Evans em corrida e aposta arrojada vence em Hockenheim

Segunda vitória de Evans na Temporada de 2014

Mitch Evans com a Filosofia de que não tinha nada a perder após a sua classificação tem modesta com a 15ªposição e partindo para cima e com tática diferente conseguiu a Exemplo de Cecotto Jr. em Barcelona a vitória na primeira Corrida do final de semana em Hockenheim na Alemanha, Uma Vitória não só da Tática como também uma vitória de um piloto que foi arrojado, Que em um momento da corrida conseguiu 3 ultrapassagens de uma vez para subir posições. Resultado dessa mistura entre arrojo e tática foi que Stoffel Vandoorme e Jolyon Palmer que esperavam lutar pela vitória acabaram surpresos pelo Evans que levou a 2ªVitória nessa temporada e colocou o piloto numa possível Briga pelo título.

Mas ainda Jolyon Palmer com o 3ºlugar atrás de Stoffel Vandoorme o piloto Inglês continua líder do campeonato com 164 pontos, Stefano Coletti e Felipe Nasr promoveram uma belíssima briga pelo 4ºlugar que acabou sendo conquistado pelo piloto Monegasco, Nasr em 5ºlugar continua vice-líder do campeonato. Mas estando a 49 pontos de Palmer que parece esta fazendo tudo certo para levar o campeonato, Nasr precisa ser um pouco mais agressivo para tentar tirar essa diferença para Palmer, Mas talvez Nasr esteja dando tudo de si para tentar tirar essa diferença, Mas derepente a equipe DAMS esteja em melhor momento que a Carlin.

Simon Trummer, Johnny Cecotto Jr. que acabou sendo jogado para fora da pista no meio da briga entre Coletti e Nasr, Mesmo saindo para a Grama ainda ficou em 7ºlugar e larga na primeira fila na corrida de logo mais, O Pole para essa segunda corrida que é a mais curta é do Francês Nathanael Berthon da Lazarus que ficou no dia de hoje num honroso 8ºlugar.

Resultado final da GP2 Series – GP da Alemanha

1. Mitch Evans (Russian Time) 58:15.099s em 38 Voltas
2. Stoffel Vandoorne (ART) a 0.414s
3. Jolyon Palmer (DAMS) a 2.755s
4. Stefano Coletti (Racing Engineering) a 20.191s
5. Felipe Nasr (Carlin) a 20.687s
6. Simon Trummer (Rapax) a 23.432s
7. Johnny Cecotto (Trident) a 30.583s
8. Nathanael Berthon (Lazarus) a 33.160s
9. Marco Sorensen (MP) a 35.879s
10. Stephane Richelmi (DAMS) a 36.857s
11. Rene Binder (Arden) a 37.111s
12. Tom Dillmann (Caterham) a 38.081s
13. Takuya Izawa (ART) a 43.096s
14. Adrian Quaife-Hobbs (Rapax) a 47.572s
15. Sergio Canamasas (Trident) a 49.996s
16. Julian Leal (Carlin) a 58.217s
17. Raffaele Marciello (Racing Engineering) a 1:02.333s
18. Andre Negrao (Arden) a 1:04.818s
19. Arthur Pic (Campos) a 1:05.181s
20. Daniel Abt (Hilmer) a 1:09.082s
21. Conor Daly (Lazarus) a 1:09.244s

Não Terminaram a corrida:

Rio Haryanto (Caterham) 37 Voltas
Jon Lancaster (Hilmer) 24 Voltas
Daniel de Jong (MP) 12 Voltas
Alexander Rossi (Campos) 5 Voltas
Artem Markelov (Russian Time) 0 Voltas

Foto: GP2 Series
Texto: Deivison da Conceição da Silva

Sem categoria

Deixe uma resposta