Francês vence duelo com Norte-americano na 8ªEtapa do Dakar

Antonie Meo e Ricky Brabec travaram um belo duelo pela vitória no 8ºestágio do Dakar 2018, Sem dúvida o maior e mais disputado Dakar na Categoria Motos que já se viu. Com vários pilotos na disputa pelo título. A Vitória acabou nas mãos do piloto da KTM.

No primeiro estágio Antonie Meo que vinha em busca de um bom resultado para continuar na disputa pelo título começou muito bem. Assumiu a liderança com seu companheiro de equipe, O australiano Toby Price a 10 segundos de distância, Em 2ºlugar. Pablo Quintanilla com sua Husqvarna e Ricky Brabec com a Honda estavam empatados, Com 36 segundos atrás de Meo na terceira posição.

Matthias Walkner estava em 5ºlugar. Em uma disputa ferrenha com Johnny Aubert com a Gas Gas e Kevin Benavides com a Honda. Distância entre os 3 de apenas 4 segundos. Stefan Svitko vinha em 8ºlugar, 2 segundos a frente de Laia Sanz que vinha em 9º também com a KTM. Joan Barreda Bort com as lesões adquiridas no estágio passado e com a moto danificada fechava os 10 primeiros colocados.

A se destacar a disputa pelo 12ºlugar entre líder da classificação geral, Adrien van Beveren com a Yamaha, O Boliviano Daniel Nogislia Jager com a KTM e Jonathan Barragan com a Gas Gas. Empatados em 2 minutos e 30 segundos na 13ªposição e depois o Argentino da Mec Team, Diego Duplessis Com sua Honda (1 segundo atrás em 15º), Armand Monleon (KTM), Joan Pedrero Garcia (Sherco) e Shaun Esposito (KTM).

No segundo setor, Meo aumenta sua vantagem para 1 minuto e 11 segundos de frente para o Australiano Toby Price. 4 segundos depois vinha o Norte-Americano Ricky Brabec, Ameaçando a dobradinha da KTM no Estágio. Pablo Quintanilla com a Husqvarna e Kevin Benavides com a Honda completavam os 5 primeiros colocados.

Matthias Walkner vinha 17 segundos atrás de Benavides, Com sua KTM em 6ªlugar. Stefan Svitko com sua KTM privada estava em 7ºlugar (2 minutos e 55 segundos atrás de Meo) e 10 segundos depois vinha Barreda Bort, com sua Honda. Johnny Aubert com a Gas Gas, Laia Sanz com a KTM completavam os 10 primeiros lugares.

Daniel Nosiglia Jager vinha 11 segundos à frente de Adrien van Beveren. Em 11ºlugar. Vindo perto do líder da Geral vinham Pedrero Garcia, Mena e Monleon fechando os 15 primeiros colocados.

No Setor 3, Antonie Meo continua líder, Mas ver sua vantagem para Price cair para 24 segundos. Ricky Brabec vinha em 3ºlugar, Um pouco mais distante da Briga das KTM. (1 minuto e 33 segundos) Quintanilla com a Husqvarna 1 minuto e 58 segundos atrás e Kevin Benavides de Honda (2 minutos e 42 segundos) seguiam em 4º e 5ºlugares.

Em 6ºvinha Stefan Svitko, Superando em 25 segundos a Matthias Walkner com a Moto oficial da KTM. Johnny Aubert subiu para o 8ºlugar, 3 segundos a frente da Melhor Mulher das motos Laia Sanz (5 minutos e 1 segundo do líder naquele momento) Adrien van Beveren vinha em 10ºlugar com sua Yamaha que restou na competição. (Xavier de Soultrait abandonou o Dakar nesse estágio)

20 segundos depois, vinha Jonathan Barragan que estava 2 segundos a frente de Joan Pedrero Garcia. Era uma disputa entre Gas Gas e Sherco na 11ªposição. Logo depois vinha Shaun Esposito que vinha em 13ºlugar com a moto da equipe Duust Rally Team. Era o destaque fora dos 10 primeiros colocados. Barreda Bort não teve um setor feliz e saiu dos 20 primeiros lugares.

No Quarto setor, A Classificação era Antonie Meo na liderança. Com diferença de 40 segundos para Toby Price. (Meo aumentou em 16 segundos a vantagem na ponta da tabela) O Terceiro lugar continuava sendo Ricky Brabec (1 minuto e 29 segundos atrás de Meo) Os três primeiros lugares estavam sendo os mesmos desde do primeiro Check Point do Estágio. Depois vinham Palbo Quintanilla em 4º e Kevin Benavides em 5º mantendo suas posições.

Matthias Walkner recuperou o 6ºlugar de Svitko, Com 4 minutos e 25 segundos atrás do líder e abrindo 40 segundos do piloto da Eslováquia. Laia Sanz vinha em seu melhor estágio, Em 8ºlugar, Superando a Aubert com a Gas Gas em 9ºlugar. Adrien Van Beveren com seus 6 minutos e 31 segundos de atraso vinha fechando os 10 primeiros lugares. 7 segundos atrás do piloto Francês da Gas Gas.

Shaun Esposito subiu do 13º para o 11ºlugar, 2 segundos a frente de Pedrero Garcia. Armand Monleon vinha em 13ºlugar a 2 segundos de frente para Luciano Benavides com sua KTM em 14º e fechando os 15 primeiros lugares vinha Jonathan Barragan a 10 segundos de Benavides caçula.

No 5ºSetor Meo continua líder e a segunda posição muda de mãos. Ricky Brabec ultrapassa Toby Price e passa a figurar logo atrás do francês da KTM Red Bull, (2 minutos e 7 segundos atrás)  Price vinha 27 segundos de desvantagem para Brabec. Começava ai uma briga entre Honda e KTM pela vitória em Território Boliviano.

Pablo Quintanilla vinha em 4ºlugar (3 minutos e 25 segundos de Meo), O Quinto lugar muda de mãos. Walkner passou o Argentino Kevin Benavides e assumiu o quinto lugar, Com 12 segundos de vantagem para o piloto oficial da equipe Honda. Stefan Svitko vinha em 7ºlugar (6 Minutos e 35 segundos atrás do líder). Os 10 primeiros colocados são completados pelo francês Adrien Van Beveren com a Yamaha (8 minutos e 35 segundos), Johnny Aubert com a Gas Gas em 9º, (9 minutos e 56 segundos) e Laia Sanz em 10ºlugar (9 minutos e 10 segundos atrás do líder)

Joan Pedrero Garcia em um bom trabalho com sua Sherco vinha em 11ºlugar (Melhor especial em 2018) Superando Shaun Esposito com sua KTM em 12ºlugar. Oriol Mena em 13ºlugar, Levava a Hero para um digno resultado. Gerard Farres Guell da Himoinsa KTM e Luciano Benavides da Ktm Factory Racing Team completavam os 15 primeiros colocados.

No 6ºsetor a disputa esquenta entre Meo e Brabec. O Francês com a KTM seguia na frente, 33 segundos atrás de Brabec de Honda. Toby Price estava mais longe, Vinha a 1 minuto e 40 segundos atrás do ponteiro. Matthias Walkner ganhou o 4ºlugar, 4 minutos e 15 segundos atrás de Quintanilla que teve problemas e saiu dos 20 primeiros colocados. (Problemas de Ansiedade) Sorte dos outros que acabaram ganhando uma posição. O Argentino Kevin Benavides passava a ser o melhor sul-americano do evento, Com 18 segundos atrás em 5ºlugar.

Stefan Svitko voltou ao 6ºlugar com a moto da equipe Slovnaft Rally Team com a KTM privada, O líder da Geral Adrien van Beveren vem em 7ºlugar, 7 minutos e 31 segundos de Meo. Laia Sanz em brilhante 8ºlugar com sua KTM. Johnny Aubert com a Gas Gas e Joan Pedrero Garcia com a Sherco completavam os 10 primeiros colocados.

Joan Barreda Bort reaparecia em 11ºlugar, só 3 segundos atrás de Pedrero Garcia. (10 minutos e 38 segundos da liderança)  Oriol Mena vinha em 12ºlugar, 6 segundos atrás de Barreda Boat e 6 segundos a frente de Shaun Esposito que estava em um belíssimo 14ºlugar. (De forma inesperada com sua KTM da equipe Duust) A segunda Yamaha aparecia em 20ºlugar com o italiano Alessandro Botturi.

No 7ºSetor o Norte-americano Ricky Brabec assume a liderança do Estágio, 26 segundos de frente para Meo e 35 segundos para Toby Price. O piloto da Honda vinha no comando da prova com os dois pilotos da KTM logo atrás e com o Austríaco Matthias Walkner, 2 minutos e 32 segundos atrás de Brabec. Kevin Benavides se manteria perto deles em 5ºlugar. (3 minutos e 43 segundos atrás)

Stefan Svitko permanecia em 6ºlugar, Já vinha mais de 2 minutos e meio atrás de Benavides. 14 segundos atrás vinha Van Beveren com a Yamaha. Laia Sanz vinha em 8º. Pedrero Garcia em 9º, Oriol Mena em 10º e Barreda Bort em 11º vinham separados por apenas 13 segundos entre eles. Armand Monleon ganhou o 12ºlugar que estava nas mãos de Shaun Esposito. Luciano Benavides e Daniel Nosiglia Jager completavam os 15 primeiros colocados.

No 8ºSetor, Brabec continuou na liderança. Porém sua vantagem reduziu para apenas 31 segundos em relação ao piloto Francês Antonie Meo (KTM), Toby Price já vinha mais longe dos dois primeiros. 3 minutos e 3 segundos de diferença para Brabec. Já parecia um pouco mais disposto a manter essa posição sobre o Austríaco Matthias Walkner, Que vinha a 48 segundos de distância do piloto Austráliano. Kevin Benavides já ficou mais de 2 minutos atrás, em 5ºlugar.

Stefan Svitko se manteve na 6ªposição. Adrien van Beveren com a Yamaha vinha em 7ºlugar. A 8 minutos e 57 segundos do líder e 3 minutos atrás de Kevin Benavides que poderia estar voltando a liderança na categoria geral. Joan Pedrero Garcia em 8ºlugar, Em um belo estágio vinha levando a Sherco ao melhor resultado naquele momento. A frente de Laia Sanz que vinha segurando o 9ºlugar, 5 segundos a frente de Barreda Bort.

Oriol Mena e Armand Monleon disputavam o 11ºlugar, Uma bela ascensão do piloto Espanhol da Equipe Daming Racing Team que vinha crescendo setor a setor. Destaco a briga pelo 15ºlugar que vinha entre Diego Martin Duplessis, Daniel Nosiglia Janer e Luciano Benavides, Vinham separados por apenas 4 segundos de distância.

Brabec e Meo no 9ºsetor disputavam a liderança. A Vantagem do Norte-Americano da Honda era de apenas 6 segundos para o Francês da Equipe KTM Red Bull. São dois pilotos que andaram muito bem no Dakar, Vindos do Enduro e do Baja 1000 e que serão o futuro do Dakar na categoria motos. Toby Price diminuiu sua distância para os 2º e vinha a 2 minutos e 28 segundos. Matthias Walkner perdeu rendimento e perdeu 2 posições, Caindo para o 6ºlugar. Quem subiu foi Kevin Benavides com a Honda e Stefan Svitko com a KTM. (Ganhando o 4º e 5ºlugares respectivamente)

Adrien Van Beveren manteve o 7ºlugar, Tirando 3 segundos da desvantagem que tinha para Kevin Benavides. Joan Barreda Bort, A 11 minutos e 40 segundos do líder na parcial subiu para o 8ºlugar. Ao ganhar as posições de Laia Sanz e de Pedrero Garcia que completavam o Top 10.

Armand Monleon ganhou o 11ºlugar. Johnny Aubert com sua Gas Gas, vinha logo a seguir (48 segundos de Monleon) Oriol Mena, Diego Duplessis e Shaun Esposito completavam os Top 15. Gerard Farres Guell em um estágio bem sumido, Vinha em 19ºlugar.

No 10ºEstágio, Brabec segurava a liderança, Com 10 segundos a frente de Meo. Era a disputa pela vitória. O australiano Toby Price estava já a 2 minutos e 57 segundos. Sem ameaçar os líderes, Mas não era ameaçado pelo Argentino Kevin Benavides. Com sua Honda ele vinha em 4ºlugar. 23 segundos a frente do Eslováquia Stefan Svitko que completava os 5 primeiros lugares. 30 segundos depois vinha o Austríaco Matthias Walkner.

Van Beveren continuava em 7ºlugar, Longe de ameaçar Walkner (2 minutos e 10 segundos), Porém estava bem tranquilo em relação ao Espanhol Barreda Bort, Que estava a 3 minutos atrás. Em 8ºlugar. Laia Sanz e Pedrero Garcia continuava em 9º e 10ºlugares,Mas Armand Monleon vinha 40 segundos a frente do Piloto da Sherco e buscava um lugar entre os Top 10.

No estágio Final Acabou o piloto Francês superando Ricky Brabec. Meo conquistou a vitória na especial, Com 1 minuto e 8 segundos a frente do piloto Norte-americano que também fez uma bela corrida com sua Honda. Toby Price ficou com o 3ºlugar. 2 minutos e 45 segundos atrás. Fechando os 5 primeiros colocados ficaram o Argentino Kevin Benavides, Que por causa de 22 segundos não assume a liderança do Dakar. O Francês Adrien van Beveren ainda ficaria em primeiro lugar. O piloto da Yamaha ficou classificado em 7ºlugar. Com 8 minutos e 44 segundos atrás do vencedor e 2 minutos e 52 segundos atrás de Benavides. O quinto colocado ficou mesmo com Stefan Svitko. Com sua KTM privada ele superou em 14 segundos o piloto Oficial da KTM Matthias Walkner.

Fim da Linha para Xavier de Soultrait

Joan Barreda Bort resistiu as dores e a sua moto danificada, Acabou em 8ºlugar, Meio longe dos vencedores (12 minutos atrás de Meo), Mas ainda estava na disputa pelo título. Gerard Farres Guell em incrível final de prova subiu do 17º para o 9ºlugar. E Laia Sanz completou os Top 10 do Estágio superando a Armand Monleon que ficou em 11ºlugar.

O prejuízo do dia ficou para 2 pilotos: Palbo Quintanilla que perdeu muitíssimo tempo com sua crise de ansiedade no que fez o chileno praticamente deixar a briga pelo título do Dakar. (12ºlugar na Geral a 1 hora, 25 minutos e 23 segundos atrás) e para Joan Pedrero Garcia que acabou perdendo meia hora no Estágio e perdeu a chance de colocar a Sherco na melhor posição do Dakar em 2018.

Jonathan Barragan e Johnny Aubert com a Gas Gas fizeram mais um belo trabalho com a Gas Gas, Ficando em 12º e 13ºlugares respectivamente. Oriol Mena representando bem a Hero com o 14ºlugar e o Argentino Diego Duplessis fecharam os Top 15, Com a moto Honda da Mec Team.

Na classificação geral, Os 6 primeiros colocados estão separados por apenas 9 minutos e 56 segundos. E ainda tem Stefan Svitko 7º, Ricky Brabec 8º e Gerard Farres Guell em 9º a mais ou menos 30 minutos atrás dos líderes. O que ainda pode dar a possibilidades deles de disputarem o titulo. Restam 5 etapas e tudo pode acontecer no Dakar das reviravoltas nas Motos.

Resultado da 8ªEtapa do Dakar 2018
Uyuni-Tupiza – Categoria Motos

POS. Pilotos Motos Tempo
1 19 Antonie Meo KTM 450 RALLY REPLICA 05h 24′ 01”
2 20 Ricky Brabec Honda CRF450RALLY + 00h 01′ 08”
3 8 Toby Price KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 02′ 45”
4 47 Kevin Benavides Honda CRF450RALLY + 00h 05′ 52”
5 9 Stefan Svitko KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 06′ 46”
6 2 Matthias Walkner KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 07′ 00”
7 4 Adrien van Beveren WR450F YAMAHA + 00h 08′ 44”
8 5 Joan Barreda Bort Honda CRF450RALLY + 00h 12′ 00”
9 3 Gerard Farres Guell KTM 450 RALLY + 00h 13′ 16”
10 15 Laia Sanz KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 14′ 15”
11 17 Armand Monleon KTM 450 RR + 00h 15′ 15”
12 60 Jonathan Barragan Nevado GASGAS + 00h 15′ 27”
13 40 Johnny Aubert GASGAS + 00h 16′ 15”
14 61 Oriol Mena Hero 450 Rally + 00h 16′ 57”
15 27 Diego Martin Duplessis Honda CRF450RALLY + 00h 19′ 11”
16 103 Shane Esposito KTM RALLY REPLICA + 00h 20′ 21”
17 54 Andrew Short Husqvarna FR 450 RALLY + 00h 22′ 28”
18 33 Daniel Nosiglia Jager KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 22′ 50”
19 29 Daniel Olivera Carreras KTM 450 RALLY + 00h 23′ 02”
20 64 Mark Samuels Honda CRF450RALLY + 00h 25′ 28”
21 68 Jose Ignacio Cornejo Florimo Honda CRF450RALLY + 00h 25′ 46”
22 18 Alessandro Botturi Yamaha 450F + 00h 27′ 33”
23 77 Luciano Benavides KTM 450 RALLY + 00h 29′ 44”
24 42 Maurizio Gerini HUSQVARNA 450 + 00h 30′ 55”
25 25 Ivan Cervantes Montero KTM 450 RALLY + 00h 31′ 32”
26 37 Milan Engel KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 31′ 35”
27 44 Rodney Faggotter Yamaha WR450F RALLY + 00h 31′ 57”
28 52 Jacopo Cerutti KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 32′ 23”
29 34 Marc Sola Terradellas KTM 450 RALLY + 00h 33′ 13”
30 12 Juan Pedrero Garcia 450 RALLYE SHERCO TVS + 00h 40′ 47”
31 28 Emanuel Gyenes KTM 450 RALLY + 00h 43′ 29”

Classificação Geral

POS. Pilotos Motos Tempo
1 4 Adrien van Beveren WR450F YAMAHA 27h 22′ 03”
2 47 Kevin Benavides Honda CRF450RALLY + 00h 00′ 22”
3 2 Matthias Walkner KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 06′ 34”
4 8 Toby Price KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 07′ 35”
5 5 Joan Barreda Bort Honda CRF450RALLY + 00h 08′ 01”
6 19 Antonie Meo KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 09′ 56”
7 9 Stefan Svitko KTM 450 RALLY REPLICA + 00h 31′ 55”
8 20 Ricky Brabec Honda CRF450RALLY + 00h 31′ 58”
9 3 Gerard Farres Guell KTM 450 RALLY + 00h 37′ 59”
10 40 Johnny Aubert GASGAS + 01h 10′ 02”
11 33 Daniel Nosiglia Jager KTM 450 RALLY REPLICA + 01h 18′ 39”
12 10 Pablo Quintanilla Husqvarna FR 450 RALLY + 01h 25′ 23”
13 60 Jonathan Barragan Nevado GASGAS + 01h 30′ 55”
14 15 Laia Sanz KTM 450 RALLY REPLICA + 01h 31′ 25”
15 68 Jose Ignacio Cornejo Florimo Honda CRF450RALLY + 01h 33′ 10”
16 29 Daniel Olivera Carreras KTM 450 RALLY + 01h 37′ 39”
17 61 Oriol Mena Hero 450 Rally + 01h 42′ 57”
18 77 Luciano Benavides KTM 450 RALLY + 01h 48′ 13”
19 27 Diego Martin Duplessis Honda CRF450RALLY + 01h 52′ 43”
20 12 Juan Pedrero Garcia 450 RALLYE SHERCO TVS + 01h 55′ 28”
21 17 Armand Monleon KTM 450 RR + 01h 59′ 14”
22 44 Rodney Faggotter Yamaha WR450F RALLY + 02h 19′ 31”
23 54 Andrew Short Husqvarna FR 450 RALLY + 02h 23′ 31”
24 18 Alessandro Botturi Yamaha 450F + 02h 27′ 10”
25 34 Marc Sola Terradellas KTM 450 RALLY + 03h 29′ 02”
26 52 Jacopo Cerutti KTM 450 RALLY REPLICA + 03h 39′ 45”
27 28 Emanuel Gyenes KTM 450 RALLY + 03h 50′ 52”
28 37 Milan Engel KTM 450 RALLY REPLICA + 04h 01′ 26”
29 25 Ivan Cervantes Montero KTM 450 RALLY + 04h 11′ 56”
30 42 Maurizio Gerini HUSQVARNA 450 + 04h 27′ 07”

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar

Antonie Meo vence no Final, Kevin Benavides vai para o dia de folga na liderança do Dakar

Em um Dakar que estava nas mãos de Toby Price acabou escapando diante dos seus dedos e ficando com o Francês Antonie Meo com a KTM.

Os 4 primeiros setores foram cancelados devido as más condições de tempo na Trajetória entre Arequipe até a cidade Boliviana de La Paz. O 5ªSetor foi o que começou pra valer a 6ªEtapa para as Motos e os Quadriciclos.

Nesse setor a 1ªposição estava nas mãos do Francês Xavier de Soultrait que vinha muito bem na classificação geral, sendo já apontado como um dos candidatos a vitória. Por ser um setor curto a diferença entre os 20 primeiros colocados era de apenas 17 segundos entre o líder até o Juan Pedrero Garcia que vinha na última posição entre os 20 primeiros colocados.

O Argentino Diego Duplessis vinha em 2ºlugar, 2 segundos atrás de Soultrait. Depois Barreda Bort e Pablo Quintanilla vinham empatados com 4 segundos atrás do líder e completando os 5 primeiros colocados vinha Johnny Aubert com a Sua Gas Gas. Toby Price, Laia Sanz, Daniel Oliveiras Carreras, Kevin Benavides e Michael Metge completavam os 10 primeiros colocados.

Na 6ªparte o líder continuava sendo Xavier de Soultrait, Que abriu 31 segundos sobre o segundo colocado. O Espanhol Daniel Oliveras Carreras com a KTM da Himoinsa, Era uma grande surpresa nessa etapa. E a zebra não parou por aqui. Diego Duplessis com a Honda da equipe Mec vinha em 3ºlugar a 38 segundos do líder.

Ambos superavam a Pablo Quintanilla que vinha em 4ºlugar com sua Husqvarna, Toby Price vinha em 5ºlugar com a melhor KTM oficial da parcial. Kevin Benavides que brigava pela liderança na geral vinha em 6ºlugar com sua Honda oficial.

Depois vinham Gerard Farres Guell com sua KTM Himoinsa, Antonie Meo em 8ºlugar com sua KTM, Daniel Nosiglia Jager em 9º e  completando os 10 primeiros colocados o piloto Johnny Aubert. 20 segundos depois vinha Adrien Van Beveren em 11ºlugar com sua Yamaha, 1 segundo a frente de Stefan Svitko. Shaun Esposito aparecia em 18ºlugar. Enquanto que Juan Barreda Bort vinha em 20ºlugar. (2 minutos e 42 segundos atrás do líder)

No 7ºSetor, tudo acabou mudando. (Claro é o Dakar das Reviravoltas) O Australiano Toby Price assumiu a liderança do Dakar ao colocar 19 segundos de frente para Kevin Benavides que estava em 2ºlugar. Em terceiro vinha Antonie Meo com a KTM. As surpresas Daniel Olivieras Carreras e Diego Duplessis vinham em 4º e 5ºlugares respectivamente. Os 5 primeiros colocados separados por apenas 1 minuto de distância entre eles. Pablo Quintanilla vinha em 6ºlugar a 11 segundos atrás de Duplessis e a 47 segundos a frente de Xavier de Soultrait que acabou caindo do 1º para o 7ºlugar. Daniel N. Jager, vinha um segundo atrás do piloto francês em 8ºlugar com sua KTM. Farres Guell e Svitko (Dois dos melhores pilotos de moto privada) completavam os 10 primeiros lugares. Adrien van Beveren vinha em 14ºlugar a 2 minutos e 50 segundos atrás e Barreda Bort vinha em 18º. Logo a sua frente vinha o piloto Espanhol Jonathan Barragan da Gas Gas.

Price lidera o 8ºSetor com 6 segundos de Frente para o Francês e companheiro de equipe Antonie Meo, 15 segundos a frente de Kevin Benavides que vinha com sua Honda em 3º. Duplessis e Oliveras Carreras vinham resistindo bravamente a motos e equipes mais poderosas. Em 4º e 5ºlugar, Perto da disputa pela vitória no Estágio. (Menos de um minuto atrás de Price)

Palbo Quintanilla com a sua Husqvarna vinha em um honroso 6º, Daniel Nosiglia Jager vinha fazendo a bandeira da Bolívia brilhar alto, com o 7ºlugar a 1 minuto e 31 segundos do líder da especial. Xavier de Soultrait, Matthias Walkner e Michael Metge completavam os 10 primeiros lugares. Com Gerard Farres Guell e Juan Pedrero Garcia na cola deles buscando entrar nessa turma. Barreda Bort vinha em 15ºlugar.

No final acabou Antonie Meo superou Toby Price e conquistou a vitória no 6ºEstágio. A primeira vitória no Dakar 2018 (Em especial) Kevin Benavides empatou com o piloto australiano campeão de 2016 Toby Price, Em 2ºlugar a 30 segundos do Vencedor.

Diego Martin Duplessis chegou em 4ºlugar e Daniel Oliveras Carreras ficou em 5ºlugar. Junto desses dois o Bolíviano Daniel Nosiglia Jager ficou em 7ºlugar (Atrás de Palbo Quintanilla) Formaram o trio de surpresas nessa curta especial antes da Folga que todos vão ter em La Paz.

Adrien Van Beveren perdeu a liderança na geral, O piloto da Yamaha ficou em 8ºlugar, 3 segundos a frente de Joan Barreda Bort que levou a sua Honda ao 9ºlugar na Especial. (3 minutos e 30 segundos atrás do vencedor) O Francês Michael Metge fechou a lista dos 10 primeiros colocados.

Matthias Walkner ficou longe da disputa pela vitória, Ficou em 11ºlugar (4 minutos e 6 segundos de Meo), Seguido pelos pilotos privados da KTM: Farres Guell e Svitko em 12º e 13º respectivamente. Xavier de Soultrait acabou sendo outro derrotado do dia, Ficou em 17ºlugar a 5 minutos e 12 segundos dos vencedor.

Kevin Benavides vai para a merecida folga na liderança do Dakar, Feito inédito para ele e para a Argentina na categoria Motos.

Resultado Final –6ªEtapa do Dakar 2018

POS. Pilotos Motos Tempo
1 19 Antonie Meo KTM 450 RALLY REPLICA 01H 54′ 10”
2 47 Kevin Benavides Honda CRF450RALLY + 00H 00′ 30”
3 8 Toby Price KTM 450 RALLY REPLICA + 00H 00′ 30”
4 27 Diego Martin Duplessis Honda CRF450RALLY + 00H 01′ 13”
5 29 Daniel Olivera Carreras KTM 450 RALLY + 00H 01′ 55”
6 10 Pablo Quintanilla Husqvarna FR 450 RALLY + 00H 02′ 00”
7 33 Daniel Nosiglia Jager HUSQVARNA FR 450 RR + 00H 02′ 13”
8 4 Adrien van Beveren WR450F YAMAHA + 00H 03′ 27”
9 5 Joan Barreda Bort Honda CRF450RALLY + 00H 03′ 30”
10 14 Michael Metge Honda CRF450RALLY + 00H 03′ 37”
11 2 Matthias Walkner KTM 450 RALLY REPLICA + 00H 04′ 06”
12 3 Gerard Farres Guell KTM 450 RALLY + 00H 04′ 14”
13 9 Stefan Svitko KTM 450 RALLY REPLICA + 00H 04′ 19”
14 17 Armand Monleon KTM 450 RR + 00H 04′ 34”
15 12 Juan Pedrero Garcia 450 RALLYE SHERCO TVS + 00H 04′ 51”
16 23 Xavier de Soultrait Yamaha WR450F RALLY + 00H 05′ 12”
17 40 Johnny Aubert GASGAS + 00H 06′ 06”
18 20 Ricky Brabec Honda CRF450RALLY + 00H 06′ 16”
19 7 Franco Caimi WR450F RALLY YAMAHA + 00H 06′ 52”
20 15 Laia Sanz KTM 450 RALLY REPLICA + 00H 06′ 55”
21 34 Marc Sola Terradellas KTM 450 RALLY + 00H 07′ 33”
22 61 Oriol Mena Hero 450 Rally + 00H 07′ 51”
23 68 Jose Ignacio Cornejo Florimo Honda CRF450RALLY + 00H 08′ 12”
24 77 Luciano Benavides KTM 450 RALLY + 00H 09′ 01”
25 44 Rodney Faggotter Yamaha WR450F RALLY + 00H 09′ 31”
26 60 Jonathan Barragan Nevado GASGAS + 00H 09′ 48”
27 52 Jacopo Cerutti KTM 450 RALLY REPLICA + 00H 09′ 50”
28 54 Andrew Short Husqvarna FR 450 RALLY + 00H 10′ 29”
29 37 Milan Engel KTM 450 RALLY REPLICA + 00H 11′ 39”
30 103 Shane Esposito KTM RALLY REPLICA + 00H 12′ 56”

Classificação Geral

POS. Pilotos Motos Tempo
1 47 Kevin Benavides Honda CRF450RALLY 16H 33′ 20”
2 4 Adrien van Beveren WR450F YAMAHA + 00H 01′ 57”
3 2 Matthias Walkner KTM 450 RALLY REPLICA + 00H 03′ 50”
4 5 Joan Barreda Bort Honda CRF450RALLY + 00H 09′ 33”
5 8 Toby Price KTM 450 RALLY REPLICA + 00H 09′ 39”
6 19 Antonie Meo KTM 450 RALLY REPLICA + 00H 10′ 42”
7 23 Xavier de Soultrait Yamaha WR450F RALLY + 00H 11′ 24”
8 10 Pablo Quintanilla Husqvarna FR 450 RALLY + 00H 16′ 42”
9 3 Gerard Farres Guell KTM 450 RALLY + 00H 18′ 08”
10 9 Stefan Svitko KTM 450 RALLY REPLICA + 00H 29′ 11”
11 20 Ricky Brabec Honda CRF450RALLY + 00H 30′ 34”
12 68 Jose Ignacio Cornejo Florimo Honda CRF450RALLY + 00H 34′ 05”
13 40 Johnny Aubert GASGAS + 00H 42′ 39”
14 33 Daniel Nosiglia Jager HUSQVARNA FR 450 RR + 00H 48′ 42”
15 12 Juan Pedrero Garcia 450 RALLYE SHERCO TVS + 00H 53′ 26”
16 77 Luciano Benavides KTM FACTORY RACING TEAM + 01H 01′ 22”
17 15 Laia Sanz KTM 450 RALLY REPLICA + 01H 03′ 15”
18 44 Rodney Faggotter Yamaha WR450F RALLY + 01H 04′ 45”
19 29 Daniel Olivera Carreras KTM 450 RALLY + 01H 06′ 05”
20 61 Oriol Mena Hero 450 Rally + 01H 14′ 07”
21 60 Jonathan Barragan Nevado GASGAS + 01H 14′ 45”
22 54 Andrew Short Husqvarna FR 450 RALLY + 01H 20′ 10”
23 27 Diego Martin Duplessis Honda CRF450RALLY + 01H 21′ 42”
24 14 Michael Metge Honda CRF450RALLY + 01H 22′ 22”
25 18 Alessandro Botturi Yamaha 450F + 01H 28′ 44”
26 17 Armand Monleon KTM 450 RR + 01H 30′ 23”
27 11 Juan Carlos Salvatierra KTM 450 RALLY REPLICA + 02H 15′ 48”
28 52 Jacopo Cerutti KTM 450 RALLY REPLICA + 02H 23′ 26”
29 34 Marc Sola Terradellas KTM 450 RALLY + 02H 24′ 04”
30 28 Emanuel Gyenes KTM 450 RALLY REPLICA + 02H 25′ 26”

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar

Caminhões no Dakar: Kamaz domina 5ºdia e Nikolaev dispara na ponta do Dakar 2018

O Trio Russo formado por Airat Mardeev/Aybar Belyaev/Dmitry Svistunov conquistou a vitória no estágio de San Juan de Marcona até Arequipa. Em um dia aonde a Kamaz dominou o estágio, Com 3 dos 4 trios Russos nas 3 primeiras posições.

Dmitry Sotnikov ficou em 2ºlugar e Eduard Nikolaev ficou com o 3ºlugar a 4 minutos e 33 segundos dos vencedores, Mas em relação a sua luta pelo título com o Argentino Federico Villagra dai a vantagem do piloto da Kamaz e sua turma foi de 21 minutos e 10 segundos. Os Argentinos ficaram apenas em 9ºlugar com o Caminhão da Iveco. Na Classificação Geral a diferença entre os dois esta em 58 minutos e 5 segundos a favor de Nikolaev/Yakovlev/Rybanov.

Ton von Genugten ficou com o 4ºlugar na especial com o primeiro caminhão da Iveco. Em 5ºlugar ficou com o Cazaque Artur Ardavichus também com o caminhão da Iveco.

Apesar da monopólio da Kamaz dos 3 primeiros lugares. As 5 primeiras posições na classificação geral estão entregues a 5 marcas de caminhões diferentes: Kamaz em 1º com Nikolaev, Iveco em 2º com Villagra, MAZ em 3º com Siarhei Viazovich, Liaz com Martin Macik em 4º e em 5ºlugar o caminhão Japonês da Hino com Terohito Sugawara.

Resultado Final – 5ªEtapa do Dakar 2018

POS. Piloto Caminhão Tempo
1 507 Airat Mardeev (Rússia) 4326 KAMAZ 03H 32′ 39”
Aydar Belyaev (Rússia)
Dmitriy Svistunov (Rússia)
2 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) 4326 KAMAZ + 00H 03′ 56”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)
3 500 Eduard Nikolaev (Rússia) 4326 KAMAZ + 00H 04′ 33”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
4 509 Ton Von Genugten (Holanda) POWERSTAR IVECO + 00H 05′ 30”
Bernard Der Kinderen (Holanda)
Peter Willemsen (Bélgica)
5 508 Artur Ardavichus (Cazaquistão) POWERSTAR IVECO + 00H 13′ 24”
Michel Huisman (Holanda)
Serge Bruynkens (Bélgica)
6 505 Martin Kolomy (República Tcheca) Tatra Phoenix + 00H 20′ 47”
Jiri Stross (República Tcheca)
Rostislav Plny (República Tcheca)
7 503 Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) 5309RR MAZ + 00H 21′ 39”
Dzmitry Vikhrenko (Bielorussia)
Anton Zaparoshchanka (Bielorussia)
8 518 Aliaksei Vishneuski (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00H 24′ 34”
Maksim Novikau (Bielorussia)
Andrei Neviarovich (Bielorussia)
9 501 Federico Villagra (Argentina) POWERSTAR IVECO + 00H 25′ 43”
Ricardo Adrian Torlaschi (Argentina)
Adrian Arturo Yacopini (Argentina)
10 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00H 25′ 56”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
11 511 Terohito Sugawara (Japão) HINO 500 Series + 00H 32′ 07”
Mitsugu Takahashi (Japão)
12 517 Gert Huzink (Holanda) Renault K520 + 00H 35′ 10”
Rob Buursen (Holanda)
Martin Roesink (Holanda)
13 510 Martin Macik (República Tcheca) LIAZ 111.154 + 00H 57′ 16”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)  

 

Classificação Geral:

POS. Piloto Caminhão Tempo
1 500 Eduard Nikolaev (Rússia) 4326 KAMAZ 15H 59′ 39”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
2 501 Federico Villagra (Argentina) POWERSTAR IVECO + 00H 58′ 05”
Ricardo Adrian Torlaschi (Argentina)
Adrian Arturo Yacopini (Argentina)
3 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) 5309RR MAZ + 02H 43′ 46”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
4 510 Martin Macik (República Tcheca) LIAZ 111.154 + 03H 15′ 40”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)
5 511 Terohito Sugawara (Japão) HINO 500 Series + 03H 24′ 08”
Mitsugu Takahashi (Japão)
6 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) 4326 KAMAZ + 03H 57′ 00”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)
7 507 Airat Mardeev (Rússia) 4326 KAMAZ + 04H 03′ 15”
Aydar Belyaev (Rússia)
Dmitriy Svistunov (Rússia)
8 508 Artur Ardavichus (Cazaquistão) POWERSTAR IVECO + 04H 21′ 22”
Michel Huisman (Holanda)
Serge Bruynkens (Bélgica)
9 509 Ton Von Genugten (Holanda) POWERSTAR IVECO + 04H 31′ 26”
Bernard Der Kinderen (Holanda)
Peter Willemsen (Bélgica)
10 516 Maurik Van Der Heuvel (Holanda) SCANIA Torpedo + 05H 14′ 52”
Wilko Van Oort (Holanda)
Martijn Van Rooij (Holanda)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar

Bottas vence em Abu Dhabi, Vettel fecha o ano com o vice-campeonato

Lnsjwno3 o

Em uma corrida Monótona, Valtteri Bottas encerrou sua bela temporada com vitória no Circuito de Yas Marina, Partindo da pole position e conquistando sua terceira vitória na temporada.

R9mqnynj o

Na largada os seis primeiros colocados mantiveram as 6 primeiras posições. Alonso chegou a tomar posição de Felipe Massa, que acabou recuperando esse 10ºlugar na segunda reta oposta. Nos primeiros metros apenas um incidente. Kevin Magnussen acabou rodando e caindo para o último lugar da prova.

Na primeira parte da prova não tivemos disputas na parte da Frente. A não ser algumas aproximações de Max Verstappen em cima de Kimi Raikkonen e Uma certa aproximação dos espanhóis Fernando Alonso e Carlos Sainz jr. em cima de Felipe Massa na disputa pelo 10ºlugar. Não tivemos modificação nenhuma de posição entre os 12 primeiros colocados.

Ajltfwri o

A briga do começo da prova foi entre Lance Stroll e Romain Grosjean. Eles proporcionaram os momentos mais bonitos da prova de hoje. Em dos momentos dessa briga, Grosjean colocou por fora de Stroll e conseguiu a ultrapassagem inicialmente, Mas na curva seguinte, Stroll se aproveitou da escorregada do piloto da Haas e com a força do seu motor Mercedes conseguiu retornar a posição.

Voltas depois Grosjean conseguiu de forma definitiva ultrapassar Stroll de forma definitiva, Sem antes dividir roda com roda com o piloto da Williams. O francês passou para o 13ºlugar na 12ªVolta.

Depois disso logo começaram as paradas dos boxes com a chegada da noite. Nesse meio tempo ocorreram os 2 abandonos da prova: Na 21ªVolta, Daniel Ricciardo que teve problemas Hidráulicos e acabou deixando a prova. Isso abriu a possibilidade de Raikkonen tomar o 4ºlugar no Mundial de pilotos. O segundo abandono, Foi com o Espanhol Carlos Sainz jr. que foi vitima de um mal trabalho da Renault que esqueceu de apertar a porca do Pneu dianteiro esquerdo. Percebendo isso, Sainz não tentou levar o carro para os boxes. Ele parou seu carro na imensa área de escape e abandonou a prova na 31ªVolta.

7 Voltas antes. Na 24ªVolta, Recém saído dos boxes, O Espanhol Fernando Alonso consegue passar Felipe Massa na primeira reta oposta e ganha o 9ºlugar do piloto Brasileiro que estava fazendo a última corrida da sua carreira na Formula 1.

Ydc3b2xr o

Depois disso a corrida apenas teve disputa na parte de trás com os pilotos da Sauber disputando posição com Kevin Magnussen, Pierre Gasly e com Brendon Hartley. A Reclamação tanto de Ericsson como de Wehrlein era a mesma: Falta de Potência. Tipico do motor Ferrari de 2016 que estava no auge da defasagem de potência em relação aos motores no final da temporada de 2017. Mesmo sendo os motores Renault que estavam em processo de crise com o reaproveitamento de peças para seus motores. (O que deixou eles menos potentes)

Lá na frente Lewis Hamilton tentava aproximação em cima de Bottas. O Campeão chegou a ter uma chance real para ameaçar a vitória de seu companheiro de equipe, Na hora que Bottas precisava reagir ele acabou correspondendo as expectativas e acabou não só abrindo diferença para Hamilton como ele fez a melhor volta da prova da prova.

Ou0dyydg o

Bottas levou o carro até o final e fechou sua boa temporada com a vitória no circuito de Yas Marina nos EAU, Mas o vice-campenato ficou mesmo com Sebastian Vettel que fez uma prova segura e levou a Ferrari para o 3ºlugar. A mais de 20 segundos atrás de Lewis Hamilton que fechou o ano na segunda posição. Ao final da prova os três pilotos comemoraram seus resultados na corrida e no campeonato juntos.

Gtbgudhc o

Kimi Raikkonen garantiu o 4ºlugar na prova e tomou o 4ºlugar do Mundial de Pilotos que estava nas mãos de Daniel Ricciardo. Max Verstappen salvou o dia da Red Bull com o 5ºlugar de hoje.

Ah5wtgii o

Quem realmente fez a diferença para uma equipe foi Nico Hulkenberg que fez uma bela corrida. Ao chegar em 6ºlugar. Não só ele chegou a frente dos dois pilotos da Force India como também ajudou a Renault a terminar a temporada em 6ºlugar o Mundial de Construtores.

Sergio Perez e Esteban Ocon confirmaram a bela temporada que eles e a Force India tiveram, Fecharam em 7º e 8ºlugares. Perez fechou o ano com mais de 100 pontos na classificação do campeonato. Fernando Alonso terminou a corrida e a desastrada parceria Mclaren-Honda com o 9ºlugar.

Sbgrr5xu o

Felipe Massa acabou terminando a sua última corrida da carreira em 10ºlugar. Ao final da prova Massa agradeceu a todos da equipe. Ele acabou parando o carro na reta dos boxes e recebendo os comprimentos de Hamilton e de Bottas. Sem dúvida um piloto respeitável na Formula 1 como uma carreira respeitável em 15 anos dentro do circo.

Romain Grosjean fechou o ano com o 11ºlugar com a Haas (Que teve um ano decente), Stoffel Vandoorne em 12º com a outra Mclaren, chegando a frente de Kevin Magnussen com a outra Haas.

Gglhkay4 o

E depois pouco a acrescentar. Apenas uma menção honrosa a Pascal Wehrlein que este desempregado e mesmo assim levou a Sauber para um honroso 14ºlugar, A Frente de Brendon Hartley com a Toro Rosso (Que sofreu muito no final do ano com os problemas da Renault), Na frente de Pierre Gasly, Marcos Ericsson e de Lance Stroll que acabou ficando para trás na prova.

Final de Temporada: Até dia 25 de Março, com a abertura da temporada 2018 de Formula 1. Em Melbourne na Austrália.

9bog4xrp o

Resultado Final do GP de Abu Dhabi
Última Etapa do Campeonato Mundial de Formula 1

Pos. Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 55 1:34:14.062 1
2 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 55 +3.899s 2
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 55 +19.330s 3
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 55 +45.386s 5
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 55 +46.269s 6
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 55 +85.713s 7
7 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 55 +92.062s 8
8 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 55 +98.911s 9
9 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 54 a 1 Volta 11
10 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 54 a 1 Volta 10
11 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 54 a 1 Volta 16
12 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 54 a 1 Volta 13
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 54 a 1 Volta 14
14 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 54 a 1 Volta 18
15 28 Brendon Hartley Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 54 a 1 Volta 20
16 10 Pierre Gasly Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 54 a 1 Volta 17
17 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 54 a 1 Volta 19
18 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 54 a 1 Volta 15
55 Carlos Sainz Renault R.S.17 Renault R.E.17 31 a 24 Voltas 12
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 20 a 34 Voltas 4

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Renault/Williams

Bottas conquista 4ªpole na carreira em Abu Dhabi

Uqk1sbu9 o

Valtteri Bottas, Em busca de um improvável vice-campeonato conquistou a pole position de número 4 da sua carreira. Em um treino aonde ele esteve de igual para igual com o Inglês Lewis Hamilton. O último desafio de 2017 ainda proporciona a disputa do vice-campeonato: entre Vettel que tem 22 pontos de frente para Bottas.

No Q1 ficou evidente a situação lamentável da Toro Rosso, Que sofre nas provas finais com os sérios problemas que esta tendo com os motores Renault que se despedem da equipe, Já que a filial da Red Bull vai correr de Honda na temporada que vem. O Neo Zelandês Brendon Hartley esta sofrendo em adaptação nesse final de temporada na Formula 1, Por isso ele acaba em último lugar, Atrás até mesmo dos pilotos da equipe Sauber.

O 5ºeliminado foi Romain Grosjean que foi vencido pelo Canadense Lance Stroll que conseguiu se salvar da vergonha de ser eliminado no Q1 na sua última volta. Quando ele conseguiu o 15ºtempo. 1 segundo atrás de Felipe Massa que marcou o 8ºtempo em sua última volta rápida no Q1.

Resultado do Q1:

Pos. Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:37.356
2 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:37.391
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:37.453
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:37.817
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 1:38.016
6 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 1:38.021
7 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:38.601
8 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:38.629
9 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:38.777
10 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:38.781
11 55 Carlos Sainz Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:38.810
12 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:38.820
13 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:38.896
14 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:39.395
15 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:39.503
16 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:39.516
17 10 Pierre Gasly Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:39.724
18 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 1:39.930
19 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:39.994
20 28 Brendon Hartley Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:40.471

No Q2 Hamilton e Bottas demonstraram o melhor rendimento da Mercedes no anoitecer de Abu Dhabi. Na primeira volta, Os pilotos da Mercedes, Ferrari, Red Bull e Nico Hulkenberg estavam consolidados na parte final de classificação. Destaque para o piloto da Renault que estava a frente de Max Verstappen.

Perez, Ocon e Alonso estavam sendo os outros 3 classificados. Felipe Massa vinha em 12ºlugar. O Piloto que faz sua última corrida na sua carreira conseguiu melhorar seu tempo e ficou com a última vaga para a parte final do treinamento, Derrubando Alonso para o 11ºlugar. Os outros eliminados foram Carlos Sainz jr. com a Renault, Stoffel Vandoorne com a Mclaren, Kevin Magnussen com a Haas e Lance Stroll com a Williams.

Classificaram: Hamilton, Bottas, Vettel, Raikkonen, Ricciardo, Verstappen, Hulkenberg, Perez, Ocon e Massa.

33fdsp1s o

Resultado do Q2:

Pos. Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:36.742
2 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:36.822
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:37.023
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:37.302
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 1:37.583
6 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 1:37.777
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:38.138
8 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:38.359
9 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:38.392
10 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:38.565
11 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:38.636
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:38.725
13 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:38.808
14 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:39.298
15 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:39.646

No Q3 a pole position acabou se definindo na primeira volta, Valtteri Bottas superou Hamilton com o tempo de 1:36.231 contra o 1:36.403 do campeão do Mundo de 2017. Essa volta seria a volta da pole position. Na última tentativa Bottas acabou indo para os boxes. Avisado de que nem Hamilton, Nem Vettel, Nenhum outro piloto iria superar sua marca, Bottas conquistou a 4ªpole position da sua carreira. O Finlandês ainda tem uma remota possibilidade de conquistar o vice-campeonato.

Em caso de vitória de Bottas ele vai precisar que Sebastian Vettel chegue do 9ºlugar para trás para ganhar o vice-campeonato. Ao seu lado na primeira fila ele vai ter o seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton.

Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo acertaram suas ultimas voltas e acabaram melhorando suas posições. Os dois vão dividir a segunda fila: Vettel em 3º com a Ferrari e Daniel Ricciardo em 4º com a Red Bull. Na terceira fila largam o Finlandês Kimi Raikkonen com a Ferrari e o Holandês Max Verstappen com a Red Bull.

Axiiuevz o

A se aplaudir o belíssimo treino de Nico Hulkenberg que andou muito bem com sua Renault, Ele larga em 7ºlugar, Na frente dos dois pilotos da Force India (Perez a 23 milésimos a frente de Ocon, ficou com o 8ºlugar). Felipe Massa vai largar na 10ªposição em sua despedida da Formula 1.

A última etapa do Mundial de Formula 1 será realizada as 11 horas da manhã, Horário de Brasília.

Grid de largada do GP de Abu Dhabi
Última Etapa do Mundial de Formula 1

Pos. Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Pen.
1 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:36.231
2 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:36.403
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:36.777
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 1:36.959
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:36.985
6 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 1:37.328
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:38.282
8 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:38.374
9 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:38.397
10 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:38.550
11 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:38.636
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:38.725
13 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:38.808
14 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:39.298
15 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:39.646
16 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:39.516
17 10 Pierre Gasly Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:39.724
18 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 1:39.930
19 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:39.994
20 28 Brendon Hartley Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:40.471 10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Williams/Force India


Se associe ao PubliPT: http://www.publipt.com/pages/index.php?refid=deivisonf1world

Venha ganhar uma verba extra para você! Acesse esse link, se cadastre e comece a ganhar pontos que se transformam em dinheiro ou em propaganda (Conforme a sua escolha) – PubliPT é uma rede Social e um site de publicidade. Esta a 12 anos no ar e lá já anunciaram grandes empresas. É um dos sites mais conhecidos de Portugal.