Canet cai de novo e Dalla Porta vence! O Campeonato fica perto do piloto da Leopard Racing

Em Motegi, O Italiano Lorenzo Dalla Porta conquistou não só uma vitória importante, como pode ter sido a corrida que define o campeonato a favor do piloto da Leopard Racing. O Seus principais concorrentes ao título Aron Canet e Tony Arbolino acabaram indo para o chão. Um desastre para os dois e para Dalla Porta foi ideal. Ele pode ser campeão nesse próximo final de semana em Phillip Island.

Na largada, Suzuki largou muito bem e passou da 3ªposição para a liderança, Com Alonso Lopez em 2º, Makar Yurckenko em 3º e Niccolò Antonelli caindo da liderança para o 4ºlugar. Na terceira curva, Jakub Kornfeil acabou caindo e levando com ele o Argentino Gabriel Rodrigo (A Temporada do Argentino é um desastre em 2019) logo depois na Reta, O Inglês Tony Booth-Amos acabou caindo e comprometendo a corrida do piloto da CIP green.

Os principais postulantes ao título, Lorenzo Dalla Porta e Aron Canet disputaram a 6ªposição. Celestino Vietti e John McPhee vinham logo atrás. Tony Arbolino que começou a prova em 27ºlugar, Subiu 10 posições nas 2 primeiras voltas e já vinha em 17ºlugar.

Canet e Dalla Porta vinham subindo na classificação, Enquanto que Suzuki liderava a corrida, Com os pilotos da Estrella Galicia e de Niccolò Antonelli nas 4 primeiras posições.

Na 5ªVolta, Albert Arenas e Aron Canet em 3º e 4º entraram nessa disputa. Logo, Lorenzo Dalla Porta (Que vinha em 6ºlugar) iria entrar nessa disputa pela vitória. Na curva 11, Arenas passou Sergio Garcia subiu para o 2ºlugar. Na mesma volta, Dalla Porta passou McPhee e subiu para o 5ºlugar. A Corrida terminou para Darryn Binder, Novamente por causa de uma queda.

Arenas errou uma das curvas e perdeu posição para Sergio Garcia e Aron Canet, Curvas depois perdeu o 4ºlugar para Dalla Porta. Canet passou Garcia e assumiu o 2ºlugar, O líder da Temporada foi no embalo e também passou acabou Garcia assumindo o 3ºlugar na 8ªVolta. Canet passou a atacar Suzuki. O Japonês vinha na liderança desde do começo da corrida.

Canet acabou surpreendido e superado por Dalla Porta e Arenas na volta seguinte. No final da 9ªVolta, Lorenzo Dalla Porta supera Tatsuki Suzuki, Assumindo a liderança da corrida, Canet em 4º precisava subir e tentar disputa a vitória, Caso contraio, Iria ficar mais longe do líder do campeonato.

Tony Arbolino, que vinha progredindo na corrida, (Já estava entre os Top 10) Acabou caindo e abandonando a corrida, Complicando de vez suas possibilidades de campeonato. Niccolò Antonelli e Makar Yurchenko, que largaram das primeiras posições acabaram caindo para o 11º e 12ºlugares. Alonso Lopez também ficou para trás, caindo para o 9ºlugar. Dos primeiros lugares do Grid, Apenas Suzuki em 2º e Sergio Garcia em 4ºlugar estavam disputando a vitória naquela altura do campeonato.

Suzuki tentou passar Dalla Porta no começo da segunda metade da corrida. Apesar do esforço do piloto Japonês, O líder do campeonato ficou na liderança da corrida e Suzuki teve de se esforçar muito para manter-se a frente de Albert Arenas. (Que chegou a passar o piloto da SIC58)

A 6 voltas e meia do final, Canet, que já não vinha em um grande momento na prova acabou indo para o chão e praticamente entregava a chance de Lorenzo Dalla Porta de ser o campeão antecipado. Se a prova terminasse naquele momento, A vantagem entre os dois partiria para 47 pontos de vantagem.

Dalla Porta poderia se dar ao luxo de não forçar a barra para vencer, Se Fosse muito pressionado pelo Suzuki, Sergio Garcia, Albert Arenas e Celestino Vietti. Porém, O piloto da Leopard foi com tudo para manter a liderança e segurar a vitória, Apesar da pressão de Tatsuki Suzuki, Que chegou a retornar a liderança, Mas Dalla Porta retornou a liderança 2 curvas depois. Nada estava definido nas voltas finais.

Na volta final, Suzuki tenta armar o bote para cima de Dalla Porta, Mas é surpreendido por Albert Arenas e acaba perdendo o segundo lugar, Nas curvas finais, O piloto Japonês tenta recuperar a segunda posição, Mas Arenas da Angel Nieto ficou firme na posição. O pódio parecia definido. Porém, Celestino Vietti se aproveitou de uma brecha que Tatsuki Suzuki deu e acabou tirando o Nipônico do Pódio.

Lorenzo Dalla Porta conquistou a vitória, Sua segunda na temporada e abre 47 pontos de distância para Aron Canet, O que poderá dá ao piloto Italiano o título da Moto 3 se vencer a Prova de Phillip Island na madrugada desse domingo. Albert Arenas chegou em 2ºlugar e conquistou seu segundo pódio nas últimas duas corridas disputadas (Contando com a Vitória na Tailândia) Um grande final de temporada ao piloto da Angel Nieto. O pódio foi completado pelo Italiano Celestino Vietti, Que leva a VR46 para o pódio na categoria inicial do Mundial de motovelocidade.

Tatsuki Suzuki que liderou a corrida por 8 voltas e teve com o pódio praticamente o tempo todo, acabou ficando de fora do pódio, Por causa de uma última volta desastrosa. Os Torcedores Japoneses ficaram frustados por ver seu melhor piloto na Moto 3 ficar em 4ºlugar.

Sergio Garcia terminou a prova em 5ºlugar, Foi o melhor resultado da sua temporada de estreia, Melhor isso foi ter acompanhado o Grupo da frente o tempo todo e ter chegado a sonhar com o pódio. John McPhee chegou em 6ºlugar, Sem conseguir em nenhum momento chegar nos ponteiros. Completaram os 10 primeiros chegaram: Jaume Masia, Marcos Ramirez, Alonso Lopez e Andrea Migno. Domingo que vem teremos a Etapa Australiana do Mundial de Motovelocidade. Lorenzo Dalla Porta pode sair com o título de campeão do Mundo da Moto 3.

Fotos:

Resultado final do GP do Japão
Mundial de Motovelocidade – Moto 3

posPilotoEquipeMotoTempo
148Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda39’34.866
275Albert ArenasGaviota Angel Nieto TeamKTMa 0.094
313Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 0.198
424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 0.289
511Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 0.437
617John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 3.648
75Jaume MasiáMugen RaceKTMa 7.225
842Marcos RamírezLeopard RacingHondaa 7.382
921Alonso LópezEstrella Galicia 0,0Hondaa 8.172
1016Andrea MignoMugen RaceKTMa 12.054
1176Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 12.296
1223Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 13.295
1371Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 13.308
1479Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 13.333
156Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 13.362
1682Stefano NepaReale Avintia Arizona 77KTMa 13.380
1727Kaito TobaHonda Team AsiaHondaa 13.487
1861Can ÖncüRed Bull KTM AjoKTMa 13.940
1925Raúl FernándezGaviota Angel Nieto TeamKTMa 14.648
2022Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 22.886
2154Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 22.907
2212Filip SalacRedox PruestelGPKTMa 23.416
237Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 32.728
2469Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 4 Voltas
x55Romano FenatiVNE SnipersHondaa 5 Voltas
x44Aròn CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 6 Voltas
x14Tony ArbolinoVNE SnipersHondaa 11 Voltas
x40Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 13 Voltas
x84Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 20 Voltas
x19Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 20 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *