Corridas Históricas – GP da Malásia de 2009

No quentíssimo circuito de Sepang, Em Kuala Lumpur foi realizada a 11ªEdição do GP da Malásia nos dias 3, 4 e 5 de Abril de 2009. Uma prova marcada por muitos erros de grandes equipes e pela chuva que acabou deixando a prova mais curta, tudo por culpa de uma exigência comercial de horário para o começo da prova. Jenson Button conquistou a pole position e a vitória.

Classificação do Sábado:

Q1, Nico Rosberg foi o mais rápido do Treino da manhã era um grande candidato a pole position. Toyota e Ferrari estavam com bons desempenhos e a Brawn um pouco mais atrás nos treinos livres.

Sebastian Vettel foi punido com 10 posições por ter sido considerado culpado pelo acidente que provocou com Robert Kubica no final do GP da Austrália. Rubens Barrichello perdeu 5 posições por trocar o Câmbio por ter entrado no Neutro na largada do GP da Austrália.

De começo, Os pilotos da Ferrari foram para a pista já para garantir lugar no Q2. Outros pilotos como Fisichella, Sutil, Bourdais e Nakajima buscaram escapar da eliminação. Aos poucos os favoritos foram para a pista, Rosberg já deu as cartas e já foi fazer o melhor tempo no 5ºminuto do Q1. Tempo logo superado por Alemão Adrian Sutil da Force India por poucos milésimos.

A 14 minutos e 37 segundos do final, Raikkonen faz 1:35.476 e coloca 1 segundo de frente para Sutil, Massa quase um minuto depois marcou o 3ºtempo, A 4 décimos do homem de gelo e atrás de Jenson Button. O vencedor do GP da Austrália marcou o melhor tempo a menos de 13 minutos do final.

Enquanto um piloto inglês vivia seu melhor momento na Formula 1, Um outro vivia um inferno astral, Lewis Hamilton foi criticado pelos jornais ingleses. Não só o piloto como a equipe. Isso por que no GP da Austrália, A equipe pediu para que Trulli passasse o piloto Inglês e fingisse que o Italiano acabou fazendo uma manobra ilegal. Isso acabou ocasionando em punição a Trulli em principio. Porém descoberta a farsa o piloto acabou desclassificado e Trulli recuperou o 3ºlugar. Além disso o carro da Mclaren era ruim e não havia grandes expectativas de bom desempenho.

Button e Barrichello estavam nas duas primeiras posições, Com Raikkonen e Massa em 3º e 4ºlugares. A Ferrari achou que os tempos de seus pilotos eram o suficiente para passar ao Q2. Sutil e Bourdais se esforçavam para manter se nos 15 primeiros lugares. Fernando Alonso com problemas de Infecção no ouvido estava no sacrifício, tentando uma boa classificação.

A 6 minutos do final os classificados eram: Button, Nakajima, Barrichello, Raikkonen, Kovalainen, Massa, Vettel, Trulli, Hamilton, Alonso, Webber, Glock, Buemi, Kubica e Bourdais. Sutil, Heidfeld, Rosberg, Fisichella e Piquet estavam eliminados.

Nelsinho Piquet fez uma boa volta para subir a 7ªposição, Jogando Bourdais para a zona de eliminação. Rosberg precisava de um tempo para sair da zona de eliminação e acabou saindo com sobras, marcando o 3ºtempo. A 3 minutos e 16 do final, Trulli marca 1:34.745 e assume a liderança. A Toyota vinha muito forte, O Drama era para Kubica e Heidfeld que vinham fora do Q2. A situação dos pilotos da Red Bull não era das melhores, os dois precisavam melhorar para não correrem riscos. A 1 minutos do final, Vettel passou para o 3ºlugar e Webber superou Vettel e passou para o 2ºlugar.

Nos segundos finais, Barrichello marcou 1:34.681 e subiu do 6º para o 1ºlugar. No final da classificação Kubica e Heidfeld subiram para os 15 primeiros lugares. No final da Classificação, supreendentemente Felipe Massa, Nelson Ângelo Piquet, Giancarlo Fisichella, Adrian Sutil e Sebastien Buemi. Pior que isso é que Raikkonen ficou com o 14ºlugar. A Tática da Ferrari foi desastrosa, achando que os tempos marcados dos dois pilotos davam para levar ambos para o Q2.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeChassisMotorTempo
123 Rubens BarrichelloBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:34.681
29 Jarno TrulliToyotaTF109Toyota RVX-091:34.745
310 Timo GlockToyotaTF109Toyota RVX-091:34.907
415 Sebastian VettelRed BullRB5Renault RS271:34.935
52 Heikki KovalainenMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:35.023
614 Mark WebberRed BullRB5Renault RS271:35.027
722 Jenson ButtonBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:35.058
816 Nico RosbergWilliamsFW31Toyota RVX-091:35.083
96 Nick HeidfeldBMW SauberF1.09BMW P86/91:35.110
105 Robert KubicaBMW SauberF1.09BMW P86/91:35.166
117 Fernando AlonsoRenaultR29Renault RS271:35.260
121 Lewis HamiltonMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:35.280
1317 Kazuki NakajimaWilliamsFW31Toyota RVX-091:35.341
144 Kimi RäikkönenFerrariF60Ferrari 0561:35.476
1511 Sébastien BourdaisToro RossoSTR4Ferrari 0561:35.507
163 Felipe MassaFerrariF60Ferrari 0561:35.642
178 Nelson Piquet, Jr.RenaultR29Renault RS271:35.708
1821 Giancarlo FisichellaForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.908
1920 Adrian SutilForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.951
2012 Sébastien BuemiToro RossoSTR4Ferrari 0561:36.107

Jenson Button vence na Malásia, em corrida sensacional em Sepang, interrompida pela chuva

No Q2, Aos poucos, os pilotos foram entrando para a pista, Com o céu um pouco mais escuro, era bom que todos marcassem tempo logo. Nakajima era o primeiro a abrir volta e acabou marcando o tempo de 1:35.118. Já Raikkonen foi para fora da pista e perdeu tempo. Enquanto que Heidfeld e Kubica fizeram os dois primeiros tempos, Até que a 10 minutos e 50 segundos do final do Q2, Jenson Button superou ambos e marcou 1:34.409, passando para a liderança.

Um dos Favoritos a pole, Jarno Trulli superou Button e fez 1:34.250 e Rubens Barrichello passou para o 2ºtempo. Faltava o Rosberg para marcar um tempo, A 8 minutos e 35 segundos do final, O alemão marcou 1:34.547, ficando com o 5ºtempo.

Na Metade do Q2 a Classificação era: Trulli, Vettel, Button, Barrichello, Webber, Rosberg, Heidfeld, Raikkonen, Alonso e Hamilton vinham nas 10 primeiras posições. Kovalainen, Kubica, Nakajima, Glock e Bourdais estavam eliminados.

Kovalainen tentando levar a sua Mclaren para o Q3, mas era difícil. O carro era ruim nesse começo de temporada, Já Raikkonen subiu do 8º para o 6ºtempo a 2 minutos e 10 segundos do final.

Praticamente todo mundo foi para a pista na reta final. O inglês Jenson Button rompeu a barreira do 1 minuto e 34 segundos e acabou marcando 1:33.704, voltando para a ponta.  Glock marcou o 6ºtempo. Hamilton fez uma última tentativa de volta para entrar nos 10 primeiros colocados, Porém foi Alonso que conseguiu levar a Renault no Q3, nas costas. Superando Nakajima que foi uma surpresa com a Williams (Que vinha muito bem no começo de temporada) e Nick Heidfeld.

Button ficou com o melhor tempo, 2 décimos na frene de Jarno Trulli. Webber vinha em 3º com sua Red Bull. Glock, Vettel, Barrichello, Raikkonen, Rosberg, Kubica e Alonso classificaram para o Q3. Heidfeld, Nakajima, Hamilton, Kovalainen e Bourdais acabam eliminados.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeChassisMotorTempo
122 Jenson ButtonBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:33.784
29 Jarno TrulliToyotaTF109Toyota RVX-091:33.990
314 Mark WebberRed BullRB5Renault RS271:34.222
410 Timo GlockToyotaTF109Toyota RVX-091:34.258
515 Sebastian VettelRed BullRB5Renault RS271:34.276
623 Rubens BarrichelloBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:34.387
74 Kimi RäikkönenFerrariF60Ferrari 0561:34.456
816 Nico RosbergWilliamsFW31Toyota RVX-091:34.547
95 Robert KubicaBMW SauberF1.09BMW P86/91:34.562
107 Fernando AlonsoRenaultR29Renault RS271:34.706
116 Nick HeidfeldBMW SauberF1.09BMW P86/91:34.769
1217 Kazuki NakajimaWilliamsFW31Toyota RVX-091:34.788
131 Lewis HamiltonMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.905
142 Heikki KovalainenMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.924
1511 Sébastien BourdaisToro RossoSTR4Ferrari 0561:35.431

Raikkonen de cara foi para a pista, assim que começou os 10 minutos finais da classificação. Button, Trulli e Rosberg são os favoritos a pole. Barrichello por perder 5 posições por trocar o câmbio e Vettel por ter sido punido com 10 posições ficam de fora dessa disputa.

A 6 minutos e 40 segundos do final, Raikkonen fez 1:37.020, Longe de fazer um tempo para disputar o título. Rosberg e Barrichello superaram fácil o piloto da Ferrari. A 6 minutos do final, Trulli marcou o melhor tempo. Porém, 30 segundos depois, Button fez 1:35.773, a mais de 2 décimos de vantagem sobre o principal piloto da Toyota.

Vettel superou Trulli e passou para o segundo lugar e Webber foi para o 4ºlugar. A 4 minutos do final, Jarno Trulli superou em 4 milésimos o tempo de Button. Vettel (a 0.200), Webber (a 0.543), Barrichello (a 0.651), Glock (a 0.843), Rosberg (a 0.912), Kubica (a 1.067), Raikkonen (a 1.251) e Alonso (a 1.890).

Todo mundo foi para os boxes para colocarem novos pneus e tentarem uma última tentativa. Dificilmente a pole não ficaria nas mãos ou de Trulli ou de Button. Raikkonen já foi tentar a volta a 2 minutos e meio do final, mas sem chances de pole position. Apenas a possibilidade de melhorar seu tempo.

O Homem de Gelo deu uma bela melhorada, com o 4ºtempo. Barrichello a 40 segundos do final acabou marcando o 1:35.651 e voltando para a ponta, mas lá vinha Button para melhorar a o tempo e buscar a pole position e foi isso que aconteceu. O inglês Jenson Button marcou 1:35.181, colocando meio segundo de vantagem. Rosberg marcou um bom tempo, ficando em 3ºlugar já com o cronometro zerado, mesmo caso de Vettel, que superou Barrichello e marcou o segundo tempo, mas ainda assim, ficou a 3 décimos de Button.

Mas ainda faltava Trulli, que vinha fazendo um belíssimo tempo provocando suspense no final. E acabou ficando a 92 milésimos de Button, que ficou com a pole position pela segunda vez, repetindo a pole position da Austrália. Trulli ficou perto de uma pole position, O italiano ficou em uma satisfatória 2ªposição. Na segunda fila será composta por Timo Glock da Toyota e Nico Rosberg com a Williams. Na terceira fila seria composta por Mark Webber da Red Bull e Robert Kubica da BMW.

Rubens Barrichello com a perda de 5 posições ficou com o 8ºlugar no Grid de largada. Atrás do finlandês Kimi Raikkonen salvando a honra da Ferrari. Alonso com a Renault e Nick Heidfeld com a BMW Sauber completam os 10 primeiros colocados.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeChassisMotorTempoPeso de quem vai largar
122 Jenson ButtonBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:35.181660 kg
29 Jarno TrulliToyotaTF109Toyota RVX-091:35.273656,5 kg
310 Timo GlockToyotaTF109Toyota RVX-091:35.690656,5 kg
416 Nico RosbergWilliamsFW31Toyota RVX-091:35.750656 kg
514 Mark WebberRed BullRB5Renault RS271:35.797656 kg
65 Robert KubicaBMW SauberF1.09BMW P86/91:36.106663 kg
74 Kimi RäikkönenFerrariF60Ferrari 0561:36.170662,5 kg
823 Rubens BarrichelloBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:35.651664,5 kg
97 Fernando AlonsoRenaultR29Renault RS271:37.659680,5 kg
106 Nick HeidfeldBMW SauberF1.09BMW P86/91:34.769692 kg
1117 Kazuki NakajimaWilliamsFW31Toyota RVX-091:34.788683,4 kg
121 Lewis HamiltonMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.905688 kg
1315 Sebastian VettelRed BullRB5Renault RS271:35.518647 kg
142 Heikki KovalainenMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.924688,9 kg
1511 Sébastien BourdaisToro RossoSTR4Ferrari 0561:35.431670,5 kg
163 Felipe MassaFerrariF60Ferrari 0561:35.642689,5 kg
178 Nelson Piquet, Jr.RenaultR29Renault RS271:35.708681,9 kg
1821 Giancarlo FisichellaForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.908680,5 kg
1920 Adrian SutilForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.951655,5 kg
2012 Sébastien BuemiToro RossoSTR4Ferrari 0561:36.107686,5 kg

Dia da corrida – O diluvio que acabou interrompendo uma das melhores corridas da Formula 1 da Década. Em relação a corrida, Button, Trulli e Glock eram os 3 principais candidatos a vitória, Rubens Barrichello por largar em 8ºlugar estava um pouco mais atrás nessa briga. Rosberg poderia ser uma boa surpresa. Webber era a esperança de vitória da Red Bull já que Vettel largaria da 13ºlugar.

Na largada, Kubica fica praticamente parado, Barrichello consegue desviar do carro da BMW Sauber e todo o resto que estava do lado par desviaram sem provocar nenhum acidente. Button, Trulli e Glock não fizeram boas largadas. Em contrapartida, Rosberg pulou do 4ºlugar para a liderança.

Pior para Button, que caiu da ponta para o 4ºlugar nas primeiras curvas. Trulli conseguiu se manter na segunda posição e Alonso pulou do 9º para o 3ºlugar. Barrichello passou do 8º para o 6ºlugar, na quarta para a quinta curva passou Raikkonen e subiu para o 5ºlugar. Webber e Glock completavam os 8 primeiros colocados. Nas primeiras curvas, Kovalainen acabou escapando da pista e deixando a prova.

No final da 1ªvolta, Button passou Alonso deixando o espanhol para Barrichello. O Brasileiro da equipe Brawn não poderia perder tempo, mas Alonso tinha o KERS, isso iria dificultar a ultrapassagem. Kubica com problemas deixou a prova na segunda volta. Buemi tocou o bico e acabou tendo que antecipar a sua parada.

Alonso segurava Barrichello, Que precisava passar logo já que vinha ficando muito para trás na briga pela ponta. No Hairpin, O Brasileiro passou o piloto da Renault, mas perdeu a trajetória e Alonso conseguiu voltar a frente, mas foi por pouco tempo, Rubens colocou por dentro e no final da reta dos boxes consegue a ultrapassagem, passando para o 4ºlugar. e logo foi embora do piloto da Renault, que vinha pesado e com o carro bem ruim. Glock tentava recuperar posições.

Classificação após 4 voltas: Rosberg, Trulli (a 1.914), Button (a 2.989), Barrichello (a 9.520), Alonso (a 11.901), Raikkonen (a 12.463), Webber (a 13.121) e Glock (a 13.603). Alonso estava segurando o ritmo de prova atrás, virando 3 segundos mais lento que os líderes. Heidfeld vinha em 9º, com Vettel em 10º superando Lewis Hamilton. Felipe Massa continuava em 12ºlugar.

Na 5ªvolta, Timo Glock arriscou passar Mark Webber na curva 11, viu que não dava e o piloto Alemão conseguiu evitar o Choque com o piloto da Red Bull. Ainda estava fazendo sol em Sepang, mas as nuvens carregadas rondavam a pista. Muito normal chover no final da tarde na Malásia. Vettel foi para cima de Heidfeld, buscando sua recuperação, levando com ele Hamilton e Massa (um pouco mais atrás) na briga.

Rosberg na 8ªVolta vinha a 2.7 segundos a frente de Trulli, Button vinha a 1 segundo do piloto da Toyota, Barrichello vinha em 4º, quase 10 segundos atrás do líder e abrindo muito de Alonso, Raikkonen, Webber e Glock disputando o 5ºlugar.

Na 9ªVolta, Vettel e Hamilton superaram Heidfeld, que acabou errando e subiram para o 9º e 10ºcolocados. Trulli faz a melhor volta da prova no final da volta. Alonso  continuava segurando Raikkonen tranquilamente, mesmo com um carro melhor que o carro da equipe Francesa.

Na 10ªVolta, Rosberg faz 1:37.660. A melhor volta da prova. Na 11ªVolta, Raikkonen finalmente conseguiu a ultrapassagem sobre Alonso que acabou escorregando um pouco na curva 4. O Homem de Gelo abriu vantagem.Webber passou a ir para cima do Alonso. Classificação após 11 voltas: Rosberg, Trulli (a 3.054), Button (a 4.232), Barrichello (a 10.376), Raikkonen (a 26.523), Alonso (a 28.304), Webber (a 28.801), Glock (a 29.501).

Webber superou Alonso no final da 12ªVolta (Curva 16) O Espanhol tentou voltar, chegou a voltar a frente, mas na curva 1, Alonso perde a trajetória da curva e Webber ganha em definitivo o 6ºlugar. Perto deles, Vettel chega no Grupo e estava perto de Glock na disputa pelo 8ºlugar.

Na volta seguinte, Vettel faz a primeira parada, com 10.7 segundos (Uma parada meio lenta para a tática que ele adotava). Glock vai para cima de Alonso, Hamilton vinha chegando nos dois.

Rosberg foi para os boxes na 16ªvolta, com 9.7 segundo o piloto Alemão volta em 4ºlugar. Com Trulli, Button e Barrichello ainda por fazer à parada. Glock também fez a troca nessa volta. Com o céu cada vez mais escuro, Trulli e Button estavam separados por 1 segundo em 1º e 2ºlugares, Webber vai para a parada na 17ªvolta.

O líder Jarno Trulli foi para a parada, Button assumiu a ponta e Barrichello passou a ser o segundo lugar. Trulli voltou atrás de Rosberg em 4ºlugar. Raikkonen vai para os boxes ao final da 18ªVolta, A Ferrari colocou os pneus de chuva intermediário para o Homem de Gelo. O céu estava cada vez mais fechado.

Button vai para os boxes, A Brawn colocou pneus secos. Ainda não era a Hora de se colocar pneus de pista molhada. Barrichello passou para a liderança e Button voltou na segunda posição, superando Rosberg e Trulli. Raikkonen estava lento, os pneus de chuva dele acabaram em 1 volta, Todo mundo vinha passando por ele.

Rubens Barrichello teve de ir para a sua primeira parada no final da 20ªvolta. Mesmo com a chuva começando a cair, Os pneus foram de pista seca, Voltando para o 4ºlugar, mas bem perto de Trulli. Button passou para a ponta com Rosberg em 2ºlugar. Trulli e Barrichello começavam a brigar pelo 3ºlugar. O desempenho da Brawn do piloto Brasileiro era melhor. No meio da 22ªVolta à chuva começou a cair. Logo de cara, Alonso roda e da forma que ele rodou foi sorte ele ter voltado à prova, era para ter ficado atolado na brita.

Ao ver que a chuva voltou, Button volta aos boxes para colocar os pneus intermediários. O mesmo fez Rosberg, Trulli e Barrichello e todo o resto. Agora a corrida tomava uma outra direção. Após as trocas, Button, Rosberg, Trulli e Barrichello mantiveram as posições. Já Hamilton foi a caça de Heidfeld para disputar o 5ºlugar. Webber e Massa completavam os 5 primeiros.

Webber acabou pegando Lewis no contra pé e acabou passando o campeão do Mundo de 2008, Mas Hamilton continuou lutando e na entrada da volta 23 recuperou a posição. Curvas depois, Webber passou de novo Hamilton e errou a curva. O pega dos dois foi muito bom, Webber mesmo com os erros acabou superando o piloto da Mclaren que novamente dá o troco no Australiano. Mas Webber conseguiu curvas depois superar Hamilton e deu um ponto final nessa briga e foi para cima de Heidfeld, passando por fora o piloto da BMW na 16ªVolta, ganhando o 5ºlugar. Mais atrás, Vettel se aproveitou da escapada para passar Kazuki Nakajima.

Timo Glock vinha voando na pista, em um espaço de 3 voltas, pulou do 11º para o 7ºlugar e na pressão em cima de Nick Heidfeld, antes do final da 26ªVolta. O piloto alemão estava com os pneus intermediários e os outros pilotos com os pneus intermediários. Com exceção de Mark Webber que estava com os intermediários também.

Na 27ªVolta, Barrichello passa com certa facilidade Trulli e sobe para o terceiro lugar. Porém, a chuva cai mais forte e a tática de Glock e Webber foi para o saco. Barrichello passou Rosberg, que foi para os Boxes. A Brawn tinha a dobradinha. Porém ainda os pneus intermediários eram mais rápidos. Era um enorme troca de pneus, Muito grande a movimentação nos boxes.

Barrichello que estava em segundo teve que segurar o carro e Glock e Webber se aproveitam e passam pelo veterano. Trulli e Barrichello foram para os boxes para a 3ªparada. A prova era imprevisível nesse momento. Barrichello superou Trulli de novo e continuava muito rápido. Button foi para a 3ªparada, com 24 segundos a frente de Glock. A 27 Voltas do final, O Alemão era o líder, com pouca vantagem para Button. Porém o piloto da Brawn tinha mais pneus e mais carro. Enquanto Button volta a ponta na 30ªVolta, Glock vai para os boxes.

A chuva apertava ainda mais, todos colocam pneus de chuva mesmo. A partir dai começaram as rodadas. Primeiro com o Fisichella, depois Vettel acabou rodando. Com todo isso, o Safety Car entrou na pista, Os carros em baixa velocidade estavam agua planando.  Logo deram a bandeira vermelha. Button fez 4 paradas, assim como Webber, Trulli, Barrichello, Rosberg. Glock e Hamilton fizeram suas paradas e Heidfeld acabou fazendo uma parada apenas e se beneficiou das adversidades.

Hamilton e Heidfeld também rodaram, mas continuaram na corrida. Os pilotos iriam esperar a chuva passar e as condições de pista. A direção da prova fez tudo que era o possível para recomeçar a prova. O líder da GPDA Mark Webber consultou todos os pilotos e eles afirmavam que estavam muito escuro para correr.

Alguns pilotos ainda estavam no carro, já outros já estavam de fora. Os dois pilotos da Renault não queriam mais voltar a pista. Kimi Raikkonen já tirou o macacão e com comendo um sorvete, O Homem de Gelo não queria mais saber  de corrida.

E depois de mais de 50 minutos de espera, Não tiveram outra opção a não ser declarada a prova como encerrada. Jenson Button conquistou a segunda vitória na temporada, mesmo com a pontuação pela metade. Nick Heidfeld acabou com o segundo lugar, um improvável pódio para o piloto da BMW. Timo Glock da Toyota completou o pódio. Jarno Trulli, Rubens Barrichello, Mark Webber, Lewis Hamilton e Nico Rosberg completaram a zona de pontuação.

Era realmente impossível  a prova ter continuado. A decisão de encerrarem a prova foi acertada, a prova já tinha passado da metade da prova e o risco era enorme para os pilotos e o dia já estava escurecendo. Se tiver um culpado esse alguém é Bernie Ecclestone, por que por causa de fins comerciais, A corrida foi empurrada para o final da tarde, num lugar onde chove nesse horário. Uma pena, mas enquanto durou, a prova foi belíssima. Com muitos pilotos andando muito bem, Alguns como Heidfeld e Glock tiveram sorte. Outros pilotos como Barrichello, Rosberg, Webber e Massa não deram tanta sorte assim e ficaram em posições abaixo do que merecia.

Resultado do GP da Malásia de 2009

Fotos:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Olivier F1

Deixe uma resposta