Williams – O primeiro carro de fato a ser apresentado

Com a Toro Rosso e a Haas mostrando seus carros de forma artificial o fato é que a Williams mostra de fato mostrado o carro de verdade, Sem um estúdio escuro com a pintura do carro apenas. Particularmente a FIA deveria marcar uma apresentação coletiva dos carros para um dia em evento aberto para o público. Seria um grande chamariz para que convidar o público se ligar para o campeonato Mundial de Formula 1.

Não é tão difícil de se fazer, A Liberty Media pode realizar esse evento já para o ano de 2020. Marcando uma data para todas as equipes fazendo uma apresentação conjunta e com a TV da Formula 1 e as detentoras dos Direitos realizarem a Transmissão do evento para cada um dos seus países.

Com a Saída da Martini, O Layout do carro muda para um azul claro e Branco. Manteve o patrocínio da Rexona e com o novo patrocinador, A Rokit, Uma nova empresa Global de Telecomunicações. Com Smartphones Premium e na instalação de redes Wi-Fi inovadoras. Atualmente eles estão instalando Wi-Fi público para as 27 maiores cidades da Índia e tem a visão de criar cidades inteligente em outros 10 países nos próximos 3 anos. A Rokit terá sua marca no nome oficial da equipe em 2019 (ROKiT Williams Racing) também terá destaque nos macacão e no capacete dos seus pilotos.

Os pilotos serão o Polonês Robert Kubica que volta depois de 8 anos fora da Formula 1. Um acidente de Rally durante a pré-temporada acabou afastando por muito tempo da possibilidade de andar em um carro de Formula 1. No ano passado ele foi piloto Reserva da Williams para ajudar no Desenvolvimento do carro de 2018. Quem completa o time é o Inglês George Russell. O Campeão da Formula 2 no ano passado é um dos pilotos da Academia de pilotos da Mercedes (Assim como o Francês Esteban Ocon, que esse ano será piloto de testes da Mercedes AMG)

Nada vai ser pior do que a desastrosa temporada de 2018 para a equipe de Grove. Os 7 pontos levaram ao inédito último lugar no Mundial de Construtores. Pelo menos parece que tem piloto, Bem mais do que em 2018. A Dúvida vai para o carro que a Williams vai ter a sua disposição. Se ele for bem nascido o FW42 pode dar alguns bons resultados, Mas se o carro for ruim ai vai ser mais um ano de sofrimento e o pior, Com um orçamento menor do que nos outros anos (Pelo menos 40 milhões a Menos que 2018 nos direitos de TV) Muito pelo péssimo resultado da temporada passada e não se sabe até que ponto os novos patrocinadores reduziram esse rombo para 2019.

Dados sobre o Carro de 2019

Chassi: FW42
Motor: Mercedes M10 EQ Power+ 1.6 Litros V6
Rotações por Minuto (RPM): 15000
Caixa de velocidades: 8 + Marcha reversa
Pneus: Pirelli
Pilotos:

63. George Russell (Inglaterra)
88. Robert Kubica (Polônia)

Patrocinadores: Rokit, Rexona, Orlen
Projetista: Paddy Lowe 

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams

Pedido para a Liberty Media cancelar o GP do Brasil

Prezada Liberty Media

Estou escrevendo esse texto para vocês para descrever a situação patética que vive o Brasil de hoje. Esse país não pode realizar o GP do Brasil desse ano e vou dar motivos para que vocês questionem pelo menos a realização da prova.

1ºMotivo:

Vivemos uma crise política. Estamos em uma disputa política tão polarizada e tão cheio de ódio dos dois lados. A Guerra chega a resultados trágicos, Deputados sendo ameaçados de morte, Pessoas que morrem por declararem voto em outro candidato, A maioria da população querendo resolver as discursões políticas com Fake News e com o Fígado e por vezes (Muitas vezes) usando da violência que chega até a letalidade (Morte).

2ºMotivo:

Temos um país em crise Financeira, Com altas doses de corrupção em todos os setores da sociedade. Lava Jato a cada fase da operação desenterrando toda a lama desse mal, levando a cadeia Políticos corruptos, Empresários que participaram de esquemas de corrupção, Financiam ou financiavam campanhas de políticos em troca de benefícios e contratos no mandato de quem eles financiaram, Um horror.

3ºMotivo:

Crise na segurança nacional. O Crime organizado em todas as Áreas esta comandando o país! O Trafico controlando o comercio das Drogas, As Milícias, (Comandada por Ex-policiais e Agentes que eram para servir a população acabam servindo feitos Legiões de mercenários ao comandar serviços ilegais), O sistema carcerário que não funciona e não reabilita ninguém para a sociedade, As Cadeias só servem para piorar o ser humano como elas estão nos dias de hoje. Isso só para não falar das mais de 60 mil mortes que acontece no Brasil e das milhares de pessoas que são assaltadas todo o ano, as vezes a mesma pessoa é assaltada mais que 1 ou 2 vezes num período de 2 anos.

A Formula 1 já sofreu com assaltos: Em 2010 tentaram assaltar o Inglês Jenson Button, 6 homens armados tentaram assaltar o carro dele. O Motorista conseguiu fugir, Na Época o piloto da Mclaren deu graças a deus por não ter levado sua namorada ao Brasil, Ela ficaria assustada. http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/2010/11/assustado-com-tentativa-de-assalto-button-elogia-motorista-uma-lenda.html

No ano de 2017, Integrantes da Mercedes tiveram uma experiência dramática, Com o carro Roubado e com um fuzil na cabeça de um deles. Lewis Hamilton, Niki Lauda e Valtteri Bottas expressaram suas opiniões sobre esse fato lamentável e inaceitável que aconteceu antes da prova de classificação.

Alguns membros da equipe tiveram armas apontadas ontem à noite saindo do circuito aqui no Brasil. Tiros foram disparados, e armas colocadas em suas cabeças. Isso é muito triste de se ouvir. Por favor, mandem orações para meus caras que estão aqui, que estão sendo profissionais mesmo abalados. Isso acontece todo ano. A F1 e as equipes precisam fazer mais, não há mais desculpas – Falou um revoltado Lewis Hamilton.

No domingo, Dia da corrida os Assaltantes tentaram assaltar uma van pertencente a Pirelli, A ação foi neutralizada pela segurança da Borracharia. Depois disso acabaram por cancelar testes com os pneus do ano seguinte. Que iriam ser feitos na Terça e quarta-feira.  https://extra.globo.com/esporte/pirelli-cancela-teste-de-pneus-da-f1-em-sao-paulo-apos-assaltos-22063791.html

4ºMotivo

Uma Crise Moral da população, A torcida Brasileira em grande parte é a pior torcida do Mundo. Somente aqui você ver as pessoas vaiando os estrangeiros. No mundo inteiro isso não se ver isso. Todos os atletas são aplaudidos. Junte isso ao momento político que vivemos e em tempos de muito ódio. O Resultado disso é um desastre total. Irão politizar a prova, Principalmente se um piloto criticar o político de estimação da torcida, Ele sem dúvida vai ficar marcado.

5ºMotivo

O governo usar a corrida de forma política para mostrar uma falsa realidade para o Mundo inteiro, Enquanto eles escondem as mazelas do pais. Esconder a as suas atitudes para a população de um Pais esta em jogo.

É por essas e outras que eu falo, Uma corrida de Formula 1 sendo realizado no Brasil ou em qualquer país do mundo seria impudente. A Liberty Media quando chegou ao comando da Formula 1 ela já mostrou claramente de que iria quer mudar a categoria. Que tal a Categoria dar o pontapé inicial para mudar outras situações como vetar um país que tenha a crise em que o Brasil vive nesse momento.

Esse cancelamento pode acontecer Sim! Lembra do GP do Bahrein em 2011, Aonde teve uma onda de manifestos violentos o que inviabilizou a realização da prova e que essa tensão aconteceu também em 2012 e em 2013 de uma maneira mais tímida (Entre a Família Real de lá que é Sunita e a maioria da População que é Xiita e é essa parte da população que é discriminada com acesso a serviços públicos) Existia um favorecimento de uma parte da população de forma visível, A Revolta dos Xiitas foi mais forte no ano de 2011, O GP do Barhein seria a prova de abertura do Calendário daquele ano e acabou sendo cancelado. Em 2012 contra a vontade do Mundo inteiro acabou sendo realizada a corrida.

Os manifestos duraram durante 3 anos, Mas esses manifestos se intensificaram em fevereiro de 2011 e acabaram sendo violentos a tal ponto que até a organização da Formula 1 falou para o Insensível Bernie Ecclestone: “Senhor Ecclestone, será que vale sacrificar nossas vidas pelo prêmio de Fórmula 1?” Acabou que o bom senso prevaleceu e não ocorreu corrida.

Da forma que esta esse governo, eu não duvido em nada que em Novembro a situação possa chegar a ter manifestos violentos a tal ponto que possa ser questionada a realização do GP do Brasil em 2019.

Nesse momento, dia 9 de Fevereiro do ano de 2019 eu sou a favor que o GP do Brasil seja cancelado do calendário da Formula 1 desse ano. O Brasil não tem condições de realizar esse evento pelos problemas que foram citados por mim nessa coluna. E Necessário que o país se estabilize e que se tenha um mínimo de segurança Econômica (Que até acredito que tenha até Novembro), Política (Não acredito da forma que tá que esteja estável a democracia, Se é que não teremos um possível e temido Golpe Militar) e de Segurança nacional (Com perseguições Políticas e perseguições Étnicas além da possível incapacidade do governantes de resolver os problemas de criminalidade no País com suas soluções rasas e de curto prazo)

Estou enviando esse texto para a Liberty Media e também para colocando no ar no Portal Sportszone. Espero que essa carta pelo menos tenha repercussão e que possa pelo menos se questionar a realização da prova.

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Última vez sem o Halo, Ultima vez que um Formula 1 será um Formula 1?

Nesse final de semana vai ser a última corrida da temporada 2017 – O GP de Abu Dhabi, Que marca a última corrida dos carros sem a proteção de Cabeça. Aquela coisa horrorosa chamada Halo, Algo que além de feio, Não protege de forma eficiente o piloto. Mais o fato de ter a visão dividido em 2 piora ainda mais esse elemento que vai ser implantado em 2018.

Realmente eu não acredito que isso possa ser decisivo para salvar a vida de um piloto. É excesso de precaução que vai acabar tirando público da categoria. Hamilton falou em 2016 que o Halo vai ser a “pior mudança visual da F1” e ontem ele falou que 2017 será o último ano com os carros de Formula 1 bonitos, Que de 2018 em diante o conceito estético dos carros vai ladeira abaixo.

Igbkc4rc o

Apesar de Ressaltar a segurança do carro com esse Halo as criticas são inevitáveis. Sem dúvida ao abrir a temporada de 2018 provavelmente muitos vão estranhar os novos carros de Formula 1. Eu sou a favor que de o Halo seja opcional e não uma obrigação. Quem quiser usar? Use e quem não quiser, Não precisa usar.

Carros da Década de 1970 eram de estética bizarra com as suas tomadas de ar. Apesar dessa época ser marcada por grandes e épicas disputas. Também era marcada por essas bizarrices ambulantes, Voltar a ter um carro bizarro em 2018 não acho um exagero, Se querem reviver a Formula 1 do passado e tornar ela atrativa para o público: Senhores, Vocês estão fazendo da Forma errada.

Bvkiiswf o

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Formel1mic