Bastianini conquista 1ªvitória na carreira na Moto 2

Depois de um ótimo dia de classificação ontem se imaginava que Enea Bastianini iria almejar um possível pódio, mas o piloto da Italtrans fez mais do que isso, largou muito bem, se aproveitou de um erro de Marco Bezzecchi para assumir a liderança. Depois segurou a pressão de Marini e abriu vantagem para vencer pela primeira vez na categoria intermediária.

Na largada, Bezzecchi largou muito bem e ficou facilmente na ponta, Lowes não foi bem na largada e permitiu que Bastianini fosse para a segunda posição, enquanto que o britânico caiu para a 6ªposição, atrás de Marini, Navarro e Canet.

A liderança de Bezzecchi não durou muito, Na curva 6, o piloto da VR46 erra e Bastianini aproveitou para assumir a liderança, 3 curvas depois foi a vez de Marini superar Bezzecchi. Logo os dois pilotos começaram a abrir vantagem para o pole position, Lowes recuperou 4 posições passando para a 4ªposição. Canet e Navarro completava os 6 primeiros.

Bastianini abriu nas primeira voltas meio seguindo de média sobre Luca Marini. Enquanto que na 3ªVolta Martin superou Navarro, curvas depois, o piloto da Speed UP tentou retornar posição, mas acabou Martin ficando na frente. Foi nessa volta que começaram a sequência de quedas de pilotos para o chão. Jake Dixon, Kasma Daniel Kasmayudin, Lorenzo Dalla Porta e Hector Garzó foram os primeiros a deixarem a prova.

Navarro superou Martin, mas em bandeira amarela e ele teve que ceder posição para Canet que passou Martin e o próprio piloto da KTM Ajo, caindo para o 7ºlugar. A partir da 9ªVolta, Marini se aproxima de Bastianini em busca de uma 2ªvitória seguida e da liderança do campeonato. A motor do piloto da Italtrans parecia desequilibrada e a ultrapassagem de Marini parecia questão de tempo.

Lá atrás, Tetsuha Nagashima subiu duas posições e agora esta na 13ªposição. Logo depois de 1 volta, o líder do campeonato passou Manzi passando para a 12ªposição. A 11 Voltas do final, O Japonês da equipe Ajo superou Remy Gardner e passou para a 11ªposição. A 10 voltas do final, Syarhin que não vinha muito bem acabou indo ao chão e deixando a prova.

Enea Bastianini resistiu a pressão de Luca Marini e começo a abrir vantagem a partir do terço final de corrida. Já Bezzecchi vinha mantendo distância segura para Sam Lowes. Bastianini abriu 1 segundo de vantagem para Marini e volta após volta essa vantagem foi aumentando e a certeza de vitória para o piloto italiano.

Na parte final de corrida, Nagashima chega em cima de Bulega e nas voltas finais supera Bulega subindo para a10ªposição nas voltas finais.

Enea Bastianini levou sua moto até o final para a vencer pela primeira vez na categoria intermediária do Mundial de Motovelocidade. O Italiano aproveitou muito bem a ótima moto que teve nas suas mãos tanto no sábado como no domingo.

O Pódio foi todo italiano com a dupla da VR46 em 2º com Luca Marini e em 3ºlugar com Marco Bezzecchi conquistando seu primeiro pódio na Moto 2. A equipe de Valentino Rossi confirmou as expectativas de vitória, mas a atuação excepcional de Bastianini fez com que dessa vez o favoritismo de Marini e Bezzecchi não se confirmasse.

Sam Lowes fez mais uma grande corrida e ficou de novo na 4ªposição. A vinda dele na Marc VDS Fez muito bem para o piloto britânico. Aron Canet da Aspar Martinez também impressiona nesse começo de temporada, com um 5ºlugar novamente sendo o melhor estreante do ano e o melhor piloto com o chassi da Speed UP nessa temporada, pois os pilotos da equipe oficial vem muito mal até agora.

Jorge Martin não teve uma moto muito boa nas mãos, diferente da semana passada. O Espanhol salvou a 6ªposição. Tom Luthi com uma moto não muito competitiva fez o que era possível com o 7ºlugar.

Xavi Vierge passou em 8ºlugar. Tetsuha Nagashima tentou no final ganhar a posição de Schrotter, mas acabou na curva final perdendo a trajetória da curva 13 e foi superado por Manzi e Schrotter e acabou a prova apenas na 11ªposição. Mantendo a liderança do campeonato por apenas 2 pontos. A se elogiar o trabalho de Stefano Manzi que acabou levando a MV Agusta até a 9ªposição.

Nicolò Bulega da Gresini, Augusto Fernandez da Marc VDS (Numa corrida lamentável), Remy Gardner da SAG (Também não foi nada bem hoje) e Marcos Ramirez da American Racing completaram a zona de pontuação.

Fotos:

Resultado Final do GP de Andalucia
3ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto 2

posPilotoEquipeMotoTempo
133 Enea Bastianini Italtrans Racing TeamKalex Moto239’23.922
210 Luca Marini SKY Racing Team VR46Kalex Moto2a 2.153
372 Marco Bezzecchi SKY Racing Team VR46Kalex Moto2a 3.243
422 Sam Lowes EG 0,0 Marc VDSKalex Moto2a 3.817
544 Arón Canet Aspar TeamSpeed Up SF20Ta 9.155
688 Jorge Martín Red Bull KTM AjoKalex Moto2a 11.988
712 Thomas Lüthi Liqui Moly Intact GPKalex Moto2a 13.857
897 Xavi Vierge Petronas Sprinta RacingKalex Moto2a 19.590
962 Stefano Manzi MV Agusta Temporary ForwardMV Agusta F2a 20.199
1023 Marcel Schrötter Liqui Moly Intact GPKalex Moto2a 20.262
1145 Tetsuta Nagashima Red Bull KTM AjoKalex Moto2a 20.447
1211 Nicolò Bulega Federal Oil Gresini Moto2Kalex Moto2a 21.464
1337 Augusto Fernández EG 0,0 Marc VDSKalex Moto2a 24.804
1487 Remy Gardner ONEXOX TKKR SAG TeamKalex Moto2a 26.370
1542 Marcos Ramírez American RacingKalex Moto2a 27.018
1657 Edgar Pons Federal Oil Gresini Moto2Kalex Moto2a 27.126
1716 Joe Roberts American RacingKalex Moto2a 30.228
1821 Fabio Di Giannantonio Speed Up RacingSpeed Up SF20Ta 30.895
1964 Bo Bendsneyder NTS RW Racing GPNTS NH7a 41.678
2027 Andi Farid Izdihar IDEMITSU Honda Team AsiaKalex Moto2a 41.793
7 Lorenzo Baldassarri Flexbox HP40Kalex Moto2a 3 voltas
24 Simone Corsi MV Agusta Temporary ForwardMV Agusta F2a 4 voltas
55 Hafizh Syahrin Aspar TeamSpeed Up SF20Ta 11 voltas
9 Jorge Navarro Speed Up RacingSpeed Up SF20Ta 14 voltas
35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team AsiaKalex Moto2a 18 voltas
40 Héctor Garzó Flexbox HP40Kalex Moto2a 19 voltas
19 Lorenzo Dalla Porta Italtrans Racing TeamKalex Moto2a 19 voltas
99 Kasma Daniel Kasmayudin ONEXOX TKKR SAG TeamKalex Moto2a 20 voltas
96 Jake Dixon Petronas Sprinta RacingKalex Moto2a 21 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta