Avaliação Melbourne – Epson Nakajima Araujo

1. Nico Rosberg – Nota 9,5. Além de ser o vencedor e ter tido a maioridade da corrida. O 0,5 que falta é devido a desistência forçada de Hamilton, que se não tivesse acontecido faria frente ao Rosberg. Simplesmente uma incerteza o que poderia ter acontecido.

2. Kevin Magnussen – Nota 10. Como estreante, facilitado pela superioridade Mercedes, mas o garoto merece por ser muito consciente na corrida.

3. Jenson Button – Nota 9. A McLaren parece ter dois pilotos com estilos parecidos. No entanto, Jenson andou atrás de seu companheiro, devido também ao fracasso no Q2.

4. Fernando Alonso – Nota 9,5. Simplesmente por fazer o que sempre fez com a Ferrari: Levar o carro além.

5. Valtteri Bottas – Nota 8,5. Obviamente ele fez uma ótima corrida, por passar vários pilotos, no entanto foram vários pilotos pela segunda vez, já que cometeu um erro crucial na curva 10.

6. Nico Hulkenberg – Nota 9. Ele realmente é um bom piloto, fazendo uma corrida boa. O dez não é merecido por que ele não ofereceu perigos constantemente aos outros pilotos. Passivo.

7. Kimi Raikkonen – Nota 8. Talvez seja pelo costume do carro, mas é uma temporada muito discreta até agora.

8. Jean-Eric Vergne – Nota 7,5. Estava bem posicionado mas cometeu dois erros e culminou na perda de posições.

9. Daniil Kvyat – Nota 9. Por ser estreante e fazer um belo resultado na primeira corrida.

10. Sergio Perez – Nota 8. Poderia ter feito mais, já que seu companheiro ficou bem a frente.

11. Adrian Sutil – Nota 8. O rendimento da Sauber é fraco, quem saiba ao resto da temporada a equipe ainda marque alguns pontos.

12. Esteban Gutierrez – Nota 8. Fez uma corrida idêntica ao Sutil

13. Max Chilton – Nota 10. Por levar a instável Marussia ao final.

14. Jules Bianchi – Nota 5.

Romain Grosjean – Nota 7. Ele receberá a missão de fazer a Lotus marcar pontos. Só o resto da temporada vai dizer.

Pastor Maldonado – Nota 6. Muito passivo

Marcus Ericsson – Nota 3.

Sebastian Vettel – Nota 2. Quem diria?…

Lewis Hamilton – Nota 4. Pelo seu treino.

Kamui Kobayashi – Nota 1. Era justo dar um 0, mas o seu único ponto é uma solidariedade por levar a Caterham ao Q2

Felipe Massa – Nota 5. Os cincos pontos referem-se a superação que esse piloto promete, infelizmente…

Daniel Ricciardo – Nota 9. Provando que pode fazer frente ao seu companheiro.

Sem categoria

Deixe uma resposta