Cavigliasso fecha com Chave de Ouro e vence Última especial confirmando o título do Dakar 2019

Nicolas Cavigliasso venceu a última etapa do Dakar na categoria Quadriciclos realizada em Lima. Como na maioria das outras 8 vitórias que ele teve dessa edição do Dakar, O Argentino acabou liderando de ponta a ponta, Ainda no primeiro Setor ele teve bem perto o Também Argentino Manuel Andujar, Mas depois o Campeão acabou indo para o domínio nos outros 3 setores, No que acabou resultando em sua 9ªVitória em 10 Especiais.

O Francês Alexandre Giroud, O melhor europeu dos Quadriciclos ficou em 2ºlugar a 5 minutos e 22 segundos. Logo atrás vieram os Argentinos Jeremias Gonzalez Ferioli (Vice-campeão do Dakar 2019), Manuel Andujar e Gustavlo Gallego. Na Classificação final do Dakar, Nicolas Cavigliasso, Jeremias Gonzalez Ferioli e Gustavo Gallego fizeram o pódio. Apenas 15 pilotos chegaram ao final.

Resultado final da 10ªEtapa do Dakar – Quadriciclos


Pos
PilotosPaísEquipeVeiculoTempo
1240Nicolas CavigliassoArgentinaDrag’on Rally TeamYamaha YFM700R01H 48′ 38”
2250Alexandre GiroudFrançaTeam GiroudYamaha YFZ 700+ 00H 05′ 22”
3241Jeremias Gonzalez FerioliArgentinaFerioli Racing TeamYamaha Raptor 700+ 00H 06′ 13”
4273Manuel AndujarArgentina7240 TeamYamaha Raptor 700+ 00H 06′ 42”
5257Gustavo GallegoArgentinaGustavo Gallego CompeticionYamaha Raptor 700+ 00H 07′ 15”
6245Nelson Augusto SanabriaParaguaiDrag’on Rally TeamYamaha YFM700R+ 00H 11′ 18”
7262Emilio ChoyPeruECM Racing TeamYamaha Raptor 700+ 00H 13′ 00”
8255Kamil WisniewskiPolôniaKamil WisniewskiCAN-AM Renegade 850XXC+ 00H 13′ 35”
9252Carlos Alejandro VerzaArgentinaVerza Rally TeamYamaha YFM700R+ 00H 15′ 02”
10265John MaragozidisAustráliaMaragozidis RacingYamaha Raptor 700+ 00H 25′ 40”

Texto: Deivison da Conceição da Silva

O Dia 31 que durou 21 anos – Parte 3

General Ernesto Geisel

Apoiado pelo Grupo Castelista, Sua indicação foi uma derrota para a parte mais radical da área Militar. (A Linha dura) O General Geisel assumiu o poder em 15 de Março de 1974 e Juntamente com Golbery de Couto e Silva ele iria articular um projeto de Abertura, que seria “Lenta, Gradual e Segura” Rumo a uma “Democracia Relativa”. Esse plano não seria fácil de ser implantado. As dificuldades seriam uma crise na Economia nacional e a reação que a linha dura teria, Ameaçando esse projeto de Abertura.

O Presidente não abriu mão totalmente do endurecimento através do AI-5.

Nas eleições de 1974 a oposição vence as eleições e a bancada do MDB cresce e impede a aprovação do projeto do Governo para a reforma do Judiciário, Denunciando que existia uma “Ditadura da Minoria” Com isso Geisel fechou o congresso em Abril de 1977, Implanta a reforma do Judiciário, Baixa uma série de medidas para frear o avanço do MDB, Volta das eleições indiretas para os Governadores, Aprovação de medidas pela maioria simples do congresso (Antes eram 2/3 do Congresso) e a Escolha de 1/3 dos Senadores pelo Governo. (OS Chamados Senadores Biônicos) Essa medida teve apoio do Ministro do Planejamento Reis Velloso, João Figueiredo (Chefe do SNI), General Hugo Abreu (Chefe da casa Militar) e General Golbery de Costa e Silva (Chefe da Casa Cívil). E o apoio de 3 dos principais governadores do país: Paulo Egydio (São Paulo), Aureliano Chaves (Minas Gerais) e Sinval Guazelli (Rio Grande do Sul).

Apesar disso tudo, Geisel não abandonou o plano de Abertura Democrática no País. Primeiro em 1975 ele suspendeu a censura previa a imprensa escrita (Ainda manteve a Censura em Rádio e na TV). Apesar disso era algo muito tímido para um processo de Abertura política. Em Julho de 1975, O Brasil faz um acordo Nuclear com a Alemanha sem consultar a Comunidade Cientifica e a Sociedade Cívil. Essa parceria quase fez com que os Estados Unidos roupem-se relações com o Brasil)

A Economia começou a ficar mais crítica. apesar do PIB do país aumentar 41%, A Inflação anual passou de 18,7% para 40%. E a dívida Externa mais do que Triplicou nesse período: De U$ 12,5 Bilhões para U$ 43 Bilhões. Mesmo com toda essa crise, Geisel conseguiu ganhar a guerra de Braço com o General Silvio Frota (representante da Linha Dura) e conseguiu fazer de João Figueiredo o seu sucessor.

No final do mandato, Geisel cumpriu sua promessa e em 1º de Janeiro de 1979 ele extingue o AI-5. No dia 15 de Março, João Figueiredo assume a presidência do Brasil.

O momento mais tenso de seu Governo se deu no dia 26 de Outubro de 1975, Com a morte covarde do Jornalista Vladimir Herzog. Ele era Chefe de Departamento de Jornalismo da TV Cultura e simpatizante do PCB. Porém, Jamais se envolveu em Luta Armada.

Herzog foi preso, Brutalmente torturado e morto. Após isso, Montaram uma farsa, O Corpo do Jornalista foi colocado em uma posição absurda, Forjando que ele tinha se suicidado. A sua morte acabou causando comoção em São Paulo. Mesmo sendo proibido o Velório, No dia 31 de outubro de 75, cerca de 8 mil pessoas se reuniram na catedral da Sé para assistir a um culto ecumênico celebrado pelo Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns, pelos Rabinos Henry Sorbel e Marcelo Rittmer e pelo Reverendo Jaime Wright.

O General Geisel teve de ir até São Paulo deixar um recado bem dado de que “Não seria mais tolerada mais nenhuma morte naquelas circunstâncias. Após esse caso o presidente começou a travar um duelo com a linha dura. Era um jogo de Poder entre esses dois lados. A Morte do Operário Manuel Fiel Filho só aumentou esse confronto. Nessa Batalha Geisel ganha da Linha dura e consegue não só fazer o sucessor como conseguiu caminhar o processo de democratização no Brasil com o Fim do AI-5.

João Baptista Figueiredo

Foi o 5º e último presidente do período da Ditadura Militar, Tinha a missão de concretizar a abertura Democrática no Brasil iniciado pelo Ernesto Geisel. Apesar do apoio incondicional do ministro da Justiça Petrônio Portela e o Apoio do General Golbery, Mas teria de enfrentar uma das maiores crises econômica na história do país (Uma Herança da Milagre Econômico) e os últimos, Violentos e Desesperados espasmos da linha dura e da Direita Radical.

Durante esses 6 anos de Figueiredo no poder a Economia foi muito mal, Graças as equivocadas medidas econômicas pela equipe Econômica. No final de 1983, O PIB caiu 2,5%, A Divida externa passou de 81 para 91 Bilhões de Dólares. (9,5 Bilhões eram de Juros da Dúvida interna) Mesmo com essa crise, Muitas empresas e muitos empresários acabaram lucrando com a inflação. Devido a concentração de Renda e o Arrocho Salarial.

Em Agosto de 1979, Figueiredo dá anistia aos presos e cassados politicamente, Devolvendo seus direitos políticos. Em 1980 a linha dura estava desesperada, Com bombas sendo explodidas a comando desse setor da política nacional. No dia 1º De maio de 1981 durante a um Show do dia do Trabalhador uma bomba explodiu no colo de um sargento dentro de um carro, No Estacionamento do Rio Centro. A Ditadura Militar estava cada dia mais e mais em ruinas e cada dia mais e mais estava chegando perto da Abertura Democrática no Brasil.

Em 1982 tivemos eleições estaduais, A Primeira depois da volta do Multipartidarismo. Em 1984 as ruas do Brasil foram ocupadas pedindo diretas já. Vários políticos aderiram a essas manifestações pedindo a volta do regime democrático. A Emenda acabou sendo derrotada no Congresso obtendo 298 votos. (Precisava de 320 votos para ser aprovada) Mas o Apelo da sociedade pedia um presidente democrático para a sucessão de Figueiredo.

Tancredo Neves representou essa via para a democracia, Seu vice era José Sarney. Paulo Maluf era o candidato do PDS. Nessas eleições que foram feitas pelo com os votos do congresso no dia 15 de Janeiro. Tancredo ganhou com 180 votos contra 180 de Paulo Maluf.

Infelizmente, Tancredo não assumiu o poder, 1 dia antes da posse, Tancredo foi internado no Hospital por causa de um tumor no intestino. Foram 37 dias de agonia até o dia 21 de Abril de 1985 quando anunciaram a morte de Tancredo Neves. A Alegria do povo virou tristeza e comoção pelas ruas pela triste notícia.

Jose Sarney assumiu a presidência no dia 15 de Março e teve a missão de conduzir o Brasil para a redemocratização. Apesar de não ser o presidente dos sonhos ele configurou a Constituição Cidadã de 1988. Em 1989 ocorreu as primeiras eleições direitas desde de 1960.

Debate do Governador de São Paulo de 1982:

Com o Fim do Bipartidarismo nas eleições de 1982 o Surgiu o PDS, PDT, PT, PTB e PMDB. Outros partidos surgiram nos anos 80, Entre eles o PFL, PL, PCN, PV, PASART, PDC, PCB, PSB, PC do B. Em 1989 as eleições presidenciais contou com 22 candidatos. Nesse ano completamos 33 anos de Democracia, Ela esta consolidada, Mas sempre corre o risco de ser destruída com qualquer político lunático e que tenham perfis autoritários e extremistas. “Ditadura é Ditadura seja de qual viés Ideológico Venha”

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fonte: História do Brasil / Zero Hora – RBS Jornal
Vídeos: Mario Jorge de Castro Dourado / Band Jornalismo

Francesco Bagnaia sobra em Spielberg e leva a pole position

Na moto 2, Bagnaia encerrou o dia com uma pole incontestável em Spielberg. O piloto da Sky Racing VR46. Desde dos primeiros minutos mostrou um grande desempenho, Assumindo a primeira posição nos primeiros minutos. Com 1:29.787 e depois em uma outra volta sendo o temporal de 1:29.409. Colocando 6 décimos em Miguel Oliveira, Seu mais próximo concorrente e líder do campeonato.

No começo do Treino Xavi Vierge foi atropelado pelo piloto Holandês Steven Odendaal com a moto da NTS. O Espanhol caiu no chão e acabou com sua mão machucada. Ao voltar aos boxes, sua mão inchou. O piloto da Dynavolt não voltou a Classificação.

Com 1 terço de Treinamento, A pole estava praticamente garantida nas mãos do piloto Italiano. Visto que depois de 15 minutos de treino meio que as posições são muito definidas, E a vantagem de 639 milésimos a frente de Oliveira, Só consolidava a posição do piloto Italiano.

Na metade do treinamento, Luca Marini que vinha em 4ºlugar acabou caindo, Sua moto ficou em posição muito perigosa. Com os detritos da pista, O treino foi paralisado por pelo menos uns 5 minutos.

O Treino reiniciou, Xavi Vierge acabou sofrendo uma Fratura no pulso direito, O que impossibilita dele correr amanhã.  Enquanto isso, Lorenzo Baldassarri subiu do 9º para o 6ºlugar. No terço final de treinamento, Os tempos começaram a melhorar.

A 10 minutos do final, Pasini marcou o segundo tempo, Mas esse tempo foi anulado. Quem subiu para o segundo lugar foi Fábio Quartararo com 1:29.719, A Moto da Speed UP esta andando bem. Pasini subiu do 7º para o 5ºlugar.

Bagnaia no final do treino acabou com problemas eletrônicos em sua moto, Mas isso não lhe tirou a pole position. Foi conquistada de maneira muito fácil. Completava a primeira fila, O líder do campeonato Miguel Oliveira que ganhou o segundo lugar do Fábio Quartararo nos minutos finais da Classificação. O Piloto da Speed UP completa a primeira fila.

Na segunda fila larga o Espanhol Jorge Navarro da Gresini, Alex Marquez da Marc VDS em  5º e Mattia Pasini completando a 2ªFila. Marcel Schrotter que vai ser o único piloto da Dynavolt na corrida de amanhã larga em 7º. Com Brad Binder que comemorou 23 anos no dia de hoje em 8º e Lorenzo Baldassarri fechando a 3ªFila. Luca Larini que caiu no meio do Treinamento acabou não voltando a pista ficando em 10ºlugar.

Bom treino de Remy Gardner, Largando em 11ºlugar. Iker Lecouna, Augusto Fernandez e Andrea Locatelli foram bem no treino. Sam Lowes em 16º, Simone Corsi em 18º e Joan Mir em 20º acabaram decepcionando.

Eric Granado foi chutado pela incompetente e decadente equipe Forward, com seu medíocre Chassi Suter. Minha opinião é essa sobre essa história: Claramente é o pior dos mundos para o piloto Brasileiro, Mas em breve isso pode acabar sendo o melhor dos mundos. Pois ainda nessa temporada ele possa pegar uma moto mais competitiva do que a moto aonde ele correu pelas 10 etapas nesse ano. Seu substituto, Isaac Viñales não acrescentou nada ao time e larga em 29ºlugar, 6 posições atrás de Stefano Manzi.

Amanhã, As 7 e 15 da manhã será dada a largada para o GP da Áustria da Moto 2. Com os principais candidatos ao título largando nas duas primeiras posições.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de largada do Mundial de motovelocidade
MotoGP – GP da Áustria

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 1’29.409
2 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM 1’29.719
3 20 Fabio Quartararo (+)Ego – Speed Up Racing Speed Up 1’29.930
4 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex 1’29.971
5 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’30.058
6 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex 1’30.069
7 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex 1’30.095
8 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’30.125
9 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex 1’30.135
10 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex 1’30.194
11 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 1’30.195
12 27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM 1’30.197
13 40 Augusto Fernandez Pons HP40 Kalex 1’30.215
14 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex 1’30.270
15 13 Romano Fenati Marinelli Snipers Team Kalex 1’30.286
16 22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM 1’30.336
17 52 Danny Kent (+)Ego – Speed Up Racing Speed Up 1’30.401
18 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 1’30.409
19 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM 1’30.452
20 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’30.486
21 45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1’30.555
22 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1’30.555
23 62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter 1’30.654
24 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS 1’30.794
25 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS 1’30.959
26 95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex 1’31.093
27 64 Bo Bendsneyder Tech 3 Racing Tech 3 1’31.132
28 66 Niki Tuuli Petronas Sprinta Racing Kalex 1’31.404
29 32 Isaac Vinales Forward Racing Team Suter 1’31.468
30 55 Alejandro Medina SAG Team Kalex 1’31.790
31 18 Xavier Cardelus Team Stylobike Kalex 1’32.012
32 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 1’33.725

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Power ganha 2 milhões e meio de dólares com a vitória das 500 milhas de Indianapolis

O Australiano Will Power embolsou mais de 2 milhões e 500 mil dólares com a vitória nas 500 milhas de Indianapolis. Apesar disso, A premiação dos pilotos nessa temporada foi menor do que a premiação do ano passado no total de prêmios. No total foram dados 13.063.073 de Dólares.

Esse prêmio foi menor que a premiação das 500 milhas de 2017, Onde foram dados para os 33 pilotos U$ 13.178.369. Desde de 2014 a premiação vem caindo. Nesse ano que o Norte-americano Ryan Hunter-Reay venceu com Hélio Castroneves ficou em 2ºlugar. O Prêmio foi de U$ 14.231.763.

Premiação dos últimos 10 anos:

Ano Total
2018  U$ 13.063.073
2017  U$ 13.178.369
2016  U$ 13.273.263
2015  U$ 13.397.315
2014  U$ 14.231.763
2013  U$ 12.020.065
2012  U$ 13.280.815
2011  U$ 13.506.235
2010  U$ 13.592.815
2009  U$ 14.293.315
2008  U$ 14.352.580
2007  U$ 10.642.815

A prova que mais deu dinheiro no seu total foi em 2008 com U$ 14.352.580, Seguida de perto pela edição de 2009 com U$ 14.293.315. A premiação de 2018 foi U$ 1.289.507 menor do que maior premiação e foi U$ 115.296 menor do que a premiação do ano passado.

Porém a premiação do Vencedor desse ano foi maior. Veja esses números:

Ano Prêmiação do Vencedor Premiação do 2º Premiação do 3º
2018 $ 2.525.454 $ 911.504 $ 587.129
2017 $ 2,458,129 $ 770,629 $ 535,629
2016 $ 2.548.743 $ 788.743 $ 574.243
2015 $ 2.449.055 $ 792.555 $ 615.805
2014 $ 2.491.194 $ 785.194 $ 585.194
2013 $ 2.353.355 $ 964.205 $ 583.005
2012 $ 2.474.280 $ 1.102.280 $ 636.580
2011 $ 2.567.255 $ 1.064.895 $ 666.945
2010 $ 2.752.055 $ 1.010.805 $ 631.505
2009 $ 3.048.005 $ 1.258.805 $ 763.305
2008 $ 2.988.065 $ 1.273.215 $ 782.065
2007 $ 1.645.233 $ 719.067 $ 646.303

Will Power ganhou U$ 67.325 a mais do que o vencedor do ano passado. Takuma Sato ganhou em 2017 o prêmio de 2.458.129. Porém, Nada chega perto dos 3 milhões de Dólares (U$ 3.048.005) ganhos pelo brasileiro Hélio Castroneves nas 500 milhas do ano de 2009.

A premiação do segundo lugar vem ficando menor ano após ano, Porém nessa edição, Ed Carpenter ganhou o prêmio de U$ 911.504 pelo 2ºlugar. Mas isso tem uma explicação. O Norte-americano ganhou a pole position que dá ao piloto o prêmio de 150 mil dólares. Isso fez com que a premiação do norte-americano ficasse maior. No enteando, o valor caiu. Em 2008 o prêmio para Vitor Meira foi $ 1.273.215 pelo 2ºlugar. No ano passado, Hélio Castroneves ganhou U$ 770.629 pelo 2ºlugar.

E igualmente acontece com o terceiro lugar que chegou a ter a premiação de U$ 782.065 e hoje tem como premiação para o terceiro lugar (Scott Dixon) U$ 587.129.

Veja a Premiação das 500 Milhas de Indianapolis de 2018

pos Piloto Equipe Prêmio
1 12 Will Power Team Penske $ 2.525.454
2 20 Ed Carpenter Ed Carpenter $ 911.504
3 9 Scott Dixon Chip Ganassi $ 587.129
4 27 Alexander Rossi Andretti Autosport $ 454.804
5 28 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport $ 419.804
6 22 Simon Pagenaud Team Penske $ 419.804
7 29 Carlos Munoz Andretti Autosport $ 254.005
8 1 Josef Newgarden Team Penske $ 400.654
9 6 Robert Wickens Schmidt Peterson $ 424.979
10 15 Graham Rahal Rahal Lettermann Lanigan Racing $ 401.229
11 66 J.R. Hildebrand Dreyer & Reinbold Racing $ 225.305
12 98 Marco Andretti Andretti Herta Autosport $ 364.129
13 4 Matheus Leist A.J.Foyt Enterprises $ 357.129
14 88 Gabby Chaves Harding Racing $ 315.305
15 25 Stefan Wilson Andretti Autosport $ 212.330
16 60 Jack Harvey Michael Shank Racing $ 200.305
17 64 Oriol Servia Rahal Lettermann Lanigan Racing $ 211.105
18 23 Charlie Kimball Carlin $ 300.305
19 19 Zachary Claman Dale Coyne $ 339.354
20 21 Spencer Pigot Ed Carpenter $ 346.154
21 17 Conor Daly Dale Coyne $ 200.305
22 59 Max Chilton Carlin $ 300.305
23 26 Zach Veach Andretti Autosport $ 334.129
24 7 Jay Howard Schmidt Peterson $ 200.305
25 14 Tony Kanaan A.J.Foyt Enterprises $ 346.954
26 24 Sage Karam Dreyer & Reinbold Racing $ 203.305
27 3 Helio Castroneves Team Penske $ 205.305
28 18 Sebastien Bourdais Dale Coyne $ 348.829
29 32 Kyle Kaiser Juncos Racing $ 205.805
30 13 Danica Patrick Ed Carpenter $ 208.305
31 10 Ed Jones Chip Ganassi $ 338.129
32 30 Takuma Sato Rahal Lettermann Lanigan Racing $ 300.305
33 33 James Davison A.J.Foyt Enterprises $ 200.305
Total $ 13.063.073

A premiação das 500 milhas de Indianapolis são maiores com os pilotos que disputam o campeonato inteiro. Os pilotos que correm só nas 500 milhas tem uma premiação aproximadamente 30% menor do que as premiações dos pilotos que fazem a temporada completa.

Premiação dos pilotos que disputam a temporada inteira

Piloto Equipe Prêmio
Will Power Team Penske $ 2.525.454
Scott Dixon Chip Ganassi $ 587.129
Alexander Rossi Andretti Autosport $ 454.804
Robert Wickens Schmidt Peterson $ 424.979
Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport $ 419.804
Simon Pagenaud Team Penske $ 419.804
Graham Rahal Rahal Lettermann Lanigan Racing $ 401.229
Josef Newgarden Team Penske $ 400.654
Marco Andretti Andretti Herta Autosport $ 364.129
Matheus Leist A.J.Foyt Enterprises $ 357.129
Sebastien Bourdais Dale Coyne $ 348.829
Tony Kanaan A.J.Foyt Enterprises $ 346.954
Spencer Pigot Ed Carpenter $ 346.154
Ed Jones Chip Ganassi $ 338.129
Zach Veach Andretti Autosport $ 334.129
Gabby Chaves Harding Racing $ 315.305
Charlie Kimball Carlin $ 300.305
Max Chilton Carlin $ 300.305
Takuma Sato Rahal Lettermann Lanigan Racing $ 300.305

Premiação dos pilotos que disputam apenas parte da temporada ou só as 500 milhas de Indianapolis

Piloto Equipe Prêmio
Ed Carpenter Ed Carpenter $ 911.504
Zachary Claman Dale Coyne $ 339.354
Carlos Munoz Andretti Autosport $ 254.005
J.R. Hildebrand Dreyer & Reinbold Racing $ 225.305
Stefan Wilson Andretti Autosport $ 212.330
Oriol Servia Rahal Lettermann Lanigan Racing $ 211.105
Danica Patrick Ed Carpenter $ 208.305
Kyle Kaiser Juncos Racing $ 205.805
Helio Castroneves Team Penske $ 205.305
Sage Karam Dreyer & Reinbold Racing $ 203.305
Jack Harvey Michael Shank Racing $ 200.305
Conor Daly Dale Coyne $ 200.305
Jay Howard Schmidt Peterson $ 200.305
James Davison A.J.Foyt Enterprises $ 200.305

Nessa próxima semana farei uma matéria sobre a premiação da Formula Indy do passado e de hoje em dia.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: IndyCar