Em Toronto, Simon Pagenaud tem final de semana perfeito e entra na disputa do título

GP de Toronto foi realizada nos dias 12, 13 e 14 de Julho de 2019 e o domínio foi completo de Simon Pagenaud, Que fez a pole no sábado e venceu no domingo. O Francês esta na disputa pelo título.

Q1

Grupo 1

O treino começou com Rosenquist na liderança, Com Rahal e Power em 2º e 3ºlugares. Porém os tempos iriam baixar muito. Para se ter uma ideia. A primeira volta do líder foi de 1:02.6. 3 minutos depois, O mesmo Rosenquist melhorou seu tempo em 3 segundos.

A 1 minuto e meio do final, Will Power estava no desespero. Estava fora da zona de Classificação e tratou de melhorar sua volta passando para o 3ºTempo. Porém, Rahal acabou melhorando, Max Chilton de forma surpreendente levou a Carlin para o segundo lugar, Bourdais e Rosenquist (Baixou para a marca dos 58 segundos) melhoraram suas marcas e jogaram o Australiano para fora do Grid de novo.

Will Power a segundos do final foi para a última tentativa e não conseguiu melhorar e fica de fora do Q2, Na última volta, Takuma Sato Marcou o 5ºtempo, tirando Max Chilton da zona de classificação.

Resultado do Grupo 1:

posPilotoEquipeMotorTempo
110 Felix Rosenqvist Chip Ganassi RacingHonda58:7306
218 Sébastien Bourdais Dale Coyne RacingHonda59:0743
315 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan RacingHonda59:1497
421 Spencer Pigot Ed Carpenter RacingChevrolet59:2448
530 Takuma Sato  Rahal Letterman Lanigan RacingHonda59:2877
698 Marco Andretti Andretti Herta AutosportHonda59:4301
759 Max Chilton CarlinChevrolet59:4811
812 Will Power    Team PenskeChevrolet59:5508
919 Santino Ferrucci Dale Coyne RacingHonda59:9761
104 Matheus Leist A. J. Foyt EnterprisesChevrolet1:00.1853
1131Sage Karam CarlinChevrolet1:01.1134

Grupo 2

A mesma coisa do Q1, Os tempos começaram acima do 1 minuto e foram baixando para a casa dos 59 e depois dos 58 segundos. Kannan chegou a liderar o treino, Mas logo foi superado por todos os pilotos praticamente, Ai a ruindade da equipe A.J.Foyt apareceu de forma gritante.

Rossi era o líder com 59.3612 seguido de Pagenaud e Dixon.  Ericsson, Power e Jones eram os outros 3 que estavam classificando. Rossi e Newgarden vivivam um drama a estarem eliminados naquele momento, Faltando metade da classificação.

Mas tudo mudou em uma nova rodada de voltas dos pilotos, Pagenaud assumiu a liderança do Grupo com 59 segundos e 02 centésimos, Enquanto que Marcus Ericsson acabou indo para o muro comprometendo sua classificação. A 3 minutos do final, Colton Herta passou para a primeira posição. A pole iria passar por vários pilotos até o final. Ryan Hunter-Reay superou Herta a 1 minuto do final, Esse foi superado Marco Andretti e por Josef Newgarden.

Na Briga pela última vaga, Colton Herta que tinha caído para fora da zona de Classificação superou Ed Jones passando para o 6ºlugar, Mas acabou sendo jogado para fora pelo piloto da Casa James Hinchcliffe. Parecia tudo decidido a não ser pela grande volta de Ed Jones, O Piloto dos Emirados Árabes Unidos acabou com o melhor tempo, surpreendendo a todo mundo e eliminando Hinchcliffe do Q2.

Resultado do Grupo 2:

posPilotoEquipeMotorTempo
120Ed Jones Ed Carpenter RacingChevrolet58:6011
222 Simon Pagenaud Team PenskeChevrolet58:7174
327 Alexander Rossi   Andretti AutosportHonda58:7507
428 Ryan Hunter-Reay   Andretti AutosportHonda58:7543
52 Josef Newgarden Team PenskeChevrolet58:8200
69 Scott Dixon Chip Ganassi RacingHonda58:8897
75 James Hinchcliffe Arrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda58:9293
888 Colton Herta Harding Steinbrenner RacingHonda59:0549
926 Zach Veach Andretti AutosportHonda59:2890
107 Marcus Ericsson Arrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda59:6299
1114 Tony Kanaan   A. J. Foyt EnterprisesChevrolet59:7317

Q2:

Começando o Q2, Simon Pagenaud acabou passando reto na área de escape da curva 1 e perde uma volta rápida. Rossi começou a classificação na liderança, Com Newgarden a 1 segundo e 2 décimos de diferença entre os dois, Mas isso iria mudar. Pagenaud recompensou o erro da primeira volta com uma grande volta a 6 minutos e 15 do final.

Essa liderança não durou nada, Hunter-Reay, Jones passaram a frente. As 5 minutos e 20 segundos do final, Pagenaud volta a liderança com 59.1011, 25 segundos depois, Newgarden acabou baixando o tempo para a casa dos 58 segundos. (58.7979) Pagenaud melhorou sua volta para 59.9085. Felix Rosenquist, Scott Dixon, Ed Jones e Ryan Hunter-Reay eram os outros classificados. Newgarden e Rossi viviam o drama de estarem de fora do Q3.

A 3 minutos do final, Rossi foi o último a saírem nos boxes para a última tentativa. Na primeira tentativa, o Norte-americano não conseguiu entrar entre os 6. Ao contraio do Francês Sebastién Bourdais que pulou para o primeiro lugar, Depois Andretti e Dixon passaram para a liderança respectivamente. Rossi acertou o pé na sua última volta rápida e marcou o melhor tempo a 20 segundos do final, Com 58.6305. Pagenaud nesse momento esta fora do Q3 em 7ºlugar, Mas o francês conseguiu entrar entre os 6 e se classificou com o 5ºlugar.

Ao final do Q2, O mais rápido foi Josef Newgarden com 58.4129 com Felix Rosenquist em 2º com 58.4685. Os outros classificados foram Dixon, Ed Jones, Pagenaud e Alexander Rossi que ficou com a última vaga para o Q3.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeMotorTempo
12 Josef Newgarden Team PenskeChevrolet58:4129
210 Felix Rosenqvist Chip Ganassi RacingHonda58:4685
39 Scott Dixon Chip Ganassi RacingHonda58:5061
420Ed Jones Ed Carpenter RacingChevrolet58:5360
522 Simon Pagenaud Team PenskeChevrolet58:5896
627 Alexander Rossi   Andretti AutosportHonda58:6305
798 Marco Andretti Andretti Herta AutosportHonda58:7663
818 Sébastien Bourdais Dale Coyne RacingHonda58:7781
921 Spencer Pigot Ed Carpenter RacingChevrolet58:8221
1030 Takuma Sato  Rahal Letterman Lanigan RacingHonda58:9110
1128 Ryan Hunter-Reay   Andretti AutosportHonda59:0444
1215 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan RacingHonda59:0985

Os primeiros a entrar na sua volta foram Newgarden, Dixon, Pagenaud e Rossi. Na primeira volta. Simon Pagenaud e Scott Dixon saíram na frente, Já Alexander Rossi e Josef Newgarden vinham a 6 décimos atrás dos dois primeiros.

Dixon foi para uma nova volta e passou para a liderança a 3 minutos e 28 segundos do final. Rossi também melhorou seu tempo, mesmo não melhorando do 3ºlugar. Rosenquist e Jones foram para suas voltas a menos de 3 minutos do final e estavam em 5º e 6ºlugares respectivamente.

O Sueco da equipe Ganassi fez uma grande segunda volta e passou para o 2ºlugar a menos de 23 milésimos de Dixon a 25 segundos do final. Dixon foi com tudo para melhorar sua volta, Com 59.5948, Na curva seguinte o Neozelandês rodou e acabou perdendo sua última volta. Já Pagenaud não perdeu a chance e acabou superando o piloto da Ganassi e conquistando a pole position.

Dixon mesmo com a Rodada largaria na segunda posição. Felix Rosenquist abre a segunda fila em um belíssimo Treino, Com Alexander Rossi largando a frente de Josef Newgarden. Ed Jones completava os 6 primeiros colocados.

Grid de Largada – GP de Toronto

posPilotoEquipeMotorTempo
122 Simon Pagenaud Team PenskeChevrolet58:429
29 Scott Dixon Chip Ganassi RacingHonda58:594
310 Felix Rosenqvist Chip Ganassi RacingHonda58:679
427 Alexander Rossi   Andretti AutosportHonda58:921
52 Josef Newgarden Team PenskeChevrolet59:310
620Ed Jones Ed Carpenter RacingChevrolet59:535
798 Marco Andretti Andretti Herta AutosportHonda58:7663
818 Sébastien Bourdais Dale Coyne RacingHonda58:7781
921 Spencer Pigot Ed Carpenter RacingChevrolet58:8221
1030 Takuma Sato  Rahal Letterman Lanigan RacingHonda58:9110
1128 Ryan Hunter-Reay   Andretti AutosportHonda59:0444
1215 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan RacingHonda59:0985
1359 Max Chilton CarlinChevrolet59:4811
145 James Hinchcliffe Arrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda58:9293
1512 Will Power    Team PenskeChevrolet59:5508
1688 Colton Herta Harding Steinbrenner RacingHonda59:0549
1719 Santino Ferrucci Dale Coyne RacingHonda59:9761
1826 Zach Veach Andretti AutosportHonda59:2890
194 Matheus Leist A. J. Foyt EnterprisesChevrolet1:00.1853
207 Marcus Ericsson Arrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda59:6299
2131Sage Karam CarlinChevrolet1:01.1134
2214 Tony Kanaan   A. J. Foyt EnterprisesChevrolet59:7317

No domingo, Um excelente dia de sol em Toronto para a realização da 11ªEtapa da Formula Indy. Antes da largada, Tivemos a volta de Robert Wickens dirigindo um carro. Nesse caso foi o safety car da corrida. É impressionante que depois de um acidente tão devastador que ele sofreu ele esteja tendo uma recuperação como essa. Acredito que ainda vai demorar um tempo para o Canadense voltar a um carro da Formula Indy, Mas que ele vai voltar eu não tenho dúvida disso.

Na largada, Pagenaud manteve a liderança, com Dixon na segunda posição e Alexander Rossi tomando o terceiro lugar de Felix Rosenquist nas primeiras curvas. Apesar das primeiras curvas terem sido limpas, Ainda na primeira volta ocorreu a primeira bandeira amarela da prova.

Will Power em uma manobra totalmente estupida e precipitada acabou batendo em Graham Rahal e ambos tiveram que frear para não bater, Colton Herta também foi atingido, Mas conseguiu sair sem grandes prejuízos dessa situação. Ryan Hunter-Reay, Marcos Ericsson e Matheus Leist acabaram sendo prejudicados. Principalmente o piloto da A.J.Foyt que acabou deixando o motor morrer e acabou perdendo 1 volta quando tentaram religar o carro.

Will Power teve de fazer a parada nos boxes para colocar um novo bico dianteiro, Além de colocar combustível e novos pneus. Santino Ferrucci, Zach Veach, Graham Rahal, Sage Karam fizeram paradas e também mudaram a suas táticas de corrida. Marcus Ericsson fez o mesmo, Mas acabou ficando nos boxes por muito tempo com a suspensão danificada.

Relargada na 5ªVolta, Pagenaud continua na liderança. No final da grande reta, Ed Jones superou Felix Rosenquist assumindo a 4ªposição. Era um belo final de semana para o piloto dos Emirados Árabes Unidos. Ao contraio de Colton Herta que acabou perdendo posição para Spencer Pigot e curvas depois levou passadão de Marco Andretti por fora, caindo para o 11ºlugar.

Após 8 voltas a corrida se dividia em 2 blocos. O bloco da frente com Pagenaud, Dixon, Rossi, Jones, Rosenquist, Newgarden, Bourdais, Sato, Hinchcliffe e Pigot e no Bloco de trás todos os outros pilotos separados por mais de 4 segundos entre esses dois blocos.

Pagenaud e Dixon estavam fugindo dos demais pilotos, O francês abria do Dixon que não era ameaçado por Rossi. Colton Herta recupera a 10ªposição do Marco Andretti e abriu sobre o piloto da Andretti Herta que começou a ficar para o bloco de trás. Já Tony Kannan que chegou a ficar em 15ºlugar foi superar por todo mundo caindo para o 19ºlugar. A Foyt definitivamente é uma equipe horrível, Provavelmente a pior do grid disparado.

Alexander Rossi mudou a tática e foi para a primeira parada na 16ªvolta, Trocou os pneus macios para os pneus mais duros. A partir dai começaram as paradas nos boxes. O Calor em Toronto fez com que as táticas de 2 paradas mudassem para as táticas de 3 paradas. Newgarden que vinha em 6ºlugar foi para a parada na 17ªVolta junto de Ed Jones e de James Hinchcliffe.

Depois da parada, Jones teve de enfrentar seu companheiro de equipe na volta aos boxes. Pigot tentou passar Jones por fora na curva 3. Jones então jogou duro e acabou levando Pigot a encostar no muro interno. Depois disso a equipe Carpenter devem ter pedido aos pilotos para se segurarem e evitarem novos atritos entre eles.

Na 19ªVolta, Pagenaud e Dixon vão para os boxes, A liderança passa a ser de Zach Veach. Rossi estava em 2ºlugar. Foi importante para o Francês voltar à frente com o pelotão dos pilotos que estavam em outra tática entre eles. Era que para ele abrir mais vantagem ainda. Mais atrás, Spencer Pigot acabou levando passada por fora de Felix Rosenquist na curva 3 e depois na curva 5, James Hinchcliffe passou de forma bem bonita o piloto da Carpenter.

Pagenaud estava numa ótima situação de corrida nesse momento da corrida, O piloto da Andretti Zach Veach (que teve uma boa corrida de recuperação no ano passado) liderou a prova até a 32ªVolta quando ele foi para a sua parada nos boxes. Simon Pagenaud passou para a liderança, Com 5.5 segundos de Frente para Scott Dixon, 7.5 segundos do Rossi, 8.6 segundos de Newgarden, O líder do campeonato ganhou 2 posições nas paradas e Takuma Sato vinha em 5º a 9.5 segundos.

Depois disso a prova deu uma estabilizada na frente. Pagenaud começou a aumentar mais ainda sua diferença para Dixon. Mais atrás vinha tendo disputa por posições. Simon Pagenaud vinha 6.5 segundos sobre o piloto Neozelandês na 43ªVolta. A corrida estava na sua metade, Mas estava ficando muito bem encaminhada para uma vitória francesa.

Já o líder do campeonato estava sofrendo pressão de Takuma Sato, O líder do campeonato não parecia ter um desempenho tão bom como seu rival Alexander Rossi. Bourdais vinha em 6ºlugar e depois vinham Rosenquist e Hinchcliffe disputavam o 7ºlugar.

O primeiro a ir para a segunda parada foi o Norte-Americano Spencer Pigot, A parada foi desastrosa e o piloto perdeu posições. Na 50ªVolta parou o Rossi, Na 51ªVolta foram para a segunda parada James Hinchcliffe. Na 52ªVolta, Pararam Pagenaud e Dixon.

Após a segunda parada, Pagenaud tinha uma bela vantagem para Dixon, Mas o piloto da Ganassi começou a andar mais forte e que o Francês que vinha dominador a prova inteira. A parte final de prova do Neozelandês era muito forte, tirando praticamente 1 segundo por volta em determinadas passagens sobre o piloto da Penske. Na volta 64, finalmente Dixon chega em Pagenaud. A diferença que chegou a ser de 7 segundos entre os dois chegou no Francês, Que se consentiu da situação e começou a andar o mais rápido que ele puder. (Será que ele precisava economizar combustível para completar a prova ou era mesmo algum problema de pneu ou do carro?)

Bourdais chegou a bater de leve na proteção de pneus na curva 3, Mas ele tratou de voltar rapidamente a trajetória. A 17 voltas do final, O motor de Takuma Sato que vinha em 5ºlugar acabou explodido e o Japonês tinha que deixar a prova. (O Único piloto a abandonar a prova no Canadá)

Pagenaud tenta colocar volta em cima de Hunter-Reay e de Max Chilton, Mas nenhum dos dois cedia essa ultrapassagem. Dixon vinha a 0.7 segundos, Logo atrás do piloto da Penske. A 13 Voltas do final, Pigot acabou passando reto para a área de escape da Curva 3. O Norte-americano voltou a pista, Mas perdeu um tempo considerável. No Push To Pass: Pagenaud tinha 57 segundos, Dixon tinha 61 e Rossi tininha 71 segundos. Kannan tinha 1 minuto e 42 segundos, Mas de nada adianta ter muito botão extra, Se você tem um carro horrível e era esse carro da Foyt.

Pagenaud estava conseguido manter-se na frente de Dixon, Ainda que o Neozelandês estivesse na sua cola. Se aproveitando da lentidão de Karam, Pagenaud conseguiu colocar Chilton entre eles dois a 5 voltas do final. Esse ponto chave para o piloto Francês conseguisse manter a liderança. Na última volta, Will Power foi reto na mesma curva que ele se acidentou com Rahal na primeira e bateu no muro, Segundos depois forçou a barra para tentar voltar a corrida e acabou mais enroscado nos pneus.

Com a bandeira amarela a menos de 1 volta para o final, Pagenaud acabou levando seu carro para conquistar a vitória em Toronto e entrar de vez na disputa pelo título. Dominando o tempo todo e quando na parte final ele sofreu a pressão do Dixon acabou segurando a liderança e a vitória. Foi a 3ªVitória do Francês em 2019.

Scott Dixon ficou em 2ºlugar e continua sonhando com o 6ºtítulo na Formula Indy. O pódio foi completado pelo Norte-Americano Alexander Rossi que tirou um pouco sua vantagem para Josef Newgarden. O líder do campeonato encostou no muro a 4 voltas do final e acabou se arrastando para chegar no 4ºlugar. Felix Rosenquist completou os 5 primeiros colocados.

James Hinchcliffe acabou fazendo uma boa corrida, Saindo do 14ºlugar para terminar a prova em 6ºlugar na prova de casa. Colton Herta fez uma boa corrida e levou o carro da Harding para o 7ºlugar. Sebastién Bourdais apesar da batida acabou levando o carro da Dale Coyne para o 8ºlugar, Graham Rahal sobreviveu ao ataque de Power no começo da prova e se recuperou bem, terminando a corrida em uma honrosa 9ªposição. Marco Andretti levou o carro da Andretti-Herta ao 10ºlugar.

Destaques negativos são os outros pilotos da Andretti que não chegaram nem perto de Alexander Rossi e o desempenho da Foyt que foi pífio para desgraça dos seus dois pilotos.

No campeonato agora estava 434 pontos para Newgarden, 430 pontos para Rossi, 395 pontos para Pagenaud, 348 pontos para Dixon e 306 pontos para Will Power.

Fotos:

Resultado final do GP de Toronto
11ªEtapa do Campeonato Mundial de Formula Indy

posPilotoEquipeMotorVoltasTempo
122 Simon Pagenaud Team PenskeChevrolet851:30:16.438
29 Scott Dixon Chip Ganassi RacingHonda85a 0.137
327 Alexander Rossi   Andretti AutosportHonda85a 4.372
42 Josef Newgarden Team PenskeChevrolet85a 18.672
510 Felix Rosenqvist Chip Ganassi RacingHonda85a 20.743
65 James Hinchcliffe Arrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda85a 27.671
788 Colton Herta Harding Steinbrenner RacingHonda85a 32.604
818 Sébastien Bourdais Dale Coyne RacingHonda85a 33.541
915 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan RacingHonda85a 35.360
1098 Marco Andretti Andretti Herta AutosportHonda85a 45.417
1119 Santino Ferrucci Dale Coyne RacingHonda85a 53.494
1220Ed Jones Ed Carpenter RacingChevrolet84a 1 volta
1326 Zach Veach Andretti AutosportHonda84a 1 volta
1459 Max Chilton CarlinChevrolet84a 1 volta
1521 Spencer Pigot Ed Carpenter RacingChevrolet84a 1 volta
1628 Ryan Hunter-Reay   Andretti AutosportHonda84a 1 volta
1714 Tony Kanaan   A. J. Foyt EnterprisesChevrolet84a 1 volta
1812 Will Power    Team PenskeChevrolet83a 2 voltas
194 Matheus Leist A. J. Foyt EnterprisesChevrolet83a 2 voltas
207 Marcus Ericsson Arrow Schmidt Peterson MotorsportsHonda81a 4 voltas
2131Sage Karam CarlinChevrolet79a 6 voltas
2230 Takuma Sato  Rahal Letterman Lanigan RacingHonda67a 18 voltas – Motor

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *