GP de Portugal: Corrida que pode entrar para a história tem sexta-feira bem complicada na organização

Circuito de Alvarge em Portimão é palco do GP de Portugal, que estava de volta, depois de 24 anos, quando foi realizada a última corrida no velho circuito de Estoril. Palco da 12ªEtapa do Mundial de Formula 1, pode ser mais do que uma prova que marque a volta do país a categoria. Essa prova pode marcar a quebra do recorde de vitórias a favor de Lewis Hamilton. O inglês empatou no número de vitorias de Michael Schumacher na etapa passada em Nurburgring e pode nesse domingo conquistar a 92ªvitória da sua carreira, e se tornando de forma definitiva como o maior vencedor de corridas da história da Formula 1.

Sobre o circuito, ele é um dos circuitos mais bonitos do mundial, com várias subidas e descidas, tornando a pista muito interessante Apenas Lewis Hamilton já tinha andado de formula 1 nesse traçado, em, num longuiguo ano de 2009 com a Mclaren, andando por 81 voltas. A corrida vai ter 15 voltas a menos do que Lewis testou a 11 anos atrás, mas isso não representa uma vantagem, já que os carros são totalmente diferentes daquela época.

O carro de 2009 era um carro projetado para andar rápido o tempo todo, com reabastecimento, motores V8, pneus que durava no máximo metade de uma corrida.

O carro desse ano é um carro hibrido, não é um carro que o piloto possa andar rápido, exite um limite de motores por temporada, limite de combustível, pneus que precisam ser administrados, Motores híbridos e a imprevisibilidade maior das corridas.

A vantagem de Hamilton em 2020 em relação ao ano de 2009 é que o carro da Mercedes é o melhor do Grid, Já o carro da Mclaren de 2009 era um carro problemático.

Nos treinos livres de hoje, o finlandês Valtteri Bottas foi o mais rápido nas duas sessões. O piloto finlandês é um dos principais adversários de Hamilton nesse final de semana, disposto a esquecer o abandono da corrida passada, Bottas afirmou que precisa de um milagre para disputar o título. Com 69 pontos atrás do seu companheiro de equipe, restando 156 pontos em jogo, esta na hora mesmo de contar com essa sorte, ainda por cima, se afastar de Max Verstappen que esta a 14 pontos do piloto finlandês.

O piloto Holandês não teve um dia muito bom, no final da sessão da tarde, Max pegou o vácuo para abrir uma volta rápida, mas acabou não conseguindo isso e acabou tocando em Lance Stroll, um acidente totalmente evitável. O piloto canadense acabou ficando de fora da reta final do FP2 e Verstappen voltou aos boxes com o carro danificado. O motor Honda tem problemas na recuperação de energia, no que deve impedir a Red Bull de sonhar com a vitória. Caso esses problemas não sejam resolvidos até a corrida.

Pior para os propulsores japoneses (Honda) foi o motor de Pierre Gasly pegar fogo na metade da sessão da tarde, isso provocou uma das interrupções da segunda sessão. Se não foi problemas na equipe principal, essa quebra preocupa os pilotos da Red Bull com certeza.

De resto, a primeira sessão ocorreu normalmente, com os pilotos aprendendo o traçado. Tirando as rodadas normais dos pilotos, tudo ocorreu sem grandes problemas, mas na segunda sessão, tanto na retirada do carro de Gasly como na retirada do carro de Stroll, os comissários demoraram demais. No total, foram 32 minutos perdidos. É Muito comprometedor perder esse tempo todo para o acerto dos carros para a classificação e para a prova de domingo. Além da falta de organização, falta de fibra ótica para ligar monitores para a telemetria, problemas de comunicação e de internet não ajudam em nada a imagem de Portugal para a Formula 1. Só esperamos que amanhã as coisas melhoram em termos de organização em Alvarge.

De resto, Charles Leclerc teve um ótimo dia, dando esperanças da Ferrari de ser uma corrida melhor em Alvarge. Das equipes que disputam o 3ºlugar dos construtores, a Mclaren se saiu melhor na sexta, com Norris ganhando a 3ªposição no último momento da segunda sessão e Sainz jr. nas primeiras posições das suas sessões. Racing Point e Renault tiveram um dia mais instável.

Destacar que os pilotos testaram uma nova composição de pneus da Pirelli nos primeiros 30 minutos da sessão da Tarde. Esses pneus podem ser aprovados os vetados para ano que vem, essa decisão vai ficar por conta das equipes.

Amanhã, as 7 da manhã teremos a 3ªsessão de treinos livres. As 10 da manhã, teremos a classificação para a definição do grid de largada da 12ªEtapa do Mundial de Formula 1, uma corrida que pode ficar para a história da maior categoria do esporte a motor.

Fotos:

Resultado dos treinos livres de Sexta-feira

1ºTreino Livre

posPilotoEquipeChassiMotorTemponºvoltas
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:18.41035
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:18.74935
333Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:19.19132
416Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:19.30933
523Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:19.36534
655Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:19.44142
711Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:19.90731
87Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:19.95435
93Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:20.05827
1010Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:20.12429
115Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:20.20037
124Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:20.20729
1326Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:20.27832
1420Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:20.84628
1518Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:20.95432
1699Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:21.00935
178Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:21.16931
1863George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:21.37431
1931Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:21.67331
206Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:22.05434

2ºTreino Livre

posPilotoEquipeChassiMotorTemponºvoltas
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:17.94032
233Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:18.53534
34Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:18.74335
416Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:18.83834
555Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:19.11332
65Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:19.17534
710Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:19.17826
844Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:19.30827
931Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:19.49632
1023Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:19.64337
1163George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:19.82133
1211Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:19.90134
133Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:19.98728
146Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:20.46533
157Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:20.49034
1620Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:20.68029
1726Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:20.72933
188Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:20.86732
1918Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:20.98326
2099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:21.39634

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams/essentiallysports.com

Hamilton conquista 91ªVitória da carreira, se iguala a Schumacher em Nurburgring

Em Nurburgring, Lewis Hamilton reverteu o dia de sábado onde Valtteri Bottas conquistou a pole position. O finlandês fez uma boa largada e segurou a ponta, mas acabou errando na curva 14 ao passar do ponto da curva 1 e permitiu ao Hamilton a ultrapassagem sobre o pole position. A partir dai, Lewis passou a controlar a corrida para vencer o GP de Eifel, A histórica 91ªvitória da carreira, igualando ao recorde de vitórias de Michael Schumacher.

Na largada, um dos grandes momentos da corrida, Hamilton foi para cima de Bottas, chegou a se colocar na frente, mas lá foi Bottas por fora segurar a ponta, uma belíssima manobra do finlandês que manteve a primeira posição. Verstappen, Leclerc, Ricciardo e Albon completavam os 6 primeiros lugares. Kimi Raikkonen por muito pouco não bateu nas primeiras curvas da corrida.

Nas primeiras voltas, as atenções estavam voltados para a briga entre Leclerc e Ricciardo pela 4ªposição. O piloto da Ferrari estava visivelmente segurando o piloto da Renault, enquanto que os 3 primeiros colocados iram se distanciando e muito dos demais. Por mais que o carro da Ferrari fosse um carro ruim, abaixo da média, a ultrapassagem não foi fácil. Nem mesmo na 5ªvolta, quando Leclerc cometeu um erro ocorreu a ultrapassagem.

Albon, que vinha perto de Ricciardo acabou indo para a sua parada na 8ªvolta, tentando ganhar as 2 posições na base da tática. Na volta seguinte, Ricciardo finalmente conseguiu a ultrapassagem sobre Leclerc e passou a ser o 4ºcolocado. Uma ultrapassagem que o piloto Australiano desenhou a ultrapassagem na curva e 1 e depois a executou na curva seguinte.

Enquanto isso, Bottas vinha na frente com Hamilton em 2º a 2 segundos a frente e Verstappen conseguindo acompanhar em 3º.

Leclerc acabou indo para os boxes na 10ªvolta. Os seus pneus acabaram. Enquanto isso, Vettel ao tentar passar Giovinazzi (que vinha muito bem na 10ªposição) acabou quase batendo na traseira do piloto italiano e acabou rodando para quase ir para a brita, Vettel volta e acaba indo para os boxes na volta seguinte (Colocando pneus duros). Naquela altura da prova, começava a chover em partes do circuito.

Bottas liderava a prova, sendo bem rápido e respondendo aos ataques, mas isso mudou na volta 14. O piloto finlandês no fim da vida útil dos seus pneus acabou fritando os pneus e perdendo a curva 1, permitindo a Hamilton a supera-lo e assumir a primeira posição. Bottas teve de antecipar sua primeira parada para colocar pneus médios e voltar em 4º, logo atrás de Daniel Ricciardo. Hamilton era o líder com Verstappen perto do piloto da Mercedes.

Na volta seguinte, Kimi Raikkonen ao tentar passar Vettel acaba tocando em George Russell e acabou levantando o carro da equipe Williams, Russell tentou levar o carro para os boxes. Porém não deu. Seu carro parou na brita e isso fez com que o Safety Car Virtual fosse acionado. Nesse meio tempo, Hamilton e Verstappen foram para os boxes e voltaram bem a frente de Bottas.

Ricciardo parou também na volta 17. Segundos depois, o Safety Car Virtual foi desativado e a corrida recomeça. Hamilton vinha 2 segundos a frente do Verstappen e a 13 segundos a frente de Bottas, que acabou sendo o mais prejudicado vinha em 3º.

A partir dai, Bottas começou a perder potência do seu motor Mercedes, Na 18ªvolta, o piloto da Mercedes acaba abandonando a corrida. Isso deixa Hamilton somente com Verstappen como adversário na corrida. Antes, tivemos a disputa entre Kvyat e Albon pela 10ªposição. Na chicane, o piloto russo acabou passando reto e voltando a pista, Albon pegou a posição dele, mas de forma totalmente inadequada. Resultado foi que ele passa a roda sobre a asa dianteira do piloto da Alpha Tauri. Kvyat teve de dar uma volta inteira sem a asa dianteira, comprometendo completamente sua corrida.

Voltas depois, Albon foi para cima de Gasly, na tentativa do piloto Tailandês, o piloto da Alpha Tauri em bela manobra acabou ficando na frente. Enquanto isso, Charles Leclerc superou Nico Hulkenberg passando para a 10ªposição. Hamilton tinha 2.4 segundos a frente de Verstappen, Norris em 3º, já estava a 24.5 segundos atrás do líder.

Raikkonen foi punido em 10 segundos por ter feito aquele estrago em cima de George Russell, Albon foi punido em 5 segundos pelo incidente vitimando Kvyat na prova. Ocon na volta 23 e Albon na volta 24 acabaram indo aos boxes e abandonaram. 4 pilotos já estavam de fora da corrida.

Lando Norris começa a perder potência, ele faz de tudo para ficar na frente, mas Sergio Perez vinha chegando volta após volta. Sainz jr. e Ricciardo vinham em 5º e 6ºlugares, mas somente Ricciardo já tinha feito a parada nos boxes.

Na volta 28, Leclerc superou Gasly, passando a ser o 7ºcolocado. Na volta seguinte, Perez e Sainz jr. vão para a parada nos boxes. Norris parou na  volta seguinte e voltou a corrida a frente de Perez e de Sainz jr. na 5ªposição. Ricciardo assumiu a 3ªposição, bem a frente de Leclerc e com real chance de conquistar o primeiro pódio da temporada.

Sergio Perez foi para cima de Lando Norris, se aproveitando da perda de potência do piloto da Mclaren para ganhar a 5ªposição. Gasly parou na 32ªVolta. Hamilton vinha 5.3 segundos a frente de Verstappen. Ricciardo já vinha 1 minuto atrás do líder, Leclerc a 1 minuto e 14 segundos, com Perez muito perto do piloto da Ferrari. Norris, Sainz jr., Giovinazzi fazendo uma boa corrida com sua Alfa Romeo em 8º, Vettel, Raikkonen, Magnussen, Gasly, Hulkenberg, Latifi, Grosjean e Kvyat.

Perez foi para cima de Leclerc, depois da chicane no final da 33ªvolta, o Mexicano retorna a velocidade melhor e passa o piloto Monegasco. Porém, Leclerc aproveita o relaxamento de Perez e retorna a posição na reta. Uma super bobeada do piloto da Racing Point. Na volta seguinte, acontece a mesma coisa, Perez passa Leclerc depois da Chicane, mas dessa vez, o piloto mexicano não deu bobeira e ficou em definitivo com a 4ªposição. Ao mesmo tempo, Sainz jr. supera Norris (Que estava querendo levar o carro até o final da prova), ganhando a 6ªposição.

Leclerc foi para a segunda parada, seus pneus desgastaram muito e ele acabou indo para essa parada, voltando na 10ªposição na frente de Pierre Gasly. Giovinazzi parou na 38ªvolta. Enquanto isso, Hamilton estava colocando 1 volta nos dois pilotos da Mclaren. Enquanto que Leclerc e Gasly superaram Raikkonen e passaram para 8ª e 9ªposições. Na volta seguinte, Leclerc passou Vettel e subiu para a 7ªposição.

Vettel perderia posições para Gasly na 41ªvolta e Hulkenberg na volta 42. Aliás, um ótimo trabalho do substituto de Lance Stroll, da última posição no grid para entrar na zona de pontuação na 9ªposição. Vettel teve de ir para a segunda parada na volta seguinte.

Lando Norris acabou abandonando na 44ªvolta, mesmo encostando seu carro bem perto do guindaste na curva 5, a direção acionou a entrada do safety car (Eu teria colocado mais uma vez o Safety Car Virtual). A partir dai, quase todos os pilotos foram para uma nova parada nos boxes, com exceção de Charles Leclerc e Romain Grosjean que ficaram com os mesmos pneus.

Foram 5 voltas para retirar o carro do piloto da Mclaren da pista e para os pilotos se organizarem, passarem pelos líderes e se colocarem logo atrás dos líderes. É como se a corrida recomeçasse do zero.

Relargada na 50ªVolta, Hamilton foi muito bem no processo de relargada e disparou na frente. Já Verstappen teve se segurar a 2ªposição do ataque de Daniel Ricciardo. Sergio Perez é que foi para cima do piloto Australiano. Essa é a briga pelo pódio. Na 51ªVolta, Gasly passou Leclerc e assumiu a 6ªposição (Na volta anterior passou Grosjean). Hulkenberg passou a pressionar Leclerc.

Enquanto isso, Vettel e Raikkonen tentam entrar na zona de pontuação. O piloto da Ferrari se aproveita de um erro de Magnussen na chicane para levar a 11ªposição, com Raikkonen passando o piloto dinamarquês curvas depois.

Hamilton levou com tranquilidade seu carro até o final para levar a 7ªvitória da temporada e a 91ªvitória da carreira. Lewis Hamilton se igualou ao recorde de vitórias pertencentes a Michael Schumacher. Num domingo que começou desfavorável e terminou com a vitória em uma tarde bem fria em Nurburgring.

Max Verstappen chega na segunda posição e acabou ganhando o ponto da melhor volta da corrida. Com o abandono de Bottas, o piloto Holandês volta a ter chances de brigar pelo vice-campeonato. Já Hamilton abriu 69 pontos sobre Bottas e 83 pontos sobre Verstappen.

Daniel Ricciardo quebrou o jejum de pódios e terminou a corrida em 3ºlugar. Desde do GP de Mônaco de 2018 que o piloto australiano não subia ao pódio. A Renault não conquistava um pódio desde da temporada de 2011 com Nick Heidfeld no GP da Malásia. Sergio Perez que tentou superar o piloto da Renault terminou a prova em 4ºlugar. Carlos Sainz jr. acabou levando a Mclaren para a 5ªposição. Porém, perdeu a 3ªposição do Mundial de Construtores para a Racing Point.

Pierre Gasly fez uma bela corrida levando a Alpha Tauri na 6ªposição, na frente de Charles Leclerc. No caso do piloto da Ferrari ficou provado que em 1 volta ele neutralizou as deficiências da Ferrari, mas na corrida, ficou evidente que o SF1000 e o motor Ferrari não permitem o monegasco a lutar por resultados decentes na parte da Frente. O esforço do Leclerc foi ter ficado em 7ºlugar, logo a frente de Nico Hulkenberg…

… Substituto de Lance Stroll fez uma excelente corrida, sem adaptação ao carro, largando na última posição, pegando um carro para fazer a classificação e a corrida para ganhar 12 posições e chegar ao final em 8ºlugar, ajudando a Racing Point a passar para a terceira posição no Mundial de Construtores.

Romain Grosjean conseguiu pontuar, fechou a corrida em 9ºlugar e levou a Haas pela segunda vez no ano na zona de pontuação na temporada. Completando a zona de pontuação o italiano Antonio Giovinazzi. Foi a da sua carreira, andando de maneira constante nos 10 primeiros colocados após uma boa classificação no sábado, o piloto da Alfa Romeo merecia bem mais do que apenas 1 pontinho.

Sebastian Vettel lutou muito, mas não conseguiu chegar aos pontos ao ficar na 11ªposição, logo a frente de Kimi Raikkonen, novo recordista de corridas na Formula 1. O homem de gelo tem 323 largadas contra 322 largada de Rubens Barrichello.

Kevin Magnussen acabou ficando de fora dos pontos na 13ªposição. Nicholas Latifi chegou a sonhar com os pontos, mas tudo que conseguiu foi ficar a frente de Daniil Kvyat. O piloto russo teve sua corrida comprometida pelo toque que Albon deu na sua asa dianteira.

Daqui a 2 semanas, em Portugal, Hamilton pode chegar a sua 92ªvitória da carreira no novo circuito de Portimão, que pela primeira vez vai receber uma corrida de Formula 1. Portugal vai receber a categoria desde de 1996, foi quando aconteceu a última corrida em Estoril e pode ser o palco de um evento histórico. De uma coisa é certa, Hamilton esta muito perto do 7ºtítulo da carreira.

Fotos:

Resultado final do GP de Eifel
11ªEtapa do Mundial de Formula 1

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:35:49.641
233Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 4.470s
33Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 14.613s
411Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 16.070s
555Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 21.905s
610Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 22.766s
716Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 30.814s
827Nico Hulkenberg BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 32.596s
98Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 39.081s
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 40.035s
115Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 40.810s
127Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 41.476s
1320Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 49.585s
146Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 54.449s
1526Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 55.588s
4Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 18 Voltas
23Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 37 Voltas
31Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 38 Voltas
77Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 42 Voltas
63George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 48 Voltas

Melhor Volta de cada piloto: Max Verstappen ganha 1 ponto pela melhor volta da prova

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
133Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:28.13960
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:28.14558
33Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:29.58453
411Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:29.70058
510Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:30.11053
655Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:30.12953
75Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:30.40843
820Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:30.45637
97Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:30.51254
1016Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:30.71254
1127Nico Hulkenberg BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:30.73358
1299Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:30.90938
136Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:31.37739
148Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:31.56254
1577Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:31.8848
1626Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:32.21441
174Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:32.32840
1823Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:32.3309
1931Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:33.18921
2063George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:34.5266

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

GP de Eifel – pole position de Valtteri Bottas em treino disputado sobre o frio de Nurburgring

Valtteri Bottas conquistou a pole position ontem após uma sexta-feira onde nada aconteceu e um sábado cheio de atividades. Primeiro com o único treino livre que aconteceu e na parte da tarde, com a classificação bem disputada.

Resultado do Treino Livre:

posPilotoEquipeChassiMotorTemponºvoltas
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:26.22525
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:26.36127
316Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:26.68125
433Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:26.89624
55Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:27.03825
64Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:27.16729
711Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:27.24525
83Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:27.39223
923Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:27.44923
1010Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:27.52828
1131Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:27.63427
1226Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:27.79526
1355Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:27.92429
147Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:27.95625
158Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:28.11527
1620Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:28.29327
1763George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:28.34330
1899Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:28.37025
196Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:28.94126

A classificação do sábado começou com Nico Hulkenberg entrando no lugar de Lance Stroll. O Piloto canadense teve problemas de saúde da noite da sexta-feira para o dia de sábado. Isso impossibilitou a participação do piloto na corrida. Hulk que iria para o circuito fazer uma matéria para uma TV Alemã e acabou sendo colocado com substituto de Stroll.

Na verdade, acabou sendo uma grandíssima roubada para o piloto alemão que sofreu durante todo o Q1. De inicio, Hulk fica a 6 segundos atrás do ótimo tempo de Max Verstappen, marcado a menos de 11 minutos do final da sessão. Bem a frente de Hamilton, Leclerc e Bottas. Na volta seguinte, os dois pilotos  da Mercedes reagiam e marcaram o 2º tempo com Bottas e o 3ºtempo com Hamilton.

A menos de 7 minutos do final, Latifi e Russell marcaram boas voltas e entraram na zona de classificação, em 13º e 14º respectivamente. Os eliminados até aquele momento eram Grosjean, Magnussen, Raikkonen, Giovinazzi e Hulkenberg.

Com o risco da eliminação, os dois pilotos da Haas saíram da pista a 4 minutos do final. Após uma boa volta, Grosjean sobe para 5º e Grosjean sobe para 7º, a menos de 3 minutos do final, teoricamente ambos estavam próximo da classificação, mas não era bem assim. Muitos pilotos foram para a pista nos minutos finais.

A Racing Point tinha seus dois pilotos de fora do Q2. Perez na última volta se safou e conseguiu a classificação, assim como Vettel que chegou a ficar perto da zona de eliminação. Acabaram eliminados, Romain Grosjean, George Russell, Nicholas Latifi, Kimi Raikkonen e Nico Hulkenberg. Foi muito problemático para Hulkenberg, pegar o carro já na sessão de classificação. Não existe piloto que esteja preparado para esse tipo de situação. Dois pilotos se destacaram: Kevin Magnussen na 12ªposição, na frente de Kvyat e de Sainz jr. e Antonio Giovinazzi acabou levando a última vaga de classificação, salvando a honra da Alfa Romeo.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
133Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:26.319
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:26.573
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:26.620
44Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:26.829
53Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:26.836
616Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:26.857
710Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:27.072
831Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:27.086
95Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:27.107
1011Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:27.120
1123Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:27.126
1220Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:27.231
1326Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:27.285
1455Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:27.378
1599Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:27.532
168Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:27.552
1763George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:27.564
186Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:27.812
197Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:27.817
2027Nico Hulkenberg BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:28.021

Assim que começou o Q2, os dois pilotos da Mercedes entraram na pista, Os outros 13 pilotos até demoraram a entrar no circuito. Hamilton marcou 1:26.183, colocando mais de 7 décimos em cima de Bottas. Aliás, a volta do piloto finlandês foi bem ruim, tanto é que Perez e Norris superaram o tempo do piloto da Mercedes que usava os pneus médios, assim como Hamilton.

Max Verstappen marcou a melhor volta do Q2, com 1:25.720, deixando Hamilton na segunda posição. O piloto da Red Bull vinha bem rápido na sessão. Albon marcou o 3ºtempo, o piloto Tailandês era seguido de Norris, Ocon, Sainz jr., Perez, Bottas, Leclerc e Ricciardo. Por enquanto esses eram os classificados. Vettel em 11º estava de fora do Q3, O piloto de casa passou roda pela brita, tirando tudo que tinha do seu carro. Giovinazzi, Magnussen, Kvyat e Gasly vinham sendo os outros 4 eliminados.

Bottas e Hamilton voltam para a pista, desta vez usando os pneus mais macios. Usar os pneus médios com a temperatura baixa não parece ser uma boa ideia. Bottas melhorou seu tempo na sua segunda volta, mas ficou atrás de Verstappen na segunda posição. A 4 minutos do final, pilotos da Mclaren e Renault foram para a pista. Daniel Ricciardo precisa melhorar seu tempo para entrar no Q3. Lewis Hamilton toma a ponta de Verstappen com 1:25.390.

Nos minutos finais, Ricciardo resolveu sua situação com uma ótima volta, se colocando na 4ªposição. Esteban Ocon passou para a 6ªposição. No final, Vettel consegue entrar na 10ªposição, mas acabou sendo jogado para fora por Charles Leclerc. Monegasco foi o último a terminar sua volta e passou de eliminado para a 5ªposição, tirando o piloto da casa da fase final da classificação. Magnussen chegou a quase ameaçar entrar no Q3, mas acabou ficando com a 15ªposição, atrás de Gasly, Kvyat e Giovinazzi e acabou sendo esses os eliminados do Q2.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:25.390
233Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:25.467
377Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:25.971
43Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:26.096
516Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:26.240
623Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:26.285
74Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:26.316
811Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:26.330
955Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:26.361
1031Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:26.364
115Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:26.738
1210Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:26.776
1326Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:26.848
1499Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:26.936
1520Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:27.125

Após uma limpeza rápida de pista, o Q3 começa com os dois pilotos da Mclaren sendo os primeiros pilotos a entrarem na pista. Depois entraram os dois pilotos da Mercedes. Os últimos pilotos a entrarem foram Verstappen e Albon, Já Sergio Perez não entrou na pista.

Na sua primeira volta (a 8 minutos e meio do final da sessão), Bottas foi melhor que Hamilton por 13 milésimos. Só que ambos os pilotos da Mercedes foram superados por Max Verstappen, numa belíssima volta do piloto da Red Bull. Ao final da primeira parte do Q3, poderia estar em risco os 100% de Poles da Mercedes na temporada.

Resultado da primeira volta do Q3:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
133Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:25.744
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:25.812
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:25.825
423Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:26.285
516Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:26.411
631Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:26.987
74Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:27.325
855Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:27.573
93Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:28.080

Sergio Perez sai para a pista na metade da classificação, fazendo um bom tempo, marcando o 6ºtempo a 4 minutos e 30 segundos do final. Pouco tempo depois, os pilotos da Renault e Mclaren voltaram para a pista. Bottas, Hamilton e Verstappen partiram para a pista a 3 minutos e meio do final para a última batalha pela pole position.

Nessa última batalha, Bottas se sobressaiu muito bem sobre Hamilton e Verstappen e acabou levando a pole position com 1:25.269, muito a frente de Lewis Hamilton com 1:25.525 e de Max Verstappen com 1:25.562. Essa é a terceira pole position da temporada do vice-líder do campeonato. O inglês Lewis Hamilton larga na segunda posição e tenta igualar o recorde de vitórias de Michael Schumacher.

Na segunda fila, larga Max Verstappen, que quase consegue tomar o lugar de Hamilton na primeira fila. O Monegasco Charles Leclerc fez uma volta impressionante e leva a Ferrari para a 4ªposição, Levando o carro nas costas literalmente.

A terceira fila será formada por Alexander Albon da Red Bull e Daniel Ricciardo da Renault, dois pilotos que podem aprontar na corrida, assim como Charles Leclerc. A Quarta fila será formada por Esteban Ocon com a outra Renault e Lando Norris com a Mclaren, Completando os 10 primeiros colocados os pilotos Sergio Perez da Racing Point e Carlos Sainz jr. da Mclaren.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeChassiMotorTemponºvoltas
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:25.26919
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:25.52518
333Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:25.56215
416Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:26.03518
523Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:26.04715
63Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:26.22318
731Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:26.24220
84Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:26.45818
911Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:26.70417
1055Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:26.70920
115Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:26.73816
1210Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:26.77616
1326Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:26.84816
1499Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:26.93614
1520Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:27.12516
168Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:27.55210
1763George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:27.5649
186Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:27.8129
197Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:27.8178
2027Nico Hulkenberg BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:28.02110

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Honda sai da Formula 1 ao final de 2021 e deixa categoria com poucas opções de motores para o futuro

Honda não vai ficar na Formula 1 a partir de 2022. Apesar do sucesso das últimas 2 temporadas com Red Bull e a Alpha Tauri (Antiga Toro Rosso), a montadora Japonesa decidiu deixar a categoria ao final da temporada de 2021, com o objetivo de produção de novas tecnologias para neutralizar a emissão de carbono até o ano de 2050. Uma decisão que pegou a todos de surpresa, assim como foi na temporada de 2008 quando a Honda anunciou a retirada da sua equipe da Formula 1, Nesse caso era por causa da crise Mundial provocada no final daquele ano. Dessa vez a Honda esta deixando a categoria por questões de sustentabilidade.

Com a saída da Honda, só restarão 3 fábricas de motores a partir da temporada de 2022, caso a Red Bull não aceite a estrutura de produção de motores da Honda, para fabricar seus próprios motores, a formula 1 vai ficar em uma situação extremamente critica em relação a esse item. Com apenas Ferrari, Renault e Mercedes fornecendo suas unidades de potência nunca tivemos a categoria com tão poucas opções de motores, com exceção dos anos 60 e 70 onde a Ford Cosworth era a fornecedora da maioria das equipes. Nos anos 80 e 90 tivemos a entrada de várias marcas de motores na categoria, incluindo as fabricas independentes como a Hart e o Judd.

Desde de 2010 a Formula 1 sofre com a escassez de motores. Com a saída de Toyota, BMW e Honda acabaram ficando a Ferrari, Renault, Mercedes e a Cosworth. Em 2013 saiu a Cosworth e em 2015 entrou a Honda como fornecedora de motores para a Mclaren. Após 3 anos de fracassos, a Mclaren e a Honda se separaram e a fábrica japonesa passou a fornecer motor para a Toro Rosso na temporada de 2018, apesar do primeiro ano apagado, o 4ºlugar de Pierre Gasly no Barhein e a evolução do motor durante essa temporada convenceu a Red Bull a usar os motores japoneses.

A Parceria Red Bull-Honda deu a equipe 4 vitórias (todas elas com o Verstappen) e 1 vitória da Alpha Tauri, com o francês Pierre Gasly no GP da Itália desse ano.

A crise dos motores da Formula 1 infelizmente acontece devido aos enormes custos dos novos motores da Formula 1. Uma unidade de potência chega a custar 4 milhões de dólares. Antigamente os motores chegavam a 300 mil reais por unidade.

Opinião:

O fato da Honda deixar a categoria é preocupante, mais ainda quando a não se tem alguma outra fabricante para substituir. Eu me arrisco a dizer que a era das novas unidades de potência acabaram sendo um grande e completo fracasso. Se eu fosse a FIA, eu iria rever essa regra é em um processo mais radical, poderia voltar os motores aspirados de V8 ou até mesmo os V10. Eu não vejo nenhum problema, seriam motores mais baratos para as equipes menores e não acho improvável que esses motores possam alcançar a potência de um motor turbo.

Por excesso de tecnologia, a Formula 1 pode viver uma era de escassez de motores. Isso pode levar a comprometer o nível das corridas por muitas temporadas. Agora é o momento da Liberty Media parar de pressionar o governo a construir o desnecessário circuito no Rio de Janeiro. Se realmente se importa com o espetáculo, que se mexa no regulamento dos motores para ter mais marcas de motores nos próximos anos.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mclaren/Red Bull/F1-Gears/BestLap

Bottas conquista vitória em Sochi, Lewis erra antes da largada e adia a conquista do recorde de vitórias para Nurburgring

Se esperava muito que Lewis Hamilton pudesse conquistar a 91ªVitória da carreira. Porém isso acabou antes da largada. Hamilton acabou fazendo simulação de largada por duas vezes, em dois locais proibidos. Isso teria consequências para a sua corrida e impediria a sua tentativa de vitória. Valtteri Bottas aproveitou bem a situação e acabou conquistando a vitória, com uma grande atuação do piloto finlandês desde da sua largada até a bandeirada, tirando 11 pontos da diferença de Lewis Hamilton em relação ao campeonato.

Na Largada, Hamilton larga bem, Bottas é melhor que Verstappen na largada e ganha a 2ªposição e por muito pouco não consegue superar seu companheiro de equipe na chicane, mas com a perda da velocidade na segunda perna dessa chicane. Verstappen vazou a chicane com outros pilotos, Um deles acabou batendo no muro interno e acabou sendo Carlos Sainz jr. que acabou abandonando. Já ao sair da curva 4, Charles Leclerc acabou tocando em Lance Stroll (que fez uma grande largada) e que levou a bater no muro por fora. O Safety Car entrou na pista devido a esses dois abandonos.

Albon, Norris e Russell foram para os boxes colocarem os pneus duros e tentarem levar o carro até o final da prova só com essa parada. Hamilton era o líder, com Bottas, Verstappen, Ocon, Ricciardo, Perez, Gasly, Leclerc, Magnussen e Grosjean. Os dois pilotos da Haas largaram muito bem, principalmente o piloto dinamarquês que acabou pulando da 18ª para a 9ªposição.

Os pilotos relargaram na volta 6, as 5 primeiras posições foram mantidas. Sabendo da dupla punição que tomou, Hamilton precisava abrir vantagem para Bottas e Verstappen para obter alguma chance de ganhar. Porém, no decorrer das voltas, o rendimento de Hamilton não parecia ser o bastante para abrir uma grande vantagem para Bottas e Verstappen e até mesmo do Ocon, Ricciardo e Perez. Lá atrás, Norris e Albon disputam posição na parte de trás da disputa.

Na 8ªvolta, Kvyat supera Grosjean passando para a 10ªposição. Após 11 voltas, Hamilton estava com 1.5 segundos da frente de Bottas e 2.7 segundos atrás do Verstappen. Ocon não vinha longe de Verstappen, estava a 2.1 segundos atrás (4.8 segundos atrás do Hamilton). Ricciardo e Perez vinham perto do piloto Francês. Na 13ªVolta, Daniil Kyvat passou Kevin Magnussen e ganhando a 9ªposição, o russo era o melhor piloto até aquele momento de prova.

Russell que vinha segurando Albon e Norris de forma heroica a 16ªposição, até que o piloto da Williams freia demais e acaba perdendo posição para os dois pilotos.

Lá na frente, Hamilton com os pneus muito desgastados tentava abrir um pouco mais de vantagem para Bottas, ele consegue abrir um pouco mais de diferença. Na 15ªvolta, Perez supera Ricciardo por fora e levou a 5ªposição. Visto que seus pneus tinham terminado, Ricciardo foi aos boxes para sua parada, colocar os pneus duros e ir até o final.

Hamilton foi para os boxes na volta 17 e voltou na 11ªposição. Bottas assumiu a liderança, com 3.8 segundos a frente de Max Verstappen. Ocon, Perez e Gasly eram os únicos pilotos com os pneus macios. Na 19ªVolta, Ocon e Gasly foram para os boxes. O piloto da Alpha Tauri começava a ser pressionado por Leclerc. Naquela altura do campeonato, Bottas abria já 5 segundos a frente de Verstappen, depois vinha Perez em 3º a 15 segundos atrás do ponteiro, Leclerc (23.6 segundos), Kvyat (25.9 segundos), Hamilton (37 segundos), Vettel (39.6 segundos), Ocon (40.4 segundos), Ricciardo (44.8 segundos), Raikkonen (46 segundos). A 21ªVolta foi agitada, Ricciardo passou Raikkonen e passou para a 9ªposição. Perez acabou fazendo sua parada na entrada da 22ªvolta. Após 21 voltas: Bottas, Verstappen, Leclerc, Kvyat e Vettel não vinham feito paradas nos boxes.

Na 25ªVolta, Ricciardo passou Ocon, mas passou do ponto da chicane e acabou não devolvendo a posição para o francês. Isso leva o piloto australiano a ser punido com 5 segundos de acréscimo de tempo. Ao saber da punição, o Australiano começou a andar forte e falar para reverter essa punição. Os dois pilotos da Renault já tinham passado Vettel.

Verstappen foi para os boxes na 26ªvolta e volta atrás de Kvyat. Na volta 27, para Valtteri Bottas numa parada segura de 2.7 segundos, Já Verstappen teve uma parada de 1.9 segundos. Bottas permaneceu na liderança, com 8.4 segundos a frente de Leclerc e 10 segundos sobre Verstappen. Já Hamilton vinha em 5º, com 16 segundos atrás de Bottas e 3 segundos atrás de Daniil Kvyat (4ºcolocado).

Os últimos pilotos a pararem nos boxes foram Leclerc na 29ªvolta, Kvyat e Vettel na 30ªvolta. Bottas abriu 12 segundos sobre Verstappen e 21.4 segundos sobre Hamilton. O piloto britânico poderia tentar tirar a diferença para o piloto da Red Bull, mas tirando algum imprevisto a vitória estava nas mãos de Bottas.

Gasly foi para o ataque em cima de Raikkonen, apesar do homem de gelo se defender muito bem a ultrapassagem do francês aconteceria a qualquer momento e isso aconteceu na 34ªvolta, quando o piloto da Alpha Tauri passou para a 9ªposição. Kimi para na 36ªVolta. Na mesma volta, Kvyat vai para cima de Ocon disputando a 7ªposição.

Enquanto isso, Albon continuava a sua batalha para entrar nos pontos, brigando com os pilotos da Alfa Romeo, Haas e com Lando Norris. Na 42ªVolta, Albon passou Grosjean, que vazou a chicane e atingiu a placa de isopor. Isso provoca o acionamento do Safety Car Virtual para a limpeza da pista e a substituição da placa atingida pelo piloto maluco da Haas.

Nesse Safety Car virtual, Gasly faz a parada e caiu para a 11ªposição a 8 voltas do final, nesse exato momento o safety car virtual acaba, Mas não temos muitas disputas na parte final da prova. A 8 voltas do final, Albon ataca Norris e Gasly chega nos dois. O piloto tailandês fez tudo para passar o piloto da Mclaren, mas ele não conseguiu. Já Gasly aproveitou o fracasso de Albon para ganhar a 10ªposição e depois acabou passando Norris na 48ªvolta. O piloto da Mclaren sofreu com os pneus e acabou indo para os boxes, sepultando o final de semana desastroso da Mclaren.

Verstappen tentou chegar em Bottas em algumas voltas, mas o piloto da Mercedes estava com a corrida nas mãos e nas voltas finais, consegue marcar a volta mais rápida da corrida e leva a vitória em Sochi, sendo a 9ªVitória da carreira e a 2ªVitória na temporada. O finlandês aumentou sua vantagem em relação à Verstappen que ficou em 2º e tirou 11 pontos da diferença para Hamilton que ficou em 3ºlugar. Numa grande corrida diga-se de passagem independente dos problemas de Hamilton.

Max Verstappen fez o que era possível e acabou ficando mesmo com a segunda posição. Já Lewis Hamilton não foi o dia dele, pelas punições e pelo ritmo de corrida que não foi bom, muito longe de disputar vitória. Se tudo sai normalmente já teria dificuldade para vencer Bottas, talvez vencesse, mas acabou ficando com o 3ºlugar e completou o pódio. O positivo foi que os 2 pontos na carteira que ele iria levar acabaram sendo anulados. Se os 2 pontos fossem computados, Lewis ficaria pendurado, com 10 pontos na carteira, podendo ser suspenso por uma corrida, isso se tivesse mais dois pontos de punição até o GP da Turquia desse ano.

Sergio Perez fez uma boa corrida, sem chamar atenção e com uma boa ultrapassagem sobre Riccardo, ficando em 4ºlugar. O Australiano conseguiu compensar a punição de 5 segundos e acabou na 5ªposição. Charles Leclerc (Que deveria ter levado 5 segundos de punição pelo incidente com Stroll) correu muito bem, tirando leite de pedra de uma Ferrari bem ruim e levando esse carro a grande 6ªposição.

Esteban Ocon acabou ficando em 7ºlugar, segurando muito bem a Daniil Kvyat. O Francês teve seu destaque no começo da prova, mas acabou depois da metade da corrida sumindo da prova. Já o piloto russo andou bem na corrida e pontuou pela terceira corrida seguida na temporada, melhorando a cada corrida. Pierre Gasly acabou recuperando a 9ªposição após uma parada no final do VSC a voltas do final. Quase que o francês conseguiu a melhor volta da corrida, que faria a troca ser justificada.

Alexander Albon fez um final de semana ruim, largando lá atrás (provavelmente punido na posição do Grid) e lutando pela parte de trás acabou completando a zona de pontuação, uma corrida lamentável para o piloto da Red Bull que volta a ficar sobre pressão pela falta de resultados. Isso depois do pódio no GP da Toscana.

Antonio Giovinazzi ficou perto dos pontos na 11ªposição até que fez um bom final de corrida. Kevin Magnussen fez brilhante largada, mas o carro não ajuda e o piloto da Haas não pode ir além da 12

ªposição. Sebastian Vettel em mais uma péssima corrida e em péssimo final se semana acabou na 13ªposição, será mesmo que o tetracampeão do mundo vai se recuperar em 2021 ou essas corridas ruins já é um indicio de que Vettel já esta na linha descendente da carreira.

Kimi Raikkonen acabou longe de Giovinazzi ficando na 14ªposição. Lando Norris fez uma corrida desastrosa e acabou na 15ªposição. Um final de semana para a Mclaren esquecer. Com um piloto batendo na primeira volta e o outro piloto que correu com a tática errada. Ou seja, um desastre para o time de Woking.

Nicholas Latifi ficou em 16ºlugar, chegando a frente de Romain Grosjean que dá mostras de que não pode continuar na Formula 1 e na frente de George Russell que tentou ficar a frente de Albon e Norris no começo da prova, mas não conseguiu fazer nada mais que isso e acabou na 18ªposição.

Daqui a duas semanas teremos a 11ªetapa do Mundial de Formula 1. Em Nurburgring, Hamilton poderá chegar as 91 vitórias e se igualar ao número de vitórias de Michael Schumacher. Basta não cometer os erros que cometeu no dia de hoje.

Fotos:

Resultado final da 10ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP da Rússia – 53 Voltas

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:34:00.364
233Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 7.729s
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 22.729s
411Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 30.558s
53Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 52.065s
616Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 1:02.186s
731Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 1:08.006s
826Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:08.740s
910Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:29.766s
1023Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 1:37.860s
1199Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 volta
1220Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 volta
135Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 1 volta
147Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 volta
154Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 1 volta
166Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 volta
178Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 volta
1863George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 volta
55Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 53 Voltas – Acidente
18Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 53 Voltas – Acidente

Melhor volta de cada piloto: Valtteri Bottas ganhou 1 ponto pela melhor volta da prova

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:37.03051
210Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:37.23150
333Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:37.33253
463George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:37.35252
54Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:37.37750
63Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:37.88653
744Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:38.07548
811Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:38.14152
923Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:38.37751
107Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:38.85837
1116Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:39.05347
1226Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:39.13348
1331Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:39.21648
145Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:39.58846
158Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:39.61444
1699Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:39.76644
1720Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:40.38052
186Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:41.04447

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams