Dakar 2016 – Analise Final dos Carros

O que se percebeu nesse Dakar para a categoria Carros é que houve um domínio muito grande entre 3 Marcas que foram os carros da Mini, da Pegueot e da Toyota, Dificilmente você conseguia ver um marca diferente disputando com esses carros que praticamente dominaram o Dakar desse ano.

No começo de Prova houve o total domínio dos Pegueot que foram comandados pelo Francês Multicampeão do Dakar Sebastian Loeb que dominou a primeira semana do Evento em cima de Stephane Peterhansel e de Carlos Sainz companheiros de equipe na Pegueot e do campeão de 2015 do Dakar Nasser Al-Attiyah com a Mini, Mas a partir da parte final do Dakar Loeb teve vários problemas e Carlos Sainz acabou quebrando o câmbio de seu carro e isso fez com que Stephane Peterhansel que junto de seu copiloto Jean Paul Cottret fizesse a diferença e com sua experiência ele ratificou o título levando a Peugeot ao campeonato em seu segundo ano de volta da Marca Francesa ao Dakar, foi a 5ªVitória da História da Peugeot no Dakar já que ela tinha conquistado um Tetracampeonato seguido de 1987 a 1990. Foi o 12ºTitulo de Peterhansel no Dakar, Um dos mitos desse evento que ainda esta com 50 anos podendo competir ainda por alguns bons anos.

Dakar_2016_chegada (30)

O Campeão do Dakar de 2015 Nasser Al-Attiyah junto do copiloto Matthieu Baumel Acabaram tendo problemas em uma especial e isso pode ter feito a diferença para não conseguir disputar o titulo com Peterhansel, Ficando a mais de meia hora atrás dos campeões desse ano. Completaram o pódio os vice-campeões de 2015 o Sul-africano Giniel de Villiers e o Alemão Dirk von Zitzewitz com o Carro da Toyota. Só para ter uma ideia dos 15 primeiros colocados tivemos 7 carros da Mini, 5 da Toyota e 3 da Peugeot, O primeiro carro sem ser uma dessas três marcas foi o carro da Hummer de Miroslav Zapletal e Maciej Marton que ficaram em 16ºlugar a quase 6 horas dos vencedores.

Dakar_estagio10_Belen_la2016 (10)

Sebastian Loeb disputou seu primeiro Dakar como se fosse um veterano ganhando estágios nos primeiros dias e parecia que iria vencer o que seria mais uma pagina brilhante na sua grande carreira, Mas acabou tendo problemas por dois dias seguidos aonde ele perdeu muito tempo devido a quebras e a um acidente o que fez Loeb e Daniel Elena ficarem sem chances de titulo ficando apenas em 9ºlugar o que não corresponde com o Dakar que ele fez e que não lhe tira todos os méritos dele nesse Dakar.

Destaque além de Sebastian Loeb que deu um show no Dakar desse ano vai para o vice-campeão do WRC por 4 Vezes ( E ai agente precisa se corrigir porque achamos que o Mikko Hirvonen foi campeão 4 vezes do WRC, Até poderia ter sido caso não tivesse um Loeb como adversário) O Finlandês Hirvonen junto do copiloto campeão do Dakar de 2014 Michel Perin fizeram um belíssimo Rally Dakar sendo regular o tempo inteiro terminando o Dakar em 4ºlugarna Geral.

Cyril Despres junto de David Castera apesar do 7ºlugar mostrou um desempenho muito abaixo dos demais pilotos da Pegueot, Acho que Despres não esta a altura de ser campeão do Dakar, pelo menos num futuro próximo pelo que ele tomou dos seus companheiro de equipe nesse ano. Já Carlos Sainz estava a altura de ser campeão do Dakar e quando parecia que iria conquistar a vitória depois de ter assumido a liderança, Mas a quebra do Câmbio acabou tirando o espanhol de 53 anos na parte final do evento.

Dakar_2016_chegada (24)

A se Destacar o desempenho do Argentinos Emiliano Spataro e Benjamin Lozada que até o final do Dakar chegasse como o melhor piloto com um carro sem ser dos G3 (Mini, Peugeot e Toyota), Mas problemas no final do Dakar acabou jogando os Argentinos para um 18ºlugar, Também deve se lembrar de Robby Gordon com a Gordini Hammer que teve boas exibições no Dakar, Mas acabou não chegando ao final do Evento.

Dakar2016_etapa7_uyuni_salta (4)

Já os Brasileiro que completaram o Dakar acabaram nas últimas posições. Leandro Torres e Lourival Roldan com o Carro da Polaris ficou em 57ºlugar e João Antonio Franciosi e Gustavo Gugelmin que tinha um Mitsubishi ficaram em 58ºlugar, Ambos tiveram grandes problemas, Mas levaram seus carros ao final da corrida, Já as maiores esperanças de um bom Resultado Guilherme Spinelli e Youssef Haddad acabaram deixando a prova ainda na primeira metade de prova assim como os Brasileiros Jorge Wagenfuhr e Joel Kravtchenko que não terminaram a corrida.

É Só isso Brasil!! No Dakar de 2016?
É Só isso Brasil!! No Dakar de 2016?

Só para encerrar, É absurdo o Brasil ter tão pouco representante no Dakar, Se fosse na África até não falava nada, Mas sendo praticamente na casa vizinha na Argentina e Bolívia deveríamos ter pelo menos o Dobro de pilotos em todas as categorias e pelo menos 1 trio nos Caminhões o que não tivemos nesse ano. Por isso que eu digo no final dessa analise: E Só Isso Brasil?

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar
Print: Vídeo de Daniel Marques (Youtube)

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *