Marquez mesmo com queda sobre chuva leva a pole em Le Mans

Em condições difíceis ou no tempo seco se você apostar na pole de Marc Marquez você tem uma boa chance de acertar. Hoje sobre uma pista melada, Marquez acabou levando a pole position de número 55 na MotoGP e esta a 2 poles do recordista Michael Doohan, Que correu de 1989 a 1999 e tem 57 poles na categoria principal. E isso com uma queda após sua melhor volta. Porém, nenhum conseguiu melhorar sua marca.

Foi um treino muito difícil, Desde da Repescagem, aonde tinha o vice-líder do Campeonato Alex Rins, Valentino Rossi e Cal Crutchlow. Na primeira tentativa, Zarco e Oliveira eram os líderes.

Valentino Rossi ao contraio de todos os outros pilotos que optaram por pneus de chuva a 8 minutos e 50 segundos do final acabou marcando 1:39.074 e na volta seguinte o veterano marcou 1:37.667 e se consolidou na frente, com Franco Morbidelli em 2º. Todos os outros pilotos vendo o que Rossi fez foram trocar os pneus, Mas ao mesmo tempo que todos foram trocar suas motos ou seus compostos a chuva começou a apertar .

Poucos pilotos conseguiram melhorar seu tempo, Foi o caso de Cal Crutchlow que subiu do 8º para o 5ºlugar, mas nem de longe ameaçou a Classificação ao Q2 de Franco Morbidelli e muito menos o tempo de Valentino Rossi. Francesco Bagnaia, Johann Zarco e Cal Crutchlow vieram logo a seguir. Alex Rins ficou em 9ºlugar e vai ter de começar a prova em um difícil 19ºlugar.

Classificação do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
146Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’37.667
221Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.262
363Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’39.982
45Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.029
535Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’40.114
688Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.385
717Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’40.482
836Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.606
942Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.706
1053Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’41.351
1155Hafizh SyahrinRed Bull KTM Tech 3KTM1’41.717
1229Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’41.786

A decisão da pole poderia ser completamente imprevisível, Porém ela foi decidida nos primeiros minutos. Petrucci começou na frente com Miller em 2º. Mas Marquez foi para uma volta voadora e ai senhores, Quando a Formiga Atômica que a pole position é bem difícil de segurar. O piloto da Honda fez 1’40.952. Quando ele foi tentar uma volta melhor na Curva 6 ele caiu, No que poderia tornar tudo isso um desastre.

Porém depois da metade da classificação, Tivemos pilotos melhorando suas marcas, Mas nenhuma delas chegou no tempo do Marquez, Nem mesmo no tempo do Australiano Jack Miller que também caiu da parte final da classificação.

Valentino Rossi chegou a pular do 10º para o 7ºlugar e na volta seguinte ganhou mais duas posições chegando ao 5ºlugar.

A chuva acabou aumentando de intensidade e impediu que tivéssemos uma disputa maior pela pole position, Que acabou ficando nas mãos de Marc Marquez com a Honda. Mesmo com 360 milésimos a frente de Danilo Petrucci não foi uma pole fácil, Muito por causa da queda que ele teve depois.

Danilo Petrucci larga em 2ºlugar e se tiver um tempo de chuva pode pintar a sua primeira vitória na MotoGP, O Rápido Australiano Jack Miller, rapidíssimo na Chuva completa a primeira fila.

Em busca da liderança, Andrea Dovizioso abre a 2ªFila com a outra Ducati oficial (Que tem 3 motos nas 4 primeiras posições) vai para a corrida para fazer mais uma corrida bem cerebral. Valentino Rossi leva a primeira Yamaha do Grid com o 5ºlugar e o Franco Morbidelli da Petronas completa a 2ªFila. Os dois pilotos que chegaram ao Q2 pela repescagem foram bem no Q2.

O Japonês Takaaki Nakagami que também caiu no final do Treino larga em uma boa 7ªposição, Com a moto de 2018 da Honda superando a Jorge Lorenzo. O Gladiador do Asfalto esta começando a ficar muito pressionado por resultados, A Honda não esta a fim de esperar muito tempo por bons resultados de Lorenzo que larga em 8º. Um esforçado e dedicado Aleix Espargaró leva a Aprilla ao 9ºlugar.

Completando os 12 primeiros: Fábio Quartararo que ficou frustrado pelo seu desempenho nos treinos, Marevick Viñales que depois do pódio em Jerez e agora fica só a Frente de Pol Espargaró que não fez volta no Q2.

Amanhã as 6 da manhã teremos a corrida da Moto 3, as 7 e 20 da manhã teremos a Moto 2 e as 9 da manhã (Horário de Brasília) No Sportv teremos a prova da categoria principal, Sob tempo fechado e quem sabe com chuva em LeMans Bugatti.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
193Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’40.952
29Danilo PetrucciDucati TeamDucati1’41.312
343Jack MillerPramac RacingDucati1’41.366
44Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’41.552
546Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’41.655
621Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’41.681
730Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’42.059
899Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHonda1’42.067
941Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’42.450
1020Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’42.509
1112Marevick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’42.555
1244Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMSem Tempo
1363Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’39.982
145Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.029
1535Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’40.114
1688Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.385
1717Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’40.482
1836Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.606
1942Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.706
2053Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’41.351
2155Hafizh SyahrinRed Bull KTM Tech 3KTM1’41.717
2229Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’41.786

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Corridas Históricas : Jarama 1993 – Mundial de Motovelocidade

Grid de Largada:

Pos.PilotoEquipeMotoTempo
1John KocinskiCagiva Team AgostiniCagiva1’32.849
2Alex BarrosTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki1’33.254
3Kevin SchwantzTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki1’33.518
4Shinichi ItohHRC Rothmans HondaHonda1’33.630
5Luca CadaloraMarlboro Team RobertsYamaha1’33.906
6Daryl BeattieRothmans Honda TeamHonda1’34.598
7Niall MackenzieTeam Valvoline/WCMROC-Yamaha1’34.630
8Doug ChandlerCagiva Team AgostiniCagiva1’34.755
9Alex CrivilleMarlboro Honda PonsHonda1’34.775
10Juan Manuel Lopez MellaLópez Mella Racing TeamROC-Yamaha1’35.370
11John ReynoldsPadgett’s MotorcyclesHarris-Yamaha1’35.382
12Michael RudroffRallye-SportHarris-Yamaha1’35.560
13Mathew MladinCagiva Team AgostiniCagiva1’35.882
14Tsumoto UdagawaROC/YamahaROC-Yamaha1’36.230
15Lucio PederciniTeam PederciniROC-Yamaha1’36.360
16Renzo ColleoniTeam ElitROC-Yamaha1’36.418
17Andrew StroudShell Team HarrisHarris-Yamaha1’36.502
18Jose KuhnTeam ROCYamaha1’36.649
19Kevin MitchellM.B.M. Racing TeamHarris-Yamaha1’36.869
20Bernard GarciaYamaha Motor FranceYamaha1’37.040
21Jeremy McWilliamsTeam MillarYamaha1’37.137
22James HaydonROC/YamahaROC-Yamaha1’37.194
23Thierry CrineTeam Ville de ParisROC-Yamaha1’37.251
24Bruno BonhuilM.T.D. Objectif 500ROC-Yamaha1’37.464
25David JefferiesPeter Graves Racing TeamHarris-Yamaha1’37.562
26Jean-Marc DeletangArgus Racing TeamROC-Yamaha1’37.656
27Sean EmmettShell Team HarrisHarris-Yamaha1’37.800
28Cees DoorakkersTeam Doorakkers RacingHarris-Yamaha1’38.264
29Serge DavidTeam ROCROC-Yamaha1’38.854
30Andreas MeklauARC-Austrian Racing CompanyROC-Yamaha1’40.193
31Dario MarchettiTeam G.O.J. MotorHarris-Yamaha1’41.489

Jarama, Dia 26 de Setembro de 1993, Palco da última etapa do mundial de Motovelocidade de 1993. Nas 500cc o título já estava decidido a favor de Kevin Schwantz da equipe Suzuki Lucky Strike. Principalmente depois que Wayne Rainer sofreu um acidente que acabou com sua carreira no Mundial de motovelocidade no GP.

A prova em encerramento da Temporada teve o Norte-Americano John Kocinski na pole position com o Brasileiro Alex Barros que buscava sua primeira vitória na categoria na segunda posição. Kevin Schwantz larga em 3ºlugar já sem pressão nenhuma de garantir o campeonato se esperava um show do Norte-Americano. Completavam os 5 primeiros lugares o Japonês Shinichi Itoh com a Honda e Luca Caladora da Yamaha.

Daryl Beattie, Niall Mackenzie, Doug Chandler, Alex Criville e Juan Manuel Lopez completavam os 10 primeiros colocados.

Na largada Schwantz largou muito bem pulando para a ponta, Com Barros em 2º e Cadalora em 3ºlugar. Na curva 2 o piloto da Yamaha passa Alex Barros e assume o segundo lugar. Depois Kocinski tomou posição do piloto Brasileiro que começava não muito bem a corrida.

Cadalora foi para cima de Schwantz querendo já de cara a primeira posição e carimbar a faixa de campeão do norte-americano da equipe Suzuki. Ao final da primeira volta o piloto da Yamaha passou Schwantz assumindo a primeira posição. Kocinski vinha em 3ºlugar com a Cagiva, Seguido pelos pilotos da Honda Shinichi Itoh e Daryl Beattle em 4º e 5ºlugares e Alex Barros vinha na 6ªposição.

A 25 Voltas do final Schwantz voltou a liderança. Kocinski fez a melhor volta da corrida na 3ªVolta com 1:34.236 (Média de 147.08 Km/h – 91.39 Milhas por hora) Niall Mackenzie estava devagar com problemas em sua moto da Roc Yamaha Valvoline.

Cadalora seguia na pressão pra cima de Schwantz na disputa pela liderança. John Kocinski chegava a essa disputa por posição. Mais atrás Itoh, Beattle e Barros disputavam a 4[posição. Na entrada da 6ªVolta Luca Cadalora seguia tentando passar Schwantz. O piloto da Cagiva John Kocinski chegava definitivamente nessa disputa. Estava formado dois grupos na frente. O primeiro disputando a liderança formado por Schwantz, Cadalora e Kocinski e o Grupo de trás era formado por Itoh, Beattle e Barros.

Schwantz resistia aos ataques de Cadalora que atacava praticamente em todas as curvas do circuito. Enquanto que o piloto Japonês Tsumoto Udagawa acaba indo para a caixa de brita e acaba por abandonar a corrida. Na 7ªVolta, Cadalora no final da reta consegue a ultrapassagem sobre o piloto Campeão de 1993 e assume a liderança com sua Yamaha.

Schwantz ficou para Kocinski enquanto que Cadalora abria diferença. Logo atrás vinha os pilotos da Honda e um pouco mais atrás o Brasileiro Alexandre Barros. Vendo Kocinski pressionar Schwantz parecia que a sua moto não estava rendendo tanto como rendia a moto do piloto da Cagiva. Barros passou Beattle assumindo o 5ºlugar. Enquanto que no final da reta ao começar a volta 10 Kocinski passa Schwantz passando para o 2ºlugar.

Classificação após 10 voltas completas:

  1. Luca Cadalora
  2. John Kocinski
  3. Kevin Schwantz
  4. Shinichi Itoh
  5. Alexandre Barros
  6. Daryl Beattie

O piloto da Cagiva vinha para cima de Luca Cadalora em busca da liderança. Enquanto que Schwantz estava resistindo com muitíssima dificuldade os ataques de Itoh da Honda que vinha abiscoitar o 3ºlugar. O Companheiro de equipe de Kevin Schwantz o Brasileiro Alex Barros estava também nessa disputa e Beattie estava ficando um pouco mais atrás.

Kocinski fez a melhor volta da corrida na volta 10 com 1:34.090 (Média: 147.31 Km/h – 91.53 Mph)

Na 12ªVolta o Japonês Shinichi Itoh passou para o terceiro lugar levando com ele Alexandre Barros que subiu para o 4ºlugar. Quem caiu na prova foi Kevin Schwantz que perdeu posição também para Daryl Beattie caindo para o 6ºlugar. Na entrada da 13ªVolta Kocinski ultrapassa no final da reta Luca Cadalora e assumiu a liderança com sua Cagiva.

Na metade da corrida Kocinski já vinha chegando aos últimos colocados para colocar volta, Mas precisava se cuidar com Cadalora, Itoh e Barros que vinham logo atrás. Ninguém tinha mais nada a perder já que era a última etapa do campeonato e o título já tava nas mãos do Schwantz. Na 15ªVolta Itoh passou Cadalora assumindo o 2ºlugar com sua Honda que era a moto mais rápida de reta daquela época.

Na entrada da 17ªVolta, Shinichi Itoh passou na reta John Kocinski e assumiu a liderança. Era o 4ºpiloto a pontear a prova de Jarama e em menos de uma volta começou a abrir uma vantagem para o norte-americano da Equipe Cagiva. Alex Criville em uma corrida solitária vinha em uma boa 6ªposição com a Honda da Equipe Pons.

A 11 Voltas do final Luca Cadalora caiu abandonando a prova deixando Alexandre Barros em 3ºlugar com Beattle em 4º e Schwantz em 5ºlugar já longe da disputa a 10 voltas do final do campeonato.

Itoh vinha firme na liderança com Kocinski tentando se aproximar do líder e Barros buscando ir para a briga com o piloto da Cagiva. A corrida não estava ainda definido mesmo com o Japonês abrindo 1 segundo de diferença para Kocinski que não desistiu da luta e partiu para cima de Itoh.

A 8 Voltas do final, Itoh e Kocinski acabaram caindo e deixando a corrida. Situação mais delicada para o piloto Japonês da Honda sentiu mais o acidente tendo que ter mais atenções dos fiscais de pista. Kocinski voltou a pista, Mas para levar sua Cagiva para os boxes abandonar a corrida.

Alexandre Barros assumiu a liderança a 7 voltas do final da prova. Ele já tinha chegado perto da vitória em algumas tentativas. A poucas voltas do final da prova em Jarama ele tinha boa vantagem para o Australiano Daryl Beattie. Se nada desse errado tudo indicaria que era o dia da vitória do Brasil no Mundial de Motovelocidade.

Beattie tentou partir para cima de Barros na Reta final de corrida, enquanto isso Schwantz vinha em terceiro lugar com Alex Criville em 4ºlugar buscando ainda tentar o pódio. A 5 voltas do final Alexandre Barros teve uma dificuldade em dar volta no Francês Bruno Bonhuil e no Italiano Lucio Pedercini  que estavam disputando posição na zona de pontuação.

Juan Manuel Lopez Mella caiu a 4 voltas do final e deixou a prova. Barros encontrou mais retardatários até o final da corrida. Mas não se complicou com eles se livrando de todos. E Levando a moto da equipe Lucky Strike Suzuki até a vitória. A primeira vitória da sua carreira no mundial de motovelocidade aos 22 anos, Um momento único para o Brasil que depois de Adu Celso que venceu no Mundial de Motovelocidade na mesma Jarama em 1973 nas 350cc viu Barros conquistar a primeira vitória do Brasil na categoria principal do Motociclismo Mundial.

Daryl Beattie chegou em 2ºlugar com a Honda e Kevin Schwantz completou sua brilhante temporada aonde ele conquistou o título Mundial de 1993 em 3ºlugar. Criville da Honda da Equipe Pons, Doug Chandler e Mathew Mladin ambos da Cagiva Team Agostini completaram os 6 primeiros lugares.

Schwantz terminou o Mundial de 1993 com 248 pontos, Wayne Rainey que acabou tendo de encerrar a carreira devido a um acidente no GP da Itália ainda ficou com o vice-campeonato com 214 pontos e o Australiano Daryl Beattie terminou o ano em 3ºlugar com 176 pontos superando por dois pontos o também Australiano Mick Doohan.

Barros acabou a temporada em 6ºlugar com 125 pontos em sua primeira temporada na equipe oficial da Suzuki. E essa foi a primeira de suas 7 vitórias no Mundial de motovelocidade.

Fotos:

Resultado final do FIM motorcycle Grand Prix 1993

Pos.PilotoEquipeMotoTempo
1Alex BarrosTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki44:22.944
2Daryl BeattieRothmans Honda TeamHonda4.736
3Kevin SchwantzTeam Lucky Strike SuzukiSuzuki17.578
4Alex CrivilleMarlboro Honda PonsHonda22.816
5Doug ChandlerCagiva Team AgostiniCagiva58.410
6Mathew MladinCagiva Team AgostiniCagiva1:10.298
7Bernard GarciaYamaha Motor FranceYamaha1:10.734
8Niall MackenzieTeam Valvoline/WCMROC-Yamaha1:16.272
9John ReynoldsPadgett’s MotorcyclesHarris-Yamaha1:20.278
10Jose KuhnTeam ROCYamaha1:23.009
11Jeremy McWilliams Team MillarYamaha1:31.922
12Andrew StroudShell Team HarrisHarris-Yamaha1:32.444
13Kevin MitchellM.B.M. Racing TeamHarris-Yamaha1 Volta
14Sean EmmettShell Team HarrisHarris-Yamaha1 Volta
15Lucio PederciniTeam PederciniROC-Yamaha1 Volta
16Jean-Marc DeletangArgus Racing TeamROC-Yamaha1 Volta
17Bruno BonhuilM.T.D. Objectif 500ROC-Yamaha1 Volta
18David JefferiesPeter Graves Racing TeamHarris-Yamaha1 Volta
19Thierry CrineTeam Ville de ParisROC-Yamaha1 Volta
20Dario MarchettiTeam G.O.J. MotorHarris-Yamaha2 Voltas
21Cees DoorakkersTeam Doorakkers RacingHarris-Yamaha2 Voltas
 Juan Manuel Lopez MellaLópez Mella Racing TeamROC-Yamaha4 Voltas
 John KocinskiCagiva Team AgostiniCagiva7 Voltas
 Shinichi ItohHRC Rothmans HondaHonda8 Voltas
 Luca CadaloraMarlboro Team RobertsYamaha11 Voltas
 Michael RudroffRallye-SportHarris-Yamaha11 Voltas
 Renzo ColleoniTeam ElitROC-Yamaha13 Voltas
 Andreas MeklauARC-Austrian Racing CompanyROC-Yamaha14 Voltas
 James HaydonTeam Great BritianROC-Yamaha21 Voltas
 Tsumoto UdagawaTeam UdagawaROC-Yamaha21 Voltas
 Serge DavidTeam ROCROC-Yamaha24 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP http://www.greatprints.co.uk
http://itsawheelthing.tumblr.com
https://notclauswitz.files.wordpress.com
http://www.daidegasforum.com


Baldassarri aproveita largada para vencer em Jerez, Acidente grave encurta corrida

O Italiano Lorenzo Baldassarri conquistou a vitória em Jerez de la Fronteira, sua 3ªVitória em 4 corridas do Mundial e voltou a liderar com tranquilidade o campeonato. Tudo isso após 2 largadas.

A primeira delas, Ocorreu um acidente provocado pelo Australiano Remy Gardner que acabou caindo e sendo atropelado pelo espanhol Alex Marquez. O Indonésio Dimas Ekky Pratama por pouco não sofreu um atropelamento. Foi acionada a bandeira vermelha com tudo isso. A Moto de Alex Marquez foi rapidamente para os boxes para serem consertada. Gardner e Ekky Pratama não foram para a segunda largada.

15 minutos depois, Ocorreu a segunda largada da Moto 2, Com a prova diminuída na segunda largada. Novamente contando com uma largada ruim de Jorge Navarro a liderança passou para Augusto Fernandez (Voltando muito bem após a ausência no GP dos Estados Unidos) com Lorenzo Baldassari na segunda posição e Thomas Luthi subiu para o 3ºlugar. Navarro que largou na pole caiu para o 5ºlugar.

No final da primeira volta, Vierge segurava os ataques de Navarro, Enquanto isso Baldassarri se aproxima de Fernandes logo nas primeiras voltas da prova levando com ele Luthi da Dynavolt. Na 4ªVolta, Brad Binder com sua KTM ganha o 6ºlugar de Fabio di Giannantonio que largou muito bem, mas estava perdendo terreno aos poucos.

Fernandez e Baldassarri acabaram abrindo diferença para Luthi e passaram a brigar pela vitória, No final da 7ªVolta o Italiano passou o Espanhol assumiu a liderança da prova. Curvas depois Jorge Navarro com sua Speed UP superou Luthi e passou a 3ªposição. Binder e Vierge vinham brigando um pouco mais atrás pelo 5ºlugar. Essa disputa terminou a menos de 5 voltas para o final com a ultrapassagem do piloto da Marc VDS em cima do piloto da KTM.

Navarro não satisfeito em igualar a sua melhor posição no Mundial de Motovelocidade. Ele foi tirando vantagem para Baldassarri e mais ainda para Augusto Fernandez. Na penúltima volta o Espanhol supera Fernandez e assumiu o segundo lugar, Mas não deu tempo para tirar 1 segundo de diferença para Baldassarri. O piloto da Pons conquistou a vitória pela terceira fez na temporada após largar da 6ªposição e de um final de semana bem complicado. Com 75 pontos ele vem a 17 pontos de frente do Suíço Thomas Luthi que chegou em 4ºlugar.

O Espanhol Jorge Navarro fez uma bela corrida de recuperação chegando ao segundo lugar, com uma Speed UP tendo uma moto bem acertada nesse começo do ano ao contraio da KTM. Augusto Fernandez acabou conquistando o primeiro pódio da carreira com o 3ºlugar e leva a Pons a liderança do Mundial de Equipes da Moto 2.

Thomas Luthi acabou salvando uma boa 4ªposição, A Dynavolt não tinha essa moto toda em Jerez, visto o desempenho pavoroso de Marcel Schrotter que ficou apenas em 15ºlugar. Xavi Vierge acabou perdendo a batalha do 5ºlugar para o Sul-Africano Brad Binder que levou o melhor chassi da KTM a frente do piloto da Marc VDS.

Tetsura Nagashima salvou o dia da SAG ao terminar em 7ºlugar, Melhor resultado do piloto Japonês na motovelocidade. Luca Marini e Nicolo Bulega acabaram em uma prova razoável ficando em 8º e 9ºlugares respectivamente. Iker Lecuona fechou os 10 primeiros colocados.

Enea Bastianini com a Italtrans (Que não esteve muito bem hoje) acabou em 11ºlugar, Seguido de Fabio Di Giannantonio que não consegue ainda extrair um bom desempenho da sua Speed UP. Pelo menos ela consegue alguns pontos como conseguiu hoje.

A se destacar mais uma boa corrida de Dominique Aegeter que novamente colocou a MV Agusta nos pontos chegando em 13ºlugar. Andrea Locatelli e Marcel Schrotter fecharam a zona de pontuação. Alex Marquez com toda a garra da equipe e do piloto acabou longe de uma boa recuperação, O 24ºlugar muito se deve a moto que teve avarias depois do acidente.

Daqui a duas semanas teremos o GP da França no circuito de Le Mans Bugatti, Com Baldassarri sendo o grande dominador da temporada de 2019.

Fotos:

Resultado Final
GP da Espanha – Jerez de la Fronteira

PosPilotoEquipeMotoTempo
17Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalex25’33.841
29Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Upa 0.359
340Augusto FernandezFlexbox HP 40Kalexa 1.091
412Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalexa 2.428
541Brad BinderRed Bull KTM AjoKTMa 3.767
697Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalexa 4.955
745Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 7.842
810Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 8.026
911Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalexa 8.571
1027Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTMa 10.235
1133Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 10.445
1221Fabio di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Upa 12.708
1377Dominique AegerterMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agustaa 14.179
145Andrea LocaterriItaltrans Racing TeamKalexa 15.470
1523Marcel SchrotterDynavolt Intact GPKalexa 16.188
1664Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 18.335
1735Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 20.944
184Steven OdendallNTS RW Racing GPNTSa 22.591
193Lukas TulovicKiefer RacingKTMa 25.896
2016Joe RobertsAmerican Racing KTMKTMa 27.150
2162Stefano ManziMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agustaa 27.887
2272Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTMa 28.312
2365Philipp OettlRed Bull KTM Tech 3KTMa 29.063
2473Alex MarquezEG 0,0 Marc VDSKalexa 32.311
2518Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 1’01.987
x88Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTM8 Voltas
x22Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalex8 Voltas
x54Mattia PasiniSama Qatar Angel Nieto TeamKTM10 Voltas
x24Simone CorsiTasca Racing Scuderia Moto2Kalex12 Voltas
x87Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalexNão Largou – 2ªLargada
x20Dimas Ekky PramataIDEMITSU Honda Team AsiaKalexNão Largou – 2ªLargada

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Niccoló Antonelli Vence e Suzuki completa dobradinha da SIC58 em Jerez

O Italiano Niccoló Antonelli após últimos anos frustrantes finalmente esta em um bom momento. O piloto conquistou a vitória depois de mais de 3 anos de jejum (Antonelli venceu pela última vez no GP do Japão de 2015) Após uma disputa no final com Celestino Vietti. De quebra a equipe de Paolo Simoncelli teve o Japonês Tatsuki Suzuki chegando em 2ºlugar. Foi o primeiro pódio do Japonês no Mundial de Motovelocidade.

Na largada, Suzuki aproveitou a largada ruim de Lorenzo Dalla Porta para tomar a liderança. Com Vietti, Foggia e Antonelli seguindo o Japonês. O piloto da SIC58 que vinha atrás dos pilotos da VR46  foi para cima dos seus compatriotas e acabou que no final da 1ªvolta Niccolò Antonelli assumindo o 2ºlugar, Formando dobradinha da equipe SIC58. Gabriel Rodrigo acabou caindo na última curva do circuito, Comprometendo a sua corrida.

No começo da 3ªVolta, Jaume Masia que liderava o campeonato caiu na curva 2 e abandonou a corrida. Era a chance de Canet abrir vantagem na liderança do campeonato. A Fuga de Suzuki acabou quando Dalla Porta chegou no Japonês. Na Reta oposta o Italiano assumiu a liderança da prova. A partir dai começou uma disputa entre os dois pilotos, mas não era uma disputa em Particular. Celestino Vietti também entrou nessa briga e assumiu a liderança da prova ma 5ªVolta.

A partir dai, A liderança sempre se revezava entre Dalla Porta, Suzuki e Vietti com Aron Canet se resguardando para tentar se sobressair no final da prova. No meio da prova o Italiano Romano Fenati em busca de uma reabilitação na Motovelocidade chegou a disputar a liderança da prova. Arriscou passar Suzuki na curva 13, mas passa do ponto e permite que o Japonês Voltasse à liderança.

A partir da segunda metade de corrida, Surge Marcos Ramirez. O Homem da Andaluzia já vinha em 3ºlugar e queria a sua primeira vitória na Moto 3 assim como Tatsuki Suzuki (que vinha fazendo uma senhora corrida com sua Honda da SIC58) A 8 Voltas do final, Ramirez supera Suzuki e Dalla Porta e assume a liderança. Porém, Na volta 16, Suzuki pula do 4º para a liderança na reta oposta.

Ramirez tentava voltar a liderança, Mas na curva 4 da volta 19, Marcos Ramirez toca a roda dianteira na roda traseira do Italiano Niccolò Antonelli e acabou caindo na reta, Quem acabou prejudicado foi o Italiano Romano Fenati que acabou forçado a deixar a prova. Isso não foi tudo, Ainda na volta 19: Raul Fernandez caiu e acabou derrubando Sergio Garcia na curva 6 e ambos deixaram a prova.

A corrida no final foi disputada entre Niccolò Antonelli e Celestino Vietti, Na volta final. O piloto da Sky Racing VR46 tentou de tudo para passar o piloto da SIC58 que se manteve tranquilamente na liderança, Tatsuki Suzuki que vinha em 4º na entrada da última curva passou Kornfeil e nas curvas finais passou Viette para formar Dobradinha da equipe de Paolo Simoncelli.

Niccolò Antonelli conquistou sua 4ªVitória no Mundial de Motovelocidade, Uma Vitória belíssima do piloto Italiano que volta a se colocar como um dos principais pilotos da Categoria. O Japonês Tatsuki Suzuki teve a melhor atuação como piloto em Jerez e conquistou um merecidíssimo pódio, O primeiro da sua carreira na segunda posição, completando a dobradinha da SIC58. O pódio foi completado pelo Italiano Celestino Vietti (2ºpódio da carreira) da VR46.

Aron Canet sem dúvida deve estar frustrado por não ter conseguido ir ao pódio, Mas o Espanhol com os resultados de hoje esta na liderança do campeonato. 1 ponto de frente para Niccolò Antonelli. Um belo começo de ano do piloto Espanhol e da equipe de Max Biaggi.

Albert Arenas e Kaito Toba completaram os 6 primeiros lugares, Em corridas bem discretas, mas se aproveitando dos incidentes de corrida e de erros de adversários acabaram bem colocados. Jakub Kornfeil que chegou a sonhar com o pódio acabou caindo para o 7ºlugar ao cruzar a linha de chegada.

Lorenzo Dalla Porta foi o derrotado do dia de hoje, Largou da pole position ele acabou no final cometendo um erro de trajetória que comprometendo a corrida do piloto da Leopard que só ficou em 8ºlugar e perdeu a chance de se aproximar da liderança do campeonato. Ai Ogura e Andrea Migno completaram os 10 primeiros colocados. O Brasileiro Meikon Kawakami que fez sua estreia no Mundial de Motovelocidade nesse final de semana acabou fazendo uma boa participação chegando ao final da prova em 22ºlugar.

Daqui a 2 semanas teremos mais uma disputada corrida da Moto 3, Em Le Mans Bugatti na França.

Fotos:

Resultado Final – Moto 3
GP da Espanha – Jerez de la Fronteira

PosPilotoEquipeMotoTempo
123Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda39’30.327
224Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 0.242
313Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 0.305
444Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 0.472
575Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 0.563
627Kaito TobaHonda Team AsiaHondaa 1.133
784Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 1.187
848Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHondaa 1.291
979Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 1.430
1016Andrea MignoBester Capital DubaiKTMa 1.441
1140Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 6.836
1217John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 6.851
1322Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 7.104
1421Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Hondaa 7.113
1571Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 7.119
167Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 8.968
1714Tony ArbolinoVNE SnipersHondaa 10.252
1861Can OncuRed Bull KTM AjoKTMa 15.474
1982Stefano NepaFundacion Andres Perez 77KTMa 30.984
2077Vicente Perez Reale Avintia Arizona 77KTMa 31.035
2154Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 38.862
2283Meikon KawagamiFundacion Andres Perez 77KTMa 47.894
2342Marcos RamirezLeopard RacingHondaa 1’14.849
x76Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 1 Volta
x11Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 4 Voltas
x25Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 4 Voltas
x55Romano FenatiVNE SnipersHondaa 4 Voltas
x69Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 4 Voltas
x19Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 8 Voltas
x12Filip SalacRedox PruestelGPKTMa 12 Voltas
x5Jaume MasiaBester Capital DubaiKTMa 20 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Marquez faz largada impecável, conquista vitória em Jerez e Retorna a ponta do campeonato

A Formiga Atômica não se intimidou com os dois pilotos da SRT Petronas e acabou fazendo uma grande largada, Passando a liderança até o final da prova. Uma vitória categórica do piloto da Honda que volta a liderança do campeonato.

Na largada, Marquez largou melhor e assumiu a liderança, Com Franco Morbidelli superando Fábio Quartararo para assumir o segundo lugar. Dovizioso e Viñales completavam os 5 primeiros lugares. As primeiras voltas foram as mais difíceis para Marquez, O Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli partiu para cima em busca da inédita liderança. A Yamaha e a Suzuki vinham com melhor desempenho do que da Honda e Ducati. Os 3 primeiros colocados estavam se distanciando de Viñales que vinha com uma boa vantagem para Dovizioso e Rins.

Rins vinha pressionando Dovizioso querendo o 5ºlugar. Apesar do esforço do líder do campeonato de manter-se a frente do piloto da Suzuki, Rins que esta em um momento iluminado na MotoGP superou Dovi e passou ao 5ºlugar. O piloto da Suzuki vinha sendo o piloto mais rápido da prova.

Marquez abriu vantagem na liderança de Morbidelli que começava a segurar Quartararo, Com Viñales se aproximando em 4º seguido de Rins, Dovizioso. Na 9ªVolta, Rins ganha o 4ºlugar superando Viñales. Momentos depois, Quartararo passou Morbidelli assumindo a 2ªposição.

Logo Quartararo vinha tirando alguma vantagem sobre Marquez, Até que na 12ºVolta, Problemas mecânicos acabou por tirar o Francês da prova. Ao mesmo tempo, Rins superou Morbidelli subindo do 4º para o 2ºlugar em apenas 1 volta. O Rendimento da Yamaha de Morbidelli estava caindo no decorrer da prova.

A Situação estava muito mais facilitada para a Formiga Atômica, Rins estava a mais de 3 segundos atrás. A Vitória estava nas mãos do piloto da Honda. Na 16ªVolta, Viñales superou Morbidelli. Não demorou muito para Dovizioso e Petrucci superarem o piloto que Restou da Petronas. Os pilotos da Ducati assumiram o 4º e 5ºlugares respectivamente.

Valentino Rossi na parte final da prova começou a reagir, O piloto de 40 anos estava em 9ºlugar superou na parte final Jack Miller, Cal Crutchlow e Franco Morbidelli passando ao 6ºlugar. Na fase final, Dovizioso  tentou um ataque final pra cima de Maverick Viñales para tomar o pódio e continuar liderando o campeonato.

Marc Marquez após sua queda nos Estados Unidos acabou conquistando a vitória para voltar a liderança do mundial de Motovelocidade. Em uma exibição impecável e liderando praticamente de ponta a ponta. Além de levar com primazia a Honda nas costas. (Depois de Marquez, O Segundo piloto da Honda foi Cal Crutchlow que ficou em 8ºlugar)

Alex Rins acabou ficando em excelente segunda posição e uma bela corrida de recuperação, depois de largar do 9ºlugar. O pódio foi completado pelo espanhol Marevick Viñales que segurou Dovizioso e acabou conquistando o primeiro pódio da temporada de 2019, Com a Yamaha oficial que acabou superando a equipe Satelite que humilhou a equipe oficial na Classificação do Sábado.

Andrea Dovizioso fez mais uma corrida com a tabela na mão, Acabou ficando com o 4ºlugar, Fora do pódio e perdendo a liderança do campeonato. A Diferença entre os 4 primeiros colocados é de apenas 9 Pontos. Marquez com 70 pontos, Rins com 69, Dovizioso com 67 e Rossi com 61 pontos. Danilo Petrucci chegou em 5ºlugar, Melhorando um pouco em relação os 3 Resultados em 6ºlugar nas primeiras corridas do ano.

Valentino Rossi que largou na 13ªposição fez uma boa prova de recuperação, Terminando em 6ºlugar. Porém, longe de pretender resultados melhores.

Franco Morbidelli que teve um começo tão bom, Mas acabou perdendo rendimento ficando apenas em 7ºlugar. Cal Crutchlow ficou em 8ºlugar seguido de seu companheiro de equipe Tagaaki Nakagami, Um bom dia para a LCR Honda. Completando os Top 10, O Alemão Stefan Bradl que correu nesse final de semana para testar um chassis de Carbono.

Jorge Lorenzo em mais uma corrida decepcionante acabou colocado em 12ºlugar, Atrás do piloto da Aprilla Aleix Espargaró. Chegando a frente de dos dois pilotos da KTM: Pol Espargaró na frene de Johann Zarco (que a 2 semanas do GP da França esta praticamente esquecido pela mídia) e de Esteve Rabat que completou a Zona de Pontuação.

Daqui a duas semanas teremos o GP da França, No circuito de Le Mans Bugatti. Lá, Marquez vai tentar sua terceira vitória no ano. Será que ele consegue esse feito ou Quartararo e outros pilotos vão tentar impedir a Formiga Atômica? Vamos esperar até o dia 19 de Maio para sabemos a resposta.

Fotos:

Resultado Final
GP da Espanha – Jerez de la Fronteira

PosPilotoEquipeMotoTempo
193Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda41’08.685
242Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 1.654
312Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 2.443
44Andrea DoviziosoMission Winnow DucatiDucatia 2.804
59Danilo PetrucciMission Winnow DucatiDucatia 4.748
646Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 7.547
721Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 8.228
835Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 10.052
930Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 10.274
106Stefan BradlTeam HRCHondaa 13.402
1141Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 15.431
1299Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHondaa 18.473
1344Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 20.156
145Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTMa 26.706
1553Tito RabatReale Avintia RacingDucatia 28.513
1617Karel AbrahamReale Avintia RacingDucatia 36.858
1738Bradley SmithAprilia Factory RacingApriliaa 41.390
1888Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 41.570
1955Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTMa 50.568
x43Jack MillerPramac RacingDucatia 3 Voltas
x36Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 5 Voltas
x20Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 12 Voltas
x63Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 19 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP