Fernando Alonso vai para a Renault em 2021 para seu 3ºcasamento com a equipe francesa

Alonso de volta a Formula 1 aos 40 anos, algo que nunca se imaginaria que fosse acontecer. Parecia que a maior categoria do automobilismo mundial era uma pagina virada na sua carreira. Após especulações de Valtteri Bottas e até mesmo da vinda de Sebastian Vettel, a Renault e o piloto espanhol resolveram reatar o casamento pela 3ªVez. Certamente vai ser o último contrato do príncipe das Astúrias.

Na equipe francesa, Alonso viveu seu melhores momentos da carreira, vencendo os campeonato de 2005 e 2006 de maneira espetacular. Após passagem frustrada pela Mclaren em 2007. Alonso pegou o caminho de volta para a Renault, mas acabou vendo uma equipe sem a força que tinha num passado recente. Em 2008 e 2009 Alonso só pode vencer 2 corridas, todas em 2008. A polêmica corrida de Cingapura que Alonso venceu ficou marcada nessa passagem do Espanhol.

Depois de passagens na Ferrari e na mal sucedida passagem pela Mclaren, Alonso deixa a Formula 1 e foi disputar o WEC, vencendo as 24 horas de Le Mans, as 500 milhas de Indianápolis e o Rally Dakar desse ano. Além disso, Alonso vai disputar as 500 milhas de Indianapolis pela Mclaren em Agosto desse ano. Depois dessa corrida, Alonso esta liderado para fazer o que quiser.

O Contrato é de 2 anos e tem como objetivo fazer de Alonso tricampeão mundial, mas também de salvar a equipe Renault na Formula 1. Havia muitas especulações de que a Renault por não ter clientes em relação aos motores e por não ter os resultados esperados para um orçamento que a equipe tem, Principalmente pela temporada de 2019, onde a Renault sofreu para ficar em 5ºlugar no Mundial de Construtores.

Alonso vai voltar para uma Formula 1 bem diferente do que ele conhecia, Vai ser uma Formula 1 recém saída de uma pandemia e com preocupação para a redução de custos. O próprio Alonso é um piloto diferente, com 40 anos de idade, ele vai ter dificuldades para competir com os melhores pilotos do grid como Lewis Hamilton e os jovens Max Verstappen e Charles Leclerc que devem ser os protagonistas dos próximos anos. Até mesmo se Alonso será competitivo contra Valtteri Bottas, Carlos Sainz jr., Alexander Albon, Daniel Ricciardo e Lando Norris.

Indianapolis Motor Speedway Sunday, May 19, 2019 ©2018 Walt Kuhn

A missão de Alonso vai ser difícil, mas precisa também ser um outro Alonso em termos de comportamento. Precisa entender que não pode ser aquele piloto mimado que era na Mclaren em 2007, quando foi o auge da sua arrogância que por vezes superava o seu talento que era enorme. Terá uma equipe Renault dirigida por um profissional sem competência comprovada como é Cyril Abiteboul. A paciência de Alonso vai ser testada  em 2021 se quiser que em 2022 as coisas mudem a favor dele e da Renault para o futuro.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Renault/IndyCar/MClaren

Deixe uma resposta