Bastianini toma vitória de Binder a 3 curvas do final e conquista 2ªvitória na carreira

Em Motegi na primeira das 3 corridas do Mundial de Motovelocidade tivemos uma corrida aonde os pilotos italianos foram para cima de Brad Binder que dominou a maior parte da prova até a volta final que contaremos do decorrer do texto.

Na largada Migno manteve a liderança com Binder e Bastianini completando os 3 primeiros colocados. Quem se destacou na largada foi Bagnaia que foi do 12ºlugar para o 4ºlugar, Quem levou a pior foram Navarro que tocou em Mir e caiu levando o Argentino Gabriel Rodrigo e o Escocês John McPhee que abandonaram a corrida. Migno liderou a corrida até a curva 11 quando ele errou a trajetória da curva e foi ultrapassado pelo Binder que assumiu a liderança e pelo Bastianini que assumiu o segundo lugar.

na primeira parte de prova tivemos um belo duelo entre Andrea Migno e Enea Bastianini se alternando na 2ªposição enquanto que Binder estava tranquilo na liderança enquanto que Bagnaia estava em 4ºlugar, Ono e Bulega disputavam o 5ºlugar e um pouco mais atrás di Giannantonio e Oettl disputavam o 7ºposto.

motegi_moto3_dom2016-3

A partir da segunda parte Binder começou a ter mais trabalho na corrida já que Bastianini começou a se consolidar em segundo lugar enquanto que Migno e Ono começavam a disputar o pódio em 3ºlugar enquanto que Bagnaia perdeu rendimento e foi brigar por posições com Philipp Oettl e Fabio di Giannantonio pelo 6ºlugar. No final da prova Bastianini foi para o ataque em cima de Binder estudando qual a melhor forma de vencer o campeão da moto 3 de 2016, Na volta final Ono e Migno disputavam o 3ºlugar com o jovem Nicolo Bulega chegando nessa disputa no final de prova. Essa disputa acabou na metade da volta final com a queda de Migno deixando Ono com o pódio consolidado.

motegi_moto3_dom2016-4

Na disputa pela vitória Binder estava na frente até a curva 11 quando Bastianini deu um golpe apenas em Binder que foi decisivo para o resultado da corrida, Uma bela ultrapassagem sobre o Sul-Africano que ainda tentou no final voltar a liderança, Mas ficou a 17 milésimos de uma vitória em Motegi. Bastianini conquistou uma vitória em uma corrida que teve quase o tempo inteiro com Domínio de Brad Binder que teve de se contentar com o segundo lugar.

motegi_moto3_dom2016

O pódio foi completado pelo Japonês Hiroki Ono com o time da Honda, Foi o primeiro pódio do Japonês na sua carreira. Nicolo Bulega chegou em 4ºlugar em uma bela corrida do piloto da Sky Racing Team VR46. Também muito bem no final  de semana o Alemão Philipp Oettl superou ao Italiano Fabio di Giannantonio conquistando o 5ºlugar, Bagnaia prejudicado pela desempenho da sua moto teve de segurar a 7ªposição. Livio Loi, Fabio Quartararo e Joan Mir fecharam os 10 primeiros colocados.

Semana que vem teremos em Phillip Island a antepenúltima corrida da temporada de 2016 do mundial de motovelocidade.

motegi_moto3_dom2016-1

Hiroki Ono acabou desclassificado por estar abaixo dos 148 kg (Com a Moto) exigidos pelo regulamento. Com isso Nicolo Bulega herdou o pódio do Japonês que tinha feito seu melhor resultado no Mundial de Motovelocidade

Resultado final do GP do Japão – Mundial de Motovelocidade
Moto 3 – Motegi – 15ªEtapa

1 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Moto3 Honda) 39’24.273 – 20 Voltas
2 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 0.017
Des. 76 Hiroki Ono (Honda Team Asia Honda) a 2.654
3 8 Nicolo Bulega (SKY Racing Team VR46 KTM) a 4.002
4 65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing KTM) a 5.119
5 4 Fabio di Giannantonio (Gresini Racing Moto3 Honda) a 6.288
6 21 Francesco Bagnaia (Pull & Bear Aspar Mahindra Team Mahindra) a 7.739
7 11 Livio Loi (RW Racing GP BV Honda) a 7.749
8 20 Fabio Quartararo (Leopard Racing KTM) a 8.344
9 36 Joan Mir (Leopard Racing KTM) a 8.880
10 23 Niccolò Antonelli (Ongetta-Rivacold Honda) a 9.037
11 48 Lorenzo Dalla Porta (SKY Racing Team VR46 KTM) a 12.332
12 7 Adam Norrodin (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 13.525
13 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 18.818
14 12 Albert Arenas (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 21.263
15 24 Tatsuki Suzuki (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 21.291
16 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) a 21.727
17 42 Marcos Ramirez (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 34.475
18 64 Bo Bendsneyder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 39.950
19 89 Khairul Idham Pawi (Honda Team Asia Honda) a 40.177
20 3 Fabio Spiranelli (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 46.804
21 77 Lorenzo Petrarca (3570 Team Italia Mahindra) a 49.085
22 40 Darryn Binder (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 52.570
23 6 Maria Herrera (MH6 Team KTM) a 52.682
24 16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) a 1’16.774
25 58 Juanfran Guevara (RBA Racing Team KTM) a 1’22.102
26 13 Shizuka Okazaki (UQ & TELURU KOHARA RT Honda) a 1’51.623

Não Terminaram a corrida:

88 Jorge Martin (Pull & Bear Aspar Mahindra Team Mahindra) a 10 Voltas
44 Aron Canet (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 11 Voltas
55 Andrea Locatelli (Leopard Racing KTM) a 16 Voltas
43 Stefano Valtulini (3570 Team Italia Mahindra) a 17 Voltas
9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 20 Voltas
17 John Mcphee (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 20 Voltas
19 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) a 20 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *