GP do Brasil – Porque não fizemos cobertura da corrida em Interlagos

Nós entendemos que o Brasil não é um pais democrático. Pelo contraio, Estamos vendo um grupo de Fascistas no poder. O país esta comandado por um Presidente completamente incapaz e mal intencionado, Com uma equipe que foi escolhida a dedo para montar uma das equipes mais idiotas que já se pode criar para comandar o país.

Um Ministro da Economia que quer ferrar com os pobres e privilegiar apenas a classe mais rica. Uma ministra dos direitos humanos que parece ser ministra dos direitos Cristões quando o estado é laico. Um ministro do Meio-Ambiente que trabalha pela destruição do Meio Ambiente e que envergonha um país inteiro com mentiras relacionadas ao Green Peace e as ONG’s, dizendo que são essas ONG’s que provocaram os incêndios. Sério, Esse lixo de ministro é alguém que acredita que as queimadas não existem e que no passado tinha mais queimadas. O que aconteceu com o Céu de São Paulo contradiz Ricardo Salles, Lucas di Grassi entre outros revisionistas babacas da história continuam negando o que esta acontecendo na nossa cara.

E pensar que uma mulher preparada como Marina Silva teve 1% dos votos no Brasil e o Bolsonaro foi eleito com mais de 57 milhões de Votos. Isso é Brasil infelizmente, O País que Nunca vai para a Frente!

Esse Governo esta fazendo as reformas apenas para favorecer a minoria que já é privilegiada nesse país. Eles estão sempre prejudicando as camadas mais pobres da sociedade, com o discurso que vai melhorar, Que vai ter mais emprego com as reformas. Realmente melhorou a situação, Apenas para eles, mas para a maioria do povo piorou e muito. Que tipo de reforma que se diz que vai melhorar a vida do povo acaba privilegiando apenas 1% da população, Justamente a parte mais privilegiada da população. O povo não poderia pagar a conta de que políticos fizeram!

Um ministro da educação tosco, Sem qualquer competência, além disso, um homem bem perigoso para a educação desse país. Mal educado, Mal intencionado e determinado a destruir as universidades ao invés de melhorar essas universidades. Falar que as Universidades se plantam maconha é algo impensável de se achar realidade, É insano falar que aonde se produz inteligência e pesquisa no Brasil (Algumas já comprovadamente benéficas para o país e para o Mundo) possa produzir drogas.

Paulo Guedes, Eduardo Bolsonaro e alguns membros desse tosco governo falaram em AI-5. Eles estão doidos para darem um golpe de estado no Brasil. Vejam essa serie que eu fiz sobre a época da Ditadura Militar no Brasil no final da temporada 2018. Não existe condições mínimas de voltamos ao terrível passado. Não dá para defender qualquer tipo de ditadura que possa existir. Alguém defender o AI-5 dói no coração, Dói muito no coração!

Um ministro das relações estrangeiras vergonhoso que nega que existiu a ditadura, que diz que nazismo é de esquerda (O Vídeo da Alemanha desmente esse mentecapto) e esta fazendo o país ser chacota mundial. Todo esse governo esta tentando transformar o pouco de credibilidade que o Brasil tinha em chacota. Esse país para mim morreu no ano de 2018, Após as eleições do dia 27 de Outubro. Jamais esquecerei dessa maldita eleição e dessa maldita data. Ela marcou o fim do povo Brasileiro, marcou o final de uma nação que tinha tudo para ser uma potência mundial, mas que acabou optando pelo ódio, pela intolerância, pelo preconceito e pela ignorância.

Por isso é que o Portal Sportszone não fez cobertura nenhuma do GP do Brasil desse ano. É a segunda vez que boicotamos totalmente uma corrida de Formula 1. A primeira vez foi o GP do Bahrein de 2012, Quando realizaram a prova de maneira absurda, No auge de uma Revolta que a população em 2011 o Velho Bernie Ecclestone teve um lapso de humanidade e cancelou a prova, Mas em 2012 o bom senso não aconteceu e a prova foi realizada, Sem nossa cobertura!  Como foi nessa edição do GP do Brasil.

A Não realização da cobertura do GP do Brasil desse ano é o nosso protesto contra um governo Fascista como esta governando o país. Seria uma ofensa reportamos a corrida em meio a toda essa corrupção e por toda essa má vontade que esse governo tem com o Brasil.

O pior de tudo é que estamos vendo fanáticos que ainda defendem esse governo de qualquer jeito. Sabe que o governo é ruim, Sabe das bizarrices que o governo esta cometendo com o país, E mesmo assim defendem com justificativas incabíveis como: “Pelo menos agente tirou o PT do Poder” ou “Bolsonaro só esta a alguns meses, ele precisa de mais tempo para trabalhar” Para gente, não vai melhorar nada, Pelo contraio, vai piorar ainda mais. Somente o impeachment desse governo para que esse pais tenha algum luz no final do túnel e que eu possa novamente acreditar que exista um futuro para o Brasil.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Vídeos: Henry Bugalho

Formula 1 em 2021 – Um salto para a competitividade

1º Carros menos dependentes da Aerodinâmica

A Formula 1 vem dependendo muito da aerodinâmica dos carros para o ganho de décimos importantes, Mas isso vem acaba tendo um efeito negativo nas disputas de corrida. Um carro não pode ficar muito perto do outro sobre a perda de eficiência aerodinâmica em seus carros. Até mesmo de metade da eficiência quando se estar muito perto do carro da Frente. Isso impede muitas vezes a disputa de posições entre dois pilotos, Mesmo com o DRS.

Com as novas regras em 2021, Se espera que a Aerodinâmica não tenha tanta importância como tem hoje em dia. E isso fara com que os carros possam andar mais juntos e isso como consequência ter mais disputas por posições. Ainda tenho minhas dúvidas sobre a segurança dos carros sobre o efeito Solo. Esse efeito foi proibido no ano de 1982 se tremendo que as velocidade da época aumentassem. Hoje, 38 anos depois pode ser esse efeito a salvação dos problemas de competitividade da categoria. Outras mudanças na aerodinâmica visam limitar a capacidade das equipes de controlar o fluxo de ar ao redor das rodas dianteiras e reduzir ainda mais a esteira aerodinâmica dos carros. Piorando a aerodinâmica dos carros que estão em perseguição. Logico que se um carro da Williams esta na frente de um carro da Mercedes, certamente não vai adiantar esse interferência. Pois, um carro ruim não vai segurar um carro bom de forma nenhuma.

Comparação entre os dois regulamentos:

Distância entre 2 carros Regulamento de Hoje Regulamento de 2021
Eficiência Aerodinâmica Eficiência Aerodinâmica
1 Carro 55% 86%
3 Carros 68% 94%
5 Carros 71% 96%
7 Carros 79% 98%

2º Um teto de gastos para as equipes

As equipes de Formula 1 estão cada ano gastando mais e mais, As grandes equipes parecem não tem limites no gasto para o desenvolvimentos dos seus carros. Isso faz com que a diferença entre as equipes grandes das equipes médias aumente cada vez mais. Sendo praticamente impossível algum pulo de uma equipe média para pular para a parte da frente.

Com o teto máximo de 175 milhões de Dólares pode ajudar a diminuir essa diferença entre as maiores equipes das menores equipes. Algo que a Formula 1 pedia, Mas calma! Esses gastos não incluírem o Salário dos pilotos, dos principais projetistas, das Taxas de inscrições e dos custos de viagem. Isso pode de certo modo impedir o êxito da diminuição da desigualdade das equipes na Formula 1.

A Tyrrell começou 1989 sem dinheiro e acabou conseguindo um pódio na temporada

Mas para isso que a FIA pensou em uma limitação de evoluções dos carros. O objetivo é que se evite as equipes a desenvolverem peças novas e apêndices aerodinâmicos que prejudicam o objetivo de terem carros mais limpos e que gerem menos turbulência. Se isso foi levado ao “Pé da Letra” teremos possibilidades de uma diminuição da diferença entre as equipes do campeonato.

Perez é um dos pouquíssimos pilotos de equipes médias a conseguir um pódio nos últimos anos.

Só para que tenha ideia da desigualdade: A grandes equipes tem uma vantagem de 1 segundo por volta sobre os melhores carros de equipes médias. Se não for mais de 1 segundo, em muitas dessas corridas, Os pilotos da Mclaren, Renault, Racing Point tomavam 1 volta dos líderes. Em outros casos, Pilotos de equipe grande que largavam do último lugar, Geralmente conseguem chegar até o 6ºlugar, Ficando na frente de todos os pilotos das equipe médias. Dependendo do velocidade da recuperação, Em 20 voltas, Pilotos como Hamilton passaram do 20ºlugar para a 6ªposições nesse meio tempo.

As equipes que violarem essa regra serão punidas, desde de Multa, até retirada de pontos do campeonato, Redução de testes para essa equipe, Suspensão de uma corrida ou até mesmo a desclassificação do campeonato. O teto fica em vigor até a temporada de 2026.

3º Pneus de banda mais alta

É uma estática mais para se aproximar dos carros de rua, Um aro de pneu mais alto que o aro 13. Nisso eu não sei se vai dar um ganho de desempenho, Se os pneus vão durar mais ou menos. Isso só saberemos mesmo a partir de 2021.

Extinção da Quinta-feira da programação da Formula 1.

O evento do GP no final de semana não vai contar mais com a Quinta-feira, dia tradicional para entrevistas. Elas serão feitas entre os 2 treinos livres do dia. Isso não parece que vai adiantar muito no custo das equipes. Já o Calendário da Formula 1 poderá ser estendido para 25 corridas no Máximo por temporada. Isso é uma boa notícia, Porém, Eu pensaria até em se fazer um final de semana com 2 corridas. Em 2020, a temporada vai ter 22 corridas. Com as Entradas do GP do Vietña e o GP da Holanda e a saída do GP da Alemanha.

Só espero que em 2021 se jogue um pouco mais de corridas para o final do ano, Já que na primeira parte de 2020, A temporada vai ter 13 das 22 etapas antes das férias na Europa, Poderia ser pelo menos 12 corridas na 1ªparte e 10 na segunda parte do ano.

Opinião:

Essas regras se funcionarem vão tornar a categoria bem mais competitiva. Porém, Ainda acho proibitiva demais o limite de 175 Milhões de Dólares para uma equipe nova entrar na Formula 1. Claro que dá para fazer Formula 1 com menos dinheiro, Mas não de maneira competitiva. Hoje tem times que tentam sobreviver ao invés de investir no seus carros e em desenvolvimento. Um dia, Jorge Lorenzo falou que deve se privilegiar a competição ao invés da Tecnologia. Sabe Já se avançou tanto em inovação e em alta tecnologia que voltar ao passado às vezes é a melhor forma de inovar. Que os carros voltem a serem mais simples é uma forma de inovação. Foi assim em 2009, foi assim em 2012 e era assim nos anos 80 e 90, onde os carros podiam andar um perto do outro. Os pneus da Pirelli nos primeiros anos feitos para desgastarem de imediato foi algo que funcionou, mas não poderia se usar isso para sempre. Quando os pneus se desgastaram menos, viu-se que os pneus que se deformavam rápido demais era para esconder as poucas disputas de posição, Como foi com o KERS e depois com o DRS.

A Asa móvel é outro artifício para que se mascare a realidade de que é bem difícil que dois carros com desempenho igual haver uma disputa de posição. Bem difícil que um carro consiga acompanhar o outro por causa da turbulência. Na Indy com todos tendo o mesmo chassis isso não acontece, Na Formula 3 isso não acontece, Na Formula 2 também não acontece isso. Somente na Formula 1 tem isso.

Sauber teve seu melhor ano em 2012, com 4 pódios conquistados na era dos pneus de gasto excessivo.

O Teto de gastos não era nem de longe do que poderia ser feito. Para mim 100 milhões de Dólares e a proibição do Túnel de vento seria o ideal e dava para desenvolver os carros, Tem tecnologia suficiente para se dispensar esse elemento caro demais para o desenvolvimento do carro. Poderiam usar a tecnologia CFD (fluido dinâmica computacional) para desenvolverem os carros que pode não ser barato, Mas sem dúvida é muito mais negócio do que ficar testando em um túnel de vento.

O CFD é o futuro, Não é questão de acabar com a tecnologia e sim de fazer o esporte sobreviver.

A Virgin de 2010 foi o primeiro carro totalmente desenvolvido por CFD.

Quanto aos Pneus de Aro 18, Não sei o que vai acontecer com eles, possivelmente a resistência deles deve ser os mesmos dos pneus aro 13. A Borracha deve ser um pouco mais resistente e deve diminuir um pouco a velocidade dos carros. Precisamos ver se os pneus serão bons para a Formula 1 a partir de 2021.

Redução da programação da Formula 1 eu acho acertada, Desde de que se tenha um treino livre de 2 horas de duração na sexta-feira, e desde que se der mais atenção as Categorias da Formula 2 e Formula 3, quando essas categorias corressem no final de semana. As entrevistas poderiam acontecer pela manha de sexta-feira e pela tarde poderia acontecer os treinos livres da Formula 2 e da Formula 3.

No Sábado pode acontecer um treino livre de 1 hora pela manhã da Formula 1 e depois os treinos da Formula 2 e Formula 3. Só ai na tarde fazer a classificação da Formula 1.

No domingo poderia começar com a prova da Formula 3 e depois da Formula 2. Daí você começa o procedimento de apresentação dos pilotos naqueles carros antigos para ai depois faz-se o procedimento dos pilotos irem para a pista, alinharem no grid para realizarem a corrida. Acredito que esse formato iria melhorar demais o final de semana. Na segunda-feira (Nas corridas que tiverem espaço de 15 dias para cima) poderia se fazer um teste de 4 horas para a Formula 1 e de 1 hora e meia para a Formula 2 e Formula 3 na pista que foi realizada a corrida no dia anterior.

Em outras palavras, Mudar vai mudar, vai ter mais competição? Eu espero muito, Mas não vai virar de penas ao ar. Provavelmente as melhores equipes hoje vão continuar no topo, Mas terão as equipes intermediárias mais perto delas e podendo até ter pódios de pilotos dessas equipes e até esporadicamente uma vitória de um deles num dia iluminado.

A Categoria poderá sobreviver e quem sabe novas equipes se juntem ao grid e novas fabricantes de motores venham a se juntar a categoria. É Preciso ter uma revolução na Formula 1 antes que seja tarde demais.

Esperamos que o Grid da Formula 1 volte a ser um Grid cheio a partir dos próximos anos.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formel1mic/Mercedes/Mclaren

Williams – O primeiro carro de fato a ser apresentado

Com a Toro Rosso e a Haas mostrando seus carros de forma artificial o fato é que a Williams mostra de fato mostrado o carro de verdade, Sem um estúdio escuro com a pintura do carro apenas. Particularmente a FIA deveria marcar uma apresentação coletiva dos carros para um dia em evento aberto para o público. Seria um grande chamariz para que convidar o público se ligar para o campeonato Mundial de Formula 1.

Não é tão difícil de se fazer, A Liberty Media pode realizar esse evento já para o ano de 2020. Marcando uma data para todas as equipes fazendo uma apresentação conjunta e com a TV da Formula 1 e as detentoras dos Direitos realizarem a Transmissão do evento para cada um dos seus países.

Com a Saída da Martini, O Layout do carro muda para um azul claro e Branco. Manteve o patrocínio da Rexona e com o novo patrocinador, A Rokit, Uma nova empresa Global de Telecomunicações. Com Smartphones Premium e na instalação de redes Wi-Fi inovadoras. Atualmente eles estão instalando Wi-Fi público para as 27 maiores cidades da Índia e tem a visão de criar cidades inteligente em outros 10 países nos próximos 3 anos. A Rokit terá sua marca no nome oficial da equipe em 2019 (ROKiT Williams Racing) também terá destaque nos macacão e no capacete dos seus pilotos.

Os pilotos serão o Polonês Robert Kubica que volta depois de 8 anos fora da Formula 1. Um acidente de Rally durante a pré-temporada acabou afastando por muito tempo da possibilidade de andar em um carro de Formula 1. No ano passado ele foi piloto Reserva da Williams para ajudar no Desenvolvimento do carro de 2018. Quem completa o time é o Inglês George Russell. O Campeão da Formula 2 no ano passado é um dos pilotos da Academia de pilotos da Mercedes (Assim como o Francês Esteban Ocon, que esse ano será piloto de testes da Mercedes AMG)

Nada vai ser pior do que a desastrosa temporada de 2018 para a equipe de Grove. Os 7 pontos levaram ao inédito último lugar no Mundial de Construtores. Pelo menos parece que tem piloto, Bem mais do que em 2018. A Dúvida vai para o carro que a Williams vai ter a sua disposição. Se ele for bem nascido o FW42 pode dar alguns bons resultados, Mas se o carro for ruim ai vai ser mais um ano de sofrimento e o pior, Com um orçamento menor do que nos outros anos (Pelo menos 40 milhões a Menos que 2018 nos direitos de TV) Muito pelo péssimo resultado da temporada passada e não se sabe até que ponto os novos patrocinadores reduziram esse rombo para 2019.

Dados sobre o Carro de 2019

Chassi: FW42
Motor: Mercedes M10 EQ Power+ 1.6 Litros V6
Rotações por Minuto (RPM): 15000
Caixa de velocidades: 8 + Marcha reversa
Pneus: Pirelli
Pilotos:

63. George Russell (Inglaterra)
88. Robert Kubica (Polônia)

Patrocinadores: Rokit, Rexona, Orlen
Projetista: Paddy Lowe 

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams

Pedido para a Liberty Media cancelar o GP do Brasil

Prezada Liberty Media

Estou escrevendo esse texto para vocês para descrever a situação patética que vive o Brasil de hoje. Esse país não pode realizar o GP do Brasil desse ano e vou dar motivos para que vocês questionem pelo menos a realização da prova.

1ºMotivo:

Vivemos uma crise política. Estamos em uma disputa política tão polarizada e tão cheio de ódio dos dois lados. A Guerra chega a resultados trágicos, Deputados sendo ameaçados de morte, Pessoas que morrem por declararem voto em outro candidato, A maioria da população querendo resolver as discursões políticas com Fake News e com o Fígado e por vezes (Muitas vezes) usando da violência que chega até a letalidade (Morte).

2ºMotivo:

Temos um país em crise Financeira, Com altas doses de corrupção em todos os setores da sociedade. Lava Jato a cada fase da operação desenterrando toda a lama desse mal, levando a cadeia Políticos corruptos, Empresários que participaram de esquemas de corrupção, Financiam ou financiavam campanhas de políticos em troca de benefícios e contratos no mandato de quem eles financiaram, Um horror.

3ºMotivo:

Crise na segurança nacional. O Crime organizado em todas as Áreas esta comandando o país! O Trafico controlando o comercio das Drogas, As Milícias, (Comandada por Ex-policiais e Agentes que eram para servir a população acabam servindo feitos Legiões de mercenários ao comandar serviços ilegais), O sistema carcerário que não funciona e não reabilita ninguém para a sociedade, As Cadeias só servem para piorar o ser humano como elas estão nos dias de hoje. Isso só para não falar das mais de 60 mil mortes que acontece no Brasil e das milhares de pessoas que são assaltadas todo o ano, as vezes a mesma pessoa é assaltada mais que 1 ou 2 vezes num período de 2 anos.

A Formula 1 já sofreu com assaltos: Em 2010 tentaram assaltar o Inglês Jenson Button, 6 homens armados tentaram assaltar o carro dele. O Motorista conseguiu fugir, Na Época o piloto da Mclaren deu graças a deus por não ter levado sua namorada ao Brasil, Ela ficaria assustada. http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/2010/11/assustado-com-tentativa-de-assalto-button-elogia-motorista-uma-lenda.html

No ano de 2017, Integrantes da Mercedes tiveram uma experiência dramática, Com o carro Roubado e com um fuzil na cabeça de um deles. Lewis Hamilton, Niki Lauda e Valtteri Bottas expressaram suas opiniões sobre esse fato lamentável e inaceitável que aconteceu antes da prova de classificação.

Alguns membros da equipe tiveram armas apontadas ontem à noite saindo do circuito aqui no Brasil. Tiros foram disparados, e armas colocadas em suas cabeças. Isso é muito triste de se ouvir. Por favor, mandem orações para meus caras que estão aqui, que estão sendo profissionais mesmo abalados. Isso acontece todo ano. A F1 e as equipes precisam fazer mais, não há mais desculpas – Falou um revoltado Lewis Hamilton.

No domingo, Dia da corrida os Assaltantes tentaram assaltar uma van pertencente a Pirelli, A ação foi neutralizada pela segurança da Borracharia. Depois disso acabaram por cancelar testes com os pneus do ano seguinte. Que iriam ser feitos na Terça e quarta-feira.  https://extra.globo.com/esporte/pirelli-cancela-teste-de-pneus-da-f1-em-sao-paulo-apos-assaltos-22063791.html

4ºMotivo

Uma Crise Moral da população, A torcida Brasileira em grande parte é a pior torcida do Mundo. Somente aqui você ver as pessoas vaiando os estrangeiros. No mundo inteiro isso não se ver isso. Todos os atletas são aplaudidos. Junte isso ao momento político que vivemos e em tempos de muito ódio. O Resultado disso é um desastre total. Irão politizar a prova, Principalmente se um piloto criticar o político de estimação da torcida, Ele sem dúvida vai ficar marcado.

5ºMotivo

O governo usar a corrida de forma política para mostrar uma falsa realidade para o Mundo inteiro, Enquanto eles escondem as mazelas do pais. Esconder a as suas atitudes para a população de um Pais esta em jogo.

É por essas e outras que eu falo, Uma corrida de Formula 1 sendo realizado no Brasil ou em qualquer país do mundo seria impudente. A Liberty Media quando chegou ao comando da Formula 1 ela já mostrou claramente de que iria quer mudar a categoria. Que tal a Categoria dar o pontapé inicial para mudar outras situações como vetar um país que tenha a crise em que o Brasil vive nesse momento.

Esse cancelamento pode acontecer Sim! Lembra do GP do Bahrein em 2011, Aonde teve uma onda de manifestos violentos o que inviabilizou a realização da prova e que essa tensão aconteceu também em 2012 e em 2013 de uma maneira mais tímida (Entre a Família Real de lá que é Sunita e a maioria da População que é Xiita e é essa parte da população que é discriminada com acesso a serviços públicos) Existia um favorecimento de uma parte da população de forma visível, A Revolta dos Xiitas foi mais forte no ano de 2011, O GP do Barhein seria a prova de abertura do Calendário daquele ano e acabou sendo cancelado. Em 2012 contra a vontade do Mundo inteiro acabou sendo realizada a corrida.

Os manifestos duraram durante 3 anos, Mas esses manifestos se intensificaram em fevereiro de 2011 e acabaram sendo violentos a tal ponto que até a organização da Formula 1 falou para o Insensível Bernie Ecclestone: “Senhor Ecclestone, será que vale sacrificar nossas vidas pelo prêmio de Fórmula 1?” Acabou que o bom senso prevaleceu e não ocorreu corrida.

Da forma que esta esse governo, eu não duvido em nada que em Novembro a situação possa chegar a ter manifestos violentos a tal ponto que possa ser questionada a realização do GP do Brasil em 2019.

Nesse momento, dia 9 de Fevereiro do ano de 2019 eu sou a favor que o GP do Brasil seja cancelado do calendário da Formula 1 desse ano. O Brasil não tem condições de realizar esse evento pelos problemas que foram citados por mim nessa coluna. E Necessário que o país se estabilize e que se tenha um mínimo de segurança Econômica (Que até acredito que tenha até Novembro), Política (Não acredito da forma que tá que esteja estável a democracia, Se é que não teremos um possível e temido Golpe Militar) e de Segurança nacional (Com perseguições Políticas e perseguições Étnicas além da possível incapacidade do governantes de resolver os problemas de criminalidade no País com suas soluções rasas e de curto prazo)

Estou enviando esse texto para a Liberty Media e também para colocando no ar no Portal Sportszone. Espero que essa carta pelo menos tenha repercussão e que possa pelo menos se questionar a realização da prova.

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Coluna de Deivison da Conceição – 22 anos e 12 segundos depois

Ao passar os primeiros treinos livres valendo para o GP da Austrália eu me perguntava qual seria o tamanho da melhora dos tempos e quanto iriam virar os primeiros colocados. Eu acharia sinceramente que iriam virar 1:22 para 1:21 alto, O que seria uma bela melhora de tempo em comparação com os últimos anos, Aonde os motores Turbo vem baixando as marcas em 1 segundo média.

O que me deixou espantado foi Lewis Hamilton que chegou a incrível marca de 1:21 baixo (1:21.164) A média de 235 km de média horária era impensável para mim. Achei que no ano de 2010, Com o tempo da pole na casa de 1:23 alto seria o limite do tempo desse circuito, Agora o que pode se esperar em 2019: Já acho que esse tempo cai para 1 minuto e 19 segundos alto. Não duvidem isso, Eu duvidava desse tempo. Pena que nas corridas por motivos de combustível (Não pode reabastecer) Os pilotos ficam limitados a essa regra. Isso é o principal motivo para o Record de corrida continue com Schumacher a 14 anos.

Em relação a evolução dos tempos de classificação de cada prova de 2004 e do carro do ano passado. (2017)

Classificação 2004 2017 Diferença
China 1:34.012 1:31.678 -2.334
Bahrein 1:30.139 1:28.769 -1.370
Mônaco 1:13.985 1:12.178 -1.807
Canadá 1:12.275 1:11.459 – 0.816
Hungria 1:19.146 1:16.276 -2.870
Itália 1:20.089 1:35.554* +15.465
Japão 1:33.542 1:27.319 -6.223
Brasil 1:10.646 1:08.322 -2.324

*Treino sob Chuva

Melhor Volta da Prova 2004 2017 Diferença
China 1:32.238 1:35.378 +3.140
Bahrein 1:30.252 1:32.798 +2.546
Mônaco 1:14.439 1:14.820 +0.381
Canadá 1:13.622 1:14.551 +0.929
Hungria 1:19.071 1:20.182 +1.111
Itália 1:21.046 1:23.361 +2.315
Japão 1:32.730 1:33.144 +0.414
Brasil 1:11.473 1:11.044 -0.429

 

Resultado Final 2004 2017 Diferença
China 1:29:12.420 1:37:36.158 +0:08:23.738
Bahrein 1:28:34.875 1:33:53.374 +0:05:18.499
Mônaco 1:45.46.601* 1:44:44.340 -0:01:02.261
Canadá 1:28:24.803 1:33:05.154 +0:04:40.351
Hungria 1:35:26.131 1:39:46.713 +0:04:20.582
Itália 1:15:18.448 1:15:32.312 +0:00:13.864
Japão 1:24:26.985 1:27:31.194 +0:03:04.209
Brasil 1:28:01.451 1:31:26.262 +0:03:24.809

*Corrida teve a presença do Safety Car

Dá para se imaginar se o regulamento não fosse limitado os motores por temporada, Nem precisa liberar os giros. Se não tivesse a preocupação de carregar os 105 kg de combustível em todas as provas do campeonato. Não teríamos a menor dúvida que os carros iriam ser pelo menos 1 segundo mais rápido por volta em relação aos carros de 2004. E o tempo final de corrida iria cair pelo menos em 2 a 3 minutos.
O que mostra isso é que apesar do carro de hoje ser mais rápido em média de 1 a 2 segundos em Volta de Classificação. Na corrida pelas limitações do Regulamento. Os carros com motores Turbo V6 é mais lento que os carros de 2004 que usavam motores V10 Aspirado.

Isso para não falar desse GP da Austrália. Aonde o melhor carro da temporada de 1996 (Williams FW18) Não conseguiria nem chegar no tempo mínimo para largar o GP da Austrália desse ano. É Evidente que cada décimo, Centésimo ou Milésimo de segundo foi ganho no desenvolvimento aerodinâmico e pelas inovações tecnológicas  (Algumas delas proibidas) foi possível ter esse tremendo ganho. (11 segundos em 22 anos)

O Carro da Williams em 1996 não conseguiria se quer entrar no Grid de Largada. O FW18 ficaria 3 segundos dos 107% do melhor tempo do Q1.

O que se tira de lição é que com tamanhas restrições, Dá para vemos que os carros estão bem mais rápidos do que os carros com os motores aspirados de 14 anos atrás. E com os carros de 22 anos atrás não tem nem comparação. Nem comparo com os anos 80 que os carros turbo da época não tinham praticamente nenhuma apêndice ou elemento aerodinâmico, Eram limpos e sem muita preocupação com os desenvolvimentos aerodinâmicos de prova a prova.