Pole e vitória de Dominique Aegerter na Moto e – Etapa de Andaluzia

O suíço Dominique Aegerter da Dynavolt dominou o final de semana, marcando a E-Pole no Sábado e a sua primeira corrida da carreira em sua segunda corrida na categoria das motos elétricas e assumiu a liderança do campeonato, Beneficiado por que Eric Granado acabou sendo abatido pela manobra inconsequente de Matteo Ferrari na parte final da corrida.

Na classificação do Sábado, Jakub Kornfeil começou com uma volta ruim, sem chances de pole. Maria Herrera que fez volta melhor que o tcheco teve sua volta anulada por passar os limites na curva 4. Alessandro Zacconi e Josh Hook superaram o fraco tempo de Kornfeil.

Tommaso Macron acabou saindo depois o tempo ser esgotado e foi impedido de abrir sua volta. A marca de Hook só foi baixada e muito bem baixada pelo Alemão Lucas Tulovic, O piloto da Tech 3. Com quase 1 segundo de frente para Hook.

Depois, Niccolo Canepa e Xavier Simeon não chegaram nem perto do Alemão. Outros dois pilotos foram para a pista, e chegaram perto de tirar a pole das mãos de Tulovic, mas Tanto Jordi Torres com 1:48.743 como Alejandro Medina com 1:48.766.

A pole estava nas mãos de Tulovic, até que o vice-líder do campeonato Matteo Ferrari fez uma grande volta, baixando todos os setores e marcando 1:48.425 tomando a ponta da classificação. Depois os pilotos Alex de Angelis e Mattia Casadei fizeram voltas intermediarias.

Eric Granado fez uma boa volta, mas acabou tendo que se segurar na pista 2 vezes para não cair e acabou marcando a 3ªMelhor marca. O último a entrar na pista foi Dominique Aegerter. O suíço da equipe Dynavolt fez as melhores parciais da classificação e acabou conquistando a pole position com 1:48.158. Sobrando acabou marcando a pole e larga na frente, tendo ao lado do dele Matteo Ferrari da Gresini e Lucas Tulovic da Tech 3.

Eric Granado da Avintia abre a segunda fila, com Jordi Torres da Pons e Alejandro Medina da Aspar Martinez compõem essa fila.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
177Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergica1’48.158
211Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’48.425
335Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergica1’48.525
451Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica1’48.576
540Jordi TorresPons Racing 40Energica1’48.743
655Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergica1’48.766
715Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergica1’48.863
827Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergica1’48.897
97Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergica1’49.206
1016Josh HookOCTO Pramac MotoEEnergica1’49.255
1118Xavi CardelusAvintia Esponsorama RacingEnergica1’49.334
1210Xavier SimeonLCR E-TeamEnergica1’49.395
1363Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergica1’49.525
1461Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’49.734
1584Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergica1’50.229
166Maria HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaSem tempo
1770Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaSem tempo

Abrindo o dia de domingo, a Moto E teve mais uma curta corrida com muitas disputas por posições, mas o domínio foi mesmo do suíço Dominique Aegerter, que acabou largando muito bem e manteve a liderança.

Só nas 2 primeiras voltas tivemos disputa pela ponta, Ferrari passou Aegerter na curva 4 e o suíço recuperou no final da reta oposta. Na curva 9, Ferrari novamente passou Aegerter. Alejandro Medina aproveitou a briga para superar o piloto da Dynavolt, não satisfeito, o espanhol passou Ferrari e cruzou a linha da primeira volta na liderança, deixando Aegerter e Ferrari disputando a segunda posição. Casadei, Torres, de Angelis e Granado completavam as 7 primeiros colocados.

Ainda na primeira volta, Granado que não largou muito bem acabou perdendo a curva, assim como Lucas Tulovic. Mais atrás, Alessandro Zacconi e Tommasi Macron caíram e deixaram a prova após 6 curvas.

Após superar Ferrari, Aegerter foi com tudo para cima de Medina e acabou voltando a liderança após ficar roda com roda com o jovem piloto da Aspar Martinez na curva 9. Ferrari começava a ser pressionado por Mattia Casadei, logo atrás Jordi Torris e Eric Granado disputaram a 5ªposição, a briga acabou com ultrapassagem do piloto brasileiro.

Medina perdeu posições para Ferrari e Casadei, logo os dois pilotos passaram a disputar a 2ªposição, na disputa dos pilotos italianos acabou o da SIC58 levando a melhor. No final da terceira volta, Granado supera Medina que tentou dar o troco na curva 13, na perseguição ao piloto da Avintia acabou o espanhol caindo e deixando a corrida.

Granado na 4ªvolta passou primeiro Ferrari e depois passou também a Casadei assumindo a segunda posição. Com duas voltas para terminar a corrida, o brasileiro era o único que poderia tentar alcançar Aegerter.

Porém, na penúltima volta, Granado é vitima da manobra inconsequente e desastrosa de Matteo Ferrari, que praticamente não conseguiu fazer a curva e acertou a traseira da moto 51. Os dois caíram, Ferrari deixou a prova, já Eric conseguiu voltar para terminar a corrida.

Depois disso, ai que não teve mais briga. Só apenas no final, Casadei brigou e ganhou a 3ªposição de Niccolo Canepa. Na curva final, Canepa ainda perderia posição para Alex de Angelis que levou o 4ºlugar.

Dominique Aegerter acabou com a vitória, em um final de semana perfeito (Assim como Eric Granado teve na abertura do campeonato na semana anterior) e assume a liderança do campeonato com 41 pontos ganhos. Jordi Torres fez uma prova discreta, mas esteve na hora certa e sem grandes riscos foi premiado com o 2ºlugar. Mattia Casadei da SIC58 completou o pódio.

Alex de Angelis, Niccolo Canepa e Lucas Tulovic completaram as 6 primeiras posições. Eric Granado ficou em 13º completando a corrida mais de 1 minuto e meio atrás do vencedor e novo líder do Mundial de Moto E. O Campeonato das motos Elétricas volta no dia 13 de Setembro para a etapa de San Marino, do circuito de Misano para a 3ªetapa.

Fotos:

Resultado final da 2ªEtapa do Mundial de Moto E
GP da Audalucia – 6 Voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
177Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergica10’54.366
240Jordi TorresPons Racing 40Energicaa 2.688
327Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 3.759
415Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 4.484
57Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergicaa 4.537
635Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 5.980
763Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 6.133
816Josh HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 6.513
910Xavier SimeonLCR E-TeamEnergicaa 8.695
1018Xavi CardelusAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 10.583
116Maria HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaa 13.594
1284Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergicaa 13.641
1351Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 1’37.947
11Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 2 voltas
55Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergicaa 3 voltas
61Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 6 voltas
70Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaa 6 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Eric Granado sobra e conquista vitória na etapa de abertura da moto e em 2020

Eric Granado sobrando na turma na etapa de abertura da 2ªTemporada da Moto E, em uma exibição maravilhosa no domingo. Só tivemos 17 pilotos em Jerez por que  Alessandro Zaccone fraturou o Femur e acabou não tendo condições para correr na estreia do campeonato das motos elétricas.

O Formato de classificação da classe não foi modificado, Cada piloto iria para a pista um de cada vez, Assim que um piloto abria sua volta rápida, o piloto seguinte precisava entrar na pista ou seria desclassificado e não teria direito de fazer a volta.

Jakub Kornfeil foi o primeiro a entrar na pista, Sua volta foi bem lenta e acabou sendo a pior volta de todas. Maria Herrera superou a volta em 1.3 segundos e o Andorrenho Xavier Cardelus fez a volta 33 milésimos mais rápido que a piloto da Aspar Martinez. Nenhum deles iria disputar de fato a pole, Muito menos Tommaso Marcon da Tech3 que marcou uma volta muito ruim, só ficando na penúltima posição no Grid de Largada.

Depois Casadei já melhorou bem a marca da pole com 1:49.374, O piloto da Sic58 foi superado logo depois por Alex de Angelis da Pramac em 243 milésimos. Joshua Hook e Mike di Meglio não foram capazes de superar o piloto de San Marino.

9ºpiloto a entrar na pista, o estreante  Alejandro Medina acabou marcando uma bela marca, sendo o primeiro a romper a barreira do 1 minuto e 49 segundos, com seu tempo de 1:48.996. Esse tempo foi superado pelo alemão Lucas Tulovic da Tech 3, com 1:48.811.

Depois disso, Jordi Torres, Xavier Simeon e Matteo Ferrari tentaram, mas não conseguiram tirar a 1ªposição do piloto Alemão. O campeão da Moto E no ano passado ficou com o segundo tempo com 1:48.945.

Um dos últimos pilotos a irem para a pista, Niccolo Canepa vinha muito bem, com marca para passar para a ponta, mas na curva 11 o piloto italiano caiu e o treino foi interrompido por uns 10 minutos.

Faltava apenas Aegerter e Granado fazerem suas voltas, o piloto Suíço da Dynavolt fez uma grande volta, mas não superou Tulovic que tinha a pole nas suas mãos. Sendo o mais rápido dos treinos livres, Eric Granado da Avintia foi para a pista com a missão de confirmar seu favoritismo.

O Brasileiro teve dificuldade até a metade de volta, mas dai por diante, Eric Granado foi mais rápido nas parciais finais e acabou conquistando a pole position com 1:48.620, confirmando o seu favoritismo para a classificação e se colocando como candidato a vitória. Tulovic, Aegerter, Ferrari e Medina completavam os 5 primeiros colocados.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
151 Eric Granado Avintia Esponsorama RacingEnergica1’48.620
235 Lukas Tulovic Tech3 E-RacingEnergica1’48.811
377 Dominique Aegerter Dynavolt Intact GPEnergica1’48.876
411 Matteo Ferrari Trentino Gresini MotoEEnergica1’48.945
555 Alejandro Medina Openbank Aspar TeamEnergica1’48.996
610 Xavier Siméon LCR E-TeamEnergica1’49.070
715 Alex de Angelis Octo Pramac MotoEEnergica1’49.131
840 Jordi Torres Pons Racing 40Energica1’49.293
966 Niki Tuuli Avant Ajo MotoEEnergica1’49.372
1027 Mattia Casadei Ongetta Sic58 Squadra CorseEnergica1’49.374
1163 Mike Di Meglio EG 0,0 Marc VDSEnergica1’49.650
1218 Xavier Cardelús Avintia Esponsorama RacingEnergica1’49.710
1316 Joshua Hook Octo Pramac MotoEEnergica1’49.722
146 María Herrera Openbank Aspar TeamEnergica1’49.743
1570 Tommaso Marcon Tech3 E-RacingEnergica1’50.110
1684 Jakub Kornfeil WithU MotorsportEnergica1’51.012
177 Niccolò Canepa LCR E-TeamEnergicaSem Tempo

Abrindo a programação de domingo, o Mundial de Motovelocidade e os telespectadores em casa acabaram vendo uma lavada de Eric Granado em cima da Concorrência. Na largada, Lucas Tulovic da Tech3 assumiu a ponta após largar melhor que o piloto Brasileiro, mas isso não durou muito tempo, na reta oposta, Granado superou Tulovic e assumiu a liderança e a partir dai começou o passeio do piloto da Avintia.

Em 2 voltas, Granado abriu praticamente mais de um segundo sobre os demais, A partir de Lucas Tulovic para trás, tivemos uma grande disputa pela segunda posição. Matteo Ferrari foi para cima de Tulovic nas 3 voltas restantes da curta corrida de 6 voltas das motos elétricas. Também mostrava que o desempenho da moto de Ferrari estava bem melhor, mas o piloto Alemão resistia a pressão bravamente.

A 2 voltas do final, Ferrari superou Tulovic e passou para a segunda posição, mas teria que tentar tirar quase 3 segundos de Granado, ou seja, uma missão praticamente impossível de se tirar essa vantagem até a bandeirada. Dominique Aegerter vinha se recuperando após uma largada ruim, passando de um a um seus adversários. No final, O piloto suíço superou Tulovic e assumiu a terceira posição. Já na disputa entre Jordi Torres e  Alejandro Medina acabou ambos passando do ponto e nisso, Mattia Casadei se aproveitou e ganhou suas posições.

Eric Granado completa final de semana impecável com a vitória, É a terceira vitória do piloto Brasileiro que se torna o maior vencedor da Moto E, se colocando como um sério candidato ao título da categoria.

O pódio foi completado pelo Campeão do ano passado Matteo Ferrari da Gresini e do Suíço Dominique Aegerter. Os dois sem dúvida serão fortes adversários para Granado na disputa pelo título, sendo que Ferrari quer repetir a dose e conquistar o bicampeonato. Lucas Tulovic teve uma boa estreia na categoria, mas sem ritmo suficiente para segurar seu lugar no pódio. O também italiano Mattia Casadei completou os 5 primeiros colocados.

A próxima etapa da Moto E acontece nesse domingo no mesmo circuito de Jerez de La Fronteira.

Fotos:

Resultado final da 1ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto E

posPilotoEquipeMotoTempo
151 Eric Granado Avintia Esponsorama RacingEnergica10’55.542
211 Matteo Ferrari Trentino Gresini MotoEEnergicaa 3.044
377 Dominique Aegerter Dynavolt Intact GPEnergicaa 3.299
435 Lukas Tulovic Tech3 E-RacingEnergicaa 3.517
527 Mattia Casadei Ongetta Sic58 Squadra CorseEnergicaa 4.082
640 Jordi Torres Pons Racing 40Energicaa 4.245
755 Alejandro Medina Openbank Aspar TeamEnergicaa 4.906
810 Xavier Siméon LCR E-TeamEnergicaa 5.475
916 Joshua Hook Octo Pramac MotoEEnergicaa 5.795
1063 Mike Di Meglio EG 0,0 Marc VDSEnergicaa 8.484
1166 Niki Tuuli Avant Ajo MotoEEnergicaa 8.791
1270 Tommaso Marcon Tech3 E-RacingEnergicaa 10.301
137 Niccolò Canepa LCR E-TeamEnergicaa 10.579
1418 Xavier Cardelús Avintia Esponsorama RacingEnergicaa 10.868
156 María Herrera Openbank Aspar TeamEnergicaa 14.311
1684 Jakub Kornfeil WithU MotorsportEnergicaa 21.385
1715 Alex de Angelis Octo Pramac MotoEEnergicaa 26.977

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Coronavirus praticamente paralisa o esporte a motor no mundo

Todo o planejamento das temporadas das principais categorias ficou completamente comprometido pela pandemia do Coronavirus se espalhando pelo mundo, principalmente na Europa (Com a situação complicada para Inglaterra e Espanha e a situação catastrófica para a Itália, que é o país mais afetado do mundo hoje. Na China, a epidemia parece estar controlada) As temporadas que se planejavam começar em Março acabaram todas comprometidas.

Na Formula 1, se cancelou em cima da hora o GP da Austrália, Além disso, as provas do Bahrein, China e Vietnã foram adiadas e a categoria deve começar no final de maio, Com a realização do GP do Azerbaijão. Se trabalha um calendário alternativo, com finais de semana de apenas dois dias, para a realização de pelo menos umas 17 ou 18 corridas para essa temporada.

Os prejuízos na MotoGP até agora parecem ser mínimos. Até agora todas as corridas não foram e não serão realizadas em sua data original foram remarcadas para a parte final de campeonato, além de ter conseguido realizar a etapa da Moto 2 e Moto 3 no Qatar. Em outras categoria como a Formula 2 e Formula 3 também deve acontecer um remanejamento de datas (Bahrein foi adiado nas duas categorias).

Agora na Formula Indy, o prejuízo será bem maior. A prova de St.Petersburg que seria realizada no domingo foi cancelada, Assim como Alabama, Long Beach e Circuito das Américas. A Organização esta fazendo todo o possível para manter as provas em Indianápolis (incluído as 500 milhas). Porém, o calendário do campeonato desse ano esta comprometido, Apenas com 13 corridas para serem disputadas se não tivemos mais cancelamentos.

As chances de temos um campeonato reduzido em todas as esferas é grande, Se a Pandemia não passar logo (Se prolongar por mais tempo) podemos considerar o ano de 2020 como um ano perdido e praticamente nulo para as competições pelo Mundo. Eu espero que a partir de Maio se possa começar as competições pelo Mundo, mesmo que não se possa ter um público, que se veja as corridas pela TV ou pela Internet.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP/IndyCar

Granado vence prova final da Moto e, Matteo Ferrari ficou com o título com uma corrida segura

Em Valencia, o Brasileiro Eric Granado acabou repetindo a vitória da prova do Sábado e conquistou a última etapa do campeonato da Moto e. Dessa vez, em uma disputa acirrada entre Smith e Granado pela vitória. O inglês largou melhor e liderou praticamente toda a corrida, Mas Granado conseguiu chegar no Britânico e ambos fizeram uma volta final alucinante, onde os dois se alternaram na liderança da corrida. Na última curva, Granado levou a vantagem e acabou conquistando as 2 vitórias do final de semana. Foi um final de semana perfeito para Granado, Seu melhor final de semana no Mundial de Motovelocidade e o melhor final de semana de sua carreira profissional.

Bradley Smith que ainda sonhava com o título acabou ficando com o 2ºlugar, Mas mesmo se vencesse não daria para Smith terminar com o campeonato. O Italiano Matteo Ferrari que vinha o campeonato sobre controle depois da prova do sábado, o piloto da Gresini ficou com sua vida facilitada, Porque Hector Garzo foi eliminado e perdeu o 2ºlugar e os 20 pontos (Deixando o piloto da Tech 3 eliminado da disputa pelo campeonato) e fez uma corrida correta, garantindo o título com o 5ºlugar.

Matteo Ferrari se torna o primeiro campeão da História da Moto e, Ficando com 11 pontos de frente para Bradley Smith e 27 pontos a frente de Eric Granado que chegou em 3ºlugar. Hector Garzo completou o pódio da última etapa do campeonato. O San Marinense Alex de Angelis ficou com o 4ºlugar, a frente do Campeão Matteo Ferrari. Mike di Meglio completou os 6 primeiros colocados.

Na parte inicial da corrida, Di Meglio da Marc VDS e Sete Gibernau (Que encerrou sua carreira ficando em uma honrosa 7ªposição) travaram um belo duelo e ficando lado ao lado em algumas curvas do Circuito de Ricardo Torno. Xavier Simeon, Niccolo Canepa e Joshua Hook caíram logo na primeira volta e não conseguiram pontuar.

O Portal Sportszone dar os parabéns a Matteo Ferrari pelo Título de campeão do Mundial de Moto e. O primeiro campeão da história das motos elétricas.

Fotos:

Resultado final da última etapa da Moto e
GP de Valência

posPilotoEquipeMotoTempo/Diferença
151Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica11’52.860
238Bradley SmithOne Energy RacingEnergicaa 0.458
34Hector GarzoTech 3 E-RacingEnergicaa 4.124
45Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 7.003
511Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 7.405
663Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 9.475
715Sete GibernauJoin Contract Pons 40Energicaa 9.513
827Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 10.503
918Nicolas TerolOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 14.613
102Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergicaa 14.711
1114Randy de PunietLCR E-TeamEnergicaa 15.202
126Maria HerreraOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 17.166
1332Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 19.552
1478Kenny ForayTech 3 E-RacingEnergicaa 29.432
10Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 7 Voltas
7Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergicaa 7 Voltas
16Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 7 Voltas


Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Granado conquista vitória na primeira da Rodada Dupla em Ricardo Torno

Eric Granado acabou com todos os, porém que se tinha da sua pilotagem, E depois de viajar até a Malásia para substituir Rabat e ser impedido disso por “Burocracias da Ducati” O Brasileiro se sentiu na meta de se vingar dos seus críticos. Após a pole position, O piloto da Avintia conquistou a vitória na 1ªcorrida da rodada dupla de Valencia.

Na largada, Smith passou para a ponta, Granado acabou recuando para o terceiro lugar. O inglês lidera com tranquilidade nas primeiras duas voltas, Mas ele era acompanhado de perto pelo Garzo e por Granado. O líder do campeonato, Matteo Ferrari vinha disputando o 4ºlugar com o Belga Xavier Simeon. Raffin completava os 6 primeiros.

Granado superou Garzo e foi para cima do Smith, buscando a vitória. O Espanhol da equipe Tech 3 veio atrás e também entrou na disputa. A 2 voltas do final, Granado passou Smith na reta e assumiu a liderança, Garzo chegou a tomar o segundo lugar de Smith, Mas o britânico não desistiu e retornou o segundo lugar.

Na última volta, Smith e Garzo disputavam curva a curva pelo 2ºlugar. Granado ficou mais tranquilo na frente e acabou conquistando a sua primeira vitória no Mundial de Motovelocidade, após de fracassos na Moto 2 e 3 o Brasileiro finalmente consegue um resultado significativo na sua carreira.

Hector Garzo na última curva acabou passando Bradley Smith e ficando com o segundo lugar. Esse resultado faz com que Garzo diminuía a diferença  para o líder Matteo Ferrari, O piloto da Gresini ficou com o 4ºlugar, Precisa de um pódio na prova de hoje para conquistar o campeonato. Bradley Smith completou o pódio. Xavier Simeon e Alex de Angelis completaram os Top 6.

As 6 da manhã teremos a decisão da categoria. Com Ferrari, Garzo e Smith disputando o Título.

Grid de largada 5ªetapa da Moto e
GP de Valencia

pospilotoequipemototempo
151Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica11’49.900
24Hector GarzoTech 3 E-RacingEnergicaa 0.576
338Bradley SmithOne Energy RacingEnergicaa 0.706
411Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 3.213
510Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 6.310
65Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 7.383
77Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergicaa 7.732
82Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergicaa 8.888
916Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 9.634
1027Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 10.676
1163Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 10.923
1215Sete GibernauJoin Contract Pons 40Energicaa 12.177
1314Randy de PunietLCR E-TeamEnergicaa 15.569
1418Nicolas TerolOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 15.783
156Maria HerreraOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 15.821
1632Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 16.165
1778Kenny ForayTech 3 E-RacingEnergicaa 21.668

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP