jehan Daruvara (Que teve um final de semana bem complicado) e acabou indo para a caixa de brita, deixando a corrida. Safety Car na pista de novo. Infelizmente, Guanyu Zhou acabou envolvido no incidente e acabou indo para a caixa de brita para não bater em Ghiotto.

Após a retirada do carro do piloto Italiano, a corrida recomeçou na 11ªVolta e Drugovich de novo larga bem e mantem vantagem segura para Deletraz, Armstrong, Ticktum e os demais pilotos. Markelov quebrou o seu bico ao tentar passar Jehan Daruvara.

Na volta 12, Deletraz foi para cima de Drugovich disposto a vencer a prova após fazer a melhor volta da prova na volta anterior (O piloto que faz a melhor volta na prova ganha 2 pontos no campeonato). Na metade da volta 12, Aitken passou Nissany subindo para a 10ªposição.

Markelov foi para os boxes, mas ao voltar a prova acaba ficando lento e acaba por deixar a prova. Daruvara foi punido em 5 segundos acrescidos no final da prova. Um final de semana para Jehan esquecer mesmo.

Marcos Armstrong, que vinha em uma bela corrida acabou parando o seu carro dentro do traçado. O que fez o Safety Car entrar pela terceira vez no dia. A 3ªposição caiu no colo de Ticktum com seu carro da DAMS, com Shwartzman em 4º. Deletraz em 2º buscava uma chance de tomar a liderança das mãos de Drugovich e vencer a prova curta do Domingo.

Na 17ªVolta, a corrida recomeçou. Drugovich tenta livrar vantagem, mas Deletraz e Ticktum foram para cima do brasileiro a voltas do final. Enquanto isso, Matsushita continuava a segurar Schumacher. Marino Sato acabou punido por infringir o regulamento do Safety Car. Na 19ªVolta, Drugovich marcou a volta mais rápida da prova e começou a abrir vantagem para seus adversários mais fortes.

A disputa entre Matsushita e Schumacher era intensa. Mick chega a colocar uma parte do seu carro a frente do seu adversário. Porém, o japonês não abriu a mão da posição, dessa forma, Ilott, Aitken, Missany, Pquet e Mazepin chegavam neles. O Ritmo do piloto da MP Motorsport era lento.

Dan Ticktum vai para a briga com Louis Deletraz pelo segundo lugar a 5 voltas do final. Uma briga que favoreceu Drugovich que abriu 2 segundos de vantagem e caminhou bem para a vitória. Lá atrás, Jack Aitken superou Callum Ilott tomando a última posição da zona de pontuação da prova curta. O inglês que venceu a prova do sábado tentou reaver o 8ºlugar, mas não conseguiu superar o piloto da Campos Racing.

Felipe Drugovich conquistou uma vitória que era improvável, coroando seu excelente final de semana de estreia na Formula 2. Tão contestada devido aos escassos resultados na Formula 3 em 2019, mas que na pista mostrou-se acertada e que mostrou um piloto maduro para dar um passo como ele deu nessa temporada.

Louis Deletraz segurou Dan Ticktum e acabou com o segundo lugar, mostrando que pode fazer uma boa temporada com o carro da Charouz. O Inglês Ticktum acabou levando a DAMS para o pódio e de quebra, dá uma surra nos pilotos da Red Bull. Uma resposta na pista para quem retirou ele do programa de pilotos dessa equipe.

Robert Schwartzman teve um final de semana perfeito para um estreante que leva um título da Formula 3 na temporada passada. Se portou bem nas duas corridas, sendo que faltou uma posição para levar o pódio na etapa curta de domingo. Com menos destaque, mas fazendo um bom final de semana, Christian Lundgaard terminou em 5ºlugar.

Nobuharu Matsushita segurou até o fim Mick Schumacher e terminou em 6ºlugar e deixou o piloto da Prema no 7ºlugar. Completando a zona de pontuação tivemos o inglês Jake Aitken, deixando Callum Ilott de fora da zona de pontuação do dia de domingo.

Fotos:

f2_2020_1

Resultado da segunda corrida da Formula 2 – Temporada 2020

posn ºPilotoEquipeTempoMelhor Voltanº da Volta
115 Felipe Drugovich MP Motorsport42:05.5261:17.27725
211 Louis Delétraz Charouz Racing Systema 2.4691:17.38920
32 Dan Ticktum DAMSa 2.7901:17.38622
421 Robert Shwartzman Prema Racinga 3.3301:17.36626
56 Christian Lundgaard ART Grand Prixa 5.3961:17.34720
614 Nobuharu Matsushita MP Motorsporta 9.1771:17.61526
720 Mick Schumacher Prema Racinga 9.7411:17.61426
89 Jack Aitken Campos Racinga 14.0411:17.77023
94 Callum Ilott UNI-Virtuosi Racinga 14.2721:17.68823
1024 Nikita Mazepin Hitech Grand Prixa 15.3951:17.73323
117 Yuki Tsunoda Carlina 17.5281:17.84521
1222 Roy Nissany Tridenta 18.4711:17.86123
1312 Pedro Piquet Charouz Racing Systema 19.1181:17.84820
143 Guanyu Zhou UNI-Virtuosi Racinga 19.6681:17.83221
1510 Guilherme Samaia Campos Racinga 22.0821:17.97228
168 Jehan Daruvala Carlina 24.2901:17.95013
1723 Marino Sato Tridenta 24.9091:17.86224
1816 Artem Markelov BWT HWA Racelaba 1 Volta1:17.54219
195 Marcus Armstrong ART Grand Prixa 15 Voltas1:17.75613
2025 Luca Ghiotto Hitech Grand Prixa 21 Voltas1:19.4587
211 Sean Gelael DAMSa 25 Voltas1:47.2822
2217 Giuliano Alesi BWT HWA Racelaba 27 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MP Motorsport/Prema/Uni Virtuosi/ART Grand Prix/DAMS/

Deixe uma resposta