Especial Ligier : Temporada de 1979

A Ligier Chegava a sua Quarta temporada de Formula 1 depois de três temporadas medianas, vem com o Chassi JS11 e com duas novidades: primeira era o Motor Ford e Segundo é que eles final viriam com 2 carros no Campeonato. e os Pilotos eram os Franceses Jacques Laffite e Partick Depailler.

A Equipe Francesa começa com pinta de campeã, logo na primeira corrida do Ano Laffite consegue a primeira pole position e Partick Depailler sendo o 2ºLugar. Na Corrida. Na Corrida Laffite manteve a ponta e venceu a 1ªCorrida na Temporada, Patrick Depailler ficou em 4ºLugar. Laffite fez também a melhor volta da Corrida, fazendo o Primeiro Hattrick (Melhor Volta da Corrida/ Vencedor e Pole) da História da Ligier.

Mas se na Argentina foi ótimo, no Brasil a coisa seria bem melhor. Novamente nos Treinos em Interlagos a Ligier comandava a primeira fila Com Laffite em 1º e Depailler em 2º. Na corrida um Amplo Domínio da Ligier que Garantiu a primeira Dobradinha da Ligier na História, com Laffite em primeiro e Depailler em Segundo, tudo indicava que com esse Resultado a Ligier era o melhor carro do Ano, com 28 Pontos nos Construtores e 18 Pontos de Laffite, deva a crer que o Titulo seria dela.

Mas a partir da Terceira corrida do Ano, surgiu uma outra Força, maior do que a Ligier, a Ferrari, que em algumas corridas tomou a frente da Ligier tanto no de construtores, tanto no Campeonato de pilotos. E ainda na Segunda parte do Campeonato tinha a Ascendente Williams, isso tudo fez com que a Ligier passar-se a apenas a Terceira Forca do Campeonato. A Ligier ainda assim era um carro muito competitivo, conseguiu ainda uma outra vitória com Patrick Depailler no GP da Espanha, em Jarama. Mas Depailler só iria correr até o GP de Monte Claro, devido a um acidente de Asa Delta.

Quem substituiu o Francês foi o Belga Jacky Ickx que não manteve nem de longe o Desempenho de Depailler, (Alias Ickx foi o primeiro piloto estrangeiro que correu pela Ligier) Pena que Ickx não fez jus ao equipamento, marcando apenas 3 pontos contra os 21 pontos de Laffite no final do Ano. A Ligier não conseguiu pontuar nas últimas três corridas. isso acabou sendo fatal para que ela perdesse o Vice-campeonato para a Williams que tinha um carro que seria base para o campeonato de 1980.

A Ligier conseguia seu melhor resultado na sua história com o 3ºlugar no mundial de construtores com 61 Pontos, 3 Vitórias, 4 Poles, 8 Pódios, e 3 Voltas mais rápidas. Um belo campeonato que fez da equipe francesa uma das Grandes equipes da formula 1 e uma das favoritas ao título em 1980.

Ligier

GPS: 30
Vitórias: 3
Poles: 4
Pódios: 8
Pontos: 61
Ford Cosworth DFV
8 Cilindros em V com Ângulo de 90º
2 993 cm³
Potência: 475 Cavalos a 11000 RPM
Pilotos:
Patrick Depailler
Jacques Laffite
Jacky Ickx
Número de voltas completadas: 1.334

Chassi: Ligier JS11
Projetistas: Gérard Ducarouge (Diretor Técnico), Michel Beaujon (Design) e
Robert Choulet (Aerodinâmica)
Chassis : Monocoque em alumínio
peso :582 kg
Transmissão : Hewland FGA 400 – com 5 Marchas
Combustível e Lubrificante : Eif
Amortecedores : Koni
Freios de disco de Carbono Girling
Comprimento :
Distância entre eixos : 2794 mm
dianteira : 1738 mm
traseira : 1600 mm

Fotos:

View post on imgur.com

Fonte das Fotos: Bestlap, Formel1mic
Texto: Deivison da Conceição da Silva

Especial Ligier: 197619771978

Especial Ligier : Temporada de 1978

Em sua terceira temporada a Ligier queria deixar de ser equipe Média para ser equipe Grande, pelo Terceiro ano Consecutivo o único piloto da Ligier era Jacques Laffite e o Motor era o Matra 12 Cilindros. A Equipe Usou ainda o JS7 nessa temporada, Mas construiu o Carro JS9 para a disputa desse Campeonato. O Ano começou de uma forma não muito boa para a Ligier mesmo com o 8ºlugar no grid do GP da Argentina.

O JS7 fez 6 corridas, sendo que a Ligier não conseguiu um grande grid mostrando que o carro parecia ultrapassado em relação a outros carros inclusive para o Lotus 79 que dominaram o ano. Laffite fez 6 pontos com esse carro, Sendo as três vezes em 5ºlugar, Na África do Sul, Long Beach e Bélgica aonde o JS7 definitivamente se aposentou dando Lugar ao JS9.

Com o JS9 o desempenho do carro melhorou. Laffite pode conseguir melhores desempenhos nos grid de largada. logo em sua primeira corrida com o JS9 Laffite largou em 10º e chegou em 3ºlugar conquistando o primeiro pódio do ano, O Segundo pódio foi na Alemanha onde Laffite largou em um ótimo 7ºposto e terminou em 3º subindo ao pódio pela segunda vez, Além disso Laffite pontuou na Áustria (5ºlugar) aonde conseguiu seu melhor grid do Ano e um 4ºlugar na Itália. Foram ao todo 7 Vezes na Zona de Pontuação. e Terminando 14 das 16 Corridas da Temporada de 1978. No Final de tudo terminou igual aos 2 anos anteriores com uma Classificação Mediana no Final. 19 Pontos, 2 Pódios e um 6ºLugar na Classificação do Campeonato.

Depois de Três temporadas no Meio na Classificação, estava na Hora da Ligier começar a almejar melhores Resultados.

Gps: 16
Vitórias: 0
Poles: 0
Pódios: 2
Pontos: 19
Motor: Matra MS 76/78
12 cilindros em V
2993 cm³
Potência: 520 cavalos a 12.300 RPM
Piloto:
Jacques Laffite
Número de voltas percorridas: 944

Ligier JS7
Projetistas: Gérard Ducarouge (Diretor Técnico), Michel Beaujon (Design) e
Robert Choulet (Aerodinâmica)

Chassi: Monocoque em Fibra de Alumínio
Peso: 580 kg
Transmissão: Hewland TL 2-200- 6 Marchas
Combustível e Lubrificante: Shell
Tanque: 220 Litros

Suspensão: Braço, antebraço e molas (AV) / Arm, pernas e molas empurrados (AR)
Amortecedores: Koni
Freios: Lockheed / Girling
Comprimento
Distância entre eixos: 2608 mm
dianteira: 1536 mm
traseira: 1600 mm

Ligier JS7/9
Projetistas: Gérard Ducarouge (Diretor Técnico), Michel Beaujon (Design)
e Robert Choulet (Aerodinâmica)
Chassi: Monocoque em Alumínio
Peso: 580 kg
Transmissão: Hewland FGA 400 – 6 marchas
Combustível e Lubrificante: Shell
Amortecedores: Koni
Freios: Lockheed / Girling

Ligier JS9
Projetistas: Gérard Ducarouge (Diretor Técnico), Michel Beaujon (Design)
e Robert Choulet (Aerodinâmica)
Chassi: Monocoque em Alumínio
Peso: 580 kg
Transmissão: Hewland FGA 400 – 6 marchas
Combustível e Lubrificante: Shell
Amortecedores: Koni
Tanque: 210 Litros
Freios: Lockheed / Girling
Distância entre eixos: 2800 mm
Dianteira: 1625 mm
Traseira: 1515 mm

Fotos:

View post on imgur.com

Fonte das Fotos: Bestlap, Formel1mic

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Especial Ligier : 1976 1977